Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sábado, 30 de Novembro de 2013
GREGÓRIO CORREIA: UM OUREENSE QUE SE BATEU NAS CAMPANHAS DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA PELA DEFESA DA SOBERANIA PORTUGUESA EM OLIVENÇA

Gregório Correia foi um dos bravos oureenses que se bateram nas guerras da Restauração em defesa da praça de Olivença, sacrificando a sua própria vida. O seu exemplo heroico merece ser lembrado aos oureenses e o dia 1º de dezembro que assinala a data histórica da Restauração da Independência Nacional em 1640 deveria ser celebrada em Ourém, à semelhança do que se verifica em muitas cidades e vilas do nosso país.

Tal como, cinco séculos antes fizera Martins Moniz para franquear as portas do Castelo de S. Jorge aos Portugueses, o oureense Gregório Correia conseguiu impedir que os invasores tomassem a vila de Olivença. Apenas em 1801, por ocasião da chamada “guerra das laranjas”, lograram os espanhóis apoderarem-se daquela praça portuguesa, mantendo-a ilegalmente na sua posse até à atualidade.

Olivença (21)

A imagem mostra as muralhas do castelo de Olivença onde o mártir oureense Gregório Correia se bateu heroicamente em defesa da soberania portuguesa com o sacrifício da sua própria vida.

“195. Feitos militares. – Nunca faltaram os ourienses a prestar á pátria os serviços militares que d’elles exigiu, e muitas vezes se fizeram afamados na defeza da independência. Acclamado rei, D. Doão IV, o Restaurador, seguiram-se os annos da guerra com a Hespanha: os terços da Extremadura eram os primeiros nas fronteiras a disputar o passo às tropas invasoras, ameaçando a província do Alemtejo. Corria o anno de 1641 quando o conde de Monte Rei saindo de Badajoz investira a NOSSA Olivença com as forças imponentes do seu commando; eram n’ella os ourienses, e para os immortalisar, um novo Martim Moniz na pessoa de Gregório Correia. – “Houve no successo referido (diz o auctor do Portugal Restaurado) acções muito assignalas: “foi das mais celebres, defender na porta, Gregório Correia, “natural do termo de Ourém, sendo de setenta annos, grande espaço, com um chuço aos castelhanos á entrada d’ella, e repetindo muitas vezes: Dou-me a Deus, e ao meu rei D. João, afastae castelhanos que não haveis de entrar. – Foi invencível recebendo grande numero de golpes, etc.”

- in ELYSEU, José das Neves Gomes. Esboço Histórico do Concelho de Villa Nova de Ourém. Lisboa. 1868. Ourém. Três Contributos para a sua História. Câmara Municipal de Ourém. 1988.



publicado por Carlos Gomes às 20:05
link do post | favorito
|

ANO PASTORAL DE 2013-2014 EVOCARÁ OS ACONTECIMENTOS DA APARIÇÃO DE JULHO

Esta tarde, com a abertura da exposição temporária "Segredo e revelação" e com a sessão solene realizada no Centro Pastoral de Paulo VI, teve início o novo ano pastoral no Santuário de Fátima, que será iluminado pela evocação dos acontecimentos de 13 de julho de 1917.

O Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, apresenta desta forma o novo ano, sob o tema «Envolvidos no amor de Deus pelo mundo».

«Envolvidos no amor de Deus pelo mundo»

Desde finais de 2010 que o Santuário vem percorrendo um caminho de preparação e celebração do Centenário das Aparições.

O itinerário temático que guia a vida do Santuário ao longo de sete anos pretende levar-nos a aprofundar os temas mais significativos da Mensagem de Fátima, ligando-os entre si de forma orgânica e coerente. O ponto de partida para cada ano é uma das aparições de Nossa Senhora, o que permite identificar as ideias fundamentais da Mensagem de Fátima, encontrando para cada um dos sete ciclos anuais um conjunto de propostas capazes de a apresentar e iluminar.

O ano pastoral de 2013-2014 vai ser dedicado à aparição de julho. O tema escolhido é: «Envolvidos no amor de Deus pelo mundo». A inspiração para o tema veio da própria oração que Nossa Senhora ensinou aos Pastorinhos em julho: «Ó Jesus, é por Vosso amor...». Esta aparição é particularmente rica de conteúdos e a dificuldade maior foi identificar um aspeto que fosse unificador. Optou-se pelo “amor de Deus pelo mundo” como dimensão que melhor permite abordar os diversos conteúdos da Mensagem de Fátima, comunicados nesta aparição.

Depois de exortar os Pastorinhos a rezar o terço todos os dias, Nossa Senhora diz-lhes: «Sacrificai-vos pelos pecadores e dizei muitas vezes, em especial sempre que fizerdes algum sacrifício: Ó Jesus, é por Vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria». Esta é uma oração de entrega ou de oferecimento dos sacrifícios que se fazem. A oração é dirigida a Jesus Cristo, porque pelos nossos sacrifícios nos unimos à entrega de Cristo na cruz por nós. E a oração explicita a motivação de todo o sacrifício que os Pastorinhos faziam: «é por Vosso amor». É em resposta ao amor de Deus, de que os Pastorinhos fizeram uma forte experiência, que eles se dispõem a fazer sacrifícios. Era o amor que os motivava: o amor de Deus, que Nossa Senhora lhes dera a conhecer e a experimentar, e ao qual procuravam corresponder. 

A aparição de julho é ainda marcada por outra oração, uma jaculatória, ensinada por Nossa Senhora aos Pastorinhos: «Quando rezais o terço, dizei, depois de cada mistério: Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno; levai as alminhas todas para o Céu, principalmente aquelas que mais precisarem». Seguindo a vontade expressa de Nossa Senhora, repetimos esta oração depois de cada mistério do rosário. Mas mais uma vez, o que justifica a oração pelos pecadores é o amor: o amor de Deus por cada um deles e o amor que cada crente é convidado a ter por eles, como resposta ao imenso amor de Deus.

É ainda na aparição de julho que Nossa Senhora confia aos Pastorinhos o famoso Segredo. Ora, o que o Segredo nos dá a conhecer é o imenso amor de Deus pelo mundo; é que a nossa história não é estranha a Deus que, porque nos ama infinitamente, não deixa que ela caminhe para o abismo. 

Estamos verdadeiramente “envolvidos no amor de Deus pelo mundo”! 

Esta temática reconduz-nos ao centro da mensagem cristã e ao núcleo da Mensagem de Fátima. A revelação do Deus como Amor constitui verdadeiramente o cerne da mensagem cristã. S. João di-lo da seguinte forma: «Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele» (1 Jo 4, 16). Mas aqui está também o núcleo fundamental da Mensagem de Fátima, que somos convidados a descobrir: o amor de Deus que os Pastorinhos experimentaram de forma tão intensa, que mudou as suas vidas; a reparação; a devoção ao Imaculado Coração de Maria...

O tema do novo ano pastoral é um convite, partindo da Mensagem de Fátima, a tomarmos consciência desse grande amor de Deus por nós; mas é também desafio a viver concretamente esse amor a Deus e aos irmãos, à imagem dos Pastorinhos.

Padre Carlos Cabecinhas, Reitor do Santuário de Fátima



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito
|

OURÉM COMEMORA O DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA A SIDA... MAS NÃO ASSINALA A DATA HISTÓRICA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL EM 1640!



publicado por Carlos Gomes às 12:46
link do post | favorito
|

PCP DO DISTRITO DE SANTARÉM REALIZA ALMOÇO DE NATAL



publicado por Carlos Gomes às 09:59
link do post | favorito
|

OURÉM RECORDA AS ORIGENS DO SOBRAL

Tertúlia "Documentário - Sobral, as origens"

1 de Dezembro

16h00

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

A criação de um documentário sobre o Sobral, das suas origens à atualidade, nasceu do seio de um grupo de pessoas que partilham o orgulho de serem do Sobral e pretendem reunir gerações numa troca inspiradora de ideias e lembranças daqueles que têm algo a dizer sobre o Sobral e as suas gentes.

Entrada Livre

Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h00-1300h e das 14h00-18h00.

Contactos: tel: 249 540 900 (ext. 6831), tlm: 919 585 003, e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

EM 1932, ARTUR DE OLIVEIRA SANTOS ESCREVEU A BERNARDINO MACHADO RELATANDO AS ATIVIDADES REVOLUCIONÁRIAS NO EXÍLIO

A carta data de 3 de agosto de 1932 e foi endereçada a partir de Cárceres, em papel timbrado do Hotel “La Española”. Artur de Oliveira Santos informava Bernardino Machado acerca das movimentações políticas dos militantes monárquicos do Integralismo Lusitano, na demora num movimento revolucionário republicano, nas dissensões entre os republicanos exilados e na necessidade de união revolucionária.

O documento faz parte do Fundo Documental Bernardino Machado pertença da Fundação Mário Soares.



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

PEREGRINAÇÃO A FÁTIMA EM 1927

1175425_622349617799890_2078164570_n

A imagem mostra o Santuário de Fátima por ocasião da peregrinação de 1927.

Foto: Mário Novais



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Novembro de 2013
OURÉM REALIZA WORKSHOP SOBRE INTERNET A PREÇO ECONÓMICO



publicado por Carlos Gomes às 21:24
link do post | favorito
|

OURÉM COMEMORA DIA INTERNACIONAL DA PESSOA COM DEFICÊNCIA

“Criar Laços…Inclusivos”

Comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

06 de dezembro | 21.00H

Cine-Teatro Municipal de Ourém

No âmbito das Comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, vai realizar-se um espetáculo intitulado “Criar Laços…

Inclusivos”, no dia 06 de dezembro, no Cine-Teatro Municipal de Ourém, pelas 21 horas. A atividade será dinamizada pelo Grupo da Diferença do qual fazem parte as instituições do Concelho que intervêm na área da Deficiência: Centro de Recuperação Infântil de Ourém (CRIO), Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), Escola de Educação Especial “Os Moinhos” (E.E.E. “Os Moinhos”), Centro João Paulo II (CJPII) e Casa do Bom Samaritano, em colaboração com a Câmara Municipal de Ourém.

Contará ainda com a participação especial dos convidados: Grupo de Cantares Populares de Fontainhas de Seiça e Grupo de Capoeira “Ginga Camará”.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala


tags:

publicado por Carlos Gomes às 21:20
link do post | favorito
|

OURÉM SENSIBILIZA PARA AS NORMAS DE SEGURANÇA NAS PISCINAS

Ação de Sensibilização sobre Piscinas

11 dezembro | 17.00H

Auditório do Centro de Negócios de Ourém

Programa:

17.00H Abertura

17.15H “Porque devemos cumprir e fazer cumprir as regras nas piscinas?”

17.35H “A piscina municipal de Ourém em números”

17.45H Debate

18.00H Términus

Organização: Ourémviva, Município de Ourém e Centro de Saúde de Ourém

Lançamento



publicado por Carlos Gomes às 21:15
link do post | favorito
|

OURÉM DEBATE ENQUADRAMENTO JURÍDICO SOCIAL DAS COMISSÕES MUNICIPAIS DE PROTEÇÃO DE PESSOAS IDOSAS

À conversa com…

11 dezembro | 10.00H

Espaço Jovem | Parque da Cidade António Teixeira

No âmbito do plano de ação da plataforma supraconcelhia da Rede Social, o Município de Ourém vai receber o evento “Á Conversa com…”

que abordará o tema “Comissão Municipal de Proteção de Idosos: Que enquadramento jurídico-social”, contando com a participação de Paulo Fonseca, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Tiago Leite, Diretor do Centro Distrital de Santarém da Segurança Social e Fátima Diniz, Diretora do Gabinete Jurídico da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O encontro, aberto ao público, é destinado às Redes Sociais do distrito e terá um modelo informal, incentivador à participação e diálogo aberto entre os participantes.

As participações são gratuitas e as inscrições deverão ser feitas até ao dia 9 de dezembro.

Informações ou inscrições: Divisão de Educação e Assuntos Sociais

T. 249 540 900 ext. 6527 | sergio.francisco@mail.cm-ourem.pt


tags:

publicado por Carlos Gomes às 21:10
link do post | favorito
|

OURÉM REALZA SESSÃO DE INFORMAÇÃO SOBRE EMPREGABILIDADE EM CONTEXTO EUROPEU

Sessão de Informação: Volta de Apoio ao Emprego

Melhoria da Empregabilidade em Contexto Europeu

04 de dezembro | 10.00H

Auditório dos Paços do Concelho | Ourém

Ourém recebe a "Volta de Apoio ao Emprego", no próximo dia 04 de dezembro, pelas 10 horas, sobre o tema, a "Melhoria da Empregabilidade em Contexto Europeu". Trata-se de uma iniciativa do Município de Ourém em parceria com o Centro de Informação Europe Direct de Santarém.

Inscrições: Centro Europe Direct de Santarém

Informações: T. 243 322 427 | europedirect@esg.ipsantarem.pt

Secretariado: Margarida Santos | Teresa Soller | T. 217 583 325 |

geral@vae.pt



publicado por Carlos Gomes às 21:04
link do post | favorito
|

JORNAL "A VOZ DA ALDEIA" TEM A FORÇA DA GONDEMARIA!



publicado por Carlos Gomes às 12:07
link do post | favorito
|

UNIÃO DESPORTIVA DE GONDEMARIA INAUGURA PAVILHÃO MULTIUSOS

convite udg



publicado por Carlos Gomes às 12:02
link do post | favorito
|

AMANHÃ HÁ BAILE NA SANDOEIRA



publicado por Carlos Gomes às 00:47
link do post | favorito
|

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM REALIZA WORKSHOP SOBRE TERAPIA DOS ELIXIRES FLORAIS

Workshop “Elixires Florais”

30 de novembro – das 15h30 às 17h30

Oficina do castelo

Oficina ministrada por Sofia Ferreira – Fasciaterapeuta e Naturopata

“Sistema terapêutico reconhecido, os Florais constituem não apenas um método de autocura mas especialmente de autoconhecimento, ajudando a equilibrar estados emocionais, mentais e espirituais, além de tratar as causas de muitas doenças físicas. Vamos conhecer este sistema através de casos individuais e ainda como o utilizar”.

Inscrição: 5€

Para o público em geral a partir dos 16 anos

Inscrições: mínimo: 3 / máximo: 7

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contatos: Tel: 249 540 900 (ext: 6831) Telm: 919 585 003 / E-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:38
link do post | favorito
|

OURÉM REALIZA AMANHÃ PASSEIO TODO-O-TERRENO



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013
OURÉM ASSINALA DIA INTERNACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Criar Laços…Inclusivos” em Ourém

O Município de Ourém, em colaboração com o Grupo da Diferença, que integra todas as instituições de apoio à deficiência do concelho, vai assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência no próximo dia 06 de Dezembro, sexta-feira, com um espetáculo intitulado “Criar Laços…Inclusivos”, no cine-teatro, pelas 21h00.

 A atividade será dinamizada pelo Grupo da Diferença do qual fazem parte as instituições do Concelho que intervêm na área da deficiência: Centro de Recuperação Infântil de Ourém (CRIO), Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), Escola de Educação Especial “Os Moinhos” (E.E.E. “Os Moinhos”), Centro João Paulo II (CJPII) e Casa do Bom Samaritano, em colaboração com a Câmara Municipal de Ourém. Contará ainda com a participação especial do Grupo de Cantares Populares de Fontainhas de Seiça e Grupo de Capoeira “Ginga Camará”.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:41
link do post | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM VOLTA A RECLAMAR ALTERAÇÕES NO ACESSO A SERVIÇOS DE SAÚDE

O Município de Ourém volta a reclamar acesso a melhores serviços de saúde junto do Ministro da Saúde, Paulo Macedo, após o envio de um memorando dirigido ao Presidente da República, Primeiro-ministro, Ministro da Saúde e diversos responsáveis políticos, no passado dia 27 de maio de 2013. Este memorando, sem resposta até ao momento, reivindica alterações no acesso aos serviços de saúde que permitam que os cidadãos do concelho de Ourém passem a ser servidos pelo Centro Hospitalar de Leiria/Pombal.

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, manifesta mais uma vez a sua preocupação com o acesso aos serviços de saúde no concelho de Ourém, situação que se tem fortemente degradado nos dois últimos anos. Na missiva agora enviada,o presidenteanexa novamente o memorando onde ilustra o cenário que os habitantes do concelho vivem no acesso ao Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Ourém e a todas as valências do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Após 6 meses sem resposta,Paulo Fonsecasolicita mais uma vez “a marcação urgente de uma reunião de trabalho para analisar a possibilidade dos habitantes do concelho de Ourém poderem passar a ser servidos pelo Centro Hospitalar de Leiria/Pombal”. Na argumentação apresentada, o Presidente da Câmara reflete sobre os custos que o Estado e os Hospitais estão a despender com a orgânica vigente, já que a dispersão dos serviços hospitalares e a concentração de valências em Abrantes (a cerca de 70 km de Ourém) acarreta muitos custos para o Estado com “o transporte dos doentes entre Ourém, Leiria, Torres Novas, Tomar e Abrantes, transpondo, ainda, para as famílias outros custos adicionais”. Mais grave ainda é a constatação de que com este cenário “os doentes andam a deambular de hospital em hospital, entre as diversas valências e serviços” revelando uma “ausência de gestão e coerência, numa área que lida com a vida humana, em ambientes de emergência, onde, por vezes, todos os minutos contam.” Assim, e com o contínuo “espartilho de valências hospitalares e a desorganização existente” no Centro Hospitalar do Médio Tejo, o memorando sugere a “passagem dos cidadãos do concelho de Ourém para o Centro Hospitalar Leiria/Pombal”, devido à proximidade geográfica e vias de comunicação sem portagens e a concentração de valências com uma prestação de serviços de saúde de elevada qualidade.

O memorando relembra ainda as promessas assumidas em reunião de 18 de setembro de 2012, pelo Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa, que nunca foram materializadas e continuam sem data prevista para concretização. Paulo Fonseca refere também os vários esforços realizados pela Câmara Municipal “no sentido de cativar alguns médicos de clínica geral para se fixarem em Ourém, prestando os seus serviços no Centro de Saúde desta cidade, potenciando, paralelamente, a criação de uma Unidade de Saúde Familiar”. No entanto, e apesar de todos os esforços, só com o apoio do Ministério da Saúde será possível resolver as deficiências existentes no acesso a serviços de saúde pelos habitantes do segundo maior concelho do distrito de Santarém, com o maior volume populacional (45 932 indivíduos em 2011), cerca de 100 000 emigrantes que regressam todos os anos à sua terra natal e cerca de 5 milhões de pessoas que anualmente visitam Fátima.

Serviços de Saúde dos habitantes do concelho de Ourém

Enquadramento geográfico/estatístico do concelho de Ourém.

O Município de Ourém fica localizado no distrito de Santarém. De acordo com a divisão do país em Unidades Territoriais Estatísticas, NUT’s, o concelho de Ourém pertence à Região Centro (NUT II) e faz parte da Sub-região do Médio Tejo (NUT III).

Z1

Figura 1:Enquadramento Territorial

Fonte: CAOP 2011

A cidade de Ourém dista de 140 km de distância da cidade de Lisboa, a 89 km da cidade de Coimbra, a 73 km de Santarém (capital de distrito), a 25 km de Torres Novas, a 21 km de Tomar, a 70 km de Abrantes e a 26 km da cidade de Leiria.

O Município de Ourém faz fronteira com 8 municípios: Alcanena (sul), Alvaiázere (nordeste), Batalha (sudoeste), Ferreira do Zêzere (este), Leiria (oeste e noroeste), Pombal (norte), Tomar (este) e Torres Novas (sul).

O Município possui uma área total de 416,6 Km2, sendo actualmente constituído por 18

freguesias: Alburitel, Atouguia, Casal dos Bernardos, Caxarias, Cercal, Espite, Fátima,

Formigais, Freixianda, Gondemaria, Matas, Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora das Misericórdias, Olival, Ribeira do Fárrio, Rio de Couros, Seiça, Urqueira, correspondendo a uma população de 45932 habitantes.

Z2

Figura 2:Limites Administrativos

Fonte: CAOP 2011

Os valores recolhidos no último recenseamento geral da população (Censos de 2011), demonstram que a freguesia Sede de Município representa a maior densidade populacional, com 353,8 hab/km2, seguida por Fátima com 161,5 hab/km2, Gondemaria com 132 hab/km2, Atouguia com 125,2 hab/Km2 e Nossa Senhora das Misericórdias com 124,7 hab/km2.

Do ponto de vista demográfico constata-se a importância do município de Ourém no contexto da sub-região. É o município com maior volume populacional e o segundo com maior dimensão, apresentando um total de 45932 indivíduos em 2011.

Ourém regista um aumento do número de famílias em 3,8 %, sendo nas cidades de Fátima e Ourém que se regista um aumento concentrando de 30,4 % da população concelhia. O índice de envelhecimento é inferior ao Médio Tejo.

No que respeita ao Município de Ourém no contexto nacional e da sub-região, verifica-se que assume protagonismo pelo facto de ter duas cidades estatísticas. Sendo este o único em todo o Médio Tejo e existir, em termos nacionais apenas 18 municípios com mais que uma cidade. Por outro lado, é no Médio Tejo, o único Município com duas cidades, sendo ambas habitadas por mais de 10 000 cidadãos. Destaca-se também pelo facto de ser um dos Municípios que ocupa mais território no Médio Tejo (18,06%), bem como mais população residente. No que respeita à densidade populacional apresenta maior densidade que a média desta Comunidade Intermunicipal e ainda superior densidade de alojamentos e de edifícios.

Política de saúde. Concelho de Ourém.

Em 2009 o concelho de Ourém possuía 14 mil cidadãos sem médico de família. Para inverter esta situação o anterior governo colocou clínicos e técnicos de saúde através da contratação por empresas privadas. Porém, em Setembro de 2011, o actual governo eliminou 60% dessas contratações de médicos, enfermeiros e profissionais de saúde.

A 7 de Setembro de 2011 redigi ofício ao Sr. Ministro da Saúde a solicitar uma audiência “a fim de apresentar os inúmeros factores de angústia” com que, à altura, os cidadãos do concelho de Ourém eram confrontados.

Apelei à análise da situação, já que cerca de 20.000 pessoas deixariam de ter médico de família, agravado pelo facto de existir uma população flutuante anual de mais de 5 milhões de pessoas em Fátima.

No mesmo ofício relembrei o pedido anteriormente efectuado, de atribuírem duas viaturas que assegurassem os serviços mínimos de prestação de saúde em algumas freguesias do concelho, como ocorrida, com sucesso, em Rio Maior e Coruche.

Disponibilizámo-nos para encontrar soluções, em parceria. Não merecemos qualquer resposta por parte do Sr. Ministro da Saúde.

Passado um mês, em Outubro de 2011, redigi ofício ao Sr. Primeiro-Ministro onde dei conta da exposição remetida ao Sr. Ministro da Saúde, apelando para a situação dramática que se vivia, e vive, no concelho de Ourém. Situação essa entretanto agravada, em Outubro de 2011, com o encerramento às 18h do Serviço Permanente do Centro de Saúde de Ourém, a par do fecho de algumas extensões de saúde do concelho, sem qualquer aviso prévio.

As populações, revoltadas, marcaram uma vigília pela saúde, à qual a Câmara e a Assembleia Municipal se associou devido à forma como o processo ocorreu, e face às graves consequências que as decisões governamentais estavam a provocar junto dos nossos concidadãos.

Após a marcação da manifestação fomos chamados para uma reunião com o Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, que se realizou com sua inerente simpatia. Desta resultou o compromisso de realizar, na semana seguinte, uma reunião de trabalho entre o Município de Ourém e a ARSLVT.

Realizou-se a vigília, ordeira e pacificamente como é apanágio dos cidadãos deste concelho, mas, vivenciando-se uma revolta jamais sentida neste concelho.

A 29 de Novembro de 2011 redigi ofício ao Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, relembrando o compromisso assumido em se realizar a reunião.

Posteriormente, a mesma foi agendada, tendo decorrido na presença do Presidente da Câmara e da Presidente da Assembleia Municipal. Reunião que terminou sem qualquer resultado prático, medida de inversão ou alternativa face às situações em apreço.

Em Janeiro de 2012 iniciaram-se as transferências de valências dos Hospitais de Tomar e de Torres Novas para o Hospital de Abrantes. Estas decisões passaram a agravar, ainda mais, o acesso dos utentes do concelho de Ourém as serviços hospitalares que para além de se encontrarem dispersos, passaram a estar concentrados a 70km do concelho. Manifestámos o nosso desacordo, publicamente, e junto das entidades por mais esta decisão, unilateral, desajustada e penalizadora para o concelho de Ourém.

Na sequência da visita do Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, a Fátima, no âmbito da preparação da peregrinação de Maio, reiterámos, pessoalmente, as dificuldades e a necessidade de mudanças, tendo registado os pedidos, novamente por ofício.

Nessa missiva relembrámos a situação deficitária da organização dos cuidados de saúde primários no concelho com o encerramento das extensões de saúde, a deficiente resposta de Centro de Saúde na sede do concelho e o acesso aos Hospitais da região, cada vez mais deslocalizados para uma unidade hospitalar a 70km de Ourém, como factores de relevante preocupação do Município e de todos os cidadãos porquanto nos encontrávamos, e encontramos, volvidos 21 meses, sem qualquer alternativa e soluções alternativas por parte dos responsáveis do sector da saúde em Portugal.

Recordámos o número de cidadãos do concelho de Ourém, quer na vertente de residência fixa quer na vertente de população flutuante através dos emigrantes e dos visitantes de Fátima. Efectivamente, os quase 50.000 habitantes em residência fixa, os cerca de 100.000 emigrantes que regressam todos os anos de férias e os cerca de 5 milhões que visitam Fátima, por ano exigem respostas e estruturas de serviços de saúde com a consequente capacidade de respostas para esta realidade.

Advertimos que o acesso ao Centro Hospitalar do Médio Tejo, dividido por três unidades, e com mais especialidades transferidas para Abrantes, situado a cerca de 70km do concelho de Ourém, e com necessidade de pagamento de portagens, assumia-se como revoltante para os utentes.

Relembrámos as reuniões realizadas com ARSLVT onde os representantes do Município de Ourém apresentaram propostas que ajudavam a solucionar os problemas, sem aumento substancial de encargos. Propostas essas que, volvidos 21 meses, continuam sem qualquer resposta por parte do governo.

Felicitámos a existência de um conjunto de profissionais que, no concelho de Ourém, merecem a consideração institucional, mas que não tinham, e continuam a não ter, as condições de trabalho que garantem um serviço de saúde com qualidade para os utentes.

Continuámos a remeter o mesmo ofício para o endereço electrónico do Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, que nos convocou para uma reunião com a ARSLVT, no dia 18 de Setembro de 2012, um ano depois de se terem iniciado os cortes nos recursos humanos e a redução da rede de serviços médicos no concelho

de Ourém, com posterior deslocação de valências dos hospitais de Tomar e de Torres Novas para Abrantes. Comparecemos, expectantes, na referida reunião, onde ficou acordado, e com o compromisso do Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, a manutenção do Serviço de Urgência Básico em Tomar com capacidade de resposta permanente, a tentativa de manutenção do Centro de Saúde aberto até às 24h, em Ourém, com a maior brevidade possível, a colocação de viatura para atendimento ambulatório, com médico, em substituição de “extensão” no concelho de Ourém e a operacionalização de consultas de especialidade, descentralizadas, no Centro de Saúde de Ourém, a partir do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

A 3 de Outubro de 2012 solicitei, por ofício, que me fossem remetidos, por escrito, os diversos compromissos assumidos e a data da sua implementação. Chegou a comunicação escrita, porém sem qualquer indicação temporal para a execução das medidas.

A 29 de Outubro, a 9 de Novembro, a 19 de Novembro, a 5 de Dezembro, a 18 de Dezembro de 2012 e a 3 de Janeiro de 2013 relembrámos o Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, da necessidade urgente, de se implementarem as medidas propostas pelo governo.

Informámos, ainda, que estavam a ocorrer transferências de doentes do concelho de Ourém entre os Hospitais de Leiria, Tomar, Torres Novas e Abrantes, e que tais situações estavam a agudizar sentimentos de revolta e de inconformismo entre as populações. Desde Outubro de 2012 até Janeiro de 2013, e face a estas comunicações, o Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, remeteu-se ao silêncio.

A 18 de Janeiro de 2013 voltámos a informar o Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, que, para além dos episódios referidos nas anteriores comunicações, o Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Ourém esteve sem médico durante dois dias, situação essa que se repetia com ausências de médicos em manhãs e tardes de acordo com informações de utentes que ali se deslocaram e que necessitaram de recorrer a médicos de clínica privada.

A 18 de Janeiro de 2013 remetemos, igualmente, ao Sr. Chefe do Gabinete do Sr. Ministro da Saúde a comunicação enviada ao Sr. Secretário de Estado da Saúde onde se solicita a implementação das medidas que o governo se comprometeu a implementar no concelho de Ourém, e manifestando ainda o desconforto institucional, a revolta dos utentes, dos cidadãos e dos profissionais de saúde que assistem a estes factos.

Informámos o Sr. Chefe do Gabinete do Sr. Ministro da Saúde que o concelho de Ourém é o segundo maior do Distrito de Santarém em termos de população residente, com um fluxo turístico anual de vários milhões de peregrinos em Fátima, e, nos meses de verão, com dezenas de milhares de imigrantes vindos dos quatro cantos do mundo. E que por estes motivos não se aceita que não tenhamos, sequer, um Serviço de Atendimento Permanente no Centro de Saúde de Ourém que funcione.

Manifestámos o nosso descontentamento com a situação dos utentes deste concelho precisarem de se deslocar 70km para o Hospital de Abrantes quando possuímos o Hospital de Leiria a 20km. Declarámos o desconforto com estas situações que se arrastam desde Setembro de 2011 e com o Estado a despender muito dinheiro em transportes dos doentes entre Ourém, Leiria, Torres Novas, Tomar e Abrantes, transpondo, ainda, para as famílias outros custos adicionais. Dirigiu-se este email, e que o qual fosse dado a conhecer ao Sr. Ministro da Saúde para que o mesmo tivesse noção do estado em que se encontravam, e encontram, os serviços de saúde neste concelho, solicitando, o seu empenho na concretização das medidas complementares prometidas, que urgia, e urge, concretizar, efectivamente. Solicitámos ainda uma reunião de emergência, que nunca foi agendada.

O Sr. Chefe do Gabinete do Sr. Ministro da Saúde remeteu a situação descrita à ARSLVT informando, através de ofício, o Município de Ourém, que o assunto tinha igualmente sido encaminhado para o Gabinete do Sr. Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Dr. Fernando Leal da Costa, e para o Gabinete do Sr. Secretário de Estado da Saúde.

Recebemos a 14 de Fevereiro de 2013 ofício do Sr. Chefe do Gabinete do Sr. Ministro da Saúde remetendo a informação prestada pela ARSLVT e que refere que: “As situações ocorridas no atendimento de utentes envolvendo médicos da empresa de prestação de serviços estão já sinalizadas, reportadas e devidamente interpelada a empresa”. Nada constatam, de novo, para além de identificarem a carência de médicos. Obviamente que conhecemos na pele, a falta de médicos neste concelho. Foi por essa razão que apelámos ao governo, em Setembro de 2011, para não cancelarem a contratação adicional de médicos e técnicos de saúde que o anterior governo tinha implementado.

Presentemente, em Maio de 2013, continuamos com extensões de saúde encerradas, com o Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Ourém aberto entre as 8h e as 18h, com a contínua deslocação dos doentes de Ourém entre os hospitais de Leiria, Tomar, Torres Novas e Abrantes, e somos confrontados, agora, com a transferência da valência de medicina interna do Hospital de Tomar para o Hospital de Abrantes.

Através de dados solicitados às cooperações de bombeiros do concelho constata-se que, as transferências efectuadas do Centro de Saúde de Ourém para os serviços de urgência dos diversos hospitais evidenciam a incapacidade do Serviço de Atendimento Permanente no que concerne a avaliações técnicas e médicas. Caso as mesmas se obtivessem em Ourém, também as urgências hospitalares seriam aliviadas, garantido o serviço de proximidade que se deseja junto das populações, e que se reporta ao segundo maior concelho do distrito de Santarém, com a especificidade de Fátima.

Impõe-se pelo exposto, uma avaliação urgente e séria dos serviços de saúde que servem os cidadãos do concelho de Ourém.

Senão analisemos. Face a uma situação de emergência as pessoas ligam para o 112.

Analisada a situação, os técnicos do CODU – INEM fazem uma observação de proximidade e equivalência clínica para a situação em causa. Assim, e dado que o hospital de Leiria se situa a 26km e possui todas as valências, estas situações eram remetidas para Leiria.

Outras, de menor dimensão e perigosidade para a vida do doente eram encaminhadas para o hospital de Tomar.

Porém, agora, com a transferência da valência de medicina interna do hospital de Tomar para o Hospital de Abrantes para onde é que o CODU – INEM vai encaminhar as pessoas que se encontram em situação de emergência médica? Para Abrantes que se situa a 70km de Ourém?!?

Além das situações de emergência, a transferência da valência de Medicina do Hospital de Tomar para o Hospital de Abrantes obriga a que mais de 65% das situações de urgência do Centro hospitalar do Médio Tejo, de ambulatório e internamento se desloquem para Abrantes. Isto representa um acréscimo do número de utentes nesta unidade hospitalar da qual há relatos de sobrelotação da unidade de urgência, e de outras especialidades, com as pessoas acumuladas nos corredores, com tempos elevados de espera por parte dos utentes, retenção dos doentes nas macas e as ambulâncias, por inerência, com atrasos para outras ocorrências de socorro.

Se uma pessoa ligar o 112 e a situação clínica avaliada der indicação da deslocação pessoal os utentes do concelho de Ourém questionam sempre a unidade hospitalar para onde se têm de deslocar: Torres Novas, Tomar ou de Abrantes, dependendo da especialidade que se reporte a situação de doença ou acidente. Mas, os acamados terão de recorrer a serviço de ambulância, táxi ou carro pessoal, caso o tenham, com os inerentes encargos a suportar.

Importa avaliar a actual dispersão das valências que constituem o Centro Hospitalar do Médio Tejo:

Z3

Com este cenário, constatamos que os doentes andam a deambular de hospital em hospital, entre as diversas valências e serviços que compõem o Centro Hospitalar do Médio Tejo. Existe, indiscutivelmente, uma ausência de gestão e coerência, numa área que lida com a vida humana, em ambientes de emergência, onde, por vezes, todos os minutos contam.

Efectivamente, o que se encontra no Centro Hospitalar Hospital de Leiria garante, a um doente, os serviços concentrados, rentabilizados e virados para a sua satisfação, com diminutos encargos para o Estado.

Z4

Hospital

Os cidadãos do concelho de Ourém merecem e exigem serviços de saúde dignos, na mesma proporcionalidade com que pagam os seus impostos e à luz da Constituição da República Portuguesa.

Se o Centro Hospitalar do Médio Tejo continuar a caminhar para o espartilho de valências hospitalares e na desorganização existente, e que não serve os cidadãos do concelho de Ourém, então, dada a proximidade geográfica do concelho de Ourém com a cidade de Leiria, a 30 km, que se questione a passagem dos cidadãos do concelho de Ourém para o Centro hospitalar Leiria, Pombal.

Para o Hospital de Leiria, o concelho de Ourém encontra-se servido de boas vias de comunicação, sem pagamento de portagens (ao invés da deslocação para Abrantes que se situa a 70 km e com custos adicionais de portagens que chegam a atingir os 100 euros) e com viagens mais céleres. Uma deslocação do Hospital de Leiria para o concelho de Ourém tem um custo duas vezes inferior ao de uma deslocação do Hospital de Abrantes.

A concentração das várias valências médicas, quer em ambulatório, quer em regime de urgência num só edifício, como existe no Hospital de Leiria, garante um serviço de qualidade aos cidadãos.

Importa, reter os dados evidenciados no início desta exposição onde identificamos que o maior número de cidadãos do concelho de Ourém reside na sede do concelho, em Fátima, Atouguia, Gondemaria e Nossa Senhora das Misericórdias. Acresce a esta realidade a existência das freguesias de Espite, Matas e Cercal em fronteira com o concelho de Leiria, distando, em alguns casos, a 10km do referido hospital.

Sabendo que o hospital de Leiria para efeitos de estatísticas aceita, em urgência e

ambulatório nas especialidades de Pediatria e Obstetrícia doentes oriundos de Ourém, porque motivo não se transfere, para este hospital, a responsabilidade em acolher os restantes cidadãos deste concelho nas outras especialidades e regimes?

Passando, na cidade de Fátima, uma população anual flutuante de cerca de 5 milhões de pessoas e sendo o Hospital de Leiria, a melhor estrutura de saúde para responder a estas necessidades, impõe-se também por este motivo a proposta apresentada.

Pelo relatado e exposto solicitamos a marcação de uma reunião de emergência para analisar todas as situações descritas e encontrar soluções, definitivas e concretas que garantam a prestação de serviços de saúde condignos para os cidadãos deste concelho.

Estamos empenhados em fazer parte da solução. Todavia, alertamos para o facto de algumas pessoas já terem manifestado a intenção de realizarem manifestações e outras medidas que desejamos evitar a todo o custo.

Enviamos esta exposição, detalhada e minuciosa, para que V. Ex.as tenham consciência do que aqui acontece, do que se tem passado e que com o vosso bom senso e sapiência possam contribuir para a obtenção de um serviço público de saúde que dignifique os cidadãos do segundo maior concelho do distrito de Santarém.

Apresento os meus melhores cumprimentos,

O Presidente da Câmara

Paulo Fonseca


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 19:35
link do post | favorito
|

ASSOCIAÇÃO FILARMÓNICA 1º DE DEZEMBRO PREPARA FESTA DE PASSAGEM DE ANO EM VILAR DOS PRAZERES



publicado por Carlos Gomes às 12:15
link do post | favorito
|

FAMÍLIAS JUBILARES REÚNEM-SE AMANHÃ EM RIO DE COUROS

1477457_10202067648325272_936470606_n



publicado por Carlos Gomes às 00:45
link do post | favorito
|

PINTURA DE PAULA ALVIM PATENTE NA GALERIA MUNICIPAL DE OURÉM

Exposição de Pintura “Color-flavor_” por Paula Alvim

01 de novembro a 01 de dezembro de 2013

Paula Alvim nasceu em Moçambique. Licenciada em Matemática Aplicada, aos cinco anos de idade fez a sua primeira exposição colectiva no Centro de Cultura e Arte na cidade da Beira (Moçambique) onde teve as suas primeiras aulas de desenho e pintura.

Na adolescência, já em Portugal, continua o seu percurso na pintura e na poesia, expondo diversos trabalhos. Durante a sua vida académica, nos anos 80 em Évora, desenvolve o gosto pelas tertúlias académicas levando-a a aliar a pintura à gastronomia e a expor em espaços de lazer (bares e restaurantes) daquela cidade.

Uma das exposições mais marcantes onde participou, a par de outros 130 artistas nacionais e estrangeiros onde Graça Morais também marcou presença, foi realizada na Universidade de Évora, nos corredores do Convento do Espírito Santo. Inserida nas festas da Queima das Fitas, a exposição teve como mote a liberdade pela arte.

Ainda nos anos 80, descobre o mundo das Agências de Publicidade e muda-se para Lisboa. Esta é a sua atividade profissional até ao presente.

Na década de 90, já nesta cidade, o espírito de tertúlia e a ligação com os artistas locais leva-a a expor em bares e restaurantes Lisboetas.

As suas últimas exposições fazem o percurso histórico dos bairros típicos da cidade de Lisboa. Em Maio deste ano expõe num bar de Jazz no Bairro Alto e em Junho num espaço de degustação de sabores em Alfama.

A música, os sabores e as tertúlias são parceiras dos seus quadros coloridos.

A arte é a sua paixão. Mas não dispensa a boa disposição e o convívio entre amigos, de preferência recheados com bons petiscos.

O seu lema de vida é "BeHappy!".

Entrada LIVRE

Horário: de terça a domingo das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 27 de Novembro de 2013
OUREENSES VÃO DESCER DE CANOA O RIO NABÃO ATÉ TOMAR

A Experiencebox, empresa sediada em Ourém que se dedica à organização, promoção e venda de atividades turísticas, vai levar a efeito uma descida de canoa com partida no Agroal e a terminar em Tomar. A iniciativa terá lugar no próximo dia 15 de Dezembro, pelas 9horas.

Mais informações no site www.experiences.pt e facebook em https://www.facebook.com/events/556864511058483/.

A Experiences é uma empresa recente no mercado, com sede em Ourém, e estamos a apostar a nossa divulgação nas redes sociais e internet. Gostaríamos de dar-vos a conhecer um pouco melhor a nossa empresa.

Trata-se de uma equipa jovem vocacionada na aposta de venda de experiências de Desporto/Aventura com cobertura nacional. Temos neste momento mais de 500 experiências diferentes e 5 ExperienceBox (estamos a finalizar a produção das mesmas, para posterior lançamento) disponíveis 24horas através do site www.experiences.pt.

Experiencebox – Organização, Promoção e Venda de Actividades Turísticas, desportivas e Culturais – Unipessoal, Lda

NIF:510776884Rua Dr. Francisco Sá Carneiro

Centro de Empresas de Ourém, nº19

2490-548 Ourém

Tm. 932781977

geral@experiences.pt



publicado por Carlos Gomes às 12:10
link do post | favorito
|

OFERTAS DE EMPREGO GIP DE OUREM 26 DE NOVEMBRO

A INSIGNARE tem a funcionar desde maio de 2012, um Gabinete de Inserção Profissional (GIP) cujo objetivo é trazer para mais perto da população algumas das valências do IEFP- Centro de Emprego e Formação Profissional do Médio Tejo Serviço de Emprego de Tomar. Realizamos serviços de apoio a pessoas em situação de desemprego e a empresas através de medidas do IEFP.

image001

  1. Oferta Nº: 588229107 - COZINHEIRO (M/F) - NOSSA SENHORA DA PIEDADE - Descrição do Perfil: PREPARAÇÃO E CONFEÇÃO DE REFEIÇÕES; LIMPEZA DA COZINHA EXPERIÊNCIA 24 MESES DÁ PREFERENCIA A PESSOA RESIDENTE NA NOSSA SENHORA DA PIEDADE
  2. Oferta Nº: 588228941 DESENHADOR PROJECTISTA (M/F) - FÁTIMA - Descrição do Perfil: DESENHADOR/A DA CONSTRUÇÃO CIVIL COM FORMAÇÃO NA ÁREA- CURSO DE DESENHADOR - CONSTRUÇÃO CIVIL. 12º ANO DEVERÁ EXECUTAR TODO O TIPO DE PROJETOS DE ACORDO COM AS ORIENTAÇÕES DO ARQUITETO. DEVERÁ PRESTAR ATENDIMENTO TÉCNICO, PESQUISAR E CONHECER A LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA. DEVERÁ SER ORGANIZADO E RÁPIDO NA EXECUÇÃO DAS TAREFAS. CONHECIMENTOS DE AUTOCAD 2D E 3D (CONHECIMENTOS FACULTATIVOS DE ARCHICAD, 3D VRAY EXCEL, SKETCHUP E PHOTOSHOP). BONS CONHECIMENTOS DE INGLÊS E NOÇÕES DE FRANCÊS E ESPANHOL
  3. 3.    Oferta Nº: 588228844 - ARQUITECTO (M/F) FÁTIMA Descrição do Perfil: LICENCIATURA. ARQUITETO/A ELABORAÇÃO DE PROJETOS EM COLABORAÇÃO COM OS ENGENHEIROS. COORDENAÇÃO DE PROJETOS, PESQUISA E CONHECIMENTO DA LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA. CONHECIMENTO DAS FICHAS TÉCNICAS DOS MATERIAIS. CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA (AUTOCAD; ARCHICAD; 3D STUDIO MAX; EXCEL; SKETCHUP, PHOTOSHOP). BONS CONHECIMENTOS DE INGLÊS E NOÇÕES DE FRANCÊS E ESPANHOL. ORGANIZAÇÃO E RAPIDEZ NA EXECUÇÃO DE TAREFAS
  4. Oferta Nº: 588228792 - TÉCNICO DE RELAÇÕES PÚBLICAS (M/F) – FÁTIMA: Descrição do Perfil: LICENCIATURA- TÉCNICO/A DE RELAÇÕES PÚBLICAS PARA EXERCER FUNÇÕES NA ÁREA DE MARKETING, PUBLICIDADE E COMUNICAÇÃOLICENCIATURA EM MARKETING E PUBLICIDADE/COMUNICAÇÃO. BOA CAPACIDADE DE ORGANIZAÇÃO E COMUNICAÇÃO. DEVE DEMONSTRAR DINAMISMO, INTERESSE E SIMPATIA CONHECIMENTOS DE INGLÊS CARTA DE CONDUÇÃO DE LIGEIROS
  5. Oferta Nº: 588226212 - CARPINTEIRO DE LIMPOS (M/F) – ATOUGUIA - MONTAGEM DE MOBILIÁRIO, COM DISPONIBILIDADE PARA DESLOCAÇÕES FORA DO PAÍS.
  6. Oferta Nº: 588226078 - CARPINTEIRO DE LIMPOS (M/F) – GONDEMARIA- CARPINTEIROS DE LIMPOS COM EXPERIÊNCIA NO FABRICO DE MÓVEIS (COZINHA), ROUPEIROS, PORTAS, ESCADAS ETC. SALÁRIO A COMBINAR EM FUNÇÃO DOS CONHECIMENTOS PROFISSIONAIS
  7. Oferta Nº: 588225041 - MOTO-SERRISTA (M/F) – GONDEMARIA - MOTO-SERRISTA COM EXPERIÊNCIA.
  8. Oferta Nº: 588228507 - MOTO-SERRISTA (M/F) - RIO DE COUROS - Descrição do Perfil: 4º ANO. OPERADOR DE MOTO-SERRAS SE POSSÍVEL COM EXPERIÊNCIA NO ABATE DE ÁRVORES NA FLORESTA.SE O TRABALHADOR DEMONSTRAR VONTADE DE APRENDER A EMPRESA ESTÁ DISPONIVEL PARA ENSINAR.
  9. Oferta Nº: 588187716 - OUTROS ESTOFADORES, COLCHOEIROS E TRABALHADORES SIMILARES - NOSSA SENHORA DAS MISERICÓRDIAS - Descrição do Perfil: COSTUREIRO/A DE ESTOFOS DEVE TER EXPERIÊNCIA EM COSTURA DE ESTOFOS E CORTAR TECIDO, COM BOM RELACIONAMENTO INTERPESSOAL. 2 ANOS DE EXPERIENCIA.


publicado por Carlos Gomes às 11:42
link do post | favorito
|

OUREARTE REALIZA AMANHÃ CONCERTO NO MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM



publicado por Carlos Gomes às 00:48
link do post | favorito
|

BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO 1º DE DEZEMBRO



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Terça-feira, 26 de Novembro de 2013
ASSOCIAÇÃO FILARMÓNICA 1º DE DEZEMBRO ORGANIZA ALMOÇO DE NATAL



publicado por Carlos Gomes às 22:37
link do post | favorito
|

SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA JORNADA DE APRESENTAÇÃO DO NOVO ANO PASTORAL

Cerimónia decorrerá na tarde de 30 de novembro

O Santuário de Fátima convida todos os interessados a participarem na Jornada de Apresentação do ano pastoral de 2013-2014, no quarto ciclo da celebração do Centenário das Aparições, na tarde do próximo sábado, dia 30 de novembro.

A sessão decorrerá no anfiteatro do Centro Pastoral de Paulo VI e será antecedida pela inauguração de uma nova exposição temporária, no Convivium de Santo Agostinho, na zona da Reconciliação da Basílica da Santíssima Trindade. 

O programa da Jornada será o seguinte:

14:30 | Abertura da exposição “Segredo e Revelação – exposição temporária evocativa da aparição de julho de 1917”

15:30 | Abertura da sessão, no anfiteatro do Centro Pastoral de Paulo VI – P. Carlos Cabecinhas, Reitor do Santuário 

15:45 | Apresentação do tema do ano – “Envolvidos no amor de Deus pelo mundo” – P. Doutor José Frazão Correia, sj

16:30 | Momento musical – Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima

17:00 | Encerramento da Sessão – D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima

Terceiro ciclo do Centenário das Aparições chega ao fim

Secretariado-Executivo da Comissão Organizadora faz balanço positivo

Chegamos ao final de mais um ano, o terceiro, do septenário de celebração do centenário das aparições da Virgem Maria, em Fátima. Durante todo o ano pastoral de 2012-2013, o Santuário de Fátima refletiu acerca da exortação que a Virgem dirigiu aos três videntes no diálogo da aparição do mês de junho – “não tenhais medo” – e procurou, de diversos modos e recorrendo a variados meios e suportes, vivenciar a atitude crente advinda daquela exortação – a confiança. 

A jornada de abertura do ano pastoral lançou o repto a todos aqueles que assim o quiseram acolher, apresentando de modo global as grandes linhas de ação e os acontecimentos que durante o ano se colocariam à disposição de todos os que se deslocassem a Fátima.

Assim, ao chegar ao recinto do Santuário, através da extensa faixa colocada no grande altar exterior, o peregrino desde logo se sentiu interpelado pela mesma segura afirmação que a “Senhora mais brilhante que o Sol” fez aos Pastorinhos – não tenhais medo, vós, homens e mulheres do século XXI, que visitais o meu Santuário e procurais confiados a minha intercessão materna –, e pôde, individualmente ou em grupo, fazer o seu itinerário de oração, refletindo sobre o tema do ano, através do desdobrável, em várias línguas, disponibilizado nos tótemes junto ao presépio do recinto de oração. 

Na aparição de junho, a Virgem Maria veio revelar o seu Imaculado Coração como refúgio e caminho para chegar ao Cristo-Deus: ad Jesum per Mariam. Foi deste modo que todos os que peregrinaram ao Santuário da Cova da Iria, e assim o desejaram, puderam apropriar artisticamente esta mensagem através da exposição temporária evocativa da aparição de junho de 1917 – “Ser, o segredo do Coração” – que durante todo o ano esteve patente no Convivium de Santo Agostinho, no complexo da Basílica da Santíssima Trindade. 

Num ciclo de conferências que decorreu, ao longo de seis Domingos, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, apresentaram-se reflexões alicerçadas nos subtemas constitutivos do temário proposto pelo Santuário para o ano pastoral que ora termina. Após cada conferência realizou-se um pequeno apontamento musical que procurou ir, dentro das possibilidades da linguagem musical, ao encontro daquelas temáticas. Alargou-se e intensificou-se a reflexão e a problematização dos temas no simpósio anual Não tenhais medo. Confiança – esperança – estilo crente.

De entre outras publicações, o Santuário deu à estampa os títulos Quereis oferecer -vos a Deus? Ciclo de Conferências 2011-2012, sob a coordenação de Alfredo Teixeira; Quereis oferecer-vos a Deus? Horizontes contemporâneos da entrega de si, compilação das comunicações do simpósio teológico-pastoral com o mesmo nome, sob a coordenação de Isabel Varanda, e A Mensagem de Fátima. A misericórdia de Deus: o triunfo do amor nos dramas da história, contributo do teólogo espanhol Eloy Bueno de la Fuente para uma leitura teológica da Mensagem de Fátima.

No sentido de levar a Mensagem de Fátima a quem ainda a não conhece ou de a explicar e tornar mais próxima a quem dela já ouviu falar, mas que procura aprofundar o seu conteúdo, o Santuário promoveu, nos meses de junho e de outubro, duas edições de um curso sobre a Mensagem de Fátima – «o triunfo do amor nos dramas da história» (na expressão de Eloy Bueno de la Fuente) –, orientado pela Irmã Ângela de Fátima Coelho, religiosa da Aliança de Santa Maria e postuladora da Causa de Canonização de Francisco e Jacinta Marto, o qual teve uma grande procura e adesão por parte de participantes de diferentes faixas etárias, com interesses muito díspares e de diversos pontos do país.

O Santuário de Fátima, ao longo destes, para já, três anos de celebração até ao centenário das aparições que se comemorará em 2017, tem vindo a fazer um esforço para que a mensagem deixada aos três interlocutores privilegiados da Mãe de Deus, aparecida na Cova da Iria, possa chegar cada vez a mais pessoas dentro e fora do País, porque a Mensagem de Deus em Fátima é uma mensagem para o mundo: «Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem e mulher, porque todos sois um só em Cristo Jesus» (Gal 3,28).

Carla Abreu Vaz

Secretária-Executiva da Comissão Organizadora 

do Centenário das Aparições de Fátima (COCAF)



publicado por Carlos Gomes às 22:02
link do post | favorito
|

ARCEBISPO MARONITA DE DAMASCO CONSAGRA O POVO SÍRIO A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Arcebispo Maronita de Damasco peregrina a Fátima a 1 de dezembro para consagrar o povo sírio a Nossa Senhora de Fátima

Há cristãos perseguidos no Médio Oriente. O alerta não é novo, mas tem-se agudizado também por meio da campanha promovida pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), uma organização pública dependente da Santa Sé. A secção portuguesa da AIS traz dois bispos a Portugal para que testemunhem de viva voz como vivem as comunidades cristãs dessa região. No Santuário de Fátima, a Síria será consagrada a Nossa Senhora de Fátima a 1 de dezembro.

D. Shlemon Warduni, bispo auxiliar do Patriarcado dos Caldeus da Babilónia, Bagdade, Iraque, e D. Samir Nassar, arcebispo maronita de Damasco, Síria, vêm a Portugal, anuncia a AIS, “para darem testemunho dos tempos conturbados que se vivem nos seus países e da situação muito delicada – por vezes mesmo de opressão violenta – com que se confrontam diariamente os Cristãos nesta região do mundo”. 

A visita dos dois prelados coincide com o lançamento da Campanha de Natal da Fundação AIS, que este ano tem como principal objetivo apoiar os refugiados sírios que se encontram em fuga dentro do seu próprio país, ou em diversos campos de acolhimento em países da região, como a Turquia, Líbano e Jordânia.

A 1 de dezembro, no Santuário de Fátima, o arcebispo maronita D. Samir Nassar consagrará a Síria e o seu povo a Nossa Senhora de Fátima, durante a recitação do rosário, na Capelinha das Aparições, às 10:00. O mesmo prelado concelebrará na Missa das 11:00, na Basílica da Santíssima Trindade. 

O bispo auxiliar de Bagdade já se encontra em Portugal. Regressará ao Iraque a 27 de novembro; reparte o seu tempo por encontros com a comunicação social, conferências, Eucaristias e vigília de oração. 

O arcebispo maronita de Damasco chegará a Lisboa na próxima sexta-feira, 29 de novembro, e partirá de regresso ao seu país a 2 de dezembro. 

Recorde-se que no último relatório sobre Liberdade Religiosa no Mundo, produzido pela Fundação AIS, em que se monitoriza o período de 2011 a 2013, constata-se que em relação aos 30 países analisados a situação piorou, registando-se uma maior violência e perseguição em relação às comunidades cristãs.

Programa da Visita divulgado pela AIS:

24 de Novembro, 11h00 | Lisboa

Missa na Igreja de São Tomás de Aquino, com a presença de D. Shlemon Warduni, Bispo Auxiliar de Bagdade, Iraque

25 de Novembro, 17h00 | Lisboa

Conferência na Igreja do Santíssimo Sacramento, com o tema “Cristãos perseguidos no Iraque”

26 de Novembro, 21h00 | Braga

Conferência sobre os “Cristãos perseguidos no Iraque”, no Auditório Vita com a presença de D. Shlemon Warduni

Pelas 21h30, segue-se uma Vigília de Oração pela Paz no Iraque e Médio Oriente, na capela do Seminário Menor

29 de Novembro, 15h30 | Lisboa

Conferência na Universidade Católica Portuguesa, com a presença de D. Samir Nassar, Arcebispo Maronita de Damasco, Síria

30 de Novembro, 16h30 | Lisboa

Vigília de Oração pela Paz na Síria e Médio Oriente, no Mosteiro dos Jerónimos, Belém

1 de Dezembro, 10h30 | Fátima

Oração do Terço na Capelinha das Aparições pela paz na Síria, com a presença de D. Samir Nassar

Pelas 11h00, segue-se Missa no Santuário de Fátima.

2 de Dezembro, 21h00 | Lisboa

Concerto de Natal com a Banda Sinfónica da GNR, no Teatro Tivoli.

As receitas deste concerto reverterão a favor dos refugiados da Síria

Mais informações: http://www.fundacao-ais.pt/



publicado por Carlos Gomes às 21:12
link do post | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM DINAMIZA INICIATIVA PARA “PLANTAR PORTUGAL”

Sob o lema “Vamos todos plantar Portugal”, o Município de Ourém e o Movimento “Plantar Portugal” desenvolveram uma iniciativa com o objetivo de promover a defesa e valorização da floresta. A ação decorreu no Carregal, no dia 20 de novembro, pretendendo transformar um espaço que tem sido invadido ao longo dos anos por despejo de resíduos, numa zona verde e agradável.

Imagem 053

Após os trabalhos de preparação do terreno, iniciou-se a plantação de 3648 árvores com o contributo dos alunos da Escola Profissional de Ourém e de elementos do executivo municipal. O Presidente da Câmara Municipal, Paulo Fonseca, deu o exemplo e incentivou os alunos a “contagiarem quem os rodeia para uma nova postura em relação à preservação da floresta”.

O projeto de recuperação ambiental teve em conta várias vertentes, tais como a aplicação de uma camada de terra vegetal e a colocação de obstáculos junto à estrada com o propósito de evitar o acesso para despejo de resíduos. A iniciativa contempla a plantação de 2380 pinheiros bravos, 1190 pinheiros mansos e 78 medronheiros, numa área aproximada de 3,5 ha. As espécies foram escolhidas tendo em conta o seu tempo de crescimento, o seu potencial económico e fatores de proteção ambiental e paisagística.

Esta ação foi possível devido ao envolvimento de várias entidades, nomeadamente, o Município de Ourém, a empresa Somague, S.A., a empresa municipal Ourémviva e a Escola Profissional de Ourém.

Imagem 005



publicado por Carlos Gomes às 12:40
link do post | favorito
|

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM APRESENTA O LIVRO "A NOITE PASSADA" DO ESCRITOR LUÍS GARCIA

(Con)Tributos

Apresentação do livro “A noite passada” de Luís Garcia

06 de dezembro – 21h00

Biblioteca Municipal de Ourém

Natural de Linhaceira, Luís Garcia nasceu em 1973 na cidade de Tomar. Mestre em Informática Educacional pela Universidade Portucalense é Consultor de Informática e Formador nas áreas de Informática e Formação de Formadores.

Premiado em diversos concursos literários nas categorias de Prosa e Poesia entre 1989 e 2012, publica o primeiro livro de ficção em 2008: “A lenda contada de uma vida escondida”.

Está representado em Revistas Culturais e Colectâneas no Brasil, Portugal, Espanha, Uruguai e Colômbia com prosa e poesia.

Publica em 2010 “O encenador de vidas”, um romance que obtém o 3º lugar no “I Concurso Literário Best Seller Bubok (Lisboa)”.

Em 2011 publica o livro de poesia “A noite passada” que no próximo dia 06 de dezembro, pelas 21h, virá apresentar na Biblioteca Municipal de Ourém.

Entrada livre



publicado por Carlos Gomes às 09:12
link do post | favorito
|

D. DUARTE PIO, DUQUE DE BRAGANÇA E CONDE DE OURÉM, DIRIGE-SE AOS PORTUGUESES NA SUA MENSAGEM EVOCATIVA DO DIA DA RESTAURAÇÃO

O Jantar dos Conjurados é, como habitualmente, no próximo dia 30 de Novembro.

Este ano, optou-se por um formato que, sendo digno, se mostra menos oneroso, permitindo assim que maior número de pessoas possa celebrar a Restauração da Independência de Portugal com a sua Família Real.

O Jantar, volante, será servido nas instalações d’ “A Voz do Operário”, à Graça, com entrada pela Travessa de São Vicente nº 1 e contará com a presença da Família Real. Parte do lucro deste tradicional encontro de monárquicos portugueses reverterá para a obra social desta instituição.

Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte lerá a habitual Mensagem aos Portugueses pelas 20:00, seguindo-se o jantar.

As inscrições podem ser feitas presencialmente na sede da Real Associação de Lisboa, na Praça Luís de Camões, 46 2º Dto. 1200-243 Lisboa (ao Chiado), pelo tel.: 213 428 115 ou, ainda, por correio eletrónico: secretariado@reallisboa.pt.

As inscrições devem ser pagas até ao dia 29 de Novembro e pode optar por transferência bancária, utilizando os seguintes dados (devendo neste caso enviar o comprovativo da transferência):

NIB – 001800033394122002026

IBAN / Identificador Único – PT50 0018 000333941220020 26

BIC – TOTAPTPL

Os ingressos têm o valor de:

Adultos – 26,00€

Jovens – 16,00€ *

*Os primeiros 100 jovens até 25 anos de idade

Os ingressos poderão ser pagos e levantados de segunda a quinta, das 11:00 às 13:00 e das 15:00 às 18:00



publicado por Carlos Gomes às 08:34
link do post | favorito
|

OURÉM DEBATE AMANHÃ PROBLEMÁTICA DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

O Município de Ourém vai realizar no dia 27 de Novembro um workshop intitulado “Intervenção em crise nas situações de violência doméstica” que pretende assinalar o Dia Internacional Pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Os objetivos desta ação são os seguintes:

- Dar a conhecer as definições e características da violência doméstica.

- Promover o conhecimento sobre necessidades de intervenção e tipologias de ajuda a prestar.

- Favorecer a utilização de estratégias em situações de agressão e maus tratos.

O workshop terá a duração de quatro horas e será ministrado pela Dra. Jacinta Gonçalves, Psicóloga do Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise do Instituto Nacional de Emergência Médica – INEM, I.P.

Destinatários: Técnicos da área das ciências sociais ou outros que intervêm em situações de violência doméstica.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 00:51
link do post | favorito
|

OURÉM PREPARA HISTÓRIAS PARA AS FÉRIAS DE NATAL

Férias com histórias

4 a 20 de dezembro – 10h00

Biblioteca Municipal de Ourém

Hora do Conto com história sobre o Pinheirinho de Natal seguida de atividade lúdica.

Público-alvo: Crianças dos 3 aos 10 anos / até 20 participantes

Participação gratuita / Inscrições para grupos através do telef. 249 540 900 (ext. 6841)



publicado por Carlos Gomes às 00:27
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Novembro de 2013
DISTRITAL DE SANTARÉM DO PCP ORGANIZA ALMOÇO DE NATAL



publicado por Carlos Gomes às 18:56
link do post | favorito
|

GRUPO MANUEL BRÁZ DÁ BAILE EM FORMIGAIS



publicado por Carlos Gomes às 18:47
link do post | favorito
|

OURÉM PROMOVE SEGUNDA EDIÇÃO DA FEIRA SOLIDÁRIA

Depois do sucesso da primeira edição, vai realizar-se novamente a Feira Solidária no próximo dia 8 de dezembro, no recinto do Mercado Municipal Manuel Prazeres Durão. Esta iniciativa do Município de Ourém tem como objetivos promover o convívio entre os participantes, reciclar artigos em bom estado e fomentar a troca de bens e serviços a custos reduzidos, mas também, apoiar o Centro Comunitário de Voluntariado na aquisição de ajudas técnicas, nomeadamente cadeiras de rodas e camas articuladas.

Os participantes podem vender ou trocar roupa, calçado, têxtil lar, brinquedos, eletrodomésticos, móveis, serviços, entre outros, e serão responsáveis pela apresentação da sua banca. A participação está condicionada a uma inscrição prévia com a descrição dos artigos que pretendem vender e/ou trocar a preços simbólicos e limitada ao número de bancadas disponíveis: 24.

Os interessados em colaborar com a iniciativa deverão fazer a sua inscrição no Município de Ourém, junto da Divisão de Educação e Assuntos Sociais, de segunda a sexta-feira, das 9.00h às 18.00h. Para qualquer esclarecimento adicional poderá contactar os serviços através do telefone nº 249 540 900 (ext.6508) ou do e-mail: germana.vaz@mail.cm-ourem.pt.



publicado por Carlos Gomes às 14:38
link do post | favorito
|

PRAZO DE ENTREGA DA DECLARAÇÃO DE COLHEITA E PRODUÇÃO TERMINA NO FINAL DO MÊS



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Domingo, 24 de Novembro de 2013
PARÓQUIA DE RIO DE COUROS REÚNE FAMÍLIAS JUBILARES

1477457_10202067648325272_936470606_n



publicado por Carlos Gomes às 18:43
link do post | favorito
|

PAULO FONSECA, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM, ELEITO PARA A DIREÇÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS MUNICÍPIOS PORTUGUESES

Lista única com os 17 dirigentes da ANMP

Uma lista única para o Conselho Diretivo da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), constituída por 17 elementos indicados pelo PS, o PSD e pela CDU e presidida pelo socialista Manuel Machado, será hoje votada no Congresso de Santarém.

Como é tradição, os 17 membros do Conselho Diretivo (CD) são apresentados por indicação dos partidos, tendo em conta os resultados eleitorais autárquicos.

O PS, partido que venceu em mais câmaras, já tinha indicado Manuel Machado, de Coimbra, como presidente da ANMP.

Os presidentes de Odivelas e de Vila Nova de Gaia deverão ser confirmados como os vice-presidentes socialistas da ANMP, segundo o presidente dos autarcas socialistas, Rui Solheiro.

Pertencerão à direção da ANMP os socialistas Miguel Costa Gomes (Barcelos), Rui Santos (Vila Real), Isilda Gomes (Portimão), Pedro do Carmo (Ourique), Paulo Fonseca (Ourém) e José Goulart Silva (Horta).

A equipa do PSD, com seis lugares, será liderada pelo presidente de Aveiro, Ribau Esteves, que ocupará uma das vice-presidências, confirmou o próprio à Lusa.

Fonte: http://www.dn.pt/



publicado por Carlos Gomes às 16:55
link do post | favorito
|

SANDOEIRA VAI DAR BAILE!



publicado por Carlos Gomes às 16:46
link do post | favorito
|

CONCERTOS DE NATAL ALEGRAM OURÉM

563741_609165362478517_1631968780_n



publicado por Carlos Gomes às 12:28
link do post | favorito
|

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ORGANIZA TERTÚLIA PARA RECORDAR AS ORIGENS DE SOBRAL

Tertúlia "Documentário - Sobral, as origens"

1 de Dezembro

16h00

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

A criação de um documentário sobre o Sobral, das suas origens à atualidade, nasceu do seio de um grupo de pessoas que partilham o orgulho de serem do Sobral e pretendem reunir gerações numa troca inspiradora de ideias e lembranças daqueles que têm algo a dizer sobre o Sobral e as suas gentes.

Entrada Livre

Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h00-1300h e das 14h00-18h00.

Contactos: tel: 249 540 900 (ext. 6831), tlm: 919 585 003, e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 09:03
link do post | favorito
|

EXPOSIÇÃO DE AGUARELAS DOS ALUNOS DA ESCOLA DE ARTES PATENTE NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM

Exposição de aguarelas “Água, Water, Eau, Wasser” dos alunos da escola de artes AMARTE

04 a 30 de novembro

Biblioteca Municipal de Ourém

A exposição reúne um conjunto de aguarelas dos alunos da escola de artes AMARTE, sobre a água, por ocasião da celebração de 2013 Ano Internacional da Cooperação. A exposição é um ato de compromisso ecológico e tem como objetivo principal consciencializar o público da importância da água, um bem natural que deve ser preservado.

A Arte permite refletir sobre o tempo e o espaço em que vivemos. A Arte desenvolve a nossa capacidade de observação, de reflexão e o nosso espírito crítico e criativo.

Esta exposição de aguarelas sobre o tema Água é a manifestação de mais um desses momentos interventivos e construtivos, criaram-se formas e cores para agradecer a água que temos e sem a qual não podemos viver, mas, principalmente, para promover no público uma reflexão, uma chamada de atenção para a necessidade vital de proteger este bem essencial à vida que é a Água.

De segunda a sexta-feira das 09.00H às 19.00H e sábado das 09.30H às 13.00H

Entrada Livre



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sábado, 23 de Novembro de 2013
OUREENSES CAMINHAM PASSO A PASSO PELA ATOUGUIA



publicado por Carlos Gomes às 00:56
link do post | favorito
|

UHF ATUA HOJE EM OURÉM

UHF | A minha geração

23 de novembro | 21.30H

Cine-Teatro Municipal de Ourém

Este espetáculo está integrado na digressão dos UHF para comemorar os 35 anos de carreira e conta com o apoio da Antena 1 que emite o programa “UHF 35 Anos, 35 Canções", de 14 de outubro a 29 de novembro, onde António Manuel Ribeiro vai revelar aos microfones da rádio o enredo, quase sempre sem prévio guião, de 35 histórias sobre os UHF, cada uma delas marcada por uma canção escolhida pelo fundador do grupo. Esta digressão culminará em dezembro com os concertos no dia 7 no CCB, em Lisboa, e dia 18 na Casa da Música, no Porto.

Oferta promocional de 1 CD / Single para os primeiros 100 bilhetes vendidos.

Duração: 90 m | Bilhetes: 10€ | Reservas: 249 543 666 (das 13.00H às 20.00H) |

Classificação: M6



publicado por Carlos Gomes às 00:51
link do post | favorito
|

PASSEIO TT OURÉM-FRONTEIRA REAIZ-SE NO PRÓXIMO DIA 30 DE NOVEMBRO



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 22 de Novembro de 2013
ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA EM FORÇA NO CONCURSO CHEFE DE COZINHA DO ANO

Ivo Brandão, antigo aluno da Escola de Hotelaria de Fátima e atualmente cozinheiro no Hotel Palácio Estoril, ficou em terceiro lugar na final da 23ª edição do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano, que contou também com a participação de Ricardo Raimundo, ex-aluno e atual docente nesta escola. Estes dois candidatos foram apoiados respetivamente por Samuel Mota, que integra a equipa do chefe José Avilez no restaurante Belcanto, que recentemente viu renovada a sua estrela Michelin, e João Borralho, aluno do 3º ano do curso de Cozinha/Pastelaria na EHF.

O vencedor do concurso foi André Silva, da prestigiada Casa da Calçada, em Amarante, que também viu recentemente confirmada a sua estrela Michelin e que recebeu o troféu das mãos de Louis Anjos, Chefe Cozinheiro do Ano 2012 e antigo aluno da Escola de Hotelaria de Fátima.

A EHF foi a única escola hoteleira que se apresentou no Concurso, através da participação do Chefe Ricardo Raimundo. Organizado pelas Edições do Gosto, o CCA 2013 decorreu nas excelentes instalações da Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa e teve uma forte participação de profissionais do setor e de muito público interessado nesta matéria. A Direção da Insignare apresenta os parabéns aos 8 finalistas e muito especialmente ao vencedor e congratula-se com a excelência da organização.



publicado por Carlos Gomes às 18:51
link do post | favorito
|

OURÉM ESTEVE REPRESENTADO EM BUSSY SAINT-GEORGES (FRANÇA) NAS COMEMORAÇÕES DO ARMISTÍCIO DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

No âmbito da política de internacionalização definida pelo executivo camarário, o Chefe do Gabinete da Presidência, João Heitor, representou o Município de Ourém em Bussy Saint-Georges (França) nas cerimónias relativas à Comemoração do fim da I Grande Guerra Mundial. Estas cerimónias decorreram no dia 11 de novembro, com especial destaque para o momento em que foram recordados os 7500 portugueses mortos nesta localidade, aquando da presença portuguesa na I Grande Guerra.

O momento foi partilhado com o Presidente do Município de Bussy Saint-Georges, Hugues Rondeau, que manifestou vontade de iniciar uma relação oficial entre as duas edilidades, nomeadamente pela mensagem de fé e tolerância que Ourém e Fátima representam, reconhecida por milhões de pessoas em todo o mundo. Mostrou também disponibilidade para fomentar relações entre os dois municípios nas áreas sociais, de planeamento e ordenamento do território, consolidando dinâmicas turísticas e culturais entre as duas comunidades. Além da vontade expressa pelo Presidente Hugues Rondeau, o contacto com o Cônsul de Portugal em Paris, Pedro Lourtie, com o Parlamentar da Assembleia da República, Carlos Gonçalves, várias entidades municipais e associativas, assim como todos os membros da comunidade portuguesa que ali residem e trabalham, colocou em perspetiva a possibilidade de desenvolvimento de um acordo de cooperação entre os dois municípios.

O Município de Bussy Saint-Georges é composto por cerca de 27 mil habitantes, situando-se entre Paris e a Disneyland, com uma relevante e dinâmica atividade empresarial, protagonizada por alguns emigrantes portugueses. Possui uma comunidade composta por outros cidadãos do mundo, com diferentes crenças e credos, existindo assim diversas igrejas, templos e locais de culto de forma harmoniosa e tolerante.

Esta visita respondeu a um convite endereçado pelo Município de Bussy Saint-George, que suportou as despesas da viagem e da estadia da representação oureense.

IMG_0106



publicado por Carlos Gomes às 15:52
link do post | favorito
|

ALBURITEL: EXECUTIVO MUNICIPAL VISITA ESTRADA DAS FONTAÍNHAS EM REABILITAÇÃO

A reabilitação da Estrada das Fontainhas, que liga Alburitel ao acesso ao Centro Escolar Ourém Nascente encontra-se quase concluída, tendo sido visitada, na passada segunda-feira (18 de novembro), pelo executivo da Junta de Freguesia de Alburitel e pelo Presidente da Câmara Municipal de Ourém.

Imagem 026

Os trabalhos de reabilitação englobaram o alargamento da faixa de rodagem para uma largura de seis metros numa extensão de aproximadamente 1100 metros. Procedeu-se também à execução de trabalhos de melhoramento do sistema pluvial com a execução de valetas, coletores e aquedutos. O alargamento da faixa de rodagem garante a melhoria da circulação automóvel e pedonal, tendo sido reforçada a sinalização existente e marcações rodoviárias.

A empreitada teve um custo total de 136 540,35€ e responde a uma necessidade incontestável de melhoramento da Estrada das Fontainhas, via que possibilita o acesso ao Centro Escolar Ourém Nascente a partir de Alburitel, criando simultaneamente, condições para uma futura ciclovia.

Imagem 025

Imagem 035



publicado por Carlos Gomes às 15:46
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds