Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2016
OURÉM VIVE NOITE CULTURAL INDIANA



publicado por Carlos Gomes às 22:59
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2016
OURÉM SABOREIA CULTURA INDIANA



publicado por Carlos Gomes às 19:38
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2016
OURÉM ACOLHE NOITE CULTURAL INDIANA



publicado por Carlos Gomes às 19:00
link do post | favorito
|

REINTEGREMOS O GALEGO NO PORTUGUÊS

O escritor galego Ricardo Carvalho Calero deixou-no claro há bastantes anos: «O galego, ou é galego-português ou é galego-castelhano».

Joan_Lluis_LLuis2

Para fazerem desaparecer as línguas que estorvam, os estados com vocaçom lingüicida tenhem diversas soluções ao seu alcance, que funcionam mais ou menos bem. Espanha foi avondo eficaz, ao menos na Galiza. Lá, agiu em dous tempos. Primeiro, convenceu os galego-falantes de que a sua língua já nom tinha nada a ver com o português. Umha vez isolado, o galego deixou de interagir com umha língua falada por uns douscentos e quarenta milhões de pessoas e oficial em nove estados independentes. Quer dizer, que a primeira etapa condenou a língua a viver em autarquia num território –Galiza— de dous milhões e meio de habitantes. Se os dous milhões e meio de galegos falassem todos galego, já ora, nom haveria qualquer problema. Nom é, porém, o caso, e o seu declive é constante desde a segunda metade do século XX.

A segunda etapa consiste em aproveitar a insegurança lingüística dos falantes de umha língua que, separada da norma comum, há de fazer umha de seu, para legitimar o maior número possível de castelhanismos. O símbolo desta intrusom é a aceitaçom académica do dígrafo ñ no lugar do genuíno nh —o nh, é claro, remetia demasiado para as normas portuguesas—. Imaginais os estragos que teria causado ao catalão a aceitaçom do mesmo dígrafo? Imaginais que fosse normativo que um catalão exilado escrevesse: «Cada dia, des de la lluñania, eñoro la meva Cataluña» [1]?. Por sinal, esta estratégia em dous tempos —separaçom do tronco comum e castelhanizaçom— é também a estratégia seguida polo espanholismo no País Valenciano.

O escritor galego Ricardo Carvalho Calero deixou-no claro há bastantes anos: «O galego, ou é galego-português ou é galego-castelhano». A academia oficial e o governo autónomo decidírom-se com furor pola segunda opçom. Porém, desde há uns anos, começa a fazer-se sentir umha outra voz. A dos chamados reintegracionistas. Som eles que entendem plenamente os argumentos e os objetivos dos partidários do galego-castelhano e que querem exatamente o contrário.

Som eles que, reagrupados na Associaçom Galega da Língua, querem salvar o galego da implacável residualizaçom a que está condenado. Os seus argumentos som de senso comum: isolado, o galego morrerá, unido com o português, pode aguardar prosperar, graças ao grande número de falantes de que dispom e ao seu prestígio internacional. Intentam, pois, operar umha revoluçom mental para fazer que se reconheça aquilo que já era umha evidência: o galego nom é umha língua derivada do português, mas umha das formas do português.

Este movimento de retorno requer a aceitaçom de um vocabulário hoje desterrado, o qual haveria de fusionar com as formas próprias do galego. Requer, sobretudo, eliminar as formas espanholas aceites de olhos fechados por umha academia [a RAG] de bandulho mole. E requer a recuperaçom das normas ortográficas comuns ao português como som nh em vez de ñ, mas também lh por llou ç no lugar de z. Nom o têm doado. Explica-o um dos escritores mais ativos neste combate, Séchu Sende: «Os reintegracionistas som umha minoria no interior da minoria galego-falante». O seu supervendas galego, Made in Galiza (em catalão, A vendedora de palavras, edições RBA, traduzido por Mònica Boixader) estava escrito num galego intermédio entre normativo [oficialista] e reintegracionista. Decidiu redigir o seguinte livro (A República das Palavras) empregando apenas as normas reintegracionistas, e isso significou apenas lograr ser publicado por uma pequena editora. Para ele, porém, a reintegraçom ao tronco galego-português é a única possibilidade para esperar reinjetar autoestima nos falantes de umha língua percebida geralmente como estritamente decorativa. Torna al Born o mor[2].

NOTAS:

[*] Artigo publicado originalmente por Joan-Lluís Lluís na revista catalã Presència em novembro de 2015. Traduzido do catalão para a galega com permissom do autor.

[1] Em correto catalão, «cada dia, des de la llunyania, enyoro la meva Catalunya»; isto é, «Cada dia, a partir da lonjura, sinto a falta da minha Catalunha».
[2] «Regressa ao Born ou morre». O provérbio original é «Roda el món i torna al Born» (localidade catalã), que se poderia traduzir como «vê mundo e regressa à casa».

Joan-Lluís Lluís (Perpinhã, Países Catalães, 1963), é um premiado escritor e colunista catalão. É colaborador habitual de publicações digitais como VilaWeb ou Esguard e a ainda a revista Presència (suplemento semanal do diário El Punt Avui). Nascido na Catalunha Norte, desenvolveu do início a sua trajetória literária no Principat, ao mesmo tempo que denuncia o «lingüicídio» cometido polo Estado francês na sua terra de origem.

Joan-Lluís Lluís / http://www.diarioliberdade.org/



publicado por Carlos Gomes às 00:14
link do post | favorito
|

Terça-feira, 13 de Outubro de 2015
OURÉM EXPLICA "COMO FINANCIAR PROJETOS CULTURAIS"

Ourém realiza a sessão de esclarecimento " Como financiar projetos culturais", a qual tem lugar no dia 29 de outubro na Casa do Administrador - Museu Municipal de Ourém, às 18h30.

18h30 – Receção e boas vindas

18h45 - Apresentação de Médio Tejo Criativo

19h00 – Quintas com Música no Museu”

19h30 – Apresentação DLBC – Desenvolvimento Localde Base Comunitária pela ADIRN

20h00 – Apresentação “Portugal 2020”, pela Índice Consultores

20h30 - Esclarecimentos

Entrada Livre



publicado por Carlos Gomes às 14:17
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 6 de Agosto de 2015
INATEL REALIZA FESTIVAL DIRIGIDO AOS CENTROS DE CULTURA E DESPORTO

A Fundação INATEL prepara a realização da 3ª edição da iniciativa “Festival Inatel”, dirigida aos Centros de Cultura e Desporto associados da INATEL.

Atendendo ao já bem reconhecido trabalho que a INATEL vem desenvolvendo, no estímulo e no apoio à criação e à cultura popular, a realização da iniciativa em apreço pretende promover o interesse, o divertimento e a socialização dos beneficiários da Fundação, individuais, coletivos e de diversos pontos do país e de diferentes faixas etárias, contribuindo, simultaneamente, para a dinamização da atividade associativa dos Centros de Cultura e Desporto.

A realização irá decorrer em duas fases:

  • Fase de apuramento de candidaturas por distrito: os CCD interessados em participar deverão enviar as candidaturas ao cuidado dos serviços Inatel. Este envio deve ser realizado através de formulário criado para o efeito, disponível na Internet.
  • Final Nacional: os melhores trabalhos apurados nos diversos distritos apresentarão os seus trabalhos numa ação final organizada em Lisboa, no Teatro Armando Cortez (Casa do Artista), no dia 8 de novembro de 2015.

A apresentação de candidaturas e o envio da documentação solicitada é possível através do preenchimento de formulário online, disponível em https://fs6.formsite.com/inatel/FI2015/index.html.

  • Em cada uma das edições do festival, os grupos participantes serão representantes de distritos ou de regiões autónomas nacionais.
  • Cada um dos distritos ou das regiões autónomas poderá ser representado apenas por um único grupo.
  • Cada um dos grupos poderá participar em representação de apenas um distrito ou de uma região autónoma.
  • Em cada uma das edições do festival, está prevista a participação de um número máximo de até 7 CCD, um por cada distrito ou região autónoma.
  • Considerando que se encontra prevista a realização de um mínimo de três (3) edições da iniciativa, existe a oportunidade para que todos os distritos e regiões autónomas se façam representar.
  • Os distritos ou regiões autónomas com participação prevista na presente edição de 2015, são:
  • Açores.
  • Coimbra.
  • Guarda.
  • Porto.
  • Santarém.
  • Viana do Castelo.
  • Vila Real.

Todos os restantes distritos já participaram na iniciativa.

A data limite para a apresentação de candidaturas é o dia 30 de setembro de 2015.



publicado por Carlos Gomes às 15:09
link do post | favorito
|

Sábado, 27 de Junho de 2015
CASAL DOS BERNARDOS ORGANIZA FIM-DE-SEMANA CULTURAL



publicado por Carlos Gomes às 23:54
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Maio de 2015
OURÉM REALIZA FIM-DE-SEMANA CULTURAL



publicado por Carlos Gomes às 00:51
link do post | favorito
|

Sábado, 21 de Fevereiro de 2015
COMUNIDADE CHINESA EM PORTUGAL CELEBRA ANO NOVO CHINÊS EM LISBOA

“Diário de Todos” é o primeiro jornal luso-chinês publicado em Portugal

A comunidade chinesa radicada em Portugal celebrou hoje em Lisboa o Ano Novo Chinês. Mais de um milhar de chineses afluiu ao largo do Martim Moniz para festejar a entrada do novo ano que, de acordo com o horóscopo chinês, decorre sob o signo da cabra. O evento contou com as presenças entre outras do embaixador da República Popular da China, o Secretário de Estado da Cultura do governo português e ainda de representantes da Câmara Municipal de Lisboa e das associações chinesas em Portugal.

As festividades incluíram a realização de um magnífico espetáculo bastante apreciado também pelos números portugueses e outros imigrantes que tiveram oportunidade de assistir, contemplando a dança, teatro música, folclore, artes marciais e circenses, não tendo faltado sequer a interpretação de um fado pela magnífica voz de uma jovem fadista chinesa.

Ano Novo Chinês Lisboa (114)

Uma novidade constitui o aparecimento do jornal “Diário de Todos”, a primeira publicação luso-chinesa editada em Portugal. Com periodicidade quinzenal, possui excelente aspeto gráfico e boa qualidade informativa, a fazer de elo de ligação entre a comunidade chinesa e o seu país de origem mas também com bastante interesse cultural e informativo para os leitores portugueses.

img_999x556$2015_02_13_18_04_47_109148

O calendário chinês rege-se pelos ciclos lunares em conjugação com a posição do sol, iniciando-se na noite de lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo grau de Aquário. As representações dos doze animais do horóscopo a que correspondem os anos no calendário chinês possuem a sua origem na lenda segundo a qual, os doze animais se apresentaram a Buda, correspondendo ao seu chamamento.

Ano Novo Chinês Lisboa (122)-2

As celebrações do novo ano chinês tiveram o seu início no pssado dia 19 de fevereiro e prolongam-se por uma semana, tendo como palco privilegiado a cidade de Lisboa onde a presença chinesa é mais significativa.

Ano Novo Chinês Lisboa (116)

Ascende a mais de vinte mil o número de chineses que vivem em Portugal, oriundos principalmente da província de Cantão em virtude da sua proximidade com Macau, constituindo uma comunidade pacífica e trabalhadora, dedicada sobretudo ao comércio e com uma presença considerável na nossa região. A sua integração na sociedade portuguesa tem constituído um sucesso assinalável a que não é certamente alheia o conhecimento mútuo resultante de um convívio secular entre portugueses e chineses. Aliás, registe-se a forma fluente com que muitos chineses já comunicam na língua de Luís de Camões, o poeta que segundo a lenda terá escrito “Os Lusíadas” na famosa gruta de Patane, em Macau.

Ano Novo Chinês Lisboa (55)

Ano Novo Chinês Lisboa (63)

Ano Novo Chinês Lisboa (70)

Ano Novo Chinês Lisboa (14)

Ano Novo Chinês Lisboa (18)

Ano Novo Chinês Lisboa (74)

Ano Novo Chinês Lisboa (72)

Ano Novo Chinês Lisboa (27)

Ano Novo Chinês Lisboa (32)

Ano Novo Chinês Lisboa (47)

Ano Novo Chinês Lisboa (82)

Ano Novo Chinês Lisboa (87)

Ano Novo Chinês Lisboa (132)

Ano Novo Chinês Lisboa (91)



publicado por Carlos Gomes às 21:14
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2015
PARLAMENTO DA GALIZA APROVA POR UNANIMIDADE INTRODUÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA NO ENSINO

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua e a Junta da Galiza celebraram hoje o “Memorando de Entendimento para a Adoção do Português como Língua Estrangeira de Opção e Avaliação Curricular no Sistema Educativo Não Universitário da Comunidade Autónoma da Galiza”.

PTRIA_~1

A cerimónia teve lugar na presença do Presidente da República, Prof. Aníbal Cavaco Silva, e do Presidente da Junta da Galiza, Alberto Núñez Feijóo, sendo os signatários o Embaixador de Portugal em Madrid, Francisco Ribeiro de Menezes, em representação da Presidente do Camões, I.P, e o Conselheiro de Cultura, Educação e Ordenação Universitária, Román Rodríguez González, em nome da Junta.

O Presidente da República deslocou-se hoje à Corunha, Espanha, para entregar as medalhas de ouro do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular e assistir à cerimónia de assinatura do memorando sobre o ensino do português na Galiza. Na ocasião, Cavaco Silva discursou na Real Academia Galega, tendo considerado um “passo importante para o reforço das relações em todos os domínios com esta comunidade autónoma”.

O Prof. Cavaco Silva considerou que “o ensino do português como língua estrangeira em vários níveis do ensino na Galiza contribuirá certamente para um melhor conhecimento recíproco dos povos, para a intensificação do diálogo cultural mas também para o reforço das relações económicas, empresariais e de investimento que já são bastante intensas entre Portugal e a Galiza mas que queremos que se reforcem ainda mais no futuro”, acrescentando que este é um “passo importante para o reforço das relações em todos os domínios com esta comunidade autónoma”.

Na realidade, a introdução da Língua Portuguesa na Galiza não constitui o ensino de uma língua estrangeira mas tão-somente da afirmação de um idioma que é comum às gentes de Portugal e da Galiza.

A Língua portuguesa é atualmente ensinada na Galiza em 32 centros de Educação Secundária a 861 alunos e nas Escolas Oficiais de Idiomas a 1.122 alunos. A reintegração do galego no universo linguístico da Língua Portuguesa e a sua adesão à comunidade lusófona constituem importantes bandeiras de afirmação do nacionalismo galego.



publicado por Carlos Gomes às 21:15
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014
INATEL REALIZA CONGRESSO DE CENTROS DE CULTURA E DESPORTO

A Fundação INATEL irá realizar o I CONGRESSO DE CCD – Centros de Cultura e Desporto, no âmbito do qual se pretende proporcionar momentos de debate e de reflexão envolvendo as associações filiadas na INATEL, reconhecendo o contributo destas estruturas para a afirmação das identidades locais e para o desenvolvimento cultural, social e educativo dos territórios onde se inserem, assim como o papel fundamental da organização associativa, uma das formas primordiais de coesão social e de expressão da sociedade civil, como veículo de transmissão e de afirmação dos valores de cidadania e de participação.

Como entidade estruturada a nível nacional vocacionada para valorizar as intervenções de âmbito associativo, a Fundação INATEL presta um serviço público de apoio, incentivo e estímulo às atividades dos agentes culturais, artísticos e sociais que voluntariamente desenvolvem um trabalho de proximidade com as comunidades, em estreita articulação com as diferentes realidades locais.

Nesse sentido, abaixo remetemos o programa deste Congresso que terá lugar na INATEL da Costa da Caparica nos próximos dias 21 e 22 de Novembro:

PROGRAMA

Dia 21 de Novembro

21h30 – Receção dos participantes

Momento musical: Grupo de Pauliteiros de Miranda da Associação de Cultura Mirandesa – Os Zoelas

Dia 22 de Novembro

08h30 – Abertura do secretariado

09h30 – Abertura da sessão pelo Senhor Presidente do Conselho de Administração

09h45 – Intervenção do moderador

09h50 – Inicio dos trabalhos

NOVA ABORDAGEM NO RELACIONAMENTO INATEL / CCD

1º Painel – Organização dos CCD (duração 45 minutos) (Debate – 15 minutos)

Dr. Augusto Flor – Presidente da Direcção da Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto

10h50 – Coffee break

Momento musical: TUIST – Tuna Universitária Instituto Superior Técnico

11h30 – Reinício dos Trabalhos

2º Painel – A Fiscalidade dos CCD (duração 45 minutos) (Debate – 15 minutos)

Dr. Vítor Almeida – Ordem dos Revisores Oficiais de Contas 

12h30 – Almoço com momento de animação

Momento musical: José Carita e Rogério Pires (concerto de cordas)

15h00 – Reinício dos Trabalhos

3º Painel – Acesso dos CCD a apoios comunitários (45 minutos) (Debate - 15 minutos)

Dr. André Chambel

16h05

MOVIMENTO ASSOCIATIVO

4º Painel – História do Movimento Associativo Português (duração 25 minutos) (Debate – 5 minutos)

Dr. Rui Marques – Músico, maestro e investigador do INET- Universidade de Aveiro

5º Painel – Boas Práticas / Organização de Eventos (duração 25 minutos) (Debate 5 minutos)

d’Orfeu Associação Cultural

17h05  Coffee break

Momento musical: South River Jazz Band (Banda Dixie)

17h35 – Reinício dos Trabalhos

Boas Práticas / Sustentabilidade (duração 25 minutos) (Debate 5 minutos)

Dr. José Carita – Presidente da Direção da Casa do Povo de Corroios

Boas Práticas / Relacionamento com a Comunidade (duração de 25 minutos) (Debate 5 minutos)

Eduardo Santos – Associação Desportiva O Mundo da Corrida

Boas Práticas / Estratégias de Rejuvenescimento (duração de 25 minutos) (Debate 5 minutos)

André Rodrigues – Presidente da Direção da Banda da Escola de Música Juventude de Mafra

19h05 – Inicio das Intervenções de encerramento dos Trabalhos

Entidades Governamentais: Secretário de Estado da Cultura e Secretário de Estado do Desporto (por confirmar)

20h00 – Jantar de encerramento com animação e entrega dos diplomas aos CCD presentes com mais de 25 e 50 anos de associados

Momento musical: CULTIVARTE – Associação Cultural Quarteto de Clarinetes Lisboa

Encerramento: Sociedade Dramática de Carnide

A Fundação INATEL poderá ter capacidade para disponibilizar autocarros localizados em pontos fixos a definir na região NORTE, CENTRO e SUL.

Oportunamente daremos detalhes quanto a esta possibilidade.

As inscrições só poderão ser efetuadas através do site http://www.inatel.pt/content.aspx?menuid=107.

Para qualquer dúvida ou informação adicional poderão contactar-nos através do 258 823 357 ou 210 072 143.



publicado por Carlos Gomes às 19:56
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 3 de Julho de 2014
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL

10492544_749931961717441_2730802459941990575_n



publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito
|

Terça-feira, 1 de Julho de 2014
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL



publicado por Carlos Gomes às 22:54
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Junho de 2014
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL

10492544_749931961717441_2730802459941990575_n



publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 23 de Junho de 2014
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL

10492544_749931961717441_2730802459941990575_n



publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 18 de Junho de 2014
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL

10492544_749931961717441_2730802459941990575_n



publicado por Carlos Gomes às 20:04
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Setembro de 2013
OURÉM DIVULGA ATIVIDADES CULTURAIS EM OUTUBRO



publicado por Carlos Gomes às 18:22
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Setembro de 2013
GALIZA DEFENDE A LÍNGUA PORTUGUESA E O ACORDO ORTOGRÁFICO

Intervenção de Alexandre Banhos, Presidente da Associaçom Galega da Língua (AGAL), em representação desta entidade, do MDL, da AAGP e da próAGLP, na Conferência Internacional com Audição parlamentar da Assembleia da República Portuguesa, sobre o tema “O Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa”, realizada no dia 7 de abril de 2008.



publicado por Carlos Gomes às 12:21
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 2 de Setembro de 2013
OURÉM DIVULGA EVENTOS CULTURAIS EM SETEMBRO



publicado por Carlos Gomes às 12:47
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 7 de Junho de 2013
INICIATIVAS CULTURAIS ANIMAM CENTRO HISTÓRICO DE OURÉM



publicado por Carlos Gomes às 19:08
link do post | favorito
|

Domingo, 17 de Março de 2013
BRASIL: NOTÍCIAS DE OURÉM… DO PARÁ!

Na sexta-feira (15) a Biblioteca Itinerante Barca das Letras aportou pela primeira vez na comunidade Tupinambá, às margens do Rio Guamá, distante 20 km da cidade de Ourém, no Pará. Aproximadamente 40 crianças e alguns jovens e adultos foram beneficiadas com distribuição de alegrias, leituras, livros, gibis, brinquedos, brincadeiras e exibição de filmes. E tudo muito junto e bem misturado, animado pelo Palhaço Ribeirinho e suas palhaças ajudantes da própria comunidade. Uma alegria só!

556754_520276698018589_648610573_n

Gratidão aos doadores de Brasília e Belém.

Gratidão aos parceiros locais: Arlindo Matos, Presidente da Fundação Cultural de Artes e Esportes Mundico e Manola (FUNCARTEMM), Kate Titan e Erivelton Matos, Coordenadores do Projeto Boi Orube Arte Educação(Satélite-Belém), Secretaria Municiipal de Educação de Ourém, Associação de Pequenos Agricultores da Casa Familiar Rural 25 de Julho de Ourém , Lúcia Matos, Cartório do Tupinambá, Professores e merendeiras da Escola Municipal Luiz de Moura.

Abraços fraternos,

Jonas Banhos



publicado por Carlos Gomes às 23:19
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013
REALIZA-SE AMANHÃ EM OURÉM O WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Domingo, 17 de Fevereiro de 2013
OURÉM ORGANIZA WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013
OURÉM REALIZA WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2013
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM REALIZA WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013
OURÉM DEBATE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013
OURÉM REALIZA WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 18:31
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013
OURÉM PROMOVE WORKSHOP SOBRE MARKETING CULTURAL

“O Marketing Cultural – por onde começar?”

23 de fevereiro – 10h00 – 17h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Construir uma marca cultural, aplicar os princípios do marketing às atividades culturais e criativas utilizando meios de divulgação a custos reduzidos são os objetivos deste curso. Dentro da sua componente prática, pretende-se desafiar os formandos a criar uma campanha de marketing viral nas redes sociais.

Sobre o formador:

Óscar Enrech Casaleiro trabalha na área da Comunicação Cultural desde 1997 (Comissariado Pavilhão da Santa Sé na Expo’98, Patriarcado de Lisboa, Instituto Português das Artes do Espetáculo e Museu da Presidência da República), tem Mestrado de Museologia e é formador nas áreas do marketing, mecenato e escrita criativa.

Inscrições: 25 €

Número mínimo de inscrições: 8; máximo: 14

Organização: Município de Ourém, MASE – Museu de Arte Sacra e Etnologia e CEPAE – Centro de Estudos do Património da Alta Estremadura.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 18h. Tel 249 540 900 (ext: 6831); Tlm 919 585 003; e-mail: museu@mail.com-ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 3 de Outubro de 2012
ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL VAI TER CONGRESSO INTERNACIONAL

A Intervenção – Associação para a Promoção e Divulgação Cultural, com o NIF 507 408 039, vai organizar em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes, nos dias 25, 26 e 27 de Outubro de 2012, o Congresso Internacional de Animação Sociocultural - Intervenção e Educação Comunitária: Democracia, Cidadania e Participação.

Este evento tem por objetivos:

- Analisar o papel da Animação Sociocultural na atual conjuntura de crise;

- Estudar a função da Animação Sociocultural como metodologia de intervenção comunitária;

- Promover a Animação Sociocultural como uma resposta participativa na construção comunitária;

- Refletir sobre a Animação Sociocultural e a sua ligação às redes sociais;

- Impulsionar o pluralismo social, a partilha de projetos, a educação intergeracional

- e a inserção de metodologias participativas promotoras de uma sociedade solidária para o século XXI;

- Estimular uma participação comprometida com o desenvolvimento social, cultural e educativo e plasmada numa plena cidadania;

- Dissecar o papel da comunidade, da educação comunitária, do desenvolvimento comunitário como alicerces de construção de um futuro a construir pela participação coletiva.

Para mais informações pode consultar o site www.geralintervencao.com.pt

PROGRAMA

Quinta-feira | 25 de Outubro

15h00 Receção aos congressistas

16h00 Sessão de Abertura

16h30 Conferência Inaugural

Professor Doutor Marco Marchioni – Instituto Marco Marchioni

A Participação e a autonomia individual e coletiva, eixos da animação sociocultural e das sociedades democraticamente avançadas

17H30 I Painel

As Artes como meio de educação, desenvolvimento e intervenção comunitária

Coordenação: Dr.ª Cátia Cebolo - Gabinete de Atendimento à Família de Viana do Castelo

Oradores:

1. Professor Doutor Agostinho Diniz Gomes - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Intervenção Comunitária: um olhar através da música

2. Dr. José Dantas Lima Pereira – Teatro Diogo Bernardes

A parateatralidade ao serviço da Animação Sociocultural e da Intervenção comunitária.

3. Dr. Rui Mateus - INATEL

O CCD - Centro de Cultura e Desporto como ponto de cultura local para uma política cultural global da Fundação INATEL

4. Encenador José Carretas - PANMIXIA

“A Tituria” - Notas sobre um espectáculo

5. Dr. Domingos Morais - Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa

Descobrindo a vida, o amor e o sentido através do gesto musical (vocal e instrumental)

21H30 Desequilíbrio

Espetáculo a realizar por alunos de teatro da Escola de Artes da SIRC. Texto e encenação de Linda Rodrigues

Sexta-feira | 26 de Outubro

09H00 II Painel

Educação Comunitária, Democracia e Direitos Humanos

Coordenação: Prof. Doutor Marcelino de Sousa Lopes - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Oradores:

1. Professor Doutor Américo Nunes Peres – Universidade de Trás - os - Montes e Alto Douro

Direitos humanos, democracia, participação e boas práticas de cidadania nas escolas

2. Professor Doutor José António Caride - Universidade de Santiago de Compostela

Educar na cidadania: o que fazer no quotidiano para a construção democrática das comunidades

3. Dr. José Carlos Fernandes - Diretor do CENFIPE - Centro de Formação e inovação dos Profissionais de Educação /Escolas do Alto Lima e Paredes de Coura

O Associativismo dos Pais no contexto da Escola Democrática: paradoxos; constrangimentos e potencialidades

4. Professor Doutor José Vicente Merino Fernández – Universidade Complutense de Madrid

A animação social comunitária como forma de educação: Princípios, funções e processos

11h00 III Painel

Movimentos Sociais e Participação

Coordenação: Professor Doutor Fernando Ilídio Ferreira - Universidade do Minho

1. Professor Doutor Marcelino de Sousa Lopes – Universidade de trás - os - Montes e Alto Douro

A Animação Sociocultural: democracia, cidadania, participação e o dédalo do real com o virtual

2. Professora Doutora Maria José Casa-Nova – Universidade do Minho

Movimentos Sociais e Participação: da importância e da (im)possibilidade de aprofundamento do sistema democrático

3. Professor Doutor Avelino Bento - Instituto Politécnico de Portalegre

Consciência Cidadã: novas práticas de participação e de envolvimento social tendo como itinerários e territórios as Artes e a Animação Sociocultural

14h00 I Mesa Redonda

Partilha de Projetos e Experiencias de Vida

Coordenação: Prof. Altino Rio - Centro de Formação da Associação de Escolas do Alto Tâmega e Barroso

Oradores:

1. Mestre Rui Fonte – Doutorando em Ciências da Educação na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

O Animador Sociocultural: agente de democracia participativa

2. Mestre Júlio Serapicos - Camara Municipal de Chaves

A Animação Musical como Âmbito da Animação Sociocultural: A Importância dos “Encontros de Concertinas e Cantares ao Desafio das Feiras Novas de Ponte de Lima” para a Participação.

Dr. Luís Delgado - ACEP- Associação Cultural e de Educação Popular

ACEP, um projeto em construção

3. Dra. Alexandra Carneiro e Prof Jorge Curto – E.S. Rocha Peixoto e Dr. Manuel Costa – Biblioteca Municipal da Póvoa de Varzim

Histórias do Mar. Da ideia ao filme, um percurso de Animação Sociocultural

4. Dra. Ana Fontes e Dra. Margarete Arcanjo- Nodo da RIA de Leiria

Rostos: as pessoas e a cidade - o papel da RIA na promoção do desenvolvimento comunitário da cidade de Leiria

5. Rita Fernandes, Técnica Superiora de Animação Sociocultural – Projeto ILG@Gir@

Como integrar a comunidade LGBT - Lésbica, Gay, Bissexual e Trasgénero, através da Animação Sociocultural - Projeto ILG@Gir@

17h00 II Mesa Redonda

Educação Comunitária e o Diálogo Intergeracional

Coordenação: Mestre Tânia Rodrigues - Junta de Freguesia de Remalde

Oradores:

1. Dr. Luís Gomez Garcia

A cooperação Intergeracional como desafio de futuro para a ASC

2. Prof. Doutor Joaquim Parra Marujo - Escola Superior de Educação João de Deus

Perdas e medos no Idoso. O poder das palavras para a cidadania?

3. Dra. Jenny Sousa - Instituto Politécnico de Leiria

A relação com a comunidade e as atividades intergeracionais como estratégias de combate à solidão em contextos da Terceira Idade

4. Professor Doutor Xosé Manuel Cid Fernández – Universidade de Vigo

Na procura de uma educação social favorecedora da convivência intergeracional

5. Dr.ª Rita Maria Bastos Wengorovius – Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa

Teatro social e desenvolvimento comunitário- Projecto Cais 14 Teatro Umano

6. Dr.ª Cláudia Moura – Professora no Curso de Pós-Graduação em Novas Práticas na Intervenção Social

O idoso e a comunidade: Respostas Sociais

21.00h Espetáculo pelo GRUPO DE INTERVENÇÃO SOCIAL PELA UNIDADE NA DIVERSIDADE - Viana do Castelo

GERAÇÃO VIVA!

PAZ SIM! GUERRA NÃO!

– A Terra é um só País e a Humanidade os seus cidadãos! –

Sábado | 27 de Outubro

09h00 IV Painel

Intervenção e Desenvolvimento Comunitário

Coordenação: Dr. Dantas Lima - Teatro Diogo Bernardes

Oradores:

1. Professora Doutora Maria Dapia – Universidade de Vigo

Educação social e Desenvolvimento Comunitário

2. Professor Doutor Artur Cristóvão e Prof. Doutora Hermínia Gonçalves – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Empoderamento de comunidades rurais e ação coletiva nas políticas locais

3. Professor Doutor Manuel Cuenca - Universidade de Deusto

Pautas de melhoria e desenvolvimento do Ócio Comunitário

4. Prof. Doutor Armando Loureiro – Universidade de Trás - os - Montes e Alto Douro

Existem comunidades? Das comunidades de prática à educação comunitária

11h00 V Painel

ASC e Redes Sociais

Coordenação: Professor Doutor Manuel Vieites - Universidade de Vigo / Escola Superior de Arte Dramática da Galiza

Oradores:

1. Professor Doutor Victor Ventosa Perez – Universidade Pontifícia de Salamanca

A ASC e o Trabalho em Rede através da Rede Iberoamericana de ASC

2. Professor Doutor Fernando Ilídio Ferreira - Universidade do Minho

O Tempo das Redes: redes que aprisionam e redes que libertam

3. Professor Doutor Mário Viché – UNED

Conetividade e redes sociais. A construção de representações identitárias para a mudança social.

4 Professor Doutor Carlos Fragateiro – Universidade de Aveiro

Animação Sócio Cultural e Redes Sociais - Plataforma/Interface de excelência para a produção de narrativas capazes de integrar os diferentes olhares e perspetivas que hoje atravessam o nosso mundo e de serem o espaço de emergência da 3ª Cultura, a Cultura do Futuro.

14h00 III Mesa Redonda

Cidadania: modernidade e pós-modernidade

Coordenação: Dr. António Sousa e Silva - Investigador

Oradores:

1. António Sousa e Silva - Investigador

Espaço público e cidadania

2. Professor Doutor Manuel Vieites - Universidade de Vigo / Escola Superior de Arte Dramática da Galiza

O lazer do ciborgue

3. Professor Doutor - Mário Viché - UNED

Cidadania global e participação. As representações solidárias da pós-modernidade

4. Professor Doutor Joaquim Escola - Universidade de Trás - os - Montes e Alto Douro

* Título da comunicação a designar

16h00 Conversa Aberta

Sobre a intervenção Social, Cultural, educativa, comunitária...neste tempo de crise

Coordenação: (***)

Oradores:

**Prof.ª Doutora Felisbela Lopes - Universidade do Minho

Professor Doutor José António Caride Gomez – Universidade de Santiago de Compostela

Professor Doutor Manuel Cuenca – Universidade de Deusto

Professor Doutor Marco Marchionni – Instituto Marco Marchioni

**Prof. Doutor Manuel Carvalho da Silva - Universidade Lusófona

18h00 Conclusões do Congresso pela Mestre Tânia Rodrigues

18h15 Sessão de Encerramento

**Presenças ainda não confirmadas

*** Foi convidada uma relevante individualidade do meio cultural

Português para coordenar esta conversa aberta



publicado por Carlos Gomes às 13:05
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Setembro de 2012
GONDEMARIA REALIZA SEMANA CULTURAL

Realizou-se no passado fim-de-semana em Gondemaria mais uma edição da semana cultural que contou com a presença de artesãos da região.

SAM_3801

A amostra ao público era diversificada, desde cestos em verga, uma tecedeira, chocolates, bonecos em pano, rendas e mel. Houve também a Reapresentação e estreia do Grupo de Jovens de Gondemaria, o Grupo “Em Cena”, com a participação e encenação de uma peça de teatro com o nome “O Reino da Fonte Seca” formado pela Junta de Freguesia. Estes jovens para além do teatro, dedicam-se ao voluntariado, e por isso mesmo querem ser reconhecidos também pelo serviço à sua comunidade e à sua Freguesia. Para além da cultura, estes jovens revelam o seu sentido de responsabilidade cívico e demonstram-nos que serão os grandes homens e mulheres do amanhã, e que apesar das condições que esta sociedade lhes propõe, não baixam os braços!

SAM_3797

No domingo, a manhã começou com um passeio de bicicletas pela freguesia, um percurso com cerca de 15Km em que a adesão apesar de não ter sido a esperada culminou num agradável convívio. E enquanto uns pedalavam outros faziam alguns rastreios visuais, auditivos, entre outros.

A organização a cargo da Junta de Freguesia de Gondemaria, a par com a UDG (União Desportiva Gondemaria) e Centro de 3.ª Idade, conseguiu reunir no pavilhão da União Desportiva, uma série de atividades, desde teatro, cantares tradicionais, concertinas, música e também rastreios visuais e auditivos, palestras sobre cozinha saudável e conversas ao café onde o assunto debatido foi “não deprimir em tempos de crise”, o que nos dias de hoje se torna um pouco difícil, mas fica a iniciativa.

A organização satisfeita com mais uma edição, realça que o importante uma vez mais, tratou-se da promoção das 3 instituições da freguesia em prol da cultura, das tradições, da história, do convívio e do reforço das relações humanas, reforçando assim a coesão tão necessária entre todos.

Visualize as fotos do evento no facebook do jornal “A Voz da Aldeia – União Desportiva de Gondemaria” ou “Junta de Freguesia de Gondemaria”.

SAM_3726

SAM_3730

SAM_3733

SAM_3743

SAM_3752

SAM_3754

SAM_3755

SAM_3756

SAM_3767

SAM_3783

SAM_3799

SAM_3803

SAM_3805

SAM_3806

SAM_3826

SAM_3854

SAM_3864



publicado por Carlos Gomes às 12:51
link do post | favorito
|

Terça-feira, 25 de Setembro de 2012
TOMAR ACOLHE CONGRESSO INTERNACIONAL DE TURISMO CULTURAL E TURISMO RELIGIOSO



publicado por Carlos Gomes às 21:22
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012
COMEÇA AMANHÃ A SEMANA CULTURAL EM GONDEMARIA



publicado por Carlos Gomes às 00:07
link do post | favorito
|

Domingo, 16 de Setembro de 2012
OURÉM: SEMANA CULTURAL ANIMA GONDEMARIA



publicado por Carlos Gomes às 00:08
link do post | favorito
|

Terça-feira, 11 de Setembro de 2012
GONDEMARIA PREPARA SEMANA CULTURAL



publicado por Carlos Gomes às 21:04
link do post | favorito
|

Terça-feira, 15 de Maio de 2012
“FÁTIMA DEVE SER CONSIDERADO NÃO SÓ UM LUGAR DE FÉ MAS TAMBÉM DE CULTURA”

- Afirmou D. Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho para a Cultura

Peregrinação Internacional Aniversaria de maio de 2012

Terminada a peregrinação internacional aniversaria de maio de 2012, informamos que a principal informação, documentação e estatísticas da peregrinação está a ser disponibilizada na página oficial do Santuário de Fátima.

Destaquem-se as palavras de D. Gianfranco Ravasi, presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, que presidiu à peregrinação e que, após o final das celebrações, na tarde do dia 13, escreveu, em italiano, no Livro de Honra do Santuário de Fátima: “Com grande emoção pela experiência verdadeiramente única de espiritualidade, de intensidade humana, de acolhimento festivo, vivida em Fátima, um grande abraço na sombra da presença serena de Maria”.

À sua chegada a Fátima, na tarde de 12 de maio, em declarações aos jornalistas, D. Gianfranco Ravasi afirmou que "Fátima deve ser considerado não só um lugar de fé mas também de cultura".

"A cultura não é só a experiência artística, mas também a experiência de um povo", afirmou sublinhando que "a nossa cultura tem como estrela polar, por um lado, a Bíblia, e a tradição cristã, por outro", disse.

Em termos concretos, os apelos do Cardeal Gianfranco Ravasi exortaram a uma “fraternidade operativa”.

“Não devemos ter medo de sujar as mãos, ajudando os miseráveis da terra: para que servirá ter as mãos limpas, se as temos no bolso”, afirmou na homilia da missa do dia 13 de maio.

"Lembremo-nos uns dos outros, unidos na mesma fé e na comunhão de afetos, para além das distâncias e das dificuldades das línguas. Esta noite, regressado a Roma, da minha janela, que dá para a basílica, para a cúpula de São Pedro e para a residência do Papa Bento XVI, do qual sou colaborador, confiarei a Deus o nosso encontro", disse, na mesma homilia.

Durante esta peregrinação estiveram em Fátima, segundo as entidades oficiais, 300 mil peregrinos.

Muitos foram também os que acompanharam à distância as celebrações ou que visitaram a página oficial do Santuário de Fátima na Internet www.fatima.pt. No dia 13 de maio esta página registou 42.972 visitas.

As celebrações da peregrinação, na integra ou em parte, foram ainda transmitidas em direto por vários órgãos de comunicação. A partir de Fátima ou com ligação a Fátima transmitiram em direto: RTP, TVI, SIC Internacional, TV Canção Nova, María Visión (Espanha), Telepace (tv de Itália), Kephas TV (Alemanha / Áustria / Suíça), Giovanni Paolo TV (de Parma/Itália), Rádio Renascença, Rádio Sim, Rádio Canção Nova, Radio Nuestra Señora del Encuentro con Dios (Espanha), Rádio Espérance (França) e Rádio Maria Hungria.

LeopolDina Simões



publicado por Carlos Gomes às 15:13
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 3 de Maio de 2012
DR. JOSÉ ALHO DESTACA EVENTOS QUE MARCAM A AGENDA CULTURAL DE OURÉM

Na última reunião da Câmara Municipal de Ourém, o Vereador Dr. José Alho apresentou uma declaração relativa a alguns eventos que têm marcado a agenda cultural do município.

jmalho2

Programa Cultural do Município

Gostaria de fazer aqui referência a alguns eventos que têm marcado a agenda cultural do município para divulgação e reconhecimento.

Ourém associou-se à Comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios a 18 de Abril com a visita à capela da Perucha para apresentar as obras de recuperação em curso e à capela de S. Sebastião onde se trabalha num projeto de consolidação do monumento. São para nós dois marcos importantes de valorização do património edificado que estão bem encaminhados e que contam com o envolvimento de parceiros locais interessados a quem agrademos a disponibilidade.

Ainda no dia 18 à noite teve lugar um “Acontece no Museu”, dedicado ao tema “S. Sebastião: o culto e o templo” com a participação do Dr. Cunha e Silva, que sublinhou a monumentalidade do templo e apontou pistas para um melhor conhecimento da sua história.

A Feira do Livro 2012 que decorreu entre 15 e 25 de Abril foi um acontecimento cultural marcante da vontade de criar o gosto pela leitura. A iniciativa contou com a presença de escritores reconhecidos no panorama nacional, bem como integrou diversas atividades ligadas aos livros e à leitura algumas das quais em parceria com as escolas do concelho. Exemplo disso foi o concurso concelhio de leitura.

Refira-se ainda a forte adesão dos estabelecimentos de ensino que se mobilizaram e trouxeram à Feira 1.289 alunos.

As comemorações do 25 de Abril que decorreram na noite de 24 e ao longo do dia 25 foram celebradas com temas da música popular portuguesa e muito em particular de Zeca Afonso cantadas pelos Romeiros. Sublinho a mensagem dos discursos do Sr. Presidente da Câmara e da Sr.ª Presidente da Assembleia Municipal de apelo à unidade nesta hora difícil em que é preciso ainda mais rigor e contenção, sem esquecer a solidariedade com os que mais precisam.

 Já no dia 25, após as cerimónias oficiais que contaram com a presença da Fanfarra dos Bombeiros e da Filarmónica 1º de Dezembro, foi exibido o documentário “Alves Redol – Memórias e testemunhos”, do realizador Francisco Manso, que contou com a presença do filho do escritor, António Redol que partilhou vivências e filosofia de vida desta figura maior do neo-realismo português.

O Vereador

José Manuel Alho



publicado por Carlos Gomes às 11:41
link do post | favorito
|

Terça-feira, 27 de Março de 2012
ESPANHÓIS INVADEM OURÉM PARA PARTICIPAR NO MEETING INTERNACIONAL DE FÁTIMA/OURÉM 2012

Mais de 1600 jovens espanhóis vão participar na 21ª edição do Meeting Internacional de Fátima/Ourém que vai decorrer na semana de 1 a 07 de Abril, no concelho de Ourém e que incluem uma série de atividades culturais, desportivas e de solidariedade.

Na envolvente desportiva destacam-se competições de futebol 11, futsal e basquetebol. Na vertente cultural realiza-se um Concurso de vídeo/curtas-metragens, o jogo quiz Europa e visitas a centros religiosos e históricos de Fátima.

A interação entre estes jovens como centro dereabilitação do Centro João Paulo II preenche a vertente solidário deste grande encontro.

Os torneios de futebol 11 serão realizados no Estádio Municipal de Fátima, Estádio João Paulo II, no Estádio da Portela (União Desportiva da Serra), no Campo Desportivo da Caridade, no Campo Desportivo de CCDCaxarias e Campo de Jogos do Vitória futebol Clube Mindense.

Os torneios de Futsal serão todos realizados em pavilhões municipais: Pavilhão Municipal de Ourém; Pavilhão Municipal do Caneiro e Pavilhão Municipal de Caxarias.

Este evento irá envolver pela segunda vez consecutiva a realização de jogos de futebol de intercâmbio entre equipas juvenis do concelho de Ourém e do MIF’2012.

O primeiro terá lugar no Pavilhão Municipal de Caneiro, no dia 04 de Abril, pelas 19h00, no escalão sub-17, entre a seleção espanhola de futsal MIF’2012 e a equipa federada da Juventude Ouriense. O segundo jogo será disputado, no dia 07 de Abril, no Estádio João Paulo II, pelas 11h00, no escalão sub-17, entre a seleção MIF e a equipa federada do Centro Desportivo de Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 18:28
link do post | favorito
|

AGENDA CULTURAL DE OURÉM - ABRIL DE 2012

Paços do Concelho

Feira do Livro 2012

15 a 25 de abril

A feira realizar-se-á na Praça D. Maria II (Edifício dos Paços do Concelho) e contará com a participação de escritores em sessões de apresentação de livros, sessões de autógrafos, momentos musicais, hora do conto e bem assim uma série de outras atividades paralelas de promoção da leitura.

Entrada livre

Organização do Município de Ourém/Biblioteca Municipal

Comemorações do 25 de abril

Dias 24 a 25 de abril

Dia 25, às 10h30 – Início das Cerimónias Oficiais

Semana Santa em Ourém

Programa da Semana Santa

01 de Abril – 08 de Abril de 2012

Domingo de Ramos: dia 01 de Abril

11h00: Comunhão Pascal dos Jovens

Igreja Nª Sr.ª das Misericórdias

Segunda-feira, dia 02 de Abril

21h00: Celebração Penitencial

Igreja Nª Sr.ª das Misericórdias

Quinta-feira: dia 05 de Abril

20h30: Celebração da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés.

Adoração do Senhor

Igreja Nª Srª das Misericórdias

Sexta-feira santa, dia 06 de Abril

09h00: Canto de Laudes

15h00: Via-sacra ao vivo e procissão do Senhor Morto, Liturgia da Palavra, Adoração da Cruz e Distribuição da Sagrada Comunhão

Igreja Nª Srª das Misericórdias

Sábado Santo, dia 07 de Abril

09h00: Canto de Laudes

22h00: Celebração da solene Vigília Pascal

Igreja Nª Sr.ª das Misericórdias

Domingo de Páscoa, dia 08 de Abril

11h00: Celebração pascal seguida de procissão do Senhor Ressuscitado, com a presença de todas as confrarias da Paróquia de N.Srª das Misericórdias

Igreja Nª Srª das Misericórdias

Cineteatro Municipal de Ourém

Cenourém – 2ª temporada

12, 13, 26 e 27 de abril – 21h30

Cineteatro Municipal de Ourém

- Clube de Cultura e Artes da Escola Secundária de Ourém - “Infernal auto da escola”

(12 e 13 de abril);

- EB23 – Caxarias - “O pirata que não sabia ler” (26 e 27 de abril).

Espetáculo: Luís de Matos “Chaos”

21 de Abril

21h30

Bilhetes: 10€

Reservas 249 543 666

Biblioteca Municipal de Ourém

Hora do Conto com Lendas de Portugal

11 de abril – 14h30

Centros de Dia/Lares de Idosos

Inscrições obrigatórias e gratuitas na Biblioteca Municipal de Ourém ׀ Tel: 249 540 900 (ext. 6841) ׀ biblioteca@mail.cm-ourem.pt

Fora da Estante: Dia Internacional do Livro Infantil

02 a 30 de abril

Biblioteca Municipal de Ourém

A 02 de abril celebra-se o Dia Internacional do Livro Infantil. Durante todo o mês de abril a Biblioteca Municipal de Ourém terá em destaque obras de Literatura Infantil.

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00; ao sábado das 9h30 às 13h00.

Entrada livre.

Exposição de fotografia “Espanta-me: A Liberdade do espantalho está presa a

um pau, atada por cordéis”

02 a 30 de abril

Biblioteca Municipal de Ourém

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00; ao sábado das 9h30 às 13h00.

Exposição de fotografias de António Flor.

Entrada livre.

Exposição “Cartazes de abril”

02 a 30 de abril

Biblioteca Municipal de Ourém

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00; ao sábado das 9h30 às 13h00.

Exposição composta por cartazes e fotografias relativas ao 25 de Abril de 1974 e às suas comemorações ao longo dos anos.

Entrada livre.

Galeria Municipal de Ourém

Exposição Coletiva de Pintura: Roberto Chichorro, Nuno Gaivoto, Jorge Melo,

José Rui Paisana e Ana Oliveira

05 de abril a 06 de maio

Galeria Municipal de Ourém

Entrada livre

Horários: De terça a domingo da 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Páscoa científica

03 de abril - 14h30/16h30

Museu Municipal – Casa do Administrador

Sabias que este ano os ovos da páscoa vêm recheados de química? Se te queres divertir durante estas miniférias, participa nesta oficina de ciência e vais poder despir um ovo sem o partir, colorir a sua clara ou ainda colocar um ovo cozido dentro de uma garrafa, entre muitas outras experiências divertidas.

- Público-alvo – dos 10 aos 13 anos;

- Nº de participantes: máximo 12, mínimo 8;

- 5€, com material incluído;

- Inscrições no Museu Municipal – Casa do Administrador, de terça-feira a domingo das 9h30-12h30 e das 14h00-18h00, ou através dos seguintes contatos: Telm: 919 585 003 | Telef: 249 540 900 (ext: 6831) |e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt

Contacto interno: Ana Carvalho (6846)

Ciclos de Cinema – “Segunda Guerra Mundial”

12 e 27 de abril – 21h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

O mês de abril é dedicado à Segunda Guerra Mundial com exibição dos filmes “A queda” - M/12 - 156’ 2004 (dia 12) e “Cartas de Iwo Jima” - M/16 - 141’ 2006 (dia 27).

Entradas gratuitas.

Workshop de fotografia

15 de abril - 10h00/12h00 e 14h00/17h00

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Tema: Fotografia criativa com luz de relâmpago, com o Prof. António Campos Leal

N.º mínimo de inscrições: 6 participantes;

N.º máximo de inscrições: 12 participantes;

Inscrições e informações em: cultura@mail.cm-ourem.pt | tel. 249 540 900 ou Ext: 6542

Oficinas Pedagógicas – “Faz de conta”

02 a 30 de abril

Oficina: A fantasia do brinquedo

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Público-alvo: 3-6 anos.

Oficina dirigida a grupos escolares, com lotação máxima de 30 participantes e mínimo de 8. Participação mediante marcação prévia.

Custo por grupo 5€. O custo da oficina inclui a visita à exposição “Faz de Conta” no Museu Municipal. (Tempo estimado 2h).

Oficina: Vem e constrói o teu brinquedo

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Público-alvo: 6-12 anos.

Inscrições individuais ou em grupo (máximo 15, mínimo 5). Participação mediante marcação prévia.

Preço individual: 1€. O custo da oficina inclui a visita à exposição “Faz de Conta” no Museu Municipal (Tempo estimado 2h30).

Caso seja solicitado, as Oficinas Pedagógicas poderão deslocar-se às escolas (preço por grupo 10€)

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Tel: 249 540900 (ext. 6831) ׀ tlm: 919585003 ׀ e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt

Oficina Pedagógica – “A Moura Oureana”

02 a 30 de abril

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador, com possibilidade de deslocação às escolas

A oficina pedagógica centra-se na lenda da Moura Oureana, historiada através de um teatro de sombras. É narrada a história de amor entre o Cavaleiro Gonçalo Hermingues e a Moura Fátima.

No final da história as crianças terão oportunidade de retratar as suas personagens preferidas através de desenho, havendo também lugar para pinturas faciais ou modelagem de balões. A Oficina contempla ainda a visita às exposições do Museu Municipal.

Inscrições obrigatórias:

Custo por grupo: 10€

Deslocação da oficina às escolas – Preço por grupo 15€

Público-alvo: 3 aos 12 anos.

Limite de participantes: máximo 25/mínimo 8.

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h30 às 12h30 e

das 14h00 às 18h00 | tel: 249 540 900 (ext. 6831) | tlm: 919 585 003 | museu@mail.cm-ourem.pt

Chá com letras

13 de abril – 21h30

Museu Municipal – Casa do Administrador

Tertúlia realizada à volta dos livros no âmbito da 5ª meia maratona de Teatro com o Grupo de Teatro Apollo

Entrada livre

Oficina de encadernação e criatividade

21 de abril – 14h00/17h30

Museu Municipal – Casa do Administrador

Uma pequena formação que nos ensina a personalizar um bloco, um caderno ou uma com uma capa única e original. Traga a sua criatividade e venha aprender a técnica.

- Nº máximo de inscrições: 10 participantes, mínimo: 6.

- 10€ com material incluído) Inscrições no Museu Municipal – Casa do Administrador,

de terça-feira a domingo das 9h30-12h30 e das 14h00-18h00, ou através dos seguintes contatos: Telm: 919 585 003 | Telef: 249 540 900 (ext: 6831) e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt

Comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

18 de abril

- Visitas livres gratuitas ao Museu Municipal – Casa do Administrador (todo o dia);

- Visitas guiadas e áudio-guiadas gratuitas ao Centro Histórico - 10h00 e 15h00;

- Oficina pedagógica “A Moura Oureana” gratuita no Museu Municipal – Casa do Administrador - 10h00 e 15h00;

- Visita à Capela da Perucha, Freixianda – conclusão da 1.ª fase do projeto de recuperação – 15h00;

Visita à C apela de S. Sebastião, Atouguia, no âmbito do projeto de consolidação do monumento – 16h30;

- Acontece no Museu “S. Sebastião: o culto e o templo” – 21h30.

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador – Exposições:

Exposição de Longa Duração: OURÉM’ AFEIÇÕES ׀ VILLA NOVA DE OURÉM 1900

A casa do Administrador é uma infraestrutura permanente, vocacionada para o estudo e a difusão da representação da identidade cultural e dos patrimónios de Ourém.

O Museu Municipal de Ourém (MMO) é uma estrutura de gestão museológica e patrimonial, apta a coordenar o funcionamento das várias unidades com tutela municipal.

Exposição temporária: “FAZ DE CONTA”

Até maio de 2012

“Faz de Conta” convida a recriar e a olhar para o imaginário infantil de Vila Nova de Ourém no século XX, através do lúdico, em contraponto com o panorama contemporâneo das brincadeiras.

De terça-feira a domingo dos 9h30-12h30 e das 14h00-18h00, encerra à segunda feira.

Oficina de Artes de Vale da Perra

Localização: Vale da Perra, Atouguia (instalações da antiga Escola EB1)

Apresentação de projetos ou informações na Câmara Municipal de Ourém – Divisão de Ação Cultural - Município de Ourém, Praça do Município, 11, 2490-499 OURÉM | 249540900 (ext.: 6546) | cultura@mail.cm-ourem.pt

Oficina de “Execução de bonecos de pano”

de 14 de abril a 26 de maio

Oficina de Artes em Vale da Perra – Atouguia

Organização: CEARTE e Associação de Artistas e Artesãos de Ourém.

Colaboração: Oficina de Artes - Município de Ourém

Ao sábado das 9h00 – 17h00

Limite de Inscrições: 20 participantes

Inscrição gratuita

Inscrições: museu@mail.cm-ourem.pt ou através do nº de telefone 249 540 900 (ext: 6831) ou 919 585 003 / Associação de Artistas e Artesãos de Ourém nº 912696326

Oficina de Pintura

04, 11 e 18 de abril – 18h30/20h00

Oficina de Artes de Vale da Perra

Iniciativa que promove o encontro e a partilha do gosto pela pintura. Um espaço de aprendizagem, onde cada qual irá explorar técnicas e aprender de forma individualizada, ao seu próprio ritmo.

Oficina livre, que contará com o acompanhamento técnico.

Idade mínima: 12 anos;

N.º mínimo de inscrições: 5 participantes;

N.º máximo de inscrições: 15 participantes;

Inscrições em: museu@mail.cm-ourem.pt | cultura@mail.cm-ourem.pt | Telm: Museu Municipal: 91 958 5003 ou Ext: 6831 | Geral da Câmara Municipal: 249 540 900 ou Ext: 6546 | Graça Costa: 96 906 7376.

Outros Locais

Passo a Passo “Entre Quintas”

01 de Abril

09h00

Concentração no Centro Cultural e Recreativo de Pêras Ruivas

Inscrições: info.geral@ouremviva.pt

I Jornada de Futebol – Futsal Feminino

Quem disse que o futebol/futsal é um desporto só de homens?

07 de abril

09h00

Campo da Caridade – Centro Escolar de Ourém

Programa detalhado em www.cm-ourem.pt

Duatlo Cidade de Fátima

14 e 15 de abril

Campeonato Nacional de Clubes – estafeta e sprint

Inscrições e informações: www.federacao-triatlo.com



publicado por Carlos Gomes às 14:33
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012
Agenda Cultural de Fevereiro do Museu Municipal de Ourém



publicado por Carlos Gomes às 07:53
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012
SANTUÁRIO DE FÁTIMA DIVULGA ATIVIDADES A REALIZAR EM FEVEREIRO

AGENDA DE FEVEREIRO DE 2012

Principais atividades organizadas e promovidas pelo Santuário de Fátima para o mês de fevereiro de 2012:

2 de fevereiro: Festa da Apresentação do Senhor – Dia do Consagrado

Programa:

11:00 - MISSA, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, com renovação de votos dos consagrados.

D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, presidirá à celebração eucarística.

11 de fevereiro: Dia Mundial do Doente com programa especial

Programa:

12:00 - Rosário, na Capelinha das Aparições.

12:30 - Almoço livre.

14:30 – Palestra, na Igreja da Santíssima Trindade

15:15 - Preparação da unção dos doentes.

- Inscrição dos doentes para a Unção.

- Intervalo.

16:00 - Missa, na Igreja da Santíssima Trindade.

12 de fevereiro: Conferência "O cuidado do outro, responsabilidade e compaixão"

A quarta conferência temática a propósito do tema pastoral para 2012 no Santuário de Fátima - "Quereis oferecer-vos a Deus?" - está marcada para o dia 12 de fevereiro, domingo.

Maria Luísa Ribeiro Ferreira, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, apresentará o tema "O cuidado do outro, responsabilidade e compaixão".

A encerrar este momento, o Coro Capela Nova, de Lisboa, apresentará um apontamento musical.

20 de fevereiro: Festa litúrgica dos beatos de Fátima

No aniversário da morte da beata Jacinta Marto, a 20 de fevereiro, a Igreja celebra o dia dos pastorinhos beatos de Fátima, Francisco e Jacinta Marto.

O programa preparado este ano pelo Santuário de Fátima é especialmente direcionado para as crianças, adolescentes e jovens e seus familiares. Incluirá tempos de oração, catequese e celebração eucarística.

A 19 de fevereiro, a vigília iniciará às 21:30 com a recitação do rosário, na Capelinha das Aparições.

Será seguida de procissão para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Na Basílica terá lugar o ofício de leitura, um momento de veneração dos túmulos e um momento de oração.

No Dia dos Pastorinhos, 20 de fevereiro, às 10:00 rezar-se-á o rosário, na Capelinha das Aparições, seguido de procissão, com os ícones dos beatos, para a Igreja da Santíssima Trindade, onde, às 11:00, se celebrará a missa.

Conferência temática

Para a parte da tarde, às 14:30 do dia 20 de fevereiro, o Santuário de Fátima propõe uma conferência sobre os Pastorinhos, proferida por Maria Luísa Malato, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na Basílica.

Programa:

* 19 de Fevereiro, Vigília

21:30 – Rosário, na Capelinha, seguido de procissão para a Basílica: Ofício de Leitura;

Momento de veneração dos túmulos – entrega e oração da Ladainha do Francisco e da Jacinta;

Bênção final.

* 20 de fevereiro

10:00 – Rosário, na Capelinha, seguido de procissão, com os Ícones dos Beatos, para a Igreja da Santíssima Trindade;

11:00 – Missa, na Igreja da Santíssima Trindade (com animação litúrgica pela Schola Cantorum dos Pastorinhos de Fátima)

14.30 – Conferência sobre a temática dos Pastorinhos, proferida pela Prof.ª Doutora Maria Luísa Malato, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na Basílica.

Para outras iniciativas no Santuário de Fátima - peregrinações, encontros, cursos, retiros - veja www.fatima.pt - Agenda



publicado por Carlos Gomes às 17:24
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012
MUSEU MUNICIPAL PROMOVE VISITA GUIADA À CASA DO ADMINISTRADOR E AO CENTRO HISTÓRICO DE OURÉM



publicado por Carlos Gomes às 08:45
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012
Agenda de Eventos do Município de Ourém - Janeiro

Cine-Teatro Municipal de Ourém

capture1

“Os Portas – Comédia da Noite”

Dia 28 de Janeiro

De John Godber. Com António Melo, Almeno Gonçalves, Pedro Teixeira e Fernando Ferrão.

Preço dos bilhetes-10€: Bilhetes à vendano Cine Teatro Municipalde Ourém

Reservas 249 543 666

Sinopse:

4 atores: múltiplas personagens sem nunca saírem de cena!

4 rapazes, 4 raparigas, 4 porteiros da noite...

... e ainda um Dj, um Punk, e outras criaturas que se cruzam em noites frenéticas!

O antes, o durante e o depois das saídas noturnas, vistos por todos os intervenientes.

Uma comédia delirante! Um espetáculo marcante, um ritmo alucinante, e a versatilidade dos atores, bem conhecidos doGrande Público, em papéis como nunca ninguém os viu fazer!

Esqueça tudo o que já viu até aqui... e divirta-se!

Sala de Exposições dos Paços do Concelho de Ourém

2ª Exposição de Modelismo de Ourém 

Patente de 14 a 21 de Janeiro 

O Clube de Modelismo de Leiria, fundado há 7 anos, traz a Ourém, pela segunda vez, uma exposição de modelismo, uma modalidade que congrega vários entusiastas, nomeadamente do concelho de Ourém.

Organização do Clube de Modelismo da Região de Leiria com o apoio do Município de Ourém.

Galeria Municipal de Ourém

Mostra Internacional “Encontro na Arte em Portugal”

Patente até 22 de janeiro

De terça a domingo 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00 (encerra à segunda)

“A Exposição que reúne artistas de Portugal, Espanha, França, Itália e Brasil, é uma exposição Poética Visual, que reúne autores com caminhos diferentes de expressão.

Com linguagens contemporâneas próprias e diferenciadas, inerente aos fluxos da vida de cada um dos autores, visualizamos nesta exposição uma proposta diversificada e de excelente qualidade artística, onde as cores e formas se transformam numa diluição entre Arte e Vida.

Nesta exposição vemos refletir a importância que a Arte pode ter enquanto pedra fundamental dos questionamentos humanos, e a sua elevada importância em constituir um património comum e inalienável da humanidade...” Geni Settanni

Entrada livre

Biblioteca Municipal de Ourém

“Histórias com animais”

capture2

19 de Janeiro – 10h30

Biblioteca Municipal de Ourém

Hora do conto sobre o Elefante Elmer, seguida de actividade de expressão plástica. Os trabalhos resultantes ficarão expostos na Biblioteca Municipal, onde poderão ser apreciados por toda a comunidade.

Público-alvo: dos 3 aos 7 anos ׀ até 25 participantes ׀

Inscrições obrigatórias e gratuitas naBiblioteca Municipal de Ourém׀

Tel: 249 540 900 (ext. 6841) ׀ biblioteca@mail.cm-ourem.pt

Hora do Conto com Lendas de Portugal

11 e 25 de Janeiro – 14h30

307658_241422732571865_100001124198523_595093_1309

Centros de Dia/Lares de Idosos

Inscrições obrigatórias e gratuitas naBiblioteca Municipal de Ourém׀

Tel: 249 540 900 (ext. 6841) ׀ biblioteca@mail.cm-ourem.pt

Fora da Estante: Ciência

02 a 31 de Janeiro

BibliotecaMunicipal de Ourém

Mostra bibliográfica em destaque sobre o tema Ciência, nas suas várias vertentes como sejam as Ciências Sociais, as Ciências Naturais ou as Ciências Aplicadas.

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00; ao sábado das 9h30 às 13h00.

Entrada livre.

Oficina de escrita em comunicação de ciência

28 de Janeiro, das 14h00 às 18h00

Orientada pelo DoutorAntónio Piedade

Biblioteca Municipal de Ourém

Público-alvo: todos os que têm interesse pela comunicação de conhecimento científico (estudantes, jornalistas, professores);

Número mínimo de inscrições: 10;

Preço: €20,00 por participante, com direito a um exemplar do último livro do DoutorAntónio Piedade, “Caminhos de Ciência”.

Inscrições naBiblioteca Municipal de Ourém, ou através do n.º 249 540 900 (ext. 6841)

Exposição de fotografia "Bichos" da autoria de Helder Conceição

Patente de 07 de Janeiro a 11 de Fevereiro

Biblioteca Municipal de Ourém

De segunda a sexta-feira das 9h00 às 18h00; ao sábado das 9h30 às 13h00.

São diversas as espécies protegidas, mais ou menos raras, que vivem em vizinhança. "Bichos" retrata os nossos vizinhos do reino animal: A sua diversidade, a sua beleza, os preconceitos errados que temos sobre eles. Animais coloridos, extraordinários, úteis e que não vivem na Amazónia... estão mesmo aqui entre nós!

Entrada livre.

Museu Municipal de Ourém

Ciclos de Cinema – “Realizador Roman Polanski”

06 e 20 de Janeiro – 21h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

373575_163019073802128_919626087_n

O mês de Janeiro é dedicado ao realizador Roman Polanski com exibição dos filmes “O Escritor Fantasma” – M/12 – 128’ 2010 (dia 06); “O Pianista” – M/12 – 148’ 2002 (dia 20)

Entradas gratuitas.

Acontece no museu

14 de Janeiro – 21h30

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Exibição do documentário “Meio Metro de Pedra” com a presença do autor Eduardo Morais.

O evento começará com a exibição do documentário sobre a contracultura do rock'n'roll nacional desde o seu surgimento no fim da década de 50 até aos nossos dias e culminará com uma tertúlia sobre o tema. Entrada livre.

Oficina de Fotografia Estenopeica

28 de Janeiro

capture3

Por António Campos Leal: Fotógrafo e Professor

Em 24 horas, divididos por 4 sessões de 6 horas, esta oficina fará uma aproximação ao processo preto e branco no que diz respeito ao tratamento do papel preto e branco (processo em laboratório).

10.00 às 13.00 e das 14.30 às 17.30

Inscrições pelos contactos: mail: cultura@mail.cm-ourém; telf.: 249540900 e no site do município de Ourém.

Custo da Oficina: 100€ (serão fornecidos os materiais e consumíveis usados nas intervenções).

Oficinas Pedagógicas – “Faz de conta”

Até 31 de Janeiro

Oficina: A fantasia do brinquedo

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Público-alvo: 3-6 anos.

Oficina dirigida a grupos escolares, com lotação máxima de 30 participantes e mínimo de 8. Participação mediante marcação prévia.

Custo por grupo 5€. O custo da oficina inclui a visita à exposição “Faz de Conta” no Museu Municipal. (Tempo estimado 2h).

Oficina: Vem e constrói o teu brinquedo

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Público-alvo: 6-12 anos.

Inscrições individuais ou em grupo (máximo 15, mínimo 5). Participação mediante marcação prévia.

Preço individual: 1€. O custo da oficina inclui a visita à exposição “Faz de Conta” no Museu Municipal (Tempo estimado 2h30).

Caso seja solicitado, as Oficinas Pedagógicas poderão deslocar-se às escolas (preço por grupo 10€)

Inscrições no Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Tel: 249 540900 (ext. 6831) ׀ tlm: 919585003 ׀ e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt..

Exposição de Longa Duração: OURÉM’ AFEIÇÕES ׀ VILLA NOVA DE OURÉM 1900

A casa do Administrador é uma infra-estrutura permanente, vocacionada para o estudo e a difusão da representação da identidade cultural e dos patrimónios de Ourém.

O Museu Municipal de Ourém (MMO) é uma estrutura de gestão museológica e patrimonial, apta a coordenar o funcionamento das várias unidades com tutela municipal.

Exposição temporária: “FAZ DE CONTA

Até Maio de 2012

“Faz de Conta” convida a recriar e a olhar para o imaginário infantil de Vila Nova de Ourém no século XX, através do lúdico, em contraponto com o panorama contemporâneo das brincadeiras.

De terça-feira a domingo dos 9h30-12h30 e das 14h00-18h00, encerra à segunda-feira.

Oficina de Artes de Vale da Perra

381472_276994232344458_100001016504360_793791_2132

Oficina de feltro artesanal

Ministrada por Graça Costa

29 de Janeiro, das 10h00 às 13h00

Oficina de Artes – Vale da Perra

Público-alvo: a partir dos 6 anos

Inscrições: 15 € (para aquisição dos materiais)

Limite máximo de participações: 10 inscrições

Nota: os participantes ficarão com o resultado da produção artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 13:47
link do post | favorito
|

Terça-feira, 2 de Agosto de 2011
Agenda Cultural de Ourém - Mês de Agosto

capture3

capture4

capture5



publicado por Carlos Gomes às 15:40
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 18 de Julho de 2011
OURÉM DISTINGUE MÉRITO ASSOCIATIVO

Realizou-se no passado dia 15 de Julho o Encontro de Mérito Associativo que reuniu atletas, treinadores, dirigentes associativos e autarcas do concelho de Ourém. A iniciativa teve lugar no Cine-teatro Municipal de Ourém e teve por objectivo promover o reconhecimento público de todos aqueles que têm contribuído para os bons resultados alcançados nas diferentes áreas culturais e desportivas no Concelho de Ourém.

15_07_2011 EMA_Duatlo 134

Na abertura deste Encontro,José Fernandes realçouque “Ourém tem uma riqueza associativa extraordinária. Tem equipas, campeões, treinadores, dirigentes, grupos de referência que merecem o nosso aplauso e reconhecimento. Hoje vão passar pelo palco para que se torne mais visível, o que vai acontecendo nos diferentes espaços e que nem sempre podemos acompanhar. Hoje são eles as estrelas que brilham em tantas e tantas manifestações desportivas e culturais que são essenciais para afirmar a nossa identidade e valor”.

As homenagens e distinções foram intercaladas com momentos de espectáculo proporcionados pelaCasa do Povo de Fátima, com o grupo das Sevilhanas, peloClube Atlético Ouriense, com o grupo de Judo, pelo Grupo de Teatro Apollo e pela Academiade Dança da EscolaArabesque.

A Presidente da Assembleia Municipal, Drª Deolinda Simões, sublinhou o “trabalho e esforço dos dirigentes e dos muitos jovens que passaram pelo palco do Cine-teatro e que espalham o nome deOurém pelo mundo” , acrescentando que “antigamente não se dava o valor que hoje se dá a estes jovens e que esta noite fez vir à superfície tanto campeão”.

Na intervenção que fez no Encontro de Mérito Associativo, o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca afirmou que “o somatório do vosso esforço é o nosso orgulho”, destacando três palavras: gratidão, apelo à união e estímulo, acrescentando ainda que, em sua opinião, “era fundamental haver este momento em que pudéssemos dar azo ao nosso orgulho. Uma primeira mensagem tem de ser de gratidão por haver tantas e tantos que de uma forma desinteressada têm dado o melhor de si para que as nossas associações cheguem tão longe”.

O autarca deixou ainda um apelo para “que todos, de Fátima à Freixianda, de Alburitel ao Olival,de todos oscantos do concelho possam experimentar o orgulho que temos por tão grande nível de qualidade. O caminho para se ser forte é falarmos a uma só voz”, disseo presidenteapelando à união.

A finalizar, o Dr.Paulo Fonsecadeixou uma palavra de estímulo a todos os premiados da noite para que continuem a ser um “exemplo para que mais cidadãos possam interessar-se pelas associações”, terminando por agradecer mais uma vez a todos os dirigentes associativos.

15_07_2011 EMA_Duatlo 125



publicado por Carlos Gomes às 18:23
link do post | favorito
|

Distinções honoríficas – Encontro de Mérito Associativo 2011

15_07_2011 EMA_Duatlo 136

Distinção dos primeiros classificados de provas distritais e regionais:

Categoria Desporto

- Desporto Escolar:

  • Agrupamento de Escolas de Freixianda - Carolina Jesus Tomé - campeã distrital de orientação, no escalão de infantil feminino.
  • Clube Académico Conde de Ourém – apuramento para o Mundial ISF, Itália.

(Campeonato do Mundo de Orientação)

    • Escola Secundária de Ourém – Carlos Daniel da Silva Frazão;
    • Escola Conde de Ourém – João Pedro Pereira Gonçalves; Tomás Dionísio Oliveira Santos; Mikael dos Santos Ferreira, Ricardo José Gonçalves Vieira Ferreira; César Augusto Gonçalves de Faria Eugénio, Valter Oliveira Reis.

- Desporto Associativo

  • Juventude Ouriense
    • Daniela Dias Lopes (bi - campeã distrital, no escalão de iniciados, patinagem artística);
    • Inês Dias Lopes (campeã distrital escalão juvenil, patinagem artística)
    • Equipa de Juvenis (Futsal, 1.º lugar – Taça distrital)
  • Grupo Desportivo Sandoeirense (Futsal, 1.º lugar – Taça distrital, categoria de seniores)
  • Centro Desportivo de Fátima:
    • Equipa de Infantis A – Campeões distritais do 2.º nível em Futebol 11;
    • Equipa de Juniores - Campeões distritais da 2.º Divisão em Futebol 11.
  • Grupo de Atletismo de Fátima:

Patrícia Silva Carreira - júnior

– Campeã distrital do salto em altura de juvenis e de juniores em 2010 e 2011.

- Campeã distrital colectiva dos campeonatos absolutos do triatlo em provas combinadas e de salto em altura – 2010

- Campeã distrital do lançamento do dardo – 2011

Catarina Custódio Reis – iniciada

- Campeã distrital colectiva de salto em altura de triatlo e de provas Combinadas 2011 - Campeã distrital de lançamento do dardo de infantis – 2010

Daniela Nogueira Vieira – juvenil

– Campeã distrital de 4x60 e 4x80 - 2010

- Campeã distrital colectiva do triatlo e salto em altura - 2010

- Campeã distrital de 250 barreiras de 2010

David José Lopes das Neves - infantil

- Campeão distrital do triatlo – 2011

- Campeão distrital de60 metros– 2011

- Campeão distrital colectivo do atleta completo

- Campeão distrital colectivo do salto em altura

Sara Maria Ferreira Ribeiro – infantil

 - Campeã distrital de salto em altura de infantis – 2011.

 - Campeã distrital colectiva de provas combinadas 2011.

 - Campeã distrital colectiva de salto em altura 2011.

Beatriz Reis Gomes –infantil

- Campeã distrital colectiva de salto em altura – 2010 - 2011.

- Campeã distrital colectiva de provas combinadas 2010 - 2011.

- Campeã distrital colectiva do triatlo 2010 - 2011.

- Campeã distrital colectiva de infantis 2010 - 2011.

João Pedro Perdigão Marto – iniciado

- Campeão distrital colectivo de salto em altura -2011

- Campeão distrital colectivo de provas combinadas -2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo – 2011

- Campeão distrital colectivo do atleta completo - 2011-06-23

Carolina Raquel Almeida Reis –infantil      

- Campeão distrital colectivo de salto em altura -20

- Campeão distrital colectivo de provas combinadas - 2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo -2011

- Campeão distrital colectivo do atleta completo-2011

- Campeã distrital de salto em altura em sala -2011

Ana Filipa Carvalhana – iniciada

- Campeão distrital colectivo de salto em altura-2011

- Campeão distrital colectivo de provas combinadas-2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo -2011

- Campeão distrital colectivo do atleta completo-2011

Clara de Oliveira Simões Gomes – iniciada

- Campeão distrital colectivo de salto em altura-2011

- Campeão distrital colectivo de provas combinadas-2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo -2011

- Campeão distrital colectivo do atleta completo-2011

Joana Mafalda Caetano da Silva - infantil

- Campeão distrital colectivo de salto em altura-2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo-2011

 Sabrina Rodrigues Silva – infantil

- Campeão distrital colectivo de salto em altura-2011

- Campeão distrital colectivo do triatlo-2011

George Vieira Oliveira – juvenil

- Campeão colectivo distrital de juvenis -2011

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

João André Reis Gomes – juvenil

- Campeão colectivo distrital de juvenis -2011

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

Hernâni Diogo Reis Rodrigues – juvenil

- Campeão colectivo distrital de juvenis -2011

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

Marisa Castanheira Jones - 1995 - JUVENIL

- Campeã distrital de lançamento do martelo de juvenis

- Campeã distrital do lançamento do martelo de juniores

Rui José Pereira Neves – júnior

- Campeão colectivo distrital de juvenis -2010

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

Miguel Oliveira Gaspar – júnior

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

João Vítor Gomes Patrício – juvenil

- Campeão colectivo distrital de juvenis -2011

- Campeão colectivo distrital de juniores-2011

Hilário Caetano dos Santos - veterano

- Campeão distrital colectivo sénior – 2010 e 2011

Edgar Caetano Frazão - sénior

- Campeão distrital colectivo sénior – 2010 e 2011

Aurélio Mendes Veríssimo – sénior

- Campeão distrital colectivo sénior – 2010 e 2011

Pedro Miguel Mendes da Silva - sénior

- Campeão distrital colectivo sénior – 2010 e 2011

Pedro Manuel Moreira Vicente – sub23

- Campeão distrital colectivo sénior – 2010 e 2011

Categoria Cultura

João Carlos Vieira dos Santos:

Com ligação à AMBO.

Integrou o Coral Infantil e a Orquestra Típica, onde toca Bandolim;

É vocalista de uma banda de rock;

Obteve o 3.º lugar na final da 2.ª edição do Concurso “A melhor voz da região”, organizado pelo jornal “O Ribatejo”

Distinção dos primeiros classificados em provas Nacionais

Categoria Desporto

- Desporto Escolar:

  • Centro De Estudos de Fátima: Equipa de Futsal Juvenis Femininos, Campeões Nacionais.

Atletas campeões Nacionais (pelo GAF)

Guilherme Paulo Grijó Pires – 1994 - juvenil

- Vice-campeão nacional colectivo de juniores – 2011          

- Vice-campeão nacional do triatlo – 2011

Pedro Miguel Oliveira Carreira - sénior

- 3.º Lugar nacional de juniores nos110 metrosbarreiras – 2010

Patrick Manuel Margarido dos Santos – sub23

- 3.º Lugar na Taça nacional de Duatlo porTerra-2011

Alessandro Vicente Vieira Gonçalves – 1994 – juvenil

- 3.º Lugar nacional no Olímpico Jovem no disco e peso - 2011.

- Vice-campeão nacional colectivo de juniores.

António José Santos Vieira – júnior

- Vice-campeão nacional colectivo de juniores – 2011

Cristiano de Oliveira António – sénior

- 3.º Lugar nacional de marcha - 2011

Joel de Jesus Pereira - Recordista nacional do pentatlo de infantis;

- Vice-campeão nacional do pentatlo e salto em altura e comprimento de infantis;

- Recordista distrital do salto em comprimento, do salto em altura, dos60 metrosbarreiras, pentatlo e heptatlo.

- Vice-campeão nacional do triatlo técnico opcional de iniciados.

- Vice-campeão nacional colectivo de júniores – 2011

- Vice-campeão nacional de juvenis nos110 metrosbarreiras

- Recordista nacional do triplo-salto de iniciados - 2010

Edgar Carreira Remédios- Vice-campeão nacional colectivo de juniores – 2011

- Campeão do heptatlo da Zona Sul – 2011

- Campeão nacional de110 metrosbarreiras – 2011

- Atleta com mínimos para os Mundiais de juvenis nos110 mbarreiras

Cristóvão Marques Rodrigues, (pelo CRIO)

- Sagrou-se Campeão Nacional de Gincanas (Hipismo)

Categoria Cultura

  • Conservatório de Música Ourém/Fátima:
    • Ana Margarida Rosa Ferreira - alcançou o 2.º lugar no XI Concurso Internacional do Fundão e 3.º lugar Escalão A, VII Concurso Nacional de Piano.
    • Marcelo Santos Oliveira - alcançou o 3.º prémio do escalão D no VII Concurso Nacional de Guitarra;
    • Bernardo Rodrigues - alcançou o 3.º prémio, no escalão B do VII Concurso Nacional de Guitarra
    • André Rodrigues – 3.º lugar Escalão C, no VII Concurso Nacional de Piano.
    • Inês Condeço Oliveira da Silva – 3.º lugar Escalão E, no VII Concurso Nacional de Piano.
    • José António Pereira Reis -3.º Lugar, Escalão A, do II Concurso Nacional de Violino.
    • Marisa Beltrão Moreira – 2.º prémio, escalão B, do II Concurso Nacional de Violeta. 
    • Pedro José Nunes Pereira – 2.º lugar, Escalão A, no VII Concurso Nacional de Piano.
    • Pedro Faria Poupado – 2.º lugar, Escalão D, no VII Concurso Nacional de Piano.
    • Liliana Gonçalves Quintino - alcançou o 2.º lugar no XI Concurso Internacional do Fundão e obteve o 3.º prémio no V Concurso Luso-Espanhol de Guitarra de Fafe.
    • Ana Carolina Lopes Soares - alcançou o 1.º lugar no XI concurso Internacional do Fundão. Recebeu o prémio revelação 2010 e o 1.º prémio no V Concurso Luso-Espanhol de guitarra de fole.
    • Lara Filipe Fernandes de Oliveira - recebeu o 1.º prémio de escalão A, no VII Concurso Nacional de Guitarra, realizado em 2010.
    • Rodrigo Marques Oliveira - recebeu o 1.º prémio no escalão A, no VII Concurso Nacional de Piano.
  • Ourearte/AMBO

Rúben Almeida Neves

Com formação na área musical participou no IV Concurso Nacional de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, em Oliveira de Azeméis, obtendo o 2.º lugar na categoria Juvenil, em saxofone.

Atletas com estatuto de alta competição/olímpico:

Samuel Carreira Remédios – júnior, atleta com estatuto de alta competição e internacional do Grupo de Atletismo de Fátima.

 Em 2011 sagrou-se campeão nacional do triatlo, octatlo e 110 metros barreiras de juvenis, de heptatlo e decatlo de juniores, de 60 metros barreiras juniores, de decatlo júnior, de heptatlo júnior de pista coberta de 110 barreiras de juniores. Participou no Meeting de Selecções em Manheim – Alemanha.

Ana Margarida Fartaria Oliveira – juvenil - Atleta internacional e em percurso de alta competição do Grupo de Atletismo de Fátima

Recordista nacional do salto em altura de infantis e em heptatlo de iniciados, medalha de Ouro dos Jogos das Comunidades de Língua Portuguesa no salto em comprimento em Moçambique, recordista nacional do triplo-salto de iniciados. Marcou presença nos Campeonatos do Mundo de juvenis em Lille-França  e é atleta com mínimos para os mundiais de juvenis no Heptatlo em 2011.

Tiago André Santos Marto - Atleta com estatuto de alta competição e internacional do Grupo de Atletismo de Fátima.

Obteve um 2.º lugar na Taça da Europa do decatlo em Israel. Foi vencedor colectivo da Taça Nacional da FPA do heptatlo. É campeão nacional do heptatlo e decatlo sénior.

Está em preparação para os Jogos Olímpicos de 2012 a realizar em Inglaterra

David João Serralheiro Rosa - Atleta internacional e de alta competição, na modalidade de BTT, na vertente XCO Cross Country Olímpico, a única modalidade olímpica relacionada com BTT.

Participou no campeonato Europeu de XCO, realizado em Haifa - Israel, no ano de 2010 e já teve 2 participações na Taça do Mundo realizadas na Alemanha e Itália.

Está integrado na equipa nacional que irá participar nos Jogos Olímpicos de 2012 a realizar em Inglaterra.

Tiago Marto e David Rosa estão em preparação para os jogos olímpicos de 2012 a realizar em Inglaterra e são por isso os nossos embaixadores. Um grande aplauso.

Mérito de projecção Internacional

Vespingas- Vespa Clube de Fátima

Realizou em 2010 o Vespa Worlddays, no Estádio Municipal de Fátima. Concorreu com a Inglaterra e Noruega, tendo conseguido a maioria dos votos para que o evento se realizasse no concelho. Os participantes eram oriundos de 36 países europeus. Esta associação divulgou o concelho além fronteiras.

Distinções de Mérito

Mérito Associativo: Comemoração de 25 anos em 2011

a)      Associação Desportiva de Formigais;

Uma associação que ao longo dos últimos 25 anos tem vindo a contrariar o isolamento de Formigais através da dinamização de actividades desportivas e de recreio que envolvem a comunidade residente e visitante.

Tem fomentado e realizado acções, sobretudo ligadas ao desporto e ao lazer nomeadamente com o futebol de salão, torneios desportivos, canoagem, caminhadas ou mesmo através de acções de apoio ao peregrino.

b)      Centro Cultural e Recreativo de Rio de Couros;

Esta colectividade nasceu a partir de uma equipa de futebol que tinha um sonho: construir um campo de futebol que foi inaugurado a 20 de Junho de 1976.

Em 29 de Dezembro de 1986 decorreu o 1.º jogo formal, que marcaria a data da fundação desta associação.

Actualmente dedica-se essencialmente a actividades de âmbito desportivo representadas pelo futebol 7 (escolinhas 4/9 anos) e ginástica de manutenção.

c)      Orquestra de Sopros da AMBO.

A Orquestra de Sopros da Academia de Música Banda de Ourém marcou os 25 anos de actividade com o lançamento do seu segundo trabalho discográfico, “Sons dos Ventos”, um trabalho de grande qualidade;

Em 2010 participou também no Concurso Nacional de Música do INATEL, na variante de Bandas Filarmónicas, Orquestras de Sopro e Congéneres, tendo vencido a eliminatória regional de Lisboa e Vale do Tejo. O nível alcançado por este agrupamento muito tem dignificado o Município de Ourém.

Prémio Mérito Técnico:

- João Victor Carvalho Alves, do Clube Académico IV Conde de Ourém, professor de Educação Física e responsável pelo desporto escolar.

É o coordenador da Equipa de Orientação que junta alunos de várias escolas que levou a participar no Campeonato do Mundo de Orientação que se realizou em Itália.

- José Pedro Matos Figueiredo, da Academia de Música Banda de Ourém, maestro da Orquestra de Sopros.

É licenciado em Fagote pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Porto.

Exerce funções na AMBO desde 2006, onde dirige a Orquestra de Sopros tendo sido responsável pela constituição da Banda Juvenil desta Escola de Música.

 

- José António Graça Reis Santos, da Academia de Música Banda de Ourém, maestro da Orquestra Típica.

Licenciado em Ensino de Educação Musical, lecciona actualmente na Escola Básica e Secundária de Ourém.

Desenvolve em paralelo trabalho a nível de Expressão Musical com crianças em Infantários da cidade e da Ourearte.

Assumiu a direcção da Orquestra Típica de Ourém em Abril de 2002.

- Dora Alexandra Pereira Conde, - É há 15 anos encenadora e fundadora do Grupo Teatro Apollo do Centro Cultural e Recreativo de Peras Ruivas.

Concluiu em 2010 o Curso de Teatro na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha;

Trabalha como actriz profissional, desde Março de 2010 com o Nariz, Grupo de Teatro de Leiria, tendo também integrado, até 2009, a Companhia Fatias de Cá de Tomar

Prémio Especial de Mérito Desportivo:

- António Ramos Oliveira, do Grupo de Atletismo de Fátima

Natural do Fundão, radicou-se em Fátima, enquanto professor no Colégio S. Miguel tendo paralelamente desenvolvido um trabalho notável enquanto treinador e responsável por diversos atletas de relevo no panorama nacional e internacional nomeadamente enquanto responsável pelo Grupo de Atletismo de Fátima fundado em 1986. É uma referência na vida associativa e em particular no mundo do Atletismo.

Prémio Especial de Mérito Cultural:

- Avelino da Conceição Subtil, da Academia de Música Banda de Ourém (AMBO).

Ligou-se à Associação a partir de uma experiência singular de acompanhar o Chorus Auris numa viagem a França em 1986. Pouco depois integrou na Direcção desta Associação à qual preside há cerca de 20 anos, tendo imprimido uma dinâmica crescente com a criação de novos grupos e valências tornando a AMBO numa Associação de referência no programa cultural regional.

Com a realização de intercâmbios a nível nacional e internacional tem contribuído para a divulgação da nossa cultura, especialmente no campo musical. A FESTAMBO é já uma referência incontornável.

Enquanto representante da AMBO participou na constituição das seguintes organizações, cujos Órgãos Sociais integra desde o início:

OUREARTE – Escola de Música e Artes de Ourém a que preside actualmente.

FENAMCOR – Federação Nacional Movimento Coral como Tesoureiro (2003/2010) e agora como Presidente do Conselho Fiscal.

ABFDS – Associação de Bandas Filarmónicas do Distrito de Santarém – como Presidente do Conselho Fiscal.



publicado por Carlos Gomes às 18:21
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011
OURÉM RECORDA “SOM DA TINTA”

Foi inaugurada no passado Sábado, na Biblioteca Municipal de Ourém, a Exposição “Memórias do Som da Tinta”, a qual se encontra patente até ao próximo dia 31 de Março, podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 18h00 e aos Sábados, das 9h30 às 13h00.

fotos 373

A ocasião constituiu uma oportunidade de reencontro dos antigos sócios e amigos daquela livraria e editora oureense. Ao longo de duas horas que passaram de forma célere, os presentes desfiaram recordações lembrando cerca de trinta acontecimentos que consideram marcantes na vida e História de Ourém. Lembraram ainda a passagem pela “Som da Tinta”, ao longo dos sete anos de existência, de figuras conhecidas como Mia Couto, Galopim de Carvalho, Carlos André, José Casanova, Pedro Namora, Carlos Alberto Moniz e Júlio Machado Vaz.

A mostra contou com o apoio do Município de Ourém na sua concepção, permitindo a criação de um arquivo digitalizado da “Som da Tinta”. De acordo com as palavras do Dr. Sérgio Ribeiro, “tudo isto faz com que nos sintamos satisfeitos e muito agradecidos para que estas memórias não se percam “, concluindo: “Valeu a pena!

Destacando o facto de a livraria ter oferecido o seu espólio às Juntas de Freguesia e à Biblioteca Municipal e elogiando o trabalho desenvolvido, o Presidente da Câmara Municipal, Dr. Paulo Fonseca, garantiu que “ a Câmara Municipal, no âmbito das suas capacidades, quer ter uma actividade cultural regular, intensa e pontual, nas diversas facetas. Há uma tendência para ver a cultura como o parente pobre, o que considero um erro crasso”.

Por sua vez, o Vereador do Pelouro da Cultura, Dr. José Alho, apontou este momento como “extremamente importante”, pois está em causa reviver “ um projecto de intervenção cultural muito importante para a nossa terra”.



publicado por Carlos Gomes às 15:36
link do post | favorito
|

Terça-feira, 8 de Fevereiro de 2011
OURÉM RECEBE "MEMÓRIAS DO SOM DA TINTA"

som%20da%20tinta-medio

Durante vários anos, o espaço da ‘Som da Tinta’ foi um dos palcos da cultura oureense, promovendo actividades e editando obras. Agora, vai ser o tema de uma exposição que é inaugurada no próximo dia 12 de Fevereiro, pelas 16 horas, na Biblioteca Municipal de Ourém.

A propósito, o AUREN reedita aqui a entrevista feita ao Dr. Sérgio Ribeiro e aqui publicada no passado dia 13 de Outubro.

-------

 

“SOM DA TINTA” NASCEU HÁ DEZ ANOS!

- Durante sete anos consecutivos constituiu uma referência cultural no Concelho de Ourém

Há uma década, surgiu em Ourém um espaço cultural que, para além da sua actividade livreira, realizou ainda actividade editorial, apresentação de livros e de autores, exposições de pintura, sessões com grupos corais, teatro, música e feiras do livro entre outras iniciativas. Referimo-nos, naturalmente, à Editora Som da Tinta que, durante sete anos consecutivos, marcou o ritmo cultural no Concelho de Ourém.

Com o objectivo de recordar aquilo que a Som da Tinta representou, O Blog AUREN conversou com o Dr. Sérgio Ribeiro, um dos fundadores e, naturalmente, o principal dinamizador do referido projecto. É precisamente essa conversa que o AUREN partilha com os seus leitores.

fundadores

A “Som da Tinta” foi inicialmente constituída por trinta e três sócios, entre os quais o Prémio Nobel da Literatura José Saramago, tomando a forma jurídica de sociedade por quotas. A estes, vieram mais tarde juntar-se outros seis, num total de 39 sócios, dos quais 22 naturais, residentes ou ligados a Ourém e 27 por relações pessoais e de amizade. Conforme nos confessou o Dr. Sérgio Ribeiro, “a intenção de promover actividades culturais programadas, em Ourém, por minha vontade ou iniciativa, tem antecedentes”. Segundo o nosso interlocutor, “os mais próximos da criação de uma livraria e espaço cultural, foram as iniciativas 25 de Setembro, para que aliciei os “jovens” (gerações anteriores à minha) José Joaquim Simões, José Manuel Alho, Luís Nuno Rito e Paulo Fonseca”, concluindo que “fizeram-se coisas interessantes…”

Para Sérgio Ribeiro, “a criação de uma livraria e espaço cultural em Ourém correspondia a um projecto de (fim de) vida”. E, deixando transparecer a satisfação que então lhe causou, disse: “nunca pensei materializá-lo sozinho e até foi antecipado, em 2000, por uma conversa com o Dr. René Assunção, e pela sua acção de alugar um espaço e pelos contactos que estabeleceu com grande entusiasmo”.

Como todos os projectos arrojados, também a Som da Tinta enfrentou as suas dificuldades e obstáculos que lhe foram levantados. Desde logo, o elevado número de sócios representou um problema em virtude dos aspectos de natureza administrativa e burocrática que se colocavam, o que veio a ser agravado com o falecimento de dois sócios, juristas – os drs René Assunção e Luís Nuno Rito – com que contavam para essa área. Mas, também registou o apoio que o Ministério da Cultura, ao tempo do Dr. Manuel Maria Carrilho, dispensou à área da cultura com o propósito de dotar todas as sedes de concelho de uma livraria. Refira-se que, à altura, apenas existiam em Ourém dois postos de venda de livros, não constituindo contudo uma actividade única ou principal.

De acordo com as palavras de Sérgio Ribeiro, “foram sete anos – “de pastor Jacob serviu” – de actividade cultural intensa e apaixonante. À actividade comercial de venda de livros acoplaram-se dezenas de iniciativas”. E, acrescentou: “A esta actividade inerente a uma livraria e espaço cultural juntou-se uma actividade editorial, iniciada por um livro que foi um grande sucesso local: O Meu Caderno Preto, de Manuel Durão, oureense que foi aqui veterinário”.

Sendo-lhe particularmente penoso falar das causas que levaram ao termo da Som da Tinta, sublinhou que, quando se deu a dissolução, havia 10 pontos de venda de livros em Ourém, e referiu, em jeito de conclusão: “Projecto, assente numa base comercial, foi muito para além do que seria possível e a sua continuidade apenas assente nas minhas capacidades financeiras tornou-se insustentável, pelo que a dissolução da empresa foi inevitável, o que se fez sem se ficar a dever nada a ninguém”. E rematou:

- Valeu a pena!

Joao Carlos na Som da Tinta-170106-03.jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:51
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011
EXPOSIÇÃO EM OURÉM RECORDA "SOM DA TINTA"

Durante vários anos, o espaço da ‘Som da Tinta’ foi um dos palcos da cultura oureense, promovendo actividades e editando obras. Agora, vai ser o tema de uma exposição que é inaugurada amanhã, dia 22 de Janeiro, pelas 16 horas, na Biblioteca Municipal de Ourém, ficando patente ao público naquele local até ao dia 26 de Fevereiro.

A propósito, o AUREN reedita aqui a entrevista feita ao Dr. Sérgio Ribeiro e aqui publicada no passado dia 13 de Outubro.

-------

 

“SOM DA TINTA” NASCEU HÁ DEZ ANOS!

- Durante sete anos consecutivos constituiu uma referência cultural no Concelho de Ourém

Há uma década, surgiu em Ourém um espaço cultural que, para além da sua actividade livreira, realizou ainda actividade editorial, apresentação de livros e de autores, exposições de pintura, sessões com grupos corais, teatro, música e feiras do livro entre outras iniciativas. Referimo-nos, naturalmente, à Editora Som da Tinta que, durante sete anos consecutivos, marcou o ritmo cultural no Concelho de Ourém.

Com o objectivo de recordar aquilo que a Som da Tinta representou, O Blog AUREN conversou com o Dr. Sérgio Ribeiro, um dos fundadores e, naturalmente, o principal dinamizador do referido projecto. É precisamente essa conversa que o AUREN partilha com os seus leitores.

fundadores

A “Som da Tinta” foi inicialmente constituída por trinta e três sócios, entre os quais o Prémio Nobel da Literatura José Saramago, tomando a forma jurídica de sociedade por quotas. A estes, vieram mais tarde juntar-se outros seis, num total de 39 sócios, dos quais 22 naturais, residentes ou ligados a Ourém e 27 por relações pessoais e de amizade. Conforme nos confessou o Dr. Sérgio Ribeiro, “a intenção de promover actividades culturais programadas, em Ourém, por minha vontade ou iniciativa, tem antecedentes”. Segundo o nosso interlocutor, “os mais próximos da criação de uma livraria e espaço cultural, foram as iniciativas 25 de Setembro, para que aliciei os “jovens” (gerações anteriores à minha) José Joaquim Simões, José Manuel Alho, Luís Nuno Rito e Paulo Fonseca”, concluindo que “fizeram-se coisas interessantes…”

Para Sérgio Ribeiro, “a criação de uma livraria e espaço cultural em Ourém correspondia a um projecto de (fim de) vida”. E, deixando transparecer a satisfação que então lhe causou, disse: “nunca pensei materializá-lo sozinho e até foi antecipado, em 2000, por uma conversa com o Dr. René Assunção, e pela sua acção de alugar um espaço e pelos contactos que estabeleceu com grande entusiasmo”.

Como todos os projectos arrojados, também a Som da Tinta enfrentou as suas dificuldades e obstáculos que lhe foram levantados. Desde logo, o elevado número de sócios representou um problema em virtude dos aspectos de natureza administrativa e burocrática que se colocavam, o que veio a ser agravado com o falecimento de dois sócios, juristas – os drs René Assunção e Luís Nuno Rito – com que contavam para essa área. Mas, também registou o apoio que o Ministério da Cultura, ao tempo do Dr. Manuel Maria Carrilho, dispensou à área da cultura com o propósito de dotar todas as sedes de concelho de uma livraria. Refira-se que, à altura, apenas existiam em Ourém dois postos de venda de livros, não constituindo contudo uma actividade única ou principal.

De acordo com as palavras de Sérgio Ribeiro, “foram sete anos – “de pastor Jacob serviu” – de actividade cultural intensa e apaixonante. À actividade comercial de venda de livros acoplaram-se dezenas de iniciativas”. E, acrescentou: “A esta actividade inerente a uma livraria e espaço cultural juntou-se uma actividade editorial, iniciada por um livro que foi um grande sucesso local: O Meu Caderno Preto, de Manuel Durão, oureense que foi aqui veterinário”.

Sendo-lhe particularmente penoso falar das causas que levaram ao termo da Som da Tinta, sublinhou que, quando se deu a dissolução, havia 10 pontos de venda de livros em Ourém, e referiu, em jeito de conclusão: “Projecto, assente numa base comercial, foi muito para além do que seria possível e a sua continuidade apenas assente nas minhas capacidades financeiras tornou-se insustentável, pelo que a dissolução da empresa foi inevitável, o que se fez sem se ficar a dever nada a ninguém”. E rematou:

- Valeu a pena!

Som da Tinta

A Som da Tinta foi um espaço que marcou a vida cultural em Ourém.

artistas

Diversos artistas e escritores vieram a Ourém graças à Som da Tinta.

Som da Tinta

Muitos oureenses estiveram envolvidos no projecto da Som da Tinta.

Som da Tinta

Este espaço cultural constituiu uma presença actuante permanente que sempre cativou o público.

 

Edições Som da Tinta
     
PUBLICAÇÃO AUTOR OBSERVAÇÃO
A força das palavras José Manuel Neves Oureense
A senhora lhe pague Sérgio Ribeiro Oureense
As encostas viradas a… Jorge Melo / David Teles Residente
As gentes e as arestas António Sérgio Galamba Oureense
Cartas do além Joaquim Brites Moita Residente
Do tempo ao mar José Sousa Dias Oureense
Era uma vez um século… Sérgio Ribeiro Oureense
Foto & Legenda Nuno Abreu Oureense
Jogo de espelhos / Riscos Carmen Zita Oureense
Nos 50 anos da Casa de Ourém Sérgio Ribeiro Oureense
O meu caderno preto Manuel Durão Oureense
Ourém de ontem Joaquim Ribeiro Oureense
Pelos jornais Sérgio Ribeiro Oureense
Somos todos netos de Abril Sérgio Ribeiro Oureense
Sopro Feliz Glória Marreiros Residente
Telas Branco & Negro Jorge Melo Oureense
Um segredo mal guardado Alexandrina Pipa  
Uma aventura em S. Brás Glória Marreiros Oureense
Apontamentos para mostruário Constantino Corban  
Artesanato Joaquim Castilho  
Balada do oculista Rui Pedro  
Escritos Pedro Ferreira  
Mestiçagem do olhar (c/DVD) L. C. Patraquim (Roberto Chichorro)  
Onde estava V. mercê nos paineis? Gonçalo Morais Ribeiro Oureense
Quadras de uma vida Anita Sousa Oureense

 



publicado por Carlos Gomes às 00:02
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011
SOM DA TINTA: Um Espaço de Cultura e Debate em Ourém

Durante anos o espaço do ‘Som da Tinta’ foi um dos palcos da cultura oureense, promovendo actividades e editando obras. Agora, a Som da Tinta vai ser tema de uma exposição a decorrer entre 22 de Janeiro e 26 de Fevereiro, na Biblioteca Municipal de Ourém, todos os dias úteis a partir das 16 horas.

A propósito, o AUREN reedita aqui a entrevista feita ao Dr. Sérgio Ribeiro e aqui publicada no passado dia 13 de Outubro.

 

“SOM DA TINTA” NASCEU HÁ DEZ ANOS!

- Durante sete anos consecutivos constituiu uma referência cultural no Concelho de Ourém

Há uma década, surgiu em Ourém um espaço cultural que, para além da sua actividade livreira, realizou ainda actividade editorial, apresentação de livros e de autores, exposições de pintura, sessões com grupos corais, teatro, música e feiras do livro entre outras iniciativas. Referimo-nos, naturalmente, à Editora Som da Tinta que, durante sete anos consecutivos, marcou o ritmo cultural no Concelho de Ourém.

Com o objectivo de recordar aquilo que a Som da Tinta representou, O Blog AUREN conversou com o Dr. Sérgio Ribeiro, um dos fundadores e, naturalmente, o principal dinamizador do referido projecto. É precisamente essa conversa que o AUREN partilha com os seus leitores.

fundadores

A “Som da Tinta” foi inicialmente constituída por trinta e três sócios, entre os quais o Prémio Nobel da Literatura José Saramago, tomando a forma jurídica de sociedade por quotas. A estes, vieram mais tarde juntar-se outros seis, num total de 39 sócios, dos quais 22 naturais, residentes ou ligados a Ourém e 27 por relações pessoais e de amizade. Conforme nos confessou o Dr. Sérgio Ribeiro, “a intenção de promover actividades culturais programadas, em Ourém, por minha vontade ou iniciativa, tem antecedentes”. Segundo o nosso interlocutor, “os mais próximos da criação de uma livraria e espaço cultural, foram as iniciativas 25 de Setembro, para que aliciei os “jovens” (gerações anteriores à minha) José Joaquim Simões, José Manuel Alho, Luís Nuno Rito e Paulo Fonseca”, concluindo que “fizeram-se coisas interessantes…”

Para Sérgio Ribeiro, “a criação de uma livraria e espaço cultural em Ourém correspondia a um projecto de (fim de) vida”. E, deixando transparecer a satisfação que então lhe causou, disse: “nunca pensei materializá-lo sozinho e até foi antecipado, em 2000, por uma conversa com o Dr. René Assunção, e pela sua acção de alugar um espaço e pelos contactos que estabeleceu com grande entusiasmo”.

Como todos os projectos arrojados, também a Som da Tinta enfrentou as suas dificuldades e obstáculos que lhe foram levantados. Desde logo, o elevado número de sócios representou um problema em virtude dos aspectos de natureza administrativa e burocrática que se colocavam, o que veio a ser agravado com o falecimento de dois sócios, juristas – os drs René Assunção e Luís Nuno Rito – com que contavam para essa área. Mas, também registou o apoio que o Ministério da Cultura, ao tempo do Dr. Manuel Maria Carrilho, dispensou à área da cultura com o propósito de dotar todas as sedes de concelho de uma livraria. Refira-se que, à altura, apenas existiam em Ourém dois postos de venda de livros, não constituindo contudo uma actividade única ou principal.

De acordo com as palavras de Sérgio Ribeiro, “foram sete anos – “de pastor Jacob serviu” – de actividade cultural intensa e apaixonante. À actividade comercial de venda de livros acoplaram-se dezenas de iniciativas”. E, acrescentou: “A esta actividade inerente a uma livraria e espaço cultural juntou-se uma actividade editorial, iniciada por um livro que foi um grande sucesso local: O Meu Caderno Preto, de Manuel Durão, oureense que foi aqui veterinário”.

Sendo-lhe particularmente penoso falar das causas que levaram ao termo da Som da Tinta, sublinhou que, quando se deu a dissolução, havia 10 pontos de venda de livros em Ourém, e referiu, em jeito de conclusão: “Projecto, assente numa base comercial, foi muito para além do que seria possível e a sua continuidade apenas assente nas minhas capacidades financeiras tornou-se insustentável, pelo que a dissolução da empresa foi inevitável, o que se fez sem se ficar a dever nada a ninguém”. E rematou:

- Valeu a pena!

Som da Tinta

A Som da Tinta foi um espaço que marcou a vida cultural em Ourém.

artistas

Diversos artistas e escritores vieram a Ourém graças à Som da Tinta.

Som da Tinta

Muitos oureenses estiveram envolvidos no projecto da Som da Tinta.

Som da Tinta

Este espaço cultural constituiu uma presença actuante permanente que sempre cativou o público.

 

Edições Som da Tinta
     
PUBLICAÇÃO AUTOR OBSERVAÇÃO
A força das palavras José Manuel Neves Oureense
A senhora lhe pague Sérgio Ribeiro Oureense
As encostas viradas a… Jorge Melo / David Teles Residente
As gentes e as arestas António Sérgio Galamba Oureense
Cartas do além Joaquim Brites Moita Residente
Do tempo ao mar José Sousa Dias Oureense
Era uma vez um século… Sérgio Ribeiro Oureense
Foto & Legenda Nuno Abreu Oureense
Jogo de espelhos / Riscos Carmen Zita Oureense
Nos 50 anos da Casa de Ourém Sérgio Ribeiro Oureense
O meu caderno preto Manuel Durão Oureense
Ourém de ontem Joaquim Ribeiro Oureense
Pelos jornais Sérgio Ribeiro Oureense
Somos todos netos de Abril Sérgio Ribeiro Oureense
Sopro Feliz Glória Marreiros Residente
Telas Branco & Negro Jorge Melo Oureense
Um segredo mal guardado Alexandrina Pipa  
Uma aventura em S. Brás Glória Marreiros Oureense
Apontamentos para mostruário Constantino Corban  
Artesanato Joaquim Castilho  
Balada do oculista Rui Pedro  
Escritos Pedro Ferreira  
Mestiçagem do olhar (c/DVD) L. C. Patraquim (Roberto Chichorro)  
Onde estava V. mercê nos paineis? Gonçalo Morais Ribeiro Oureense
Quadras de uma vida Anita Sousa Oureense

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/




publicado por Carlos Gomes às 09:00
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2010
AGENDA CULTURAL DO MÊS DE DEZEMBRO

Durante o mês de Dezembro estão previstas as seguintes realizações culturais no Concelho de Ourém:

PRAÇA DE NATAL

De 19 a 26 de Dezembro

Local: Praça da República

De 20 a 24 de Dezembro- Animação de Rua com:

Duendes Cantadores’

Pai Natal e os seus Duendes’

Os Notinhas’

Dia 19 de Dezembro

Abertura da Praça de Natal

15h30- Recepção ao Pai Natal

Espectáculo musical e de magia

Dia 25 de Dezembro

16h00- Espectáculo - ‘Tobias e a Floresta

Com a presença do Noddy e do Shrek

Dia 26 de Dezembro

16h00 - Espectáculo - ‘A Festa de Natal’

De 19 a 26 de Dezembro

Das 15h00 às 22h00- Aldeia da Brincadeira

Viagens na Lagarta pelas ruas da cidade

Entrada Livre

Museu Municipal

10 de Dezembro

Acontece no Museu

Jorge Pelicano comenta o documentário ‘Pare, Escute, Olhe’

O premiado realizador Jorge Pelicano (‘Ainda há pastores?’; ‘Pare, escute, olhe’) vai apresentar em Ourém o seu mais recente trabalho, abordando a dicotomia linha de caminhos de ferro do Tua vs. Barragem do Sabor. Projecção do filme e narração do seu autor.

Local: Museu Municipal de Ourém,

Hora: 21h30

Entradas gratuitas, limitadas à capacidade da sala

Ciclos de Cinema

9, 16 de Dezembro

Dedicando o mês de Dezembro à temática da exclusão social, uma abordagem transversal, em origens, narrativas e géneros à problemática. ‘Ruas da Amargura’ de Rui Simões (Portugal, 2007), ‘Carandiru’ (Brasil, 2003) e ‘O lado selvagem’ (EUA, 2007).

Local: Museu Municipal de Ourém

Hora: 21h30

Entradas gratuitas, limitadas à capacidade da sala

Exposição no Museu

Exposição de Longa Duração: OURÉM’ AFEIÇÕES: VILLA NOVA DE OURÉM 1900

Exposição temporária: “OUREMPUBLICA”

Até Dezembro de 2010, uma exposição documental sobre os discursos e os ecos da implantação da República em Ourém.

Dias úteis das 9h30-12h30 e das 14h-18h; Sáb. e Dom. 9h30-12h30 e 14h-18h.

Encerra às Segundas-feiras todo o dia

Paços do Concelho

Até 2 de Janeiro

Exposição Sensibilidades

Em articulação com o CEPAE, Centro de Património da Alta Estremadura, uma mostra fotográfica de 25 fotógrafos da região, acompanhada por três nomes oureenses: Nuno Abreu, Paulo Vaz Henriques e Pedro Gonçalves.

Local: Paços do Concelho

Horário: Dias úteis das 09h-17h.

Entradas gratuitas

Galeria Municipal

Até 2 de Janeiro

Pintura de José Eliseu e Sérgio Eliseu

Exposição de pintura de José Eliseu e Sérgio Eliseu, direccionada para o paisagismo. Ambos os autores têm extenso curriculum na área.

Galeria Municipal, Zona Histórica, 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. Encerra à Segunda.

Entradas Gratuitas

Biblioteca Municipal

Até 7 de Janeiro

A Idade de Ouro da Imprensa do Norte do Distrito de Leiria

Exposição de Margarida Herdade Lucas e Miguel Portela

A História da Imprensa é também a História das ideias, dos projectos e da vida desta região, cujas potencialidades ainda subsistem, apesar de relegada pelas regiões litorais. Todos estes concelhos do interior possuem uma riqueza endógena que as gerações do final do século XIX e início do século XX conheciam e divulgaram.

Os autores desta exposição, ao revelarem esta pequena parte da História do Interior-Centro do país, têm insistido numa política cultural que demonstre todos estes factores, no sentido de dar a conhecer o valor e a riqueza do coração do país.

Biblioteca Municipal de Ourém, dias úteis das 09h às 18h

Entradas gratuitas

Até 31 de Dezembro

Fora da Estante….”DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES”

Uma mostra bibliográfica, do acervo da Biblioteca, sobre a temática dos Descobrimentos.

Biblioteca Municipal, de segunda a sexta, das 9h às 18h. Sábado das 09h30 às 18h00.

Entradas gratuitas

17 de Dezembro

Audição de Natal

Hora: 21h00

Local: Cine-Teatro Municipal de Ourém

Organização: Ourearte- Escola de Música de Artes de Ourém

12  de Dezembro

Concerto de Natal da AMBO, com actuação de todas as Secções

Hora: 15.30 hora

Local: Pavilhão Multiusos da Escola Básica e Secundária de Ourém

Academia de Música Banda de Ourém

19 de Dezembro

Concerto de Natal do Santuário de Fátima, com a actuação da Banda Juvenil da

AMBO e da Orquestra de Sopros de Ourém.

Hora: 15.00

 Local: Centro Pastoral Paulo VI

29 de Dezembro

Concerto comemorativo do 25.º aniversário da Orquestra de Sopros de Ourém

Apresentação da nova farda da Orquestra de Sopros e lançamento do Cd da Orquestra

de Sopros ‘Sons dos Ventos’

Hora: 21.00 hora

Local: Cine-Teatro Municipal de Ourém

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 15:37
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

OURÉM VIVE NOITE CULTURAL...

OURÉM SABOREIA CULTURA IN...

OURÉM ACOLHE NOITE CULTUR...

REINTEGREMOS O GALEGO NO ...

OURÉM EXPLICA "COMO FINAN...

INATEL REALIZA FESTIVAL D...

CASAL DOS BERNARDOS ORGAN...

OURÉM REALIZA FIM-DE-SEMA...

COMUNIDADE CHINESA EM POR...

PARLAMENTO DA GALIZA APRO...

INATEL REALIZA CONGRESSO ...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

OURÉM DIVULGA ATIVIDADES ...

GALIZA DEFENDE A LÍNGUA P...

OURÉM DIVULGA EVENTOS CUL...

INICIATIVAS CULTURAIS ANI...

BRASIL: NOTÍCIAS DE OURÉM...

REALIZA-SE AMANHÃ EM OURÉ...

OURÉM ORGANIZA WORKSHOP S...

OURÉM REALIZA WORKSHOP SO...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

OURÉM DEBATE MARKETING CU...

OURÉM REALIZA WORKSHOP SO...

OURÉM PROMOVE WORKSHOP SO...

ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL VA...

GONDEMARIA REALIZA SEMANA...

TOMAR ACOLHE CONGRESSO IN...

COMEÇA AMANHÃ A SEMANA CU...

OURÉM: SEMANA CULTURAL AN...

GONDEMARIA PREPARA SEMANA...

“FÁTIMA DEVE SER CONSIDER...

DR. JOSÉ ALHO DESTACA EVE...

ESPANHÓIS INVADEM OURÉM P...

AGENDA CULTURAL DE OURÉM ...

Agenda Cultural de Fevere...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA DIVUL...

MUSEU MUNICIPAL PROMOVE V...

Agenda de Eventos do Muni...

Agenda Cultural de Ourém ...

OURÉM DISTINGUE MÉRITO AS...

Distinções honoríficas – ...

OURÉM RECORDA “SOM DA TIN...

OURÉM RECEBE "MEMÓRIAS DO...

EXPOSIÇÃO EM OURÉM RECORD...

SOM DA TINTA: Um Espaço d...

AGENDA CULTURAL DO MÊS DE...

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds