Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Segunda-feira, 30 de Novembro de 2015
BRUNO GASPAR MOSTRA-NOS A COSTA PORTUGUESA EM FOTOGRAFIA E PINTURA

Exposição de fotografia e pintura "Pela Costa Fora" - 04 de dezembro a 07 de fevereiro na Galeria Municipal de Ourém

Pela Costa Fora é uma aventura marítima que começou em Caminha, no extremo Norte do país, e terminou em Vila Real de Santo António, no Sotavento algarvio, passando pelos arquipélagos da Madeira e Açores.

Bruno Gaspar (autor do projeto Pela Estrada Fora) viajou à boleia de vários tipos de embarcações: de veleiros de recreio a semirrígidos, de cargueiros a traineiras de pescadores, incluindo o submarino Tridente da Marinha Portuguesa.

Este retrato da nossa costa, das suas gentes e das suas histórias incide nas paisagens, mas também nas construções costeiras, como os faróis, contemplando ainda profissões que tiram do mar o seu sustento e visitas oportunas a recantos gastronómicos.

O olhar deste artista plástico está traduzido nesta exposição em fotografias, vídeos e pinturas realizadas no decorrer da viagem que demorou 10 meses.

As crónicas que escreve sobre esta viagem são publicadas todos os sábados no Jornal i.

Organização: Município de Ourém

Horário: de terça a domingo das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Entrada livre



publicado por Carlos Gomes às 20:17
link do post | favorito
|

INATEL REALIZA GALA DE RECONHECIMENTO SOCIAL

Gala de Reconhecimento Social da Fundação INATEL enche Sala Portugal, em Lisboa

A Cerimónia de atribuição de apoios aos selecionados dos projetos da Fundação INATEL decorreu ontem, na Sala Portugal da Sociedade de Geografia de Lisboa.

IMG_8188

A Sala Portugal, da Sociedade de Geografia de Lisboa, recebeu, este domingo, 29 de novembro, pelas 15h00, a gala “Reconhecer – Gala de Reconhecimento Social 2015”, que atribuiu apoios aos selecionados dos projetos sociais da Fundação INATEL, nomeadamente no âmbito do projeto “Mealheiro Solidário” e “Fundo de Inovação Social”.

Fernando Ribeiro Mendes, Presidente da Fundação INATEL, abriu a cerimónia com um discurso de boas vindas ao público presente, relembrando a importância da Fundação no desenvolvimento do bem-estar dos cidadãos e no incentivo de atividades socioculturais e desportivas, tendo em vista princípios como os da solidariedade e da igualdade.

IMG_8150

“É com muito gosto que vejo esta casa, que represento, a assumir um papel muito ativo na promoção de práticas sociais reveladoras desta vontade de fazer mais e melhor, criando mais um estímulo para que estes exercícios, nossos e dos outros, sejam mais vezes reconhecidos, mais visíveis e ajudando a difundir mais a ação que, felizmente, é já desenvolvida por muitos de nós e em todo o país, com base no maior envolvimento e na participação de todos”, sublinhou.

O evento teve início com o reconhecimento público da aldeia histórica da São Miguel do Pinheiro (concelho de Mértola), eleita “Aldeia dos Sonhos” de 2015, no âmbito do projeto com o mesmo nome, uma iniciativa que pretende realizar os sonhos de habitantes de localidades com menos de 100 pessoas.

Um vídeo introdutório sobre o projeto fez menção à aldeia de Ouguela (no concelho de Campo Maior), com cerca de 60 habitantes, que na edição anterior concretizou o sonho de viajar até Lisboa e de conhecer os monumentos mais emblemáticos da cidade.

No mesmo filme, foi apresentada a localidade de São Miguel do Pinheiro pelos representantes da candidatura, que contextualizaram o sonho de visitar a região norte do país, nomeadamente a região do Minho e a cidade do Porto.

A Câmara Municipal de Mértola refere a unanimidade por parte da população de São Miguel do Pinheiro em visitar a zona norte do país pelo facto de ser “a região mais distante geograficamente do seu local de origem e com características paisagísticas bem diferentes do Alentejo”, expondo ainda a importância desta iniciativa dado que “a maioria do grupo nunca gozou férias fora da aldeia”.

Segundo a Fundação INATEL, o projeto tem como objetivo a sensibilização para a importância da salvaguarda do património cultural - material e imaterial - das aldeias históricas portuguesas, assim como a atribuição de maior notoriedade a pequenas localidades, designadamente com visitas turísticas organizadas.

No âmbito do projeto “Conversa Amiga”, uma linha de atendimento telefónico que presta apoio emocional a todos os cidadãos, a nível nacional, subiu a palco a voluntária Andreia Condesso, a quem foi atribuída especial distinção, com base no maior número de horas de atendimento efetuadas ao longo do ano corrente.

O funcionamento desta linha de apoio é assegurado durante todo o ano, entre as 15h e as 22h, por um corpo de voluntários que se disponibilizam para um trabalho especializado de relação de ajuda não profissional.

Posteriormente, foi apresentado o projeto “Fundo de Inovação Social”, que surgiu no âmbito das comemorações dos 80 anos da Fundação INATEL, como forma de apoio excecional a Centros de Cultura e Desporto (CCD) filiados da Fundação INATEL, para a promoção de projetos inovadores no domínio social, que resultem em benefício de pessoas em situação de maior vulnerabilidade e que potenciem, ainda, a melhoria do bem-estar e coesão social.

Assim, foram atribuídos apoios a vinte instituições para a promoção e desenvolvimento dos projetos de inovação social selecionados, sendo elas: Cegada – Grupo de Teatro (Lisboa); Grupo Desportivo e Cultural de Foros do Arrão (Portalegre); Teatro de Carnide – Sociedade Dramática (Lisboa); Casa do Povo de Santo António (Açores); Centro Social, Cultural e Desportivo de Silvares (Braga); Sporting Clube Vinhense (Setúbal); Associação Cultural de Música e Teatro Arte à Parte (Coimbra); Casa do Povo de Relva (Açores); Teatro Metaphora – Associação de Amigos das Artes (Madeira); Associação dos Amigos Unidos pelo Escoural, IPSS (Évora); ACOFA – Associação Cultural Organizadora de Festivais Amadores (Braga); Zero em Comportamento (Lisboa); Centro Social e Polivalente de Ourentã (Coimbra); Liga dos Amigos de Aguada de Cima (Aveiro); Casa do Povo de Válega (Aveiro); Centro Social de São Bento (Açores); Banda Musical Vila Verde da Raia (Vila Real); Grupo de Dança Dream Dancing (Santarém); NACO – Núcleo Juvenil de Animação Cultural de Oliveirinha (Viseu); Rancho Folclórico de São Tiago de Lobão (Aveiro).

Foi depois o momento de apresentar o projeto “Mealheiro Solidário”, que através de campanhas e eventos solidários realizados ao longo do ano, angariou fundos destinados ao apoio de cidadãos individuais em dificuldades.

Este ano, os fundos do projeto foram entregues a Júlio Pereira dos Reis, residente no Marco de Canaveses, para a compra de uma prótese com um novo sistema de encaixe para amputação transtibial, adaptada às suas necessidades.

“Sou eu que ajudo a minha esposa (com 81 anos de idade) que vive numa cadeira de rodas, desde há dois anos, por problemas de coluna, assim como ajudo o meu filho tetraplégico desde 1980, devido a um acidente de viação”, explica Júlio dos Reis.

Dada a carência de apoios sociais e na impossibilidade financeira de contratar serviços domiciliários que o auxiliem, Júlio dos Reis, que se encontra numa situação física limitada e em risco de complicações, confessa: “Cuido de todo o meu agregado familiar (…) e por esta razão tenho de continuar a usar a prótese antiga e desajustada todos os dias, apesar de estar a agravar a minha situação diariamente.”

Segundo o próprio, a nova prótese tem um mecanismo que “alivia toda a zona imediatamente abaixo do joelho, onde tenho uma ferida crónica que não cicatriza e se encontra em estado avançado de degeneração, dificultando em muito o uso da prótese que atualmente possuo”.

Devido à sua condição atual e incapaz de ajudar nas lides domésticas, Júlio dos Reis não sai de casa há cerca de um ano. Apesar disso, sustenta com convicção: “Gosto de pensar que, apesar dos meus 85 anos, tenho ainda muito para dar e viver.”

Por força do número de candidaturas recebidas, a Fundação INATEL desenvolverá novas campanhas para a recolha de fundos do projeto que serão atribuídos a Andreia Cristina Cardoso, Margarida Gonçalves e Pedro Miguel Azevedo, colmatando-se carências a nível da alimentação, medicação, tratamentos e equipamentos que auxiliam na melhoria da qualidade de vida, saúde e bem-estar dos candidatos.

A Sala Portugal aplaudiu ainda o trabalho de Ângelo Valente (animador sociocultural) e Sofia Nunes (gerontóloga), jovens de Aveiro, membros da equipa técnica do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, pelo projeto “Antes de morrer eu quero…”, em que os utentes desta instituição participam num registo fotográfico onde partilham por escrito os sonhos que têm e que pretendem realizar antes de morrer.

No âmbito do reconhecimento do trabalho de entidades coletivas, foi também distinguida a ATLAS, uma ONGD – Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, com o projeto “Velhos Amigos”, que presta apoio à população idosa de Coimbra, com a entrega de refeições quentes semanais e com uma rede de consultas solidárias e de atividades de animação sociocultural.

O encerramento da gala decorreu no Teatro Politeama, com “República das Bananas”, um espetáculo musical de Filipe La Féria, que relembra acontecimentos marcantes dos últimos anos em Portugal, numa crítica “mordaz e divertida” à nossa sociedade e às figuras públicas e políticas do país.

À semelhança de anos anteriores, a Fundação INATEL organizou viagens com partidas dos distritos de Aveiro, Braga, Beja, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

IMG_8124



publicado por Carlos Gomes às 11:18
link do post | favorito
|

Domingo, 29 de Novembro de 2015
OURÉM RECEBE AMANHÃ CAMPEÃO ANGOLANO DE XADREZ



publicado por Carlos Gomes às 22:07
link do post | favorito
|

BANDA DA SOCIEDADE FILARMÓNICA OURIENSE DESFILA EM LISBOA EM REPRESENTAÇÃO DO DISTRITO DE SANTARÉM E EVOCA DATA HISTÓRICA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

Cerca de milhar e meio de músicos integrando perto de três dezenas de bandas filarmónicas e outros grupos de música tradicional provenientes das mais diversas regiões do país, desfilaram hoje na avenida da Liberdade em direção à Praça dos Restauradores, aplaudidos ao longo de todo o percurso por milhares de pessoas anónimas que dessa forma quiseram manifestar o seu apoio e participar nesta grandiosa jornada patriótica que evoca a data histórica da Restauração da Independência de Portugal em 1640.

Restauração 2015 076

Esta manifestação de cultura constitui simultaneamente uma forma de protesto pela forma prepotente com que foi pelo anterior governo eliminado o feriado do dia 1 de dezembro, porventura a data simbólica mais consensual entre todos os portugueses, aguardando-se que no próximo ano o mesmo seja restabelecido de modo a poder ser comemorado no dia correto.

Restauração 2015 073

Em representação do Distrito de Santarém desfilou a Sociedade Filarmónica Ouriense, sempre muito aplaudida ao longo de todo o desfile. Muitas pessoas interrogavam-se acerca do concelho de Ourém, associando-o como era de esperar à cidade de Fátima e ao incontornável Santuário Mariano considerado “Altar do Mundo”. É, pois, importante que mais representações do concelho de Ourém participem em grandes eventos como este que teve lugar em Lisboa, sejam elas bandas filarmónicas, coletividades desportivas ou ranchos folclóricos.

Como é habitual, o Dr José Ribeiro e Castro, Presidente do Movimento 1º de Dezembro, deslocou-se ao longo da avenida da Liberdade para cumprimentar os maestros das bandas filarmónicas participantes.

O desfile teve como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra e desceu até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direção do Maestro Tenente-Coronel Élio Salsinha Murcho, da Banda da Força Aérea.

Ao longo do desfile, foram interpretadas diversas marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

A RTP-Internacional transmitiu em direto esta grande manifestação cultural, cívica e patriótica. A RTP-2 transmitirá, em diferido, no próprio dia 1 de Dezembro, em horário a anunciar.

Para além da importante ação formativa e cívica das bandas filarmónicas ao ponto de serem considerados os verdadeiros conservatórios de música, refira-se ainda que estas possuem uma ligação histórica aos movimentos patrióticos e republicanos que instituíram o feriado do dia 1 de dezembro.

A organização desta iniciativa é da iniciativa do Movimento 1º de Dezembro e conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

Restauração 2015 167

Restauração 2015 039

Restauração 2015 213

Restauração 2015 169

Restauração 2015 151

Restauração 2015 136



publicado por Carlos Gomes às 21:14
link do post | favorito
|

Sábado, 28 de Novembro de 2015
BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM AMANHÃ EM LISBOA

Sociedade Filarmónica Ouriense participa em lisboa nas comemorações do 1º de Dezembro

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste desfile e mobilizou por todo o país diferentes bandas e municípios para o efeito, sendo possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro.

1238089_513371085397672_1815816298_n

Foi um êxito em 2012, em 2013 e em 2014. Será êxito maior em 2015.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.500 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n

Nesta 4ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPO DE PERCUSSÃO

Tocá Rufar

CANTE ALENTEJANO:

Grupo Coral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira

BANDA NACIONAL:

Banda da Força Aérea

BANDAS FILARMÓNICAS:

Sociedade Artística Banda Vale de Cambra

Banda Filarmónica de Odemira

Sociedade Filarmónica de Vilarchão

Banda Filarmónica Retaxense

Banda Filarmónica do Paúl

Banda de Música da Liga dos Amigos de Castelo Novo

Filarmónica Idanhense e Adufeiras de Idanha-a-Nova

Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical)

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense

Sociedade Filarmónica Sangianense

SUA - Sociedade União Alcaçovense

Sociedade Filarmónica Portimonense

Banda Academia de Santa Cecília (de S. Romão)

Sociedade Filarmónica Maceirense

Banda Recreativa Portomosense

Sociedade Filarmónica Comércio e Indústria da Amadora

Banda Musical e Artística da Charneca (Lisboa)

Banda Municipal Alterense

Sociedade Filarmónica União Maçaense

Sociedade Filarmónica Ouriense

Sociedade Filarmónica Incrível Almadense

Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro (Montijo)

Sociedade Filarmónica Palmelense os Loureiros

Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima

Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha

Banda Musical da Torre de Ervededo

Será um total de 30 entidades, integrando 1 grupo de percussão, 1 coral de Cante Alentejano, 1 banda nacional militar e 27 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1500 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Tenente-Coronel Élio Salsinha Murcho, da Banda da Força Aérea.

Ao longo do desfile serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

A RTP-Internacional transmitirá em directo esta grande manifestação cultural, cívica e patriótica. A RTP-2 transmitirá, em diferido, no próprio dia 1 de Dezembro, em horário a anunciar.



publicado por Carlos Gomes às 13:38
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2015
PARLAMENTO RECOMENDA AO GOVERNO ENSINO DA CONSTITUIÇÃO NAS ESCOLAS

Ensino da Constituição da República Portuguesa nas escolas por iniciativa dos Verdes

Os Verdes congratulam-se com a aprovação ocorrida hoje no Parlamento do seu Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a divulgação da República Portuguesa na escolaridade obrigatória, uma iniciativa que contou com os votos favoráveis da nova maioria Parlamentar e com os votos contra do PSD e do CDS.

Esta é uma medida que levará a que todos os alunos tenham conhecimento dos conteúdos gerais da Constituição da República Portuguesa, uma medida que o PEV considera fundamental para o exercício de direitos e deveres e conhecimento dos órgãos e poderes públicos.

Foi hoje dado um passo determinante para levar os cidadãos portugueses a ganhar consciência dos seus direitos e deveres, assim como os do Estado, levando-os a consolidar o respeito pela preservação e vivência democrática e a sua participação ativa na consolidação desses valores.



publicado por Carlos Gomes às 15:52
link do post | favorito
|

PARLAMENTO APROVA PLANO FERROVIÁRIO NACIONAL

Por iniciativa dos Verdes Portugal vai ter Plano Ferroviário Nacional, decisão votada por maioria na Assembleia da República

Por iniciativa dos Verdes, Portugal terá, muito em breve, um Plano Ferroviário Nacional, documento estruturante para voltar a erguer uma rede ferroviária que sirva a mobilidade dos passageiros e das mercadorias e que sirva o país, não só numa prestativa interna como também na sua ligação ao país vizinho e ao resto da Europa.

Este Plano Ferroviário Nacional foi hoje aprovado na Assembleia da República pela nova maioria parlamentar e é já um dos primeiros frutos dos acordos que o PEV firmou com o Partido Socialista.

“Comboios a rolar, Portugal a avançar” continua a ser um dos lemas dos Verdes. O PEV considera que este Plano Ferroviário vai dar um contributo fundamental na resposta aos desafios ambientais, nomeadamente às alterações climáticas que vão ser discutidas em breve em Paris no quadro da COP21.

Este Projeto de Lei é um importante contributo para a redução das emissões em Portugal, para a redução do consumo energético, nomeadamente dos combustíveis fosseis, e para o reordenamento do território que leve a uma melhor ocupação do país. Para além disso, é fundamental para a mobilidade das populações e mercadorias.

Este Projeto já tinha sido apresentado pelo Partido Ecologista “Os Verdes” na anterior legislatura e foi chumbado por PSD/CDS que, hoje, votaram novamente contra a proposta do PEV, o que não surpreende os Verdes porque estes partidos estiveram sempre empenhados em desmembrar a Rede Ferroviária Nacional.

Os Verdes relembram ainda que já entregaram, em sede parlamentar, outra iniciativa sobre a ferrovia, um Projeto de Resolução que recomenda ao Governo que “Proceda à reposição do serviço público de transporte de passageiros, na Linha do Leste, em todo o seu percurso”.



publicado por Carlos Gomes às 15:39
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2015
CHORUS AURIS COMEMORA 43 ANOS DE EXISTÊNCIA



publicado por Carlos Gomes às 20:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2015
OUREENSES REALIZAM PASSEIO TT



publicado por Carlos Gomes às 21:03
link do post | favorito
|

LEIRIENSES CANTAM AO MENINO



publicado por Carlos Gomes às 21:02
link do post | favorito
|

MUSEU DE ARTE SACRA E ETNOLOGIA PROMOVE EM FÁTIMA TARDE DE POESIA NATALÍCIA

O CONSOLATA Museu Arte Sacra e Etnologia em Fátima e a sua Liga de Amigos irão organizar no dia 5 de dezembro, sábado, pelas 16h00, uma Tarde de Poesia Natalícia com declamação de poemas por algumas crianças do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Ourém.

Acompanhada de diversos momentos musicais e algumas surpresas, esta atividade pretende, através das crianças, chamar a atenção para o verdadeiro significado do Natal. Este projeto surgiu em 2001 com grande êxito, repetindo-se durante sete anos consecutivos. Retoma-se o evento como forma de aproximar o museu da comunidade, dando a conhecer uma notável coleção de presépios e Meninos Jesus desde o século XVI aos nossos dias.

Pelas 17h00 decorrerá a cerimónia oficial da abertura da exposição temporária «Mães coragem … e o vazio das crianças que não puderam ser felizes» com fotografias do jornalista Francisco Pedro que são resultado da viagem realizada em 2014 à Guiné-Bissau onde, em Bissau, conheceu a Casa Bambaran, um centro de acolhimento para crianças órfãs, portadoras de deficiência e rejeitadas pelo estigma das tradições. Basta nascerem gémeas, terem alguma deficiência, serem feias de mais para o gosto dos pais para serem eliminadas. São rotuladas de crianças Irã ou crianças feiticeiras.

A entrada é livre.

Os vinte e quatro trabalhos do jornalista Francisco Pedro são resultado da viagem que realizou em 2014 à Guiné- Bissau e pretendem servir como um alerta para o sacrifício de bebés que continua a verificar-se naquele país africano, através de um singelo tributo às muitas mães que têm a coragem de salvar os seus filhos, contrariando as crenças e tradições tribais

Através do olhar feliz das crianças retratadas, o autor procura também enaltecer «o trabalho fantástico» que está a ser feito em Bissau pela Cáritas, diocese e religiosas da comunidade de Santa Mariana de Jesus, ao acolherem muitas das crianças rejeitadas, na Casa Bambaran. E realçar o esforço das irmãs missionárias da Consolata, através das ações de sensibilização junto das comunidades rurais, um pouco por todo o país.

A exposição poderá ser vista até 3 de janeiro de 2016 de terça a domingo das 10h00 às 19h00 em outubro e de novembro a janeiro das 10h00 às 17h00.



publicado por Carlos Gomes às 20:33
link do post | favorito
|

MUNICÍPIO DE OURÉM CELEBRA PROTOCOLO COM CENTRO DE BEM-ESTAR DE BAIRRO

O Município de Ourém e o Centro de Bem-Estar de Bairro celebraram no passado dia 22 de novembro, um protocolo de comparticipação financeira para as intervenções necessárias no edifício onde funciona o Jardim de Infância público.

Imagem 225

Além da assinatura do protocolo, o dia ficou marcado pela apresentação da nova viatura da instituição e pela “Prova do Vinho Novo”, iniciativa promovida pelo Centro de Bem-Estar de Bairro onde vários produtores da localidade colocaram os seus vinhos a concurso para análise da população presente.

O Centro de Bem-Estar de Bairro desenvolve várias respostas sociais, nomeadamente, Creche, Atividades de Animação e de Apoio à Família (Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré-escolar), Programa de Generalização do fornecimento de refeições escolares aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, Componente de Apoio à Família – 1.º CEB, Centro de Convívio, Centro de Dia, Lar de Idosos e Serviço de Apoio Domiciliário.

Imagem 215

O protocolo celebrado define um apoio financeiro até ao montante de 14 311,89€ para financiar os encargos decorrentes das intervenções a efetuar no edifício onde está instalado o Jardim de Infância público, dotando o espaço de melhores condições educativas. No momento, o presidente da instituição, David Pereira Catarino, congratulou-se com a presença do muito público presente e agradeceu o apoio da Câmara Municipal de Ourém, que “sempre manifestou disponibilidade para responder às necessidades da instituição”. O presidente Paulo Fonseca salientou o trabalho desenvolvido pelo Centro de Bem-Estar de Bairro nas mais variadas valências e reafirmou o compromisso de continuar a apoiar as instituições de cariz social do concelho, consolidando o Município como um exemplo de excelência social.

Imagem 191

Imagem 165


tags:

publicado por Carlos Gomes às 14:10
link do post | favorito
|

Terça-feira, 24 de Novembro de 2015
APELO AOS OUREENSES QUE VIVEM NA REGIÃO DE LISBOA

A banda da Sociedade Filarmónica Ouriense vai no próximo dia 29 de novembro, desfilar na avenida da Liberdade, em Lisboa, rumo à Praça dos Restauradores, no âmbito das comemorações do dia 1º de dezembro, dia da Restauração da Independência Nacional.

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n

A Sociedade Filarmónica Ouriense participa nestas celebrações em representação de Ourém e do Distrito de Santarém. A iniciativa que conta com mais de mil e quinhentos músicos, integrando um total de 30 entidades, incluindo 1 grupo de percussão, 1 coral de Cante Alentejano, 1 banda nacional militar e 27 bandas filarmónicas civis, é uma iniciativa do Movimento 1º de Dezembro que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

Vivem na região de Lisboa cerca de um milhar de oureenses e seus descendentes que, naquela tarde de domingo, numa manifestação de patriotismo e apego às suas origens, têm uma oportunidade de acolher em Lisboa com o seu aplauso o desfile e a atuação da Sociedade Filarmónica Ouriense.

Apela-se, pois, a que todos os ourienses se concentrem no lado direito, no sentido descendente, do último quarteirão da avenida da Liberdade, antes da entrada da Praça dos Restauradores, levando consigo elementos identificadores do concelho de Ourém.

- Vamos dar o nosso apoio à Sociedade Filarmónica Ouriense!

1238089_513371085397672_1815816298_n



publicado por Carlos Gomes às 21:44
link do post | favorito
|

INATEL REALIZA GALA DE RECONHECIMENTO SOCIAL

Reconhecer – Gala de Reconhecimento Social da Fundação INATEL: Cerimónia de atribuição de apoios aos selecionados dos projetos sociais da entidade.

No próximo dia 29 de novembro, a partir das 15 horas, decorrerá na Sala Portugal, da Sociedade de Geografia de Lisboa, a cerimónia “Reconhecer – Gala de Reconhecimento Social 2015”, um evento que pretende reconhecer publicamente o mérito de cidadãos e entidades que se destacaram no domínio social, assim como atribuir apoios aos selecionados dos projetos sociais da entidade, como sendo: “Mealheiro Solidário” e “Fundo de Inovação Social”.

Através de campanhas e eventos solidários realizados ao longo do ano, o projeto “Mealheiro Solidário”, angariou fundos destinados a: cidadãos individuais em dificuldades.

Neste sentido, serão entregues fundos a Júlio Pereira dos Reis, de 85 anos, para a compra de uma prótese adaptada às suas necessidades.

Será reconhecido o trabalho individual de Ângelo Valente (animador sociocultural) e Sofia Nunes (gerontóloga), jovens de Aveiro, membros da equipa técnica do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, pelo projeto “Antes de morrer eu quero…”, desenvolvido nesta instituição. Inspirados na iniciativa internacional “Before I Die“, os utentes do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo participaram num registo fotográfico onde partilham por escrito os sonhos que têm e que pretendem realizar antes de morrer.

No âmbito do reconhecimento do trabalho de entidades coletivas, será destacada a ATLAS, uma ONGD – Organização Não Governamental para o Desenvolvimento, com o projeto “Velhos Amigos”, que presta apoio à população idosa de Coimbra, com a entrega de refeições quentes semanais, assim como com a organização de uma rede de consultas solidárias e de atividades de animação sociocultural.

Por força do número de candidaturas recebidas, serão ainda desenvolvidas novas campanhas para a recolha de fundos que serão atribuídos a Andreia Cristina Cardoso, Margarida Gonçalves e Pedro Miguel Azevedo, colmatando-se carências a nível da alimentação, medicação, tratamentos e equipamentos que auxiliam na melhoria da qualidade de vida, saúde e bem-estar dos candidatos.

Através do programa “Fundo de Inovação Social”, serão atribuídos apoios a vinte Centros de Cultura e Desporto filiados da Fundação INATEL, para a promoção e desenvolvimento das suas atividades junto das comunidades locais, sendo eles: Cegada – Grupo de Teatro (Lisboa); Grupo Desportivo e Cultural de Foros do Arrão (Portalegre); Teatro de Carnide – Sociedade Dramática (Lisboa); Casa do Povo de Santo António (Açores); Centro Social, Cultural e Desportivo de Silvares (Braga); Sporting Clube Vinhense (Setúbal); Associação Cultural de Música e Teatro Arte à Parte (Coimbra); Casa do Povo de Relva (Açores); Teatro Metaphora – Associação de Amigos das Artes (Madeira); Associação dos Amigos Unidos pelo Escoural, IPSS (Évora); ACOFA – Associação Cultural Organizadora de Festivais Amadores (Braga); Zero em Comportamento (Lisboa); Centro Social e Polivalente de Ourentã (Coimbra); Liga dos Amigos de Aguada de Cima (Aveiro); Casa do Povo de Válega (Aveiro); Centro Social de São Bento (Açores); Banda Musical Vila Verde da Raia (Vila Real); Grupo de Dança Dream Dancing (Santarém); NACO – Núcleo Juvenil de Animação Cultural de Oliveirinha (Viseu); Rancho Folclórico de São Tiago de Lobão (Aveiro).

Este projeto surge no âmbito das comemorações dos 80 anos da Fundação INATEL, como forma de apoio excecional destinado à promoção de projetos inovadores no domínio social que: resultem em benefício de pessoas em situação de maior vulnerabilidade social; potenciem o envolvimento da sociedade civil no encontro de instrumentos para a melhoria do bem-estar social; contribuam para o incremento do espírito de solidariedade e responsabilidade social.

O projeto “Conversa Amiga”, uma linha de atendimento telefónico que presta apoio emocional a todos os cidadãos, a nível nacional, presta reconhecimento público à voluntária Andreia Condesso, com base no maior número de horas prestado ao longo do ano corrente.

O atendimento deste serviço é assegurado durante todo o ano, entre as 15h e as 22h, por um corpo de voluntários que se disponibilizam para um trabalho especializado de relação de ajuda não profissional.

Por fim, será ainda entregue um prémio de notoriedade à aldeia de São Miguel do Pinheiro (Concelho de Mértola) considerada “Aldeia dos Sonhos 2015”, pela Fundação INATEL, num projeto que pretende realizar os sonhos de habitantes de localidades com menos de 100 pessoas.

Este ano, os 87 habitantes de São Miguel do Pinheiro irão visitar a região norte do país, nomeadamente a região do Minho e a cidade do Porto.

O encerramento da iniciativa acontecerá no Teatro Politeama, com o mais recente espetáculo musical de Filipe La Féria, “A República das Bananas”, que relembra os acontecimentos marcantes dos últimos anos em Portugal, numa crítica “mordaz e divertida” à nossa sociedade e às figuras públicas e políticas do país.

À semelhança de anos anteriores, a INATEL organizará viagens com partidas das capitais de distrito e ainda de outras localidades com dez ou mais pessoas inscritas.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:46
link do post | favorito
|

FORMADOR DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA VENCE PRÉMIO HELMUT ZIEBELL

Ricardo Raimundo, formador de Cozinha da Escola de Hotelaria de Fátima, ganhou, ontem, 23 de novembro, o prémio Helmut Ziebell, no âmbito da sua participação no Concurso Chefe Cozinheiro do Ano 2015.

O prémio Helmut Ziebell, premeia anualmente um concorrente que, num dos seus pratos, se distinga pela inovação. Este ano, o prémio foi atribuído ao Formador de Cozinha da EHF, com a sobremesa apresentada: A maçã assada e o granizado de maçã. Paralelamente a este prémio, o chefe Ricardo, ficou ainda classificado em 2.º lugar no referido concurso.

Anualmente, as Edições do Gosto em parceria com a Intermagazine, dinamizam o Concurso Chefe Cozinheiro do Ano (CCA), cujo objetivo, para além de eleger o melhor cozinheiro de Portugal (em concurso), é a valorização profissional dos cozinheiros do nosso país e contribuir para a dignificação da Gastronomia Portuguesa. Ao longo do ano são realizadas semi-finais regionais que apuram os participantes para a final nacional, que este ano foi inserida na Alimentária & Horexpo, um certame direcionado a profissionais de hotelaria. Os 6 semifinalistas deste ano  foram: João Viegas (Restaurante São Gabriel – Almancil); Rogério Bento (Salgados Dunas Suites Hotel – Albufeira); Vitor Adão (Restaurante Flor de Sal - Mirandela); Duarte Eira (Restaurante Salpoente – Aveiro); Paulo Carvalho (Restaurante A Cevicheria – Lisboa); Ricardo Raimundo (Escola de Hotelaria de Fátima).

A ementa apresentada pelo chefe Ricardo Raimundo e com a qual alcançou o 2.º lugar foi:

- Entrada: A ervilha e o ovo escalfado

- Prato Principal de peixe: Bacalhau de S. Martinho, castanhas e vinho

- Prato Principal de Carne: A bochecha e o lombinho

De acordo com o chefe da EHF, “este foi um concurso que exigiu uma grande preparação, esforço e determinação. Foram muitas horas de treino na procura de conseguir os melhores resultados, apurar técnicas e gerir tempos.”

Na edição deste ano, a organização do Concurso Chefe Cozinheiro do Ano, pretendeu valorizar a gastronomia tradicional portuguesa pelo que procurou destacar os menus que melhor representassem os sabores e técnicas que a caracterizam, definindo como proteínas obrigatórias: o bacalhau salgado seco, a vaca e a maçã.

O júri do concurso foi presidido por Nuno Mendes, chefe do Chiltern Firehouse e Taberna do Mercado situado em Londres e teve, como diretor técnico, o chefe António Bóia. A edição de 2015 do CCA contou ainda, como jurados, com outros nomes sonantes do mundo da Gastronomia, a saber:  chefe Nuno Diniz, chefe Helmut Ziebell (que dá o nome ao prémio ganho pelo Ricardo Raimundo), chefe Albano Lourenço e chefe Paulo Pinto.

Ricardo Raimundo iniciou o seu percurso como aluno da Escola de Hotelaria de Fátima, onde tirou o curso profissional de Cozinha/Pastelaria, ao qual se seguiu a licenciatura em Produção Alimentar em Restauração na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Ao longo dos anos e no âmbito da sua profissão, tem procurado dar ênfase aos produtos nacionais,  valorizando as suas múltiplas aplicações culinárias e atribuindo-lhes novos conceitos e apresentações. Atualmente encontra-se a frequentar o mestrado em Qualidade e Segurança Alimentar e é formador na Escola de Hotelaria de Fátima. Durante o mês de Julho frequentou um período de estágio no restaurante Bokado Aquarium, em San Sebastian (Espanha), do reconhecido chef Mikel Santamaria, integrado no projeto da INSIGNARE para a valorização dos seus formadores.

A Escola de Hotelaria de Fátima orgulha-se do excecional percurso profissional do chefe Ricardo Raimundo e acredita que numa edição futura será reconhecida a sua elevada capacidade técnica e sentido de inovação.



publicado por Carlos Gomes às 17:20
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 23 de Novembro de 2015
PARTIDO “OS VERDES” CONSIDERA ABUSIVAS EXIGÊNCIAS DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Reação do Partido Ecologista “Os Verdes” ao documento tornado público pelo Presidente da República

O Partido Ecologista “Os Verdes” considera abusivas e totalmente inaceitáveis as exigências apresentadas hoje pelo Presidente da República “com vista a uma futura solução governativa”.

Estas exigências são uma clara violação da Constituição da República Portuguesa que, como única condição para formação de um Governo, impõe o respeito pela vontade da maioria parlamentar, como são ainda um claro confronto com a vontade de mudança expressa pelos portugueses nas urnas. Demonstram ainda, claramente, a postura parcial manifestada por Cavaco Silva desde a primeira hora, que, agora, impõe exigências e condições que não impôs nem exigiu a Passos Coelho quando o encarregou de encontrar uma solução governativa.

“Os Verdes” reiteram, mais uma vez, o que já afirmaram ao Presidente da República nas audiências ocorridas com os partidos:

  1. Existem todas as condições para uma solução governativa sustentável e duradoura com vista a legislatura, com base na formação de um Governo do Partido Socialista, sustentada numa maioria de Deputados na Assembleia da República e nas posições conjuntas assumidas;
  2. Esta é a única solução com perfeito enquadramento constitucional e apoio institucional;
  3. Qualquer outra solução, como a que o Presidente da República já tentou forçar, não tem legitimidade nem estabilidade porque carece de apoio parlamentar maioritário e nega a vontade expressa pelos portugueses nas urnas;
    A atitude do Presidente da República desde o dia das eleições, ao forçar soluções governativas que não têm apoio parlamentar maioritário é, como afirmamos desde a primeira hora, a de fazer perder tempo ao país e a de arrastar e agravar os problemas com os quais o país e os portugueses se confrontam.

Como tal, “Os Verdes” consideram que o Presidente da República acentuou hoje, ainda mais, a rota de colisão clara que assume desde a primeira hora com a Constituição da República e com os seus deveres institucionais e que a “crise política” referida no documento que entregou ao Secretário-geral do PS, é ele próprio que a está a gerar e por ela terá de responder perante os portugueses.

O Partido Ecologista “Os Verdes”



publicado por Carlos Gomes às 22:27
link do post | favorito
|

GONDEMARIA PROMOVE COLHEITA BENÉVOLA DE SANGUE

12

10

IMG_3666

IMG_3698

IMG_3702



publicado por Carlos Gomes às 22:20
link do post | favorito
|

Domingo, 22 de Novembro de 2015
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ORGANIZA CONCERTOS DE MÚSICA ÀS QUINTAS-FEIRAS

Quintas com Música no Museu

26 de novembro às 19h00

Na Casa do Administrador – Museu Municipal de Ourém

No próximo dia 26 de novembro o Museu Municipal de Ourém levará a cabo mais uma edição da rubrica “Quintas com música no Museu”, com atuação da AMBO, numa iniciativa gratuita.

ENTRADA LIVRE

Horário de funcionamento: terça-feira a domingo – das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contactos: tel.: 249540900 (6831) | tlm: 919585003 | 910502917 | museu@mail.cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 09:53
link do post | favorito
|

Sábado, 21 de Novembro de 2015
CHORUS AURIS COMEMORA 43 ANOS DE EXISTÊNCIA



publicado por Carlos Gomes às 21:43
link do post | favorito
|

PANDORA ABRIU A CAIXA… E AGORA?

“Sem Deus tudo seria permitido” – Fiódor Dostoiévski

Reza a mitologia grega que quando Pandora, a primeira mulher criada por Zeus, abriu a famosa caixa que lhe tinha sido oferecida, deixou dela escapar todos os males do mundo menos a esperança que representa uma ideia indefinida em relação ao futuro. Com efeito, Pandora abriu a caixa… e agora?

6a00d8341bfb9a53ef0192ac5cd8c3970d

As ideologias modernas, a confrontação política e os interesses económicos têm produzido profundas transformações culturais que por vezes vão ao ponto de bulirem com pilares fundamentais de uma civilização, colocando em causa valores que estão muito acima dos direitos individuais.

O reconhecimento da união entre duas pessoas do mesmo sexo como se de um matrimónio se tratasse e, consequentemente, o direito de adoção homoparental, subverte os nossos valores civilizacionais. E, nesta apreciação, nada tem a ver com eventuais preconceitos ou ideias de discriminação ou homofobia.

Uma vez que o casamento é reconhecido independentemente do género, também nada justifica que o mesmo não seja de igual forma admitido indiferente ao número, devendo por consequência ser legalmente reconhecida a poligamia, poliandria e outras formas de união sob pena de discriminação de minorias culturais, étnicas e religiosas. O mesmo princípio se aplica à adoção de crianças uma vez que, prosseguindo na mesma linha de raciocínio, podendo ser adotada por duas pessoas do mesmo género, nada deve impedir que a mesma não possa ser adotada simultaneamente por mais pessoas ou mesmo uma coletividade…

Se todas estas questões poderão ser encaradas com naturalidade no contexto de outras culturas distintas da civilização judaico-cristã em que nos inserimos, entre nós apenas são justificáveis à luz do individualismo burguês que procura remover todos os obstáculos ao estabelecimento de uma sociedade liberal que possui o mercado livre como o primado do seu funcionamento. Não admira, pois, que no terreno da disputa política, entrem frequentemente em convergência neste domínio os partidos da pequena-burguesia identificados à esquerda do espectro partidário com os partidos da direita neoliberal.

Mas, Pandora abriu a caixa… e, qual civilização decadente, o Ocidente não tem mais superioridade moral para condenar práticas abomináveis como o casamento forçado de crianças promovido pelo Hamas em território palestiniano e muitos outros exemplos que apenas o pudor nos inibe de aqui mencionar.

A indiferença perante os valores religiosos e espirituais, aliada à decadência moral levará mais tarde ou mais cedo ao desaparecimento da nossa civilização – e do próprio Cristianismo na Europa! – arrastando os povos que dela fazem parte para uma escravatura cultural e social, sob dominação de outros povos com diferentes modos de vida. Seremos de novo, porventura, uma espécie de moçárabes. Resta-nos a esperança que ficou na caixa de Pandora!

Carlos Gomes



publicado por Carlos Gomes às 17:34
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 20 de Novembro de 2015
CASA DE REPOUSO DE FÁTIMA COMEMORA 25 ANOS DE SERVIÇO

No dia 1 de novembro de 1990, a Casa de Repouso de Fátima abriu portas para servir os outros.

IMG_9634

A 2015 comemora os 25 anos de serviço e homenageou ao seu fundador Francisco Jacinto Rito que criou o Lar de idosos com ambiente muito familiar de forma a proporcionar uma melhor qualidade de vida aos seus utentes. Foi uma celebração emotiva e um relembrar de momentos bons, pessoas que passaram na Casa e todos os presentes fizeram um minuto de silêncio em honra ao "Sr. Chico Enfermeiro". Francisco era uma pessoa adorada por todos e tinha um coração enorme, é por ele que a família quis celebrar este dia, pois sem ele esta casa não existia.

" Este grande Homem, recolheu imensas historias através do contacto diário com inúmeras pessoas , acreditamos que este guardião de historias  escreveu a historia deste dia ,de um dia estarmos aqui a celebrar este dia tão especial , 25 anos de amor, alegria, partilha, serviço e dedicação . A casa de repouso agradece a todos por fazerem parte deste novo capitulo de historias, foi para ajudar os outros que cada tijolo foi colocado nesta casa. Porque as histórias continuam e os momentos também."

A família agradece a todos os presentes e informou que iriam acontecer novas dinâmicas com a ajuda de um Técnica Superior de Educação Social que será Diretora técnica e potencializará os utentes proporcionando-lhes uma melhor qualidade de vida.

IMG_9626

IMG_9582

IMG_9636



publicado por Carlos Gomes às 15:51
link do post | favorito
|

OURÉM PROMOVE ESCLARECIMNTO SOBRE ESCLEROSE MÚLTIPLA

Sessão de esclarecimento sobre Esclerose Múltipla em Ourém

A Associação MEMMT – Movimento Esclerose Múltipla do Médio Tejo, em colaboração com o Município de Ourém, vai realizar uma sessão de esclarecimento sobre Esclerose Múltipla no próximo dia 28 de novembro, às 16.00h, no auditório do edifício dos Paços do Concelho.

A sessão tem como objetivo esclarecer doentes, familiares, cuidadores e população em geral e contará com a presença de Isabel Ambrósio, neurologista do Centro Hospitalar Médio Tejo. A Esclerose Múltipla é uma doença crónica, inflamatória e degenerativa, que afeta o Sistema Nervoso Central.

A entrada na sessão é livre.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:40
link do post | favorito
|

HERÓIS SÃO DE PELMÁ, NO CONCELHO DE ALVAIÁZERE

Portuguesa e paquistanês deram “tudo o que podiam” às vítimas

Natália, portuguesa, e Gabriel, paquistanês, são mais um casal vizinho do Bataclan aclamado pela imprensa francesa como heróis anónimos que ajudaram as vítimas do atentado na sala de concertos há uma semana.

502170

O seu pequeno apartamento de uma rua junto ao Bataclan tem sido "um lugar turístico", disse à Lusa Natália Teixeira-Syed, que, a 13 de novembro, abriu o portão do condomínio a pedido dos bombeiros para fazer entrar todas as vítimas do Bataclan, acolhendo também várias pessoas em sua casa e dando “tudo o que podia dar”.

Enquanto o marido e os dois filhos viam o futebol na televisão, Natália e a filha preparavam-se “para ir beber um copo ao café do Bataclan”, mas um SMS avisou-as: “Há confusão no vosso bairro” e foi quando foram espreitar o que se passava junto ao portão e os bombeiros lhes pediram para deixar entrar.

Rapidamente, todo o corredor do imóvel se transformou num hospital com “40 a 50 pessoas” e enquanto o marido e a filha ajudavam os bombeiros e as vítimas junto ao portão, Natália prestava apoio no pátio, onde várias pessoas eram operadas, ali mesmo, no chão, em frente ao seu apartamento.

“Começaram a chegar alguns que estavam completamente chocados. Numa segunda fase começaram a disparar mais forte e as outras vítimas chegaram depois. Aí foi de tudo”, descreveu a porteira, especificando que havia pessoas com ferimentos “mesmo graves, sobretudo nas pernas, na barriga” e que “os bombeiros começaram a fazer três, quatro operações no chão”.

Apesar de os bombeiros terem conseguido salvar muitas vidas, três pessoas morreram no seu pátio, lamentou Natália, de olhar cabisbaixo, explicando estar “aliviada por ter ajudado o máximo de pessoas” que pôde, mas “triste pelas vítimas que perderam amigos e familiares” e pelos que “quase todos os dias” foram a sua casa com fotografias para ver se ela reconhecia alguém.

“Eu vi pessoas com sangue, eles mostram fotografias onde as pessoas estão bem. Não posso saber…”.

“A gente deu água, cafés, toalhas, tudo o que a gente podia dar”, continuou Natália, acrescentando, em francês, que os bombeiros lhes deram luvas e depois “foi meter as mãos ao trabalho” e “até o gato fez de psicólogo”.

“Havia pessoas chocadas aqui no sofá que estavam a chorar, não estavam nada bem, estavam a tremer. O gato chegou, veio ao pé das pessoas acarinhar e depois elas acalmaram-se”, relembrou.

Na sala do pequeno apartamento do casal, os sofás estão cobertos com mantas porque ainda há manchas de sangue e o filho de onze anos mostra umas tesouras que encontrou no sofá, utilizadas pelos bombeiros para tratar um polícia da brigada de intervenção especial que tinha entrado no Bataclan.

Pouco tempo antes do ataque, o filho e o pai, Gabriel, estavam à procura de lugar para o carro quando viram um automóvel mal estacionado em cima de uma passadeira.

“Passámos uns 35 minutos antes em frente ao Bataclan, demos uma volta para estacionar o carro e cruzámo-nos com o automóvel dos terroristas. Do lado do passageiro, metade da janela estava aberta. Eu olhei para ele e ele olhou para mim com um olhar completamente glacial. Ele metia medo. Eu disse logo ao meu filho: ‘Estes tipos têm um ar estranho’”, lembrou Gabriel.

Gabriel é paquistanês, muçulmano, e está casado com Natália, católica, há vinte anos, fazendo questão de sublinhar que “os terroristas não têm nada a ver com o Islão porque são humanos com coração de pedra” e afirmando que “os muçulmanos xiitas são as primeiras vítimas dos terroristas”.

O marido de Natália tem nacionalidade francesa depois de ter conseguido o asilo político em França, país onde chegou em 1991, após ter deixado o Paquistão por ter “a cabeça a prémio” por motivos políticos. Natália nasceu em Bondy, nos arredores de Paris, é filha de emigrantes de Ourém, terra à qual regressa com regularidade.

“Já estamos casados há 20 anos, agora temos medo mais pelos meus filhos. Os garotos nas escolas só ouvem o que está na televisão e temos medo das confusões”, admitiu Natália, mediante os receios de agressões contra muçulmanos, ainda que ela nunca se tenha convertido e que a família portuguesa, católica, agora veja Gabriel como “um herói”.

Lusa



publicado por Carlos Gomes às 15:28
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2015
LEIRIENSES VÃO CANTAR AO MENINO



publicado por Carlos Gomes às 01:09
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2015
OFERTAS DE EMPREGO DA LIFE – DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E EMPREGO DA INSIGNARE (18 NOVEMBRO)

LIFE - Departamento de Formação e Emprego da INSIGNARE

Contactos: Rua Santa Teresa de Ourém, nº 13 – AP 107 2490 – 242 Ourém Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

cabeçalho-01

Oferta Nº: 588621677 IEFP - Outros Trabalhadores Não Qualificados da Indústria Transformadora (m/f) Fátima. Informação e candidaturas: https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheOfertas.do?idOferta=588621677&name=ofertas&posAbs=1&numTotRows=4

Oferta Nº: 588621643 IEFP – Pintor de Construções (m/f) N. Sra. Misericórdias Informação e candidaturas: https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheOfertas.do?idOferta=588621643&name=ofertas&posAbs=2&numTotRows=4

Oferta Nº: 588621232 IEFP - Cozinheiro (m/f) Urqueira. Informação e candidaturas: https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheOfertas.do?idOferta=588621232&name=ofertas&posAbs=3&numTotRows=4

Oferta Nº: 588621008 IEFP - Ajudante familiar (m/f) Alburitel. Informação e candidaturas: https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/pesquisas/detalheOfertas.do?idOferta=588621008&name=ofertas&posAbs=4&numTotRows=4

Netempregos 16/11 Recepcionista (m/f) – Fátima. O Luz de Fátima precisa de uma recepcionista que reúna todas as competências e capacidades de um bom trabalhador/a do ramo. Pessoa com alguma experiência em contabilidade. Todos os currículos devem ser enviados para o seguinte e-mail: geral-luzdefatima@hotmail.com

Netempregos 16/11 Precisa-se de funcionária de lavandaria (m/f) – Domus Carmeli. Ter conhecimentos e/ou experiência de lavandaria em hotéis ou similares. Ter disponibilidade imediata residir na zona de Fátima ou nas proximidades. Enviar currículos para apoio@domuscarmeli.net

Netempregos 16/11 – Empregada/o de balcão para Loja em Fátima (m/f) Para loja de comércio "Artigos Regionais Religiosos" - Envie seu curriculum para: entidade.emprego@outlook.pt

Netempregos 16/11 – Empregada/o de limpeza/andares (m/f) Fátima- Procura-se empregada de andares para limpeza e arrumação de quartos, bem como de todas as áreas comuns (da unidade de 4 estrelas) - Envie seu curriculum para: entidade.emprego@outlook.pt

Netempregos 16/11 – Electricista (m/f) Fátima- Trigénius - Empresa de Tecnologias de Informação sediada em Fátima. Electricidade de baixa tensão; Instalação de cablagem para redes de dados; 9º Ano de escolaridade ou superior; Valorização de fluência em Francês; Resposta para: silvio.cruz@trigenius.pt

Netempregos 16/11 – Orçamentista Carpintaria Industrial (m/f) – Grupo Transfor - Habilitações ao nível do ensino superior e/ou curso técnico; Com experiência mínima de 4 anos em carpintaria industrial; Domínio da língua francesa (preferencial) e inglesa (preferencial); Bons conhecimentos de Excel; Bons conhecimentos de Autocad; Relacionamento interpessoal e espírito de equipa; Orientação para objectivos; Disponibilidade para trabalhar na zona de Fátima. Caso possua o perfil pretendido, agradecemos o envio do CV para: emprego.serralharia@gmail.com

Netempregos 17/11 – Copeira(o) para Hotel em Fátima (m/f) – Unidade hoteleira em Fátima, que tenha sentido de responsabilidade e gosto pelo trabalho, para: executar o trabalho de limpeza e tratamento das louças, vidros e outros utensílios de mesa, cozinha e equipamento usados no serviço de refeições por cuja conservação é responsável. Coopera na execução de limpezas e arrumações da secção. Envie seu curriculum para: entidade.emprego@outlook.pt

RLeiria 16/11 – 1 CHEFE DE COZINHA | 1 CHEFE DE SALA | 1 EMPREGADO DE MESA (m/f) - Restaurante Monte Grande em Albergaria - Marinha Grande, admite (m/f) Contactar Tel. 919 927 179.

Emprego & Estágios - A EDP, empresa de referência no sector energético, está a recrutar na área de Audiovisual, Multimédia ou similares. Mais informações e candidaturas até 19/11 - http://pt.thetalentcity.com/edp/opportunities/1204/

Emprego & Estágios – Banco de Portugal está a recrutar na área de direito. Mais informações e candidaturas: http://www.empregoestagios.com/banco-portugal-esta-a-recrutar-na-area-de-direito/

Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias.



publicado por Carlos Gomes às 16:37
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE "ALA DOS NAMORADOS"



publicado por Carlos Gomes às 09:40
link do post | favorito
|

OUREENSES ORGANIZAM PASSEIO TT



publicado por Carlos Gomes às 09:39
link do post | favorito
|

Terça-feira, 17 de Novembro de 2015
ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA ENTREGA IDENTIFICATIVOS DE CURSO AOS SEUS ALUNOS

Na passada quinta-feira, realizou-se na Escola de Hotelaria de Fátima, a Cerimónia de Entrega de Identificativos aos alunos dos vários cursos. Este momento é um marco importante na vida escolar dos alunos porque é envolto num simbolismo hierárquico de passagem do testemunho dos alunos mais velhos para os alunos mais novos. Durante a cerimónia foram também distinguidos os alunos do mês e entregue os prémios ao Aluno do Ano e à Turma do Ano, do ano letivo 2014/2015.

unnamed

Ao longo da cerimónia foram entregues os vários identificativos, a saber: os lenços e os barretes que compõem a farda dos alunos de cozinha e que variam em cor (lenços) e tamanho (barrete) consoante o ano em que o aluno se encontra; as gravatas e os estojos de trabalho para os alunos de restaurante-bar; os pins aos alunos de turismo, que pela sua cor os distinguem no seu ano de formação. Estes identificativos, para além de serem ferramentas de trabalho, são uma forma de valorização pessoal e profissional não só na escola mas também junto do meio empresarial.

A cerimónia deste ano contou com a presença da Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Deolinda Simões, da Vereadora do Município de Ourém, Lucília Vieira e de ex-alunos que, com o seu testemunho, vêm partilhar o seu percurso e vivências enquanto profissionais do setor, referindo a importância dos conhecimentos adquiridos, quer sejam de âmbito teórico (em ambiente de sala de aula), quer de âmbito prático (aulas práticas e Formação em Contexto de Trabalho). Este contributo pretende ajudar os alunos da EHF a abrir horizontes e a perceberem que o seu futuro depende unicamente da sua motivação, humildade e capacidade de adaptação para a profissão.

Os ex-alunos convidados são: Sandrina Pereira, do curso de Receção, que se encontra a trabalhar na Agência de viagens El corte Inglês; João Pedro Silva, do curso de Restaurante-Bar, sócio-gerente de um projeto constituído por 3 restaurantes - Casa de Linhares, Bacalhau de Molho e Pátio de Alfama; e Isidro Evangelista, do curso de Cozinha-Pastelaria, finalista do Jovem Talento da Gastronomia na categoria "Cozinha MAKRO" e que neste momento se encontra a trabalhar em Lisboa, no Restaurante Belcanto.



publicado por Carlos Gomes às 10:54
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE "ALA DOS NAMORADOS"



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 16 de Novembro de 2015
GONDEMARIA PROMOVE RECOLHA BENÉVOLA DE SANGUE E MEDULA OSSEA



publicado por Carlos Gomes às 15:32
link do post | favorito
|

Domingo, 15 de Novembro de 2015
OUREENSES ORGANIZAM PASSEIO TT



publicado por Carlos Gomes às 10:18
link do post | favorito
|

Sábado, 14 de Novembro de 2015
APELO AOS OUREENSES QUE VIVEM NA REGIÃO DE LISBOA

A banda da Sociedade Filarmónica Ouriense vai no próximo dia 29 de novembro, desfilar na avenida da Liberdade, em Lisboa, rumo à Praça dos Restauradores, no âmbito das comemorações do dia 1º de dezembro, dia da Restauração da Independência Nacional.

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n

A Sociedade Filarmónica Ouriense participa nestas celebrações em representação de Ourém e do Distrito de Santarém. A iniciativa que conta com mais de mil e quinhentos músicos, integrando um total de 30 entidades, incluindo 1 grupo de percussão, 1 coral de Cante Alentejano, 1 banda nacional militar e 27 bandas filarmónicas civis, é uma iniciativa do Movimento 1º de Dezembro que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

Vivem na região de Lisboa cerca de um milhar de oureenses e seus descendentes que, naquela tarde de domingo, numa manifestação de patriotismo e apego às suas origens, têm uma oportunidade de acolher em Lisboa com o seu aplauso o desfile e a atuação da Sociedade Filarmónica Ouriense.

Apela-se, pois, a que todos os ourienses se concentrem no lado direito, no sentido descendente, do último quarteirão da avenida da Liberdade, antes da entrada da Praça dos Restauradores, levando consigo elementos identificadores do concelho de Ourém.

- Vamos dar o nosso apoio à Sociedade Filarmónica Ouriense!

1238089_513371085397672_1815816298_n



publicado por Carlos Gomes às 17:15
link do post | favorito
|

PORTUGUESES ESTÃO DE LUTO PELA FRANÇA



publicado por Carlos Gomes às 13:30
link do post | favorito
|

BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA

Sociedade Filarmónica Ourienses participa em lisboa nas comemorações do 1º de Dezembro

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste desfile e mobilizou por todo o país diferentes bandas e municípios para o efeito, sendo possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro.

1238089_513371085397672_1815816298_n

 

Foi um êxito em 2012, em 2013 e em 2014. Será êxito maior em 2015.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.500 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 4ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPO DE PERCUSSÃO

Tocá Rufar

CANTE ALENTEJANO:

Grupo Coral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira

BANDA NACIONAL:

Banda da Força Aérea

BANDAS FILARMÓNICAS:

Sociedade Artística Banda Vale de Cambra

Banda Filarmónica de Odemira

Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho

Banda Filarmónica Retaxense

Banda Filarmónica do Paúl

Banda de Música da Liga dos Amigos de Castelo Novo

Filarmónica Idanhense e Adufeiras de Idanha-a-Nova

Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical)

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense

Sociedade Filarmónica Sangianense

SUA - Sociedade União Alcaçovense

Sociedade Filarmónica Portimonense

Banda Academia de Santa Cecília (de S. Romão)

Sociedade Filarmónica Maceirense

Banda Recreativa Portomosense

Sociedade Filarmónica Comércio e Indústria da Amadora

Banda Musical e Artística da Charneca (Lisboa)

Banda Municipal Alterense

Sociedade Filarmónica União Maçaense

Sociedade Filarmónica Ouriense

Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete

Sociedade Filarmónica Incrível Almadense

Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro (Montijo)

Sociedade Filarmónica Palmelense os Loureiros

Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima

Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha

Banda Musical da Torre de Ervededo

Será um total de 30 entidades, integrando 1 grupo de percussão, 1 coral de Cante Alentejano, 1 banda nacional militar e 27 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1500 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Tenente-Coronel Élio Salsinha Murcho, da Banda da Força Aérea.

Ao longo do desfile serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

A RTP-Internacional transmitirá em directo esta grande manifestação cultural, cívica e patriótica. A RTP-2 transmitirá, em diferido, no próprio dia 1 de Dezembro, em horário a anunciar.

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n



publicado por Carlos Gomes às 07:12
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 13 de Novembro de 2015
SOCIEDADE FILARMÓNICA OURIENSE DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA 1º DE DEZEMBRO

Oureenses em Lisboa vão apoiar a banda da Sociedade Filarmónica Ouriense

A Sociedade Filarmónica Ouriense é uma das orquestras filarmónicas que vai representar o Distrito de Santarém no desfile de bandas que vai decorrer no próximo dia 29 de novembro, na avenida da Liberdade.

1238089_513371085397672_1815816298_n

Trata-se de uma grandiosa jornada patriótica evocativa da data da Restauração da Independência Nacional em 1640, cujas comemorações devem manter-se vivas sob a forma de celebrações populares.

A organização é da iniciativa do Movimento 1º de Dezembro e conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da EGEAC e da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

As gentes do concelho de Ourém que vivem na região de Lisboa vão seguramente concentrar-se na avenida da Liberdade para aplaudir a banda da Sociedade Filarmónica Ouriense à sua passagem rumo à Praça dos Restauradores.

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n



publicado por Carlos Gomes às 15:12
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2015
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM APRESENTA DANÇAS EUROPEIAS

Danças Europeias no Museu

13 de NOVEMBRO às 21h00

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Mostra de danças da Europa, onde a paixão, a diversão, a alegria e o convívio estão presentes. Se acha que não sabe dançar, venha e comprove o contrário. Experimente e aprenda novas danças tradicionais.

A dança traz felicidade.

Acesso gratuito

Museu Municipal de Ourém: terça-feira a domingo – das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contactos: tel.: 249540900 (6831) | tlm: 919585003 | 910502917 | museu@mail.cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 12:52
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Novembro de 2015
ASSOCIAÇÃO PARA A DEFESA DA CULTURA TRADICIONAL PROMOVE DEBATE SOBRE ETNOGRAFIA E FOLCLORE

12196252_1058844890823085_8574757139967522931_n



publicado por Carlos Gomes às 23:19
link do post | favorito
|

A TRADIÇÃO DIONISÍACA DO S. MARTINHO: DAS ORIGENS PAGÃS À VERSÃO CRISTIANIZADA

Fazendo jus ao rifão "pelo S. Martinho, vai à adega e prova o vinho", cumpre-se invariavelmente em Novembro o ritual dionisíaco do S. Martinho.

É chegada a altura de inspecionar os vinhos das últimas colheitas verificando se fermentaram como deviam. Mas é também tempo de magusto com castanhas assadas ou cozidas devidamente regadas com vinho novo, a água-pé e jeropiga.

Após as ave-marias, a taberna da aldeia adquire uma animação orgíaca muito peculiar que lhe é conferida pelo elevado número de fiéis que ali acorre enquanto o taberneiro, qual sacerdote dionisíaco que altivo se perfila por detrás da ara do balcão como se de um altar se tratasse, serve uma após outra sucessivas rodadas de verdasco numa inebriante comunhão eucarística.

A taberna é nos nossos dias como que um templo dedicado a Baco onde o culto é praticado livremente pelos seus iniciados, embora expurgado dos excessos com que tais festins ocorriam ao tempo da Roma antiga.

Como não podia deixar de acontecer, S. Martinho é bastante celebrado no nosso país, particularmente em localidades onde a tradição vinícola mais se faz sentir, algumas das quais lhe consagram inclusivamente feriado municipal. Alijó, Penafiel, Pombal, Torres Vedras e Golegã são disso alguns exemplos.

É ainda à famosa lenda segundo a qual, S. Martinho de Tours vendo em pleno Inverno um pobre completamente despido tiritando de frio o agasalhou com metade da sua capa que cortou com a própria espada, que se atribui a origem do chamado "Verão de São Martinho" que geralmente ocorre nesta altura do ano.

Uma vez provados os vinhos e realizados os tradicionais magustos, é também tempo colher a azeitona e levá-la ao lagar, de iniciar a sementeira do trigo e do centeio, plantar cerejeiras e amendoeiras, damasqueiros e videiras, semear os agriões e colocar estacas nas plantas que possam ser afetadas com os ventos fortes de inverno. Em breve chegará o Dezembro e as festas solsticiais e do nascimento de Cristo, as filhoses e as rabanadas, a missa do galo e as zabumbas.

Para quem vive na cidade, desenraizado das suas origens rurais, à falta de uma adega nas proximidades, resta-nos sugerir: Pelo S. Martinho, vai à taberna e prova o vinho!

Carlos Gomes / http://www.folclore-online.com



publicado por Carlos Gomes às 18:37
link do post | favorito
|

OFERTAS DE EMPREGO DA LIFE – DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO E EMPREGO DA INSIGNARE (11 NOVEMBRO)

LIFE - Departamento de Formação e Emprego da INSIGNARE

Contactos: Rua Santa Teresa de Ourém, nº 13 – AP 107 2490 – 242 Ourém Telefone 249 540 397 gip@insignare.pt

cabeçalho-01

Nota: As ofertas com referência IEFP obrigam à inscrição no Serviço de Emprego: Consulte https://www.netemprego.gov.pt/IEFP/ Contactos: Telefone 249 540 390 gip@insignare.pt

LIFE 11/11 – Estágio Emprego Restaurante Bar Nível 4 (m/f) Paraíso Park - Nazaré, contactos 917457225/916345403.

LIFE 11/11Colaborador para atendimento ao público/armazém (m/f) Ourém – Perfil: 9º ano mínimo; Boa apresentação; Gestão de stock; venda ao balcão; gestão de encomendas; facturas, recibos. Conhecimentos de informática e experiência mínima de 6 meses. Candidatura para: Tef:915 073 853 geral@electropesados.com

588621008 IEFP - Ajudante familiar (m/f) Ourém. Informação e candidaturas: https://www.iefp.pt/en/ofertas-emprego?item=588621008&registo=0

588620242 IEFP – Vendedor em loja (estabelecimento) (m/f) Ourém. Informação e candidaturas: https://www.iefp.pt/en/ofertas-emprego?item=588620242&registo=0

588620233 IEFP - Outros trabalhadores dos serviços pessoais, ne (m/f) Ourém. Informação e candidaturas: https://www.iefp.pt/en/ofertas-emprego?item=588620233&registo=0

588620228 IEFP - Ajudante familiar (m/f) Ourém. Informação e candidaturas: https://www.iefp.pt/en/ofertas-emprego?item=588620228&registo=0

588619231 IEFP Empregado de mesa (m/f) Ourém. Informação e candidaturas: https://www.iefp.pt/en/ofertas-emprego?item=588619231&registo=0

Netempregos 10/11 Professores/Personal Trainers (m/f) – Ourém. Ginásio Vila Fit, Instrutores de aulas de grupo (Zumba, Pilates, Stretching, Abdominais, Treino Funcional, Indoor Cycling, TRX, Yoga, Boxe e Muay-Thai entre outras) Instrutores e aulas pré coreografadas - MANZ, Radical Fitness, outras; Deve: Possuir a Cédula de Técnico de Exercício Físico (obrigatório); Experiência em leccionação de aulas de grupo e monitorização de sala de musculação. Facilidade de integração em equipa e à vontade na comunicação com pessoas; Assíduo(a), pontual, criativo(a), dinâmico(a); Enviar curriculum vitae, com referência: Instrutores Novembro 2015, com carta de motivação para: geral@vilafitourem.com

Netempregos 10/11 Engenheiro Civil (m/f) – A ECODEPUR pretende contratar um colaborador para o departamento comercial internacional. Mais informação e candidatura: candidaturas@ecodepur.pt http://www.net-empregos.com/2776303/precisa-engenheiro-civil-para-departamento-comercial-internacional/#.VkNR8LPtlVI

Netempregos 11/11 – Comercial (m/f) – Ourém - Ourividro, SA. Mais informação e candidatura: http://www.net-empregos.com/2783719/precisa-se-de-comercial-para-a-ourividro-fatima/#.VkNlqbPtlVI

RLeiria 09/11 – CHEFE DE SALA / RESTAURANTE | EMPREGADO DE MESA / BAR (m/f) - Hotel de 4 estrelas na zona Oeste está a reforçar a sua equipa de F&B.Perfil dos Candidatos: Formação Técnico-Profissional e/ou Superior em Hotelaria/Restauração comprovada na mesma função em Hotel de 4 e/ou 5 estrelas; Boa capacidade de comunicação e orientação para o Cliente; Bons conhecimentos de Inglês; Disponibilidade horária para trabalhar por turnos. Junte-se a uma equipa dinâmica e integre um Grupo sólido e em expansão! Envie o seu CV actualizado indicando aposição que se a candidata para: fb.hotel@sapo.pt

RLeiria 09/11 – TÉCNICO/A DE LOGÍSTICA E PLANEAMENTO (m/f) – Leiria. Empresa sediada na Marinha Grande, que se dedica à produção e comercialização de embalagens em cartão canelado, pretende recrutar Técnico/a de Logística e Planeamento, com o seguinte perfil: Perfil: - Sexo Masculino/ Feminino; Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial ou Informática de Gestão, Gestão, Tecnologias de Informação; Gosto pelo trabalho em equipa; - Bom comunicador; - Capacidade de lidar sobre stress; - Assertivo; - Organizado; - Proactivo / Dinâmico; Disponibilidade Imediata. Funções: Reportando ao Diretor de Produção: - Gestão de entregas; - Gestão de armazém de matéria prima; - Coordenação entregas com o departamento de vendas; - Apoio na gestão de compras de matéria prima; - Gestão de inventários. Oferecemos: - Remuneração compatível com a função; - Boa integração e prospecção de evolução na carreira. Enviar C.V: recrutamento.rh@cartonarte.pt

RLeiria 09/11 ORÇAMENTISTA (m/f) – Leiria. Idade ate 40 anos; - Experiência em plataformas eletrónicas; - Espírito dinâmico; - Capacidade de planeamento. Empresa de construções de obras públicas. Resposta ao nº MC/10/06, via CTT ou para emprego@regiaodeleiria.pt

Expresso Emprego 06/11 Engenheiro de Produção (m/f) Santarém – Mais informação e candidaturas: http://expressoemprego.pt/emprego/engenheiro-de-producao/santarem/1488946

Expresso Emprego 06/11 - Chefe de Turno de Armazém (m/f) Santarém - Mais informação e candidaturas: http://expressoemprego.pt/emprego/chefe-de-turno-de-armazem/santarem/1488936

Expresso Emprego 10/11 - Responsáveis de Zona – Leiria – ALDI. Mais informação e candidaturas: http://expressoemprego.pt/emprego/responsaveis-de-zona/zona-centro---lisboa-a-leiria/1489502

Todas as ofertas estão sujeitas a alterações diárias.



publicado por Carlos Gomes às 16:56
link do post | favorito
|

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM APRESENTA EXPOSIÇÃO “AO REDOL DA TIJOMEL”

“Ao Redol da Tijomel” é o tema da exposição temporária do Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador - para o próximo semestre.

tijomel_3

A exposição foi inaugurada no passado sábado e retrata a história da fábrica de cerâmica de Júlio Redol, em Caxarias, - o expoente máximo do património industrial de Ourém e um dos principais ícones de vanguarda para o concelho.

O estudo deste tema era uma ambição antiga do Museu Municipal de Ourém, enquanto organismo que trabalha a identidade, o património e o território de Ourém. Foi então que três jovens designers do concelho (Mélanie Rodrigues, Luís Freire e Rúben Pereira) tomaram a iniciativa de avançar com o projeto.

tijomel_1

Durante mais de um ano trabalharam afincadamente na pesquisa. Primeiro surgiu o vídeo, que alcançou o primeiro prémio regional do Cinantrop - Festival Internacional de Cinema Etnográfico. Segui-lhe a preparação da exposição sobre a obra da Tijomel e o seu mentor: Júlio Redol. “Ao Redol da Tijomel” traz de volta toda a grandeza que a fábrica conseguiu oferecer à cerâmica portuguesa, sustentada em grandes valores industriais e sociais.

A equipa do museu apoiou os jovens comissários com o restauro de peças, a revisão dos textos, e demais tarefas que implicam a montagem de uma exposição de cariz museológico.

Durante os próximos seis meses a Casa do Administrador celebra, em exposição, duas personalidades de Ourém no século XX: Artur Oliveira Santos e Júlio Redol.

A exposição pode ser visitada de terça a domingo das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. Mais informações através do email museu@mail.cm-ourem.pt ou 913585003.

Localizada em Caxarias, a Tijomel representava uma referência de vanguarda a vários níveis: a dimensão e a estrutura portentosa do imóvel; a tecnologia com que estava equipado; a qualidade dos produtos, que conjugados por grandes artistas produziram grandes obras de arte em espaços de comércio, cultura e outros – como a Casa de Chá no Porto. Mas, para além disso, ressalta a grande figura do fundador Júlio Redol, pela sua capacidade de visão, humanismo e capacidade de gestão.



publicado por Carlos Gomes às 10:21
link do post | favorito
|

Terça-feira, 10 de Novembro de 2015
PARTIDO “OS VERDES” FORMALIZA POSIÇÃO CONJUNTA COM O PARTIDO SOCIALISTA

“Posição conjunta do PS e do PEV sobre solução política” formalizada hoje

Os Verdes formalizaram hoje, 10 de Novembro, com o Partido Socialista, o acordo denominado “Posição conjunta do PS e do PEV sobre solução política”.

Este acordo, tendo em vista a XIII Legislatura, decorre de um conjunto de reuniões de trabalho entre os dois partidos, onde foram encontrados pontos de convergência para dar resposta às profundas dificuldades que Portugal atravessa e contribuir para a melhoria da vida da população.

Os Verdes salientam os anexos deste acordo, onde estão as questões mais específicas, levantadas apenas pelos Verdes no quadro destas negociações, nomeadamente a não privatização do setor da água em alta, a tomada de medidas urgentes no sentido de garantir a mobilidade das pessoas e o desenvolvimento de um plano estratégico para a mobilidade de passageiros centrado no transporte ferroviário e, ainda, outras questões que ficaram, fruto deste acordo, já consagradas no programa do PS, de entre as quais o PEV destaca: a reversão da fusão das empresas de Água, a travagem da expansão do eucalipto e o apoio às fileiras florestais autóctones, a reavaliação do Programa Nacional de Barragens, a revisão da Convenção de Albufeira.

Posição conjunta do PS e do PEV sobre solução política

O Partido Socialista (PS) e o Partido Ecologista «Os Verdes» (PEV) assumem a seguinte posição sobre a solução política no quadro da nova realidade institucional da XIII legislatura decorrente das eleições de 4 de Outubro.

  1. As eleições de 4 de Outubro traduziram uma clara derrota da coligação PSD/CDS. PSD/CDS perderam as condições e legitimidade política de prosseguir a sua governação. Em Outubro não foi apenas o governo PSD/CDS que foi condenado mas também a sua política.

As eleições ditaram uma nova composição da Assembleia da República para a presente legislatura que corresponde a uma substancial alteração da correlação de forças. Esta nova realidade e a vontade de mudança expressa pelo povo português coloca a exigência e a responsabilidade de assegurar a interrupção do rumo prosseguido pelo anterior governo.

É esta responsabilidade que se impõe concretizar: a de procurar uma política que dê resposta a problemas mais urgentes dos portugueses, do emprego, dos salários e rendimentos, das pensões e prestações sociais, dos direitos, das funções sociais do Estado e dos serviços públicos nomeadamente a saúde, a educação, a segurança social e a cultura.

  1. Foi esse o objectivo que PS e PEV procuraram ao longo de uma esforçada abordagem mútua para identificar matérias, medidas e soluções que possam traduzir um indispensável sinal de 2 mudança.

Uma abordagem séria em que se reconheceram a natureza distinta dos programas dos dois partidos e as diferenças de pressupostos com que observam e enquadram aspectos estruturantes da situação do País.

Mas também, e sobretudo, um trabalho e uma avaliação que confirmaram existir um conjunto de questões que podem assegurar uma resposta pronta a legítimas aspirações do povo português de verem recuperados os seus rendimentos, devolvidos os seus direitos, asseguradas melhores condições de vida. Foram os pontos de convergência e não os de divergência que ambos os partidos optaram por valorizar.

  1. Entre outros, PS e PEV identificam como aspectos em que é possível convergir, independentemente do alcance programático diverso de cada partido, com vista a soluções de política inadiáveis, os pontos do Anexo à presente posição conjunta e ainda:

O descongelamento das pensões; a reposição dos feriados retirados; um combate decidido à precariedade, incluindo aos falsos recibos verdes, ao recurso abusivo a estágios e ao uso de contratos emprego/inserção para substituição de trabalhadores; a revisão da base de cálculo das contribuições pagas pelos trabalhadores a recibo verde; o fim do regime de requalificação/mobilidade especial; o cumprimento do direito à negociação colectiva na Administração Pública; a reposição integral dos complementos de reforma dos trabalhadores do sector empresarial do estado; a redução para 13% do IVA da restauração; a introdução da 3 cláusula de salvaguarda no IMI; a garantia de protecção da casa de morada de família face a execuções fiscais e penhoras; o alargamento do estímulo fiscal às PME em sede de IRC; a reavaliação das reduções e isenções da TSU; o reforço da capacidade do SNS pela dotação dos recursos humanos, técnicos e financeiros adequados, incluindo a concretização do objectivo de assegurar a todos os utentes médicos e enfermeiros de família; a revogação da recente alteração à Lei de Interrupção Voluntária da Gravidez; a garantia, até 2019, do acesso ao ensino pré-escolar a todas as crianças a partir dos três anos; o reforço da Acção Social Escolar directa e indirecta; a vinculação dos trabalhadores docentes e não docentes das escolas; a redução do número de alunos por turma; a progressiva gratuitidade dos manuais escolares do ensino obrigatório; a promoção da integração dos investigadores doutorados em laboratórios e outros organismos públicos e substituição progressiva da atribuição de bolsas pós-doutoramento por contratos de investigador; a reversão dos processos e concessão/privatização das empresas de transportes terrestres; a não admissão de qualquer novo processo de privatização; a não privatização do sector da água em alta; o desenvolvimento da rede ferroviária nacional nomeadamente de passageiros.

PS e PEV registam ainda a identificação de outras matérias em que, apesar de não se ter verificado acordo quanto às condições para a sua concretização, se regista uma convergência quanto ao enunciado dos objectivos a alcançar. Estão neste âmbito: a reposição dos salários dos trabalhadores da Administração Pública em 2016; a reposição do horário de trabalho de 35 horas na Administração Pública, bem como a eliminação de restrições de contratação na Administração Pública central, regional e local; a eliminação da sobretaxa do IRS; o aumento de escalões e a progressividade do IRS; a eliminação do obstáculo que as taxas moderadoras constituem no acesso ao SNS e a reposição dos direitos ao transporte de doentes não urgentes de acordo com as 4 condições clínicas e económicas dos utentes do SNS: o alargamento do acesso e montantes das prestações de protecção social e apoio social, o reforço e diversificação das fontes de financiamento da Segurança Social.

  1. O PS e o PEV reconhecem as maiores exigências de identificação política que um acordo sobre um governo e um programa de governo colocava. No entanto PS e PEV reconhecem no quadro do grau de convergência que foi possível alcançar que estão criadas as condições para:
  2. i) pôr fim a um ciclo de degradação económica, social e ambiental que a continuação de um governo PSD/CDS prolongaria. Com esse objectivo rejeitarão qualquer solução que proponha um governo PSD/CDS como derrotarão qualquer iniciativa que vise impedir a solução governativa alternativa;
  3. ii) existir uma base institucional bastante para que o PS possa formar governo, apresentar o seu programa de governo, entrar em funções e adoptar uma política que assegure uma solução duradoura na perspectiva da legislatura;

iii) na base da nova correlação institucional existente na AR adoptar medidas que respondam a aspirações e direitos do povo português.

Neste sentido PS e PEV afirmam a disposição recíproca de:

  1. i) encetarem o exame comum quanto à expressão que as matérias convergentes identificadas devem ter nos Orçamentos do Estado, na generalidade e na especialidade, no sentido de não desperdiçar a oportunidade de esses instrumentos corresponderem à indispensável devolução de salários, pensões e direitos; à inadiável inversão da degradação das condições de vida do povo português bem como das funções sociais com 5 a garantia de provisões pelo Estado de serviços públicos universais e de qualidade; e à inversão do caminho de declínio, injustiças, exploração e empobrecimento presente e acentuado nos últimos anos;
  2. ii) examinarem as medidas e soluções que podem, fora do âmbito do Orçamento do Estado, ter concretização mais imediata;

iii) examinarem, em reuniões bilaterais que venham comummente a serem consideradas necessárias, outras matérias, cuja complexidade o exija ou relacionadas com:

  1. a) legislação com impacto orçamental;
  2. b) moções de censura ao Governo;
  3. c) iniciativas legislativas oriundas de outros grupos parlamentares;
  4. d) iniciativas legislativas que, não tendo impacto orçamental, constituam aspectos fundamentais da governação e funcionamento da Assembleia da República.

A opção por uma posição bilateral entre PS e PEV não limita outras soluções que PS e PEV entendam como convenientes estabelecer com o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português.

  1. Com integral respeito pela independência política de cada um dos partidos e não escondendo do povo português diferenças quanto a aspectos estruturantes da visão de cada partido quanto a opções de política que os respectivos programas evidenciam, os partidos subscritores do texto que hoje tornam público confirmam com clareza bastante a sua disposição e determinação em impedir que PSD e CDS prossigam a política que agora expressivamente o País condenou e assumir um rumo para o país que garanta:
  2. a) Virar a página das políticas que traduziram a estratégia de empobrecimento seguida por PSD e CDS;
  3. b) Defender as funções sociais do Estado e os serviços públicos, na segurança social, na educação e na saúde, promovendo um combate sério à pobreza, às desigualdades sociais e económicas e às assimetrias regionais;
  4. c) Conduzir uma nova estratégia económica assente no crescimento e no emprego, no aumento do rendimento das famílias e na criação de condições para o investimento público e privado;
  5. d) Promover um novo modelo de progresso e desenvolvimento para Portugal, que aposte na valorização dos salários e na luta contra a precariedade, relance o investimento na educação, na cultura e na ciência, e devolva à sociedade portuguesa a confiança e a esperança no futuro.
  6. e) Valorizar a participação dos cidadãos, a descentralização politica e as autonomias insulares.

Lisboa, 10 de Novembro de 2015

Partido Socialista Partido Ecologista «Os Verdes»

Anexo da Posição Conjunta do PS e do PEV:

I - ÁGUA

1º - Garantir a não privatização da água:

  1. O acesso à água é considerado um direito humano, devendo um novo regime tarifário possuir tarifas sociais que permitam o acesso por todos;
  2. Manutenção no sector público dos serviços de água em alta (captação, tratamento e elevação), revertendo o processo de fusões dos sistemas em alta, reformulando os sistemas na sua estrutura e procurando desenvolver novos sistemas de menores dimensões, com menos perdas e gastos energéticos, lançando mão de novas tecnologias que permitam igual qualidade e menores custos;
  3. Respeito pelo princípio da autonomia das autarquias na decisão relativa aos sistemas municipais.
  4. Incentivar a revisão dos contratos de concessão de primeira geração, procurando que o preço dos serviços da água corresponda a um preço justo;

2º - Rios e Albufeiras

  1. Revisão da Convenção de Albufeira com o objetivo de garantir as exigências ambientais e os interesses nacionais (e.g. caudais mínimos, qualidade da água); 2. Necessidade de garantir mais meios técnicos e humanos para assegurar a proteção dos recursos hídricos, através da implementação da monitorização e de uma maior e melhor fiscalização.
  2. 3º - Água para a agricultura
  3. Recusa do aumento da tarifa fixa.

II - ENERGIA

1º- Privilegiar a poupança e a eficiência na política energética:

  1. Reavaliar o Plano Nacional de Barragens, nomeadamente as barragens cujas obras ainda não iniciaram, como é o caso das barragens da Cascata do Tâmega.

2º- Transportes:

  1. Rever o PETI com o objetivo de recentrar a política de transportes no transporte ferroviário, quer para passageiros, quer para mercadorias;
  2. Desenvolver um plano estratégico para a mobilidade de passageiros, considerando a generalidade dos modos de transporte e procurando a criação de condições para o desenvolvimento do transporte ferroviário;
  3. Garantir a mobilidade das pessoas, tomando medidas urgentes que assegurem serviços de transportes públicos, nomeadamente nas zonas rurais e no interior do país.

III - COESÃO TERRITORIAL/ECONOMIA /AMBIENTE/SERVIÇOS PÚBLICOS

1º - Floresta

  1. Aumentar a produção e a produtividade das fileiras florestais através do aumento das áreas de montado de sobro e de azinho e de pinheiro bravo, travando a expansão da área do eucalipto, designadamente através da revogação da Lei que liberaliza a plantação de eucaliptos, criando um novo regime jurídico.

2º - Apoiar as micro, pequenas e médias empresas Capacitar as PME na resposta aos mercados públicos: eliminar barreiras de acesso, sistematizar e disponibilizar bases de dados com informação detalhada e atualizada sobre os investimentos em infraestruturas programados e em curso; oferecendo apoio técnico em processos de certificação ou de (pré) qualificação enquanto fornecedores e apoio na organização de consórcios ou outras formas de cooperação entre PME, na apresentação de propostas e identificação de financiamentos aos clientes.

3º - Defender os Serviços Públicos:

  1. Não encerrar mais nenhum serviço público de proximidade.

4º - Aumento das Reformas

  1. Aumento anual das reformas e pensões através da reposição, em 1 de Janeiro de 2016, da norma da Lei n.º 53-B/2006 de 29 de Dezembro, relativa à atualização das pensões, suspensa desde 2010, permitindo pôr fim a um regime de radical incerteza na evolução dos rendimentos dos pensionistas. 10
  2. Reposição, nos valores de 2011, das prestações do Abono de Família, Complemento Solidário para Idosos e Rendimento Social de Inserção.
  3. Reposição do pagamento dos complementos de reforma nas empresas do Sector Empresarial do Estado.

IV – CONSERVAÇÃO DA NATUREZA E DA BIODIVERSIDADE

1º - Garantir investimento público neste sector

1.Reforçar os meios humanos e técnicos, bem como o estudo e a investigação nesta área.

V- FISCALIDADE

1º - IVA 1.Taxa no sector da restauração passar para os 13% em 2016. 2º - IRS 1.Aumentar a progressividade do IRS, nomeadamente através do aumento do número de escalões;

2.Melhoria das deduções à coleta para os baixos e médios rendimentos;

3.Redução da sobretaxa do IRS em 2016 em 50% e eliminação em 2017; 3º IRC 1- Alargamento do sistema de estímulos fiscais às PME em sede de IRC;

2 - Criar um sistema de incentivos a instalação de empresas e ao aumento da produção nos territórios fronteiriços, designadamente através de um benefício fiscal, em IRC, modulado pela distribuição regional do emprego;

3 - Reverter, no que toca à recente reforma do IRC, a "participation exemption" (regressando ao mínimo de 10% de participação social), e o prazo para reporte de prejuízos fiscais (reduzindo dos 12 para 5 anos).

4º GRUPO DE TRABALHO SOBRE POLÍTICA FISCAL Criar um grupo de trabalho sobre política fiscal, composto por representantes dos partidos signatários e pelo membro do governo que tutela a área respetiva. Este grupo de trabalho será criado no início da legislatura e apresentará relatórios semestrais.

VI - QUESTÕES SALARIAIS / SEGURANÇA SOCIAL

1.O fim dos cortes salariais e a reposição integral dos salários da Função Pública durante o ano de 2016, de forma gradual (25% no primeiro trimestre; 50% no segundo; 75% no terceiro; 100% no quarto);

2.Não constará do Programa de Governo qualquer redução da TSU das entidades empregadoras;

3.O Governo promoverá a diversificação das fontes de financiamento da Segurança Social através da contribuição de novas bases fiscais, da penalização da rotação excessiva de trabalhadores por parte das empresas e da consignação de parte da tributação sobre lucros ou sobre o valor acrescentado bruto.

4.Alargar a proteção aos trabalhadores independentes, dando ao mesmo tempo combate aos falsos “recibos verdes”;

5.Reavaliar as isenções e reduções da Taxa Social Única (TSU) que de exceção se transformaram em regra, fazendo perder mais de 500 milhões de euros de receitas por ano;

6.Combater as avultadas perdas de receitas devidas ao regime previdencial resultantes da evasão contributiva, fraude e prescrição, que constituem dívida à Segurança Social;

7.Estabelecimento de Planos plurianuais de combate à evasão e à fraude contributiva;

8.Promover uma gestão pública cuidada e criteriosa, bem como o reforço do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social;

VII – OUTROS

  1. Anulação das concessões e privatizações em curso dos transportes coletivos de Lisboa e Porto;
  2. Reversão do processo de privatização da EGF, com fundamento na respetiva ilegalidade;
  3. Nenhuma outra concessão ou privatização.


publicado por Carlos Gomes às 17:57
link do post | favorito
|

INATEL ANUNCIA PROGRAMAS DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

A organização associativa constitui uma das formas primordiais de coesão social e de expressão da sociedade civil que, nas suas diversas vertentes de atuação, desempenha um papel fundamental como veículo de transmissão e de afirmação dos valores de cidadania e de participação.

A multiplicidade de práticas e de tipos de intervenção de âmbito associativo existentes espelha um movimento heterogéneo e dinâmico, com características inovadoras pelo potencial de experimentação, qualificação e de resposta efetiva a problemas sociais em contextos de ambiente não formal e solidário.

Como entidade estruturada a nível nacional vocacionada para valorizar as intervenções de âmbito associativo, a Fundação INATEL presta um serviço público de apoio, incentivo e estímulo às atividades dos agentes culturais, artísticos e sociais que voluntariamente desenvolvem um trabalho de proximidade com as comunidades, em estreita articulação com as diferentes realidades locais.

Reconhecendo o contributo destas estruturas para a afirmação das identidades locais e para o desenvolvimento cultural, social e educativo dos territórios onde se inserem torna-se necessário regularizar as áreas de apoio, através de um instrumento que confira rigor, transparência e responsabilidade nessa atribuição e gestão, com base em critérios de análise explícitos.

Tendo esse objetivo em mente, torna-se público o Regulamento do Programa de Apoio ao Associativismo 2016 aprovado pelo Sr. Presidente do Conselho de Administração da Fundação INATEL, elaborado numa perspetiva de comparticipação de atividades, projetos e eventos de reconhecido interesse cultural, organizados e promovidos pelas instituições sem fins lucrativos associadas da INATEL, os CCD – Centros de Cultura e Desporto.

Para efeitos de boa divulgação e comunicação da operacionalização e critérios de atribuição do Programa de Apoio ao Associativismo, chamamos a atenção para os seguintes pontos e alterações do Regulamento:

- As candidaturas deverão ser apresentadas em formulário próprio (em anexo), em suporte digital ou impresso em papel, devidamente preenchido e autenticado pelo Presidente ou representante do órgão diretivo da associação, e entregues nas Delegações distritais da Fundação INATEL, ENTRE 15 DE NOVEMBRO E 15 DE DEZEMBRO DE 2015.

- Os CCD que pretendam candidatar-se aos apoios financeiros e não financeiros da Fundação INATEL poderão submeter três tipologias de atividade, projeto e evento nas áreas de cinema e audiovisualetnografia e folcloreartes e culturas tradicionais, e música e teatro:

- Atividade educativa e formativa – desde que pontual e aberta à comunidade, não ultrapassando trinta horas letivas ou trinta dias seguidos de formação;

- Atividade performativa ou festival;

- Atividade editorial, compreendendo edições bibliográficas, discográficas, videográficas e mistas.

  • As candidaturas são apreciadas, tendo por base os seguintes critérios de ponderação:

- Justificação do objeto da candidatura;

- Valor cultural, utilidade e impacto nas comunidades locais, nomeadamente o número de participantes e de espectadores e o envolvimento da sociedade civil;

- Natureza da atividade, atendendo à pertinência para o território considerado bem como a sua consonância com a missão da Fundação INATEL no âmbito da salvaguarda do património cultural imaterial;

- Parcerias estabelecidas (facilidade de meios e de condições de execução; diversidade de parcerias);

- Sustentabilidade financeira, sobretudo a consistência do projeto de gestão e capacidade de angariação de outras fontes de financiamento.

Considerando a experiência anterior de implementação deste Programa de Apoio, no âmbito da qual se verificou uma real incapacidade orçamental para atribuir apoio a 2 candidaturas submetidas pelo mesmo CCD, entendemos proceder à alteração do artigo 7.º, DECORRENDO O PERÍODO DE CANDIDATURAS ENTRE 15 DE NOVEMBRO E 15 DE DEZEMBRO DE 2015, E SENDO ADMITIDA 1 CANDIDATURA A ATIVIDADE, PROJETO E EVENTO DE RELEVÂNCIA ESCOLHIDO PELO CCD COMO OBJETO DE APOIO AO ABRIGO DO PRESENTE PROGRAMA.



publicado por Carlos Gomes às 17:03
link do post | favorito
|

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA ENTREGA OS IDENTIFICATIVOS DE CURSO AOS SEUS ALUNOS

No próximo dia 12 de novembro realiza-se, na Escola de Hotelaria de Fátima, a Cerimónia de Entrega de Identificativos aos alunos dos vários cursos. Este momento é um marco importante na vida escolar dos alunos porque é envolto num simbolismo hierárquico de passagem do testemunho dos alunos mais velhos para os alunos mais novos. A cerimónia incluirá a entrega do prémio ao Aluno do Ano do ano letivo 2014/2015.

unnamed

Ao longo da cerimónia serão entregues os vários identificativos, a saber: os lenços e os barretes que compõem a farda dos alunos de cozinha e que variam em cor (lenços) e tamanho (barrete) consoante o ano em que o aluno se encontra; as gravatas e os estojos de trabalho para os alunos de restaurante-bar. Estes identificativos, para além de serem ferramentas de trabalho, são uma forma de valorização pessoal e  profissional não só na escola mas também junto do meio empresarial.

Toda a comunidade escolar desempenha um papel importante nesta cerimónia onde as hierarquias são valorizadas, na medida em que são os alunos que frequentam o 2º e 3º ano que entregam os identificativos aos alunos que frequentam ano imediatamente anterior. Este vincar das hierarquias representa uma responsabilidade no sentido da transmissão dos conhecimentos dos mais velhos para os mais novos e ainda de transmissão de regras e procedimentos inerentes à profissão e à sua vivência enquanto alunos de uma escola de hotelaria. A importância da correta utilização da farda com postura e rigor deve ser entendida como o primeiro passo para o início da formação na área de hotelaria e turismo.

A cerimónia deste ano conta com a presença da Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Deolinda Simões, da Vereadora do Município de Ourém, Lucília Vieira e de ex-alunos que, com o seu testemunho, vêm partilhar o seu percurso e vivências enquanto profissionais do setor, referindo a importância dos conhecimentos adquiridos, quer sejam de âmbito teórico (em ambiente de sala de aula), quer de âmbito prático (aulas práticas e Formação em Contexto de Trabalho). Este contributo pretende ajudar os alunos da EHF a abrir horizontes e a perceberem que o seu futuro depende unicamente da sua motivação, humildade e capacidade de adaptação para a profissão.

Os ex-alunos convidados são: Sandrina Pereira, do curso de Receção, que se encontra a trabalhar na Agência de viagens El corte Inglês; João Pedro Silva, do curso de Restaurante-Bar, sócio-gerente de um projeto constituído por 3 restaurantes - Casa de Linhares, Bacalhau de Molho e Pátio de Alfama; e Isidro Evangelista, do curso de Cozinha-Pastelaria, finalista do Jovem Talento da Gastronomia na categoria "Cozinha MAKRO" e que neste momento se encontra a trabalhar em Lisboa, no Restaurante Belcanto.



publicado por Carlos Gomes às 12:09
link do post | favorito
|

FESTIVAIS INATEL COM CASA CHEIA NO TEATRO ARMANDO CORTEZ EM LISBOA

Nos dias 7 e 8 de novembro, foram eleitos os vencedores de um programa alargado de festivais, organizados pela Fundação INATEL, perante uma plateia com lotação esgotada, em cada iniciativa.

08112015-Photo.Jose¦ü FradeDSC00708_327834

O Teatro Armando Cortez (Casa do Artista), em Lisboa, foi o local escolhido para a realização das finais nacionais das iniciativas “Festival INATEL da Canção”, “Os Melhores Talentos Portugueses” e o “Festival INATEL”, que reuniram trabalhos apresentados por Centros de Cultura e Desporto associados da Fundação.

Perante uma sala com lotação esgotada durante as três iniciativas, subiram ao palco um total de 300 artistas, apresentando espetáculos de etnografia, música, teatro, dança e variedades, numa viagem pelos diferentes distritos e regiões de Portugal.

07112015-Photo.Jose¦ü FradeDSC_6452_327278

A ACAFE - Associação de Cantares de Alfândega da Fé, sagrou-se vencedora do “Festival INATEL da Canção”, pelo distrito de Bragança, que apresentou o “Hino a Alfândega da Fé”.

Já na iniciativa “Os Melhores Talentos Portugueses”, o primeiro prémio foi entregue ao Sport Operário Marinhense, de Leiria, com a peça teatral “Gota de Mel”, numa adaptação de Norberto Barroca e tradução de António Pedro.

Por último, no “Festival INATEL” o Coro de Câmara do Conservatório de Música de Ourém e Fátima, em representação do distrito de Santarém, conquistou o primeiro prémio com “September”, da autoria de Martin Carbow.

Para além dos grupos referidos, participaram ainda Centros de Cultura e Desporto em representação da Região Autónoma dos Açores e dos distritos de Aveiro, Bragança, Évora, Guarda, Lisboa, Portalegre, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Em cada uma das iniciativas, a apreciação dos trabalhos em palco foi realizada por votação, por três painéis de jurados convidados para o efeito, compostos por, respetivamente, António Pinto Basto, Rui Baeta e Yola Dinis, Carlos Quintas, Cláudio Hochman e Dulce Guimarães, e, por último, Fernando Pereira, Ludgero Mendes e Wanda Stuart.

Foram considerados critérios como o conteúdo, a criatividade da apresentação, a coerência do espetáculo no âmbito de cada festival, a cenografia, o guarda-roupa/figurinos, a encenação/dramatização e a caracterização do elenco.

De acordo com a Fundação INATEL, deseja-se, com estas iniciativas, envolver a participação de grupos regionais numa mostra singular de talentos locais, valorizando-se o trabalho cultural das coletividades, assim como o incentivo de atividades representativas das características populares de cada zona/região em competição.

Reconhecido o grande valor artístico e cultural de qualquer dos trabalhos apresentados em palco, é de valorizar, sobretudo, o grande empenho e a dedicação com que todos os grupos se apresentaram em Lisboa e se envolveram nos projetos.

Fotos: José Frade

Grupo_Alfandega_da_Fe_680



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito
|

OUREENSES ORGANIZAM PASSEIO TT



publicado por Carlos Gomes às 09:51
link do post | favorito
|

CASA DO POVO DE FÁTIMA REALIZA MAGUSTO DE S. MARTINHO



publicado por Carlos Gomes às 09:50
link do post | favorito
|

OUREENSES FAZEM MAGUSTO NO OLIVAL



publicado por Carlos Gomes às 09:47
link do post | favorito
|

RANCHO DA REGIÃO DE LEIRIA REALIZA CASTANHADA



publicado por Carlos Gomes às 09:46
link do post | favorito
|

BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste desfile e mobilizou por todo o país diferentes bandas e municípios para o efeito, sendo possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro.

Restauração 2014 059

Foi um êxito em 2012, em 2013 e em 2014. Será êxito maior em 2015.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.500 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 4ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPO DE PERCUSSÃO

Tocá Rufar

CANTE ALENTEJANO:

Grupo Coral do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira

BANDA NACIONAL:

Banda da Força Aérea

BANDAS FILARMÓNICAS:

Sociedade Artística Banda Vale de Cambra

Banda Filarmónica de Odemira

Sociedade Filarmónica de Vieira do Minho

Banda Filarmónica Retaxense

Banda Filarmónica do Paúl

Banda de Música da Liga dos Amigos de Castelo Novo

Filarmónica Idanhense e Adufeiras de Idanha-a-Nova

Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical)

Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense

Sociedade Filarmónica Sangianense

Banda Filarmónica Simão da Veiga da Casa do Povo de Lavre

SUA - Sociedade União Alcaçovense

Sociedade Filarmónica Portimonense

Sociedade Filarmónica Maceirense

Banda Recreativa Portomosense

Sociedade Filarmónica Comércio e Indústria da Amadora

Banda Municipal Alterense

SIC - Sociedade Instrução Coruchense

Sociedade Filarmónica União Maçaense

Sociedade Imparcial 15 de Janeiro de 1898 de Alcochete

Sociedade Filarmónica Incrível Almadense

Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro (Montijo)

Grupo de Cultura Musical de Ponte de Lima

Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha

Banda Musical de Torre de Ervededo

Será um total de 29 entidades, integrando 1 grupo de percussão, 1 coral de Cante Alentejano, 1 banda nacional militar e 26 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1500 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Tenente-Coronel Élio Salsinha Murcho, da Banda da Força Aérea.

Ao longo do desfile serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

A RTP-Internacional transmitirá em directo esta grande manifestação cultural, cívica e patriótica. A RTP-2 transmitirá, em diferido, no próprio dia 1 de Dezembro, em horário a anunciar.



publicado por Carlos Gomes às 00:53
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2015
BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

12196113_903057633134692_7164868301328386771_n



publicado por Carlos Gomes às 22:24
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds