Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010
O Renascimento do Chícharo

Pese embora o destaque que o Concelho de Alvaiázere vem conferindo à cultura do chícharo, o mesmo foi desde sempre também cultivado nos solos áridos do Concelho de Ourém, à semelhança do que sucede com outras variedades agrícolas que também poderiam ter o devido relevo.

Ourém e as suas gentes deveriam dar mais importância e divulgação à sua gastronomia tradicional, à sua cultura e, enfim, aos seus usos e costumes mais genuínos.

Chícharo 

O chícharo é um legume seco muito apreciado pelas gentes das aldeias serranas das beiras onde os solos são áridos e pobres e a abundância de rochas calcárias torna-os menos férteis. Sem necessidade de grandes cuidados nem terra com muito amanho, esta leguminosa enfrenta a seca como o beirão resiste à vida árdua de uma lavoura cuja abundância pouco vai além de um punhado de chícharos.

De forma irregular, o seu aspecto assemelha-se mais ao tremoço e ao grão-de-bico, embora exista quem o confunda com o feijão-frade. Porém, difere no paladar que se apresenta suave e aveludado, combinando preferencialmente com o bacalhau assado. Porém, ele acompanha com quase toda a espécie de alimentos, desde o entrecosto às petingas, a morcela de arroz e os chocos, surgindo ainda em sopa ou transformada em licores. De início, o chícharo era simplesmente confeccionado em broa de milho, untada de azeite e a acompanhar o bacalhau assado com cebola crua.

Rica em proteínas, hidratos de carbono e sais minerais,o chícharo era pelos agricultores mais abastados servido como forragem aos animais. Mas, em casa dos mais pobres, ele constituía a base da sua dieta alimentar. Associado, portanto, a tempos mais difíceis, a sua cultura foi caindo em desuso à medida em que as condições de vida foram melhorando.

A organização regular de um certame com vista à divulgação do chícharo, associado a outras actividades de carácter cultural, passou a atrair a Alvaiázere numerosos visitantes desejosos de provar a iguaria. Esta iniciativa veio contribuir para inverter a situação que até então se verificava e o chícharo passou a ser de novo cultivado. E, o seu consumo tornou-se de tal modo apreciado que importantes unidades hoteleiras passaram a incluí-lo nos seus cardápios.

Também a localidade de Santa Catarina da Serra, situada no maciço calcário da Serra d’Aire, seguiu as pisadas de Alvaiázere e passou a realizar uma iniciativa semelhante. E, mais recentemente, o chícharo deu origem à constituição de uma confraria apostada na sua divulgação.

Acredita-se que o chícharo, do latim cicer, tenha a sua origem no Mediterrâneo Oriental. Entre nós, a sua cultura foi seguramente introduzida pelos árabes, razão pela qual predomina nas regiões mais a sul de Portugal onde a sua influência foi mais marcante. De resto, a toponímia de Alvaiázere identifica claramente a sua proveniência árabe, aludindo a Al Baiaz que sugere a existência de uma falcoaria. Mas, no que respeita à divulgação do chícharo, o apelo é bastante eloquente:

- Venha provar o património!

 

GOMES, Carlos. Cultura do Chícharo renasce em Alvaiázere. http://www.folclore-online.com/

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 05:27
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds