Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Segunda-feira, 3 de Novembro de 2014
GEMINAÇÃO UNE OURÉM E LOURDES

Uma delegação de Ourém deslocou-se recentemente a Lourdes para a conclusão do processo de geminação que oficializa a aproximação entre estes dois municípios. O documento foi assinado no passado dia 25 de outubro, pelo presidente do Município de Ourém, Paulo Fonseca, e pela presidente do Município de Lourdes, Josette Bordeu.

DSC_0256

Esta delegação, liderada pelo presidente da Câmara Municipal de Ourém, integrou a presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Deolinda Simões, o presidente e vice presidente da direção da ACISO – Associação Empresarial de Ourém e Fátima -, Francisco Vieira e Amorim Gonçalves, respetivamente, e um elemento do executivo da Junta de Freguesia de Fatima, Carlos Neves.

Esta deslocação, que surge após um primeiro momento em Ourém, em novembro do ano passado, permitiu o conhecimento da realidade turística de Lourdes, em muito semelhante à de Fátima.

Para grande satisfação da comunidade portuguesa, que se fez representar, este documento pretende desenvolver laços entre os dois municípios, com vista ao diálogo, intercâmbio de experiências e implementação de ações conjuntas.

Como referiu Paulo Fonseca, esta geminação só “peca por ser tardia”. Ainda que a colaboração entre Ourém e Lourdes já se verificasse no passado, esta geminação visa construir uma colaboração que contrarie a diminuição de peregrinos e construir uma plataforma conjunta de promoção turística, nomeadamente nos Estados Unidos, América Latina e Ásia. No entanto, como referiu Paulo Fonseca, esta parceria pretende alargar-se, por exemplo, a áreas como a cultura, desporto e juventude.

Para o desenvolvimento deste trabalho, foi ainda assinado pelos dois municípios um documento técnico de parceria que visa lançar as bases para um projeto de promoção internacional, que envolva Lourdes, Fátima e Santiago de Compostela. Neste sentido, os serviços dos dois municípios estão a desenvolver um trabalho que permita definir as ações de promoção e assegurar a sua concretização e financiamento, na medida em que se pretende aproveitar fundos comunitários para este efeito.

DSC_0404



publicado por Carlos Gomes às 14:57
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 6 de Junho de 2014
OURÉM-FÁTIMA (PORTUGAL) E BARUERI (BRASIL) JÁ SÃO CIDADES IRMÃS

Foi aprovado no passado dia 20 de Maio, pela Prefeitura de Barueri a Geminação das Cidades de Ourém - Fátima, com a Cidade de Barueri. Projeto de Lei nº 32/2014 de Autoria do Prefeito do Município de Barueri, Dr. Gilberto Macedo Gil Arantes, sendo certo que já havia sito aprovado pela Câmara Municipal de Ourém - Fátima, no ano passado, quando da realização do 53º Encontro dos Descobrimentos - Brasil - Portugal - Japão - Itália - Espanha e Finlândia - por obra, na oportunidade do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca.

untitled

Importante referir ainda a iniciativa e o empenho do Secretario de Desenvolvimento Económico e Trabalho de Barueri, Dr. Mario Lopes e também do Dr. Nelson Faria de Oliveira, Diretor de Relações Internacionais do CIC - Centro Internacional de Cultura - Encontro dos Descobrimentos, neste trabalho.

Com a Geminação destas Cidades, pretende-se pelas Prefeituras das duas Cidades, a organização de um grande trabalho profissionalizante, para a formação de jovens do Brasil e de Portugal, aproveitando-se a expertise de cada uma delas, ressaltando-se a grande estrutura e especialização de Ourém - Fátima na formação profissional nas mais diversas áreas técnicas, ressaltando-se ainda na gastronomia Internacional, o que deverá beneficiar e muito esses jovens e consequentemente as Empresas dos dois Países, além de diversos outros projetos e trabalhos que virão.

Com esse trabalho o CIC - Centro Internacional de Cultura, através do Encontro dos Descobrimentos, cumpre o seu papel de semear a cultura do "Milho Bom" , fazendo deste um Mundo melhor para as pessoas, e com isso há que se agradecer as autoridades e pessoas envolvidas e também as Empresas Mantenedoras, e aos seus dirigentes, que com essa sensibilidade, colaboram para que estas obras se realizem.

No mês de Setembro, a Prefeitura Municipal de Barueri, deverá receber uma comitiva de Ourém - Fátima para a começo desta grande obra, que tem Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora de Aparecida como protetoras, lembrando que em 2017 teremos a Comemoração do Centenário da aparição de Nossa Senhora de Fátima em Portugal, e no mesmo ano a Comemoração dos trezentos anos da aparição de Nossa Senhora de Aparecida no Brasil.

Nesse mesmo mês de Setembro a Comitiva de Ourém - Fátima, deverá trazer uma Imagem similar há que se Encontra em Fátima - Portugal a ser doada a Cidade de Barueri no Brasil.

untitled



publicado por Carlos Gomes às 11:01
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 14 de Maio de 2014
BARUERI (BRASIL) – FÁTIMA - OURÉM (PORTUGAL) A CAMINHO DE SE TORNAREM CIDADES IRMÃS

Na passada Sexta-Feira, dia 10 de Maio, estiveram em reunião informal na Cidade de Ourém - Fátima, o Presidente da Câmara Municipal de Ourém - Fátima, Dr. Paulo Fonseca, e o Dr. Nelson Faria de Oliveira, Diretor de Relações Internacionais do CIC - Centro Internacional de Cultura - Encontro dos Descobrimentos, onde deram andamento as conversações dessa realidade.

Na imagem, o Dr. Nelson Faria de Oliveira e o Dr. Paulo Fonseca

No ano passado, dia 15 de Novembro de 2013, em Fátima - Ourém, por ocasião do 53 º Encontro dos Descobrimentos, foi assinado um especial protocolo de intenções entre as duas Câmaras Municipais, com a presença do Secretário de Desenvolvimento Económico e Trabalho de Barueri, Dr. Mário Lopes, e o Presidente da Câmara Municipal de Ourém - Fátima, Dr. Paulo Fonseca.

A lei para a Geminação da Cidade de Ourém - Fátima e Barueri, tem como apresentação o dia 13 de Maio de 2014, curiosamente o dia da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima, e a votação no dia 20 de Maio, sendo que o Prefeito de Barueri, Dr. Gilberto Macedo Gil Arantes está de pleno acordo quanto a sua aprovação.

Na reunião realizada entre o Dr. Paulo Fonseca e Dr. Nelson Faria de Oliveira, este transmitiu em representação do Dr. Mário Lopes, o firme propósito da Prefeitura de Barueri, no desenvolvimento e sucesso dessa geminação, o que será muito importante para a realização e desenvolvimento de projetos que venham beneficiar as duas Cidades e notadamente os jovens, considerando-se que as duas Cidades possuem expertises em diversas áreas, destacando-se Fátima, na culinária Internacional e na formação de jovens.

Importante informar ainda, o propósito de se trazer uma imagem de Nossa Senhora de Fátima, similar aquela que está na Cova da Iria - Fátima, que ficará em Barueri, para as Orações de todos.

Não podemos deixar de agradecer imenso aos Mantenedores Associados, que têm viabilizado a realização dos Encontro dos Descobrimentos e por conseguinte a disseminação da cultura do Milho Bom.

Conheça mais sobre o Encontro dos Descobrimentos: www.encontrodosdescobrimentos.com

Fonte: CIC - Centro Internacional de Cultura



publicado por Carlos Gomes às 21:36
link do post | favorito
|

Terça-feira, 12 de Novembro de 2013
OURÉM E LOURDES SÃO CIDADES IRMÃS!

Geminação Ourém/Fátima – Lourdes: “Um dia histórico para o concelho de Ourém”

Foi com estas palavras que o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, iniciou o seu discurso a propósito da assinatura do acordo de geminação entre Ourém-Fátima e Lourdes, no passado sábado, dia 09 de novembro. “Um dia histórico porque nos permite articular melhor e consolidar os laços de uma parceria já muito antiga”, lembrou Paulo Fonseca, fazendo referência aos primeiros contactos estabelecidos com Lourdes, que remontam à década de 90, aquando da criação de uma rede europeia de santuários marianos.

GeminaçãoOurém_Lourdes4

Mais do que um simples “acordo de geminação” este é sobretudo um “acordo de interesses” e de “sobrevivência”, afirmou Paulo Fonseca. “Atendendo a que vivemos numa globalização, temos de traçar novos caminhos, desenvolver novos projetos em conjunto para que as nossas escolas, IPSS´s e empresas possam ter várias portas abertas”, defendeu. “As afinidades entre estas duas cidades são notórias, e por isso esta geminação assume um formato de ‘parceria estratégica’ na área económica e particularmente no setor do turismo” que é, aliás, uma das grandes prioridades da dinamização de um trabalho comum na área da promoção internacional.
A partir de agora Fátima e Lourdes poderão beneficiar, em conjunto, de apoios financeiros da União Europeia que permitam criar uma plataforma comum para a promoção internacional em mercados estratégicos. Neste sentido está já a ser preparado um programa de promoção conjunta de Fátima e Lourdes nos Estados Unidos da América. “Ninguém vem dos EUA só para visitar Fátima. É necessário inventar soluções alternativas que sejam sedutoras para as pessoas virem”, defende Paulo Fonseca.

Os dois autarcas selaram o compromisso de trabalho futuro perante o olhar de vários presidentes de Junta, vereadores, uma comitiva francesa e do vice-reitor do Santuário de Fátima.

Resumo sobre a geminação

Desde os anos 90 foi sendo desenvolvida uma rede intensa de contactos entre as mais importantes cidades de peregrinação europeias, o que conduziu à criação, em 1996, do projeto europeu “Shrines of Europe”. A este projeto associaram-se, entre outras, as cidades marianas de Ourém / Fátima e Lourdes.

Este grupo de trabalho cujo principal objetivo é a troca de experiências a nível municipal levou a cabo já diversos congressos internacionais dedicados às questões relacionadas com uma maior colaboração entre a igreja e os municípios dos locais de peregrinação,

O constante crescimento da peregrinação religiosa é um fator que deixa antever um futuro positivo.

GeminaçãoOurém_Lourdes

Esta geminação surge assim de uma forma natural e resulta da vontade comum destes dois municípios de trabalharem em conjunto. As semelhanças e afinidades entre estas duas cidades são notórias, e por isso esta geminação assume um formato de “parceria estratégica” na área económica e particularmente no setor do turismo que é uma das grandes prioridades da dinamização de um trabalho comum na área da promoção internacional. Esta cooperação poderá beneficiar de apoios financeiros da União Europeia que permitam criar uma plataforma comum de promoção internacional em mercados estratégicos.

Em 18/06/2013 a Câmara Municipal de Ourém deliberou por unanimidade aprovar o texto de geminação com Lourdes e remeter o mesmo à Assembleia Municipal para conhecimento e aprovação. Em 28 de junho de 2013 o referido texto foi aprovado pela Assembleia Municipal e remetido para o município de Lourdes.

Estando reunidas as condições, celebra-se hoje, nesta cerimónia, a formalização desta geminação, dando início a uma nova etapa de cooperação entre os dois municípios.

GeminaçãoOurém_Lourdes3



publicado por Carlos Gomes às 19:43
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 8 de Novembro de 2013
OURÉM E LOURDES (FRANÇA) CEEBRAM AMANHÃ ACORDO DE GEMINAÇÃO

z



publicado por Carlos Gomes às 00:14
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 6 de Novembro de 2013
OURÉM E LOURDES CELEBRAM ACORDO DE GEMINAÇÃO

Duas das principais cidades de peregrinação europeias, Fátima e Lourdes, vão celebrar um acordo de geminação no próximo sábado, dia 09 de novembro, pelas 11h00, no auditório dos paços do concelho. O documento será assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, e pelo presidente da Câmara de Lourdes, Jean-Pierre Artiganave.

Sobre a geminação

Desde os anos 90 foi sendo desenvolvida uma rede intensa de contactos entre as duas cidades, o que conduziu à criação, em 1996, do projeto europeu “Shrines of Europe”. A este projeto associaram-se, entre outras, as cidades marianas de Ourém / Fátima e Lourdes.

Este grupo de trabalho cujo principal objetivo é a troca de experiências a nível municipal levou a cabo já diversos congressos internacionais dedicados às questões relacionadas com uma maior colaboração entre a igreja e os municípios dos locais de peregrinação,

O constante crescimento da peregrinação religiosa é um fator que deixa antever um futuro positivo.

Esta geminação surge assim de uma forma natural e resulta da vontade comum destes dois municípios de trabalharem em conjunto. As semelhanças e afinidades entre estas duas cidades são notórias, e por isso esta geminação assume um formato de “parceria estratégica” na área económica e particularmente no setor do turismo que é uma das grandes prioridades da dinamização de um trabalho comum na área da promoção internacional. Esta cooperação poderá beneficiar de apoios financeiros da União Europeia que permitam criar uma plataforma comum de promoção internacional em mercados estratégicos.

Em 18/06/2013 a Câmara Municipal de Ourém deliberou por unanimidade aprovar o texto de geminação com Lourdes e remeter o mesmo à Assembleia Municipal para conhecimento e aprovação. Em 28 de junho de 2013 o referido texto foi aprovado pela Assembleia Municipal e remetido para o município de Lourdes.



publicado por Carlos Gomes às 12:08
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 1 de Novembro de 2013
OURÉM GEMINA-SE COM LOURDES (FRANÇA)

z



publicado por Carlos Gomes às 11:12
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 13 de Junho de 2013
AUTARCAS DE MONAPO DESAFIAM EMPRESÁRIOS DE OURÉM A INVESTIR EM MOÇAMBIQUE

Uma comitiva de Monapo, cidade moçambicana geminada com Ourém desde 6 de junho de 2000, visitou o Município de Ourém entre os dias 21 a 24 de maio.

Imagem 009

A comitiva constituída pelo Presidente do Concelho Municipal de Monapo, João Luís, Presidente da Assembleia Municipal, Bernardo Alfredo, e por um técnico do Município, foi recebida nos Paços do Concelho. A visita incluiu a realização de uma reunião entre a direção da ACISO e os representantes de Monapo, seguida de uma deslocação a várias empresas para estabelecer contacto com o tecido empresarial concelhio e encontrar futuros parceiros.

Nas palavras de João Luís, Presidente do Concelho Municipal, “Monapo está numa fase de crescimento, embora lento’ e convidou os empresários de Ourém a explorarem as oportunidades que Monapo representa, nomeadamente nas áreas da hotelaria e turismo, agricultura, indústria, farmácias e comércio. A comitiva de Monapo visitou ainda estabelecimentos escolares de Ourém e instituições de solidariedade social.

As comitivas de Monapo que têm visitado Ourém nestes últimos anos, refletem a importância e solidez da colaboração entre os dois Municípios no campo institucional e empresarial valorizando as políticas de internacionalização desenvolvidas pelo executivo camarário.

Imagem 024



publicado por Carlos Gomes às 18:15
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Junho de 2013
DELEGAÇÃO POLACA DE COMENIUS RÉGIO – CZESTCHOWA VISITA OURÉM

Após a primeira visita da equipa portuguesa constituída por elementos do Município de Ourém, da Escola de Hotelaria de Fátima e da ACISO – Associação Empresarial-, a Czestochowa (Polónia), no âmbito do programa Comenius Régio, subordinado ao tema “Desenvolvimento da Formação em Turismo”, em fevereiro, foi a vez de Ourém receber a equipa polaca, de 25 a 30 de maio.

Czestochowa2013

Durante esta mobilidade e já com objetivos traçados e metodologias definidas durante a primeira visita, os parceiros de ambas as cidades, apresentaram nas diversas reuniões ao longo da semana os resultados dos trabalhos que têm vindo a realizar.

Destaca-se o seminário do projeto, realizado no dia 27 de maio, no auditório da Escola de Hotelaria de Fátima, onde os parceiros polacos apresentaram a sua cidade, bem como as suas dinâmicas turísticas e empresariais.

Ao longo deste seminário foram também apresentados os resultados preliminares dos inquéritos realizados junto de estudantes das escolas de hotelaria e turistas. A comparação dos mesmos permite que se possa fazer uma troca de experiências ao nível do turismo assim como da formação turística oferecida em cada uma das escolas de ambas as cidades. Foi referido ao longo do seminário que o essencial é “fazer a diferença com pessoal qualificado”.

Os inquéritos realizados têm por objetivo a recolha de informação que permita lançar contributos aos currículos dos cursos de Turismo nas cidades parceiras. Para além disso permitem melhorar a colaboração entre as identidades locais, escolas, professores, alunos e empresários assim como obter a opinião que os empresários, turistas e estudantes têm acerca da importância dos profissionais do turismo na promoção de um destino turístico.

Do programa fizeram ainda parte visitas a diversos locais turísticos no Município e na região.

Este projeto será concretizado até Julho de 2014 e, conforme a calendarização prevista, a comitiva de Ourém, desloca-se novamente a Czestochowa, em Novembro. Este projeto conta com o apoio da Comunidade Europeia.

IMG_0002

IMG_0004



publicado por Carlos Gomes às 22:12
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 20 de Março de 2013
OURÉM DESLOCA-SE A CZESTOCHOWA

Uma equipa constituída por elementos do Município de Ourém, da Escola de Hotelaria de Fátima e da ACISO – Associação Empresarial, deslocou-se na semana passada a Czestochowa (Polónia), no âmbito do programa Comenius Régio, subordinado ao tema “Desenvolvimento da Formação em Turismo”.

Ourem desloca-se a Czestochowa

Esta foi a primeira mobilidade prevista no projeto que, além dos Municípios de Ourém (coordenador) e Czestochowa, conta com a parceria da Insignare, através da Escola de Hotelaria de Fátima, e da ACISO. Do lado polaco são também parceiros do projeto a Escola Secundária de Economia e a Associação Municipal de Turismo de Czestochowa. 

Além de possibilitar a aproximação destas duas cidades, geminadas desde 1997, este projeto permite a troca de experiências ao nível do turismo e da formação turística em particular. É de salientar a proximidade da realidade turística destes dois municípios, onde o Turismo Religioso está em evidência, dada a existência dos Santuários de Fátima e de Jasna Góra, em Ourém e Czestochowa, respetivamente.

Revelando-se o Turismo um importante pilar de desenvolvimento local, torna-se crucial melhorar a formação dos recursos humanos deste sector. Neste sentido pretende-se com este projeto a aproximação e partilha de informação, de forma a contribuir para a qualificação dos profissionais do turismo de ambas as cidades.

É ainda objetivo do Comenius Régio o envolvimento dos alunos, dos turistas e dos empresários na definição de novos modelos de formação, mais ajustados à realidade do turismo das duas cidades, nomeadamente, o turismo religioso, de forma a alcançar profissionais mais qualificados que consigam melhor servir os visitantes e, por consequência, melhorar a imagem do destino turístico.

Nesta primeira mobilidade foi dinamizada um conjunto de atividades que permitiram a apresentação dos diversos parceiros, dos objetivos, metodologias e cronograma do projeto de parceria. Destaca-se o seminário do projeto, as visitas e reuniões de trabalho realizadas na Câmara, na Escola de Economia e na organização turística de Czestochowa.

O vice-presidente da Câmara de Ourém, José Manuel Alho, salientou junto do seu homólogo de Czestochowa, a importância deste tipode projetos no reforçodas relações entre os dois municípios num sector estratégico como é o Turismo, bem como a troca de experiências ao nível da educação e formação nesta área.

Este projeto será concretizado até Julho de 2014 e, conforme a calendarização prevista, ocorrerá a deslocação a Ourém, no final de Maio, de um grupo de Czestochowa. É de referir, no entanto, que é um projeto que conta com o apoio da União Europeia, razão única pelo qual, neste tempo de dificuldades, é possível continuar a desenvolver estas parcerias, reforçando os laços de geminação e cooperação já existentes.

Ourem desloca-se a Czestochowa (1)

Ourem desloca-se a Czestochowa (2)



publicado por Carlos Gomes às 19:39
link do post | favorito
|

Sábado, 16 de Março de 2013
OURÉM E CZESTOCHOWA REALIZAM SEMINÁRIO NA POLÓNIA

SEMINÁRIO DE PORTUGUÊS-POLONÊS

No âmbito das cidades gêmeas de Czestochowa e OuremFatimy, na cidade que vai introduzir novo governador, realizou o seminário inaugural, o projeto "desenvolvimento de treinamento de turismo."

Comenius08

O seminário contou com representantes de Częstochowa e a cidade de Ourém, escolas profissionais, em Fátima, associação empresarial, OuremFatima e membros da organização, negócios e turismo, professores de universidades: Academia de częstochowskich. Jan długosz, escola superior de hotelaria e turismo, bem como estudantes e alunos do ensino secundário sobre os sentidos.

Durante o seminário, os parceiros do projecto apresentaram ao público, além de formação acadêmica e pessoal sistema de treinamento são a nível do ensino médio e ensino superior na Polônia e em Portugal. O projeto visa, entre outras coisas. a troca de informações sobre boas práticas na formação profissional no domínio do turismo entre as duas cidades, o envolvimento de estudantes, turistas e empresários de ambas as cidades na definição de um novo modelo de formação, mais adaptados às realidades do turismo, especialmente religiosa.

Częstochowa está trabalhando com OuremFatimą desde 1996, principalmente nas áreas de cultura, o intercâmbio de jovens e o turismo. A cidade pertence à associação "santuários da Europa, envolvendo seis cidades de peregrinação. Mais importante, os projectos multilaterais, a juventude de cinco anos intercâmbio no âmbito do projecto "Vamos construir a Europa", que foi co-patrocinada pelo programa "Juventude" e projecto COESIMA, centros de peregrinação Europeia de cooperação programa co-financiado pelo programa Interreg III C.

"O desenvolvimento da educação em turismo" é uma continuação da cooperação no domínio do turismo. Częstochowa e OuremFatima recebido em sua implementação do financiamento da educação e da formação do programa Comenius Regio parcerias.

Autor: Łukasz Stacherczak

Fonte: http://www.czestochowa.pl/

Comenius05

Comenius01

Comenius07

Comenius06

Comenius04

Comenius03

Comenius02



publicado por Carlos Gomes às 18:32
link do post | favorito
|

Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013
OURÉM RECEBE COMITIVA DE PLESSIS-TRÉVISE

O Município de Ourém recebeu a visita de uma comitiva com representantes de Plessis-Trévise, no âmbito do apoio às vítimas dos incêndios ocorridos em Ourém em setembro de 2012. A cerimónia de receção da comitiva ocorreu no passado dia 2 de fevereiro e o momento foi aproveitado para realizar a apresentação pública do diagnóstico dos incêndios e do plano de intervenção adotado, a estratégia de gestão dos donativos existentes e a celebração do Protocolo de Intervenção Pós-incêndios.

PT 1

A comitiva de Plessis-Trévise contou com a presença do chefe de gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Plessis-Trévise, Didier Dousset, Laurentino Vieira e Fernanda Vieira enquanto representantes do Clube Robert Schuman e Maria José Órfão e Laura Santos que colaboraram nas ações de solidariedade para com as vítimas dos incêndios no Concelho de Ourém. Após a receção oficial nos Paços do Concelho pelo Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, e pela Presidente da Assembleia Municipal, Drª Deolinda Simões, os representantes de Plessis-Trévise participaram na cerimónia de receção que decorreu no Centro de Negócios de Ourém. Aqui, o vereador Dr. José Alho fez um retrato de todos os desenvolvimentos desde os incêndios até ao momento atual, com especial incidência no plano de intervenção e nos apoios comunitários e governamentais solicitados para responder às mais diversas necessidades. Após este momento, debruçou-se sobre o Protocolo de Intervenção Pós-incêndios celebrado entre o Município de Ourém, a empresa municipal Ourémviva, IPSS’s do Concelho e as Juntas de Freguesia afetadas, que pretende articular as responsabilidadesde todos osintervenientes e o método de aplicação dos apoios financeiros na recuperação e ordenamento da área ardida e recuperação dos vários danos decorrentes dos incêndios. Neste protocolo está contemplada a estratégia de gestão de donativos onde o Município de Plessis-Trévise participou com uma doação de 50 000€ e o Clube Robert Schuman juntamente com alguns donativos particulares, contribuiu com cerca de 10 000€.

PT 2

O Presidente da edilidade, Dr. Paulo Fonseca manifestou “grande alegria com a presença dos amigos de Plessis-Trévise e com a transformação de um problema numa oportunidade” devido ao protocolo celebrado. Reiterou ainda a “relação permanente e de grande amizade” que une o Município de Ourém e Plessis-Trévise desde o acordo de geminação que completa agora 20 anos. Defendeu por fim que “não nos podemos resignar face ao que foi feito na altura dos incêndios, mas sim tentar sempre melhorar” e para isso anunciou a preparação de um colóquio com a Autoridade Nacional da Proteção Civil para realização de um balanço sobre o que foi, e poderia ter sido feito, na catástrofe que assolou o Concelho de Ourém. O representante do Município de Plessis-Trévise, Didier Dousset, usou também da palavra e em português assumiu ter ficado “muito sensibilizado com a presença de Paulo Fonseca em Plessis-Trévise para a celebração dos 20 anos de geminação” o que ficou patente na “aprovação por unanimidade da ajuda concedida”. 

Com o término da cerimónia de receção no Centro de Negócios, seguiu-se uma visita às instalações do Serviço Municipal de Proteção Civil de Ourém onde os convidados conheceram as instalações e equipamentos existentes, seguindo-se uma visita ao território afetado pelos incêndios. Para finalizar o dia, a comitiva visitou as instalações dos Bombeiros Voluntários de Ourém. Esta visita serviu também para confirmar a presença do Presidente do Município de Plessis-Trévise, Jean-Jacques Jégou, aquando das celebrações do Dia do Município de Ourém e para definir pormenores sobre a realização de um workshop entre empresários locais e franceses para troca de experiências e contactos.

PT 3

PT 4



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2013
OURÉM RECEBE COMITIVA EM REPRESENTAÇÃO DE PLESSIS-TRÉVISE

Ourém vai receber a comitiva de Plessis-Trévise, município de França com o qual o Concelho de Ourém está geminado. A receção está agendada para o próximo sábado, dia 2 de fevereiro, no Centro de Negócios de Ourém, pelas 14h30, no âmbito do apoio às vítimas dos incêndios de 2012 no Concelho de Ourém.

O programa oficial terá início às 14h30 e terminará pelas 19h00.

Programa

14h30 - Cerimónia de receção da Comitiva de Plessis-Trévise

Apresentação do Diagnóstico Incêndios 2012

Plano de Intervenção

Estratégia Gestão dos Donativos

15h30 - Assinatura de Protocolo de Intervenção Pós-Incêndios

16h00 - Visita ao Serviço Municipal de Protecção Civil

16h30 - Visita ao território afetado pelos incêndios

18h00 - Receção no Quartel de Bombeiros Voluntários de Ourém



publicado por Carlos Gomes às 21:03
link do post | favorito
|

Terça-feira, 11 de Setembro de 2012
OURÉM E LE PLESSIS TRÉVISE CELEBRAM 20 ANOS DE GEMINAÇÃO

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, participou este fim-de-semana nas comemorações oficiais dos 20 anos de geminação Ourém-Plessis Trévise, organizadas em parceria com o Clube Robert Schumann desta cidade francesa.

presidente 623

Segundo o Dr. Paulo Fonseca “não podíamos deixar de aceitar o convite para estarmos presentes, apesar das dificuldades financeiras que atravessamos”, pois “o município de Ourém atribui a maior importância a esta ligação pelo fato de haver uma comunidade emigrante nesta região de França que está devidamente integrada e que pode potenciar outro tipo de ligações que são absolutamente essenciais à Europa, quer na vertente cultural quer económica”.

Do programa de comemorações destacou as campanhas de angariação de fundos que a comunidade de emigrantes da região e a Câmara Municipal de Le Pléssis Trévise vão levar a cabo para ajudar as vítimas dos incêndios em Ourém e ainda o encontro com empresários locais, bem como com o conselho municipal e representantes da comunidade; o “Fórum das Associações” com alguns materiais promocionais de Ourém e a cerimónia de “renovação das assinaturas do juramento de geminação”.

As comemorações dos 20 anos de geminação vão prolongar-se até ao próximo ano com a assinatura da renovação do acordo em Ourém, por ocasião das Festas do Município.

O acordo de Geminação com Le Plessis-Trévise foi assinado a 13 de junho de 1992, em Ourém, pelo então Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Mário Albuquerque, e pelo Presidente da Câmara de Le Plessis-Trevise, Jean-Jacques Jégou. Em1993 foi feita assinatura semelhante na cidade de Le Plessis-Trévise.

presidente 606

presidente 586



publicado por Carlos Gomes às 19:06
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Junho de 2012
OURÉM CELEBRA DIA DO MUNICÍPIO

Os oureenses celebraram no passado dia 20 de junho o Dia do Município de Ourém, assinalado como feriado municipal e a realização de várias cerimónias oficiais. Pela manhã, procedeu-se ao hastear das bandeiras perante a Fanfarra dos Bombeiros a que se seguiu a atuação da Orquestra de Sopros da AMBO com elementos das Bandas Filarmónicas de Vilar dos Prazeres e Sociedade Filarmónica Oureense.

Da parte da tarde teve lugar a cerimónia solene na qual foram condecoradas diversas personalidades e entregues as medalhas de Bons Serviços aos trabalhadores do Município que este ano completam 25 anos de serviço. O Prof. Marcelo Rebelo de Sousa foi uma das personalidades presentes na cerimónia, na qualidade de Presidente da Fundação da Casa de Bragança, entidade que atualmente detém a propriedade do Castelo de Ourém.

untitled

A presidente da Assembleia Municipal de Ourém, Drª Deolinda Simões saudou todos os presentes e deu as boas-vindas às delegações estrangeiras presentes, concretamente de Larantuka (Indonésia), Pitesti (Roménia) e Le Pléssis Trévise (França) com cujo município se encontra geminado há vinte anos.

untitled

untitled

Fotos: Câmara Municipal de Ourém



publicado por Carlos Gomes às 09:31
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 18 de Junho de 2012
OURÉM ACOLHE CIDADES GEMINADAS

convite ccvo

No âmbito das comemorações das Festas da Cidade, do dia do Município e do Projeto Comenius Régio, Ourém vai acolher algumas comitivas de cidades geminadas. No sentido de lhes dar a conhecer as diversas dinâmicas de trabalho e espaços de interesse local, designadamente nos domínios da educação, da cultura, do turismo e do social, o Município de Ourém definiu um programa de visitas que vai permitir a troca de experiências entre as diferentes regiões.

No próximo dia 21 de junho, vão funcionar no Centro Comunitário de Voluntariado as respostas sociais relativas ao banco de ajudas técnicas, espaço de voluntariado, o ponto de partilha com os atelier’s ocupacionais e espaço de comércio social.



publicado por Carlos Gomes às 19:55
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 2 de Maio de 2012
OURÉM DÁ CONTINUIDADE AO PROJETO “COMENIUS RÉGIO” COM A ROMÉNIA

Dando continuidade ao Projecto Comenius Regio, um grupo de trabalho de Ourém, constituído por elementos da Câmara Municipal, Insignare, Associação do Centro de Dia da Freguesia de Fátima, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens e Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém -, participou na segunda mobilidade a Pitesti, que decorreu de 25 a 30 de abril, e que teve como principais objetivos o trabalho nas áreas do voluntariado, proteção de menores e educação parental.

Pitest-apresentacao imagem projeto

O Dr. Paulo Fonseca apresenta a imagem do projeto.

Do vasto programa de iniciativas em que a equipa participou, destaque para a visita ao colégio de economia “Maria Teiuleanu”, que desenvolveu a criação de uma Escola de Pais; a participação na campanha de prevenção para o consumo de drogas, que contou com a presença de testemunhos reais e onde os elementos da Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém -, fizeram uma atuação musical; a visita a instituições que acolhem crianças portadoras de deficiência, a partilha de experiências com a ONG “Suporte de Vida”, que tem em curso a criação de uma base de dados dos voluntários de Pitesti, e a visita à Escola de Artes de Pitesti, local onde os alunos da Ourearte participaram num Festival Internacional de Música.

Momento alto da visita foi também a participação no “Tulip Symphony”, um festival de grande importância, dedicado às artes florais, que reuniu delegações de vários países do mundo, com os quais a cidade tem ligações, tais como Portugal, Grécia, Letónia, Filipinas, Holanda, entre outros.

Nesta ocasião, o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, que visita esta cidade pela quinta vez, elogiou “a organização deste evento”, lembrando que “estão a ser dados passos importantes na parceria entre as duas cidades”, tanto ao abrigo do programa Comenius Régio, como também nas “relações económicas que têm vindo a ser criadas”, concretizadas na participação numa reunião com a associação empresarial de Pitesti.

O “balanço francamente positivo” desta mobilidade foi também referido a propósito da receção da equipa na Câmara Municipal de Pitesti, pelo presidente Tudor Pendiuc, que referiu a “excelente relação com Ourém e particularmente com o seu presidente e amigo, Paulo Fonseca”.

Neste contexto foi apresentada a proposta de imagem do projeto que ilustra a ligação entre as duas cidades, que foi acolhida com agrado.

Pitest-disc Paulo Fonseca - Tulip Symphony

A imagem regista o momento em que o Dr. Paulo Fonseca discursava para os presentes.

Deste trabalho salienta-se a reflexão comparativa dos modelos de proteção social das duas regiões, bem como das principais problemáticas que afetam estes territórios. O modelo de intervenção é semelhante, desde as técnicas utilizadas à prestação de serviços e à ação social direta. Todavia o modelo administrativo é distinto, ou seja, há medidas cujo Município tem autonomia financeira para prestar apoio direto, de que é exemplo a prestação pecuniária cujos objetivos são similares ao Rendimento Social de Inserção que, no nosso País, é competência do Ministério do Trabalho e Solidariedade Social.

Como em Portugal, há um grande trabalho nas áreas da economia social, com o recurso às diversas ONG´s e ao apoio de grandes movimentos voluntários, de que é exemplo o trabalho junto da comunidade cigana.

Em junho o Município de Ourém irá receber a equipa de Pitesti para dar continuidade à programação dos trabalhos previstos no projeto.

PITEST~2

O Presidente do Município de Pitesti, sr. Tudor Pendiuc recebe a delegação de Ourém.

PITEST~3

Um momento da visita ao colégio Maria Teiuleanu

PITEST~1

Atuação da Ourearte.



publicado por Carlos Gomes às 13:51
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011
OURÉM RECEBE GRUPO DE TRABALHO DE PITESTI

No âmbito da Projecto Comenius Regio, que resulta da parceria entre os Municípios de Ourém e Pitesti, Escolas e Instituições Particulares de Solidariedade, a Câmara Municipal de Ourém vai receber de 2 a 7 de Outubro a primeira visita do grupo de trabalho de Pitesti.

primaria

A iniciativa inclui reuniões de trabalho da área social, a deslocação a instituição de crianças e jovens e escolas. Estão ainda previstas a visitas a espaços de interesse social, turístico e cultural.

A Sessão de abertura e acolhimento do grupo de trabalho de Pitesti vai ter lugar no próximo dia 3 de Outubro, no auditório do Edifício dos Paços do Concelho e na Tertúlia “Sou Voluntário e ...”, que se realizará no dia 4 de Outubro, às 21h30 na Loja Ponto Já.

Pitesti é um município da Roménia com o qual Ourém celebrou no passado dia 24 de Janeiro um acordo de cooperação destinado a desenvolver acções de aproximação entre os cidadãos e as instituições dos respectivos municípios. O referido acordo foi então assinado pelo Dr. Paulo Fonseca em representação de Ourém e o sr. Tudor Pendiuc, de Pitesti.



publicado por Carlos Gomes às 17:23
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011
OURÉM, A GUAMARINA

Ourém, do Pará, banhada pelo rio Guamá, as suas raízes portuguesas são evocadas através deste vídeo que reproduz a música “Guamarina”, interpretada por Alfredo Reis a quem pertence a sua autoria, com produção e montagem a partir de vídeos sobre Ourém de Arlindo Matos.

Conforme é referido no próprio site oficial do Município de Ourém, do Pará, no Brasil, Ourém foi “Legalmente estabelecido a 11 de outubro de 1.753 pelo governador e Capitão-General do Estado do Grão-Pará e Maranhão, Francisco Xavier de Mendonça Furtado, irmão do Marquês de Pombal, que criou e denominou a Nova Vila de Ourém, repetindo o nome de uma cidade portuguesa, com a intenção de caracterizar a exemplo de outros municípios paraenses, a sujeição colonial portuguesa. Ourém foi o quarto do Estado criado no período colonial, ficando atrás apenas de Cametá (1.635), Belém, a capital, criada em 1.655, e Vigia (1.693).

A curiosidade com o enigmático nome Ourém nos remete para a história de Ourém, lá de Portugal, criada no início do segundo milênio, cerca de quase quatrocentos anos antes do descobrimento do Brasil.

As origens de Ourém remontam ao ano de 1727, quando Luiz de Moura chegou ao local onde hoje se encontra a sede do Município, em terras pertencentes ao município de Belém, e, com recursos próprios, construiu uma casa, que passou a constituir-se no centro de um núcleo populacional.Em 1753, o então governador e capitão-general Francisco Xavier de Mendonça Furtado outorgou ao lugar a categoria de Freguesia, sob a proteção do Divino Espírito Santo, assumindo a denominação de Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Ourém.

Segundo Theodoro Braga e Palma Muniz, no mesmo ano e pelo mesmo ato que a elevou à Freguesia, também teria sido reconhecida sua condição de Vila. Há referências ao fato de que a sua instalação como tal teria acontecido em 29 de maio de 1762, contando-se com a presença do desembargador Feliciano Ramos Nobre Mourão, corregedor da Comarca de Belém. A partir dessa cerimônia, o Município passou a ser reconhecido com o nome de Ourém. Sua primeira Câmara Municipal foi formada por dois juízes ordinários, dois vereadores e um procurador.”

Fonte: http://municipiodeourem.com.br/

 



publicado por Carlos Gomes às 00:01
link do post | favorito
|

Sábado, 19 de Fevereiro de 2011
MONAPO: MUNICÍPIO MOÇAMBICANO GEMINADO COM OURÉM

monapo 

Foto: http://www.progov.org.mz/pt/monapo.php

 

Monapo é um município de Moçambique geminado com Ourém desde 6 de Junho de 2001. Situado a Este da Província de Nampula, limitado a norte pela região de Naquite, onde começa a reserva florestal Maziotela, a Sul pelo rio Ampuesse e a este pelo rio Namirucuruco que por sua vez limita com o Distrito de mossuril e a Oeste pela região de Evate-Carapira. Nacala, conhecida pelo seu porto, dista 65 quilómetros de Monapo.

No seguimento da geminação celebrada com Ourém, foi firmado um acordo de cooperação que se traduziu na elaboração de um furo de água, tendo sido enviado apoio monetário que possibilitou a partir de então o abastecimento de água à população local, a qual até então era servida de água de má qualidade captada á superfície.

Em 2007, Ourém recebeu uma comitiva proveniente de Monapo, dirigida pelo respectivo Presidente do Conselho Municipal, a qual efectuou diversas visitas ao concelho e a algumas empresas a fim de conhecer a nossa realidade e dar a conhecer Monapo e as suas potencialidades. Em 2009, Ourém recebeu a visita do Presidente daquele município moçambicano, Sr. João Luís, que também se inteirou da realidade do Concelho de Ourém.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:10
link do post | favorito
|

Domingo, 30 de Janeiro de 2011
SÃO FILIPE: MUNICÍPIO DE CABO VERDE GEMINADO COM OURÉM

Ourém é geminado com São Filipe desde 30 de Abril de 1999. Com cerca de vinte e sete mil habitantes, o município cabo-verdiano situa-se na Ilha do Fogo, a sessenta milhas náuticas da Cidade da Praia ou seja, a capital do país.

São Filipe

Foto: http://www.sao-filipe.com/html/sao_filipe_vp.html

Trata-se do aglomerado populacional mais antigo de Cabo Verde, depois da ruína da Ribeira Grande, actual Cidade Velha, na ilha de Santiago. A sua fundação e povoamento ocorreram apenas um quarto de século depois do descobrimento de Cabo Verde pelos portugueses, em 1460. A sua elevação à categoria de cidade ocorreu em 12 de Junho de 1922.

Entre outros motivos de interesse, São Filipe possui o vulcão com mais de 2829 metros de altitude, a paisagem lunar de Chã das Caldeiras, a praia de areia preta, a Igreja Matriz de S. Filipe e S. Lourenço e a Capela da Nossa Senhora do Socorro, os cemitérios do “branco rico e preto pobre” e ainda os magníficos miradouros e as deslumbrantes paisagens naturais como a Ribeira Filipe, Estância Roque, Ilhéu de Contenda, grutas de cabeça do Monte e de Achada Furna e a paisagem de volta-volta que liga o Concelho de S. Filipe ao dos Mosteiros.

Após a proclamação da independência de Cabo Verde em 1975, a Alemanha tem constituído um dos mais importantes parceiros de desenvolvimento com aquele país, sendo visível a sua presença no município de São Filipe.

Entre as iniciativas realizadas pelo Município de Ourém a favor de São Filipe, há a referir as seguintes:

Junho 1994 – Realização, por parte da CMO, de Campanha de Solidariedade para reduzir as dificuldades da população do concelho de São Filipe.

Agosto 1995 – Atribuição bolsa de estudo a dois jovens para frequência da EPO;

Abril 1999 - Envio de material diverso (postes de telefone, caixas de livros, caixas com contadores eléctricos, brinquedos e roupas;

Julho 2000 – Envio de material de construção;

Outubro 2000 – Atribuição subsídio no valor de 1 milhão de escudos à AMI, para apoio à população de São Filipe;

Dezembro 2000 – Envio de material diverso para o grupo “PEDAC” da Escola Eugénio Tavares;

Dezembro 2001 – Envio de material diverso;

Maio 2002 – Participação de jovem cantor no Festival de Música Inter-Escolas;

Novembro 2003 – Apoio na frequência de uma jovem de São Filipe na EPO;

Fevereiro 2004 – Projecto de intercâmbio escolar desenvolvido pelo Agrupamento de Escolas do Olival (envio de material diverso);

2004 – Deslocação de comitiva de S. Filipe a Ourém, no âmbito da educação (em colaboração com o Agrupamento de Escolas do Olival;

Julho 2004 – Realização de Noite de Fados a favor da AMI (para apoio à população de S. Filipe);

2006 – Apoio monetário de 2.500 Euros em colaboração com a ANMP, para investimento no projecto de levantamento aero-fotogramétrico de Cabo Verde – 2ª fase Cartografia Digital.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:18
link do post | favorito
|

Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011
PITESTI DIVULGA ACORDO COM OURÉM

capture1

O Acordo de Cooperação ontem celebrado entre Ourém e Pitesti já se encontra em divulgação no site do município romeno, o qual inclui diversas imagens da cerimónia.

Tratando-se de uma língua latina cuja leitura não é particularmente difícil de fazer, transcreve-se seguidamente o comunicado de imprensa ali publicado… em romeno!

 

Astăzi 24.01.2011 la Primăria Municipiului Ourem din Portugalia, domnul Tudor Pendiuc, Primarul Municipiului Piteşti şi domnul Paulo Fonseca, Primarul Municipiului Ourem, au semnat în cadrul unei Şedinţe Festive a Consiliului Local, Acordul de Cooperare dintre Municipiile Piteşti şi Ourem.

Prin identificarea oportunităţilor în domeniile economic, cultural, social, educaţional şi sportiv, precum şi în cel al dezvoltării democratice, Acordul de Cooperare reprezinta baza unei mai bune cunoaşteri a modului de viaţă şi a tradiţiilor locuitorilor lor, în vederea găsirii unor elemente comune care să conducă la apropierea acestor municipii.

Astfel s-a convenit ca în conditii de reciprocitate, să fie iniţiate schimburi de experienţă şi parteneriate în următoarele domenii:

a)managementul administraţiei publice, servicii sociale, urbanism;

b)învăţământ, tineret, cultură, sport şi turism;

c)dezvoltare durabilă, protecţia mediului şi afaceri.

Prezentul Acord de Cooperare intră în vigoare la data semnării de către cele două municipii şi se încheie pentru o perioadă de 4 ani.



publicado por Carlos Gomes às 16:17
link do post | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011
OURÉM E PITESTI ASSINAM ACORDO DE COOPERAÇÃO

Os municípios de Ourém e Pitesti, da Roménia, celebraram hoje um acordo de cooperação destinado a desenvolver acções de aproximação entre os cidadãos e as instituições. A cerimónia decorreu no auditório do edifício dos Paços do Concelho, tendo o acordo sido assinado pelos respectivos presidentes, Dr. Paulo Fonseca em representação de Ourém e o sr. Tudor Pendiuc, de Pitesti.

24_01_2011_CMO_pitesti 016

Salientando a importância do acordo celebrado entre ambas as entidades, o Dr. Paulo Fonseca salientou que, “apesar da crise que atravessamos, é em momentos de transição que temos de ter a capacidade para semear. Estou convencido que esta "sementeira" dará frutos saborosos e flores aromáticas, e aqui refiro as flores pelo facto de Pitesti ter um evento internacional que é uma grande mostra de flores", explicou. O presidente do Município de Ourém salientou a amizade que o une a Tudor Pendiuc e fez votos para que essa "amizade pessoal se estenda aos povos de Ourém e Pitesti".

Por sua vez, o Presidente da Câmara Municipal de Pitesti, sr. Tudor Pendiuc disse ser "uma grande honra estar em Ourém neste momento em que celebramos um acordo de cooperação entre os dois municípios. Que este seja um ponto de partida e que este acordo continue para além de nós, por muitos anos e que os cidadãos dos dois municípios possam beneficiar deste nosso acordo".

A comitiva romena encontra-se, desde o dia 22 de Janeiro, no município de Ourém e do programa fizeram parte visitas a lugares históricos e de referência do município de Ourém, nomeadamente o Centro Histórico e o Santuário de Fátima.

Após a assinatura do acordo seguiu-se uma visita à Insignare, onde Francisco Vieira apresentou esta instituição e manifestou total disponibilidade para cooperar com o Município de Pitesti.

Da parte da tarde realizaram-se encontros com empresários do concelho e visita a algumas empresas e instituições culturais.

Do programa constou ainda a realização de um jantar com membros da Câmara Municipal de Ourém e representantes de diversas entidades e instituições do concelho.

Transcreve-se seguidamente os termos do acordo de cooperação agora celebrado entre os municípios de Ourém e Pitesti:

 

Acordo de Cooperação

Município de Pitesti (Roménia) e Município de Ourém (Portugal)

Os municípios de Pitesti e de Ourém, considerando os laços históricos, económicos, sociais, culturais e de amizade que unem os dois povos e tendo em conta a vontade de ambas as partes de aprofundarem, revitalizarem e ampliarem esse relacionamento, fomentando formas de colaboração nos mais diversos domínios de interesse comum, pretendem celebrar um acordo de cooperação, acordo esse que se destina a desenvolver acções de aproximação entre os cidadãos e as instituições e que tem por objectivo o seguinte:

PRIMEIRO

Estabelecer as formas de cooperação entre o município de Pitesti e o município de Ourém, com vista a empreender um conjunto de acções de cooperação.

SEGUNDO

As acções de cooperação a empreender inserir-se-ão nos domínios que se referem a seguir, sem prejuízo de outros que, de futuro, se venham a definir.

 

 

  • Administração e Gestão Municipal
  • Urbanização
  • Saúde
  • Educação
  • Cultura
  • Desporto
  • Desenvolvimento Sustentável
  • Protecção Ambiental
  • Turismo
  • Juventude

 

TERCEIRO

Para a prossecução destes objectivos os dois municípios propõem-se desenvolver acções concretas de intercâmbio apoiando visitas mútuas de crianças e jovens, bem como de coros amadores e profissionais, técnicos e outros.

QUARTO

As duas partes facilitarão e encorajarão a cooperação e o intercâmbio entre colectividades, cooperativas, empresas, associações e outras expressões organizativas da sociedade civil dos dois municípios.

QUINTO

O financiamento e a coordenação dos vários projectos de cooperação serão fixados em programas específicos, caso a caso, procurando-se prioritariamente atrair apoios exteriores aos municípios.

SEXTO

A cooperação entre o município de Pitesti e o município de Ourém, podendo versar domínios diversos, deverá procurar aprofundar modalidades coerentes de cooperação na base de projectos devidamente identificados e coordenados pelos presidentes dos respectivos municípios.

SÉTIMO

O presente protocolo só será válido após a sua assinatura, por ambas as partes, durante um período de 4 (quatro) anos e entra em vigor após a sua assinatura. A sua renovação será automática e por períodos de tempo equivalentes. A sua denúncia deverá ser efectuada por escrito e com um mês de antecedência.

OITAVO

Assinado em Ourém, em 3 (três) exemplares, cada um deles com o mesmo significado, nas línguas Portuguesa, Romena e Inglesa. Em caso de dúvida prevalece a versão inglesa.

Ourém, 24 de Janeiro de 2011                                                                     



publicado por Carlos Gomes às 18:16
link do post | favorito
|

Domingo, 23 de Janeiro de 2011
OURÉM GEMINA-SE COM PITESTI

O Município de Ourém vai geminar-se com a cidade de Pitesti, município romeno da região da Valáquia situada junto ao Rio Arges. A cerimónia da assinatura do Acordo de Cooperação tem lugar amanhã, dia 24 de Janeiro, às 11horas, no auditório do Edifício dos Paços do Concelho.

primaria

A representação do município romeno chegou ontem a Ourém, devendo hoje visitar na companhia do Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Paulo Fonseca, uma mesa de voto em funcionamento para a eleição do Presidente da República.

Para amanhã, dia 24 de Janeiro, está programada uma visita do presidente do município de Pitesti juntamente com a sua comitiva à Escola profissional INSIGNARE (Fátima), ao castelo de Ourém, à empresa RVU e à Ourearte.

Pitesti constitui um importante pólo comercial e industrial da Roménia com destaque para a indústria de petroquímica e automóvel, produzindo os automóveis Dacia, uma empresa concessionária da Renault. Desde a sua entrada em funcionamento em 1968 até 2004, esta empresa fabricou as viaturas segundo o modelo do Renault 12. Actualmente é responsável pela produção da Dacia Logan berline e MCV (Multi Convivial Vehicle).

Nas colinas que se erguem em redor da cidade são também produzidos excelentes vinhos e outras bebidas espirituosas de que se destaca a famosa “tuica de Pitesti”.

No que se relaciona com o espaço da lusofonia, Pitesti mantém acordos de geminação com Cabinda e a Província do Zaire, em Angola.

pitestiFromHoel_06

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011
OURÉM GEMINA-SE COM MUNICÍPIO DA ROMÉNIA

3353810-city_center-Pitesti

O Município de Ourém vai geminar-se com a cidade de Pitesti, município romeno da região da Valáquia situada junto ao Rio Arges. A cerimónia da assinatura do Acordo de Cooperação que contará com a presença do presidente do município romeno, vai ter lugar no próximo dia 24 de Janeiro, às 11horas, no auditório do Edifício dos Paços do Concelho. Ascerimónias decorrerão de acordo com o seguinte programa.

Sábado, dia 22 de Janeiro

Chegada da comitiva

Domingo, dia 23 de Janeiro

10h30 – Visita a uma mesa de voto com o Presidente da Câmara de Ourém, Dr. Paulo Fonseca

Segunda-feira, dia 24 de Janeiro

11h00 – Assinatura de Acordo de Cooperação

12h00 Briefing sobre a Escola profissional INSIGNARE (Fátima)

15h00 – Visita ao castelo de Ourém

16h00- Visita à empresa RVU

17h00 – Visita à Ourearte

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 18:37
link do post | favorito
|

Domingo, 16 de Janeiro de 2011
LE PLESSIS-TRÉVISE: CIDADE FRANCESA GEMINADA COM OURÉM

Em 13 de Junho de 1992, o Dr. David Catarino na qualidade de Presidente da Câmara Municipal de Ourém e Jean-Jacques Jégou, Maire de Plessis-Trévise assinaram em Ourém o acordo de geminação entre ambas as cidades. No ano seguinte, o mesmo acordo viria a ser novamente assinado em cerimónia que decorreu naquela cidade francesa.

Pléssis-Trévise 

Foto: http://ca.wikipedia.org/wiki/Le_Plessis-Tr%C3%A9vise

 

Situada no Val-de-Marne, a escassos dezassete quilómetros a este de Paris, Le Plessis-Trévise é uma cidade com perto de dezoito mil habitantes, devendo a sua designação ao Marechal Mortier, Duque de Trévise. Em 1812, o Duque adquiriu, por adjudicação, um castelo com domínios localizado num lugarejo chamado Le Plessis-Lalande, o qual se encontrava sob a dependência da câmara de Villiers-sur-Marne. O Duque de Trévise morreu em 1835, vítima de um atentado perpetrado durante a sua deslocação a um encontro com o Rei Louis Philippe. A propriedade “La Lande” passou a ser gerida pela sua esposa “La Maréchale” que a administrou até à sua morte, em 1855. Foi então adquirida por um homem de negócios parisiense, Jean Augustin Ardouin, o qual adquiriu as terras, em parte para um tenor de ópera – Gustave Roger –, que conserva o castelo e suas dependências e para ele próprio, interessado pelas terras e pelos bosques.

A maior parte das terras, divididas em lotes, foi revendida aos burgueses e comerciantes parisienses que aí construíram segundas habitações.

Para além do Duque de Trévise existe uma personalidade que ficará para sempre na história da cidade: O Abade Pierre. O encontro entre ele e a cidade remonta a 1954. Nesse ano o inverno foi muito rigoroso, tendo o Abade lançado um apelo a todos os franceses para que ajudassem os sem-abrigo. Movidos por esta voz sincera e convincente, os jornais da época divulgaram amplamente esta informação. A primeira cidade construída para acolher as famílias em apuros foi construída no Pléssis-Trévise. Após este acontecimento, a população da cidade duplicou e a comunidade Emaús tornou-se célebre por toda a França.

Le Plessis-Trévise possui um valioso património do qual destacamos o “Château dês Tourelles”, espaço renovado recentemente e que funciona como local de realização de exposições de pinturas e escultura, o conservatório de música situado no parque Mansart e a Villa Sans Gene”, propriedade da Associação Emaús fundada pelo Padre Pierre.

A cidade possui inúmeros parques e espaços verdes que proporcionam aos visitantes passeios agradáveis e uma actividade associativa e cultural intensa. Em 16 de Dezembro de 1999, a cidade de Le Plessis-Trévise passou a pertencer à comunidade urbana do Haut Val-de-Marne, da qual fazem parte as câmaras de Sucy-en-Brie, La Queue-en-Brie, Chennevières-sur-Marne, Ormesson-sur-Marne, Noiseau et Boissy-Saint-Léger.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:14
link do post | favorito
|

Domingo, 9 de Janeiro de 2011
CZESTOCHOWA: CIDADE POLACA GEMINADA COM OURÉM

Em 13 de Maio de 1997, o então Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. David Pereira Catarino, a Presidente da Câmara de Czestochowa, Halina Rozpondek e o Presidente da Junta de Freguesia de Fátima, à altura o Dr. Vítor Frazão, assinaram em Fátima o acordo de geminação entre ambas as cidades.

polonia

Foto: http://www.excitingkrakow.com/15,czestochowa-tours.html

 

Czestochowa é uma cidade com perto de duzentos e cinquenta mil habitantes, situada no Estado da Voivodia Silésia, nas margens do rio Varta, na Polónia. Fundada no século XI, é conhecida pelo famoso mosteiro Jasna Góra, o qual alberga o célebre quadro da Virgem Negra. Este local de culto Mariano é visitado anualmente por milhares de peregrinos. Compreende-se, pois, as afinidades de Czestochowa com a cidade de Fátima, no Concelho de Ourém.

Em 1382 o mosteiro paulista de Jasna Gora foi fundado por Wladyslaw Opolczyk. Dois anos depois o mosteiro recebeu o famoso ícone da Virgem Negra tendo-se tornado nos anos seguintes um centro de peregrinação, o que contribuiu para o desenvolvimento da cidade adjacente.

No século XVII o mosteiro foi transformado em fortaleza, tendo funcionado como um dos pólos da resistência polaca na luta contra os exércitos suecos, em 1655.

Durante a I Guerra Mundial a cidade foi ocupada pelos alemães e em 1918 fez parte da recém-renascida República da Polónia. Este novo Estado passou a adquirir grandes quantidades de ferrro na Silésia, o que fez com que as minas em Czestochowa fechassem. Este procedimento fez com que o período de prosperidade acabasse. Durante esse período o bispado foi recolocado na cidade.

Após a guerra de 1939 a cidade foi ocupada pela alemanha nazi que renomeou a cidade com o nome Tschenstochau e incluiu-a no governo geral. Os nazis foram para Czestochowa a 3 de Setembro de 1939, dois dias após a invasão da Polónia. No dia seguinte, que ficou conhecido pela Segunda-feira Sangrenta, foram assassinados pelos alemães cerca de 150 judeus. Em Abril de 1941, foi criado o gueto para os judeus. Durante a II Guerra Mundial, foram assassinados cerca de 45 000 judeus de Czestochowa, o equivalente à quase totalidade da comunidade que então vivia na cidade. Antes da guerra, Czestochowa era considerada um grande centro judeu na Polónia.

A cidade foi libertada pelo Exército Vermelho em 16 de Janeiro de 1945.

Após uma série de visitas por parte do Papa João Paulo II, também ele polaco, recentemente recebeu a visita do Papa Bento XVI.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:28
link do post | favorito
|

Domingo, 2 de Janeiro de 2011
ALTÖTTING: MUNICÍPIO BÁVARO GEMINADO COM OURÉM

O estabelecimento de protocolos de geminação visa o estabelecimento de laços culturais, partilha de conhecimentos, entreajuda e criar laços de cooperação económica e social. Frequentemente, a geminação fundamenta-se em afinidades históricas ou sociais como sucede com a cidade Le Plessis-Trévise onde existe uma comunidade oureense bastante representativa.

O Município de Ourém encontra-se geminado com cinco municípios, três dos quais situados na Europa e dois em África, correspondendo estes a países africanos de expressão oficial portuguesa. Os municípios com os quais Ourém mantém protocolos de geminação são a cidade alemã de Altötting, a cidade francesa de Le Plessis-Trévise, a cidade polaca Czestochowa, São Filipe em Cabo Verde e Monapo, em Moçambique.

Em nossa opinião, por razões históricas justificar-se-ia a geminação com Ourém, do Pará, no Brasil, com Goa e porventura com a cidade argelina de Orão de onde se terá originado o topónimo Ourém. Porém, a não ser que não venham a ter consequências práticas, estas iniciativas implicam naturalmente gastos que a actual situação financeira do país desaconselha.

Enquanto não é possível promover tal aproximação, o AUREN faz uma breve apresentação dos municípios que se encontram geminados com Ourém.

baviera

Foto: http://www.fotocommunity.de/pc/pc/display/15262830

O acordo de geminação com a cidade alemã de Altötting é um dos mais recentes celebrados pelo Município de Ourém. Foi assinado em Fátima, no centro Paulo VI, em 5 de Junho de 2009, pelo então Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Dr. Vítor Frazão, pelo Presidente da Câmara de Altötting, Herbert Hofhauer e ainda pelo Presidente da Junta de Freguesia de Fátima.

Altötting é uma pequena cidade da Baviera com perto de treze mil habitantes, sendo a capital do distrito com o mesmo nome. É famosa pela existência da Capela da Imagem Miraculosa (Gnadenkapelle), um dos Santuários mais visitados em toda a Alemanha. Esta pequena capela octogonal alberga uma imagem muito venerada da Virgem Maria. De acordo com a lenda, em 1489, um rapaz de três anos afogou-se no rio local. A sua mãe, devastada pelo desgosto, terá colocado o seu corpo defronte da estátua de madeira da Virgem, que se encontrava num altar, tendo o menino despertado. As notícias sobre o milagre espalharam-se rapidamente e a capela foi de imediato alargada com a construção de uma nave e uma passadeira coberta.

De acordo com a tradição bávara, o coração do seu rei deve ser colocado numa urna e guardado nesta capela. O coração do Rei Ludovico II da Baviera, o construtor do castelo Neuschwanstein, encontra-se nesta capela, junto do dos seus avós e pai.

Durante o período Carlovingian existiu um palácio real em Altötting. O rei Carloman mandou construir um mosteiro beneditino em 876, cujo primeiro abade foi Werinolf, e também uma basílica em homenagem ao apóstolo São Filipe. Em 907, o rei Luís ofereceu a abadia, in commendam, ao Bispo de Passau (903-915). Em 910 os húngaros saquearam e incendiaram a igreja e abadia.

Em 1228 o Duque Luís I da Baviera reconstruiu ambas e pôs como responsáveis 12 Agostinianos e um Reitor. Os Agostinianos ali permaneceram até à secularização dos mosteiros bávaros, em 1803.

Outros pontos arquitectónicos existentes na cidade considerados de grande interesse são as torres gémeas Stiftskirche, uma igreja gótica erigida no início do século XVI de modo a poder corresponder à afluência crescente de peregrinos, e a enorme basílica neo-barroca, construída no início do século XX.

O Presépio mecânico, situado junto da praça da capela, constitui uma das principais atracções locais. Numa área de cerca de 25 m2 encontram-se representadas 130 figuras de madeira que se movem electronicamente. Construídas entre 1926 e 1928, as figuras baseiam-se no nascimento de Cristo e em cenas de Belém.

Um dos monumentos mais valiosos de Altötting constitui o Cofre do Tesouro da Capela Sagrada. 

Desde o despertar das peregrinações, em 1489, têm vindo a ser doados muitas peças valiosas. Ao visitar o cofre do tesouro ficará surpreendido com a valiosa e interessante colecção de peças litúrgicas, joalharia e recordações. O tesouro alberga, desde 1510, ofertas valiosas doadas por pessoas ricas. Apesar disso muitos dos valiosos tesouros foram recolhidos pelo governo. Para além das peças de joalharia, relicários, cálices e custódias preciosos e uma colecção valiosa de rosários, os visitantes podem também encontrar alguns itens artísticos valiosos. Entre estes destaca-se em primeiro lugar a “Füll Cross”, uma peça que pertencia à família Füll, de Munique e que é composta por um precioso corpo de marfim trabalhado e por uma pintura num fundo lápis-lazúli onde é retratado o Ciclo da Paixão.

A peça mais extraordinária existente no cofre do tesouro é o “Golden Rössi”, um altar de 62 cm de altura, revestido a ouro e prata dourada e com figuras douradas revestidas a esmalte branco e com cores diferentes. Esta peça foi criada em 1404 em Paris onde, naquela época, esta arte atingia o seu auge.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:10
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010
OURÉM MOSTRA PRODUTOS TRADICIONAIS EM FRANÇA

Os nossos produtos tradicionais estiveram presentes na Feira de Natal que o Club Robert Shuman levou a efeito no início deste mês em Le Plessis-Trévise, cidade geminada com Ourém. Tratou-se de uma exposição e venda de cabazes com produtos típicos do nosso Concelho que foram enviados pela AmbiOurém. Naquele certame, esteve presente o sr. Laurentino Vieira em representação do Concelho de Ourém.

Por seu turno, também o Presidente da VitiOurém, sr. André Gomes Pereira, participou naquele evento com o propósito de encetar contactos com vista ao estreitamento de relações comerciais entre as duas cidades.

Cada vez mais, os produtos típicos da nossa região constituem os melhores embaixadores a promover o Concelho de Ourém aquém e além fronteiras. Importa, pois, começarmos também nós por dar preferência às nossas especialidades e contribuirmos para a sua divulgação.

IMG_1834

Na imagem vemos Maria Fernanda Vieira, Monique Marechal (Presidente do Club Robert Shuman), o Presidente da VitiOurém, sr. André Gomes Pereira e Laurentino Gomes Vieira, da AmbiOurém.

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 19:04
link do post | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2010
Um olhar por S. Filipe
Ourém solidária com Cabo Verde
Ourém vai enviar para o município de S. Filipe, em Cabo Verde, um carregamento de donativos em material escolar, peças de roupa e calçado, o qual será efectuado no próximo dia 7 de Dezembro, pelas 9 horas, na Escola E/B1 de Louçãs, prevendo-se a chegada do contentor ao destino no próximo dia 17 de Dezembro.
Esta iniciativa insere-se no âmbito da política externa de solidariedade desenvolvida pelo Município de Ourém junto dos Municípios com os quais mantém protocolos de geminação. A campanha, designada por "Um olhar por S. Filipe" realizou-se durante o passado mês de Setembro e permitiu recolher vestuário cedido por um estabelecimento comercial à Conferência de S. Vicente de Paulo, material e livros escolares cedidos pelos cidadãos. Estes donativos vão ser enviados para Cabo Verde com a colaboração da empresa Recepção, Valorização de Resíduos (RVU).
Pretende-se com esta iniciativa proporcionar à população de S. Filipe e em particular às crianças e respectivas famílias, apoio no âmbito da acção social escolar, contribuindo deste modo para a melhoria das suas condições de vida, promovendo simultaneamente a interculturalidade.
No acto do envio estarão presentes o José Alho, José Fernandes, Ana Alves Monteiro, Tânia Graça e Alexandra Barroso em representação da Câmara Municipal de Ourém, Armando Pereira Gonçalves e Fernando José Pinheiro e Sousa pela Conferência de S. Vicente de Paulo e Manuel Marques da empresa RVU. O material a ser enviado é o seguinte:
Total material escolar=1727
Total peças roupa/calçado=4808
Total de artigos=6535
Total de Caixas: 81
 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 19:00
link do post | favorito
|

Terça-feira, 30 de Novembro de 2010
Ourém em Le Plessis-Trevise

O município francês de Le Plessis Trevisse, geminado com Ourém, apresenta no seu site oficial a seguinte referência ao nosso Concelho.

Le Plessis Trevise

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:37
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010
OURÉM E LE PLESSIS-TRÉVISE UNIDOS PELO AMBIENTE

O Dr. José Alho, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ourém, deslocou-se no passado fim-de-semana a França para participar nas Jornadas do Ambiente que tiveram lugar em Le Plessis-Trévise, município com o qual Ourém possui um Protocolo de Geminação. Nas referidas Jornadas, o Dr. José Alho fez uma apresentação subordinada tema “Concretizar o desenvolvimento Sustentável valorizando o território e as pessoas: o caso de Ourém”, palestra que foi acompanhada de uma exposição sobre Ourém que se encontra patente ao público, naquele local, durante a corrente semana.

França

Para além do município de Ourém, participaram ainda nas referidas Jornadas do Ambiente representantes de Wagrowiec (Polónia) e Burladingen (Alemanha), cidades também geminadas com aquele município francês.

De Ourém, o Dr. José Alho levou consigo um loureiro que, juntamente com outras árvores oferecidas pelos outros municípios participantes, foi plantado num jardim pedagógico local pelos alunos que integram o Conselho Municipal de Juventude. Para além do loureiro, entregou um conjunto de sementes que, simbolicamente, representam as relações existentes entre as cidades e os respectivos cidadãos. Ourém e Le Plésis-Trévise ficaram assim mais unidos pelo Ambiente!

frança

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:04
link do post | favorito
|

Geminação de Biodiversidade

O Loureiro, Laurus nobilis, da família Lauraceae, é uma árvore de folha persistente, espontânea em Portugal. O seu crescimento é lento, pelo que é mais frequente encontrá-lo na forma arbustiva.

 Pode atingir uma altura de 20 metros - o que equivale grosso modo a sete andares! - e é característico de matas, lugares sombrios e margens de cursos de água. Para além da sua utilização culinária, esta planta é apreciada como ornamental, pela folhagem aromática, persistente e verde-escura e pelo porte denso e compacto.

O Loureiro é uma das plantas mais simbólicas do Mediterrâneo, pelo menos desde a Antiguidade Clássica, e uma das que se utilizam tradicionalmente (a par da Palmeira e da Oliveira) nas celebrações cristãs do Domingo de Ramos, no início da Semana Santa.

Em Ourém, existem exemplares muito interessantes desta espécie, distribuídos na encosta a norte do morro do Castelo. Por isso, oferecemos simbolicamente um exemplar desta espécie, como expressão da nossa paisagem e da nossa identidade influenciadas pelo Mediterrâneo, mas também para manifestar a nossa ligação cultural e a amizade com Plessis-Trevise.

O conjunto de sementes que partilhamos com os outros convidados representam a nossa diversidade biológica e o forte empenhamento em que a dinâmica da nossa geminação crie raízes e floresça na alegria e no colorido do nosso convívio de cidadãos europeus.

No Ano Internacional da Biodiversidade este intercâmbio reveste-se de uma importância acrescida, enquanto instrumento de sensibilização de jovens e adultos para os desafios do desenvolvimento sustentável.

José Manuel Alho

Vice-Presidente

Câmara Municipal de Ourém

loureiro

 

citações: http://o.castelo.vai.nu/miradouro/



publicado por Carlos Gomes às 00:02
link do post | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010
Ourém do Pará evoca Ourém portuguesa
A propósito das afinidades históricas e culturais que unem o Concelho de Ourém com o município de Ourém, do Pará, no Brasil, transcreve-se um artigo publicado no jornal "Diário do Pará" do passado dia 26 de Julho de 2010.
OurémPA
Vista panorâmica de Ourém, do Pará, no Brasil
 
Alfredo Reis enaltece o município no II Festival de Música Popular Paraense

 

Com uma mistura de referências visuais e musicais, Alfredo Reis compôs “Guamarina”, especialmente para concorrer ao II Festival de Música Popular Paraense. A canção é uma homenagem ao município de Ourém, localizado no Nordeste do Estado. Na letra, o compositor faz alusão aos rios, igarapés, cachoeiras; às influências portuguesas, às referências brasileiras. Decidiu unir a Ourém do país colonizado com Ourém do país colonizador em forma de composição musical.
Ele explica que a música foi produzida a partir de pesquisas da história do município de Ourém e das sonoridades comuns da região. “Ela se chama ‘Guamarina’ pois é o nome da região em que o município fica localizado. É uma cidade antiga, com muitos costumes portugueses. Fui estudando um pouco o município para falar da sua história”, diz. A canção, que começa suave e vai mostrando vigor, é um fado – gênero típico de Portugal – com toques de xote de Bragança.
Não é originalmente um fadista e por isso mesmo decidiu romper com preceitos tradicionais, com a inclusão de sons regionais na composição que concorre ao grande prêmio. “Fomos juntando os ritmos e fazendo os arranjos”, conta. Conhecido por participar e por ser vencedor de diversos festivais de música – como o Festival da Canção Paraense, da Secult; o Fecam, de Marabá e o Fecani, de Itacoatiara, no Amazonas – Alfredo diz que busca mesmo produzir canções com apelo regional que se diferenciem das demais. “Procuro fusões musicais, textos diferentes. Música para festival tem que ter novidade”, diz.
E é justamente para não cair no lugar-comum que Alfredo decidiu ousar. Costuma usar a identidade amazônica ao seu favor. “Procuro fazer uma letra que não seja o açaí com mingau. Mas falo da realidade amazônica cotidiana, expressiva”, diz. “A música é simples e bonita. Não adianta usar muita intelectualidade, palavras difíceis. Tem que ser melodiosa, para entrar logo no ouvido e quando a gente vê, o refrão já está sendo cantado”, opina. “É como dizia o velho mestre Waldemar Herique: ‘É difícil fazer fácil”, conclui, sem delongas.

CORAÇÃO DE PAI
A filha de Alfredo, a cantora Nanna Reis, também participa do Festival. Ela é a intérpre- ROGÉRIO UCHÔA Alfredo Reis canta a composição “Guamarina” em ritmo de fado te da música “Iluminada”, de Tynnoko Costa. E na hora em que a filha subir no palco, o coração de pai vai falar mais alto. “Confesso que também estou torcendo para a minha filha”, diz. (Diário do Pará)

GUAMARINA
(AlfredoReis)

A lua espelha o rio centelha nos pedrais
Acende uma saudade que te traz
Tão lusa amor em mim
Aos pés da Conceição
Beijo de moça com pupunha e mel
Banho de estrelas no gomo do céu
Da minha aldeia
Que vejo açoreana
Filha dos Tembés
Nas cores do azulejo da janela
Cunha da mãe do rio
Sinhá meiga donzela
Dos verdes prados desta terra
Água doce cristalina
Pedra branca pequenina
Canoa no quintal da lua cheia
Estalando na fogueira
Fruta do mato e peixe no jirau
A dança no beiral das canaranas
Rede em remanso no espinhel da correnteza
Aos fundos de uma casa portuguesa
Vai Guamarina flor do rio
Oureana do além mar
Perfumando as cachoeiras
As águas do Guamá

 



publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010
Hino de Ourém... do Pará!
As origens do município de Ourém, do Estado do Pará encontram-se intimamente ligadas à cidade de Ourém da mesma forma que também as duas nações - Portugal e o Brasil - partilham um passado comum e estão predestinadas a caminhar juntas no futuro. Ourém, de Portugal e Ourém do Pará são, pois, dois municípios irmãos que ainda não estão geminados mas que possuem todos os motivos para que venham a estreitar as relações entre si. E, fazendo jus para que isso venha um dia a concretizar-se, aqui se reproduz o Hino de Ourém... do Pará! 

 

 

Ergamos nossa bandeira
Que a Pátria inteira
Liberta está
Levemos longe a grandeza
Que a Natureza
Deu ao Pará
 
Acorda povo de Ourém
Tu tens também
Que despertar
Para num vôo seguro
Ir no futuro
Troféus buscar
 
No seio ubérrimo da terra
Onde se encerra
Uma riqueza natural
Há-de brotar o elemento
Para o incremente
e um progresso perenal
 
As nossas forças agregadas
E aplicadas
essa obra hão-de fazer
De Ourém um nome fulgurante
Que lá distante
lguma coisa há-de valer
De Ourém un nome fulgurante
Que lá distante
lguma coisa há-de val
 
Da Pátria o Libertador
Não sabe que nós tambem
Lhe damos o nosso amor
Pela redenção deste nosso Ourém
 
Erguendo nossa bandeira
Cantemos como ninguém
O hino à nação inteira
Dizendo alto: Ourém! Ourém!
O hino à nação inteira
Dizendo alto: Ourém! Ourém!
 
Autor da letra e música: João Gualberto Alves de Campos
 


publicado por Carlos Gomes às 00:05
link do post | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

GEMINAÇÃO UNE OURÉM E LOU...

OURÉM-FÁTIMA (PORTUGAL) E...

BARUERI (BRASIL) – FÁTIMA...

OURÉM E LOURDES SÃO CIDAD...

OURÉM E LOURDES (FRANÇA) ...

OURÉM E LOURDES CELEBRAM ...

OURÉM GEMINA-SE COM LOURD...

AUTARCAS DE MONAPO DESAFI...

DELEGAÇÃO POLACA DE COMEN...

OURÉM DESLOCA-SE A CZESTO...

OURÉM E CZESTOCHOWA REALI...

OURÉM RECEBE COMITIVA DE ...

OURÉM RECEBE COMITIVA EM ...

OURÉM E LE PLESSIS TRÉVIS...

OURÉM CELEBRA DIA DO MUNI...

OURÉM ACOLHE CIDADES GEMI...

OURÉM DÁ CONTINUIDADE AO ...

OURÉM RECEBE GRUPO DE TRA...

OURÉM, A GUAMARINA

MONAPO: MUNICÍPIO MOÇAMBI...

SÃO FILIPE: MUNICÍPIO DE ...

PITESTI DIVULGA ACORDO CO...

OURÉM E PITESTI ASSINAM A...

OURÉM GEMINA-SE COM PITES...

OURÉM GEMINA-SE COM MUNIC...

LE PLESSIS-TRÉVISE: CIDAD...

CZESTOCHOWA: CIDADE POLAC...

ALTÖTTING: MUNICÍPIO BÁVA...

OURÉM MOSTRA PRODUTOS TRA...

Um olhar por S. Filipe

Ourém em Le Plessis-Trevi...

OURÉM E LE PLESSIS-TRÉVIS...

Geminação de Biodiversida...

Ourém do Pará evoca Ourém...

Hino de Ourém... do Pará!

arquivos

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds