Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Quarta-feira, 1 de Julho de 2015
URQUEIRA INAUGURA LAR DE IDOSOS E CENTRO DE DIA

Associação de Bem-Estar de Urqueira inaugurou novo Lar de Idosos e Centro de Dia

A freguesia de Urqueira tem desde o passado domingo, uma nova resposta social com a inauguração do Lar de Idosos e Centro de Dia da Associação de Bem-Estar de Urqueira. A inauguração deste equipamento há muito desejado, permitiu reunir a população e representantes de várias entidades num dia de festa para a freguesia.

Imagem 021

A cerimónia teve início com a atuação do duo de clarinete e fagote da Ourearte, seguida da bênção do edifício pelo Padre Segunda Julieta Miguel. Após este momento procedeu-se ao descerramento da placa de inauguração e seguiu-se uma visita às instalações do Lar de Idosos e Centro de Dia da Associação de Bem-Estar de Urqueira.

Imagem 063

António Gameiro, presidente da Assembleia Geral da associação, abriu o espaço destinado às intervenções oficiais com a certeza de que “este é um dia de festa ansiado há muito”, e de que o trabalho de excelência social realizado no concelho de Ourém permitiu “apetrechar várias freguesias do concelho com respostas sociais”. Terminou a sua intervenção com um agradecimento especial à Câmara Municipal de Ourém e a toda a Direção da Associação de Bem-Estar de Urqueira, bem como a todos os cidadãos que contribuíram para o projeto.

Imagem 066

Seguiu-se a intervenção do presidente da instituição, Manuel Eduardo Pereira, que congratulou-se com a conclusão da obra e manifestou ser “com enorme prazer que hoje apresentamos esta obra magnífica à população”. Apresentou o historial da associação e dirigiu “um agradecimento ao presidente Paulo Fonseca, extensivo ao restante executivo”, porque a Câmara Municipal prestou um “apoio imprescindível, sem o qual o projeto não seria concluído”. Convidou os presentes a colaborarem com a associação já que “esta obra é de todos vós” e informou estar a aguardar que a Segurança Social assine os acordos de cooperação que viabilizarão a instituição.

Imagem 174

O presidente da Junta de Freguesia de Urqueira, Adão Vasconcelos, manifestou a sua alegria e regozijou-se com o apoio do Município de Ourém: “o presidente da Câmara Municipal de Ourém ficará na história desta freguesia pelo seu empenho neste projeto”. Continuou o seu discurso com a convicção de que “esta casa vai contribuir para o bem-estar dos idosos e para toda a freguesia, porque também vai criar postos de trabalho e dinamismo”. Por fim, prometeu total disponibilidade da junta de freguesia para apoiar a instituição, “como fez até hoje”.

Imagem 119

Deolinda Simões, presidente da Assembleia Municipal de Ourém, confessou-se feliz porque “hoje a freguesia de Urqueira conseguiu cumprir um sonho”. Agradeceu o esforço de todos os envolvidos na construção do equipamento e desejou “que esta casa seja uma casa de alegria, onde as pessoas que venham para aqui sejam respeitadas e amadas”. Terminou a sua intervenção com uma “palavra de agradecimento ao presidente Paulo Fonseca pela sua sensibilidade humanista e por cumprir a promessa de tornar este concelho de excelência social.”

Imagem 135

“Aquilo que sonhámos para o nosso concelho, deu hoje mais um passo”. Foi assim que Paulo Fonseca iniciou a sua intervenção, manifestando desde logo descontentamento pela atuação do estado central que “não colocou nesta obra um cêntimo mas veio recolher o IVA correspondente”. Assim, “tem a obrigação de encontrar um acordo de financiamento para que esta instituição seja sustentável e tenha capacidade de resposta para todos os seus utentes”. Segundo o presidente da Câmara “excelência social é criar equipamentos que possam responder às necessidades dos mais fracos” e “apesar das dificuldades que encontrei nas contas da Câmara, hoje devemos menos de metade do que quando chegámos e foi possível investir mais de 13 milhões de euros em equipamentos escolares”. Anunciou também que “hoje é possível garantir que todas as crianças do concelho vão ter transportes gratuitos no próximo ano letivo”. Por fim, lembrou que “é necessário que cultivemos a paz e que este espaço seja uma casa de alegria com o barulho dos netos, dos filhos e dos amigos”.

Imagem 150

O equipamento social inaugurado tem capacidade para receber 28 utentes em lar, 30 no registo de centro de dia e 30 utentes enquanto apoio domiciliário. A Associação de Bem-Estar de Urqueira apoia também cerca de 16 idosos e as suas famílias mensalmente, com cuidados individualizados e personalizados no domicílio. As novas instalações constituem um forte contributo ao bem-estar dos cidadãos de Urqueira e de todo o concelho, ajudando a colmatar as necessidades da comunidade.Imagem 164

O Município de Ourém, prosseguindo o seu objetivo de consolidar Ourém como um município de excelência social, apoiou a concretização de vários equipamentos sociais no concelho, nomeadamente o Lar de Idosos e Centro de Dia da Associação de Bem-Estar de Urqueira com uma comparticipação de 70% no custo total da obra.

Imagem 214



publicado por Carlos Gomes às 23:59
link do post | comentar | favorito
|

OFERTAS DE EMPREGO DA LIFE – DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E EMPREGO DA INSIGNARE (1 JULHO)

LIFE - Departamento de Formação e Emprego da INSIGNARE

Contactos: Rua Santa Teresa de Ourém, nº 13 – AP 107 2490 – 242 Ourém Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

cabeçalho-01

Nota: As ofertas com referência IEFP obrigam à inscrição no Serviço de Emprego: Consulte https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/ Pode solicitar as ofertas do IEFP através do GIP indicando o seu nº de CC. Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias. Contactos: Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

  • LIFE 01/07-Chef de Cozinha - Lusiaves, Industria e Comércio Agro Alimentar, com sede na Marinha das Ondas-Figueira da Foz, e serviços administrativos em Leiria, encontra-se, de momento, a recrutar um chef de cozinha para a sua unidade em Leiria. Daremos preferência a candidatos que já tenham trabalhado ou realizado estágios na área, contudo não serão excluídos do processo candidatos que apenas possuam a experiência prática adquirida em contexto de formação. Os candidatos seleccionados deverão efectuar a suacandidatura através do seguinte e-mail: humanos@lusiaves.pt
  • LIFE 01/07 – Colaborador (m/f) Ourém – Empresa procura jovem com gosto pela arte floral e atendimento ao público. Possibilidade de Estágio Profissional/contrato. 12º Ano nível 3 ou nível 4 Técnico/a Comercial. Enviar Cv para gip@insignare.pt até 15 de julho. Apenas serão contactados pela empresa os candidatos selecionados para entrevista.
  • LIFE 01/07-Chef de Cozinha/ Estagiário Cozinha/Chefe de Sala/Barman (m/f) - Ansião. Projeto de restauração em Ansião pretende admitir. Enviar Cv para geral@casadoensaio.pt
  • LIFE 01/07-Chef de Cozinha – Cortes Leiria – Projeto de Turismo Rural procura pessoa com formação e preferencialmente experiência ao nível da confecção de pratos de comida tradicional portuguesa que esteja disponível para gerir o trabalho na cozinha durante os horários de almoço/jantar, com menus diários diferenciados. Estamos abertos à contratação de alguém apenas com formação profissional que mostre potencial e que esteja interessado a desenvolver competências e crescer com o nosso projecto. O salário será negociável de acordo com o nível de experiência do profissional. Contactos: 919646242 (Carolina Sousa), 913834436 (António Sousa).
  • LIFE 24/06/2015 – Pintor Construção Civil (m/f) Ourém. Particular procura. Contactar para: 914266038.
  • LIFE 24/06/2015 – Empregado Mesa (m/f) Lisboa. Grupo José Avillez - Para trabalhar em Lisboa, no Chiado, em regime Full Time. Se tem experiência em Serviço de Mesa (restauração/hotelaria), bons conhecimentos de Inglês (obrigatório) e bons conhecimentos de uma terceira língua (preferencial) e gostava de ter uma oportunidade de trabalho num dos restaurantes do, envie o seu CV com fotografia para trabalheconnosco@joseavillez.pt Através deste email também poderá esclarecer qualquer dúvida sobre este recrutamento.
  • Empregado Mesa (m/f) Oferta Nº 588576310 U.f. Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais. Descrição do Perfil: Serviço bar; conhecimento de servir bebidas; cocktails. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588576310&registo=0
  • Trabalhador de limpeza em escritórios, hotéis e outros estabelecimentos (m/f) Oferta Nº: 588576633 IEFP Fátima. Medida de apoio à contratação. Mais informação. https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588574406&registo=0
  • Cozinheiro (m/f) Oferta Nº: 588575743 IEFP Fátima. Com conhecimento de pastelaria. Com formação profissional na área e que proponha soluções. Mais informações: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588575743&registo=0
  • Recepcionista de hotel (m/f) Oferta Nº 588572642 Fátima. Descrição do Perfil: Experiência como rececionista de hotel. Mínimo 12 meses de experiência, responsabilidade e idoneidade. Bons conhecimentos de inglês/noções de francês e espanhol. Mais informações: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588575789&registo=0
  • Outro trabalhador de limpeza manual (m/f) Oferta Nº: 588575429 IEFP Fátima. Descrição do Perfil: Andar atrás de ceifeiras a remover ervas das bermas, fazer sinalização, outras inerentes. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588575429&registo=0
  • Motorista de veículos pesados de mercadorias (m/f) Oferta Nº: 588575254 IEFP Fátima- Descrição do Perfil: Condução de semi-reboques em percurso nacional; descarga de cisternas de sólidos; transporte de mercadorias a granel em básculas. Responsável e cumpridor do código da estrada. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588575254&registo=0
  • Desenhador industrial (m/f) RLeiria 29/06. Marinha Grande- Empresa - HRV - Equipamentos de Processo. hrv.pt. Com alguns conhecimentos. Entrada Imediata. Remuneração compatível. Local de Trabalho: Z.I da Marinha Grande. Enviar e-mail para monica@hrv.pt
  • Operador de logística (m/f) RLeiria 29/06– São Mamede. Fassa Bortolo - Descrição da função: - Planeamento e gestão da expedição, nomeadamente para o mercado Espanhol, e elaboração de todo o trabalho administrativo associado a essa actividade. Perfil do candidato: - Habilitações ao nível do 12º ano; - Experiência mínima de 2 anos em funções similares; - Competências na área de Logística, especificamente na planificação de transportes e expedição de material; - Bons Conhecimentos das ferramentas informáticas Office (Excel, Word, Outlook, PowerPoint); - Bons conhecimentos de Espanhol (factor preferencial); - Boa capacidade de expressão oral e escrita; - Boa capacidade de trabalho em equipa; - Disponibilidade imediata. Oferecemos: Formação inicial e contínua, e integração em equipa dinâmica. Os currículos deverão ser enviados para: Fassalusa, Lda – Zona Ind. S. Mamede, Lote 1 e 2 - 2495-036 São Mamede. Email: hr.fassalusa@fassabortolo.it | Fax: 244704020 e Tlf.: 244709200.
  • Técnico administrativo / compras (m/f) RLeiria 29/06 – Marinha Grande Empresa Embalagens Plásticas. Habilitações mínimas 12ºAno; - Experiência 3/5 anos; - Domínio Inglês/Francês; - Conhecimentos Software PHC; - Dá-se preferência a candidatos que reúnam condições à medida Estímulo. Resposta ao nº MC/06/04 deste jornal, via CTT ou para o e-mail emprego@regiaodeleiria.pt

Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias. 



publicado por Carlos Gomes às 19:38
link do post | comentar | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM CELEBRA ACORDO DE COOPERAÇÃO COM CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA FRANCO-PORTUGUESA

O Município de Ourém, a ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima e a Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa celebraram um acordo de cooperação no passado dia 27 de junho. Este acordo tem como objetivo promover a internacionalização das empresas sediadas no concelho de Ourém e divulgar as potencialidades do município, junto do mercado francês.

Acordo de cooperação

As fortes ligações existentes entre Portugal e França que favorecem a concretização de novos negócios e oportunidades, bem como a aposta do Município de Ourém na internacionalização do concelho e no apoio ao empreendedorismo, alicerçam o acordo de cooperação celebrado que permitirá aos empresários oureenses ter acompanhamento e aconselhamento nas deslocações comerciais a França. Através da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa e da ACISO, as empresas sediadas no concelho terão novos apoios no processo de internacionalização no mercado francês, além de novos suportes de divulgação dos produtos e serviços existentes no concelho, em França. O acordo de cooperação prevê também incentivos à fixação e implantação de empresas francesas no concelho de Ourém.

O acordo de cooperação foi celebrado no edifício dos Paços do Concelho e contou com a presença do presidente da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa, Carlos Vinhas Pereira, do presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, do presidente da ACISO, Francisco Vieira e também da presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Deolinda Simões.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 13:36
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 30 de Junho de 2015
GASTRONOMIA TRADICIONAL TEM FESTIVAL NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Decorre no âmbito da Feira Internacional de Artesanato a Semana da Gastronomia Tradicional, constituído este ano como o 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP.

FIA 037

Confecionada por seis restaurantes de cozinha tradicional portuguesa em representação de seis regiões do país, este evento constitui ainda uma oportunidade para os visitantes se deliciarem com os melhores pratos e produtos genuínos da nossa culinária.

Do Minho ao Algarve, passando pela Serra da Estrela e o Alentejo, não faltam as melhores iguarias, sem esquecer a doçaria de Almada e a cerveja artesanal que este ano possui presença destacada.

Constituindo a gastronomia nas suas mais diversas variantes uma das vertentes do nosso artesanato, também ela não podia deixar de concorrer para o sucesso deste grandioso certame. Isto porque não é só de barro que se faz o nosso artesanato!

FIA 043

FIA 032



publicado por Carlos Gomes às 23:13
link do post | comentar | favorito
|

FORMADOR DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA PARTICIPA NA FINAL DO CONCURSO CHEFE COZINHEIRO DO ANO

Ricardo Raimundo, chefe cozinheiro da Escola de Hotelaria de Fátima, classificou-se para a final do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano 2015, o mais prestigiado concurso nesta área profissional e que ao longo dos últimos 26 anos elege o melhor de entre os melhores.

unnamed (1)

O apuramento dos seis chefes finalistas, de entre os quais e no próximo mês de novembro, será definido o Chefe Cozinheiro do Ano, resultou da confirmação das melhores pontuações obtidas nas três etapas regionais já realizadas.  Duarte Eira, do Restaurante Salpoente, em Aveiro, João Viegas, do Restaurante São Gabriel, em Almancil, Paulo Carvalho, do Restaurante A Cevicheria, em Lisboa, Rogério Bento, do Salgados Dunas Suite Hotel, em Albufeira e Vitor Adão, da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, foram os restantes chefes apurados para uma final que desde já promete ser muito disputada.

O Concurso Chefe Cozinheiro do Ano é organizado pelas Edições do Gosto e é especialmente dirigido a candidatos com um mínimo de 25 anos de idade e 5 anos de experiência profissional, sendo sobretudo aproveitado por jovens chefes à procura de afirmação, ou outros, menos jovens, em busca de reconhecimento. Além do prestígio e da atenção mediática, o vencedor da final desta edição terá direito a um estágio de um mês no Central, de Virgilio Martinez, em Lima (Peru), um dos restaurantes que mais tem subido na lista dos W50Best, onde ocupa actualmente a 4ª posição.

Ricardo Raimundo iniciou o seu percurso como aluno da Escola de Hotelaria de Fátima, onde tirou o curso profissional de Cozinha/Pastelaria, a que se seguiu a licenciatura em Produção Alimentar em Restauração pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Ao longo dos anos e no âmbito da sua profissão, tem procurado dar ênfase aos produtos nacionais,  valorizando as suas múltiplas aplicações culinárias e atribuindo-lhes novos conceitos e apresentações. Atualmente encontra-se a frequentar o mestrado em Qualidade e Segurança Alimentar e é formador na Escola de Hotelaria de Fátima. Durante este mês de Julho inicia um período de estágio no restaurante Bokado Aquarium, em San Sebastian (Espanha), do reconhecido chef Mikel Santamaria, integrado no projeto da INSIGNARE para a valorização dos seus formadores.



publicado por Carlos Gomes às 18:43
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Junho de 2015
OUREARTE REALIZA FESTIVAL DE MÚSICA



publicado por Carlos Gomes às 23:27
link do post | comentar | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM REALIZA SEMINÁRIO SOBRE “CIDADES INTELIGENTES”

O Município de Ourém, com o apoio da ANMP – Associação Nacional dos Municípios Portugueses e em parceria com a Índice ICT & Management, organizou no passado dia 17 de junho, em Fátima, o seminário “Município SMART – Estratégia para o Crescimento Inteligente”. O seminário contou com cerca de 70 participantes e com 9 oradores que debateram estratégias e soluções para tornar as cidades mais inteligentes, apresentando medidas, casos práticos e formas de financiamento para projetos.

IMG_8570

Na primeira parte do seminário foram focados vários instrumentos na área das novas tecnologias da comunicação e informação que podem ser aplicados para tornar os municípios mais tecnológicos, contando com oradores como Vasco Lagarto, em representação da TICE.PT, Pólo das Tecnologias da Informação, Comunicação e Eletrónica, e Filipe Brízida da Indice ICT & Management. Fernando Pinto, da Skillmind, realizou uma demonstração de um Sistema de Realidade Aumentada para a área do Turismo preparado para dispositivos móveis, e Jorge Rodriguez, consultor energético na Indice ICT & Management, apresentou soluções de eficiência energética para redução de gastos e desperdícios.

A segunda parte contou com a exposição de casos práticos de projetos já implementados em alguns municípios do país. Filipe Fontes do Município de Guimarães, apresentou o projeto Campurbis, um exemplo de estratégia de reabilitação urbana. Em representação do Município de Águeda, Marlene Marques expôs um projeto exemplar de delineação de estratégias de mobilidade, principalmente centradas nos transportes elétricos e na criação de condições para o uso de bicicletas pelos cidadãos. Nuno Bilo apresentou o projeto InovCity dirigido para a eficiência energética e implementado no Município de Évora. A encerrar o painel, Mara Sebastião, do Município de Ourém, apresentou o Sistema Integrado de Mobilidade da Cova de Iria, um projeto que visa a gestão de parques de estacionamento e de tráfego.

Os participantes tiveram ainda a oportunidade de conhecer quais os instrumentos de financiamento no âmbito do Portugal 2020 disponíveis para projetos de Smart Cities, tópico apresentado por Luís Machado, representante da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. O presidente da Câmara Municipal de Ourém e dirigente da ANMP, Paulo Fonseca, encerrou o seminário.

IMG_8433


tags:

publicado por Carlos Gomes às 23:24
link do post | comentar | favorito
|

GONDEMARIA REALIZA FESTA DO EMIGRANTE



publicado por Carlos Gomes às 22:56
link do post | comentar | favorito
|

GONDEMARIA DISTRIBUI "A VOZ DA ALDEIA"



publicado por Carlos Gomes às 22:54
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 28 de Junho de 2015
ATOUGUIA REALIZA TORNEIO DE FUTSAL



publicado por Carlos Gomes às 15:04
link do post | comentar | favorito
|

URQUEIRA ORGANIZA PESCA À CARPA



publicado por Carlos Gomes às 14:58
link do post | comentar | favorito
|

GONDEMARIA TIRA A FERRUGEÀS MOTAS



publicado por Carlos Gomes às 14:55
link do post | comentar | favorito
|

FREIXIANDA REALIZA FESTA NA AVANTEIRA



publicado por Carlos Gomes às 14:50
link do post | comentar | favorito
|

FREIXINDA REALIZA RALLY DO CATREPE



publicado por Carlos Gomes às 14:48
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 27 de Junho de 2015
CASAL DOS BERNARDOS ORGANIZA FIM-DE-SEMANA CULTURAL



publicado por Carlos Gomes às 23:54
link do post | comentar | favorito
|

FREIXIANDA REALIZA PASSEIO DE MOTORIZADA



publicado por Carlos Gomes às 23:52
link do post | comentar | favorito
|

FREXIANDA FESTEJA A SÃO PEDRO NA AVANTEIRA



publicado por Carlos Gomes às 23:51
link do post | comentar | favorito
|

GASTRONOMIA TRADICIONAL MARCA PRESENÇA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

No âmbito da Feira Internacional de Artesanato decorre a Semana da Gastronomia Tradicional, constituído este ano como o 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP.

FIA 037

Confecionada por seis restaurantes de cozinha tradicional portuguesa em representação de seis regiões do país, este evento constitui ainda uma oportunidade para os visitantes se deliciarem com os melhores pratos e produtos genuínos da nossa culinária.

FIA 043

Do Minho ao Algarve, passando pela Serra da Estrela e o Alentejo, não faltam as melhores iguarias, sem esquecer a doçaria de Almada e a cerveja artesanal que este ano possui presença destacada.

Constituindo a gastronomia nas suas mais diversas variantes uma das vertentes do nosso artesanato, também ela não podia deixar de concorrer para o sucesso deste grandioso certame. Isto porque não é só de barro que se faz o nosso artesanato!

FIA 042

FIA 039

FIA 032

FIA 036



publicado por Carlos Gomes às 21:39
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO JUNTA EM LISBOA ARTESÃOS DE TODO O MUNDO

Centenas de artesãos das mais variadas regiões de Portugal e ainda de muitos países dos vários continentes afluíram a Lisboa para participar naquele que é já considerado um dos mais importantes certames da especialidade.

FIA 044

Eles vieram da Rússia e da Índia, da China e do Nepal, de Marrocos e da Tunísia, de Moçambique e de Cabo Verde, de Cuba e da Turquia. Mas, também os portugueses não faltaram à chamada e, de norte a sul do país, vieram os barristas de Barcelos e as bordadeiras de Guimarães e Viana do Castelo, as rendilheiras de Vila do Conde e os ourives de Amarante.

FIA 138

Os pavilhões estão profusamente coloridos com os mais garridos lenços de seda, os luminosos candeeiros turcos e as cores alegres do artesanato minhoto. E, qual ensaio de “arte total”, os deslumbrantes trajes do Minho e a vivacidade das suas danças e cantares compõem um quadro soberbo capaz de inspirar o mestre José Malhoa.

FIA 029

Timor-Leste é o país convidado da edição deste ano, procurando-se desse modo divulgar o artesanato daquele país lusófono, o que pode constituir uma mais-valia para a sua população nomeadamente ao nível da empregabilidade.

A Feira Internacional de Artesanato é uma autêntica festa que convida os visitantes a visitá-la. O certame decorre até ao próximo dia 5 de julho.

FIA 149

FIA 150

FIA 056

FIA 048

FIA 027

FIA 011

FIA 052

FIA 145

FIA 026



publicado por Carlos Gomes às 21:04
link do post | comentar | favorito
|

ARTESÃOS OUREENSES REPRESENTAM OURÉM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

A Feira Internacional de Artesanato arrancou hoje, em grande, com numerosos artesãos nacionais e estrangeiros e um dos pavilhões exclusivamente dedicados à Semana de Gastronomia. Uma vez mais, a representação de Ourém é feita pelos “Artesãos Oureenses”, quais embaixadores do artesanato da nossa região, os quais levaram àquele certame os mais ricos bordados e outros têxteis da nossa tradição.

FIA 013

À semelhança de edições anteriores, incluindo a Bolsa de Turismo de Lisboa, o Concelho de Ourém não se vê representado pela Região de Turismo do Centro que, de tão extensa que se apresenta em termos geográficos, ninguém sabe onde a mesma começa e acaba…

Mal as portas da FIL se abriram, o público percorreu com avidez os diversos stands à procura de novidades, muitos mesmo tentando encontrar uma lembrança para oferecer.

FIA 011

Timor-Leste é o país convidado para a edição deste ano, procurando-se desse modo divulgar o artesanato daquele país lusófono, podendo constituir uma mais-valia para a sua população nomeadamente ao nível da empregabilidade.

Também a gastronomia marca forte presença neste certame, podendo provar-se paladares caraterísticos das mais diversas regiões do país.

FIA 015

FIA 034



publicado por Carlos Gomes às 19:40
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE HOJE AO PÚBLICO



publicado por Carlos Gomes às 12:23
link do post | comentar | favorito
|

UTENTES DA SAÚDE DO MÉDIO TEJO FAZEM VIGÍLIA EM TORRES NOVAS E PROTESTAM CONTRA A CRIAÇÃO DO GRUPO HOSPITALAR DO RIBATEJO

Os Utentes da Saúde do Médio Tejo que ontem realizaram uma vigília de protesto em Torres Novas, manifestando-se contra a criação do Grupo Hospitalar do Ribatejo e exigindo a manutenção das valências hospitalares nos hospitais da região – Torres Novas, Tomar e Abrantes – e a melhoria dos serviços nos Centros e Extensões de Saúde, mormente em Ourém, aprovaram a moção que a seguir se transcreve.

00 foto2

MOÇÃO

Considerando que a vida provou que as sucessivas “reorganizações” do Centro Hospitalar do Médio Tejo e do ACES Médio Tejo, nos últimos anos trouxeram mais sofrimento e ansiedade a cada vez mais pessoas na Região.

Considerando que piorou o acesso aos cuidados de saúde, a concentração de serviços não correspondeu a mais qualidade, as distâncias que doentes e familiares têm de percorrer implicam mais sofrimento físico e mais despesas.

Considerando que cada vez há mais utentes sem médico de família (mais 5 500 nos últimos seis meses) e que faltam recursos humanos, equipamentos e outro material nas unidades de saúde.

Considerando que a tentativa de criar um Grupo Hospitalar do Ribatejo (que inclua os 4 hospitais do distrito de Santarém) é um processo com que o Governo, antes das eleições, quer empurrar para os utentes os problemas que criou com as “reorganizações” dos cuidados hospitalares e nos Centros de Saúde.

Os cidadãos do Médio Tejo reunidos na VIGILIA POPULAR, no dia 26 de Junho de 2015, em TORRES NOVAS decidem:

Reafirmar que o Centro Hospitalar do Médio Tejo deve estar ao serviço da população numa lógica de complementaridade e equilíbrio regional, sendo para isso fundamental um programa excepcional de contratação de pessoal e a revisão das condições de financiamento.

Reivindicar nos hospitais de Torres Novas, Tomar e Abrantes: Melhor serviço de urgência! Medicina Interna, Cirurgia e Pediatria! Valorização das valências existentes!

Afirmar a necessidade da melhoria dos serviços nos Centros e Extensões de Saúde, nomeadamente com a contratação de mais profissionais, e a sua articulação com os Cuidados Hospitalares e Cuidados Continuados.

Recusar a criação de um Grupo Hospitalar do Ribatejo que mais não visa que o encerramento de especialidades (p.e. maternidade, ortopedia), resultando daí a dispensa de trabalhadores e cuidados de saúde mais longe, mais caros e com menos qualidade.

Manifestar a sua disponibilidade para, em conjunto com todos os cidadãos e entidades interessadas, continuar a luta por cuidados de saúde de proximidade e qualidade.

00 foto1



publicado por Carlos Gomes às 09:01
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Junho de 2015
ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA INSTITUI DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS

Os deputados dos grupos parlamentares do PSD e do CDS apresentaram no passado dia 12 de junho, um Projeto de Resolução com vista à criação do “Dia Nacional do Folclore Português. O referido documento, cuja redação curiosamente não obedece ao Acordo Ortográfico em vigor, institui o último domingo do mês de maio para a sua celebração.

Esta iniciativa que tem a sua aprovação assegurada por parte da maioria parlamentar e deverá contar também com a aprovação dos partidos políticos da oposição, é tomada a escassos meses das próximas eleições legislativas e reflete claramente a importância social do folclore, pese embora o desprezo a que sempre tem sido votado pela classe política. Os ranchos folclóricos apenas têm sido chamados para cantar as janeiras a titulares de cargos políticos ou fazer arruada em campanhas eleitorais…

Entretanto, a televisão pública continua a preterir o folclore português na sua programação e o Museu de Arte Popular mantém o seu destino incerto, privado do “Mercado da Primavera” e já ameaçado de demolição.

Transcreve-se o documento apresentado pelos grupos parlamentares do PSD e CDS.

Projecto de Resolução n.º 1531/XII/4.ª

INSTITUIÇÃO DO DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS

Exposição de motivos

O saber do povo português está, em grande parte, guardado no folclore. É, aliás, essa mesma a raiz da palavra ‘folclore’, que liga dois termos ingleses - ‘folk’ e ‘lore’ - que significam, respectivamente, ‘povo’ e ‘saber’. Ou seja, enquanto expressão do saber tradicional de um povo, o folclore tem um valor inestimável de identidade nacional e deve, como tal, ser preservado.

O folclore representa conhecimento transformado em cultura de origem popular, constituída pelos costumes, lendas e tradições, e celebrada em festas populares, que passam de geração em geração. Tradicional, porque passa de pais para filhos; oral, porque acessível a todos; anónimo, porque não tem autor mas é de todos; funcional, porque aproxima a comunidade e fortalece os laços entre os seus membros; espontâneo, porque é culturalmente dinâmico e não pode ser institucionalizado. Por todas estas características, o folclore é, de certo modo, o veículo através do qual a herança dos nossos antepassados chega até nós.

Assim sendo, assinalar a sua importância não se limita a apreciar o folclore enquanto género cultural, mas sobretudo a celebrar o que nos define como portugueses.

De facto, todos os povos têm as suas tradições e as suas crenças, e estas fazem parte do seu ADN e da sua História. Portugal não é excepção, contando com várias associações que, nas suas comunidades, mantêm o folclore vivo. De acordo com a Federação do Folclore Português, o movimento folclórico no território nacional engloba 1875 associações culturais – 534 no Norte, 306 no Douro/Vouga, 416 na região Centro, 306 na região Sul, 219 nas Beiras e 94 nas Ilhas. Considera-se, pois, que estas associações envolvem directamente mais de 150 mil portugueses e, indirectamente (incluindo associados), mais de 800 mil cidadãos.

Num momento em que a cultura portuguesa de origem popular se tem afirmado internacionalmente, como aconteceu com o reconhecimento, por parte da UNESCO, do Cante Alentejano como Património Cultural e Imaterial da Humanidade, e após várias iniciativas do actual Governo no sentido da valorização do nosso património popular, como a instituição do Dia Nacional das Bandas Filarmónicas (reconhecendo o trabalho que desenvolvem em favor da sociedade e da cultura), os Deputados do Grupo Parlamentar do PSD e do CDS-PP apresentam este projecto de resolução no sentido de dar igual distinção ao folclore português, instituindo um Dia Nacional para a sua celebração.

Assim, a Assembleia da República resolve, nos termos do nº 5 do artigo 166º da Constituição da República Portuguesa:

Instituir o último Domingo do mês de Maio como dia nacional do folclore português.

Palácio de São Bento, 12 de Junho de 2015

Os Deputados



publicado por Carlos Gomes às 22:19
link do post | comentar | favorito
|

GASTRONOMIA TRADICIONAL MARCA PRESENÇA NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Semana de Gastronomia Tradicional | FIA Lisboa 2015

2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP)

Mercado da Cerveja Artesanal

De 27 de Junho a 5 de Julho a FIL - Parque das Nações – recebe a 28º edição da FIA Lisboa voltando a ser o palco da maior Festa Intercultural da Península Ibérica, redescobrindo os melhores pratos de Gastronomia Tradicional.

11217832_1024014814278392_8336731799272697106_o

Promovida e organizada pela Fundação AIP, através da AIP - Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP - Instituto de Emprego e Formação Profissional e contando com a participação de Municípios; Entidades Regionais de Turismo e Associações de Artesãos, a FIA-Lisboa é um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes.

A Gastronomia constitui-se como um importante atractivo turístico-cultural de um local, região ou País. Portugal está identificado como um dos melhores destinos de Gastronomia e Vinhos na Europa sendo fundamental que o Património Gastronómico Nacional seja reconhecido, valorizado e divulgado como fenómeno cultural, património material e imaterial das regiões e factor impulsionador do desenvolvimento regional e de riqueza nacional.

Neste âmbito, a FIA-Lisboa conta, pela 2ª vez, com a Semana de Gastronomia Tradicional dando especial destaque à degustação de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e ao Mercado da Cerveja Artesanal. A Semana de Gastronomia Tradicional pretende, com esta iniciativa, cativar os visitantes pelos produtos e paladares característicos que são de origem nacional.

A Semana da Gastronomia Tradicional decorrerá no pavilhão 3 da FIL e incluirá os seguintes Espaços Gastronómicos:

2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP)

‘’ Um Território uma Raça, em cada Raça um Paladar’’

Mostra e degustação da melhor e suculenta carne de seis Raças Portuguesas Certificadas (DOP) confecionada por seis Restaurantes de cozinha tradicional Portuguesa em representação de seis regiões do país num evento de cultura gastronómica com os melhores pratos tradicionais e produtos genuínos. Para o efeito, a organização da FIA-Lisboa convidou restaurantes - o ‘‘Torres Restaurantes’’ – Minho, ‘’O Costa’’ – Alto Douro, ‘’Comeres Barrosões’’ – Alto Tâmega, ‘’Caetano’’ – Beira Litoral, ‘’Temudu’s’’ – Centro Bairrada e o restaurante ‘’Lampião’’ - Alentejo). Esta iniciativa conta também com a presença de várias tasquinhas onde será possível a degustação de produtos de charcutaria, queijos e doçaria e stands de venda directa de produtos gastronómicos.

Mercado da Cerveja Artesanal

No âmbito da Semana da Gastronomia Tradicional, a FIA-Lisboa lança o Mercado da Cerveja Artesanal como plataforma de divulgação e promoção de um novo nicho de mercado que está a crescer. Oportunidade de negócio que começa a ter alguma dimensão, iniciou-se enquanto hobby de fabricação em casa, passando às microcervejeiras, sendo hoje negócio de algumas grandes marcas reconhecidas internacionalmente. O Mercado da Cerveja Artesanal acolhe 4 marcas diferentes de cerveja artesanal - Letra, Sovina, Bolina e Deusa - e 4 mostradores que representam mais de 20 estilos de cervejas artesanais. A iniciativa tem como principais objectivos:

- Divulgar o empreendedorismo de alguns produtores

- Promover os melhores produtores

- Fomentar a cultura cervejeira artesanal Incentivar o público a conhecer e entender a importância de se consumir e apreciar produtos de qualidade

- Conhecer a diversidade e a versatilidade da cerveja artesanal

- Degustar a vasta gama de estilos e receitas produzidas

- Contactar directamente com o consumidor final e assim testar o produto

Os visitantes que optarem por almoçar no espaço da Semana da Gastronomia Tradicional na FIA Lisboa poderão descontar o preço do valor da entrada na sua refeição*. *Válido apenas ao almoço num dos seis restaurantes (12h30 às 14h30)

Com quase três décadas de história a FIA Lisboa ocupará até dia 5 de Julho os pavilhões 1, 2 e 3 da FIL, no Parque das Nações. Recebendo anualmente mais de 100.000 visitantes, o salão prima a sua oferta pelo artesanato e expressões culturais trazidas à capital por centenas de expositores que ano após ano aderem ao certame.

Foi assim em 2014…

Em 2014 a FIA Lisboa recebeu cerca de 112.000 visitantes em 9 dias de feira. A diversidade dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2014, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

11233574_1020111824668691_6283996876538486221_o



publicado por Carlos Gomes às 21:01
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO É UM MUNDO DE CULTURAS

‘FIA Lisboa – Um mundo de Culturas’, na FIL de 27 de Junho a 5 de Julho

De 27 de Junho e 5 de Julho, a FIL, no Parque das Nações, será mais uma vez palco da maior Festa intercultural da Península Ibérica, e a segundo a nível europeu, voltando a receber a FIA Lisboa – Um mundo de culturas na sua 28ª edição.

FIArtesanato 002

Organizada pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa traz à capital durante 9 dias um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes. Plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, gastronomia, recursos naturais e das actividades culturais e turísticas, a FIA Lisboa dá a conhecer todo o património material e imaterial que constitui a identidade dos Territórios.

FIArtesanato 004

A FIA Lisboa mobiliza cerca de 115.000 visitantes, famílias que querem descobrir, recordar, ou mesmo adquirir artigos típicos de cada região, mas também novos conceitos de artesanato e design, objectos com os quais nos identificamos, paladares que fazem as nossas delícias, artes performativas que exteriorizam sentimentos, a arquitectura dos nossos espaços e a organização social do território e das regiões.

Em 2015 a FIA Lisboa volta a promover a melhor gastronomia, no 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP, trazendo ao espaço da FIL carnes de seis raças nacionais, representadas por 6 restaurantes de 6 regiões do País.

FIArtesanato 074

Como novidade a FIA Lisboa lança este ano o Mercado da Cerveja Artesanal com a presença de algumas das melhores e mais conhecidas marcas e com o objectivo de divulgar o empreendedorismo destes produtores, dar a conhecer a vasta gama de estilos e receitas produzidas e fomentar a cultura cervejeira artesanal.

Como habitualmente a FIA lisboa promove mais uma vez o Prémio de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. Mais que um recordar de tradições, a FIA Lisboa é também um palco para novos talentos que incorporam no melhor que nós temos vindo a produzir, novas abordagens e novos materiais, mantendo a tradição sempre actual e desafiante.

FIArtesanato 069



publicado por Carlos Gomes às 16:10
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO É O MAIOR EVENTO IBÉRICO DE SABERES, SABORES E TRADIÇÕES

Participações oficiais internacionais e entidades regionais nacionais crescem na FIA Lisboa 2015

A FIA Lisboa que se realiza de 27 de Junho e 5 de Julho, na FIL, cresce em número de participações oficiais internacionais e em presenças de entidades regionais nacionais, numa aposta clara de promoção de culturas e territórios.

FIArtesanato 066

Organizada pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, com a colaboração do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, a FIA Lisboa traz à capital durante 9 dias um verdadeiro mundo de culturas, tradições e artes.

Plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, gastronomia, recursos naturais e das actividades culturais e turísticas, a FIA Lisboa dá a conhecer todo o património material e imaterial que constitui a identidade dos Territórios.

FIArtesanato 004

Cada vez mais ao serviço das diferentes culturas nas suas diversas vertentes – saberes, sabores, costumes e tradições reflexo do conhecimento, da moral e do meio ambiente onde nos inserimos, a FIA Lisboa tem vindo ao longo das suas 28 edições a atrair cada vez mais participações regionais e locais nacionais e internacionais, nomeadamente municípios, e entidades oficiais que representam os diferentes países, verificando-se um crescimento em número de participações de cerca de 50% a nível internacional e mais de 100 % no que diz respeito a municípios.

FIArtesanato 011

Em 2015 a FIA Lisboa volta a promover a melhor gastronomia, no 2º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas – DOP, trazendo ao espaço da FIL carnes de seis raças nacionais, representadas por 6 restaurantes de 6 regiões do País, com a estreia da Raça de Porco Alentejano.

Como novidade a FIA Lisboa lança este ano o Mercado da Cerveja Artesanal com a presença de algumas das melhores e mais conhecidas marcas e com o objectivo de divulgar o empreendedorismo destes produtores, dar a conhecer a vasta gama de estilos e receitas produzidas e fomentar a cultura cervejeira artesanal.

FIArtesanato 029

Como habitualmente a FIA lisboa promove mais uma vez o Prémio de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. Mais que um recordar de tradições, a FIA Lisboa é também um palco para novos talentos que incorporam no melhor que nós temos vindo a produzir, novas abordagens e novos materiais, mantendo a tradição sempre actual e desafiante.

FIArtesanato 068

FIArtesanato 076



publicado por Carlos Gomes às 15:29
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO DESTACA ARTES E OFÍCIOS PORTUGUESES

FIA Lisboa 2015

Exposição Temática | Artes e Ofícios Portugueses: Caminhos de Inovação

De 27 de Junho a 5 de Julho a FIL- Parque das Nações - recebe a 28 º edição da FIA Lisboa – um espaço para Sentir o Passado, Viver o Presente e Experimentar o Futuro.

FIArtesanato 052

Assumindo-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais, que formam a identidade etnológica nacional, por via do artesanato, das actividades culturais e turísticas, da gastronomia, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, a FIA Lisboa levará o público visitante a viajar pelos melhores sabores e saberes de Portugal e de dezenas de países, dos cinco continentes.

Organizada pelo IEFP em parceria com a fundação AIP – Feiras, Congressos e Eventos, a exposição temática – Artes e Ofícios Portugueses: Caminhos de Inovação contempla projectos colectivos e iniciativas individuais desenvolvidas um pouco por todo o país abrangendo vários subsectores das produções artesanais (cerâmica, têxtil, calçado, fibras vegetais e a joalharia, entre outros).

Uma abordagem transversal, cujo denominador comum é a inovação e com uma ligação aos territórios, em propostas que partem de uma apropriação de tradições, das vivências, do meio ambiente, na tentativa (conseguida) de criar objectos diferenciados que nos remetem para determinados locais e regiões.

A exposição temática incluirá os seguintes espaços:

- Espaço ‘’parcerias para a inovação’’, onde serão destacados projectos inovadores que conjugam o trabalho de designers, artesãos e outros profissionais, ou experiências, mais ou menos consolidadas, de interacção colaborativa entre artesãos.

- Espaço ‘’novas áreas novas abordagens’’, onde se apresentarão os ateliers, oficinas ou artesãos individuais que têm vindo a explorar novas áreas, novos mercados, conceitos e linguagens.

Com quase três décadas de história a FIA Lisboa ocupará até dia 5 de Julho os pavilhões 1, 2 e 3 da FIL, no parque das Nações. Recebendo anualmente mais de 100.000 visitantes, o salão prima a sua oferta pelo artesanato e expressões culturais trazidas à capital por centenas de expositores que ano após ano aderem ao certame.

Foi assim em 2014… Em 2014 a FIA Lisboa recebeu cerca de 112.000 visitantes em 9 dias de feira. A diversidade dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2014, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

FIArtesanato 037



publicado por Carlos Gomes às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE AMANHÃ AO PÚBLICO



publicado por Carlos Gomes às 09:35
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Junho de 2015
OURÉM PROMOVE SOLIDARIEDADE

Centro Comunitário de Voluntariado promove Feira Solidária no primeiro sábado de cada mês

O Município de Ourém e o Centro Comunitário de Voluntariado dinamizaram nove Feiras Solidárias no ano de 2014, todas com forte adesão de público e expositores. Neste contexto, a iniciativa vai ter continuidade a partir do próximo mês de julho, com a realização da Feira Solidária no primeiro sábado de cada mês, junto à Igreja Matriz de Ourém.

Os objetivos da Feira Solidária mantêm-se: reciclar artigos em bom estado e promover a troca de bens e serviços a custos reduzidos, numa ótica de partilha de solidariedade. A próxima Feira Solidária realiza-se a 4 de julho, entre as 10h00 e as 15h00, e caso pretenda participar enquanto expositor deverá inscrever-se na Divisão de Educação e Assuntos Sociais, na Câmara Municipal de Ourém, até 30 de junho. Para esclarecimentos adicionais, poderá contactar os serviços entre as 09h00 e as 17h00 através do telefone 249 540 900 (Ext. 6536 ou 6508) ou pelo e-mail centrocomunitariovoluntariado@mail.cm-ourem.pt.



publicado por Carlos Gomes às 19:29
link do post | comentar | favorito
|

INATEL REALIZA EM LISBOA “CIDADE DAS TRADIÇÕES”

A Cidade das Tradições® decorre nos dias 18, 19 e 20 de setembro de 2015, no Parque de Jogos 1.º de Maio, em Alvalade (Lisboa).

Cidade das Tradições®, evento que reflete e representa os valores e objetivos pelos quais se pauta a atividade da Fundação INATEL no âmbito da salvaguarda do património cultural imaterial, irá assinalar o ano de 2015 com a sua 3ª edição, convidando e dando destaque à Região Centro de Portugal.

Nesta 3ª Edição, a Cidade das Tradições®, mantendo a fidelidade dos seus princípios, continuará a promover o espírito de participação e de partilha, garantindo a valorização e preservação das nossas memórias históricas, sociais e culturais.

Num ambiente festivo e repleto de espaços performativos, de convívio e de aprendizagem coletiva quisemos, mais uma vez,lançar publicamente o convite a artesãos e artífices para participação na Cidade das Tradições®, mediante a exposição e venda de artesanato, de produtos oficinais e de produtos gastronómicos regionais, e promovendo o contato direto com os públicos, com o objetivo de divulgar e apoiar as artes e ofícios e saberes tradicionais que lhes estão associados, na vertente de atividade profissional sustentável e inovadora.

Remetemos em anexo as condições de participação assim como a ficha de preenchimento, e aguardamos as vossas candidaturas até ao dia 23 de julho de 2015 para o email jcruz@inatel.pt ou para a seguinte morada:

Fundação INATEL

Rua de São Pedro, 10

4900 – 538 Viana do Castelo

A Cidade das Tradições® é o evento de referência da Fundação INATEL, que reflete e representa os valores e objetivos pelos quais se pauta a sua atividade no âmbito da salvaguarda do património cultural imaterial.

Trata-se de um grande evento festivo que reúne associações culturais e comunidades, agentes culturais e artistas envolvidos diariamente na missão de preservação e divulgação das artes e práticas culturais tradicionais, na sua variedade e diversidade de expressões e linguagens, nas áreas da música, dança, teatro, artes e ofícios e gastronomia tradicional.

A presença de artesãos e artífices na Cidade das Tradições®, mediante a exposição e venda de artesanato, de produtos oficinais e de produtos gastronómicos regionais, e promovendo o contato direto com os públicos, tem como objetivo divulgar e apoiar as artes e ofícios e saberes tradicionais que lhes estão associados, na vertente de atividade profissional sustentável e inovadora.



publicado por Carlos Gomes às 19:11
link do post | comentar | favorito
|

VISITE A FEIRA INTERNACIONALE ARTESANATO E APROVEITE O VOUCHER DE DESCONTO!



publicado por Carlos Gomes às 11:47
link do post | comentar | favorito
|

SOBRE A TENTATIVA DECRIAÇÃO DO GRUPO HOSPITALAR DO RIBATEJO: MENOS SERVIÇOS, CUIDADOS DE SAÚDE MAIS LONGE NÃO OBRIGADO!

A tentativa de criar um Grupo Hospitalar do Ribatejo (que inclua os 4 hospitais do distrito de Santarém) é um processo com mais de um ano, a que o Governo parece estar a dar muita importância pois tenta, antes das eleições, empurrar para utentes os problemas que criou com as “reorganizações” dos cuidados hospitalares e nos Centros de Saúde no distrito e na zona de Lisboa.

Este assunto já mereceu decisões/intervenções/desmentidos do Ministro da Saúde, de dois Secretários de Estado, do Presidente da ARSLVT e de administradores hospitalares em prol da solução “grupo hospitalar”. Contra esta “ideia” estiveram/estão as estruturas de utentes, que desde a primeira hora denunciaram e mobilizaram outros (autarcas, deputados), pois consideram que a criação de nova organização hospitalar é mais uma peça da aplicação da Portaria 82/2014 que, lembre-se, visa reforçar o encerramento de valências (p.e. maternidade, ortopedia) em todos os hospitais, obrigando os utentes a percorrer mais distâncias e ter mais gastos. E os exemplos de concentração de serviços conhecidos no distrito têm, na generalidade, piorado a qualidade dos cuidados de saúde.

Há uma agenda escondida para a proposta governamental. Para adquirir medicamentos e serviços mais baratos, já há uma “central de compras”. O que pretendem é reduzir serviços para ultrapassar a incapacidade de recrutamento de recursos humanos e da valorização de instalações e equipamentos. Temos de exigir medidas excepcionais para atrair médicos e acabar com o subfinanciamento das unidades de saúde. As deficientes condições de funcionamento dos hospitais e os 70 000 utentes sem médico de família só contribuem para piorar as condições de vida das populações.

Vamos resistir!

Já na próxima sexta, 26 de Junho, a partir das 20,30 horas, em Torres Novas/Médio Tejo, (estão em estudo iniciativas semelhantes para Tomar e Abrantes) haverá uma VIGILIA POPULAR em defesa do CHMT, reivindicando nos três hospitais MELHOR FUNCIONAMENTO DA URGÊNCIA, MEDICINA INTERNA, CIRURGIA e PEDIATRIA, assim como a valorização das valências existentes em cada um deles. Defende-se ainda: Cuidados de Saúde de proximidade e qualidade! Melhoria dos Centros de Saúde e Cuidados Continuados em articulação com os cuidados hospitalares!

Também para Santarém foi convocada uma Vigília. Será no dia 13 de Julho, a partir das 20,30 horas, frente ao Hospital. Será uma iniciativa de rejeição do anunciado Grupo Hospitalar do Médio Tejo e reivindicando para o Hospital Distrital de Santarém mais profissionais, a manutenção e valorização das especialidades existentes, uma lógica de cuidados de saúde de qualidade e proximidade.

O Secretariado do MUSP SANTARÉM


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 11:05
link do post | comentar | favorito
|

FREIXIANDA REALIZA RALLY DO CATREPE



publicado por Carlos Gomes às 08:21
link do post | comentar | favorito
|

FREIXIANDA FESTEJA A S. PEDRO NA AVANTEIRA



publicado por Carlos Gomes às 08:20
link do post | comentar | favorito
|

FREIXIANDA PREPARA PASSEIO DE MOTORIZADA



publicado por Carlos Gomes às 08:18
link do post | comentar | favorito
|

OLIVALORGANIZA PSSEIO DE MOTORIZADA



publicado por Carlos Gomes às 08:17
link do post | comentar | favorito
|

OUREENSES DESENFERRUJAM AS MOTOS



publicado por Carlos Gomes às 08:16
link do post | comentar | favorito
|

ATOUGUIA ORGANIZA TORNEIO DE FUTAL



publicado por Carlos Gomes às 08:11
link do post | comentar | favorito
|

UTENTES DA SAÚDE REALIZAM VIGÍLIA EM TORRES NOVAS



publicado por Carlos Gomes às 00:35
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Junho de 2015
FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE AS PORTAS NO PRÓXIMO SÁBADO



publicado por Carlos Gomes às 22:27
link do post | comentar | favorito
|

OFERTAS DE EMPREGO DA LIFE – DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E EMPREGO DA INSIGNARE (24 JUNHO)

LIFE - Departamento de Formação e Emprego da INSIGNARE

Contactos: Rua Santa Teresa de Ourém, nº 13 – AP 107 2490 – 242 Ourém Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

cabeçalho-01

Nota: As ofertas com referência IEFP obrigam à inscrição no Serviço de Emprego: Consulte https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/ Pode solicitar as ofertas do IEFP através do GIP indicando o seu nº de CC. Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias. Contactos: Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

LIFE 24/06- Estágio Emprego do IEFP. Área - Fisioterapia - Nível 6. Ourém. Clube Desportivo em Ourém procura candidato (m/f) para Estágio Emprego do IEFP. Enviar Cv + Certificado de Habilitações para gip@insignare.pt até 30 junho. Apenas serão contatados os candidatos (as) que irão ser entrevistados.

LIFE 24/06: 2 Bolsas de estudo especiais: Até 30 Junho – Alemanha: A “Bürgerstiftung Vordertaunus“ (FUNDAÇÃO COMUNITÁRIA DE VORDERTAUNUS) oferece também este ano bolsas de estudo especiais, para frequência de cursos de língua alemã no Goethe-Institut em Frankfurt. As bolsas destinam-se a jovens do sul da Europa, podendo candidatar-se jovens entre os 18 e os 30 anos, que tenham concluído uma formação profissional, possam desde já comprovar uma primeira experiência profissional e que estejam desempregados ou à procura de emprego no seu país de origem. O programa de qualificação destina-se principalmente a pessoal técnico da área da indústria metalúrgica e electrónica, técnicos de saneamento básico, aquecimento e climatização, assim como a enfermeiros e prestadores de serviços geriátricos. Para jovens portugueses estão reservadas duas bolsas. Os cursos têm início já no dia 31 de Agosto de 2015. Informações detalhadas sobre este programa estão disponíveis na página do Goethe-Institut Portugal: http://www.goethe.de/ins/pt/lis/lrn/lis/deu/pt13295577.htm. A inscrição fecha já no dia 30 de junho.

LIFE 24/06/2015 – Pintor Construção Civil (m/f) Ourém. Particular procura. Contactar para: 914266038.

LIFE 24/06/2015 – Empregado Mesa (m/f) Lisboa. Grupo José Avillez - Para trabalhar em Lisboa, no Chiado, em regime Full Time. Se tem experiência em Serviço de Mesa (restauração/hotelaria), bons conhecimentos de Inglês (obrigatório) e bons conhecimentos de uma terceira língua (preferencial) e gostava de ter uma oportunidade de trabalho num dos restaurantes do, envie o seu CV com fotografia para trabalheconnosco@joseavillez.pt Através deste email também poderá esclarecer qualquer dúvida sobre este recrutamento.

Serralheiro civil (m/f) Oferta Nº 588574396 IEFP. U.f. de Matas e Cercal. Descrição do Perfil: Fabricação de grades e portas em ferro, soldar ferro. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588574396&registo=0

Pedreiro (m/f) Oferta Nº: 588574406 IEFP Alburitel. Pedreiro com experiência. Mais informação. https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588574406&registo=0

Contabilista, auditor, revisor oficial de contas e similares (m/f) Oferta Nº: 588574381 IEFP Seiça. Parcial. Conhecimentos da área financeira. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588574381&registo=0

Empregado de aprovisionamento (m/f) Oferta Nº: 588572647 IEFP Fátima. Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito como desempregado no Centro de Emprego e se encontre nas situações legalmente previstas. Pretende-se pessoa interessada em trabalhar e contactar com clientes, que seja arrumada e que entenda as necessidades dos clientes e que proponha soluções. Mais informações: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588572647&registo=0.

Trabalhador qualificado da jardinagem (m/f) Oferta Nº 588572642 Nossa Senhora da Piedade. Descrição do Perfil: Jardineiro/a com experiência tempo parcial. Mais informações: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588572642&registo=0

Vendedor em loja (estabelecimento) (m/f) Oferta Nº: 588572643 IEFP Nossa Senhora da Piedade- Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito como desempregado no Centro de Emprego e se encontre nas situações legalmente previstas. Descrição do Perfil: Projecto baseado na qualidade de atendimento ao publico, na venda assistida de serviços e produtos diferenciados, e na organização de um espaço e dos produtos que dele fazem parte, de modo a proporcionar um ambiente de loja que proporcione conforto e comodidade aquando do processo de compra por parte do cliente. a nossa organização tem os processos de higiene e haccp implementados, e tem como pilares o respeito pelo cliente e colegas e interiorização dos valores da empresa. Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588572643&registo=0

Trabalhador de costura e similares (M/F) Oferta Nº: 588572638 IEFP Fátima. Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito como desempregado no Centro de Emprego e se encontre nas situações legalmente previstas. Descrição do Perfil: Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588572638&registo=0

Operador de máquinas de produtos de padaria, de pastelaria, de confeitaria e de massas alimentícias (M/F) Oferta Nº: 588572638 IEFP Fátima. Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito como desempregado no Centro de Emprego e se encontre nas situações legalmente previstas. Descrição do Perfil: Mais informação: https://www.iefp.pt/ofertas-emprego?item=588572638&registo=0

Estágios Profissionais (m/f) E2 24/06 – Zona Norte. O Crédito Agrícola, grupo financeiro de âmbito nacional, procura Jovens Profissionais para Estágios Profissionais para as funções de Gestão Comercial, Auditoria Interna, Marketing e Serviços Sociais (Economia Social/Gestão de IPSS’s). Mais informação e candidaturas: http://www.empregoestagios.com/credito-agricola-procura-jovens-profissionais-para-varias-funcoes/

Engenheiro civil (m/f) 15/06 Rleiria Leiria. Azinheiro - Engenharia, S. A., recruta. - Licenciatura na área da engenharia civil; Experiencia na função de 10 anos;- Sentido de responsabilidade e assiduidade; - Disponibilidade imediata. nviar curriculum para: azinheiro1929@sapo.pt

Colaborador (m/f) 15/06 JRLeiria Leiria - Para empresa na área da Hidráulica e Pneumática em Meirinhas. Perfil: Com ou sem experiência; Disponibilidade Imediata. Enviar C.V para: Cortubai, lda. Rua Estrada do Barracão - 3105-219 Meirinhas.

Colaborador Administrativo / financeiro (m/f) 15/06 JRLeiria Leiria. Grupo Lizauto Formação Superior em Contabilidade, Gestão ou Economia; Capacidade de comunicação e orientação para o cliente; -Sentido de responsabilidade e gosto pelo trabalho em equipa; - Dinamismo e proactividade; -Disponibilidade total; Conhecimentos de informática na óptica do utilizador; Carta de condução; Residência na zona. Idade até 35 anos. Proporcionamos: Integração em Grupo sólido com possibilidade de evoluir na carreira; - Formação contínua, desenvolvimento pessoal e profissional - Bom ambiente de trabalho; - Condições salariais compatíveis com a função e experiência comprovada. Para se candidatar a este anúncio envie o seu “Curriculum Vitae” detalhado para: Lizauto, Lda, Rua Dr. Virgílio Vieira da Cunha – Barruivo 2401-903- Leiria ou através do e-mail: comercial@lizauto.pt

Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias.



publicado por Carlos Gomes às 15:40
link do post | comentar | favorito
|

PARLAMENTO DEBATE AMANHÃ REPOSIÇÃO DAS 35 HORAS SEMANAIS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Partido “Os Verdes” defende reposição das 35 horas semanais na Administração Pública – Projeto de Lei em discussão no Parlamento a 25 de Junho

Os Verdes entregaram na Assembleia da República um Projeto de Lei que visa a reposição, na Administração Pública (AP), das 35 horas de trabalho semanal.

O Governo PSD/CDS-PP, desrespeitando direitos constitucionalmente consagrados, desregulando a conciliação da vida profissional com a vida familiar e promovendo o desemprego, aumentou o horário de trabalho da AP de sete para oito horas por dia e de trinta e cinco para quarenta horas semanais.

Esta “imposição”, que constitui um desrespeito pelo direito à negociação coletiva consagrado na Constituição, passou a significar trabalho gratuito (com mais cerca de 11.673.380 horas mensais e 128,4 milhões de horas anuais), correspondendo a um valor anual de 1.640 milhões de euros desviados para lucros especulativos em PPP, para cobrir as rendas excessivas do sector da energia ou para garantir outros contratos impostos às empresas públicas em favor dos lucros dos grandes grupos económicos e financeiros.

O PEV considera que este aumento do tempo de trabalho dos trabalhadores da AP consubstancia uma clara violação de princípios e normas constitucionais, em particular dos princípios da proibição do retrocesso social, da segurança jurídica e da confiança, dos princípios da igualdade e da proporcionalidade, o que levou mesmo à apresentação de um pedido de fiscalização ao Tribunal Constitucional. Esta medida, de um profundo retrocesso social e manifesta injustiça, constitui, ainda, uma clara violação do direito ao trabalho remunerado corrompendo, até, o direito à articulação entre a vida familiar e a vida profissional e o direito ao repouso e a um horário de trabalho digno.

Para Os Verdes, é urgente a reposição das 35 horas de trabalho semanal na Administração Pública, sendo inadiável o cumprimento da Constituição da República Portuguesa com a reposição dos devidos direitos sociais, económicos e culturais nela consagrados e foi com esse objetivo que entregaram no Parlamento a iniciativa legislativa em causa que será discutida amanhã, dia 25 de Junho, em plenário, a partir das 14.30h.

PROJETO DE LEI Nº 1009/XII/4ª

Pela reposição das 35 horas de trabalho semanal na Administração Pública

Exposição de motivos

O nº 1 do artigo 2º da Lei nº 68/2013, de 29 de Agosto, (actualizado pela Lei nº 82-B/2014, de 31/12, Lei do Orçamento de Estado para 2015), veio introduzir novas regras e princípios gerais em matéria de duração e horário de trabalho na Administração Pública, alterando a sua duração de sete para oito horas por dia e de trinta e cinco para quarenta horas por semana, determinando também que os horários específicos deveriam ser adaptados ao período normal de trabalho de referência então estabelecido, bem como alterar, em conformidade, o Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas.

Pode-se, desde logo, considerar que essa imposição das 40 horas semanais, como um limite mínimo obrigatório na Administração Pública, fere o nº 1 do artigo 203º do Código do Trabalho quando diz que “o período normal de trabalho não pode exceder oito horas por dia e quarenta horas por semana”, limite máximo que, por esse motivo, nunca poderia ser ultrapassado.

Omitindo que a duração semanal do trabalho constitui uma concretização de direitos constitucionalmente consagrados, em função do princípio da dignidade da pessoa humana, o Governo invocou, por um lado, motivos de uniformização de horários com o sector privado, e, por outro, a aproximação aos restantes países da União Europeia. Porém, tais argumentos, para além de falsos, não se sustentam na prática.

Com efeito, enquanto o Governo colocava os cerca de 580 mil trabalhadores da Administração Pública com um horário invariavelmente superior aos do sector privado, no Boletim Estatístico do Banco de Portugal, de Abril de 2013, constatava-se que, de um total de 4.256,8 milhares de trabalhadores, em Dezembro de 2012, mais de 1 milhão tinham um horário inferior a 40 horas semanais e 2.113,4 milhares desempenhavam funções com um horário entre as 36 e as 40 horas, de que seriam exemplo sectores como a Banca, os Seguros e outros serviços administrativos.

Também caiu por terra o argumento da aproximação aos restantes países europeus. De acordo com um estudo da Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público, Portugal era já um dos países da União Europeia com uma das mais longas jornadas de trabalho, referindo-se que, no emprego total, o número médio de horas trabalhadas por semana ascendia às 39,1 horas, enquanto a média da UE não ultrapassava as 37,4 horas e na Alemanha se ficava pelas 35,6 horas.

Tal alteração passou a significar trabalho gratuito por parte dos trabalhadores da Administração Pública (com mais cerca de 11.673.380 horas mensais e 128,4 milhões de horas anuais), correspondendo a um valor anual de 1.640 milhões de euros desviados para lucros especulativos em PPP, para cobrir as rendas excessivas do sector da energia ou para garantir outros contratos impostos às empresas públicas em favor dos lucros dos grandes grupos económicos e financeiros. Aquele valor passou também a corresponder ao tempo de trabalho anual de cerca de 72 mil trabalhadores, contribuindo assim para alimentar e potenciar a gravíssima situação social que o desemprego tem vindo a provocar no nosso País.

Acresce ainda referir que a medida implementada pôs em causa os direitos constitucionais de acesso ao emprego de milhares de portugueses e de necessária conciliação da vida profissional com a vida familiar, tornando óbvia a inconstitucionalidade das normas, face ao dever do Estado em “promover a execução de políticas de pleno emprego”, consignado no artigo 58º da Constituição da República Portuguesa ou “a organização do trabalho em condições socialmente dignificantes, de forma a facultar a realização pessoal e a permitir a conciliação da actividade profissional com a vida familiar” consignado no artigo 59º. Aquela “imposição” legislativa constituiu também um desrespeito pelo direito à negociação coletiva, direito este também consagrado na Constituição da República Portuguesa.

Se na Administração Pública e, em particular, para os trabalhadores em funções públicas, foi o Decreto-Lei nº 187/88, de 27 de Maio, que, ao reconhecer nunca ter existido “um instrumento legal que, de modo sistemático, reunisse os princípios fundamentais enformadores do regime jurídico da duração do trabalho”, veio fixar a duração semanal do trabalho em 35 horas, (à excepção do pessoal dos grupos auxiliar e operário, na altura ainda em 40 a 45 horas, respectivamente), já a Lei nº 68/2013, também conhecida pela Lei das 40 horas, veio originar pedidos de fiscalização abstracta sucessiva de normas desta Lei, por evidenciar feridas de inconstitucionalidade material.

Por se considerar existir uma clara violação de princípios e normas constitucionais, em particular dos princípios da proibição do retrocesso social, da segurança jurídica e da confiança, dos princípios da igualdade e da proporcionalidade, tal conduziu mesmo à apresentação de um pedido de fiscalização abstracta sucessiva de inconstitucionalidade daquelas normas ao Tribunal Constitucional, designadamente, sobre a inconstitucionalidade material das normas do artigo 2º e, consequentemente, dos 3º, 4º e 11º da Lei nº 68/2013, de 29 de Agosto.

Aferiu-se também a não convergência entre os sectores público e privado, quando há, na prática, uma diferenciação e discriminação real entre eles, ao se ter criado com a lei das 40 horas, dois regimes distintos, em claro desfavor do horário de trabalho dos trabalhadores em funções públicas, pois estes têm de cumprir sempre as 40 horas, mas os trabalhadores do sector privado podem ou não cumpri-las, dependendo das variáveis previstas no Código do Trabalho. Deste modo, essas 40 horas vigoram em pleno para o sector público, mas são um limite máximo do período normal de trabalho no sector privado, na sequência, por exemplo, das convenções colectivas do trabalho nos sectores dos serviços.

Confrontou-se ainda o reflexo do aumento da duração semanal do trabalho de 35 para as 40 horas na redução permanente da remuneração dos trabalhadores em funções públicas, com mais trabalho por mais horas, mantendo-se inalterada a remuneração, o que se traduziu numa perda da remuneração por semana calculada na ordem de uma desvalorização de cerca de 14,3%.

Como Os Verdes denunciaram na altura em plenário da Assembleia da República, com este aumento do tempo de trabalho dos trabalhadores da Administração Pública, o Governo promoveu um verdadeiro e profundo retrocesso social de uma clara e manifesta injustiça, pois este aumento do tempo de trabalho não foi acompanhado pelo devido aumento salarial, implicando, isso sim, uma substancial redução salarial, uma vez que os trabalhadores passaram a trabalhar mais tempo e auferir exactamente o mesmo salário. Foi mesmo um retrocesso a leis do século XIX, designadamente à Lei de 23 de Março de 1891 que havia fixado o período de trabalho das oito horas para os manipuladores de tabacos.

Pior ainda foi o facto de o aumento do tempo de trabalho dos funcionários públicos se ter reflectido não só no aumento do desemprego, uma vez que os serviços da Administração Pública passaram a contar com menos pessoas para executar as mesmas tarefas, mas também na eficiência e na qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos, pois implicou a necessidade de menos trabalhadores, elevando as taxas de desemprego, ter aumentado os níveis de cansaço e reduzido os níveis de motivação daqueles que ficaram a exercer as mesmíssimas funções.

Em suma, estas medidas traduziram-se em flexibilização dos tempos de trabalho, desregulamentação dos horários em prejuízo dos trabalhadores, veio dificultar a harmonização das vidas profissional com a familiar e com o direito ao repouso, tudo em proveito dos interesses da entidade empregadora e do patronato em geral, sem qualquer contrapartida para os trabalhadores. Esta desregulamentação originou ainda o agravamento dos regimes da adaptabilidade e do banco de horas previstos no Código do Trabalho, que se traduziram, na prática, numa transferência directa de rendimentos do trabalho para o capital.

Sendo que esse aumento do horário de trabalho violou não só o direito ao trabalho remunerado, implicando que os trabalhadores da Administração Pública tenham passado a trabalhar mais horas pelo mesmo salário, como corrompeu o direito à articulação entre a vida familiar e a vida profissional e o direito ao repouso e a um horário de trabalho digno.

Sendo urgente a reposição das 35 horas de trabalho semanal na Administração Pública; sendo inadiável o cumprimento da Constituição da República Portuguesa com a reposição dos devidos direitos sociais, económicos e culturais nela consagrados; sendo essa reposição um factor central e determinante para a manutenção e reforço de uma Administração Pública de qualidade, ao serviço das populações e do País; sendo premente a publicação imediata dos acordos colectivos de empregador público livremente negociados e assinados também com o Poder Local, excluindo mecanismos de flexibilização do horário de trabalho, designadamente do banco de horas ou a sua adaptabilidade.

Assim, nos termos constitucionais e regimentais aplicáveis, os deputados do Partido Ecologista “Os Verdes”, apresentam o seguinte projeto de Lei:

Artigo 1º

Objeto

A presente lei visa instituir as 35 horas de trabalho como o limite máximo semanal dos períodos normais de trabalho, quer no setor privado, quer no setor público.

Artigo 2.º

Alterações ao Código do Trabalho

Os artigos 203.º e 210.º do Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, e alterada pela Lei n.º 105/2009, de 14 de setembro, pela Lei nº 53/2011, de 14 de outubro, pela Lei nº 23/2012, de 25 de junho, pela Lei nº 47/2012, de 29 de agosto, pela Lei n.º 69/2013, de 30 de agosto, pela Lei nº 27/2014, de 8 de maio e pela Lei n.º 65/2014, de 25 de agosto, passam a ter a seguinte redação:

“Artigo 203.º

[…]

1 - O período normal de trabalho não pode exceder sete horas por dia e trinta e cinco horas por semana.

2 – (…).

3 - (…).

4 – A redução dos limites máximos dos períodos normais de trabalho pode ser estabelecida por instrumento de regulamentação coletiva de trabalho, não podendo daí resultar para os trabalhadores a redução do nível salarial ou qualquer alteração desfavorável das condições de trabalho.

5 – (…)

(…)

Artigo 210.º

(…)

1 – (…)

  1. a) (…)
  2. b) (…)
    2 – Sempre que a entidade referida na alínea a) do número anterior prossiga atividade industrial, o período normal de trabalho é trinta e cinco horas por semana, na média do período de referência aplicável.

[…]»

Artigo 3.º

Alterações à Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas

O artigo 105.º da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, com as alterações da Lei n.º 82-B/2014, de 31 de dezembro, passa a ter a seguinte redação:

“Artigo 105.º

[…]

1 – Excetuando os horários flexíveis, os regimes especiais de duração de trabalho e os regimes de duração inferior, o período normal de trabalho é de:

  1. a) Sete horas por dia;
  2. b) Trinta e cinco horas por semana.

2 – (…).

3- A redução dos limites máximos dos períodos normais de trabalho pode ser estabelecida por instrumento de regulamentação coletiva de trabalho, não podendo daí resultar para os trabalhadores a redução do nível salarial ou qualquer alteração desfavorável das condições de trabalho.

[…]»

Artigo 4.º

Norma revogatória

1 – São revogados os artigos 204.º a 208.º-B da Lei n.º 07/2009, de 12 de fevereiro,   alterada pela Lei n.º 105/2009, de 14 de setembro, pela Lei n.º 53/2011, de 14 de outubro, pela Lei n.º 23/2012, de 25 de junho, pela Lei n.º 47/2012, de 29 de agosto, pela Lei n.º 69/2013, de 30 de agosto, pela Lei n.º 27/2014, de 8 de maio e pela Lei n.º 65/2014, de 25 de agosto.

2 - São revogados os artigos 101.º, 106.º e 107.º da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho.

3 - É revogada a Lei n.º 68/2013, de 29 de agosto.

Artigo 5.º

Entrada em vigor

A presente lei entra em vigor 5 dias após a sua publicação.

Assembleia da República, Palácio de S. Bento, 19 de Junho de 2015

Os Deputados

Heloísa Apolónia                                                                  José Luís Ferreira



publicado por Carlos Gomes às 13:23
link do post | comentar | favorito
|

CENTRO SOCIAL DE MATAS INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES

A localidade de Matas, no concelho de Ourém, viveu um dia de festa no passado dia 14 de junho com a inauguração das novas instalações do Centro Social de Matas. Esta estrutura com condições adequadas para dar continuidade às várias respostas sociais da instituição, contou com uma comparticipação do Município de Ourém de 70% no custo total da obra.

IMG_8507

A cerimónia de inauguração contou com muito público e com a atuação da Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres, do Grupo Coral do Cercal, das crianças do A.T.L. e dos utentes de apoio domiciliário do Centro Social de Matas. Após a bênção do edifício pelo Padre Jorge Guarda, realizou-se o descerramento da placa de inauguração e uma visita ás instalações.


Seguiram-se as intervenções oficiais com o presidente da Direção do Centro Social de Matas, Filipe Fernandes Silva, a sublinhar a importância do momento: “este é um dia que seguramente ficará para sempre marcado na história da freguesia.”.

Virgílio Dias, presidente da União de Freguesias de Matas e Cercal, congratulou-se com o facto de a obra estar concluída e salientou o esforço de todos os envolvidos na construção do Centro Social, em particular “o presidente Paulo Fonseca que foi peça fundamental na conclusão deste projeto”. Referiu ainda que “sem o apoio da Câmara Municipal não seria possível estarmos aqui hoje” e garantiu que a junta de freguesia “vai continuar a apoiar a instituição”.

IMG_8503

A presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Deolinda Simões, realçou “o momento de festa e alegria” que esta inauguração representa para a freguesia e para o concelho e agradeceu aos vários envolvidos, nomeadamente “ao presidente Paulo Fonseca, por estar a cumprir a sua promessa de tornar o concelho de Ourém, um Município de excelência social”. Deolinda Simões terminou o seu discurso com um apelo: “que esta casa seja um ninho de amor, um verdadeiro lar com carinho e respeito.”

Paulo Fonseca encerrou as intervenções oficiais e confessou-se “emocionado porque o trabalho de todos resultou na conclusão desta obra”. “Nós não somos nada se não conseguirmos ter respostas para aqueles que necessitam do nosso apoio”, afirmou o presidente de Câmara, reforçando que “uma sociedade que deixa para traz os mais necessitados, não é digna desse nome”. Paulo Fonseca referiu as respostas sociais que a Câmara desenvolveu até ao momento em Matas, Urqueira e Gondemaria e lamentou a ausência de apoio do Estado Central, reivindicando “um contrato de subvenção com a Segurança Social” para a instituição.

IMG_7897

Anunciou ainda que “o trabalho de excelência social no concelho não pára: seguir-se-á um centro de respostas de emergência no Alqueidão e uma proposta na Câmara Municipal para que todas as crianças do concelho tenham transportes gratuitos para as escolas, no próximo ano letivo”. Terminou a sua intervenção com a certeza de que “nada disto faz sentido se esta casa for um armazém” e convocou “os familiares e os amigos para virem aqui todos os dias, partilhando a festa da vida”.

IMG_423

O equipamento inaugurado tem capacidade para albergar 37 utentes em lar, 25 no registo de centro de dia e permite dar resposta a 30 utentes na vertente apoio domiciliário. O Centro Social de Matas apoia mensalmente cerca de 19 crianças do 1º CEB e 14 do pré-escolar com atividade de animação e apoio à família (refeições e prolongamento). Num investimento total de 978.911,50€, a comparticipação da Câmara Municipal de Ourém foi de 685.238,05€.

IMG_417


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 12:24
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 23 de Junho de 2015
PARTIDO “OS VERDES” DEFENDE A ESTERLIZAÇÃO COMO FORMA DE CONTROLAR A POPULAÇÃO DE ANIMAIS

Projeto de resolução do PEV: Controlo da população de animais em discussão no Parlamento na próxima quinta-feira

Por iniciativa de Os Verdes, que apresentaram um Projeto de Resolução no Parlamento, discute-se na próxima quinta-feira, dia 25 de Junho, a temática do controlo da população de animais.

O abate sistemático de animais saudáveis é, ainda hoje, um procedimento frequente em centros de recolha de vários municípios, constituindo uma violação da Declaração Universal dos Direitos dos Animais e da Convenção Europeia para a Proteção dos Animais e Companhia. Foi, ainda, aprovada uma lei na Assembleia da República que criminaliza os maus-tratos a animais, pelo que é imperativo que o Estado seja agente impulsionador de uma mudança enquanto paradigma de relacionamento por parte da população humana para com os animais de companhia.

É, pois, com o objetivo de contribuir para essa discussão que o PEV entregou no Parlamento a iniciativa legislativa em causa que recomenda ao Governo a formação de uma rede de canis municipais, a esterilização como prática de controlo da população de animais de companhia e a criação de uma rede de hospitais públicos veterinários. Os Verdes pretendem ainda uma maior fiscalização dos Centros de Recolha, o cumprimento do sistema SIFACE (Sistema de Identificação e Informação de Cães e Gatos), a realização de campanhas de sensibilização e o estabelecimento do princípio do não abate de animais.

O Projeto de Resolução do PEV “Garantir um novo paradigma de controlo de população de animais” será discutido na Assembleia da República, dia 25 de Junho, a partir das 14.30h.



publicado por Carlos Gomes às 18:43
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO COMEÇA NO PRÓXIMO SÁBADO



publicado por Carlos Gomes às 14:23
link do post | comentar | favorito
|

ROBERTO CHICHORRO EXPÕE EM OURÉM



publicado por Carlos Gomes às 14:06
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Junho de 2015
ESCOLA PROFISSIONAL DE OURÉM E ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA INTEGRAM REDE MAIOR EMPREGABILIDADE – ENSINO PROFISSIONAL

A Escola Profissional de Ourém e a Escola de Hotelaria de Fátima fazem parte da Rede Maior Empregabilidade – Ensino Profissional, no seguimento da assinatura do Memorando de Entendimento com a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), no dia 18 de Junho, numa cerimónia que decorreu na Escola Técnica e Profissional da Moita.

A Rede Maior Empregabilidade - Ensino Profissional é promovida pela ANQEP, com o Apoio da ANESPO - Associação Nacional de Escolas Profissionais, e conta com diversas escolas profissionais, agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas a nível nacional, para promoção da empregabilidade dos seus diplomados e para melhor conhecimento das duas dinâmicas de inserção no mercado de trabalho.

Numa altura em que os jovens e as suas famílias valorizam cada vez mais as perspetivas de emprego que estão associadas a cada oferta formativa, e considerando que o ensino profissional faz uma forte aposta na promoção da empregabilidade dos seus formandos, a criação desta Rede torna-se relevante pela partilha de conhecimento e pela capacidade de reforço de ação entre as organizações envolvidas.



publicado por Carlos Gomes às 21:17
link do post | comentar | favorito
|

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO PROMOVE ENCONTRO DE CULTURAS



publicado por Carlos Gomes às 12:46
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 21 de Junho de 2015
MUSEU DE OURÉM MOSTRA DANÇAS DA EUROPA

Danças Europeias no Museu

26 de junho

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador, às 21h00.

Mostra de danças da Europa, onde a paixão, a diversão, a alegria e o convívio estão presentes. Se acha que não sabe dançar, venha e comprove o contrário. Experimente e aprenda novas danças tradicionais.

A dança traz felicidade.

 Acesso gratuito

Museu Municipal de Ourém: terça-feira a domingo – das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contactos: tel.: 249540900 (6831) | tlm: 919585003 | 910502917 | museu@mail.cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 17:06
link do post | comentar | favorito
|

OUREENSES VÃO À PESCA



publicado por Carlos Gomes às 15:25
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

URQUEIRA INAUGURA LAR DE ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

MUNICÍPIO DE OURÉM CELEBR...

GASTRONOMIA TRADICIONAL T...

FORMADOR DA ESCOLA DE HOT...

OUREARTE REALIZA FESTIVAL...

MUNICÍPIO DE OURÉM REALIZ...

GONDEMARIA REALIZA FESTA ...

GONDEMARIA DISTRIBUI "A V...

ATOUGUIA REALIZA TORNEIO ...

URQUEIRA ORGANIZA PESCA À...

GONDEMARIA TIRA A FERRUGE...

FREIXIANDA REALIZA FESTA ...

FREIXINDA REALIZA RALLY D...

CASAL DOS BERNARDOS ORGAN...

FREIXIANDA REALIZA PASSEI...

FREXIANDA FESTEJA A SÃO P...

GASTRONOMIA TRADICIONAL M...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

ARTESÃOS OUREENSES REPRES...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

UTENTES DA SAÚDE DO MÉDIO...

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA I...

GASTRONOMIA TRADICIONAL M...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

OURÉM PROMOVE SOLIDARIEDA...

INATEL REALIZA EM LISBOA ...

VISITE A FEIRA INTERNACIO...

SOBRE A TENTATIVA DECRIAÇ...

FREIXIANDA REALIZA RALLY ...

FREIXIANDA FESTEJA A S. P...

FREIXIANDA PREPARA PASSEI...

OLIVALORGANIZA PSSEIO DE ...

OUREENSES DESENFERRUJAM A...

ATOUGUIA ORGANIZA TORNEIO...

UTENTES DA SAÚDE REALIZAM...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PARLAMENTO DEBATE AMANHÃ ...

CENTRO SOCIAL DE MATAS IN...

PARTIDO “OS VERDES” DEFEN...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

ROBERTO CHICHORRO EXPÕE E...

ESCOLA PROFISSIONAL DE OU...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

MUSEU DE OURÉM MOSTRA DAN...

OUREENSES VÃO À PESCA

arquivos

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds