Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Domingo, 11 de Setembro de 2016
BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A PUBLICAÇÃO!

O Blogue "AUREN" suspende a sua publicação por tempo indeterminado!



publicado por Carlos Gomes às 22:34
link do post | favorito
|

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

A Âncora Editora acaba de publicar o livro “A Inquisição em Ourém”, da autoria do Dr. Jorge Martins, conceituado historiador, autor nomeadamente de obras de ficção e ensaio sobre história contemporânea, história local e estudos judaicos e inquisitoriais. O livro também traz a chancela da Câmara Municipal de Ourém.

capa_inquisicaoourem_730499666 (1).jpg

A obra teve hoje apresentação pública na Pousada Conde de Ourém em cerimónia que contou com a intervenção da Senhora Embaixadora de Israel em Portugal, Tzipora Rimon, e do Presidente da Direcção da Comunidade Israelita de Lisboa, Gabriel Steinhardt.

A apresentação feita no site da editora descreve o seguinte: “A Inquisição actuou em todo o território continental e Ourém não escapou à sua acção, que viu os seus habitantes – cristãos-novos e cristãos-velhos – serem perseguidos, condenado e até executados. O presente estudo permitiu-nos concluir que a maioria dos quarenta e um processos inquisitoriais sobre naturais e moradores da antiga vila de Ourém e seu Termo se referem a cristãos-novos acusados de judaísmo. A partir da análise destes processos, ficámos a conhecer os nomes de todas as vítimas, as profissões da maioria, a data da sua prisão, a idade, a naturalidade, a morada, a filiação, os cônjuges, as acusações e as sentenças. Trata-se de um primeiro contributo para a caracterização dos cristãos-novos de Ourém”

Colocando de parte a forma despudorada com que é afirmado que se trata de “um primeiro contributo para a caracterização dos cristãos-novos de Ourém”, interrogamo-nos até que ponto existe alguma relação do seu conteúdo com alguns artigos publicados em 2012 – já lá vão 4 anos! – no blogue AUREN, nomeadamente este que a seguir se republica, podendo ser acedido pelo link http://auren.blogs.sapo.pt/1005936.html

TRIBUNAL DO SANTO OFÍCIO JULGOU QUARENTA E SEIS OUREENSES ACUSADOS DE JUDAÍSMO, FEITIÇARIA, BIGAMIA E SODOMIA

A Inquisição foi estabelecida em Portugal, em 23 de Maio de 1536, a pedido do rei D. João III, em princípio destinada a combater a heresia no seio da Igreja Católica. Pelos tribunais do Santo Ofício passaram muitos oureenses, acusados dos mais diversos crimes, entre os quais a prática de judaísmo, mas também feitiçaria, bigamia e sodomia. Entre os acusados contam-se alguns de idade bastante jovem como é o caso de um réu, com apenas treze anos, acusado de judaísmo. E também membros do próprio Clero.

Estes processos encontram-se à guarda da Direcção-Geral de Arquivos e trata-se de uma matéria que nos ajuda a compreender, entre outros aspetos, a importância da comunidade judaica em Ourém, a problemática das divisões então existentes entre cristãos-novos e cristãos-velhos, os fenómenos migratórios que aqui se registaram e, sobretudo, o papel desempenhado pelo Santo Ofício. Trata-se, pois, de conhecer a História e o papel desempenhado pelas instituições no respetivo contexto e a mentalidade social da época, sem procurar fazer qualquer espécie de julgamento.

Lembramos que a comunidade judaica teve sempre uma assinalável presença em Ourém da qual ainda se guardam numerosos vestígios, entre os quais a entrada da Sinagoga. De resto, foi nela e no médico oureense Braz Luiz de Abreu que o escritor Camilo Castelo Branco se inspirou quando escreveu o seu romance “O Olho de Vidro”.

À exceção de dois processos que decorreram na Inquisição de Évora, todos os demais tiveram lugar no Tribunal do Santo Ofício, Inquisição de Lisboa.

 

Nome

Isabel Antunes

Data do Processo

22/3/1630

Conteúdo da acusação

Acusação -fuga ao Santo Oficio

Naturalidade –Ourém

Morada –Lisboa

Idade -60 anos

Filiação -José Antunes e Catarina Martins

Estado Civil -casado com Paulo de Serpa

 

Nome

Maria Jorge

Data do Processo

24/5/1633-21/5/1635

Conteúdo da acusação

Maria Jorge ou Maria Vieira, é natural e moradora na Ribeira do Olival, termo de Ourém, acusada de bigamia, tem mais de 50 anos de idade, filha de Domingos Fernandes e de Maria Vieira, casou primeira vez com Dionísio Malho, tendo casado segunda vez com António João. Foi sentenciada em Auto de Fé, no dia 20 de Maio de 1635.

 

Nome

Francisca Lopes

Data do Processo

24/11/1562-29/07/1563

Conteúdo da acusação

Acusada de feitiçaria, mourisca forra que foi de João Lopes, cónego de Ourém, é natural de Cafim e moradora em Lisboa, é casada com Diogo Dias. Não contém sentença, tendo sido solta a 29 de Julho de 1563.

 

Nome

Beatriz Álvares

Data do Processo

8/6/1558 - 15/6/1558

Conteúdo da acusação

Cristã-nova, acusada de Judaísmo, natural de Lisboa e moradora em Ourém, de 16 anos de idade, filha de Pêro Álvares e de Filipa Fernandes, solteira e sentenciada em Auto no dia 15 de Maio de 1558

 

Nome

Frei Manuel de Aveiro (Padre)

Data do Processo

24/6/1767 - 8/7/1787

Conteúdo da acusação

Denúncia. Acusado de proposições heréticas, religioso da Ordem de Santo António em Ourém

  

Nome

António Correa Girão

Data do Processo

14/4/1634-5/5/1648

Conteúdo da acusação

Acusação –Judaísmo

Profissão -vive de sua fazenda

Naturalidade -Torres Novas

Morada - Torres Novas

Idade -30 anos

Filiação com a naturalidade dos pais -Jerónimo Correa Girão, natural Ourém e Maria de Sousa que antes se chamava Maria Duarte, natural da Castanheira

Estado Civil –solteiro

Observação - Preso em 18 de Março de 1635 com cama e mais fato necessário uso e a seu confisco de dinheiro para seus alimento e despesas do Santo Oficio

Avós Paternos - Diogo Afonso Correa e Catarina ou Isabel Girão

Devido ao facto do réu mostrar nas sessões que não tem o juízo perfeito e que é confirmado pelo termo de capacidade do médico que não pode ser curado nos cárceres nem no hospital del Rei de Lisboa e também pelas diligências sobre a sua limpeza de sangue, estar muito duvidosa a Mesa em 9 de Maio de 1638 decide entregá-lo a algum parente seu sobre fiança de 500 cruzados para que o cure, e tornando a seu juízo perfeito será trazido aos cárceres e se correrá com seu processo até final conclusão, ordenando-se ao parente para entregar de 4 em 4 meses na Mesa certidão do estado do réu
Em 5 de Maio de Maio de 1648 ainda continuam a diligências para se confirmar se o réu é cristão ou como ele diz ser cristão velho

 

Nome

Francisco Correa da Silva

Data do Processo

10/9/1703-21/9/1706

Conteúdo da acusação

Acusação –judaísmo

Profissão -caixeiro de Diogo Soares

Naturalidade - Vila de Ourém, Bispado de Leiria

Morada - Abrantes, Bispado da Guarda

Idade -28 anos

Filiação com a naturalidade dos pais - Pedro da Silva Correa, natural de Alter do Chão e Joana Frois, natural da Vila de Ourém

Estado Civil –solteiro

Sentença - Abjure seus heréticos erros em forma, terá cárcere a arbítrio dos inquisidores, será instruído nos mistérios da fé necessários para salvação da sua alma e cumprirá as mais penas e penitências espirituais que lhe forem impostas e mandam que excomunhão maior em que incorreu seja absoluto in forma ecclesia

Data da sentença -12 de Setembro de 1706, lida em Auto

Nome

Martim Pinto

Data do Processo

15/2/1638-17/9/1638

Conteúdo da acusação

Acusação –judaísmo

Naturalidade - Vila de Ourém

Morada –Lisboa

Idade -21 anos

Filiação com a naturalidade dos pais -Pedro Fernandes de Oliveira e Isabel Pinta, naturais de Loulé

Estado Civil –solteiro

Sentença - Abjure publicamente seus heréticos erros em forma e em pena e penitência deles lhe assinam cárcere e hábito penitencial perpétuo onde será bem instruído nas coisas da fé necessárias para salvação da sua alma e cumprirá as mais penas e penitências espirituais que lhe forem impostas e mandam que da dita excomunhão maior em que incorreu seja absoluta informa ecclesia

Data da sentença - 5 de Setembro de 1638, lida em Auto

Observação - Preso 23 de Maio de 1638

Avó Paterno - Pedro Fernandes de Oliveira

 

Nome

Maria Vaz

Data do Processo

7/4/1641-11/8/1642

Conteúdo da acusação

Acusada de bruxaria e feitiçaria, é natural de Peniche e moradora em Ourém, tem 23 anos de idade e por ser menor de 25 foi-lhe nomeado Curador Agostinho de Góis, alcaide dos cárceres, filha de Sebastião Gomes, homem do mar, e de Mécia Gomes, moradores em Peniche, que os seus avós paternos se chamavam Antão Guisado e Maria Tomás, e os maternos, António Vaz e Mécia Gomes, é solteira, foi presa a 29 de Junho de 1641, faleceu nos cárceres a 20 de Novembro de 1641. Não contém sentença.

 

Nome

Bernardo Lopes Pereira

Data do Processo

4/1/1727-7/8/1728

Conteúdo da acusação

Acusado de Judaísmo, é médico, natural de Mogadouro e morador em Ourém, tem 45 anos de idade, filho de Domingos Pereira, cristão-novo, sem ofício, natural de Bragança, e de Clara Lopes, cristã-nova, natural de Mogadouro, onde foram moradores, é casada com Teresa Maria, cristã-nova, contém inventário de bens, foi preso a 21 de Outubro de 1726, tendo sido sentenciado em Auto de Fé, realizado na igreja do Convento de São Domingos, em Lisboa, no dia 25 de Julho de 1728, com as penas de ir ao Auto de Fé na forma costumada, onde abjure em forma os seus erros heréticos, tenha cárcere e hábito penitencial perpétuo, sem remissão, tenha penas e penitências espirituais, instrução na Fé e da excomunhão de que incorre seja absolvido. A 26 de Agosto de 1728 recebeu termo de licença para se ausentar para Ourém.

  

Nome

Joana de Sousa

Data do Processo

15/4/1562-8/1/1564

Conteúdo da acusação

Acusação –judaísmo

Naturalidade -Vila de Ourém

Morada –Lisboa

Idade - 60 anos

Estado Civil -viúva de Mestre Jorge Lião

Sentença - Abjure publicamente seus heréticos erros em forma e em pena e penitência deles lhe assinam cárcere e hábito penitencial perpétuo, no qual cárcere será bem instruída nas coisas da fé necessárias para a salvação da sua alma e cumprirá as mais penas e penitências espirituais que lhe forem impostas e mandam que seja absoluta in forma ecclesia da excomunhão maior em que incorreu

Data da sentença - 16 de Maio de 1563, lida em Auto

Observação - Presa em 20 de Abril de 1562

Entregou uma petição para lhe ser perdoado o cárcere e o hábito penitencial, alegando estar bem doutrinada nas coisas da fé e ser pobre, o que teve um despacho favorável em 8 de Janeiro de 1564, sendo-lhe comutada a pena mas mantendo as penas e penitências espirituais que lhe foram impostas

 

Nome

Gracia Rodrigues

Data do Processo

21/7/1612

Conteúdo da acusação

Acusação –judaísmo

Naturalidade -Vila de Tomar

Morada -Oseixe, termo da Vila de Ourém

Idade -80 anos

Filiação-Gaspar Roiz i Isabel Roiz

Estado Civil -casada com Miguel Roiz

Data da sentença -11 de Março de 1640, lida em Auto

Data do óbito - 26 de Novembro de1613

 

Nome

Gançalo Picanço

Data do Processo

29/7/1631

Conteúdo da acusação

Acusação –judaísmo

Naturalidade –Leiria

Morada -Quinta de Nossa Senhora da Olalha termo da Vila de Ourém

Idade -24 anos

Filiação com a naturalidade dos pais -Mateus Lopes Ferreira, natural da Quinta da Olalha e Simoa de Oliveira, natural de Leiria

Estado Civil –solteiro

Data da sentença -25 de Março de 1636, lida em Auto

 

Nome

Onofre Rodrigues

Data do Processo

16/8/1636-18/10/1747

Conteúdo da acusação

Cristão-novo, acusado de Judaísmo, é criado de servir, natural de Avis e morador em Ourém, tem 13 anos de idade, filho de Manuel Rodrigues, natural de Avis, e de Catarina Gonçalves, natural das Gáveas, é solteiro, contém inventário de bens, tendo sido sentenciado em Mesa, no dia 14 de Outubro de 1747.

Nome

Jorge Dias Ribeiro

Data do Processo

20/11/1645-16/12/1647

Conteúdo da acusação

Acusado de bigamia, é trabalhador, natural de Outeiro de Seiça, termo de Ourém, e morador na Torre, termo de Alenquer, tem 56 anos de idade, filho de Pedro Anes, natural de Outeiro de Seiça, e de Maria Dias, natural do Furadouro, termo de Tomar, casou primeira vez com Mécia Jorge, tendo casado segunda vez com Maria Fialha, tendo sido sentenciado em Auto de Fé, no dia 15 de Dezembro de 1647.

 

Nome

Joaquina

Data do Processo

21/01/1786 - 27/01/1786

Conteúdo da acusação

Crime/Acusação: fingimento de visões, proposições heréticas

Morada: Peras Ruivas, freguesia de Ourém

Estado civil: viúva

Cônjuge: António Vieira

 

Nome

Manuel António Aranha

Data do Processo

12/12/1761 - 27/09/1768

Conteúdo da acusação

Outras formas do nome: Francisco Alvares Bandeira

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 34 anos

Crime/Acusação: fingir-se passar por oficial do santo ofício, perturbar o recto ministério do santo ofício

Cargos, funções, actividades: lavrador e depois tratante

Naturalidade: Cabeça de Pederneira, termo de Ourém, bispado de Leiria

Morada: Silves, Algarve

Pai: Manuel Gomes, trabalhador

Mãe: Maria Pereira

Estado civil: solteiro

Data da prisão: 04/01/1762

Sentença: auto-de-fé de 27/10/1765, ser açoutado publicamente, condenado por cinco anos a trabalhar sem soldo nas obras públicas da cidade, penitências espirituais, pagamento de custas.

O réu não têm domicilio certo.

 

Nome

Filipa Nunes

Data do Processo

15/08/1556 - 15/04/1561

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristã-nova

Idade: 70 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Naturalidade: Viseu

Morada: Ourém

Pai: António Nunes

Mãe: Isabel Rodrigues

Estado civil: casada

Cônjuge: Jorge Veloso

Data da prisão: 15/08/1556

Sentença: auto-de-fé de 24/09/1559. Ser agravado o cárcere perpétuo e hábito penitencial, cárcere a arbítrio.

  

Nome

Simão Ribeiro

Data do Processo

15/03/1624 - 13/02/1625

Conteúdo da acusação

Outras formas do nome: António Pereira

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 17 anos

Crime/Acusação: bruxaria e feitiçaria

Cargos, funções, actividades: curandeiro

Naturalidade: Alqueidão, termo de Ourém, bispado de Leiria

Morada: termo de Castelo Branco, bispado da Guarda

Pai: Francisco Jorge, cristão-velho, carpinteiro

Mãe: Maria Ribeiro, cristã-velha

Estado civil: solteiro

Data da prisão: 15/03/1624

Sentença: auto-de-fé de 05/05/1624. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio dos inquisidores, instrução na fé católica, degredo para o Brasil, por quatro anos.

Por despacho de 13/02/1625, foi-lhe tirado o hábito penitencial e levantada a pena de degredo.

 

Nome

Maria Caetana da Silva

Data do Processo

27/05/1705 - 11/09/1705

Conteúdo da acusação

Estatuto social: 1/2 cristã-nova

Idade: 22 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Naturalidade: Ourém

Morada: Lisboa

Pai: Pedro da Silva, mercador

Mãe: Joana Fróis

Estado civil: Solteira

Data da prisão: 28/05/1705

Sentença: auto-de-fé de 06/09/1705. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial a arbítrio, penitências espirituais

 

Nome

Pedro Álvares

Data do Processo

01/07/1556 - 15/05/1558

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 60 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: mercador

Naturalidade: Torres Novas

Morada: Ourém

Pai: Simão Álvares, cristão-novo

Mãe: Margarida Álvares, cristã-nova

Estado civil: casado

Cônjuge: Filipa Fernandes

Sentença: auto-de-fé de 15/05/1558. Confisco de bens, excomunhão maior, relaxado à justiça secular.

  

Nome

Garcia Barbosa

Data do Processo

28/08/1600 - 02/01/1604

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 21 ou 22 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: sirgueiro

Naturalidade: Ourém

Morada: Tomar

Pai: Bartolomeu Barbosa, sirgueiro

Mãe: Isabel Lopes

Estado civil: casado

Cônjuge: Páscoa Ferreira, cristã-nova

Data da prisão: 28/08/1600

Sentença: auto-de-fé de 03/08/1603. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo, penitências espirituais, instrução na fé católica.

 

Nome

Catarina Lopes

Data do Processo

06/11/1760 - 26/11/1761

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristã-velha

Idade: 45 anos

Crime/Acusação: proposições heréticas

Naturalidade: Cabeça da Pederneira, termo da vila de Ourém

Morada: lugar de Chãs, freguesia de Nossa Senhora dos Prazeres de Fátima, bispado de Leiria

Pai: Manuel Domingues, lavrador, natural de Cabeça da Pederneira

Mãe: Maria Jorge, natural de Ramila, termo de Ourém

Estado civil: viúva

Cônjuge: António Lopes, trabalhador

Data da prisão: 19/11/1760

Sentença: auto-de-fé de 20/09/1761. Degredo, por cinco anos, para fora do bispado de Leiria, penitências espirituais, pagamento de custas.

 

Nome

Bartolomeu Barbosa

Data do Processo

6/3/1611 - 8/8/1612

Conteúdo da acusação

Meio cristão-novo, acusado de Judaísmo, sirgueiro, natural de Leiria e morador em Ourém, de 60 anos de idade, filho de Vicente Girão, natural de Ourém e de Gracia Ferreira, casado com Ágeda Antunes e sentenciado na Mesa no dia 8 de Agosto de 1612.

 

Nome

Luís Lopes de Oliveira (Padre)

Data do Processo

20/9/1741-24/10/1743

Conteúdo da acusação

Acusado de solicitação, sacerdote do hábito de S. Pedro e confessor, natural e morador em Setúbal de 63 anos de idade, filho de Bento Lopes, natural de Ourém e de Maria de Oliveira, natural de Palmela e sentenciado na Mesa no dia 20 de Novembro de 1742.

Acusação –Solicitação

Profissão -Sacerdote do hábito de S. Pedro e confessor

Naturalidade –Setúbal

Morada –Setúbal

Idade -63 anos

Filiação com a naturalidade dos pais -Bento Lopes, natural da vila de Ourém e Maria de oliveira, natural da vila de Palmela

Estado Civil –

Sentença - Faça abjuração de leve suspeito na fé e por tal o declaram e o privam para sempre de poder confessar e o suspendem do exercício das suas ordens por tempo de 8 anos e pelos mesmos o degradam para fora deste Patriarcado e não entrará mais na vila de Setúbal, será instruído nos mistérios da fé necessários para a salvação de sua alma e cumprirá as mais penas e penitências espirituais que lhe forem impostas e pague as custas.
Data da sentença -20 de Novembro de 1742, lida na Mesa
Observação - Preso a 27 de Setembro de 1741 e com cama e mais fato necessário a seu uso e confisco de dinheiro para seus alimento e despesas do Santo Oficio

Nome

Diogo Nabo Pessanha

Data do Processo

23/05/1657 - 05/12/1657

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 22 anos

Crime/Acusação: sodomia

Naturalidade: Lisboa

Morada: Ourém

Pai: Manuel Gomes Cardoso, licenciado, advogado

Mãe: D. Maria de Alcáçova

Estado civil: solteiro

Data da prisão: 23/05/1657

Sentença: auto-de-fé de 19/11/1657. Degredo por cinco anos para Angola, penitências espirituais, confisco de bens.

 

 

 

  

Nome

José Luís de Azevedo

Data do Processo

11/06/1740-10/11/1742

Conteúdo da acusação

Outras formas do nome: José Vaz Paixão

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 36 anos

Crime/Acusação: fautoria em judaísmo, revogar de acusações feitas no primeiro processo

Cargos, funções, actividades: criado de servir, feitor de Francisco Rouxinol

Naturalidade: Avis, arcebispado de Évora

Morada: Moçomedia, termo de Ourém

Pai: Manuel Vaz, almocreve

Mãe: Maria Dias

Estado civil: casado

Cônjuge: Maria da Conceição

Data da prisão: 10/11/1741

Sentença: auto-de-fé de 04/11/1742. Cárcere e hábito penitencial perpétuo sem remissão, ser açoitado publicamente, penitências espirituais, degredo por oito anos para Cabo Verde, pagamento de custas.

O réu era assistente em Coimbra.

  

Nome

Miguel Rodrigues

Data do Processo

27/07/1611 - 12/05/1614

Conteúdo da acusação

Outras formas do nome: Miguel Rodrigues de Castro

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 80 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: vivia de sua fazenda

Naturalidade: Tancos

Morada: Seiça, termo de Ourém

Pai: Fernão Rodrigues, cristão-novo

Mãe: Susana de Castro

Estado civil: casado

Cônjuge: Grácia Rodrigues, cristã-nova

Data da prisão: 27/07/1611

Sentença: auto-de-fé de 16/02/1614. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito perpétuo, penitências espirituais.

 

Nome

José de Oliveira de Miranda

Data do Processo

29/12/1670 - 14/05/1671

Conteúdo da acusação

Idade: 35 anos

Crime/Acusação: bigamia

Naturalidade: Lisboa

Morada: Rua de São Boaventura, Bairro Aito, Lisboa

Pai: João de Oliveira de Miranda, ouvidor

Estado civil: casado

Cônjuge: D. Mariana de Meireles

Data de apresentação: 29/12/1670

O réu esteve em Cádiz, nas Canárias, na Galiza e em Ourém, casou pela segunda vez com Tomásia de Medina, sendo ainda viva a sua primeira mulher. O processo não tem sentença.

 

Nome

António de Oliveira

Data do Processo

16/08/1595 - 10/02/1598

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 55 anos

Crime/Acusação: Proposições heréticas

Cargos, funções, actividades: juíz dos órfãos em Ourém

Naturalidade: vila de Ourém

Morada: vila de Ourém

Pai: Álvaro de Oliveira, cristão-velho

Mãe: Margarida Nunes, cristã-velha

Estado civil: casado

Cônjuge: Joana Pereira, cristã-velha

Data da apresentação: 21/10/1595

Sentença na Mesa em 10/02/1598. Desdizer perante o prior de Ourém e pessoas diante de quem disse as ditas proposições, dar-lhes a satisfação necessária para ter certidão do dito prior, penas e penitências espirituais.

  

Nome

Maria de Sousa

Data do Processo

20/04/1562 - 20/09/1563

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristã-nova

Idade: 60 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Naturalidade: Ourém

Morada: Lisboa

Pai: Henrique de Sousa, cristão-novo

Mãe: Isabel de Sousa, cristã-nova

Estado civil: solteira

Data da prisão: 20/04/1562

Sentença: auto-de-fé de 15/05/1562. Abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuos.

 

Nome

Lucas Barbosa

Data do Processo

17/04/1732

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 21 anos

Crime/Acusação: feitiçaria

Cargos, funções, actividades: ex-soldado

Naturalidade: Ourém

Morada: Lumiar, Lisboa

Pai: António Barbosa Ferraz, que vivia de sua fazenda

Mãe: Maria Inácia de Carvalho

Estado civil: solteiro

Data da apresentação: 17/04/1732

 

Nome

António Pereira Leitão

Data do Processo

16/02/1761 - 16/03/1763

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 36 anos

Crime/Acusação: bigamia

Cargos, funções, actividades: lavrador

Naturalidade: Pêra Ruiva, termo de Ourém, bispado de Leiria

Morada: São Luís do Maranhão, Brasil

Pai: Miguel Fernandes, homem de negócio

Mãe: Maria Pereira

Estado civil: casado

Cônjuge: Mariana da Silva

Data da prisão: 16/02/1761

Sentença: auto-de-fé privado de 20/09/1761. Abjuração de leve, ser açoitado publicamente, degredo para as galés, por cinco anos, instrução na fé católica, penitências espirituais, pagamento de custas.

O réu foi casado pela segunda vez com D. Ângela Perpétua da Silva.

Por despacho de 16/03/1763, foi comutado ao réu o degredo nas galés para a vila de Torres Novas

Nome

Henrique da Silva Nunes

Data do Processo

04/11/1726 - 06/08/1728

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 32 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: advogado

Naturalidade: Portalegre

Morada: Ourém

Pai: Tomé da Silva Nunes, cristão-novo, mercador

Mãe: Antónia Bernarda, cristã-nova

Estado civil: casado

Cônjuge: Beatriz Nunes, cristã-nova

Data de apresentação: 04/11/1726

Sentença: 25/07/1728. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere a arbítrio, penitências espirituais.

Data do Processo

09/07/1727 - 06/08/1728

Conteúdo da acusação

Crime/Acusação: impedir o recto ministério do Santo Ofício

Sentença: Asperamente repreendido e advertido a não reincidir.

 

Nome

Diogo Pacheco de Mendonça

Data do Processo

13/02/1667-15/02/1667

Conteúdo da acusação

Estatuto Social: Cristão-Velho

Crime/Acusação: Sacrilégio; Impedir o recto ministério do stº ofício

Estatuto Profissional: Almoxarife; Juiz Dos Direitos Reais; Sargento-Mor

Naturalidade: Ourém

Situação Geográfica (Naturalidade): Bispado de Leiria

Morada: Chão de Couce

Situação Geográfica (Morada): Bispado de Coimbra

Pai: Pedro Moniz Mascarenhas, Vivia de Sua Fazenda

Mãe: Maria Sodré

Estado Civil: Casado

Nome do Cônjuge: Catarina Raposo Bacelar

Data da Apresentação: 02/11/1665

Data da Prisão: 26/01/1666

Data da Sentença: 13/02/1667

Data do Auto de Fé: 13/02/1667

Outros Dados: M.C.; EM 1665-11-04, FOI DADA AO RÉU LICENÇA PARA IR PARA A SUA TERRA; EM 1667-02-15, FOI-LHE PASSADO TERMO DE SOLTURA E SEGREDO.

  

Nome

Manuel de Andrade

Data do Processo

02/01/1598 - 21/02/1598

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 43 anos

Crime/Acusação: blasfémia

Cargos, funções, actividades: vendeiro

Naturalidade: Penela

Morada: Ourém

Pai: Gaspar de Andrade, cristão-velho

Mãe: Maria, negra cativa

Estado civil: casado

Cônjuge: Domingas Malha, mulata

A mãe do réu era cativa de Martim Pires e de Joana Carvalho.

O réu foi enviado para Ourém e viria à Inquisição sempre que fosse chamado.

 

Nome

Manuel António de Évora

Data do Processo

07/11/1729 - 24/11/1730

Conteúdo da acusação

Idade: 19 anos

Crime/Acusação: feitiçaria, bruxaria

Cargos, funções, actividades: vive de sua fazenda

Naturalidade: Tomar

Morada: Nossa Senhora de Ceissa, Ourém

Pai: António de Évora Heitor, escrivão de prelasia de Tomar

Mãe: D. Guiomar da Fonseca Gameiro

Estado civil: casado

Cônjuge: D. Bernarda Joana Montarroio

Sentença: asperamente repreendido e advertido a não reincidir.

O réu foi repreendido asperamente pelos inquisitores em 1730-11-24, apresentação: 23-11-1730.

 

Nome

António Pereira Leitão

Data do Processo

04/01/1778 - 15/08/1779

Conteúdo da acusação

Idade: 60 anos

Crime/Acusação: bigamia/poligamia

Cargos, funções, actividades: lavrador de engenho de canas

Naturalidade: Ourém

Morada: Vila Real de Santa Luzia, Baía, Brasil

Pai: Miguel Fernandes, negociante

Mãe: Maria Pereira

Estado civil: casado

Cônjuge: Mariana da Silva; 2ª Ângela Perpétua

Data de prisão: 24/01/1778

Data da Sentença: 06/06/1778

Sentença: auto-de-fé de 06/06/1778 abjuração de veemente, ser açoitado publicamente, degredo por 10 anos para as galés, instruído na fé católica, penitências espirituais, pagamento de custas. Três casamentos, 2ª esposa: Ângela Perpétua ,3ª esposa: Francisca Teresa de Jesus.

  

Nome

Francisco de Santiago

Data do Processo

28/04/1704-12/09/1706

Conteúdo da acusação

Outras formas do nome: Francisco Santiago e Castro

Estatuto social: cristão-novo

Idade: 40 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: tecelão, fabricante de meias

Naturalidade: Bragança

Morada: Lisboa

Pai: António de Santiago, boticário

Mãe: Isabel Rodrigues

Estado civil: casado

Cônjuge: Isabel de Morais, cristã-nova

Data da prisão: 28/04/1704

Sentença: auto-de-fé de 12/09/1706. Confisco de bens, ir ao auto-de-fé, abjuração em forma, cárcere e hábito penitêncial a perpétuo, instruído da fé católica, penitências espirituais.

O réu aparece também como morador em Ourém

 

Nome

Filipa Fernandes

Data do Processo

01/07/1556 - 02/03/1559

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristã-nova

Idade: 45 anos

Crime/Acusação: judaísmo

Cargos, funções, actividades: fanqueira

Naturalidade: Ourém

Morada: Ourém

Pai: João Fernandes

Mãe: Beatriz Vaz

Estado civil: casada

Cônjuge: Pedro Álvares

Data da prisão: 20/07/1556

Sentença: auto-de-fé de 28/02/1558. Abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuos, instruído na fé católica.

 

Nome

António Fernandes

Data do Processo

17/03/1616 - 20/06/1617

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 40 anos

Crime/Acusação: bigamia

Cargos, funções, actividades: sapateiro e lavrador

Naturalidade: lugar do Sumo

Morada: Casinheira, freguesia das Casiandas, termo de Ourém, bispado de Leiria

Pai: Domingos Simão, lavrador

Mãe: Antónia Fernandes

Estado civil: casado

Cônjuge: Beatriz Dias, primeira mulher

Data da prisão: 17/03/1616

Sentença: auto-de-fé de 12/02/1617. Abjuração de leve, degredo por cinco anos para as galés, pagamento de custas, ser açoutado publicamente

  

Nome

António Nunes

Data do Processo

06/04/1627 - 28/09/1644

Conteúdo da acusação

Estatuto social: cristão-velho

Idade: 45 anos

Crime/Acusação: bigamia

Cargos, funções, actividades: oleiro

Naturalidade: lugar do Cidral, Ourém

Morada: Abrantes

Pai: António Nunes, lavrador

Mãe: Isabel Lopes

Estado civil: casado

Cônjuge: Maria Natália

Data da apresentação: 12/07/1627

Sentença: auto-de-fé de 10/07/1644. Abjuração de leve, degredo para o Brasil, por quatro anos, penitências, pagamento de custas.

O réu casou segunda vez com Isabel Fernandes.

 

Nome

João da Mota da Guarda

Data do Processo

23/03/1658-26/10/1664

Conteúdo da acusação

Estatuto Social: 1/8 de Cristão-Novo

Crime/Acusação: Judaísmo; Heresia; Apostasia

Estatuto Profissional: Escrivão da Almotaçaria de Vila Viçosa

Naturalidade: Ourém

Situação Geográfica (Naturalidade): Bispado de Leiria

Morada: Vila Viçosa

Situação Geográfica (Morada): Arcebispado de Évora

Pai: Manuel da Guarda, Moço de CÂmara do Duque

Mãe: Isabel Nobre

Estado Civil: Casado

Nome do Cônjuge: Ângela Monteiro

Data da Prisão: 23/03/1658

Data da Sentença: 26/10/1664

Data do Auto de Fé: 26/10/1664

Nome

Pedro Afonso

Data do Processo

Sem data

Conteúdo da acusação

Naturalidade: Ourém

Outros Dados: DENÚNCIA

 

 

 

 

Nome

Pedro Gonçalves

Data do Processo

Sem data

Conteúdo da acusação

Naturalidade: Ourém

Outros Dados: TRATA-SE DE UMA DENÚNCIA

Fonte: Direcção-Geral de Arquivos (Torre do Tombo), em http://ttonline.dgarq.gov.pt/



publicado por Carlos Gomes às 21:21
link do post | favorito
|

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA “O PRAZER DE FOTOGRAFAR” DE EDUARDO TEIXEIRA PINTO

Cartaz_Prazer de Fotografar_GP_SET'16 (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:40
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds