Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2012
FREIXIANDA: COMEÇA HOJE A FESTA EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS



publicado por Carlos Gomes às 00:41
link do post | favorito
|

OURÉM: COMEÇAM AMANHÃ NO OLIVAL OS FESTEJOS EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA



publicado por Carlos Gomes às 00:06
link do post | favorito
|

OURÉM REALIZA AMANHÃ OFICINA DE ESCULTURA



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

OURÉM: FÁTIMA RECEBE "ENXAME" DE VESPAS



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 30 de Agosto de 2012
OURÉM: RIO DE COUROS REALIZA FEIRA DAS PANELAS



publicado por Carlos Gomes às 18:11
link do post | favorito
|

MINHOTOS PEREGRINAM AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA



publicado por Carlos Gomes às 00:56
link do post | favorito
|

EM 1956, MENDES CORREIA, DEPUTADO À ASSEMBLEIA NACIONAL, EXALTOU AS QUALIDADES DO NOSSO FOLCLORE

Na sessão de 29 de junho de 1956 da VI Legislatura da Assembleia Nacional, o deputado Mendes Correia falou sobre o Congresso de Etnografia e Folclore que se realizou em Braga naquele ano, exaltando as suas virtualidades e qualidades artísticas. A sessão foi presidida por Albino dos Reis Júnior e secretariada por José Paulo Rodrigues e Alberto Pacheco Jorge.

capture2

António Augusto Esteves Mendes Correia de seu nome completo era natural do Porto. Doutorado em Medicina, exerceu a profissão de Professor Catedrático na Universidade do Porto. Foi Procurador à Câmara Corporativa na I e II Legislaturas e Presidente da Câmara Municipal do Porto entre 1936 e 1942. Porém, o conhecimento dos costumes do Homem sempre exerceu em si uma especial atração. Em 1912, introduz o estudo da Antropologia, em 1919 torna-se Professor ordinário de Geografia e Etnologia da efémera Faculdade de Letras da Universidade do Porto; em 1921 é nomeado Professor Catedrático da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto da qual viria a ser Diretor; em 1923 é Diretor do Instituto de Investigação Científica de Antropologia da Universidade do Porto; Diretor da Escola Superior Colonial em 1946 e Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa em 1951. Foi por três vezes eleito deputado à Assembleia Nacional pelo círculo do Porto tendo integrado a Comissão de Educação Nacional, Cultura Popular e Interesses Espirituais e Morais.

Transcreve-se a sua intervenção, respeitando-se a grafia da época.

O Sr. Mendes Correia: - Sr. Presidente: na sessão de ontem o nosso colega Dr. Alberto Cruz referiu-se, a propósito das impressões que teriam deixado a terra e a gente bracarenses e o Minho em geral nos membros do recente Congresso de Etnografia e Folclore, realizado em Braga, as tradições regionais de hospitalidade e à necessidade de se apoiar o desenvolvimento do turismo naquela província.

Não precisa o nosso colega da minha solidariedade nas aspirações que formulou, e que naturalmente perfilho sem restrições, mas pedi a palavra para, ainda com um mandato que me permite traduzir o sentir de todos os congressistas, sublinhar a hospitalidade e a cortesia que todos encontrámos em Braga e na boa gente do Minho, aproveitando este ensejo para, mais uma vez, salientar o significado nacional e político da assembleia realizada e a importância - nos mesmos aspectos, além do cientifico- de muitas matérias nela versadas e de muitos dos votos finais ali adoptados.

Vozes: - Muito bem!

O Orador:-Não trago, evidentemente, a esta Câmara um relato pormenorizado do que foi o Congresso e do que ele representa na vida cultural e social do Pais.

Mas acentuarei que a sua magnitude decorre do tema dos seus relatórios e das suas duzentas comunicações. Esse tema é o povo português, a sua psicologia, as suas tradições, a sua arte, os seus anseios, as suas tendências e as suas capacidades.

Tema que é hoje versado cientificamente, com métodos e técnicas adequadas, de maneira sistemática, imparcial e objectiva, e não ao modo antigo, por colecionadores a esmo, por simples amadores sem preparação, por devaneadores e fantasistas, com maior ou menor brilho literário, maior ou menor sentimento e entusiasmo, mas numa ausência total, ou quase, de espirito científico. Há ainda quem suponha que etnografia e folclore são puras colectâneas amenas de temas pitorescos da vida popular.

Ora, o último Congresso definiu posições nítidas e úteis quanto à natureza dos objectos dessas disciplinas e quanto à maneira de os tratar e utilizar. Pôs em evidência o interesse de certas investigações. Salientou as ligações entre o âmbito das ditas disciplinas e a história, a filosofia, a religião, a arte, a sociologia, a política, a economia, etc. Pôs sobretudo em relevo o valor nacional daqueles estudos.

E a todos foi grato verificar que, a par das contribuições mais singelas sobre um ou outro facto local ou regional, surgiram naquela assembleia teses de conjunto ou de carácter genérico e doutrinário, como as de metafísica, do folclore e da ética dos provérbios populares, tratados pelos reverendos Drs. Bacelar e Oliveira e Craveiro da Silva, da Faculdade Pontifícia de Filosofia, de Braga.

Não faltaram outros elementos universitários e académicos, participantes do Brasil, Espanha e México, os temas mais variados. Mas desejo aqui congratular-me, sobretudo, com o apoio e interesse manifestados ao Congresso, não só por corpos administrativos, como as Camarás Municipais de Braga -a autora da iniciativa e sua grande realizadora-, Viana do Castelo, Santo Tirso e Porto, e algumas juntas de província, mas também por organizações como o Secretariado Nacional da Informação e Cultura Popular, a Mocidade Portuguesa, a Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho, etc.

O Governo da Nação, o Governo de Salazar, dispensou ao Congresso o apoio mais expressivo, sendo notáveis os discursos proferidos no mesmo pelos ilustres Ministro das Corporações e Subsecretário de Estado da Educação Nacional.

Verificou-se, assim, este facto altamente consolador: é que de sectores os mais variados da vida nacional, de todos os planos hierárquicos, dos domínios directamente ligados ao assunto como de outros, do Governo ao próprio povo - como o de Braga e como o que participou nos festivais folclóricos então realizados-, houve geral concordância no reconhecimento do vasto e profundo significado da bela iniciativa da Câmara de Braga, e especialmente do seu extraordinário presidente.

Como ó oportuna e confortante tal verificação, precisamente quando nesta Assembleia se está discutindo o Plano de Formação Social e Corporativa, marcando-se o desejo de, abrindo os braços a todos os progressos reais e fecundos, conservar as melhores e mais sãs tradições nacionais!

O Congresso emitiu numerosos votos, como em matéria de ensino, investigação, propaganda, museus, protecção, etc., de assuntos etnográficos e folclóricos. Sublinharei apenas, neste instante, os que dizem respeito às actividades ultramarinas nesse domínio e à recusa ao fado do título, tão correntemente usado, de canção nacional por excelência.

O estudo da etnografia e folclore das populações ultramarinas mereceu ao Congresso uma atenção especial, salientando-se a necessidade dessa matéria nos centros de estudos sociais e políticos e nos novos institutos de investigação científica de Luanda e Lourenço Marques, entre as ciências humanas ou sociais.

Quanto ao fado, proclamou-se o inconveniente nacional e folclórico da sua difusão excessiva, quer pela sua proveniência, quer pelo pessimismo e desanimo que traduz, em contradição com as fontes e as manifestações mais autênticas e construtivas da inspiração popular. O fado lembra as guitarras plangentes de Alcácer, não um brado de vitória ou de fé.

Não pretendo negar a beleza de alguns fados, das toadas mais melancólicas, de versos profundamente tristes. Mas não se chame canção nacional por excelência a uma canção folclòricamente tão discutível e tão distinta, em tudo, das belas, joviais e empolgantes canções de que é felizmente tão rico. O autêntico folclore nacional.

Vozes: - Muito bem!

O Orador:-Vi um dia, num festival folclórico, no Porto, centenas de visitantes estrangeiros, como um só homem, perante uma exibição de ranchos de Viana, erguerem-se a aplaudir e a gritar: «Viva Portugal»! Em vez do fado depressivo, como não hão-de ser estimulantes e gratas para nós, Portugueses, essas manifestações da nossa música popular que tom assim o dom de arrebatar os próprios estrangeiros?

Sem recusar a possibilidade de introdução e adopção de factos novos, ou seja do processo chamado de aculturação pelos etnógrafos e sociólogos, o Congresso pronunciou-se pela definição do facto etnográfico e folclórico como caracterizado por serem tradicionais e de origem espontânea e anónima na alma popular.

A aculturação só pode dar-se quando esta alma lhe é favorável, quando nesta encontra eco, aceitação, concordância psicológica. Nos nossos territórios ultramarinos é do maior interesse o estudo da aculturação das populações nativas sob a influência da cultura que tenho chamado luso-cristã.

Por estas singelas considerações creio ter dado uma ideia da importância nacional e científica do Congresso de Braga. Mas o que sobretudo desejei sublinhar, usando da palavra, foi a gratíssima impressão que congressistas nacionais e estrangeiros trouxeram do convívio, da hospitalidade, da afabilidade, da cortesia, do trato, da doçura, do irradiante poder de simpatia, da boa gente de Braga e do Minho, daquele admirável povo em que se conservam e florescem tantas virtudes tradicionais de suavidade de alma, de bondade, de apego ao lar, de dedicação pelo trabalho, de amor pelo seu berço e de fidelidade aos altos valores espirituais que garantem a perenidade da Pátria e da civilização.

Vozes: - Muito bem, muito bem!

O Orador:-Posso depor com firmeza que na multidão que em avalancha jovial festejava o S. João, na noite de 23, em Braga, não vi senão atitudes simpáticas e dignas. Quem dava involuntariamente um encontrão pedia desculpa.

Ausência de palavrões, de qualquer grosseria, de brutalidade. Bom povo, admirável povo, que a dissolução tendenciosa de outros meios ainda não inquinou nem perverteu.

Tenho a certeza de que a acção de organizações como as que citei manterá indemnes a sua alma e as suas tradições sãs contra a vaga cosmopolita ou exótica de materialismo pretensamente científico e humano que ameaça subverter o que há de melhor e mais luminoso no património moral da nossa civilização. Bom povo de Portugal, porque creio em ti e nos valores espirituais que te animam, creio na eternidade da Pátria.

Tenho dito.

Vozes: - Muito bem, muito bem!

O orador foi muito cumprimentado.



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012
OURÉM: RANCHO FOLCLÓRICO "OS CAMPONESES" DA RIBEIRA DO FÁRRIO COMEMORAM 22 ANOS DE EXISTÊNCIA



publicado por Carlos Gomes às 19:53
link do post | favorito
|

CASA DO POVO DE FÁTIMA REINICIA AS ATIVIDADES



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito
|

TROFÉU DE BTT DO CONCELHO DE OURÉM DECIDE-SE A 9 DE SETEMBRO

A cidade de Ourém recebe no dia 9 de setembro a última etapa do Troféu de BTT do Concelho de Ourém, uma organização conjunta do BTT Clube dos Pinheiros, do grupo de BTT “Cremalheiras Rolantes” e conta com o apoio do Município de Ourém e da OurémViva.

Depois do VIII Raid BTT Rota dos Pinheiros, que teve lugar em Caxarias, e da III Rota de Santa Marta, em Gondemaria, o II Raid BTT Terras da Oureana, encerra o Troféu de BTT do Concelho de Ourém, uma competição de raides em bicicleta todo-o-terreno, de grau de dureza médio, onde contam os dois melhores resultados do atleta.

Sobre o Troféu:

Competição aberta a todos os atletas, federados e não federados; Sistema por pontos com contabilidade dos dois melhores resultados de cada atleta entre as três provas; Provas de inscrição obrigatória, limitada e independente; Jersey e regulamento completo em www.trofeubttourem.com.

Troféus: Geral, Sub-23, elites, veteranos e femininos.

Programa:

Domingo

07h30 - Abertura do Secretariado

09h00 - Fecho do Secretariado

09h15 - Briefing seguido de Partida

12h00 - Hora média de Chegada prevista

13h00 - Almoço de Encerramento

14h30 - Cocktail de Encerramento do Troféu. Cerimónia do podium e entrega dos prémios. Encerramento do Evento e Troféu. Sorteio de Bike BTT entre os Presentes.

Preço:

10 euros s/almoço

15 euros c/ almoço

Inclui dorsal, seguro, t-shirt, brindes diversos, quatro reforços (águas, sumos, ice teas, pães com chouriço, pasteis de nata, madalenas, laranjas, barras energéticas, bebidas energéticas, etc.), receção final, banhos.



publicado por Carlos Gomes às 18:29
link do post | favorito
|

EM 1949, BOTELHO MONIZ PROPÕE NA ASSEMBLEIA NACIONAL QUE SE TERMINE O BANIMENTO DO TERRITÓRIO PORTUGUÊS IMPOSTO AO CONDE DE OURÉM, D. DUARTE NUNO DE BRAGANÇA

Na sessão de 24 de fevereiro de 1949, o deputado Botelho Moniz apresentou um projeto de lei que visou por termo ao banimento do território português de D. Duarte Nuno de Bragança e sua família. Tratava-se de uma lei promulgada em 1834, na sequência das guerras liberais, a qual obrigava ao exílio o rei D. Miguel e seus descendentes, tendo a partir do estabelecimento do regime republicano sido alargada a todos os ramos da Casa Real. A Assembleia Nacional veio em 1950 a revogar a referida lei, tendo D. Duarte Nuno de Bragança, Duque de Bragança e Conde de Ourém, regressado a Portugal em 1952.

Transcreve-se do Diário das Sessões a intervenção do deputado Botelho Moniz respeitando-se a grafia da época.

 

O Sr. Botelho Moniz: - Sr. Presidente: um seguimento a considerações que produzi antes e durante a última campanha eleitoral, e como sua consequência inevitável, vou entregar a V. Ex.ª, dentro de alguns minutos, um projecto de lei que reputo representar um primeiro passo no sentido da conciliação da família lusitana.

Creio que o artigo 3.º deste documento só encontra perfeitamente de acordo com o sentido de uma moção que, em sessão legislativa anterior, tive a honra de ver aprovada, por unanimidade, pela Assembleia Nacional.

Por sua vez, os artigos 1.º e 2.º desse projecto concedem amnistia completa para as faltas disciplinares e crimes políticos cometidos por pessoas cujos altos serviços à Pátria tenham merecido galardão especial. Os artigos 3.º e 6.º pretendem reparar algumas injustiças e desigualdades flagrantes.

O Sr. Presidente: - Sr. Deputado Botelho Moniz: chamo a atenção de V. Ex.ª para a disposição regimental que não permite anunciar-se qualquer projecto de lei sem prévia observância do § 1.º do artigo 11.º do Regimento.

O Orador: - Conforme declarações públicas amiudadamente formuladas, sou partidário de uma amnistia geral, de que beneficiem monárquicos e republicanos condenados por crimes exclusivamente políticos.

No entanto, o meu projecto de lei é muito mais limitado. Porquê? Porque nos encontramos a menos de dois meses do início de novo período presidencial e me parece que só ao Poder Executivo compete ser juiz da oportunidade duma amnistia de tão grande vastidão, naturalmente condicionada pelas emergências políticas e pela atmosfera em que a vida pública se desenvolver. Se esta primeira étape obtiver aprovação da Assembleia, aplaudirei de todo o coração as decisões mais largamente generosas que o Chefe do Estado e o Governo entenderem por bem tomar.

O artigo 3.º do meu projecto visa a colocar em situação de igualdade com os amnistiados alguns portugueses de alto valor pessoal e profissional que viram as suas carreiras militares destroçadas por motivo de ferimentos em combate e os seus direitos legais diminuídos como efeito de aplicação demasiado genérica de disposições retroactivas.

O último artigo pretende terminar com uma desigualdade tão odiosa que foi condenada, em duas notas sensacionais, pelo próprio órgão pessoal de S. Ex.ª o ex-candidato oposicionista.

Refiro-me ao banimento do território português do Sr. D. Duarte Nuno de Bragança e de sua família. Nenhuns outros exilados existem, legalmente ou forçadamente.

Como republicano, educado em princípios de tolerância e igualdade, repugnam-me todas as leis de excepção.

Como português, julgo que Portugal não tem o direito de continuar negando esta reparação elementar ao nobilíssimo e abnegado representante da dinastia de Bragança, à qual a Pátria deve a salvação da sua independência, a conservação de grande parte do seu Império e muitos séculos de civilização cristã, de progresso da grei e de paz social.

Propositadamente apresento este projecto de lei sem haver consultado quem quer que seja. Trata-se de uma iniciativa individual cuja responsabilidade me pertence ùnicamente.

Entretanto, ao terminar estas considerações, julgo útil narrar ura pequeno episódio: há dias, no decurso de conversa com um republicano ilustre da oposição, embora não entrasse em pormenores ou pedisse opiniões, anunciei-lhe a minha intenção de pugnar pela revogação do banimento da família real portuguesa. Disse-me achar justa a medida, sob condição de que o pretendente ao trono não efectuasse propaganda dos seus ideais políticos.

Respondi-lhe simplesmente: porque há-de um português monárquico ter direitos inferiores aos que a oposição republicana pede para si?

O meu interlocutor, pessoa muito culta, inteligente, sincera e compreensiva, meditou um instante, sorriu e respondeu-me em duas palavras: tem razão.

Nenhum outro apoio ou comentário poderia ser mais expressivo.

Em vista da advertência de V. Ex.ª, o meu projecto de lei vai ser entregue na Mesa para seguir os trâmites regimentais.

Tenho dito.

Vozes: - Muito bem, muito bem!

O orador foi cumprimentado.

(Foi mandado para a Mesa o projecto).

O Sr. Presidente: - Nos termos do Regimento, o projecto do Sr. Deputado Botelho Moniz vai ser submetido à apreciação das comissões respectivas, que terão de pronunciar-se sobre a sua conveniência ou inconveniência, se antes não for afastado por inconstitucionalidade, e só então o Sr. Deputado Botelho Moniz poderá fazer a sua apresentação à Assembleia.



publicado por Carlos Gomes às 17:14
link do post | favorito
|

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM CONTA AMANHÃ "HISTÓRIAS COM ANIMAIS"

capture6

“Histórias com animais”

09, 16, 23 e 30 de agosto – 10h30

Hora do conto sobre o “Um dia na praia”, com o cão Frik, da autoria de Margarida Fonseca Santos e ilustrações de Carla Nazareth, seguida de atividade de expressão plástica. Os trabalhos resultantes da atividade ficarão expostos na Biblioteca Municipal, onde poderão ser apreciados por toda a comunidade.

Público-alvo: Crianças dos 3 aos 7 anos ׀ até 25 participantes ׀

Inscrições obrigatórias e gratuitas na Biblioteca Municipal de Ourém ׀ Tel: 249 540 900 (ext. 6841)



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Terça-feira, 28 de Agosto de 2012
OURÉM RECEBE II TROFÉU URBANO TRIAL BIKE

O II Troféu Urbano Trial Bike vai realizar-se em Ourém, no próximo sábado, dia 1 de setembro. A prova decorre no Largo do Tribunal, sendo disputada pelos sete melhores atletas da especialidade, contando com a participação de atletas espanhóis.

TRIAL%~1

Com início marcado para as 21h00, esperam-se momentos de grande espetáculo, emoção, adrenalina e competição, tendo em conta os obstáculos de elevado grau de dificuldade.

A prova é disputada em duas fases: a primeira onde os sete atletas competirão e a segunda com a participação dos quatro melhores.

O Trial Bike é uma disciplina do ciclismo em que o factor principal é o equilíbrio e controlo da bicicleta em situações extremas. O objetivo da competição é passar com a bicicleta por um percurso difícil e com obstáculos sinalizados, situados dentro de “zonas controladas” (secções), sem se poder tocar no solo com nenhuma parte do corpo e da bicicleta, para além dos pneus, tendo de ser realizada dentro de um tempo estabelecido.

O II Troféu Urbano Trial Bike é uma iniciativa conjunta do Município de Ourém, OurémViva e TrialPortugal.net.



publicado por Carlos Gomes às 20:16
link do post | favorito
|

OFERTAS DE TRABALHO (28 DE AGOSTO A 3 DE SETEMBRO DE 2012)

292688_101521366652591_100003841830712_7286_141345

O que é o GIP

GIP – Gabinete de Inserção Profissional de Ourém, uma estrutura de apoio ao emprego criada numa parceria entre a INSIGNARE – Associação de Ensino e Formação e o Instituto de Emprego e Formação Profissional.

O que faz:

O GIP promove a criação de emprego prestando o apoio a jovens e adultos desempregados com vista à definição e desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho.

Promove e agiliza a ligação entre as empresas e os potenciais colaboradores, com o objetivo de criar emprego.

Horário de Atendimento:

De 2ª a 6ª feira - 9H00 às 13H00 / 14H00 às 17H00

Horário de Funcionamento

De 2ª a 6ª feira - 9H00 às 13H00 / 14H00 às 18H00

Contactos:

Centro de Empresas - Piso Zero – loja 31

Rua Dr. Francisco Sá Carneiro - 2490-548 Ourém – Portugal

Telefone 916 342 286 / 249 540 900 ext-6856 Email: gip@insignare

Ofertas de Trabalho de  28 Agosto a 03  Setembro GIP Ourém

DIR.0083.12.08

MOTORISTA DE PESADOS ARTICULADOS - Seiça

Transportadora procura Motorista de pesados articlados com CAM para prestar serviço em Portugal e Espanha. Envie Curriculo para o GIP.

DIR.0082.12.08   

EMPREGADO DE BALCÃO /BARMAN - Ourém

Bar em Ourém procura empregado de balcão /Barman.  Jovem com boa apresentação e dinâmico Contacte o GIP de Ourém

DIR.0062.12.07A

COZINHEIRA - Alburitel

IPSS procura Cozinheira com experiência na área da restauração.  Disponibilidade para  trabalhar por turnos Envie o seu CV para gip1@insignare.pt

DIR.0081.12.08

COZINHEIRA  - Ourém

Restaurante procura cozinheira com experiência na área da restauração.  Disponibilidade para  trabalhar fora do país.Envie o seu CV para gip1@insignare.pt

DIR.0079.12.08

ESTÁGIO PROFISSIONAL de DESPORTO - Ourém

Seleccionamos candidato para estágio profissional como Técnico de Desporto. Local: Ourém
Perfil: Bons conhecimentos em Treino Desportivo de preferência treino de Futebol e Guarda-Redes. Envie o seu CV para gip1@insignare.pt

DIR.0077.12.08   

ESTÁGIO PROFISSIONAL EM RESTAURANTE E BAR  - Leiria

URGENTE: - Empresa procura candidato/a para Bar Irlandês para estágio profissional na área de Restaurante /BAR de nível 4. Envie CV para gip1@insignare.pt

DIR. 0071.12.08  

PINTOR DE AUTOMÓVEIS – Vilar dos Prazeres

Empresa da área de reparação de automóveis procura pintor de automóveis com experiência.   

DIR.0032.12.07A

ASSISTENTE  DE ENFERMAGEM VETERINÁRIA - Fátima

Clínica Veterinária procura Assistente com formação em Enfermagem Veterináriapara realizar  estágio profissional. Envie CV para gip1@insignare.pt

DIR 0067.12.07

AJUDANTE DE COZINHA– Zambujal

Café/Restaurante Procura ajudante de Cozinha com experiência. Polivalente para ajudar no serviço de mesa. Contacte o GIP de Ourém ou envie o currículo para gip@insignare.pt

Ofertas do IEFP Ver ofertas no link http://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/pesqOfertas.do?estrangeiros=false

GIP de Ourém: Horário de Atendimento ao Publico: 9:00H-13:00H/14:00H-17:00H.



publicado por Carlos Gomes às 17:09
link do post | favorito
|

GALERIA MUNICIPAL DE OURÉM EXPÕE DESENHO E GRAVURA DE JOANNA LATKA

“Simply a line going for a walk” é o nome da próxima exposição que vai estar patente na Galeria Municipal de Ourém de 09 a 23 de Setembro. Da autoria de Joanna Latka, a mostra de desenho e gravura, pode ser vista de terça a domingo, das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

“A propósito de Paul Klee, surge o título desta exposição de Joanna Latka: «simplya linegoing for a walk». Se esta citação remete para a definição de Klee sobre o desenho, neste caso apropriamo-nos dela e estendemo-la, também, à gravura. No caso de Joanna Latka, ambas, desenho e gravura, se confundem, não só em termos de expressão - a sua figuração expressionista -, como em termos formais - a tal linha de Klee. A linha foi dar um passeio pela paisagem, e nesta paisagem, certamente um desafio para Latka, encontramos as suas figuras, a povoar delicadamente estes cenários que, em termos da representação, muito se aproximam da tradição da pintura holandesa. Trata-se de um desafio porque o fundo e o objecto da composição se fundem, tornam-se cúmplices de uma mesma narrativa, algo que até agora não havia acontecido com esta coerência e harmonia”.

Ana Matos

Directora Artística e Curadora da Galeria das Salgadeiras

JOANNA LATKA

Nasceu em 1978, em Cracóvia, na Polónia, desde 2003 que vive em Lisboa, dedicada no plano artístico às gravuras, ilustrações e desenhos a tinta-da-china, incorporando variações únicas baseadas nas técnicas de desenho e ilustração contemporâneas. Actualmente encontra-se tirar o Doutoramento no Instituto de História de Arte na Universidade de Lisboa (Bolseira do F C T).

No curriculum conta com 16 exposições individuais e cerca de 25 colectivas, em espaços tão diversos como na Galeria das Salgadeiras, o Lagar de Azeite em Oeiras, o Centro Cultural de Cartaxo (CCC), o Centro de Arte Moderna Solvay, em Cracóvia, ou o Museu Municipal de Faro, tendo sido seleccionada para a 5ª Bienal Internacional do Douro, o 6º Festival de Gravura de Évora, a 1ª Bienal Internacional do Montijo, 3ª e 4ªBienal de Coruche, 5ª Bienal Jovem de Vila Verde, e os Jovens Criadores em 2006, entre outros. A artista está representada em várias colecções públicas e privadas.



publicado por Carlos Gomes às 16:53
link do post | favorito
|

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM: EXPOSIÇÃO DE ESCULTURA ESTÁ PATENTE ATÉ AO FINAL DO MÊS



publicado por Carlos Gomes às 12:16
link do post | favorito
|

OURÉM PREPARA-SE PARA O RAID BTT TERRAS DE OUREANA

396059_270839852977753_996393983_n



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Agosto de 2012
OURÉM: PASSEIO DE MOTORIZADA JUNTOU NATURAIS DA URQUEIRA

378357_347231822031885_644106637_n

Ontem foi dia de passeio para as gentes da Urqueira. Naturais e amigos desta terra afivelaram o capacete e montaram as suas motorizadas para passear e confraternizar. E ainda sobrou tempo para irem à pesca… a iniciativa foi da Associação Cultural e Recreativa da Urqueira a quem pertencem as fotos que junto se publicam.

579859_347246238697110_782316977_n

376629_347232265365174_793044349_n

305049_347232068698527_374510545_n

284855_347244635363937_181029684_n

549518_347245325363868_1689840547_n

418645_347246552030412_1551746746_n

216124_347246598697074_185597401_n

394565_347245842030483_916189843_n

199098_347245772030490_1070488785_n

185141_347232642031803_789193380_n



publicado por Carlos Gomes às 21:12
link do post | favorito
|

CENTRO DE PATRIMÓNIO DA ESTREMADURA REALIZA CURSO SOBRE ARTE BARROCA

Cursos-livres CEPAE «A Arte Barroca: o ser e o parecer ou essência e ilusão»

«A Arte Barroca: o ser e o parecer ou essência e ilusão»

25 de setembro a 23 de outubro de 2012

BATALHA

O Barroco foi um estilo artístico que marcou a Época Moderna Europeia, tendo espelhado o desejo de afirmação política, social e religiosa das sociedades em que floresceu. Pelas suas características emotivas, de opulência, de magnificência e de teatralidade, rapidamente se afirmou no panorama cultural do Antigo Regime, pois servia quer os interesses dos Estados absolutistas, quer o propósito da Igreja Católica, em ordem à doutrinação dos crentes num período de plena consolidação do protestantismo. Portugal assimilou os cânones do Barroco de forma tardia, mas tal facto não impediu uma produção artística de particular interesse, por exemplo, na retabulária e na azulejaria.

Temas:

- O tempo e o espaço do Barroco – o contexto político, cultural e artístico (25 de Setembro);

- A Arquitetura Barroca: o palco da cenografia (2 de Outubro);

- A Escultura Barroca: intuição e sentimento das personagens (9 de Outubro);

- A Pintura Barroca: o protagonismo da luz na composição (16 de Outubro);

- A Talha Dourada e o Azulejo: expoentes particulares da arte barroca portuguesa (23 de Outubro)

Horário: 19h15-20h45

Calendário: 5 Sessões às Terças-feiras25 de Setembro, 2,9,16,23 de Outubro.

Local do curso: Auditório da Junta de Freguesia da Batalha (Rua Infante D. Fernando, nº 432- BATALHA)

Inscrições: €25,00 (sócios CEPAE); €30,00 (não sócios)

Número máximo: 30 inscritos

Número mínimo: 15 inscritos

Data limite de inscrições: 20 de Setembro

Informações e inscrições*Praça Mouzinho Albuquerque, 2º- Sala 1 Apartado 188

2440-901 BATALHA

Tel./Fax: 244 766 199

E.mail: mail@cepae.pt

*Horário de atendimento - 10h00- 13h00 Inscrições ONLINE: http://goo.gl/Qv0T5



publicado por Carlos Gomes às 14:04
link do post | favorito
|

OURÉM: OLIVAL EM FESTA SÃO TRÊS DIAS DE ROMARIA



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

OURÉM REALIZA OFICINA DE PINTURA EM CERÂMICA

capture8

Localização: Vale da Perra, Atouguia (instalações da antiga Escola EB1)

Apresentação de projetos ou informações na Câmara Municipal de Ourém – Divisão de Ação Cultural - Município de Ourém, Praça do Município, 11, 2490-499 OURÉM | 249540900 (ext.: 6547) | cultura@mail.cm-ourem.pt

Oficina de pintura em cerâmica

02, 07, 09, 14, 16, 28 e 30 de agosto - 15h00

Oficina de Artes

Oficina prática de pintura de cerâmicas

Destinatários - Público em geral



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Domingo, 26 de Agosto de 2012
OURÉM: OLIVAL PREPARA FESTA EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA



publicado por Carlos Gomes às 22:02
link do post | favorito
|

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEBRA MISSA DE GRAÇAS PELA ATRIBUIÇÃO DO TÍTULO DE BASÍLICA À IGREJA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

“Aqui o povo de Deus aprende a ser e sente-se a si mesmo como povo peregrino”

Na tarde de hoje, foram muitos participantes na eucaristia de ação de graças pela recente atribuição do título de Basílica à Igreja da Santíssima Trindade. A celebração solene, às 15:00, foi presidida por D. António dos Santos Marto, bispo de Leiria-Fátima, que concelebrou com o bispo emérito de Leiria-Fátima, D. Serafim de Sousa Ferreira e Silva, e vários sacerdotes.

No momento inicial, o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, leu o decreto de 19 de junho de 2012, assinado pelo prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, o cardeal D. António Caňizares Llovera, onde é anunciada a atribuição de título de Basílica e indicado o dia 13 de novembro como o dia da Festa da Basílica da Santíssima Trindade.

Nas suas palavras durante a homilia, D. António Marto reiterou que a atribuição do título significa sobretudo o “reconhecimento de que esta igreja é um centro importante e significativo de peregrinação, que carateriza este Santuário de Fátima”. “Aqui o povo de Deus aprende a ser e sente-se a si mesmo como povo peregrino”, disse.

Em Fátima, e também nesta nova Basílica, recordou D. António Marto, “somos todos convidados a elevar o nosso coração para o mistério de Deus no seu infinito amor trinitário” e “somos introduzidos neste mistério de amor pelo Imaculado Coração de Maria, tal como os Pastorinhos o foram”.

D. António Marto deu o seu testemunho pessoal sobre a forma como os videntes de Nossa Senhora de Fátima o tocaram: “Este vosso irmão que vos fala, que é bispo, aprendeu com este pequenino (Francisco Marto) a despertar no seu coração este amor que é Deus, na sua presença, na sua companhia, no seu amor”.

Em tempos de crise de fé, os cristãos são convidados a fazer a “renovação”, a “purificação” da fé. “A fé tem de ser hoje uma escolha, uma opção, consciente e livre”, disse D. António Marto.

“Hoje, mesmo que Deus não seja negado, é excluído do horizonte da vida de muitas pessoas e até da Igreja. É, para muita gente, o grande desconhecido, o ignorado, o esquecido, e próprio Jesus é reduzido a uma personagem da história, é admirado, mas não é amado”, afirmou o bispo de Leiria-Fátima, para justificar esta crise de fé, “comunitária e cultural”, se assemelha “a espécie de um eclipse, de um ocultamento do sentido da presença de Deus da vida e do coração das pessoas”.

Basílica da Santíssima Trindade - Estatísticas 2011

Em 2011, a agora Basílica da Santíssima Trindade acolheu várias centenas de celebrações. A igreja propriamente dita acolheu 575 celebrações, que envolveram a participação de 994 287 pessoas. Nas capelas da Morte de Jesus e da Ressurreição de Jesus foram realizadas 539 celebrações, num total de 74 087 participantes. Na capela da Reconciliação realizaram-se 158 077 confissões.

LeopolDina Simões

Informação: Até 09 de setembro, os contatos com o Centro de Comunicação Social | Sala de Imprensa do Santuário de Fátima devem ser efetuados ao e-mail reitoria@fatima.pt



publicado por Carlos Gomes às 20:18
link do post | favorito
|

OURÉM: CLÁSSICOS E DESPORTIVOS CORREM NO KARTÓDROMO DE FÁTIMA



publicado por Carlos Gomes às 11:47
link do post | favorito
|

FREIXIANDA FESTEJA EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS



publicado por Carlos Gomes às 00:42
link do post | favorito
|

OURÉM: VERÃO ATIVO NAS PISCINAS MUNICIPAIS TERMINA A 28 DE AGOSTO

 

Data:

28 DE AGOSTO – FITNESS DAY KORPO SANO

Horário:

16H00 ZUMBA

16H45 BODY COMBAT

17H30 ACTIVE YOGA

Local:

PISCINAS MUNICIPAIS DE OURÉM

Observações:

Parceiro: Health Club KORPO SANO - FÁTIMA

 


tags:

publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sábado, 25 de Agosto de 2012
URQUEIRA VAI AMANHÃ PASSEAR DE MOTORIZADA



publicado por Carlos Gomes às 00:03
link do post | favorito
|

OURÉM: LOJA PONTO JÁ DÁ MÚSICA ÀS CRIANÇAS

capture9

Música para crianças

26 de agosto – 11h00

Loja Ponto Já – Parque Linear

Atelier de música para crianças dos 0 aos 3 anos e respetivos pais, no qual se pretende criar momentos de contato com música, canções e instrumentos musicais por parte das crianças e respetivos acompanhantes.

Entrada livre.

Organização do Município de Ourém, com a colaboração do Conservatório de Música de Ourém -Fátima e a Ourearte – Escola de Música e de Artes de Ourém.



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 24 de Agosto de 2012
OURÉM: OLIVAL COMEMORA ELEVAÇÃO A VILA COM PASSEIO DE AUTOMÓVEIS CLÁSSICOS

A Freguesia do Olival realizou no passado dia 12 de agosto o 2º Passeio de Automóveis Clássicos e Pré-clássicos, tendo contado com uma notável adesão de participantes. A iniciativa inseriu-se no âmbito das comemorações do 3º aniversário da elevação a vila.

582758_434587106582563_523118365_n

A Junta de Freguesia do Olival foi o local escolhido para a concentração dos automobilistas, de onde partiram em digressão por vários locais de interesse no Concelho de Ourém, tendo incluído a visita à Quinta dos Moinhos, no Olival, almoço, prova de vinhos e lanche. Tratou-se, sobretudo, de uma jornada de convívio entre oureenses e amigos do automobilismo clássico.

564248_434586723249268_1775601453_n

558804_434589473248993_1203735234_n

226164_434586969915910_442403656_n

216024_434586919915915_1568273986_n

206114_434587656582508_714121624_n

545961_434587049915902_1039344492_n

558799_434587083249232_324278966_n

488155_434587186582555_1532230215_n

556501_434586996582574_1640925944_n

419892_434587016582572_1750699585_n

551937_434588276582446_2075518998_n

533057_434588003249140_357561086_n

480980_434588076582466_1156991972_n

405271_434588183249122_1563844964_n

554742_434589709915636_1493787928_n

557374_434589576582316_201403961_n

390929_434589913248949_262575131_n

556609_434589286582345_1351270205_n

551826_434589266582347_621628079_n

205943_434589406582333_360593907_n

303514_434587696582504_1878397513_n



publicado por Carlos Gomes às 18:58
link do post | favorito
|

“QUEREIS OFERECER-VOS A DEUS?”, UMA EXORTAÇÃO EM JEITO DE FILME

Em continuidade ao projeto iniciado no anterior ano pastoral, o Santuário de Fátima apresentou, em conferência de imprensa, a 12 de agosto, o segundo filme da coleção comemorativa do Centenário das Aparições.

Intitulado “Quereis oferecer-vos a Deus?”, é um trabalho da autoria do jornalista Henrique Matos, produzido pela Logomédia.

Nas palavras do Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, o filme “visa relembrar o contexto histórico e social da primeira aparição de Nossa Senhora e, sobretudo, mostrar a atualidade do apelo deixado na Cova da Iria, enquadrando-o numa reflexão sobre Fátima como acontecimento de fé”.

O título “Quereis oferecer-vos a Deus?”, pergunta deixada por Nossa Senhora na primeira aparição, em 13 de maio de 1917, “pretende evidenciar a necessidade da entrega de si a Deus e, consequentemente, aos outros”.

O Santuário de Fátima faz votos para que, através deste trabalho, “a mensagem de esperança e de consolação toque o coração das pessoas”.

Com 25 minutos de duração, este filme, em Português,  é o segundo de uma série de sete que serão produzidos, ao ritmo de um filme por ano, até ao centenário das aparições, em 2017.

O primeiro trabalho, “Santíssima Trindade, adoro-vos profundamente”, recordou as aparições e a mensagem do Anjo em Fátima. Este segundo evoca a primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima. Os filmes posteriores farão memória das restantes cinco aparições da Virgem.

À venda na Livraria do Santuário de Fátima. (livraria@fatima.pt)

LeopolDina Simões



publicado por Carlos Gomes às 17:37
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE II TROFÉU URBANO TRIALBIKE

II Troféu Urbano de Trial “Cidade de Ourém”

01 de Setembro, das 20h00 e as 24h00, no Largo do Tribunal.

O troféu contará com a presença dos melhores atletas nacionais, bem como alguns atletas internacionais de referência.



publicado por Carlos Gomes às 10:37
link do post | favorito
|

SOCIEDADE FILARMÓNICA REIS PRAZERES ATUA EM FÁTIMA



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Agosto de 2012
OURÉM: FREGUESIA DAS MATAS ORGANIZA FESTIVAL DAS SOPAS

O V Fim-de-semana Cultural e Gastronómico que se realizou na Freguesia de Matas foi um verdadeiro sucesso. O Festival das Sopas foi um autêntico festival de paladares a fazer jus a uma das mais importantes componentes da cozinha tradicional portuguesa e a homenagear o talento exímio das cozinheiras que o confecionaram. Uma iniciativa que contou com o apoio da rádio ABC Portugal e a participação da popular radialista oureense Lelita.

394296_326256787470082_1836585665_n

Mas, o V Fim-de-semana Cultural e Gastronómico de Matas teve um programa bastante variado que contemplou ainda a realização de tasquinhas, jogos tradicionais, passeio de BTT e a atuação do grupo típico “Os Amigos da Farra”, de Ourém, do grupo musical “MOV”, do agrupamento “Jorge Miguel” e do duo “Raquel & Vera”.

Teve lugar a cerimónia de bênção da primeira pedra do lar do Centro Social de Matas que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca e outros autarcas oureenses e ainda o cortejo de oferendas.

10500_326257267470034_1150974838_n

375864_326258124136615_1068858033_n

260398_326258174136610_1517888409_n

10439_326258184136609_482169860_n

377327_326258230803271_1385726306_n

386885_326258597469901_2091679517_n2

221857_326258434136584_1014669578_n

558403_326258280803266_634546287_n

304909_326258354136592_2020428378_n

417414_326257424136685_1555467020_n

559140_326258054136622_255889518_n

556631_326256804136747_1397215985_n

311733_326257317470029_741073523_n

430182_326258077469953_1745945633_n

562949_326257934136634_2145191836_n



publicado por Carlos Gomes às 20:03
link do post | favorito
|

DIOCESE DA GUARDA EM PEREGRINAÇÃO ENTREGA TRABALHOS DO PRÓXIMO ANO PASTORAL A MARIA

Novo bispo português preside à eucaristia da peregrinação

D. António Manuel Moiteiro Ramos, o novo bispo auxiliar de Braga, participou na peregrinação da diocese da Guarda a Fátima, realizada a 22 e 23 de agosto. Esta manhã, D. Manuel Felício, bispo da Guarda, cedeu-lhe a presidência da eucaristia principal da peregrinação. Natural da diocese da Guarda e ordenado bispo a 12 de agosto, D. António Moiteito falou aos peregrinos da dimensão mariana da Igreja e sobre os desafios pastorais que se lhe colocam.

IMG_5821

A eucaristia, celebrada às 11:00 na Basílica da Santíssima Trindade, foi largamente participada. Em nome do Santuário, Mons. Luciano Guerra, antigo reitor, saudou os peregrinos, recordou as primeiras peregrinações da diocese da Guarda a Fátima, “sempre vividas como tempo de penitência”, e fez votos para que também a peregrinação deste ano engrandecesse os participantes “do ponto de vista espiritual e apostólico”.

D. Manuel Felício havia anunciado o propósito da peregrinação à Cova da Iria: colocar “aos pés de Nossa Senhora” o ano pastoral de 2012-2013. As várias atividades de reflexão e de oração realizadas foram conduzidas nesse sentido.

Durante a homilia da missa desta manhã, D. António Moiteiro falou de Maria como Mãe da Igreja. Destacou que, em Nossa Senhora “a relação, a obediência, a humildade e a fé simples, mostra-nos o que significa seguir Jesus e este seguir Jesus é o horizonte da Igreja e de cada um de nós”.

Na sua reflexão, com base no documento e instrumento de trabalho proposto pelos bispos portugueses “Repensar Juntos a Pastoral da Igreja em Portugal”, D. António Moiteiro sublinhou que o diagnóstico que está feito “é ,ao mesmo tempo, um desafio”.

Apesar das dificuldades, D. António Moiteiro lembrou alguns “sinais novos” na Igreja: “Todos sentimos as dificuldades da iniciação da fé, que o processo da catequese, sobretudo da infância e adolescência não gera cristãos vivos e empenhados; no que se refere aos jovens e adultos, não temos conseguido grandes avanços numa formação sólida e coerente da fé, mas, ao mesmo tempo que é visível, em vários aspetos, um certo decréscimo da Igreja, há também sinais novos”.

“A vida da Igreja e dos cristãos tornou-se mais simples e fraterna, desenvolveu-se bastante a participação laical, apareceram ou cresceram significativamente novos movimentos, comunidades e associações de fiéis. A resposta da Igreja a estes desafios temos de encontrá-la no amor, porque só o amor, como alguém afirmou, é credível”, concretizou.

LeopolDina Simões



publicado por Carlos Gomes às 19:37
link do post | favorito
|

D. PIO ALVES PRESIDE À PEREGRINAÇÃO ANIVERSÁRIA DE SETEMBRO

Peregrinação Aniversária de setembro: 12 e 13 de setembro

D. Pio Alves, bispo auxiliar do Porto, preside este ano à peregrinação internacional de setembro, aniversário da quinta aparição de Nossa Senhora do Rosário em Fátima, a 13 de setembro de 1917.

dompioalves_thumb_medium254_324

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, D. Pio Alves destaca a alegria com que recebeu o convite para presidir à peregrinação.

“Será a primeira vez que presido a uma celebração em Fátima. Esta circunstância é um fator que acresce à inefável emoção que acompanha sempre a passagem ou estadia em Fátima. Foi, por isso, com alegria e gratidão que recebi o convite amigo do Senhor D. António Marto para presidir a esta peregrinação”, afirma.

Com base no tema anual que o Santuário de Fátima propõe aos seus peregrinos e visitantes, o subtema da peregrinação de setembro será “Construtores de uma sociedade solidária”.

D. Pio Alves antecipa desta forma a mensagem que trará aos peregrinos: “Procurarei ajudar os peregrinos a responder afirmativamente à pergunta que a Santíssima Virgem dirigiu aos Pastorinhos – ‘Quereis oferecer-vos a Deus?’ – e que o Santuário vem recordando ao longo deste ano”.

Em concreto, sobre o tema anual no Santuário de Fátima, o bispo auxiliar do Porto, destaca que “a pergunta da Virgem Maria – ‘Quereis oferecer-vos a Deus?’ – recorda-nos que Deus conta com cada um, com cada uma, para sermos verdadeiros e imprescindíveis atores da mudança da ‘cidade dos homens’ em ‘cidade de Deus’, isto é, atores de verdadeira humanidade. Bastaria esta pergunta para fundamentar a permanente atualidade da realidade de Fátima”.

Em tempos de crise económica e social, o bispo auxiliar do Porto prepara-se para trazer a Fátima uma mensagem de fé e de esperança, e um apelo à caridade. “A programação do Santuário convida também a ter presente a situação, em muitos casos aflitiva, da nossa sociedade. Com realismo, a nossa condição de discípulos de Jesus Cristo fundamenta que sejamos cultivadores da esperança. Cada um pode e deve, a todos os níveis, fazer o que estiver ao seu alcance. Só podemos ter a certeza de mudança naquilo que cada um se dispuser a mudar”, afirma.

Natural de Viana do Castelo, D. Pio Gonçalo Alves de Sousa recebeu a ordenação episcopal a 10 de Abril de 2011, no Santuário do Sameiro, Braga. É bispo auxiliar de Braga e presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais.

O programa da peregrinação é o habitual das peregrinações aniversárias de maio a outubro. A peregrinação de setembro tem a particularidade de, nos últimos anos, ser dinamizada pelos funcionários e colaboradores voluntários do Santuário de Fátima, sob a coordenação e presidência dos capelães da instituição.

LeopolDina Simões



publicado por Carlos Gomes às 17:44
link do post | favorito
|

OURÉM: BIBLIOTECA MUNICIPAL EXPÕE PINTURA DE FILOMENA AMORIM

Exposição de pintura de Filomena Morim

03 a 29 de setembro

Biblioteca Municipal de Ourém

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00 ׀ Sábado das 9h30 às 13h00.

Entrada livre.



publicado por Carlos Gomes às 10:46
link do post | favorito
|

OURÉM: OLIVAL FESTEJA EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS E IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA



publicado por Carlos Gomes às 07:04
link do post | favorito
|

OURÉM: FOLCLORE E HUMOR ANIMAM ALBURITEL

528087_229474510509388_380279676_n



publicado por Carlos Gomes às 00:58
link do post | favorito
|

EXPOSIÇÃO DE SÍLVIA MARIETA NA GALERIA MUNICIPAL DE OURÉM ESTÁ PATENTE AO PÚBLICO ATÉ AO FINAL DO MÊS

capture7

Exposição de pintura e gravura de Sílvia Marieta

04 de agosto a 01 de setembro

Galeria Municipal de Ourém

De terça a domingo da 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00 (Agosto)

De terça a domingo da 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00 (Setembro)

Inauguração: 04 de agosto, às 16h30

Entrada livre

Descrição: “Para Sílvia Marieta, o ato de pintar/criar é uma forma de se expressar, através da representação da figura humana, a pintora, cria uma imagem/composição que represente determinada emoção, sua, mas na qual os outros se podem rever, surge assim esta exposição de pintura realista e por vezes surrealista, constituída por óleos, acrílicos sobre tela e ainda gravuras (xilogravura, linogravura, ponta seca, água-forte).”



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2012
FREIXIANDA REALIZA FESTA EM HONRA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS



publicado por Carlos Gomes às 20:40
link do post | favorito
|

OURÉM: EMIGRANTES FAZEM FESTA EM GONDEMARIA

Os emigrantes da nossa terra juntaram-se nos passados dias 11 e 12 de agosto em Gondemaria. Tratou-se da habitual Festa do Emigrante organizada pela União Desportiva de Gondemaria.

DSC0000087

Durante dois dias consecutivos, houve muita diversão com jogos tradicionais, torneios de petanca e de sueca, passeios de bicicleta, insufláveis, partidas de futebol entre solteiros e casados. Ao jantar não faltou a “sopa de verde” bem tradicional da nossa região. A animação esteve a cargo do grupo musical “Já T’Digo” e do duo musical Big Banda. A Festa da Espuma foi, porventura, o divertimento que mais atraiu quem participou na festa, conforme aliás se pode ver nas imagens.

Fotos: Voz da Aldeia

Esticador da cinta Lateral 033

DSC0000107

DSC0000083

DSC0000075

SAM_3195

SAM_3193

SAM_3188

SAM_3186

DSC0000101

DSC0000096

DSC0000090

DSC0000088

DSC0000088

DSC0000086



publicado por Carlos Gomes às 19:57
link do post | favorito
|

GONDEMARIA: FESTAS DE NOSSA SENHORA DA GRAÇA ATRAEM CADA VEZ MAIOR NÚMERO DE VISITANTES

Já vem sendo hábito saber e ouvir que as Festas em honra de N.ª Sra. Da Graça são um verdadeiro sucesso!

Mais uma vez se constatou que a Gondemaria sabe receber e sabe fazer das suas festas motivo de animação e alegria para todos os que a vêm visitar!

As festas tiveram inicio no sábado o serviço de restauração aberto no Centro Pastoral, e com a animação do grupo musical “Alta Voltagem”.

No Domingo pelas 11h00m da manhã teve inicio a Eucaristia de celebração das festas em honra de N.ª Sra. Da Graça, a igreja encheu-se de fiéis para a sua celebração. Depois, e debaixo de intenso calor, prosseguiu-se com a procissão com os andores, fogaças e cesta de cada lugar. Os andores a cada ano que passa encontram-se cada vez mais bonitos e muito bem enfeitados. É de permanecer a tradição, e de junto dos mais novos tentar que ela não desapareça!

Uma vez mais, o restaurante encheu-se para o serviço de almoço e jantar e as refeições foram muito vangloriadas pelos seus clientes, pela sua qualidade de serviço.

As festas terminaram na segunda-feira com a missa às 16h00, e com o grupo musical “Banda Kroll”.

Fotos: Voz da Aldeia

SAM_3431

SAM_3435

SAM_3423

SAM_3442



publicado por Carlos Gomes às 13:49
link do post | favorito
|

GRAÇA REIS EXPÕE PINTURA EM OURÉM



publicado por Carlos Gomes às 13:31
link do post | favorito
|

VEREADORES DO PSD PRETENDEM REUNIÃO COM MEDIAÇÃO ENTRE A AUTARQUIA E O SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Os vereadores do PSD apresentaram na última reunião da Câmara Municipal de Ourém uma proposta relacionada com as obras de remodelação no Centro Pastoral Paulo VI, preconizando a realização de uma reunião entre a Autarquia e o Santuário de Fátima, com mediação por outra entidade.

capture1

PROPOSTA

ASSUNTO: Obras de remodelação no Centro Pastoral Paulo VI - Fátima

Na reunião do dia 17 de Julho o Sr. Vereador Nazareno do Carmo solicitou que a temática em epígrafe fosse analisada, fora da Ordem de Trabalhos, dada a urgência do assunto. Todavia, porque se desconhecia o processo, aconselhou-se que o mesmo fosse agendado e discutido em reunião posterior.

Na reunião do dia 07 de Agosto, a matéria em apreço, continuando a não estar agendada, foi, todavia, abordada e, em face da descrição efectuada aquando da sua discussão, mereceu co-responsabilidade unânime.

Não obstante, nestes últimos dias - para além do que se diz na praça pública - tivemos conhecimento, através da comunicação social local e nacional, das informações prestadas pela Câmara Municipal e, também, do comunicado do Santuário de Fátima onde se lê: “ o Santuário de Fátima informou-se junto das entidades municipais sobre as licenças que deveriam ser pedidas. Todas elas foram solicitadas e obtidas”.

A este propósito a Renascença contactou a Câmara Municipal que “ declinou qualquer explicação sobre este caso”.

Estamos, pois, perante um confronto de posições e situações que urge aclarar para dignificação de todos os intervenientes!

Ninguém - nem mesmo a Câmara, nem o Santuário está acima da lei, nem possui poderes para a contornar.

Assim, considerando as:

1 - proporções mediáticas que esta matéria está a tomar, nacional e internacionalmente;

2 - repercussões jurídicas que a mesma - garantidamente - virá a envolver, a breve trecho;

3 - respectivas consequências “negativas” que se reflectirão sobre estas “ entidades de bem”

propomos que, com carácter de urgência, se promova uma reunião entre o Câmara Municipal e o Santuário de Fátima - com a mediação de uma outra pessoa ou entidade - onde, com elevação e respeito, se reanalisem tecnicamente todos os dados constantes no processo e, assim, se apurem a verdade e responsabilidade, com vista à solução deste problema.

Solicitamos que seja dado conhecimento, do teor desta nossa proposta, à Reitoria do Santuário de Fátima.

2012.08.21

Os Vereadores do PSD

Vítor Manuel de Jesus Frazão

Luis Albuquerque

Agripina Vieira



publicado por Carlos Gomes às 11:38
link do post | favorito
|

VEREADORES DO PSD APRESENTAM DECLARAÇÃO DE VOTO DEVIDA ÀS OBRAS NO CENTRO PASTORAL PAULO VI

Os vereadores do PSD apresentaram na última reunião da Câmara Municipal de Ourém uma declaração de voto relacionada com as obras de remodelação no Centro Pastoral Paulo VI, a qual a seguir se publica.

capture1

DECLARAÇÃO DE VOTO

Assunto: Obras de remodelação no Centro Pastoral Paulo VI

A maioria PS votou contra a proposta dos Vereadores do PSD que versou a questão epigrafada, argumentando que a mediação de uma reunião - por alguém ou uma entidade - fragilizava e menoriza a capacidade negocial da Câmara Municipal e invocando, ainda, terem reuniões regulares com o Santuário.

Registe-se que a proposta de mediação não é inédita, pois, já se verificou - e auguramos que se repitam - noutros casos passados e como se afirmou, oralmente, a intenção era que “ na reunião proposta estivesse alguém da Assembleia Municipal”

A verdade é que esta proposta não surgiria se, como foi conduzido o processo, não transpirasse - para a opinião pública - um clima de contra-argumentações que, a permitir-se a sua continuidade - embora, ninguém esteja acima da lei - poderá colocar em causa a dignidade e a nobreza de pessoas e instituições, sem proveito para ninguém e com reflexos negativos nacional e internacionalmente!

Contestamos, por isso - para além da votação - a interpretação negativista que deram ao espírito humanista e conciliador que presidiu à elaboração da proposta que visa - a reanálise, em sede própria, de um processo onde se apurem, na plenitude, as responsabilidade e respectivas consequências!

2012.08.21

Os Vereadores do PSD

Vítor Manuel de Jesus Frazão

Luis Albuquerque

Agripina Vieira



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito
|

VEREADORES DO PSD PRETENDEM SER ESCLARECIDOS ACERCA DAS OBRAS EM FÁTIMA

Os vereadores do PSD apresentaram na reunião da Câmara Municipal de Ourém ontem realizada um requerimento a pedir esclarecimentos acerca das obras que se vem realizando em Fátima, incluindo aspetos relativos ao seu financiamento.

capture1

REQUERIMENTO

As obras na Avenida de Fátima continuam a decorrer, não existindo, há muito tempo, qualquer informação por parte do actual executivo sobre o andamento das mesmas.

Pensamos que numa empreitada desta envergadura, todos os membros da Câmara deveriam ter um conhecimento mais profundo das diversas fases da obra, pois sabe-se da complexidade da mesma.

Os Vereadores da oposição entendem que deveriam estar mais bem esclarecidos, a bem da legalidade, do rigor e da transparência que são imperativos em democracia, para, quando questionados por populares e pela Comunicação Social, sobre algumas situações que vão ocorrendo, poderem prestar os esclarecimentos necessários e emitir a sua opinião.

Porque entendemos não estarmos devidamente esclarecidos sobre uma série de situações que vamos ouvindo, e porque sempre achamos que os assuntos do Município devem ser devidamente esclarecidos em sede de reunião de Câmara e não em qualquer outro lugar, solicitamos os seguintes esclarecimentos, na sequência da interpelação verbal efectuada na passada reunião de Câmara:

1º Aquando da rescisão do contrato com a firma “Aquino Construções, S.A. foi comunicado, pelo actual executivo, que uma das razões pela qual o Município entendia rescindir o contrato era a de que a referida firma não tinha condições para terminar a obra dentro dos prazos previstos (final de Junho de 2012) e que isso poderia colocar em causa o financiamento previsto do QREN e à não realização da obra.

Coloca-se a questão: Estando os prazos previstos para conclusão da obras largamente ultrapassados, qual o ponto de situação do financiamento do QREN? Este financiamento continua assegurado na sua totalidade? Se está porque é que se invocou esta situação na rescisão do contrato com a Aquino?

2º Em 12 de Abril de 2012, podíamos ler no jornal “ O Mirante”, única forma de termos conhecimento de que foi efectuada uma visita às obras de requalificação da Avenida, pois mais uma vez OS Vereadores do PSD foram ignorados, podia ler-se que o executivo municipal garantia que as obras de requalificação estariam concluídas até final do Verão e que as obras do túnel, da responsabilidade do Santuário de Fátima, estariam concluídas mais tarde.

Coloca-se a questão: Sabendo-se que as obras do Túnel já estão concluídas há algum tempo e que as obras da Avenida dificilmente estarão concluídas em Setembro, questiona-se o que aconteceu de Abril até hoje para esta inversão dos prazos previstos para conclusão das obras?

3º Qual o ponto de situação em relação aos acessos de particulares confinantes com a Avenida? Que acordos foram feitos e qual o ponto de situação em relação ao pagamento das aquisições efectuadas? Que processos de expropriação ainda decorrem?

4º No âmbito do QREN qual o valor já recebido pelo Município referente a esta obra?

5º Qual o valor já recebido pelo consórcio responsável pela execução da obra?

6º Em relação à obra do túnel, da responsabilidade do Santuário, o mesmo também foi comparticipado pelo QREN, em cerca de 6,9 Milhões de Euros.

Sabendo-se que o Santuário de Fátima estava obrigado a executar a obra do túnel, em virtude de o mesmo fazer parte do processo de arranjos exteriores da obra da Basílica da Santíssima Trindade, questiona-se se o referido valor de comparticipação do QREN não seria devido ao Município de Ourém?

São estas algumas das dúvidas que gostaríamos de ser esclarecidos a bem da transparência e do rigor.

Aproveitando esta oportunidade, solicitamos uma cópia do acordo existente entre o Município de Ourém e o Santuário de Fátima referente a todo este processo.

Ourém, 21 de Agosto de 2012

Os Vereadores do PSD



publicado por Carlos Gomes às 11:25
link do post | favorito
|

VEREADORES DO PSD PRECONIZAM SOLUÇÃO PARA APOIAR ASSOCIAÇÕES DESPORTIVAS

Os vereadores do PSD apresentaram na última reunião da Câmara Municipal de Ourém uma proposta que preconiza “uma solução, em conjunto com as referidas associações, de molde a minorar os custos associados a uma participação em competições nacionais”.

capture1

PROPOSTA

Aproxima-me a passos largos o início de mais uma época desportiva.

As nossas associações já estão no terreno a preparar as diversas competições que vão disputar.

A maior parte delas irão participar em provas de âmbito distrital, sendo que outras participarão em competições organizadas a nível nacional.

Como se pode calcular estas competições obrigam a um maior esforço financeiro por parte das associações em virtude das deslocações que irão realizar.

No passado existiu a intenção do Município isentar o pagamento do transporte das equipas que disputam provas de âmbito nacional, a qual nunca foi objecto de qualquer proposta formal.

Para a próxima época desportiva irão disputar campeonatos nacionais as seguintes associações:

- Centro Desportivo de Fátima com as equipas de Futebol 11 (Sénior), Futebol 11 (Iniciados), e Futsal (Seniores).

- Clube Atlético Ouriense com a equipa de Futebol Feminino (Seniores).

- Juventude Ouriense com a equipa de Hóquei em Patins (Seniores).

Tendo em conta as dificuldades financeiras que as associações atravessam, com a redução dos apoios por parte das empresas, fruto do clima económico que se faz sentir no nosso país, e também por força do atraso do pagamento dos subsídios às colectividades entende-se que o Município, não obstante a Lei dos Compromissos que se encontra em vigor, poderia encontrar uma solução, em conjunto com as referidas associações, de molde a minorar os custos associados a uma participação em competições nacionais.

Aproveitamos a oportunidade para desejar a todas as associações desportivas do nosso concelho os maiores sucessos nas provas que irão disputar e que consigam atingir os seus objectivos.

Ourém, 21 de Agosto de 2012

Os Vereadores do PSD



publicado por Carlos Gomes às 11:11
link do post | favorito
|

OURÉM: HUMORISTA FERNANDO ROCHA NAS FESTAS DE ALBURITEL



publicado por Carlos Gomes às 06:01
link do post | favorito
|

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM CONTA "HISTÓRIAS COM ANIMAIS"

capture6

“Histórias com animais”

09, 16, 23 e 30 de agosto – 10h30

Hora do conto sobre o “Um dia na praia”, com o cão Frik, da autoria de Margarida Fonseca Santos e ilustrações de Carla Nazareth, seguida de atividade de expressão plástica. Os trabalhos resultantes da atividade ficarão expostos na Biblioteca Municipal, onde poderão ser apreciados por toda a comunidade.

Público-alvo: Crianças dos 3 aos 7 anos ׀ até 25 participantes ׀

Inscrições obrigatórias e gratuitas na Biblioteca Municipal de Ourém ׀ Tel: 249 540 900 (ext. 6841)



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Terça-feira, 21 de Agosto de 2012
JARDIM BÍBLICO EM FÁTIMA: PARA APRE(E)NDER A PALAVRA COM A NATUREZA

No Centro Bíblico dos Capuchinhos, em Fátima, desenvolve-se, desde 2003, um Jardim Bíblico. A ideia, delineada por frei Lopes Morgado, foi projetada pelo arquiteto paisagista Miguel Velho da Palma, que acompanhou a sua execução inicial. Depois de receber consideráveis melhoramentos nos últimos meses, foi inaugurado oficialmente no dia 16 de junho, quando da celebração  dos 50 anos da Casa dos Capuchinhos, naquela cidade.

O Jardim Bíblico, autêntico museu vivo, integra-se num dos três polos que constituem o Centro Bíblico: a Fraternidade (residência e acolhimento dos irmãos da Ordem, Jardim Bíblico e Museu do Presépio), o Movimento Bíblico (editorial Difusora Bíblica, revista Bíblica, Livraria, Biblioteca e Secretariado Nacional do Movimento de Dinamização Bíblica) e a Casa de Acolhimento (peregrinos, cursos, encontros, retiros, semanas bíblicas).

O objetivo

No XI Domingo do Tempo Comum, a 17 de junho, a Palavra utilizava a metáfora de um “cedro frondoso” e de um ramo novo dele cortado e plantado num monte muito alto; dizia que «o justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro do Líbano»; e falava do reino de Deus como a semente de trigo que germina e dá fruto, ou o grão de mostarda que se torna a maior planta da horta… Para concluir, na 1ª Leitura: «E todas as árvores do campo hão-de saber que Eu sou o Senhor.» Mas, as árvores aprendem? Sim. E ensinam-nos, se apre(e)ndermos a sua lição.

1

Casa dos Capuchinhos e sinalização do Jardim Bíblico para a Avª Beato Nuno

O Jardim Bíblico deseja proporcionar esta outra forma de escuta da palavra de Deus, neste caso falada pela voz da criação. Esta é a «primeira revelação “cósmica” à humanidade, que nela pode ler uma mensagem do Criador», segundo o Sínodo dos Bispos de 2008 (Mensagem, 1); ou a Bíblia da gente mais próxima da vida e do rimo natural dos acontecimentos e das coisas.

2

Sob dois Cedros de 1973, 12 Pedras com os nomes das 12 tribos de Israel e dos 12 Apóstolos

Um duplo itinerário

Neste novo espaço cultural ao serviço da evangelização, a percorrer com a Bíblia, podemos seguir um duplo itinerário: o da história da revelação e salvação de Deus a um povo concreto; e o do significado simbólico das muitas árvores e arbustos que desafiam pela sua variedade, cor, flores e frutos – ou apenas pela sombra da sua folhagem – a parar, escutar(-se), ler, contemplar, refletir e (re)encontrar-se com ou no Criador. Mas nada disto é tão explícito, que torne outros caminhos e encontros improváveis. Aliás, o espaço é cruzado por vários caminhos diferentes.

4

Monte (e altar) e pedras com o texto do Decálogo e das Bem-aventuranças

A História Bíblica parte da tenda de Abraão sob os carvalhos de Mambré (Gn 18), ainda a construir, e segue no Horto do Cântico dos Cânticos, no poço de Jacob, na Casa de Zacarias e de Marta, na gruta de Elias e dos Apóstolos, no Cenáculo e no Jardim das Oliveiras. Podendo concluir no monte com a evocação da Aliança (Ex 19, 20, 24; Js 24), das Bem-aventuranças (Mt 5,1-11) e do envio dos Apóstolos em missão (Mt 28,16-20).

5

Pedra com as referências bíblicas das tribos e dos apóstolos

A Caminhada com as árvores é ajudada pela etiqueta que vai acompanhar cada uma delas, indicando o seu nome em português, o nome científico e a referência de um livro, capítulo e versículo da Bíblia onde se fala dela. Por exemplo, junto da videira: “Eu sou a Videira” / Vitis vinifera / (Jo 15,1-8). Abrindo a Bíblia, o visitante lê o texto e, com apoio das notas, colhe nele os vários sentidos, leituras e lições, que podem vir-lhe do símbolo da própria árvore ou da sua relação com uma figura ou episódio bíblico. Tanto do Antigo como do Novo Testamento.

6

Ligação entre o Monte, o Jardim das Oliveiras à direita e o Cenáculo em frente

Quanto ao símbolo das árvores, lembro a aplicação da vinha ao povo de Israel, em Isaías 5,1-7. Ou o texto de Amós 2,9 em que Deus diz:

«Eu exterminei os amorreus,

que eram altos como cedros

e fortes como os carvalhos.

Destruí-lhes por cima os frutos e por baixo as raízes.»

Qualquer leitor apreende a lição das palavras altura e força, frutos e raízes, e a relação entre as árvores e as pessoas.

7a

Enquadramento e vista exterior do Cenáculo

Exemplos da relação das árvores com personagens bíblicos, parábolas evangélicas ou instituições: os carvalhos e Abraão (Gn 18,1), a alfarrobeira e o filho pródigo (Lc 15,16), a figueira amaldiçoada e o templo de Jerusalém (Mc 11,12-26).

8

A Gruta, relacionada com o Antigo e o Novo Testamento

Optámos por não relvar os canteiros, para se poder admirar a muita variedade e beleza deste chão onde surgem várias dezenas de flores ao longo de todo o ano. Para não defraudar quem o visita em época de letargia, pensamos numa forma de mostrar as flores e os frutos das árvores em todas as estações, e até árvores não representadas aqui ou de aclimatação difícil. E como acompanhamos fotograficamente o crescimento do Jardim cada ano, temos imagens de todas as flores e frutos, que poderão ser vistas em PowerPoint.

Pedra com as referências bíblicas da Gruta

No Cenáculo e no Monte

O Cenáculo, coração deste Jardim e do Evangelho, é um auditório circular, evocativo do lugar da instituição da Eucaristia, onde mais de cem pessoas podem sentar-se formando um “pão partido”, tendo a de um lagar de azeitepor mesa central, enquanto em redor cresce o trigo e as videiras irão fazer cortina verde e dar vinho, constituindo a matéria da Eucaristia. Claro que a mó do “lagar de azeite”, em hebraico “Getsémani”, faz a ligação simbólica e vivencial à agonia de Jesus no Jardim com esse nome (Mc 14,32), onde Ele suou sangue (Lc 22,44).

10

Vista do Jardim, a partir do interior da Gruta

Junto das primeiras escadas de entrada no Jardim, sobressaem dois cedros majestosos, plantados pelos capuchinhos em 1973. Com eles e sob eles pode ser feita uma síntese da história bíblica, a partir das 12 pedras com os nomes das 12 tribos de Israel e dos 12 Apóstolos de Jesus (alternando as faces), e no monte (e altar) duplamente evocativo do Monte Sinai e do Monte da Galileia, sublinhados pelos textos do Decálogo e das Bem-aventuranças – a Primeira e a Nova Lei.

11

Explicação da simbólica do Cenáculo

Textos oracionais completam o espaço e enquadram o seu objetivo: o Cântico de Maria e o Cântico de Zacarias (Lc 1,46-55.68-79) junto da casa, o Cântico de Simeão (Lc 1,29-32) e o Pai-Nosso (Mt 6,9-13) ao lado de um caminho. Esta dimensão, narrativa e orante, mantém-se em aberto e vai certamente acolher outros textos.

11a

Cenáculo: cobertura interior, com o trigo e as videiras nos quatro cantos

Sugestões pedagógicas

Esta descoberta, permitida pelas várias linguagens do Jardim Bíblico, pode ser feita individualmente ou em grupo. Estão previstos dias de estudo ou semanas de retiro com base nessa palavra “cósmica” e sagrada. E vai haver várias folhas de apoio nos espaços cobertos (tenda, casa, gruta e Cenáculo), para utilizar e deixar. Será feito um catálogo com textos bíblicos, dados científicos e culturais acerca das árvores, flores e frutos (a sua utilização na culinária, na medicina, etc.), propostas de trabalho individual ou em grupo; e promoveremos a colaboração com estabelecimentos de ensino, cujos alunos serão naturais destinatários do “JB”.

12

Bancos no Jardim das Oliveiras

Sugestão pedagógica: um grupo chega e reúne-se no anfiteatro do Cenáculo, onde é feita a apresentação geral, entregue o esquema e apresentado o tema ou proposta de itinerário. A seguir, dividido em pequenos grupos, faz o percurso e pode refleti-lo ou partilhá-lo na tenda, na casa, na gruta, nos três conjuntos de bancos sob as oliveiras, nas 12 pedras ou à volta do monte, nos muros/assentos e nos bancos de pedra sob várias árvores; e, outra vez em plenário no Cenáculo, conclui com partilha individual ou de grupo, síntese, proclamação de textos pela Bíblia, oração, propostas de futuro, redação de um texto, etc.

13

Vista do lado direito, entre o Cenáculo e a Casa, com Alfarrobeiras, Choupos, Palmeira, Olaias (Árvore de Judas), Alecrim, Faia e Amendoeiras. Ao fundo o Santuário de Fátima

A visita do Jardim é livre a pessoas individuais. Os espaços serão disponibilizados a grupos que os solicitarem antecipadamente pelo telefone 249 539 390 (para frei Lopes Morgado ou frei Manuel Rito), e se dispuserem a cumprir os seus objetivos. Nestes casos, poderá ser pedido algum contributo para a sua manutenção, a combinar entre os responsáveis da casa e do grupo. Mas desde já prevenimos que o Jardim Bíblico não será mais um “parque de merendas” em Fátima.

15

Escrita do Pai-Nosso, em pedra da Serra d'Aire

16

Caminho entre o Cenáculo e a Casa, pelo lado esquerdo, com Palmeira, Aloendro, Figueiras, Loureiro e Romãzeiras

17

A Casa, vista por entre as Romãzeiras em flor

Pedra com as referências bíblicas da Casa

19

Interior da Casa, com lugar para 18 pessoas sentadas

20

A Palmeira e bancos debaixo das olaias (Árvore de Judas)

21

O Cenáculo, visto dos bancos à sombra dos Choupos. Em frente, as Alfarrobeiras

23

Vista da metade do Jardim mais próxima do Santuário

24

Vista da parte do Jardim mais próxima da entrada pela Avª Beato Nuno

22

Uma vista do Jardim, em 24 de janeiro de 2012

Texto e fotografias: Lopes Morgado
Centro Bíblico dos Capuchinhos

Fonte: http://www.snpcultura.org/



publicado por Carlos Gomes às 22:55
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds