Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2014
MERCADOS ECORURAIS ESTÃO DE VOLTA A OURÉM


tags:

publicado por Carlos Gomes às 00:51
link do post | favorito
|

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014
EXCELENTE FECHO DE ANO PARA A EQUIPA DE PILOTOS DA FREIXIANDA

Paulo Ferraz e Luís Pegas terminaram o Rali de Fim de Ano da ECB na 13 º posição da geral e em 7º lugar da categoria IV. Excelente forma de terminar o ano para a dupla da Freixianda.

10402488_892848627412348_8801148709122054101_n

O piloto referia no final que " o rali correu bem, o resultado foi o menos importante pois com apenas 2 passagens de reconhecimentos não estávamos a espera de melhor, mesmo assim com a saída de estrada na primeira passagem não fizemos mau tempo, já na segunda passagem ficamos sem travões e pressão de turbo o que levou a piorar o tempo, mas isso foi o menos importante, acabou por ser um rali que serviu para ganhar experiência e habituação ao carro ,acabamos por ter um enorme susto quando na saída de estrada vimos alguém no meio da vegetação ,pois temi o pior ,apenas fiquei mais descansado quando cheguei ao parque de assistência e me ligaram a dizer que não tinha tocado nessa pessoa. Para o ano vamos ver como vai ser, pois como já tive a oportunidade de dizer , sem apoios será só para fazer duas ou três provas.

Um abraço e um bom 2025 para todos e que tudo corra como desejam."

Quanto a Hélder Salvador não alinhou a partida.

Fernando Teotónio foi o vencedor do Rali.

O Colégio de Comissários Desportivos decidiu cancelar a derradeira especial, depois de três despistes, fazendo com que Nelson Trindade e Herlander Trindade ocupassem as duas restantes posições do pódio.

Gil Antunes venceu as duas rodas motrizes, depois de terminar no 4º lugar da geral.

Este Rali fechou as comemorações dos 50 anos, a Escuderia Castelo Branco, homenageou os pilotos e navegadores seus sócios que ao longo dos anos, têm participado em provas de campeonatos nacionais.

Jorge Santos



publicado por Carlos Gomes às 18:41
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014
MUNICÍPIO DE OURÉM ESCLARECE SOBRE ATIVIDADES INDUSTRIAIS

Município de Ourém promove sessão informativa sobre o Decreto-Lei 165/2014

A Câmara Municipal de Ourém vai promover uma sessão informativa sobre o novo diploma legal que poderá permitir a regularização ou ampliação de atividades industriais, pedreiras, pecuárias e operações de gestão de resíduos. A sessão terá lugar no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho, no próximo dia 7 de janeiro, e terá início às 14h30 com entrada livre.

O Decreto-Lei 165/2014 entrará em vigor a 2 de janeiro de 2015 e mediante requerimento a apresentar pelos interessados, será alvo de análise e terá como culminar uma deliberação que levará a uma alteração pontual dos Instrumentos de Gestão Territorial (PDM, PP, PU), permitindo a legalização do edificado. O decreto-lei permite ainda a ampliação de instalações, mediante determinados condicionalismos.

A Câmara Municipal de Ourém disponibiliza um conjunto de informações sobre a matéria na sua página web, em Documentos Oficiais – Legislação – Decreto-Lei 165/2014.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 20:11
link do post | favorito
|

TEÓLOGA ISABEL VARANDA INAUGURA CICLO DE CONFERÊNCIAS NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Teóloga Isabel Varanda inaugurou V Ciclo de Conferências no Santuário de Fátima: Maria é a prova de que o humano é capaz de transcendência

A presença de Maria na Igreja

No passado domingo, Isabel Varanda, teóloga e docente da Universidade Católica Portuguesa, em Braga, foi a primeira conferencista do V Ciclo de Conferências que se propõe abordar, a um ritmo mensal, até abril de 2015, o tema do corrente ano pastoral, “Santificados em Cristo”.

_d0076193_4f281bf4488db

«A Mãe de Jesus estava com eles». A presença de Maria na Igreja foi o tema da conferência em que Isabel Varanda refletiu sobre as diversas expressões de Maria na história e no quotidiano da humanidade e da Igreja, num exercício sobre a identidade de Maria e sobre a luz que dela brota para a antropologia e para a compreensão do que é ser Igreja de Jesus Cristo, hoje: "Ao longo dos séculos os homens e mulheres conseguiram de facto levar Maria a um lugar de tal destaque que ela própria foi estímulo, foi inspiração e continua a ser inspiração para as mulheres de todos os tempos"; "[...] à imagem de Maria, a Igreja é convidada simplesmente a habitar, a encarnar pela Palavra e depois a dá-la à luz. [...] Mas para dar à luz é preciso gerar, isso é todo um processo que poderíamos apreender com Maria", afirmou a teóloga.

Citando as conclusões do acordo assinado conjuntamente entre católicos e anglicanos, Maria, graça e esperança em Cristo [da Comissão internacional Anglicana-Católica Romana, 2005], Isabel Varanda, destacou que "nenhuma interpretação sobre Maria pode obscurecer a mediação de Cristo", que "toda a consideração de Maria deve estar ligada às doutrinas de Cristo e da Igreja" e que "Maria foi preparada por graça para ser a mãe do nosso redentor, por quem ela própria foi resgatada e recebida na glória".

Com base nas conclusões do mesmo documento, Isabel Varanda referiu também que "reconhecemos Maria como modelo de santidade, de fé e de obediência para todos os cristãos", e que a sua figura "pode ser considerada como uma figura profética da Igreja".

Sobre os “incontáveis” atributos, invocações e propriedades que são reconhecidos a Nossa Senhora, a teóloga sintetiza: "Maria, a mulher em quem os crentes confiam nos momentos de aflição, nos momentos de alegria, no nascer como no morrer, nas duras labutas como no lazer, Maria é invocada Nossa Senhora nos guarde, Nossa Senhora te guie".

Maria é vista como uma mulher exemplar por um motivo único: "O ser a mãe de Jesus. O mistério de Maria lê-se à luz de Jesus Cristo; não podemos pensar Maria independentemente do seu filho, como também não poderemos falar do Filho sem falar dos benditos seios que o amamentaram".

A teóloga recordou também os núcleos básicos da fé cristã: "o dogma marial, a conceção virginal, a maternidade divina, a virgindade perpétua, a imaculada conceição e a assunção".

Para a teóloga, a pedagogia mariana é "coisa simples": "Maria, com a sua própria vida, como Porta do Céu, mostra-nos que também podemos ser portas, também somos capazes de ser portas, somos capazes de aceder e de experimentar esta transcendência que se faz real imanência".

Num tempo como o atual "em que se pretende reduzir o ser humano a uma mera biologia, a um materialismo biológico", Nossa Senhora é a prova de que "o humano é capaz de transcendência", de que "o ser humano é capaz de Deus".

No final da conferência Isabel Varanda convidou todos os presentes a dirigirem uma oração a Nossa Senhora.

L.S.

A conferência de janeiro, no dia 11, estará a cargo do Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, que refletirá sobre o tema «A quem iremos?». A peregrinação e a experiência da fé.

As cinco conferências do V Ciclo decorrem no Salão da Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores, com início às 16:00. Para mais informação www.fatima.pt.



publicado por Carlos Gomes às 14:24
link do post | favorito
|

Domingo, 28 de Dezembro de 2014
MOINHO DA FAZARGA NÃO FOI RECUPERADO COMO PREVISTO NO PROTOCOLO QUE O MUNICÍPIO DE OURÉM ESTABELECEU COM A EMPRESA COELHO & SÁ Ldª

O Protocolo estabelece o prazo de dezoito meses para a recuperação e reativação do moinho a contar de agosto de 2013

O Município de Ourém, a Junta de Freguesia de Fátima e a empresa Coelho & Sá Lda., celebraram no dia 19 de agosto de 2013 um protocolo com vista à recuperação do Moinho da Fazarga. Este moinho é propriedade do Município de Ourém e integra o conjunto de moinhos de vento do cabeço da Fazarga, situado na freguesia de Fátima, constando da lista de valores patrimoniais em PDM, bem como da lista do processo em curso da revisão do PDM.

Fazarga 011

Entre outros aspetos, o “Protocolo entra a Câmara Municipal de Ourém, a Empresa Coelho e Sá, Ldª e Junta de Freguesia de Fátima, na cláusula IV respeitante aos “Direitos e Deveres do Segundo Outorgante”, estabelece que “o processo de recuperação e reativação do moinho deverá decorrer no prazo de dezoito meses a contar a partir da entrada em vigor do presente protocolo”. Porém, prestes a esgotar-se o tempo estabelecido no contrato em questão, regista-se o fato das referidas obras de recuperação ainda nem sequer terem começado, permanecendo o moinho no seu estado de progressiva degradação e abandono.

Apesar das diligências efetuadas junto do Município de Ourém, o blogue AUREN não conseguiu obter quaisquer esclarecimentos a este respeito. As imagens domoinho que aqui se publicam foram feitas hoje.

Moinho Fazarga

PROTOCOLO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM, A EMPRESA COELHO E SÁ, LDA E JUNTA DE FREGUESIA DE FÁTIMA

PREÂMBULO

O Moinho da Fazarga, propriedade do Município de Ourém, integra o conjunto de moinhos de vento do cabeço da Fazarga, situado na freguesia de Fátima, que consta da lista de valores patrimoniais em PDM, bem como a lista do processo em curso da revisão do PDM.

Este conjunto molinológico é um dos mais qualificados no quadro dos patrimónios industriais no concelho, de acordo com os critérios de apreciação patrimonial nos termos da Lei n.º 107/2001, de 8 de setembro. Em harmonia com o disposto no artigo 17.º da Lei em apreço, apresenta um conjunto de caraterísticas que valorizam o Município, nomeadamente nas perspetivas Patrimonial, Educativa e Turística. São exemplos:

  1. a) A componente geográfica pela localização na freguesia de Fátima, nas proximidades da Cova de Iria, beneficiando das potencialidades turísticas do Santuário de Fátima;
  2. b) A componente paisagística, pela implantação no plano alto, com excelente visibilidade para as áreas que se estendem pelo Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, funcionando dessa forma como um leitor de paisagem;
  3. c) O valor técnico e material intrínseco. Do ponto de vista técnico representa um modelo caraterístico. É erguido com materiais locais, com métodos artesanais de construção; adota um sistema de moagem de cereal tradicional que tem o vento como força motriz. O moinho, propriedade do Município, apresenta planta circular, de volume único simples. A estrutura assenta em materiais e técnicas de construção artesanais e locais (cantaria de pedra calcária e argamassa com cal);
  4. d) A conceção arquitetónica representativa dos modelos tipológicos adotados para estas unidades molinológicas de vento;
  5. e) A extensão do bem e o que nela se reflete, do ponto de vista da memória coletiva, de grande importância, pelo percurso geracional destas unidades na relação com os moleiros que o dinamizaram. Saliente-se as histórias de vida dos antigos moleiros Adriano e Adelina, cujas narrativas foram registadas durante as suas vidas, o que confere a este equipamento um potencial cultural e educativo especial. Mas também é importante na relação com a comunidade de fregueses e, nos últimos anos já num plano turístico e de conhecimento, com os visitantes de outras proveniências, com relevo para o público escolar;
  6. d) Ou finalmente, os riscos de perda material irremediável do bem.

 Estas caraterísticas justificam a sua intervenção numa óptica de consolidação da estrutura de reabilitação ou reposição de algum do equipamento interveniente na ação moageira e preferencialmente, na sua refuncionalização.

Na impossibilidade de intervenção imediata no imóvel perante estabelecido na Lei 8/2012, com propósitos de salvaguarda e de reativação, o Município de Ourém recebe proposta apresentada por Arnaldo Coelho Heleno, gerente da empresa Coelho & Sá, Lda, que manifestou interesse em proceder à reabilitação e reativação do imóvel, assumindo os encargos inerentes.

Analisada a proposta, constata-se que o proponente tem um saber adquirido sobre o processo de funcionamento deste tipo de unidades de moagem, o que atualmente rareia no Concelho. Assumiu ainda a gestão do equipamento entre 1989 e 1994, mediante protocolo celebrado com a Região de Turismo de Leiria, Rota do Sol, então legítima proprietária do imóvel, o que lhe confere um conhecimento especialmente profundo da história do mesmo.

Nestes termos, a Câmara Municipal de Ourém representada pelo seu Presidente Paulo Alexandre Homem de Oliveira Fonseca, como Primeiro Outorgante, a empresa Coelho & Sá, Lda, representada por Arnaldo Coelho Heleno, como Segundo Outorgante e a Junta de Freguesia de Fátima, como Terceiro Outorgante, celebram entre si o protocolo de cooperação, que passará a ter a seguinte redação:

Cláusula I

Objeto

O presente Protocolo tem por objeto a atribuição de gestão do Moinho de vento da Fazarga, freguesia de Fátima, inscrito na matriz predial urbana sob o Artigo Matricial n.º 562 da mesma freguesia, a empresa Coelho & Sá, Lda, representada por Arnaldo Coelho Heleno.

Este acordo assenta num modelo de gestão ajustado pelas partes, destinado a cumprir os seguintes objetivos:

  1. Garantir a salvaguarda do património edificado concelhio, nomeadamente do património industrial pela via da recuperação;
  2. Valorizar as expressões culturais locais através da sua reativação e dinamização;
  3. Promover a formação pedagógica, nomeadamente dos públicos escolares através da realização de visitas escolares, com acompanhamento por conhecedores do funcionamento, da história e do sistema construtivo do moinho;
  4. Potenciar o desenvolvimento local através do reforço da oferta turística, por complementaridade ao património religioso de Fátima e ao património etnográfico local através do Museu Municipal.

Cláusula II

Período de Vigência

Sem prejuízo de eventuais revisões dos termos contratuais, o período de vigência deste Protocolo é de cinco anos, a contar da data da sua assinatura, sendo renovado automaticamente por período igual de tempo, caso não seja denunciado por qualquer das partes com 60 dias de antecedência.

Cláusula III

Direitos e Deveres do Primeiro Outorgante

  1. O Primeiro Outorgante compromete-se a ceder a gestão do moinho do vento da Fazarga ao Segundo Outorgante, para o cumprimento dos objetivos expostos na primeira cláusula.
  2. O Primeiro Outorgante reserva-se o direito de utilizar o moinho sempre que a realização de visitas culturais, educativas e turísticas o justifiquem. Nestes termos, o moinho integrará um novo Pólo Interpretativo doMuseu Municipalde Ourém. A dinamização será feita através de visitas e da produção, e disponibilização ao público de farinha com método de fabrico artesanal, com a chancela do Museu Municipal, enquanto gastronomia e expressão de identidade local.

Cláusula IV

Direitos e Deveres do Segundo Outorgante

  1. Compete ao Segundo Outorgante:
    1. Realizar as obras de recuperação e de manutenção do edifício assumindo os encargos inerentes. Dado tratar-se de um imóvel constante em PDM, como valor patrimonial e simultaneamente propriedade do Município, o programa de intervenção delineado, nomeadamente nas vertentes dos materiais, técnicas e faseamento de obra deverão ser submetidos à aprovação do Município, mediante parecer dos serviços técnicos doMuseu Municipale património cultural.
    2. Garantir o acolhimento de visitas escolares, culturais e turísticas sempre que solicitados previamente, mediante um agendamento direto, ou feito junto dos serviços do Museu Municipal de Ourém, ou da Junta de Freguesia de Fátima.
    3. Quando, excecionalmente, não for possível a presença do Segundo Outorgante no local aquando da visita, esta deverá ser articulada previamente com oMuseu Municipale a Junta de Freguesia, de forma a um dos parceiros assegurar a sua realização.
    4. O Segundo Outorgante reserva-se o direito de explorar a componente de moagem para fins de comercialização nos termos da promoção e valorização de produtos artesanais locais.
    5. O processo de recuperação e reativação do moinho deverá decorrer no prazo de dezoito meses a contar a partir da entrada em vigor do presente protocolo.
    6. Não poderá efetuar quaisquer obras ou outro tipo de intervenções físicas ou imateriais no edifício, as quais se desviem nos termos da cláusula I, assim como não poderá descurar de trabalhos de manutenção indispensáveis à salvaguarda do imóvel, sob pena de cessação imediata do Protocolo.
    7. A utilização deste edifício está exclusivamente afeta ao Segundo Outorgante, não podendo este cedê-lo a terceiros em circunstância alguma.

Cláusula V

Direitos e Deveres do Terceiro Outorgante

  1. Compete ao Terceiro Outorgante:
    1. Divulgar o moinho enquanto Pólo Turístico da freguesia de Fátima;
    2. Encaminhar pedidos de visitas escolares e turísticas para o Segundo Outorgante, com conhecimento ao Primeiro Outorgante;
    3. Participar na dinamização cultural e turística do moinho, mediante articulação prévia entre as partes envolvidas no presente Protocolo.

Cláusula VI

Devolução do Espaço

Aquando do Termo do presente Protocolo, qualquer que seja a causa, o Segundo Outorgante compromete-se a devolver a utilização do espaço ao Município, em boas condições de conservação.

 Cláusula VII

Casos Omissos

As questões omissas no presente Protocolo serão resolvidas por acordo das partes.

Cláusula Única

O presente Protocolo contém cinco folhas, todas numeradas e rubricadas pelos representantes das entidades outorgantes, à exceção da última que contém as suas assinaturas, sendo feito em triplicado, ficando um exemplar na posse de cada uma das entidades outorgantes.

Ourém,___ de _________ de 2013

Fazarga 013

Fazarga 019



publicado por Carlos Gomes às 21:00
link do post | favorito
|

MENSAGEM DE NATAL DO REITOR DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

«Hoje nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor» (Lc 2, 11).

No Presépio de Belém contemplamos um Deus que se aproxima totalmente de nós, manifestando assim um amor sem medida nem limites. Por natureza o amor aproxima e transforma. Por isso, no Natal celebramos a imensa ternura de Deus para connosco, uma ternura que nos toca e nos transforma. O mistério da natividade de Jesus revela-nos um Deus que vem para perto de nós e faz suas as nossas realidades humanas, inserindo-se totalmente na nossa história como companheiro fiel do nosso caminho, mas mostrando-nos, também, que a humanidade, em cada pessoa, é levada mais longe e santificada pela força do amor divino.

Precisamos de celebrar o Natal, porque nele afirmamos e revivemos o mistério pelo qual Deus se une incondicionalmente a nós, para nos fazer participar da Sua vida e da Sua santidade. A contemplação do mistério natalício desperta em nós o espanto e o assombro, a gratidão e a alegria, a solidariedade e o compromisso em favor dos irmãos.

Neste Santuário da Cova da Iria, onde a Senhora do Rosário insiste em afirmar o amor incondicional de Deus pela humanidade ferida, desejo a todos – peregrinos, colaboradores e amigos do Santuário – um Santo Natal, que nos faça experimentar a força transformadora da santidade de Deus.

Carlos Cabecinhas

Natal de 2014

 



publicado por Carlos Gomes às 10:12
link do post | favorito
|

Sábado, 27 de Dezembro de 2014
GREGÓRIO CORREIA: UM OUREENSE QUE SE BATEU NAS CAMPANHAS DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA PELA DEFESA DA SOBERANIA PORTUGUESA EM OLIVENÇA

Gregório Correia foi um dos bravos oureenses que se bateram nas guerras da Restauração em defesa da praça de Olivença, sacrificando a sua própria vida. O seu exemplo heroico merece ser lembrado aos oureenses e o dia 1º de dezembro que assinala a data histórica da Restauração da Independência Nacional em 1640 deveria ser celebrada em Ourém, à semelhança do que se verifica em muitas cidades e vilas do nosso país.

Tal como, cinco séculos antes fizera Martins Moniz para franquear as portas do Castelo de S. Jorge aos Portugueses, o oureense Gregório Correia conseguiu impedir que os invasores tomassem a vila de Olivença. Apenas em 1801, por ocasião da chamada “guerra das laranjas”, lograram os espanhóis apoderarem-se daquela praça portuguesa, mantendo-a ilegalmente na sua posse até à atualidade.

Olivença (21)

A imagem mostra as muralhas do castelo de Olivença onde o mártir oureense Gregório Correia se bateu heroicamente em defesa da soberania portuguesa com o sacrifício da sua própria vida.

“195. Feitos militares. – Nunca faltaram os ourienses a prestar á pátria os serviços militares que d’elles exigiu, e muitas vezes se fizeram afamados na defeza da independência. Acclamado rei, D. Doão IV, o Restaurador, seguiram-se os annos da guerra com a Hespanha: os terços da Extremadura eram os primeiros nas fronteiras a disputar o passo às tropas invasoras, ameaçando a província do Alemtejo. Corria o anno de 1641 quando o conde de Monte Rei saindo de Badajoz investira a NOSSA Olivença com as forças imponentes do seu commando; eram n’ella os ourienses, e para os immortalisar, um novo Martim Moniz na pessoa de Gregório Correia. – “Houve no successo referido (diz o auctor do Portugal Restaurado) acções muito assignalas: “foi das mais celebres, defender na porta, Gregório Correia, “natural do termo de Ourém, sendo de setenta annos, grande espaço, com um chuço aos castelhanos á entrada d’ella, e repetindo muitas vezes: Dou-me a Deus, e ao meu rei D. João, afastae castelhanos que não haveis de entrar. – Foi invencível recebendo grande numero de golpes, etc.”

- in ELYSEU, José das Neves Gomes. Esboço Histórico do Concelho de Villa Nova de Ourém. Lisboa. 1868. Ourém. Três Contributos para a sua História. Câmara Municipal de Ourém. 1988.



publicado por Carlos Gomes às 10:55
link do post | favorito
|

OLIVENTINOS QUEREM SER PORTUGUESES – NÃO ESQUECEMOS OLIVENÇA!

Dezenas de habitantes de Olivença obtêm nacionalidade portuguesa

80 habitantes de Olivença, território português de jure sob ocupação de Espanha, adquiriram recentemente a nacionalidade portuguesa, tendo sido entregues mais 90 pedidos junto do Estado português para obter a dupla nacionalidade, anunciou hoje a associação Além Guadiana.

Olivença (48)

A associação tem sido a entidade "canalizadora" deste processo, uma vez que tem como missão «divulgar e preservar» naquele território, que considera «singular e bicultural», o património e a cultura portuguesa.

«Além de outros oliventinos que possam ter adquirido a nacionalidade portuguesa por outras vias, há 80 pessoas com dupla nacionalidade. E já estão solicitados mais 90 pedidos para obter a nacionalidade portuguesa», explicou Eduardo Machado, um dos fundadores da Além Guadiana.

De acordo com o responsável, que falava à Lusa à margem da apresentação dos resultados obtidos com esta iniciativa, numa unidade hoteleira em Olivença, «muitos destes novos pedidos» que estão em curso são de descendentes de oliventinos (naturais de Olivença, historicamente disputada entre Portugal e Espanha) que já adquiriram a nacionalidade portuguesa.

Os cidadãos que já obtiveram a dupla nacionalidade possuem ascendência portuguesa, sendo a associação um «veículo» que contribui para que todo o processo seja concluído com sucesso.

Aliás, uma das atividades «mais importantes» da associação, formada em 2008, tem sido o acompanhamento do processo de adquisição da nacionalidade portuguesa para os oliventinos que o desejarem. «Nós fomos uns meros canalizadores desta vontade popular», sublinhou.

Eduardo Machado explicou que o processo burocrático junto do Estado português «não é complicado», apesar de longo.

Em Olivença fala-se português desde a Idade Média, embora o seu uso se encontre hoje reduzido às camadas mais idosas, quando estão em «ambiente familiar». A presença portuguesa em Olivença é evidente em vários locais, sendo um dos maiores exemplos a igreja de Santa Maria da Madalena, o único espaço religioso espanhol de estilo manuelino.

O templo, obra da arquitetura portuguesa do século XVI, rico na talha dourada, na azulejaria e nos elementos marítimos, é visitado diariamente por centenas de turistas. Olivença está localizada na margem esquerda do rio Guadiana, a 23 quilómetros da cidade portuguesa de Elvas e a 24 quilómetros de Badajoz (Espanha).

Fonte: Lusa

Olivença (10)

Olivença (9)

Olivença (39)

Olivença (34)

Olivença (41)

Olivença (4)

Olivença (21)

Olivença (16)

Olivença (7)

Olivença (5)

Olivença (44)



publicado por Carlos Gomes às 09:59
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014
REITOR DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRESENTA CONFERÊNCIA SOBRE A PEREGRINAÇÃO E A EXPERIÊNCIA DA FÉ

Intitulada «A quem iremos?». A peregrinação e a experiência da fé, a segunda conferência do ciclo temático iniciado este mês de dezembro está agendada para 11 de janeiro de 2015, domingo, e estará a cargo do Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas.

A conferência iniciará às 16:00, no Salão da Casa de Retiros de Nossa Senhora das Dores, no Santuário de Fátima, e está aberta à presença de todas as pessoas interessadas.



publicado por Carlos Gomes às 11:19
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2014
AS ORIGENS NÓRDICAS DO PAI NATAL

Odin, rei do Asgard na mitologia nórdica, é para os povos escandinavos o mesmo que Zeus e Júpiter foram respectivamente para os gregos e os romanos. Quando não habita o seu palácio dourado, o Gladsheim, Odin, ou Woden encontra-se no Valhala que é o "salão dos mortos", entre os heróis e onde pontificam as formosas valquírias a quem compete manter permanentemente cheios os vasos de bebida que são feitos de chifre. É ainda às valquírias que compete eleger os heróis e decidir a sua sorte no campo de batalha, quem haverá de morrer e, finalmente, conduzir os bravos ao Valhala. "Val" significa morto.

Por seu turno, Odin possui como companheiros inseparáveis dois corvos - Hugin e Munin - que representam respetivamente o Pensamento e a Memória, os quais voam diariamente através do mundo para lhe levarem as notícias acerca dos atos cometidos pelos humanos. Uma vez convenientemente informado pelos seus corvos, Odin parte num trenó puxado por renas levando consigo presentes com que irá recompensar as boas ações praticadas ao longo do ano. Eis o mito que verdadeiramente se encontra na origem da fabulosa crença do "Pai Natal", séculos mais tarde adaptado pela Igreja Católica a uma versão mais cristianizada, com a substituição de Odin por um corpulento bispo que também distribuía presentes - São Nicolau. Em qualquer dos casos, trata-se de um enxerto efetuado na nossa cultura cujas tradições, durante séculos, apenas conheceram a veneração ao "menino Jesus".

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com/

A gravura é uma representação de Odin, divindade da mitologia nórdica da qual se originou a figura do "Pai Natal".

Nicolau de Bari procurou cristianizar uma tradição pagã de origem nórdica, a qual não possui quaisquer raízes bíblicas.



publicado por Carlos Gomes às 19:42
link do post | favorito
|

FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR EM 2015



publicado por Carlos Gomes às 17:12
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2014
O BLOGUE “AUREN” DESEJA A TODOS OS SEUS LEITORES E AMIGOS UM FELIZ NATAL E UM ANO NOVO MAIS PRÓSPERO!

 


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:42
link do post | favorito
|

PSD OURÉM DESEJA BOAS FESTAS

unnamed (1)


tags:

publicado por Carlos Gomes às 13:05
link do post | favorito
|

SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA CURSO SOBRE MENSAGEM DE FÁTIMA

6.ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima com inscrições abertas

Apostado em continuar a proporcionar a todos os interessados um maior conhecimento e aproximação à Mensagem de Fátima, o Santuário de Fátima leva a efeito, no início do próximo ano, a 6.ª edição do Curso sobre a Mensagem de Fátima “O triunfo do amor nos dramas da história”. A iniciativa está integrada no programa preparatório e celebrativo do Centenário das Aparições e realiza-se entre 9 e 11 de janeiro, na Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, no Santuário, com início às 20:00 do dia 9, sexta-feira, e encerramento ao final da manhã do dia 11, domingo.

A formação está de novo a cargo da Irmã Ângela Coelho, postuladora da Causa da Canonização de Francisco e Jacinta Marto e vice-postuladora da Causa da Beatificação da Serva de Deus Lúcia de Jesus e os conteúdos a abordar repartem-se por treze temáticas que vão desde o enquadramento teológico das aparições à biografia e perfil espiritual dos videntes, passando por temas como “A pedagogia do Segredo: do medo à mudança” e “Centralidade de Deus e convite à adoração”.

As inscrições estão abertas a partir de hoje e devem ser efetuadas através do envio da Ficha de Inscrição, disponibilizada nos serviços de atendimento ao público do Santuário e também em www.fatima.pt, para o Secretariado do Curso.

A inscrição para participação no Curso é gratuita e considerada por ordem de inscrição, até ao preenchimento das 75 vagas, limite máximo para o número de participantes.

Em caso de necessidade é possível o alojamento e a toma das refeições no Santuário de Fátima, mediante o pagamento das respetivas taxas, sendo que também a disponibilidade de alojamento é limitada, sujeita a confirmação e considerada por ordem de chegada.

Para envio da ficha de inscrição - que também segue aqui, como anexo - e/ou para mais informações:

Santuário de Fátima

Secretariado do Centenário das Aparições

Curso sobre a Mensagem de Fátima

Apartado 31

2496-908 Fátima

congressos@fatima.pt

[TEL. 249 539 600]



publicado por Carlos Gomes às 12:09
link do post | favorito
|

REAL ASSOCIAÇÃO DO MÉDIO TEJO DESEJA BOAS FESTAS

unnamed (1)



publicado por Carlos Gomes às 10:16
link do post | favorito
|

AS ORIGENS PAGÃS DO BOLO-REI

À semelhança do que sucede com a generalidade dos costumes atuais, perde-se no tempo a verdadeira origem do bolo-rei (ou bolo dos reis), da mesma forma que também este apresenta formas e designações variadas consoante as culturas. Assim, em Inglaterra mantém-se a tradição de comer e efetuar corridas com panquecas por ocasião da Terça-feira Gorda. Tratam-se, na realidade, de festividades de origem pagã que se encontram ligadas a rituais de fertilidade que outrora se realizavam por ocasião do Entrudo e visavam preparar a chegada da Primavera e, como ela, o renascimento dos vegetais.

Bolo-Rei

A própria designação de Terça-feira Gorda remete-nos para o antigo costume de fazer desfilar pela cidade um boi gordo antes de sacrificá-lo, prática cujas reminiscências ainda se preservam nomeadamente através das largadas de touros e na corrida da Vaca das Cordas. Da mesma forma que nos festejos carnavalescos se preserva a figura do respetivo Rei que cabia outrora àquele que no bolo encontrasse a fava ou o feijão dourado, sendo como tal tratado durante o ano inteiro.

Por seu turno, os romanos introduziram tal prática por ocasião das saturnais que eram as festividades que se realizavam em 25 de Dezembro, em celebração do solstício de Inverno, também eles elegendo um rei da festa escolhido á sorte pelo método da fava. À semelhança do que se verifica com a Coroa do Advento, a sua forma circular remete para antigos ritos solares perfeitamente enquadrados nas festividades solsticiais e nas saturnais romanas.

Com vista à conversão dos povos do Império Romano que preservavam em geral as suas crenças pagãs, o Cristianismo passou a identificar o “bolo-rei” com a celebração da Epifania e, consequentemente, aos Reis Magos. E, assim, aos seus enfeites e condimentos passaram a associar-se as prendas simbólicas oferecidas ao Messias ou seja, a côdea, as frutas secas e cristalizadas e o aroma significam respetivamente o ouro, a mirra e o incenso. Apesar disso e atendendo a que eram três os reis magos, esta iguaria não passou a ser identificada como “bolo dos reis”, conservando apenas a sua designação como “bolo-rei” ou seja, contrariando a sua própria conversão.

Durante a Idade Média, este costume enraizou-se na Europa devido à influência da Igreja a tal ponto que passou a ser celebrado na própria corte dos reis de França e a ser conhecido como Gâteau des Rois. Porém, com a revolução francesa, o mesmo veio a ser proibido em virtude da sua alusão á figura real, o mesmo tendo sucedido entre nós, imediatamente após a instauração da República, tendo alguns republicanos passado a designá-lo por “bolo-presidente” e até “bolo Arriaga”, em homenagem ao então Presidente da República.

Quanto aos seus condimentos e método de confeção, é usual associar-se à tradição da pastelaria francesa a sul do Loire, o que parece corroborar com a informação de que foi a Confeitaria Nacional a primeira casa que em Portugal produziu e vendeu o bolo-rei a partir de uma receita trazida de França, por volta de 1870. Resta-nos saber, até que ponto, também esta não terá buscado inspiração no tradicional bolo inglês.

Com a aproximação da Páscoa associada à chegada da Primavera e, com ela, o renascimento da Vida, o tradicional folar não trará favas escondidas no seu interior mas ovos que simbolizarão a fertilidade, de novo a evocar ritos ancestrais a um tempo anterior à nossa conversão ao Cristianismo.

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com/



publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito
|

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2014
MENSAGEM DO REITOR DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA PARA O NATAL DE 2014

Mensagem disponibilizada em Língua Gestual Portuguesa

“Precisamos (Todos) de celebrar o Natal”

A Mensagem do Reitor do Santuário de Fátima para o Natal deste ano – já enviada também por este meio – é agora igualmente disponibilizada com interpretação em Língua Gestual Portuguesa (LGP), através das páginas oficiais do Santuário de Fátima na Internet.

A proposta desta interpretação foi apresentada ao Santuário de Fátima pelo grupo de trabalho que dominicalmente tem a seu cuidado a interpretação em LGP da Eucaristia das 15:00, celebrada na Basílica da Santíssima Trindade desde maio de 2013, e foi prontamente aceite pela instituição.

O Santuário de Fátima entende que esta é mais uma forma de anunciar a alegria do nascimento do Deus Menino, para que o Natal seja verdadeiramente para todos, sem exclusões, sinal de aproximação dos crentes ao amor misericordioso de Deus.

Na Mensagem de Natal, o Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, convida à contemplação da representação do Presépio de Belém como a imagem de um “amor sem medida nem limites”, um amor que “por natureza aproxima e transforma”, um amor que faz “experimentar a força transformadora da santidade de Deus”.

Para o reitor, “precisamos de celebrar o Natal”, porque é pela sua celebração que “afirmamos e revivemos o mistério pelo qual Deus se une incondicionalmente a nós, para nos fazer participar da Sua vida e da Sua santidade”.

LeopolDina Simões

www.fatima.pt/portal/index.php?id=89217 



publicado por Carlos Gomes às 19:01
link do post | favorito
|

GONDEMARIA RECEBE JORNAL “A VOZ DA ALDEIA” EM VÉSPERA DE NATAL



publicado por Carlos Gomes às 15:26
link do post | favorito
|

GEPE OURÉM DESEJA BOAS FESTAS

GEPE Ourém


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:23
link do post | favorito
|

CENTRO DE PATRIMÓNIO DA ESTREMADURA DESEJA BOAS FESTAS

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 15:16
link do post | favorito
|

FÁTIMA: GRUPO DESPORTIVO EIRAPEDRENSE ORGANIZA GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO

O Grupo Desportivo e Cultural Eirapedrense, com sede em Eira da Pedra - Fátima, vai realizar no dia 22 de fevereiro de 2015 o seu 16ª Grande Prémio de Atletismo.

Esta é já uma prova com história e onde é habitual reunir diversos clubes e atletas a nível nacional, contamos com a presença de cerca de 500 atletas. Este ano, mais uma vez, vamos proporcionar para além da prova de 14 Km, uma caminhada de cerca de 7 km para que todos possam participar neste evento desportivo.



publicado por Carlos Gomes às 00:54
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014
CENTRO COMUNITÁRIO DE VOLUNTARIADO DE OURÉM OFERECE PRESENTES A 76 CRIANÇAS

O Centro Comunitário de Voluntariado de Ourém promoveu a festa “Mimos de Natal” que proporcionou uma tarde de animação e convívio às crianças pertencentes a famílias beneficiárias da loja social “Ponto de Partilha”. Esta ação decorreu no dia 19 de dezembro e contemplou um lanche partilhado e a entrega de presentes a 76 crianças.

Imagem 077

A festa “Mimos de Natal” contou com a presença da vereadora Lucília Vieira que além de desejar boas festas aos presentes, felicitou toda a equipa do Centro Comunitário de Voluntariado e entregou lembranças simbólicas às voluntárias deste espaço.

Na véspera, o Centro Comunitário de Voluntariado já havia recebido o convívio de Natal do “Clube Madrinha/Padrinho Sénior” onde esteve presente o presidente da Câmara, Paulo Fonseca, e elementos da PSP que deixaram alguns conselhos de segurança específicos desta época do ano. Paulo Fonseca felicitou padrinhos/madrinhas e afilhados por esta iniciativa e deixou votos para que este momento de convívio se repita por muitos anos.

Na ocasião foi ainda apresentada uma exposição promovida pela Polícia de Segurança Pública e envolvendo a comunidade educativa, que estará patente neste espaço até janeiro de 2015.

Imagem 046

CCV - padrinho_Madrinha 037

CCV - padrinho_Madrinha 026


tags:

publicado por Carlos Gomes às 15:18
link do post | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM INVESTE NA EDUCAÇÃO

Dando continuidade à política de excelência na área da educação, estão a ser realizadas diversas intervenções em alguns estabelecimentos escolares do concelho com o objetivo de valorizar e aumentar os espaços de recreio e, consequentemente, a qualidade das atividades lúdicas das crianças.

VisitaCE

Estas melhorias, que contaram com a ajuda financeira da comunidade educativa, nomeadamente das associações de pais, contemplaram a colocação de sombreamento no espaço exterior dos Centros Escolares Beato Nuno e Cova da Iria, sendo neste último também colocado um parque infantil. No Centro Escolar Ourém Nascente o espaço exterior foi melhorado, com a colocação de um espaço relvado e um parque infantil.

São investimentos que estão em curso e cujo montante total será apurado após verificação de todos os centros escolares.

Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém, visitou os espaços escolares destacando a importância destas pequenas intervenções na melhoria da qualidade de vida escolar das crianças. Enalteceu ainda o papel dos pais na “reunião de sinergias” para resolver os problemas do dia a dia, concluindo que a aposta nesta área “não é nunca um gasto, antes um investimento nas gerações mais jovens, na certeza de que representa uma aposta no futuro do nosso concelho”.

CEOurNascente

CEBeatoNuno


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:13
link do post | favorito
|

Domingo, 21 de Dezembro de 2014
MUSEU “O MILAGRE DE FÁTIMA” DESEJA BOAS FESTAS



publicado por Carlos Gomes às 11:03
link do post | favorito
|

NATALE SOLIS INVICTI OU O SOLSTÍCIO DO INVERNO

Celebra-se hoje o Solstício do Inverno

Todo o mundo cristão celebra por esta altura o nascimento de Jesus, não obstante desconhecerem-se quaisquer referências históricas ou bíblicas que mencionem a data em que tal acontecimento se verificou. Por conseguinte, o Natal é festejado a 25 de Dezembro ou a 7 de Janeiro de acordo com as tradições católica ou ortodoxa, em virtude da adoção dos calendários juliano ou gregoriano. Ora, é nesta ocasião que ocorre o solstício do inverno ou nascimento do sol, precisamente a altura em que os raios solares deixam de decrescer e passam de a aumentar, fazendo de novo crescer os dias em relação às noites.

Os cultos solares são bastante remotos entre nós como atesta a suástica (na foto) encontrada na citânia de Briteiros, em Guimarães

 

Desde a mais remota antiguidade que o ser humano adorou o sol, deificando-o e atribuindo-lhe a primazia sobre as demais divindades. Tal sucedeu na Caldeia, na Palestina e no Egipto, aqui adorado sob o nome de Ra. Na antiga Pérsia e na Índia, o deus Sol era designado por Mitra tendo o seu culto dado origem ao mitraísmo que viria mais tarde a rivalizar com o cristianismo a sua influência no Império romano, acabando por vir a sucumbir com a sua queda e mais tarde acabando por desaparecer por completo com o avanço do islamismo na Pérsia. Antes, porém, o mitraísmo fora assimilado pelos gregos e espalhou-se por todo o Império romano. O deus Mitra era geralmente representado por um jovem com um boné frígio, túnica e manto sobre o ombro esquerdo. Esta religião era superiormente dirigida por um sumo pontífice a os seus sacerdotes ostentavam sobre a cabeça uma mitra. Curiosamente, trata-se do chapéu com que os bispos se apresentam quando envergam as vestes pontificais, tendo a sua origem na Pérsia e no Egipto, correspondendo ao turbante e por conseguinte aludindo à adoração de Mitra.

Não admira, pois, que ao culto solar tenha sido sobreposta a adoração ao menino Jesus, sendo-lhe atribuída a data do seu nascimento precisamente numa altura em que os romanos celebravam o natale solis invicti consagrado ao deus Sol, à semelhança do que se verifica com inúmeras festividades pagãs que foram de algum modo adaptadas e "convertidas" à crença cristã. Na mesma ocasião realizavam os romanos as saturnais ou saturnálias que, como o próprio nome indica, eram festividades consagradas a Saturno, trocavam de presentes e organizavam um banquete público, aspetos que de alguma forma podemos relacionar com as tradicionais "festas dos rapazes" em várias localidades de Trás-os-Montes. Aliás, o culto a Saturno chegou a ser muito difundido na Península Ibérica, tendo diversos escritores da antiguidade referindo-se à existência de santuários entre os quais se supõe ter havido um na Ínsua do rio Minho, um local onde atualmente as gentes locais vão em peregrinação ao Senhor Jesus dos Mareantes, fazendo festa rija em Agosto. Saturno era o deus protetor dos semeadores e das sementes, pelo que os romanos acreditavam que durante as saturnais regressava a abundância, assegurando a fertilidade durante essa época do ano.

Ainda em relação ao mitraísmo, também este possuía extraordinárias semelhanças com o cristianismo, entre as quais a crença no céu e no inferno, na ressurreição, nos pastores que tal como os reis magos ofereciam presentes, no dilúvio, na santificação do domingo, na prática da confissão e da comunhão e, finalmente, a própria celebração do 25 de Dezembro!

A celebração do nascimento de Jesus constitui atualmente uma festa que é vivida com grande intensidade pelo povo português e que, apesar da sua significação profundamente religiosa, também não escapa às regras de funcionamento de uma sociedade mercantilizada, virada cada vez mais para os interesses materiais em detrimento dos valores espirituais. Não obstante, as festividades da quadra natalícia encontram-se profundamente enraizadas no nosso folclore revelando-se através das mais diversas manifestações de cariz popular, na gastronomia, na música, nas lendas e de um modo geral em todos os aspetos que envolvem tais celebrações. Não obstante, temos principalmente nos últimos tempos vindo a constatar que tradições oriundas de outros países têm vindo a substituir alguns costumes genuínos do nosso povo, como sucede com a reverência ao "Pai Natal", agora destituído para dar lugar a S. Nicolau, quando outrora as festividades decorriam exclusivamente em torno do "menino Jesus". Da mesma forma que o tradicional presépio cedeu o lugar ao nórdico pinheiro de Natal enfeitado com flocos de neve, mesmo em locais onde jamais nevou...

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com/



publicado por Carlos Gomes às 10:51
link do post | favorito
|

BOMBEIROS PARA SEMPRE DESEJA BOAS FESTAS

image006



publicado por Carlos Gomes às 10:05
link do post | favorito
|

Sábado, 20 de Dezembro de 2014
BIBLIOTECA MUNICIPAL DE OURÉM REALIZA ATELIER MUSICAL PARA PAIS E FILHOS

Pais e filhos com música

Sábado, 20 de dezembro - das 10h30 às 11h30

Biblioteca Municipal de Ourém

Atelier musical, destinado a crianças a partir dos 2 anos, acompanhadas de um adulto, dinamizado pelo Maestro José Miguel Vitória Rodrigues, Diretor Artístico do projeto “PAM – Primeira Aula de Música”.

Preço: €4,00/por criança + adulto

Inscrições na Biblioteca Municipal de Ourém ou através do n.º de tel. 249 540 900 (ext. 6841)

Número mínimo de inscrições: 5 crianças + 5 adultos



publicado por Carlos Gomes às 12:00
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014
MUNICÍPIO DE OURÉM DESEJA BOAS FESTAS

unnamed (3)


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:05
link do post | favorito
|

FUNDAÇÃO INATEL DESEJA BOAS FESTAS


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 16:11
link do post | favorito
|

CLUBES ROTÁRIOS ENTREGAM ALIMENTOS

Os mais de 200 clubes rotários, incluindo as novas gerações, dos dois distritos portugueses, começaram a entregar os alimentos, que se comprometeram a angariar, de acordo com o projeto "Postais por Alimentos".

Os rotários assumiram a compra de um quilo de alimentos, por cada um dos cinco mil postais que enviaram. Esta iniciativa foi partilhada pelos clubes e sócios rotários, que escolheram a associação destinatária dos bens alimentares.

Muitas entidades e associações, que receberam os postais de Rotary, quiseram associar-se a este momento, contribuindo para o aumento dos valores de alimentos previstos. É o caso do Rotary Club de Arouca, que vai fazer chegar os alimentos, na próxima segunda, dia 22 de dezembro, ao Centro Social e Cultural de Fermedo / Escariz e Mato, no lugar do Corouto, em Escariz (Arouca). O clube rotário conseguiu, com parcerias locais, angariar mais de 400 quilos de alimentos, que vai entregar na associação, a partir das 14,00 horas, na presença de entidades públicas locais.

Um momento de partilha, assente no compromisso de Rotary de encontrar soluções, junto das suas comunidades.

A Comissão de Relações Públicas e Imagem D1970



publicado por Carlos Gomes às 14:04
link do post | favorito
|

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM DESEJA BOAS FESTAS



publicado por Carlos Gomes às 10:44
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014
MUSEU DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA ABRE AO PÚBLICO EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS EM FÁTIMA

19 de dezembro a 25 de janeiro, Terça a domingo, 10h00-17h00, no MASE - Museu de Arte Sacra e Etnologia de Fátima

O Museu da Presidência da República abre ao público, no próximo dia 19 de dezembro, em parceria com o MASE - Museu de Arte Sacra e Etnologia e a LaMASE - Liga dos Amigos do MASE, a exposição temporária “Contemplar a Glória – Representação da Natividade na Arte Contemporânea”, no Museu de Arte Sacra e Etnologia, dos Missionários da Consolata, em Fátima.

A mostra integra cerca de 40 presépios da coleção de Maria Cavaco Silva, selecionando-se os exemplos mais significativos da arte presepista contemporânea. Trabalhos de conceituados autores que possuem já obras no Santuário de Fátima, como os de Siza Vieira, Cristina Leiria, Clara Menéres, José Aurélio, entre outros, estarão em exposição até ao dia 25 de janeiro.

Esta iniciativa pretende dar a conhecer aos visitantes a diversidade da representação da Natividade, a partir de um olhar contemporâneo sobre o tema e do gosto informado da colecionadora.

CristinaLeiria.jpg

ClaraMeneres.jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:08
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE COROS NATALÍCIOS

10289798_10203328298671544_5729558070796236995_n



publicado por Carlos Gomes às 16:03
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014
FREIXIANDA REALIZA CAMPANHA DE BOAS FESTAS A FAVOR DOS BOMBEIROS

Tendo em vista desejar as boas festas á população da sua área de actuação e ao mesmo tempo angariar alguns donativos, a Liga de Amigos da Secção de Bombeiros de Freixianda promove a distribuição de calendários de parede durante todo o mês de Dezembro.

A semelhança do que já acontece noutros países a LASBF irá distribuir estes calendários á população em estabelecimentos comerciais e edifícios públicos da União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais bem como na União de Freguesias de Rio de Couros e Casal dos Bernardos. Estarão os mesmos também disponíveis no quartel em Freixianda. Esta foi a solução mais prática visto ser um tarefa difícil percorrer todas as habitações destas duas freguesias. Nos locais de distribuição haverá um "mealheiro" onde cada pessoa poderá fazer o donativo que bem entender.

"Numa altura em que os calendários estão tão na moda achamos que era importante fazermos também o nosso de forma institucional e lembrar as pessoas que ao longo de todos os dias do ano os soldados da paz da sua terra estão cá para os servir. Se quiserem ajudar com um donativo melhor, será sempre uma ajuda para a concretização dos nossos obectivos! refere Bruno Silva presidente da Liga de Amigos.

A secção de Bombeiros de Freixianda dos BV de Ourem assinala em 2015 o seu XXX Aniversário.

Locais com Calendários:

- Bombeiros Freixianda 

- Bar " O Bombeiro" 

- União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

- Caixa de Leiria - Balcão de Freixianda 

- Tzg Talhos

- Nacsegur Mediação de Seguros - Freixianda 

- Acácio Marques Gomes - Bombas da Galp 

- Café Manuel Trouxa – Póvoa

- Tecmore Eletrodomésticos – Freixianda

- Café Restaurante Lena Boiça - Aldeia de Sta Teresa

- Superfreixianda Supermercado

- Pastelaria Sonho Meu - Rio de Couros

(Em actualização)



publicado por Carlos Gomes às 18:37
link do post | favorito
|

UNIÃO EUROPEIA DÁ UM CHOURIÇO A QUEM LHE DEU O PORCO

Bruxelas concede a Portugal aumento das quotas de pesca em 7,8% na ZEE portuguesa

Os ministros das Pescas da União Europeia concederam aos pescadores portugueses a possibilidade de poder capturar mais pescada e carapau e menos lagostim, traduzido num aumento global de 7,8% em relação ao ano anterior.

1278500_584453134951093_173487309_n

A União Europeia autoriza Portugal a aumentar as quotas individuais como na pescada em 15%, o equivalente a mais 634 toneladas, no carapau em 10% e no tamboril em6%. Em contrapartida, terá de diminui a pesca de lagostim em 10%, ou menos 18 toneladas, comparativamente ao ano ainda em curso, e de raias, também de 10%, ou menos 117 toneladas. Noutras espécies, Portugal mantém as quotas que lhe foram atribuídas em 2013, casos do biqueirão, juliana, linguado e solha.

A generosidade deste acordo que a ministra da Agricultura e do Mar classifica como “histórico” sugere-nos o dito popular segundo o qual “a União Europeia dá-nos um chouriço após lhe oferecermos o porco”. Refira-se que, aquando do Tratado de Lisboa, o governo português transferiu para a União Europeia a gestão das pescas na área da Zona Económica Exclusiva (ZEE) portuguesa.

Carlos Gomes

Fotos: Luís Eiras / http://esposendealtruista.blogspot.pt/



publicado por Carlos Gomes às 14:22
link do post | favorito
|

INSIGNARE DESEJA BOAS FESTAS!

image003


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 11:25
link do post | favorito
|

OFERTAS DE EMPREGO DA LIFE – DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E EMPREGO DA INSIGNARE (17 DEZEMBRO)

LIFE - Departamento de Formação e Emprego da INSIGNARE

Contactos: Rua Santa Teresa de Ourém, nº 13 – AP 107 2490 – 242 Ourém Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

cabeçalho-01

  1. Contabilista, Auditor, Revisor oficial de Contas e similares (m/f) – 588507557 IEFP – Ourém. Técnico Oficial de Contas com autonomia inscrito na ordem dos técnicos oficiais Licenciado em contabilidade e finanças, com experiência consolidada na área de contabilidade no mínimo 5 anos, dinâmico e com espírito de equipa para desempenhar funções inerentes á sua formação académica, nomeadamente a responsabilidade técnica de acordo com os estatutos da ordem.
  2. Operador de máquinas de escavação, terraplanagem e similares (m/f) – 588507138. IEFP - Ourém. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. Procura condutor manobrador de máquinas com carta de condução e CAP.
  3. Cozinheiro (m/f) – 588507112 IEFP – Ourém. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. Procura cozinheiro/a com 12 meses experiência, gosto por trabalho na cozinha, polivalente com capacidade de iniciativa e gosto pelo trabalho de equipa.
  4. Inspetores e técnicos de saúde, trabalho e ambiente (m/f) 588506103 IEFP – Ourém. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. O candidato deverá ter as competências necessárias para implementar todos os serviços previstos na Lei nº3/2014 de 28 Janeiro. Deverá ter ainda disponibilidade para deslocações frequentes em todo o país. Será dada preferência aos candidatos que tenham experiência na realização de auditorias de segurança e higiene do trabalho, implementação de HACCP e na utilização de equipamento de avaliação de ruído no posto de trabalho, conforto térmico e avaliação dos níveis de iluminância.
  5. Motorista de veículos pesados de mercadorias (m/f) 588506054 IEFP – Ourém. Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego e que tenha experiência como motorista de pesados em transporte internacional e que tenha carta de articulados e certificação CAM.
  6. Pasteleiro (m/f) 5885005796 IEFP – Ourém. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. Procura pasteleiro com dois anos de experiência.
  7. Mecânico e reparador de equipamentos electrónicos(m/f) 588506938 IEFP – Tomar. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. Procura funcionário que saiba reparar pequenos electrodomésticos.
  8. Vendedor em loja (m/f) 588505687 IEFP – Torres Novas. Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito no Centro de Emprego. Necessitam de colaborador com experiência na área de vendas ao nível de retalho especializado ou como caixeiro de peças ou rececionista automóvel. Disponibilidade para trabalhar em horários rotativos, sentido de orientação para cliente e qualidade no atendimento., responsável polivalente e gosto pelo ramo automóvel.
  9. Vendedor em Loja (m/f) 588505456 IEFP – Torres Novas. Medida Estimulo Emprego: Esta oferta obriga a que o candidato esteja inscrito como desempregado no Centro de Emprego e se encontre nas situações legalmente previstas. Vendedora em loja Experiência comprovada em dermocosmética.
  10. Chefe de Cozinha (m/f) LIFE 17/12Lousã – Faster Produtos Alimentares procura Chefe de Cozinha. Experiência de 3 a 5 anos; Conhec de HACCP. Mais informações e Cv detalhado parafaster@faster.pttel 239991223.
  11. Estagiários (m/f) LIFE 17/12 – Golegã. Empresa alimentar procura candidatos paraq estágio de 3 meses a iniciar em janeiro 2015. Formação em Hotelaria e conhecimentos de cozinha. Mais informações e contactos: Mónica Rodrigues. Zona Ind. Lote 6 - Apartado 12 - 2154-909 Golegã – Portugal - Telf.: (+351) 249 979 200 /4|Fax.: (+351) 249 979 20rodrigues@mendesgoncalves.pt
  12. Desenhador CAD. (m/f) RLeiria 15/12 A – Leiria. Empresa: Conhecimentos de Solid Works (preferencial), ou softwareUnigraphics; Pro Engineer; CATIA; conhec. do MS-Office. Currículo em Inglês. Envie e-mail para career-europe@synventive.com. Indique as suas expectativas de salário e data de início. O seu currículo não deve exceder um tamanho de 3MB e deve ser escrito em formato Word ou PDF. Synventive Molding Solutions GmbH, Heimrodstr. 10, 64625 Bensheim | Telefonkontakt:+49 6251-9332-7312. Synventive – molding solutions.
  13. Medidor orçamentista (m/f) RLeiria 15/12 B –Leiria. Transfor. Exp.Mínima 3 anos na Construção Civil; área geográfica da zona Centro; fluente em francês e inglês; conhecimentos de Excel, Autocad e Microsoft Project; disponibilidade imediata. Apenas serão aceites candidaturas que apresentem todos os requisitos. Resposta: info@transfor.pt
  14. Gestor Comercial|Account(m/f) RLeiria 15/12 C –Leiria.CSOutdoors- Licenciatura em: Design, Marketing, Multimédia, Publicidade ou Comunicação; Idade entre os 25 e os 32 anos; Exp. Mínima na área comercial de 3 anos. cveuropass c/ foto, pdf: rh@csoutdoors.pt| csoutdoors.pt
  15. Técnico de climatização (m/f) RLeiria 15/12 D –Leiria. Rodriclima – Centro de Assistência Ar Condicionado e Equipamentos Térmicos.Enviar currículo: geral@rodriclima.pt. Contato: 244 733 461.
  16. Encarregado de Construção Civil (m/f) RLeiria 15/12 E – Leiria.Experiência comprovada na função; experiência na condução de obras; sentido de responsabilidade e assíduo;atitude proativa e dinâmica; residente na zona Centro; disponibilidade imediata. Respostas:info@transfor.pt
  17. Empregado Limpeza (m/f) NEmpregos 12/12 – Ourém. VINOMATOS: Em part-time (horário a combinar) para escritórios em Caxarias.Contactos: D. Isabel 249534999 / 910488414. alves@vinomatos.com
  18. Estágio Profissional (m/f)NEmpregos 16/12 – Ourém - Gabinete de contabilidade encontra-se em processo de recrutamento de jovem com formação na área de Contabilidade/ Gestão. Deverá enviar o seu CV, devidamente atualizado para: geral@cofidoc.pt com o assunto “Estágio em Contabilidade”.
  19. Ecónomo (m/f) NEmpregos 15/12 A – Ourém. Luna Fátima Hotel - Experiência comprovada na função. Conhecimentos de New-Stock. Envio de Cv com foto para iviterbo@lunahoteis.com. Coloque no assunto do e-mail a função a que se candidata
  20. Equipa de sala (m/f) NEmpregos 15/12 B – Ourém. Luna Fátima Hotel - Experiência comprovada na função. Domínio de dois idiomas estrangeiros dos quais Inglês é obrigatório. Envio de Cv com foto para iviterbo@lunahoteis.com. Coloque no assunto do e-mail a função a que se candidata

Fontes:

www.iefp.pt/en/ofertas-emprego

Jornal Região de Leiria – data de publicação 15/12/2014

www.netempregos.com



publicado por Carlos Gomes às 11:22
link do post | favorito
|

Terça-feira, 16 de Dezembro de 2014
SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA CONCERTO DE NATAL

Santuário de Fátima convida para Concerto de Natal

«Hoje nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor» (Lc 2, 11).

No próximo domingo, 21 de dezembro, Quarto Domingo do Advento, o Santuário de Fátima convida para o Concerto de Natal, que terá lugar no Centro Pastoral de Paulo VI, a partir das 15:00.

A interpretação estará a cargo dos Ensemble Vocal Novas Tessituras, da Orquestra Portuguesa de Guitarras e Bandolins e de Artur Caldeira (Guitarra Portuguesa).

As entradas são livres, abertas a todos os interessados e o concerto compreenderá o seguinte programa:

– Música Coral do Natal.

– Música para orquestra de plectros.

– Guitarra portuguesa.



publicado por Carlos Gomes às 14:39
link do post | favorito
|

OURÉM APRESENTA RESULTADOS DA CAMPANHA ARQUEOLÓGICA NA CAPELA DE SÃO SEBASTIÃO NA ATOUGUIA

De 4 a 14 de agosto de 2014, a capela de São Sebastião, em Atouguia, foi alvo de uma campanha arqueológica contou com a participação de 16 voluntários, jovens e adultos, ao abrigo do programa municipal “Férias Arqueológicas”.

FeriasArqueologicas2

As escavações realizadas neste templo do município trouxeram novos e interessantes dados sobre a sua história, com destaque para os seguintes: foram encontrados materiais arqueológicos como cerâmicas (do século XVI ao século XVIII) e moedas (do século XV ao início do século XVIII), que apontam para uma baliza cronológica entre final do período medieval e o final da época moderna (1453-1789). O templo foi continuamente utilizado como espaço funerário por uma comunidade composta por indivíduos de ambos os sexos, com várias idades e sem lesões acentuadas a nível osteológico. Tendo em conta que em 1984 foi decretada a proibição e enterramentos no interior e adro das igrejas, por votivos de saúde pública, o espaço funerário terá sido selado em meados do século XIX.

Visita Férias Arqueológicas (30)-net

Há ainda indícios de que o templo terá sofrido várias vicissitudes, sendo submetido a sucessivas reconstruções ao longo dos séculos.

Estas e outras informações podem ser consultadas integralmente nos relatórios científicos da responsabilidade da arqueóloga Seara Rei e da antropóloga Sandra Assis, disponíveis no núcleo de documentação do Museu Municipal de Ourém – Oficina do Património, bastando endereçar pedido de acesso pelo email museu@mail.cm-ourem.pt.

A investigação deverá prosseguir com novas etapas de estudo, uma vez que continuam a existir muitas descobertas por fazer e dúvidas por esclarecer.

Férias Arqueológicas



publicado por Carlos Gomes às 11:14
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2014
FÁTIMA: GRUPO DESPORTIVO EIRAPEDRENSE ORGANIZA GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO

O Grupo Desportivo e Cultural Eirapedrense, com sede em Eira da Pedra - Fátima, vai realizar no dia 22 de fevereiro de 2015 o seu 16ª Grande Prémio de Atletismo.

Esta é já uma prova com história e onde é habitual reunir diversos clubes e atletas a nível nacional, contamos com a presença de cerca de 500 atletas. Este ano, mais uma vez, vamos proporcionar para além da prova de 14 Km, uma caminhada de cerca de 7 km para que todos possam participar neste evento desportivo.



publicado por Carlos Gomes às 18:15
link do post | favorito
|

MUSEU "O MILAGRE DE FÁTIMA" OFERECE ENTRADAS GRATUITAS A CRIANÇAS

Por ocasião das férias escolares no período de Natal, de 15 de dezembro a 4 de janeiro, o Museu Interativo "O Milagre de Fátima", oferece a entrada às crianças até aos 14 anos de idade.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:16
link do post | favorito
|

PRESIDENTE DA COMISSÃO DE COORDENAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE LISBOA E VALE DO TEJO VISITA OURÉM

As alterações ao Plano Diretor Municipal de Ourém e ao Plano de Urbanismo de Fátima, foram os temas em destaque na visita que o presidente da CCDR-LVT (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo), João Manuel Pereira Teixeira, efetuou ao concelho de Ourém na passada quarta-feira, dia 10 de dezembro.

visita CCDR5

Numa reunião de trabalho nos Paços do Concelho, com a presença da presidente da Assembleia Municipal e de técnicos do Município, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Fonseca, teve oportunidade de apresentar alguns dos projetos estratégicos e preocupações para o concelho, nomeadamente no que diz respeito às alterações ao Plano Diretor Municipal de Ourém e o Plano de Urbanismo de Fátima, que se encontram atualmente em discussão pública. Segundo Paulo Fonseca, trata-se de “uma visita para conhecer a nossa realidade e os problemas de fundo sob o ponto de vista do planeamento”.

Às pretensões apresentadas, João Manuel Teixeira, respondeu que “temos de ser rápidos, dialogantes”, apresentando-se totalmente disponível para “uma parceria ativa na resolução dos problemas”.

Nazareno do Carmo, vereador com os pelouros do ambiente e ordenamento do território fez uma breve apresentação intitulada “Atividade e desafios do Município de Ourém”, lembrando que “a captação de investimento e, consequentemente, a criação de postos de postos de trabalho é, sem dúvida, a grande prioridade da autarquia”.

visita CCDR4


tags:

publicado por Carlos Gomes às 11:27
link do post | favorito
|

SERÁ QUE A “REFORMA ADMINISTRATIVA TERRITORIAL AUTÁRQUICA” VALEU A PENA?

Decorridos que são cerca de dois anos desde que foi implementada a chama “Reforma Administrativa Territorial Autárquica”, é tempo de fazer o balanço acerca das alegadas vantagens que decorrem dessa decisão política.

ManifestaçãoFreguesias 093

Desde logo, convém saber quanto representa em termos de custos a implementação da referida “reforma administrativa” ou seja, qual o valor economizado no Orçamento de Estado com a fusão de freguesias. E, constituindo a uma melhor gestão dos recursos disponíveis um dos seus principais fatores, em que medida a mesma se traduziu numa maior racionalização de meios logísticos e humanos, mormente instalações, equipamentos, gastos e telecomunicações, transportes e melhor gestão do pessoal.

Desde que a polémica “reforma” foi implementada e ao contrário do que foi propalado, não assistimos a qualquer redução de meios logísticos e até, nalguns casos, estes aumentaram como sucede com a obtenção de novas instalações para sede das freguesias entretanto surgidas da fusão das anteriores, sem que no entanto tenham prescindido das existentes.

Se a fusão de freguesias nos grandes centros urbanos parece uma medida aceitável, o mesmo já se torna questionável nas áreas rurais sobretudo do interior do país onde as mesmas aparentemente só trouxeram desvantagens para as populações. Resta saber se, ao contrário do pretendido, a “Reforma Administrativa Territorial Autárquica” não acabou por traduzir-se num acréscimo de encargos no Orçamento de Estado?

ManifestaçãoFreguesias 154

ManifestaçãoFreguesias 162

ManifestaçãoFreguesias 226



publicado por Carlos Gomes às 00:02
link do post | favorito
|

Domingo, 14 de Dezembro de 2014
ORIGENS E SIGNIFICADO DA COROA DO ADVENTO

A Coroa do Advento constitui um dos símbolos da época do Natal a anunciar o nascimento do Messias. Nos domingos do Advento, considerado o primeiro tempo do Ano Litúrgico correspondendo às quatro semanas que antecedem o Natal, as quais surgem representadas nas quatro velas. A família reúne-se à sua volta para rezar e celebrar. Seguindo a sua liturgia, é acesa a vela que corresponde à respetiva semana, entoando cânticos e fazendo leitura de passagens da Bíblia alusivas ao Advento.

As origens desta tradição remontam a antigos ritos colares praticados pelos povos europeus através dos quais celebravam o nascimento do Sol ou seja, o solstício de Dezembro, os quais vieram mais tarde a dar origem às saturnais romanas.

A sua forma circular representava precisamente a divindade solar que ocupava um lugar central em todos os ritos pagãos. Durante o inverso, os povos antigos acendiam enormes fogueiras que, simbolizando a luz e o calor em cujo regresso se depositavam as esperanças, aparece simbolizado nas velas que fazem parte dos rituais da nossa fé.

Com efeito, através do rito, os povos antigos celebravam a ação criadora dos Deuses, assegurando dessa forma a ininterrupção do ciclo da vida e da morte num perpétuo renascimento e conferindo ao ritual um cunho de magia.

Porém, partindo de tais costumes e tradições, os cristãos transmitiram a esses povos pagãos uma nova espiritualidade, levando-os a substituir as suas crenças ancestrais. E, desse modo, também a Coroa do Advento adquiriu uma nova simbologia e um novo significado.

Para o cristão, a infinidade do círculo representado na forma circular da Coroa do Advento representa o amor de Deus e a sua eternidade, bem assim como a aliança entre Deus e o Homem.

Os seus ramos verdes simbolizam a Esperança e a Vida na crença da Vida Eterna e da Ressurreição que constitui precisamente aquilo que distingue o verdadeiro cristão.

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com/



publicado por Carlos Gomes às 13:03
link do post | favorito
|

Sábado, 13 de Dezembro de 2014
OURIENSE JOGA AMANHÃ NO ESTÁDIO MUNICIPAL DE FÁTIMA CONTRA O CESARENSE



publicado por Carlos Gomes às 19:01
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE COROS NATALÍCIOS

10289798_10203328298671544_5729558070796236995_n



publicado por Carlos Gomes às 18:59
link do post | favorito
|

OURÉM PROMOVE PRÁTICA DO XADREZ

Dia 23 Dezembro 2014, pelas 15 horas, Convite para assistir no Cine-teatro de Ourém, ao " Natal Auren Chess ".

Convidados a Oradores: Orientador de Xadrez,José Alves; Arbitro Internacional de xadrez, Carlos Oliveira Dias; Mestre de Xadrez Internacional ( Angola ), Joao Francisco , Mestre de Xadrez e Campeão Europeu de Veteranos, Antonio Frois

Entrada Livre. Para mais informações: 960187285 - José Alves .

como chegar cá a Ourém:

- Vindo pela Auto-estrada A1, do Sul (Lisboa), sair na Portagem de Fátima, e depois seguir indicações Ourém.

- Vindo pela Auto-estrada A1, do Norte ( Porto), sair na Portagem de Leiria, de pois seguir indicações Ourém.

Boa Viagem, cá vos espero amigos(as) : José Alves



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2014
MUNICÍPIO DE OURÉM APRESENTA APLICAÇÃO PARA PROMOVER TURISMO EM FÁTIMA

O Município de Ourém vai proceder à apresentação pública da Aplicação JiTT - Just in Time Tourist Fátima, a qual terá lugar na próxima quinta-feira, dia 18 de dezembro, na Galeria Municipal de Ourém, às 16h30.

A JiTT é uma aplicação móvel, única no mercado, que conta as histórias das cidades de acordo com o tempo disponível do utilizador. Esta aplicação propõe solucionar o problema de muitos viajantes que se tornam turistas acidentais e não planeiam a sua viagem, sendo ideal para quem não tem tempo suficiente para explorar mas quer conhecer o essencial das cidades que visita.

Pretende-se que esta aplicação móvel contemple todo o território da Turismo do Centro de Portugal com características dinâmicas e interativas que providencie a inventariação, estruturação e georreferenciação dos recursos turísticos, assim como das infraestruturas de apoio à atividade turística, incluindo a interligação destes com a rede de acessibilidades e transportes, a restauração, o alojamento. a saúde, a segurança, entre outros pilares que complementam a atividade turística tradicional.

O momento contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, o Presidente da ERT Centro, Dr. Pedro Machado, e representantes da ICLIO, empresa responsável pelo desenvolvimento da aplicação.



publicado por Carlos Gomes às 18:16
link do post | favorito
|

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DAS CONFRARIAS GASTRONÓMICAS DESEJA-LHE BOAS FESTAS

Imagem do Presépio de Machado de Castro

Quando começa e acaba o Natal? Quando o doce e o salgado se misturam no nosso coração e nos transportam para as recordações doces do que foi o Natal. 

O Natal está à porta e este ano quisemos lembrar-lhe que, para além da norma padronizada pelos meios de comunicação social, existem várias formas de viver a mais bela quadra do Ano. O Natal é para todos e de todos, vive-se na mesa do pobre, na mesa do remediado e na mesa do rico, mas a todos sabe da mesma maneira. São como as lágrimas que se choram na Noite de Natal, há quem chore e as lágrimas sejam doces, pois, doce é a presença de quem nos acompanha nessa noite. E há quem chore e as lágrimas sejam mais salgadas que a água do mar, pois, sente-se a ausência de quem não está ou já partiu. Mas essa é também a beleza do Natal, sentirmos mais intensamente os sentimentos que nos unem aos outros.

Não se pode medir a felicidade de cada um, já que isso faria supor que as expectativas são iguais, mas podemos dizer que na Noite de Natal não há quem não sinta o doce e o salgado misturarem-se na boca e no coração dando origem à descoberta de novas atitudes perante a vida. Chegamos nesta altura ao fecho do ano, ao início de um novo ciclo e o Natal transporta-nos para essas contas entre o deve e o haver entre nós e os outros, entre nós e a vida.

Poderemos pensar quão diferentes podem ser as “noites de Natal” e como a família pode não ser a de sangue, mas a que nos dá carinho e alento nas horas difíceis e solitárias. Apreciem o doce e o salgado de uma noite que é de todos e que por todos é sentida com o presépio, o Menino Jesus, a árvore de Natal, o frio de Inverno em noite de lua cheia que nos alumia nas viagens entre famílias, a emoção, a expectativa, a aconchegante lareira, a cozinha, pela manhã seguinte, enfim, o Natal começa e acaba quando? Quando o doce e o salgado se misturam no nosso coração e nos transportam para recordações doces do que foi o Natal.  

Com um excerto belíssimo do “O Presépio” de D. João da Câmara, que nos mostra que por vezes perdemos gratuitamente a beleza do momento, desejo a todos a oportunidade de viver o Natal naquilo que ele tem de maior, o encontro com o outro, o encontro com a vida!

“(…) Lembrou-se de fazer muito misteriosamente um presépio. O segredo em que havia de trabalhar mais o animava na tarefa. (…) Assim modelou o menino Jesus, que deitou num berço de caixas de fósforos, Nossa Senhora de mãos postas, São José de grandes barbas, os três Reis Magos a cavalo, e os pastores, um a tocar gaita-de-foles, outro com um cordeirinho às costas, e uma mulher com uma bilha. Não se pareciam lá muito; mas ele deu provas de que sabia puxar pela imaginação. (…) Aos anjos fez asas com as penas de uma galinha que depenou para um jantar que não comeu. Moeu vidro para fingir as águas do rio, e no papel de embrulho recortou um moinho que só havia de armar à última hora. (…) O que mais o encantava era o menino Jesus, com a cabeça do tamanho de um grão de milho, com buraquinhos a fingirem olhos, ouvidos, nariz e boca. Tinha mãos com cinco dedos riscados a canivete e dois pezinhos que ele achava um encanto. Era a véspera do Natal. Às dez e meia, o patrão mandou-o deitar e saiu.

Que alegria estar só! (…) Não lhe deixavam luz; mas que importava? Às escuras armaria o presépio. E logo principiou. Enrolou o moinho, pôs-lhe as velas; esticou o papel azul que fingia o céu e pregou nele com um alfinete a meia Lua; espalhou o vidro moído, num S em volta das palhas; dispôs as figurinhas, suspendeu os anjos. Depois fez uma carreira de fósforos de cera, que todos se haviam de acender ao mesmo tempo, num deslumbramento, quando desse meia-noite. (…) Batia-lhe o coração, que lhe parecia que deviam de ser milagrosas as figurinhas, que delas lhe viria algum bem, consolação de sua vida triste.

Meia noite! Acendeu os fósforos e ficou embasbacado! (…) Nunca assim vira coisa tão perfeita. Os anjos voavam deveras, os cavalos dos reis galopavam, o rio corria, as velas giravam no moinho e os pontinhos do Menino Jesus sorriam-lhe no rosto a São José e a Nossa Senhora!

Tão enlevado cantava, que nem ouviu o patrão abrir a porta, entrar na loja, chegar ao desvão.

Acordou-o do êxtase um pontapé.

- Isso… Agora larga-me fogo à escada!... Varre-me já esse lixo!

E ele, a chorar, levantou-se, foi buscar a vassoura. O bruto continuava aos pontapés.

- Vá?... Vá! Mas quando se deitou, encontrou na enxarga uma figurinha. Apalpou-a, conheceu-a logo: era a do Menino Jesus. Beijou-a muito. Pior vida levara do que ele…

Sentiu de repente um dó muito grande do patrão, que não vira nada, nem que era tão bonito aquele Menino, com um olhar tão meigo nos seus olhinhos picados.”

Um Bom e Santo Natal

Olga Cavaleiro


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 18:04
link do post | favorito
|

OURÉM DEBATE “IGUALDADE DE GÉNERO”

A Câmara Municipal de Ourém acolheu mais uma edição da iniciativa “À conversa com…” no passado dia 9 de dezembro. O tema em discussão foi a “Igualdade de Género” e a sessão contou com a presença de várias entidades e técnicos de áreas sociais e de educação do concelho de Ourém.

Imagem 059

Após a sessão de abertura dirigida pelo presidente da Câmara Municipal, Paulo Fonseca, e pela presidente da Assembleia Municipal, Deolinda Simões, seguiu-se uma apresentação de Rosa Oliveira, técnica da delegação norte da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que pretendeu sensibilizar os presentes para a problemática da violência doméstica e de género, lembrando que este ano já se registaram 40 mortes e que ainda há muito para fazer nesta âmbito. Realçou a importância do estabelecimento de uma forte rede de parceiros que englobe forças de segurança, Ministério Público, municípios, ipss’s e outros que contribuam para uma resposta mais célere e eficaz. Rosa Oliveira terminou a sua apresentação com uma saudação ao Município de Ourém pelo trabalho desenvolvido nesta matéria, já que é um dos municípios que cumpre as diretrizes da Carta Europeia para a Igualdade das Mulheres e dos Homens na Vida Local e que implementou um Plano Municipal para a Igualdade de Género. O debate contou também com a participação de Sofia Pedro e Paula Almeida, técnicas do Centro Distrital da Segurança Social de Santarém, que contribuíram com a experiência e o trabalho desenvolvido no âmbito da violência doméstica no distrito de Santarém.

Imagem 020

O presidente Paulo Fonseca congratulou-se com a presença de muitos responsáveis de instituições oureenses e defendeu que “é fundamental discutir as várias problemáticas deste tema e incutir na comunidade a necessidade de debater a ética da cidadania e do humanismo”. O momento foi também aproveitado para o anúncio público da nomeação de Maria de Fátima Caetano Vieira Lopes enquanto Conselheira Local para a Igualdade do Município de Ourém.

Esta iniciativa decorreu no âmbito do Plano de Atividades da Plataforma Supraconcelhia do Médio Tejo e do Plano Municipal para a Igualdade de Género.

Imagem 010


tags:

publicado por Carlos Gomes às 17:58
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds