Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
Crónicas de Goa

O Arquivo Histórico de Goa

 

Fernando do Rego apresenta-nos este mês uma outra dessas “pérolas” ou “diamantes” do Bairro das Fontainhas de que nos devemos orgulhar: o centenário “Arquivo Histórico de Goa”, por onde passaram grandes historiados de todo o mundo e que hoje é de grande importância especialmente para os que pretendem mergulhar no passado de Goa e da presença portuguesa no Oriente.

Chegamos a 1930. O Governador Geral do Estado da Índia  João Carlos Craveiro Lopes criou o “Arquivo Geral e Histórico da Índia Portuguesa” e pelo Decreto nº 28.263 de 8 de Dezembro de 1937 foi-lhe dado o nome de ”Cartório Geral do Estado da Índia”. A evolução na sua nomenclatura continuou até à data da sua radical reforma promulgada pelo Ministro do Ultramar  Sarmento Rodrigues por ocasião da sua visita a Goa, quando o nome foi mudado, finalmente, para “Arquivo Histórico do Estado da Índia”. E o seu Director foi o dr. Panduronga S. S. Pissurlencar. Além do Arquivo com documentos multisseculares, ali temos também uma excelente biblioteca, com livros igualmente antiquíssimos.

 

Panduronga Pisssurlencar (de nome completo, Pandurang Sakharam Shenvi Pissurlencar ou  [à portuguesa] Panduronga Sacarama Sinai Pissurlencar) tem de vos ser apresentado, pois Goa e o Arquivo muito lhe devem:

 

Panduronga Pisssurlencar (1894-1969): Nascido na aldeia de Pissurlém (concelho de Satari), fez o curso do Liceu e da Escola Normal, tendo em seguida ensinado em várias escolas primárias de Goa. Quando nomeado arquivista geral  do Arquivo Histórico de Goa, veio a estabelecer-se neste bairro de Fontainhas, que já fora  honrado com a  residência dos historiadores Filipe Nery Xavier, Pe. Casimiro Nazaré e Pe. Gabriel Saldanha. Em 1957 visitou Portugal, tendo feito conferências na Sociedade de Geografia, na Academia das Ciências  e na Academia da História. Em 1957 foi convidado para ser Presidente da Secção de Instrumento de Cultura no “III Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros”, a que não poude assistir mas à qual apresentou uma comunicação intitulada ”A Presença do Brasil no Arquivo Histórico de Goa”. Os meus leitores brasileiros folgarão em saber esta notícia. E como talvez lhes interesse ter uma cópia daquela comunicação, eu dou o seguinte detalhe: Imp. de Coimbra Lta, 1960, 24,5X17 cmc. P.349-358, Sep. de “Actas do III Colóquio Internacional de Estudos Luso-Brasileiros”.

Foi sócio de inúmeras Sociedades portuguesas e indianas, Doutor Honoris Causa da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e condecorado por várias autoridades.

 

Sobre a sua actuação como Arquivista, cito somente estas palavras da historiadora Dra. Ethel M. Pope (no diário de Bombaim “ The Times of India” - 21.06.1932, publicado em tradução portuguesa pelo diário de Goa “Heraldo” - 24.06 1932): ”O Governador tem agora como seu auxiliar o Prof. Pisssurlencar, conhecido historiador e especialista na história dos Maratas. Quando visitei pela primeira vez o Arquivo, oito ou nove anos atrás, encontrei ali apenas maços de manuscritos meio destruidos e não catalagados. Hoje, devido à infatigável e incansável   dedicação deste grande indianólogo, veio a ordem no meio do caos e dentro das históricas paredes do velho Palácio se ostentam armários asseados onde se guardam cerca de 1500 ou mais volumes destes preciosos documentos encadernados luxuosamente, cintilando de oiro e com capas de cabedal, e os investigadores não encontram dificuldade em colher valiosas informações que eles encerram”.

 

Em 1954  foi construido neste bairro um novo prédio para alojar o Arquivo. A zona  escolhida não foi contudo das melhores para um Arquivo, pois do outro lado da Rua de Ourém, onde fica situado, passa a Ribeira de Ourém  de água salgada, e, além disso, era um local pantanoso.

A bibliografia de Pissurlencar foi também fenomenal, pois publicou perto de cem trabalhos de investigação histórica, sobretudo  quanto  à actividade e domínio dos Portugueses na Índia. Para os meus leitores fazerem uma vaga ideia da sua vastissima obra, cito somente alguns :

1. Récherches sur les découvertes de L’Amerique par les anciens hommes des Indes, 2. Shivaji Maharaj com sangue português?, 3. Portugueses e Maratas, 4. Contribuition à l’etude de l’histoire de la medicine portugaise dans l’Inde, 5. Prince Akbar and the Portuguese, 6. As primitivas capitais de Goa, 7. Agentes hindus da diplomacia portuguesa, 8. O túmulo, o caixão e o bastão de São Francisco Xavier, 9. Estudos e documentos sobre a história dos Portugueses na Índia,10. Sinos portugueses nos templos hindus,11. Médicos Portugueses nas Cortes Indianas, 12. Os primórdios da História de Goa,13. Portugal nos mares da Índia nos séculos XVII e  XVIII, 14. Incrições Pre-portuguesas de Goa,15. Os Portugueses nas literaturas indianas dos séculos XVI, XVII e XVIII.

 

A variedade dos temas apresentados por Pisssurlencar, tendo eu selecionado  somente quinze, indica a sua capacidade intelectual.,Uma pergunta muito natural seria: o que é a riqueza deste Arquivo de fama mundial? Foi Pissurlencar que catalagou os milhares de documentos existentes no seu “Roteiro” - um livro de 260 pgs., subdividido em I) Arquivo Histórico do Estado da Índia e II) Diversos Arquivos que foram enviados ao mesmo para lá serem conservados. Neste “Roteiro” vemos a pgs. 62 que o mais antigo volume de documentos é o ‘PROVISÕES A FAVOR DA CRISTANDADE (1513-1840)’.

 

Citarei somente dois trabalhos que avaliam o Arquivo: 1. “A glimpse of the Goa Archives” pelo Prof. Dr. C. R. Boxer ( BSOAS, 1952 XIV/2) e 2. “Documentos remetidos da Índia” pelo dr. António Alberto de Andrade (Boletim Geral do Ultramar, de Lisboa, Outubro de 1954, pgs. 80-84).
Após a aposentação de Pisssulencar, foram Directores do Arquivo o Dr. V. T. Gune,  o Dr. Prakaschandra P. Shirodker e o Dr. Shanker H. Mamai Kamat, sendo ao presente o sr. Manohar Laxman L. Dicholker. Quanto a este último, após ele ter completado o seu Mestrado em Ciências e em Letras, o Governo Português concedeu-lhe uma bolsa de estudos para um Curso de Língua e Cultura Portuguesas na Universidade de Lisboa. Trabalhou como Director Adjunto da revista do Arquivo e, finalmante, foi promovido a Director do mesmo Arquivo.

 

Após a leitura desta Crónica, muito sumária certamente, sobre a evolução da “Torre do Tombo do Estado da Índia” (que foi estabelecida em 1595 em Velha Goa) para o “Arquivo Histórico da Índia Portuguesa” (transplantado em 1954 para este bairro das “Fontainhas” e hoje conhecido oficialmente como “Directorate of Archives and Archaeology”), os meus leitores concordarão em que eu diga com legítimo orgulho:

- Feliz bairro que tal arca de tesouros possui!

 

Por Fernando do Rego, in http://www.supergoa.com/

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/ 



publicado por Carlos Gomes às 05:00
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds