Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2015
HERÓIS SÃO DE PELMÁ, NO CONCELHO DE ALVAIÁZERE

Portuguesa e paquistanês deram “tudo o que podiam” às vítimas

Natália, portuguesa, e Gabriel, paquistanês, são mais um casal vizinho do Bataclan aclamado pela imprensa francesa como heróis anónimos que ajudaram as vítimas do atentado na sala de concertos há uma semana.

502170

O seu pequeno apartamento de uma rua junto ao Bataclan tem sido "um lugar turístico", disse à Lusa Natália Teixeira-Syed, que, a 13 de novembro, abriu o portão do condomínio a pedido dos bombeiros para fazer entrar todas as vítimas do Bataclan, acolhendo também várias pessoas em sua casa e dando “tudo o que podia dar”.

Enquanto o marido e os dois filhos viam o futebol na televisão, Natália e a filha preparavam-se “para ir beber um copo ao café do Bataclan”, mas um SMS avisou-as: “Há confusão no vosso bairro” e foi quando foram espreitar o que se passava junto ao portão e os bombeiros lhes pediram para deixar entrar.

Rapidamente, todo o corredor do imóvel se transformou num hospital com “40 a 50 pessoas” e enquanto o marido e a filha ajudavam os bombeiros e as vítimas junto ao portão, Natália prestava apoio no pátio, onde várias pessoas eram operadas, ali mesmo, no chão, em frente ao seu apartamento.

“Começaram a chegar alguns que estavam completamente chocados. Numa segunda fase começaram a disparar mais forte e as outras vítimas chegaram depois. Aí foi de tudo”, descreveu a porteira, especificando que havia pessoas com ferimentos “mesmo graves, sobretudo nas pernas, na barriga” e que “os bombeiros começaram a fazer três, quatro operações no chão”.

Apesar de os bombeiros terem conseguido salvar muitas vidas, três pessoas morreram no seu pátio, lamentou Natália, de olhar cabisbaixo, explicando estar “aliviada por ter ajudado o máximo de pessoas” que pôde, mas “triste pelas vítimas que perderam amigos e familiares” e pelos que “quase todos os dias” foram a sua casa com fotografias para ver se ela reconhecia alguém.

“Eu vi pessoas com sangue, eles mostram fotografias onde as pessoas estão bem. Não posso saber…”.

“A gente deu água, cafés, toalhas, tudo o que a gente podia dar”, continuou Natália, acrescentando, em francês, que os bombeiros lhes deram luvas e depois “foi meter as mãos ao trabalho” e “até o gato fez de psicólogo”.

“Havia pessoas chocadas aqui no sofá que estavam a chorar, não estavam nada bem, estavam a tremer. O gato chegou, veio ao pé das pessoas acarinhar e depois elas acalmaram-se”, relembrou.

Na sala do pequeno apartamento do casal, os sofás estão cobertos com mantas porque ainda há manchas de sangue e o filho de onze anos mostra umas tesouras que encontrou no sofá, utilizadas pelos bombeiros para tratar um polícia da brigada de intervenção especial que tinha entrado no Bataclan.

Pouco tempo antes do ataque, o filho e o pai, Gabriel, estavam à procura de lugar para o carro quando viram um automóvel mal estacionado em cima de uma passadeira.

“Passámos uns 35 minutos antes em frente ao Bataclan, demos uma volta para estacionar o carro e cruzámo-nos com o automóvel dos terroristas. Do lado do passageiro, metade da janela estava aberta. Eu olhei para ele e ele olhou para mim com um olhar completamente glacial. Ele metia medo. Eu disse logo ao meu filho: ‘Estes tipos têm um ar estranho’”, lembrou Gabriel.

Gabriel é paquistanês, muçulmano, e está casado com Natália, católica, há vinte anos, fazendo questão de sublinhar que “os terroristas não têm nada a ver com o Islão porque são humanos com coração de pedra” e afirmando que “os muçulmanos xiitas são as primeiras vítimas dos terroristas”.

O marido de Natália tem nacionalidade francesa depois de ter conseguido o asilo político em França, país onde chegou em 1991, após ter deixado o Paquistão por ter “a cabeça a prémio” por motivos políticos. Natália nasceu em Bondy, nos arredores de Paris, é filha de emigrantes de Ourém, terra à qual regressa com regularidade.

“Já estamos casados há 20 anos, agora temos medo mais pelos meus filhos. Os garotos nas escolas só ouvem o que está na televisão e temos medo das confusões”, admitiu Natália, mediante os receios de agressões contra muçulmanos, ainda que ela nunca se tenha convertido e que a família portuguesa, católica, agora veja Gabriel como “um herói”.

Lusa



publicado por Carlos Gomes às 15:28
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

BLOGUE "AUREN" SUSPENDE A...

A INQUISIÇÃO EM OURÉM

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

GRUPOS LINGUÍSTICOS APRES...

PONTIFICIA ACADEMIA MARIA...

D. ANTÓNIO MARTO COMPARA ...

LEIRIA MOSTRA TRAJE TRADI...

BISPO DE SETÚBAL PRESIDE ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA APRES...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

PAN QUER DISCUTIR MOBILID...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

OURÉM: OS MISTÉRIOS DA SI...

FAPWINES ACRESCENTA ROSÉ ...

ESTUDO REVELA QUE 62% DOS...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

MADRE TERESA ERA TANTO DE...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

AUTORIDADES DE OURÉM FELI...

DEPUTADO MENDES CORREIA E...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

OURÉM: OLIVAL ESTÁ EM FES...

QUANDO VISITA OFICIALMENT...

CAÇADORES MARCAM ENCONTRO...

OURÉM TEM FESTA GRANDE NO...

OURÉM EVOCA DIÁSPORA E CU...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

OURÉM RECEBE EXPOSIÇÃO DE...

O ZOROASTRISMO E A SUA IN...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

OURÉM: RIBEIRA DO FÁRRIO ...

ALVAIÁZERE: PUSSOS REALIZ...

OURIENSES FAZEM EXCURSÃO ...

PAPA ENVIA CARTA AO 24º C...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA CELEB...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OURÉM: FREIXIANDA ESTÁ EM...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

RIO DE COUROS REALIZA FEI...

ALVAIÁZERE: PELMÁ ESTÁ EM...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

PARTIDO "OS VERDES" COLOC...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

OURÉM REGRESSA À IDADE MÉ...

OFERTAS DE EMPREGO DA LIF...

SINDICATO DOS TRABALHADOR...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds