Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
“Manual de Sobrevivência para Professores”

ESCOLA PROFISSIONAL DE OURÉM DINAMIZA TERTÚLIA COM JOÃO LÁZARO

Decorreu no passado dia 19 de Novembro uma Tertúlia dedicada ao tema “Manual de sobrevivência para professores”, a qual teve lugar na Escola Profissional de Ourém. João Lázaro, psicólogo clínico, actor, encenador, professor e um amigo muito especial deste estabelecimento de ensino foi o convidado para dar o mote á conversa que reuniu à sua volta numerosos interessados no tema.

Joao lazaro

Trata-se de um debate bastante actual. Como poderão sobreviver os professores numa época em que o seu papel é constantemente colocado em causa por alunos, pais e pela sociedade em geral, para além do próprio Ministério da Educação. Como poderão os professores adaptar-se a este novo paradigma e prepararem-se para enfrentar alunos cada vez mais irreverentes, inconformados com os actuais sistemas de ensino, mais protegidos pelos seus pais, com mais acesso a todo o tipo de informação e muito mais aptos a lidar com as questões dos avanços tecnológicos?

É um desafio… um grande desafio.

Pelo que foi dito ao longo da tertúlia, os professores têm que compreender que os alunos são naturalmente curiosos e criativos e os professores têm que aprender a utilizar em proveito da aprendizagem essas suas características. Muito mais do que meros transmissores de conhecimentos, os professores deverão saber conduzir os seus alunos pelas muitas formas de adquirir conhecimentos que existem hoje disponíveis, das quais a internet é, sem dúvida, o ex-líbris. O aluno deve ser sempre considerado como um todo. O professor deve olhar o aluno não apenas da sua vertente de aprendente, mas sim e sobretudo da sua vertente pessoal, familiar e social. Todos os temas a abordar na sala de aula são importantes. E muitas vezes, abordar temas apenas relacionados com os interesses dos alunos, fugindo aos temas da aula acabam por ser tão ou mais importantes na formação pessoal e cívica do aluno. É preciso saber ouvi-los. É preciso saber discutir ideias com eles. É preciso deixá-los colocar em causa os ensinamentos, as regras sociais, os papéis de todos os actores. É necessário deixá-los ser adolescentes com tudo o que isso implica de complexidade, de irreverência, de procura pelo seu lugar na sociedade.

O papel do professor é aqui fundamental.

Mas como deve ser o professor? Como se deve comportar? O que esperam os alunos dos seus professores?

João Lázaro trouxe-nos uma visão interessante a este respeito. Os alunos querem professores exigentes e rigorosos. Respeitam e apreciam professores que sabem exigir, professores com os quais sentem que aprendem, independentemente de os considerarem ou não “tipos porreiros”.

Ao invés, rejeitam e até ridicularizam aqueles professores que se tentam aproximar deles utilizando o mesmo tipo de linguagem ou o mesmo tipo de comportamento. Não respeitam os professores que se esforçam para serem bem vistos pelos alunos e que colocam em causa o rigor e a aprendizagem. E por fim, marginalizam aqueles que não são coerentes, que dizem uma coisa mas que têm comportamentos contrários, ou que hoje impõem algumas regras, para no dia seguinte as mudarem por completo.

Também aqui o papel dos pais é fundamental e há que saber trazê-los à escola. Há que saber transmitir-lhes a importância de uma boa educação, porque são muitas vezes eles os primeiros a menosprezarem os estudos dos seus filhos e uma educação assente em bases sólidas e diversificadas. E aqui cabe à Escola mudar os seus próprios procedimentos e não chamar à Escola os pais apenas quando os filhos têm problemas comportamentais ou de aprendizagem. Há que dar importância às coisas boas que os filhos são capazes de fazer. Às coisas positivas. Aos trabalhos bem-feitos. Às opiniões pertinentes. Ao envolvimento em actividades da Escola. À defesa de colegas. Às boas notas. E a tantas outras coisas. Porque será que no nosso ensino apenas se dá importância aos aspectos negativos, relegando para segundo plano e até mesmo para o esquecimento tudo o que os alunos alcançam de bom?

Há que conseguir também, e de formas inovadoras, deixando os antigos e pesados métodos de ensino de vez no passado, motivar, envolver os alunos, mostrar-lhes o quanto uma boa base educativa os prepara para enfrentar um futuro que nem sempre é risonho. E aqui há que aproveitar o papel dos Delegados de Turma. Eles podem ser agentes de mudança… de mudança na mentalidade dos colegas, porque normalmente são líderes, não jovens com capacidade de impor as suas ideias junto dos colegas. Normalmente são jovens predispostos a ouvir a Escola e os seus actores e há que saber aproveitar esta predisposição em benefício dos próprios alunos e da sua aprendizagem.

Novos paradigmas se impõem ao Ensino. Paradigmas que tardam a ver implementação nas Escolas portuguesas, mas que urge mudar sob pena de estarmos a educar seguidores e não pessoas aptas, capazes de imporem as suas próprias ideias, pessoas capazes de construir um futuro questionando-o e obrigando-o a evoluir.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 15:09
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds