Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
FOLCLORE DE PORTUGAL – O PORTAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS POSSUI NOVA IMAGEM GRÁFICA E ESTÁ ALOJADO EM NOVO DOMÍNIO

Prestes a atingir 18 anos de existência, o “Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português” apresenta uma estrutura renovada e uma nova imagem gráfica. Além disso, passou a estar alojado no domínio http://www.folclore.pt/

Capturarfp

Trata-se de um dos poucos e mais antigos portais na internet dedicados ao folclore e à cultura tradicional portuguesa em geral, assim entendido no seu sentido mais abrangente. Por essa razão, é também um espaço rico de acesso a informação muito variada, desde a gastronomia ao calendário agrícola e aos usos, costumes e tradições em geral.

15825955_1205739719516437_5276518963960658118_n

É seu administrador e fundador o Dr. José Pinto, também ele ligado ao folclore durante muitos anos como dirigente e componente Rancho Folclórico de Vila Real.

Depois de várias décadas apenas reservada para fins militares sob a denominação de ARPANET e, mais tarde, reservada à comunidade científica, começava a Internet a dar os primeiros passos no domínio público e, alguns ranchos folclóricos a aventurarem-se ainda timidamente na utilização destas tecnologias. Por essa altura, o autor destas linhas publicou no jornal “Folclore”, ininterruptamente durante quatro anos consecutivos, a secção “O Folclore na Internet”, dando a conhecer as iniciativas que já se verificavam nesse domínio e incentivando a sua utilização, bem assim a comunicação entre os grupos folclóricos através do correio electrónico.

A adesão foi lenta mas a criação do Portal do Folclore foi, por assim dizer, o passo mais importante para que a Internet passasse a ser uma ferramenta a ser utilizada pelos ranchos folclóricos e de música tradicional O mérito pertence inteiramente ao Dr. José Pinto que, além de criar este espaço, mantém-no durante quase duas décadas e acaba de refrescá-lo com nova imagem gráfica, reestruturando-o e alojando-o em novo domínio com acesso mais facilitado. Valeu a pena!

Transcrevemos a apresentação que é feita no próprio site:

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português foi criado em 1 de Novembro de 2000 e , desde a sua fundação, sempre teve como principais objectivos:

» disponibilizar online conteúdos diversificados sobre temas e assuntos relacionados com a Cultura Popular Portuguesa (Etnografia, Folclore, etc.): artesanato, gastronomia, literatura popular (provérbios, romanceiro, lendas, …), música popular tradicional, medicina popular, usos, costumes e tradições, e outros considerados úteis;

» incentivar a utilização da Internet por parte de todos os Grupos que se dedicam ao Folclore e à Etnografia de Portugal, criando um “espaço de encontro” para todos aqueles que se assumem na defesa, promoção e divulgação do Folclore Português, em todas as suas formas de expressão e manifestação, criando e dinamizando a “comunidade folclórica no cyberespaço”;

» criar e dinamizar espaços de (in)formação on-line para todos os interessados nos temas e assuntos relacionados com a Cultura Popular Portuguesa, com a colaboração de reputados técnicos nos diversos temas/assuntos;

» criar e dinamizar espaço(s) de debate sobre todos e quaisquer assuntos do interesse dos dirigentes e outros participantes no movimento associativo na área da cultura popular e etnográfica;

» promover o contacto entre os Grupos e os Indivíduos que se dedicam à recolha, registo, estudo, preservação e divulgação do Folclore das diversas “regiões etnográficas” de Portugal, potenciando e facilitando a partilha de experiências, a colaboração e a realização de iniciativas conjuntas, particularmente através da internet e do correio electrónico;

» colaborar na divulgação dos Ranchos Folclóricos e outros Grupos que cultivam a dinamizam as diversas formas de expressão e manifestação folclórica das respectivas “regiões etnográficas“, não só em Portugal, mas também no estrangeiro, disponibilizando online informações diversificadas sobre os Grupos de Folclore e outros: url’s dos respectivos sites, e-mails, contactos, propostas de permutas/intercâmbios, actividades, etc.;

» divulgar as manifestações da Cultura Tradicional do nosso Povo, por forma a que sejam cada vez mais conhecidas e melhor compreendidas;

» promover a transmissão online de Festivais e Encontros de Folclore, a exemplo de experiências já realizadas, e de que é pioneiro o Rancho Folclórico de Vila Real, ou outras actividades consideradas de interesse público;

» assumir-se como a vanguarda de um movimento que leve o “poder político” a reconhecer:

– que a Cultura Popular não pode continuar mais a ser o “parente pobre” da Cultura;

– o trabalho meritório desenvolvido pelos Grupos e Indivíduos que se dedicam ao Folclore, em particular, e à Cultura Popular, em geral;

– a necessidade de a estes Grupos serem disponibilizados recursos suficientes para a prossecução dos respectivos objectivos;

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português tem como destinatários principais:

» todos os Grupos e Indivíduos que, de alguma forma, utilizam a internet para divulgarem as diversas manifestações da Cultura Popular Tradicional, particularmente o Folclore, ao mundo!

» as entidades, públicas e privadas, que estão relacionadas com a temática do Folclore;

» quem quer saber mais sobre a Cultura Popular do nosso Povo;

Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português será o que todos nós quisermos que seja, pelo que observações, comentários, sugestões e críticas construtivas serão sempre bem vindas!

Para contactar connosco: folclore@folclore-online.com!

Grupos-de-Folclore-do-Douro-Litoral-800x445



publicado por Carlos Gomes às 11:20
link do post | favorito

Quarta-feira, 20 de Junho de 2018
ANDRÉ SILVA, DEPUTADO DO PAN, INTERVEIO HOJE NO DEBATE QUINZENAL

Publicamos o conteúdo da intervenção do deputado do PAN, Dr. André Silva, no debate que se realizou esta tarde na Assembleia da República:

Ficámos ontem a conhecer o Relatório Primavera 2018 do Observatório Português dos Sistemas de Saúde e queremos hoje voltar a falar sobre como se nasce em Portugal.

andre_silva_pan-925x578

Diz-nos o relatório o que já sabíamos: que o recurso à cesariana atingiu “proporções epidémicas” e não está a diminuir como seria desejável. Mas diz-nos mais: que a taxa de cesarianas nos hospitais privados atinge os 64%, o dobro dos hospitais públicos e quatro vezes mais que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

E não existe nenhuma regra de boas práticas ou combinação de risco que possa explicar esta diferença. Não há nenhuma razão médica para esta diferença. Até porque as grávidas dos serviços privados têm, supostamente, menos complicações do que quem vai para os hospitais públicos que muitas vezes recebem os casos mais difíceis.

E todo este cenário dá-se numa altura em que se sabe que esta forma de nascer tem riscos para as mães e piora a saúde dos bebés e das futuras crianças e adultos.

Para o PAN, o parto humanizado deve ser uma prioridade do Estado e é fundamental consciencializar mães e pais para os benefícios do parto normal e para a necessidade de redução da taxa de cesarianas.

Sr. Primeiro Ministro, pergunto:

- Esta enorme diferença de taxas de cesarianas entre o público e o privado tem na base interesses económicos?

- Porque é que os critérios que se aplicam aos hospitais públicos não se estendem ao sector privado, onde dois em cada três bebés nascem através de cesarianas?

- O que é que falta para que o Governo dê cumprimento à resolução n.º 928, do PAN, aprovada na Assembleia da República há um ano, no sentido de assegurar o cumprimento dos direitos das mulheres na gravidez e no parto?



publicado por Carlos Gomes às 19:44
link do post | favorito

PORQUE NÃO EXISTE APENAS UM CÍRCULO ELEITORAL EM PORTUGAL?

“Os Deputados representam todo o país e não os círculos por que são eleitos” – Artigo 152º, alínea 2 da Constituição da República Portuguesa

Desde que foi introduzido no nosso sistema eleitoral, o método de Hondt tem sido apontado como responsável por uma certa deformação na forma de eleição dos deputados na medida em que, uma vez constituídas coligações pré-eleitorais, permite a criação de maioras parlamentares que nem sempre corresponde a uma maioria de votos expressos nas urnas.

Reza a alinea 1 do Artigo 149º da Constituição da República Portuguesa que “Os Deputados são eleitos por círculos eleitorais geograficamente definidos na lei, a qual pode determinar a existência de círculos plurinominais e uninominais, bem como a respetiva natureza e complementaridade, por forma a assegurar o sistema de representação proporcional e o método da média mais alta de Hondt na conversão dos votos em número de mandatos.”

Sucede que, a não ser que a lei impedisse a formação de tais coligações, obrigando os partidos políticos a concorrerem isoladamente, a soma dos “restos” dos votos em cada círculo eleitoral permite a eleição de vários deputados nos círculos com maior número de eleitores, impedindo ao mesmo tempo que os pequenos partidos possam eleger algum deputado em face do número de votos que obtêm.

Porém, como também se refere na alinea 2 do Artigo 152, “Os Deputados representam todo o país e não os círculos por que são eleitos”. Assim sendo, não existe nada que justifique a manutenção de vários círculos eleitorais, tal como actualmente se apresentam correspondendo à área de circunscrição dos distritos, entretanto extintos sem a sua substituição pelas regiões administrativas como estava previsto.

A criação de um círculo eleitoral único em território nacional constituiria uma forma de corrigir a deformação que a aplicação do método de Hondt cria nestas circunstâncias!

Carlos Gomes



publicado por Carlos Gomes às 08:45
link do post | favorito

Terça-feira, 19 de Junho de 2018
CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM APROVA PROTOCOLOS DE APOIO AOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DO CONCELHO

O Município de Ourém aprovou na reunião de Câmara de 18 de junho a celebração de novos protocolos de colaboração com as três Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Concelho. Estes protocolos, aprovados por unanimidade, representam um aumento de 10% em relação aos anos transatos nas verbas de apoio às condições efetivas das corporações e ainda a atribuição de 48.000€ a cada corporação enquanto apoio na aquisição de viaturas de socorro, no período compreendido entre 2018 e 2022.

unnamed

Os protocolos em causa contemplam apoios destinados a comparticipar as despesas correntes das corporações, os subsídios de refeição dos elementos que integrem o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) e ainda os referidos apoios financeiros na aquisição de viaturas de socorro.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caxarias terá direito a uma comparticipação financeira nas despesas correntes até 33.530,48€/ano, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima uma comparticipação até 37.608€/ano e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém um apoio financeiro até 98.861,12€/ano. Relativamente aos subsídios de refeição dos elementos que integrem o DECIR, os Bombeiros Voluntários de Caxarias terão um apoio até 6.000€/ano, os Bombeiros Voluntários de Fátima receberão um apoio até 5.000/ano e os Bombeiros Voluntários de Ourém comparticipação até 8.500€/ano. As verbas destinadas à aquisição de viaturas de socorro são de 12.000€/ano para todas as corporações de bombeiros concelhios até 2022 e os Bombeiros Voluntários de Ourém têm ainda direito a um apoio financeiro para pagamento do seguro do veículo de Comando e Comunicações até 1.000€/ano.

O reforço das verbas protocoladas com o Município de Ourém comprova o papel fulcral que as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Ourém, Fátima e Caxarias assumem na prevenção e socorro de pessoas e bens de todo o concelho.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 21:45
link do post | favorito

VOTOS DE RECONHECIMENTO E CONGRATULAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM

A Câmara Municipal de Ourém aprovou por unanimidade a atribuição de um voto de reconhecimento à associação Anjos da Pedra, Fátima BTT Club e um voto de congratulação para a associação Montamora Sport Club.

Os votos apresentados e aprovados na reunião de Câmara de 18 de junho são aqui disponibilizados na íntegra: 

VOTO DE RECONHECIMENTO - ANJOS DA PEDRA, FÁTIMA BTT CLUB

No passado dia 10 de junho decorreu em Melgaço o Campeonato nacional de XCM. A equipa federada de ciclismo TRANSFOR-FATIMABTT obteve uma prestação muito honrosa em diversos escalões, sendo de destacar a atleta Margarida Gomes que se sagrou Campeã Nacional Master Femininas, e os atletas António Marques e Nádia Mendes como Vices Campeões Nacionais nos seus escalões. No conjunto de todas as classificações a equipa TRANSFOR-FATIMABTT conseguiu tornar-se campeã nacional de XCM -Master.

A todos os atletas, treinador e staff de apoio endereçamos os nossos maiores cumprimentos de felicitação e regozijo pelos resultados conquistados, que muito enobrecem o concelho de Ourém.

VOTO DE CONGRATULAÇÃO–MONTAMORA SPORT CLUB

Nos dias 16 e 17 de junho decorreu a Fase de Qualificação para a 2ª Divisão Nacional da época de 2018/2019 de ténis de mesa, promovida pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa. O encontro realizou-se no Pavilhão Municipal de Guifões (Matosinhos), com as equipas da Zona Norte e no Pavilhão do CD Estrela (Amadora) com as equipas da Zona Sul.

Pela Zona Norte, o Montamora Sport Club de Fátima, associação que festejará brevemente 25 anos de existência, tem como modalidade desportiva o ténis de mesa, que desde o seu aparecimento, há 6 anos atrás, já conta com 20 atletas distribuídos pelas diversas categorias de iniciados, infantis, cadetes e juniores.

No evento do passado fim de semana estiveram presentes os atletas juniores, Bruno Reis e Tiago Reis, com 14 anos de idade, e o Rafael Lopes, com 13 anos de idade, que se apuraram para 2ª Divisão Nacional, tendo tido que defrontar as equipas de Sport Viseu e Benfica, o Núcleo Cultural e Recreativo de Valongo, o Grupo Recreativo Estrela do Bonfim e o Centro Desportivo Cultural de Navais.

No final do torneio ficaram apurados o MontamoraSport Club de Fátima e o NCR Valongo.

Face a este resultado o Município de Ourém regozija-se com o resultado obtido e deseja expressar um voto de congratulação à Direção da Coletividade, Sérgio Lopes, Virgínia Carvalho, Leonel Marques, José Carlos Silva e Sérgio Simões Silva, aos treinadores, Sérgio Fernandes, Edílio Marçal e Sérgio Silva e, principalmente, aos atletas Bruno Reis, Tiago Reis e Rafael Lopes, que venceram com todo o mérito esta Fase de Qualificação Nacional.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 14:20
link do post | favorito

Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
PAN QUER REFEIÇÕES ESCOLARES COM MAIS QUALIDADE

PAN apresenta pacote de medidas para garantir mais qualidade nas refeições escolares

  • Limitação de produtos prejudiciais à saúde nas máquinas de venda automática dos estabelecimentos de ensino
  • Cessar a distribuição leite achocolatado às crianças do ensino pré-escolar e do 1.º ciclo pela elevada adição de açucares
  • Carnes processadas, consideradas carcinogénicas pela OMS, não devem constar das refeições de escolas de nível básico e secundário
  • Equipa de nutricionistas na Direcção Geral de Educação para assegurar a existência de refeições equilibradas
  • Contratação de nutricionistas para integrar as equipas de controlo da qualidade e quantidade das refeições escolares

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza – acaba de apresentar um pacote de cinco iniciativas legislativas que visam garantir uma maior qualidade nas refeições escolares. Existem registos de várias queixas por todo o país de alunos e de pais que questionam a qualidade dos alimentos servidos nas cantinas e refeitórios escolares e as medidas que o PAN propõe pretendem, por um lado, restringir a disponibilização de produtos nocivos á saúde e, por outro, promover a adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Para além disso, dados recentes indicam que os hábitos alimentares inadequados são o principal fator de risco, ultrapassando a hipertensão arterial ou até mesmo o consumo de tabaco e de álcool, com mais peso nos anos de vida saudável que os portugueses têm vindo a perder. E a obesidade infantil tem vindo a apresentar valores crescentes e preocupantes em Portugal e constitui um problema sério para a saúde das crianças.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que a obesidade apresenta uma prevalência superior à desnutrição e às doenças infeciosas e define a obesidade como a epidemia do Séc. XXI. Estima-se que a obesidade é, à escala mundial, a segunda causa de morte passível de prevenção, sendo a primeira o tabagismo.

Posto isto, o PAN propõe a determinação de condições para a limitação de produtos prejudiciais à saúde nas máquinas de venda automática dos estabelecimentos de ensino. O Governo já tinha estabelecido limitações para os produtos que poderiam ser vendidos nas máquinas do Sistema Nacional de Saúde. O objetivo do PAN é estender esta iniciativa às escolas, impedindo a disponibilização de produtos como: salgados, pastelaria, refrigerantes, batatas, hambúrgueres e similares.

Outra das medidas deste pacote determina a não distribuição de leite achocolatado às crianças do ensino pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básicoAo abrigo do programa de leite escolar, ainda é distribuído leite achocolatado às crianças do pré-escolar e do 1.º ciclo, apesar do debate sobre o valor nutritivo do leite ainda não ser consensual, o PAN acredita ser consensual o entendimento de que quando se adiciona uma quantidade colossal de açúcar a esta bebida ela deixa de ser nutritiva e passa a ser nociva. Por este motivo deve ser apenas disponibilizado leite sem adição de açucares e gorduras, devendo ser oferecida a alternativa de leite sem lactose e disponibilizada uma quota de 5 % de bebida vegetal como alternativa ao leite, podendo ser associados ao leite escolar outros alimentos nutritivos.

Por outro lado e no seguimento do relatório da OMS que fez vários estudos e concluiu que a carne processada é carcinogénica, o PAN pretende impedir a disponibilização de carnes processadas nas refeições servidas nas cantinas e refeitórios escolares dos estabelecimentos de ensino públicos, de nível básico e secundário. Cabe ao Estado, enquanto defensor da saúde pública, sensibilizar os portugueses para esta problemática incentivando-os a adotarem estilos de vida mais saudáveis e inspirando, através do exemplo, a uma alimentação que não inclua alimentos que têm sido apontados, com base em fortes evidências científicas, como causadores de graves problemas de saúde.

É ainda proposta a criação de uma equipa integrada na Direção Geral de Educação composta por nutricionistasEsta medida visa garantir que são nutricionistas a definir as políticas alimentares das escolas, contribuindo, nomeadamente, para a elaboração dos manuais de alimentação que já existem para as escolas, com o objetivo de assegurar a existência de refeições equilibradas.

PAN quer também que sejam contratados nutricionistas para integrar as equipas de controlo da qualidade e quantidade das refeições servidas nos estabelecimentos públicos de ensino. Ou seja, o Governo criou o plano integrado de controlo da qualidade e quantidade das refeições servidas nos estabelecimentos públicos de ensino, mas a Ordem dos Nutricionistas tem levantado questões quanto à sua exequibilidade e considerou que apresenta várias fragilidades técnicas e científicas que não fazem cumprir, e até colocam em causa, a salvaguarda da segurança alimentar das refeições servidas. Assim, é importante assegurar que são profissionais qualificados a fazer a fiscalização das refeições escolares, algo que agora não acontece, estando estas funções a ser exercidas por trabalhadores dos serviços das Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, não existindo qualquer obrigatoriedade de estes serem nutricionistas.



publicado por Carlos Gomes às 19:36
link do post | favorito

Sexta-feira, 15 de Junho de 2018
ALVAIÁZERE INCENTIVA FINANCIAMENTO COLABORATIVO

Workshop - PPLcrowdfunding

A incubadora Alvaiázere+ vai receber, no próximo dia 19 de junho, pelas 14h30, a PPL Crowdfunding Portugal, para a dinamização do workshop "Cria a tua campanha!".

O crowdfunding (ou financiamento colaborativo) é uma forma simples e transparente de angariação de fundos para um projeto através de uma comunidade online que partilha os mesmos interesses, sendo o PPL uma plataforma que permite reunir essa rede de promotores e os seus apoiantes.

Esta sessão é especificamente dirigida a todos aqueles que têm a intenção de criar uma campanha de crowdfunding, independentemente da plataforma, modelo ou país. O objetivo é aprofundar o conhecimento sobre esta ferramenta de financiamento através da experiência da equipa do PPL e do testemunho de um caso de sucesso.



publicado por Carlos Gomes às 16:51
link do post | favorito

ALVAIÁZERE INCUBA NOVOS NEGÓCIOS

Oito projetos na final do programa de aceleração da incubadora Alvaiázere+

A incubadora de negócios de Alvaiázere realizou, no dia 13 de junho, a final do programa de aceleração, onde foram apresentados 8 projetos, numa manhã dedicada ao empreendedorismo.

Sessão de Abertura

Após dois bootcamps e um período de mentoria aos projetos, o programa de aceleração da incubadora do município de Alvaiázere, dinamizada em parceria com a ADECA e os Territórios Criativos, culminou com a apresentação dos projetos apoiados.

Célia Marques, Presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, e Luís Matos Martins, Administrador dos Territórios Criativos, abriram a sessão com a garantia por parte da presidente de que todos estão “empenhados em fazer de Alvaiázere um território acolhedor e recetivo para o tecido empresarial”.

Os participantes iniciaram a manhã com uma inspirational talk dinamizada por Vítor Ferreira, Diretor da D. Dinis Business School e docente no Instituto Politécnico de Leiria, onde empreendedorismo foi a palavra de ordem.

“Interior – Um exemplo de Competitividade Territorial” foi o mote para o painel moderado por Luís Matos Martins, que teve como oradores Teresa Preta dos Territórios Criativos, Frederico Lucas, dos Novos Povoadores, e Vítor Ferreira, da D. Dinis Business School.

A manhã terminou com a apresentação dos 8 projetos participantes: Workifyme, Smheart Life, Vale da Brenha Nature, Bricoalva, QuintaDela, Studiopro, Quinta das Maçãs e Sicóbom, na presença de um júri constituído por Sandra Simões, da Câmara Municipal de Alvaiázere, Bruno Sousa, da ADECA, Osória Miranda, do IAPMEI, e Teresa Preta, dos Territórios Criativos.

Após o almoço, todos os participantes e convidados tiveram a oportunidade de estar presentes nas celebrações do dia do concelho de Alvaiázere.

Vítor Ferreira



publicado por Carlos Gomes às 16:48
link do post | favorito

Quinta-feira, 14 de Junho de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMOVE REFLEXÃO SOBRE O SENTIDO DE FÁTIMA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO

Simpósio Teológico-Pastoral vai refletir sobre o sentido de Fátima no mundo contemporâneo

O Santuário de Fátima promove entre os dias 22 e 24 de junho, no salão do Bom Pastor, no Centro Pastoral de Paulo VI, o Simpósio Teológico-Pastoral "Fátima Hoje: que sentido?". O encontro pretende ser um contributo privilegiado para a vivência do tema proposto pelo Santuário para o este ano pastoral: "Dar graças pelo dom de Fátima", integrado no triénio 2017-2020, sob o tema "Tempo de Graça e Misericórdia".

unnamed (1)

"Decorridos cem anos sobre o acontecimento e passado o momento necessariamente celebrativo que evocou esse acontecimento fundante, reveste-se de total pertinência que as diferentes formas de pensar, ao olharem para o comportamento humano em torno da Cova da Iria, interroguem o sentido que Fátima continuará a ter depois de se virar essa página que foi o ano de 2017", escreve o Presidente da Comissão Organizadora do Simpósio, Marco Daniel Duarte, no folheto de divulgação da proposta.

programa de três dias acontece com a Mensagem de Fátima no centro da reflexão, num itinerário dinamizado sob os verbos: receber e viver, no primeiro dia; viver e anunciar, no segundo; e refletir, na conclusão. Investigadores de diferentes academias, nacionais e estrangeiras vão, segundo esta perspetiva, refletir sobre a existência humana, partindo das fontes e dos protagonistas de Fátima, lançando “uma visão sobre o complexo e multiforme mundo contemporâneo”.

“Às chaves de leitura com que o primeiro século de Fátima enriqueceu o pensamento sobre a humanidade, o novo século, beneficiando destas, adicionará outras que claramente voltarão a problemáticas transversais às interrogações do ser humano que vive o início do segundo século de Fátima”, escreve Marco Daniel Duarte.

Os investigadores que intervirão no simpósio vão, sob diferentes prismas de abordagem (teologia, filosofia, história), olhar para o posicionamento da humanidade perante a temática da presença de Deus, “tema subjaz ao quadro histórico dos inícios de Fátima e que continua a ser gritantemente atual no quadro das primeiras décadas do novo século de Fátima”, num programa onde, a par das conferências, constam momentos de oração e a celebração da Eucaristia.

O primeiro dia sublinhará a importância da Mensagem de Fátima para o mundo contemporâneo e culmina num serão cultural, com concerto na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

O segundo dia destacará a importância do Santuário de Fátima para o tempo contemporâneo, na perspetiva de que “quer a Mensagem quer o Santuário, que recebe os que querem viver a Mensagem, são dom”. Para este dia está convidado D. Rino Fisichella, responsável pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, organismo que tutela os santuários, que vai olhar para o Santuário como “hospital de campanha”.

O terceiro dia será dedicado a refletir Fátima, tentando teorizar alguns dos seus aspetos, percebendo-a como lugar que “mostra potencial hermenêutico que sintoniza com as mais agudas preocupações da Igreja e até do pensamento humano sobre o Cosmos no tempo atual”.

“A expetativa é a de que possam sair deste simpósio novas maneiras de dizer Fátima, perscrutando a riqueza dos seus temas e encontrando chaves de leituras que possam ser significativas para a humanidade do século XXI, que é, sem dúvida, a humanidade do novo século de Fátima”, antecipa o Presidente da Comissão Organizadora do Simpósio.

A participação no Simpósio Teológico-Pastoral requer inscrição prévia, que poderá ser feita através do envio da ficha de inscrição para a morada: Santuário de Fátima, Simpósio de 2018, Apartado 31, 2496-908 Fátima ou através do formulário disponível online.



publicado por Carlos Gomes às 21:23
link do post | favorito

SANTUÁRIO DE FÁTIMA DINAMIZA 3ª EDIÇÃO DOS CURSOS DE VERÃO

 “Fátima: síntese das leituras de um acontecimento centenário” é o tema da terceira edição dos Cursos de Verão do Santuário de Fátima, uma proposta formativa dinamizada pelo Departamento de Estudos do Santuário que decorre de 11 a 12 de julho, no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima.

unnamed

Para esta edição de 2018, os objetivos passam: pela interpretação dos conteúdos da Mensagem de Fátima, através da análise em abordagens multidisciplinares de aspetos específicos do fenómeno; pelo exame das fontes do acontecimento e pela apresentação dos elementos da sua história são alguns dos objetivos da edição de 2018 dos Cursos de Verão.

A proposta formativa destina-se a investigadores e estudantes universitários das áreas das Ciências Humanas e Sociais, professores do ensino básico e secundário, formadores, catequistas e outros agentes pastorais.

A coordenação dos Cursos de Verão é de Marco Daniel Duarte, diretor do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima, que integra a equipa formativa, a par de investigadores, técnicos e especialistas em diversas áreas: religião, história, filosofia, comunicação, artes e restauro. Cada um vai, num programa definido para os três dias, apresentar leituras concretas do acontecimento de Fátima.

O Santuário de Fátima disponibiliza 50 vagas para a presente edição dos Cursos de Verão, que serão preenchidas por ordem de chegada. A frequência é gratuita e a inscrição obrigatória, através de formulário disponível na internet ou através de congressos@fatima.pt.

Além de uma oportunidade única de formação, a 3.ª edição dos Cursos de Verão oferece aos participantes a possibilidade de visita aos seguintes espaços museológicos: a Casa-Museu de Aljustrel; a Casa de Francisco e Jacinta Marto; a Casa de Lúcia de Jesus; o lugar das aparições do Anjo e lugar da aparição mariana de agosto; a Casa das Candeias e o Núcleo Museológico da Fundação Francisco e Jacinta Marto; o Espaço Padre Formigão: Casa do Apóstolo de Fátima e o Núcleo Museológico das Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora de Fátima.

Os Cursos de Verão do Santuário de Fátima pretendem, deste modo, aproximar a comunidade científica dos temas de Fátima. Esta é a terceira edição de uma proposta que se tem realizado anualmente. Na primeira edição, foram abordadas questões transversais e introdutórias a Fátima. No ano passado, cumpriu-se uma abordagem monográfica, a partir do qual se puderam aprofundar temáticas específicas como a relação entre os papas e Fátima e as biografias dos protagonistas do acontecimento centenário.



publicado por Carlos Gomes às 21:20
link do post | favorito

Segunda-feira, 11 de Junho de 2018
ALVAIÁZERE TEM INCUBADORA DE NEGÓCIOS

Programa de aceleração na incubadora Alvaiázere+

No próximo dia 13 de junho, a incubadora de negócios Alvaiázere+ vai abrir as portas ao público para uma manhã dedicada ao empreendedorismo, no âmbito do programa de aceleração que está a decorrer.

A Presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Célia Marques, e o Administrador dos Territórios Criativos, Luís Matos Martins, irão abrir a sessão, que se seguirá de uma conversa inspiradora dinamizada por Vítor Ferreira, Diretor Executivo da D. Dinis Business School e Docente do Instituto Politécnico de Leiria, pelas 10h.

Pelas 10h30, irá iniciar-se um painel com o tema "Interior: Um exemplo de Competitividade Territorial", no qual irão ser discutidas as potencialidades do interior, com base do passado, presente e futuro do território.

Será moderado por Luís Matos Martins, e que contará com a presença de Olinda Sequeira, do Instituto Politécnico de Tomar, Frederico Lucas, dos Novos Povoadores, Teresa Preta, dos Territórios Criativos, e Vítor Ferreira, da D. Dinis Business School.

Este dia será o culminar do programa de aceleração da incubadora, que foi constituído por dois bootcamps e apoio especializado aos 15 empreendedores participantes e, desta forma, irá terminar com a apresentação dos projetos apoiados, pelas 11h45, numa sessão que contará com os contributos de Sandra Simões, da Câmara Municipal de Alvaiázere, Bruno Sousa, da Associação de Desenvolvimento Integrado do Concelho de Alvaiázere, Olinda Sequeira, do Instituto Politécnico de Tomar, e Teresa Preta, dos Territórios Criativos.



publicado por Carlos Gomes às 22:25
link do post | favorito

Sexta-feira, 8 de Junho de 2018
ALVAIÁZERE COMEMORA DIA DO CONCELHO

O Município de Alvaiázere vai promover um conjunto de atividades que integram a programação das Comemorações do Dia do Concelho, que é celebrado a 13 de junho, e que pretende enaltecer as instituições locais e dar destaque à relevância das mesmas na envolvência da população e na definição da identidade Alvaiazerense.

Dia do concelho alvaiázere 2018 jornal

Assim, no sábado dia 9 de junho, pelas 21:00, vai decorrer na Igreja Matriz de Alvaiázere, o XVI Festival de Música Polifónica de Alvaiázere, que contará com a presença do CIA | Coro Infantil de Alvaiázere, do Coral Alva Canto e dos coros convidados, Coral Polifónico de Aveiro e Orfeão de Arouca.

A manhã de domingos será dedicada ao mundo dos cavalos, com destaque para a 30.ª edição do Passeio Equestre de Alvaiázere. No período da tarde, no Largo da Igreja da Vila Sede de Concelho haverá atuações dos ranchos concelhios, nomeadamente, do Rancho Folclórico da Freguesia de Pussos, do Rancho Folclórico e Etnográfico da Casa do Povo de Maçãs de Dona Maria e da Banda da Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília, jogos tradicionais e baile com o “Duo Nova Onda”.

Na terça-feira, dia 12 de junho, a partir das 20:30, haverá marchas populares e Arraial de Santo António, com baile com o grupo “Só Ritmo”, sardinha, pão e vinho, a decorrer no Parque Multiusos.

No dia 13, Dia do Concelho de Alvaiázere, pelas 15:00, decorrerá a respetiva Sessão Solene, na Casa Municipal da Cultura, onde serão agraciadas com a Medalha Municipal de Mérito as instituições locais com mais de 50 anos de atividade. A saber: a Santa Casa da Misericórdia de Alvaiázere, o Cabaços Sport Clube, a Associação Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere, a Associação Casa do Povo de Maçãs de Maria, a Assembleia de Alvaiázere e a Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília. Seguir-se-á concerto com o grupo “Sons do Minho” e, a terminar a programação, pelas 19:00, missa na Capela de Santo António.

De recordar que a Câmara Municipal aprovou por unanimidade passar a realizar o Alvaiázere Capital do Chícharo, evento que congrega a FAFIPA e o Festival Gastronómico, para outubro, época mais conveniente para degustar o chícharo e para a comercialização dos principais produtos endógenos do concelho.

Festival Música Polifónica

XXX_Passeio_Equestre



publicado por Carlos Gomes às 18:03
link do post | favorito

Quinta-feira, 7 de Junho de 2018
D. MANUEL PELINO, BISPO EMÉRITO DE SANTARÉM CELEBRA PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL ANIVERSÁRIA

Peregrinação Internacional Aniversária de junho de 2018 será presidida pelo Bispo Emérito de Santarém. D. Manuel Pelino celebra este ano 30 anos de ordenação episcopal

O Santuário de Fátima acolhe nos próximos dias 12 e 13 de junho a segunda Peregrinação Internacional Aniversária do Ano Pastoral, que está a ser vivido em Fátima sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, sublinhando a consciência do dom recebido, iniciativa gratuita e amorosa de Deus.

unnamed (1)

Um ano depois do Centenário das Aparições, cuja celebração teve como apogeu a peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, em maio com a canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima prepara-se para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de sete anos e que culminou em 2017, com a celebração do Ano Jubilar.

Esta peregrinação de junho será presidida por D. Manuel Pelino, bispo emérito da diocese de Santarém.

De entre as celebrações desta peregrinação destaque para a abertura na Capelinha das Aparições, às 18h30; Rosário às 21h30, seguido da Procissão das Velas e Missa da Vigília, no Recinto.

No dia 13, o Rosário será às 9h00, seguido da Missa Internacional no Recinto, às 10h00 e Procissão do Adeus. Todas estas celebrações terão transmissão em direto, on-line, em www.fatima.pt.

  1. Manuel Pelino foi bispo de Santarém desde janeiro de 1998, até outubro de 2017. O prelado foi o segundo responsável por esta diocese, criada em 1975 pelo Papa Paulo VI.

Manuel Pelino Domingues nasceu a 7 de outubro de 1941, na Lentisqueira (Diocese de Coimbra), e foi ordenado sacerdote a 15 de agosto de 1965.

João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar do Porto em dezembro de 1987; a ordenação episcopal aconteceu a 13 de março de 1988 em Coimbra.

  1. Manuel Pelino atingiu em 2016 a idade prevista para a resignação (75 anos) prevista pelo Direito Canónico e manteve-se mais um ano no cargo, a pedido do Papa Francisco.

Em 2016, no âmbito da visita da Imagem Peregrina a Santarém, o então bispo de Santarém deixou um testemunho emocionado da “presença mística da Mãe de Deus e nossa Mãe”.

“A visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi acolhida pelas comunidades da diocese de Santarém com muito entusiasmo, veneração e, muitas vezes, visível comoção. As pessoas acorrem, rezam, cantam, louvam, admiram”, escreveu.

O prelado, destacou “a força espiritual que irradia de Nossa Senhora e toca os corações”.

Em Ano Jubilar do Centenário das Aparições de Fátima, por ocasião da Peregrinação diocesana ao Santuário da cova da Iria, D. Manuel Pelino falou do acontecimento Fátima como uma “escola de fé”, “uma história de graça e de misericórdia”.

“Através da mediação de Nossa Senhora, o santuário de Fátima tornou-se um lugar de encontro com Deus, uma escola de espiritualidade, de reconciliação e de paz”, disse na homilia proferida no Recinto de Oração.

“Fátima é um apelo de Deus para o nosso tempo”, assinalou o bispo.

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 19:09
link do post | favorito

PATAV CONVOCA DESFILE EM LISBOA CONTRA TRANSPORTE DE ANIMAIS VIVOS PARA FORA DA UNIÃO EUROPEIA

Marcha pela abolição do Transporte de Animais Vivos para Países fora da União Europeia, dia 14 de junho (quinta-feira) às 18h30 Cais do Sodré- Ministério da Agricultura

Dia 14 de junho pelas 18h30

Percurso: Cais do Sodré – Ministério de Agricultura (Lisboa)

A Plataforma Anti Transporte de Animais Vivos (patav.weebly.com) associa-se ao movimento internacional liderado pela Compassion in the World Farming  que assinala o dia 14 de junho como o dia internacional contra o transporte de animais vivos. Neste dia estão planeadas mais de 100 iniciativas em mais de 30 países diferentes.

A PATAV vai promover uma marcha para apelar à abolição deste meio de transporte que conta com a presença de várias figuras públicas.

Com base nas reuniões já realizadas entre a PATAV e diversos grupos parlamentares, é expectável que sejam promovidas Com base nas reuniões já realizadas entre a PATAV e diversos grupos parlamentares, é expectável que sejam promovidas substanciais alterações à legislação vigente.



publicado por Carlos Gomes às 18:07
link do post | favorito

FREIXIANDA PREPARA-SE PARA A FESTA!

Festas da Vila e da Freguesia em Freixianda 2018. A Vila da Freixianda prepara-se para  as comemorações do seu 23º Aniversário de elevação a vila.

Um programa vasto que se inicia a 21 de Junho e termina a 24 do mesmo mês.

18201_Flyers_Interior

Alem da animação musical e tasquinhas há também folclore , desfile de fanfarra e  este ano  também exposições de artesanato divulgando o trabalho de artesãos locais , uma mostra fotográfica  e ainda exposição de maquinaria agrícola e automóvel.

Participam nas tasquinhas 8 colectividades da freguesia com pratos que vão desde a "Chanfana á moda da Ribeira " á Perna de Porco no espeto com migas" .

Em termos de animação , desporto e actividades existe uma variadade para todos os gostos que vão desde um Passeio de Motorizadas ,Sardinhada Popular , Concertinas , Jogos Escutistas , Marchas Populares , Festival de Ranchos, Quermesse até um  Desfile de Fanfarras.

Em termos de programa o grande cabeça de cartaz para a edição deste ano é David Antunes & The Midnight Band que se espera traga uma grande enchente ao recinto das festas.

Programa:

Quinta Feira dia 21

18h - Sardinhada Popular

Animação com Grupo de Concertinas

Sexta Feira dia 22

19h00 - Abertura das Tasquinhas 

22h00 - Animação com o Grupo " Só Ritmo"

Sábado dia 23

15h00 - Abertura das Tasquinhas, Jogos Escutistas e Quermesse 

15h30 - Jogo de Futsal Solteiros X Casados

21h00 - Actuação da Marcha da Pelmá

22h00 - Animação Trio D'Arromba e David Antunes & The Midnight Band

Domingo dia 24

8h30 - Encontro e Passeio de Motorizadas 

9h00 - Abertura dos Jogos Escutistas e Quermesse 

12h00 - Abertura das Tasquinhas

15h00 - Desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere pelas ruas da Vila

16h00 - Festival de Folclore

22h00 - Atuação do Grupo Manuel Braz

Associações participantes:

- Agrupamento de Escuteiros 1263 da Ribeira do Fárrio

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Peso / Rancho Rosas de Portugal

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Nabão / Rancho Lirios do Nabão 

- Associação Desportiva de Formigais

- GRUDER

- Rancho Folclórico  " Os Camponeses" da Ribeira do Fárrio

- Trilhos dos Cavaleiros Clube Motorizado

- Liga dos Amigos da Secção de Bombeiros da Freixianda 

Organização : União de Freguesias de Freixianda , Ribeira do Fárrio e Formigais

Apoio : Município de Ourém  e Bombeiros Voluntários de Ourém

18201_Flyers_Verso



publicado por Carlos Gomes às 14:18
link do post | favorito

Quarta-feira, 6 de Junho de 2018
FREIXIANDA CAMINHA PASSO A PASSO

34411596_10212032167384153_2977644652439535616_n



publicado por Carlos Gomes às 20:06
link do post | favorito

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA DINAMIZA WORKSHOP DE COZINHA SUL COREANA

O Embaixador da Coreia do Sul, Chul Min Park, esteve hoje na Escola de Hotelaria de Fátima (EHF), no âmbito do Workshop de Cozinha Coreana, que contou ainda com a participação do Chef Paulo Morais, um dos mais conhecidos chefes portugueses especializados em cozinha oriental, para a realizar a formação aos profissionais que estiveram presentes. Numa altura em que o país e nomeadamente Fátima e o Concelho de Ourém recebem milhares de turistas Sul Coreanos, a EHF prepara-se assim para ser pioneira na formação dos profissionais da zona de Fátima, para este segmento turístico.

unnamed

O workshop dirigido a profissionais da Hotelaria e Restauração, teve início às 09H30 com a apresentação do  Chef Convidado Paulo Morais , seguido de um breve enquadramento das Encenações e rituais da cultura coreana, como o Ritual do Chá, Vestes Típicas, Gastronomia e Mise en Place, por Sara Reis, licenciada em Marketing Turístico pelo Instituto Politécnico de Leiria, que partilhou a sua experiência pela Ásia, na primeira pessoa.

Seguiu-se para a Cozinha, onde o Chef Paulo Morais partilhou os seus conhecimentos numa Sessão prática e Live Cooking, e onde se confeccionou o almoço a ser servido pelos alunos do Curso de Restaurante/Bar, no restaurante Claustro Monfortino.

Os convidados e participantes foram depois recebidos pelo Embaixador da Coreia do Sul, Chul Min Park, que partilhou umas breves palavras, e após as quais se iniciou o almoço com as várias iguarias típicas da Coreia do Sul, previamente cozinhadas pelos participantes deste workshop: Kimchie, Mantu, Bibimbap, Bolgoki, Japchae, Namul, Pa jeon, Yangnyeumjang sundubu Daeha naengche.

De referir que, no início do próximo ano letivo, será lançada a segunda edição deste workshop de Cozinha Coreana.



publicado por Carlos Gomes às 18:54
link do post | favorito

OUREENSES DEBATEM SAÚDE MENTAL

08 . JUNHO | 10.00H ÀS 12.30H

SAÚDE MENTAL

AUDITÓRIO CULTURAL DOS PAÇOS DO CONCELHO

Esta tertúlia tem como objetivo discutir a temática e tentar traçar orientações para a ação que permitam respostas mais articuladas e eficientes nesta área, nomeadamente a caracterização das respostas existentes e identificação de potencialidades e fragilidades no terreno.

Trata-se de uma iniciativa do grupo de trabalho que envolve vários parceiros: Município de Ourém, Serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar do Médio Tejo; ACES do Médio Tejo; Associação de Saúde Mental do Médio Tejo; A Farpa; Rede Local de Intervenção Social de Ourém; CLDS 3G Ourém.

Contará com a presença, entre outros, de representantes do Plano Nacional de Saúde Mental e da Coordenação Regional de Saúde Mental da ARSLVT.

Print

 


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 13:54
link do post | favorito

Terça-feira, 5 de Junho de 2018
FINAL NACIONAL DO CONCURSO “JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA” ACONTECE PELA PRIMEIRA VEZ NA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA

A Escola de Hotelaria de Fátima vai receber, pela primeira vez, a final nacional do concurso Jovem Talento da Gastronomia, nos dias 4 e 5 de Dezembro deste ano. O evento irá reunir mais de 300 jovens de todo o país, num grande momento de formação e aprendizagem, sendo tradicionalmente uma rampa de lançamento de profissionais do futuro.

unnamed

Para além da etapa final nacional e da revelação dos vencedores das diferentes etapas, nestes 2 dias haverá ainda lugar à realização do Fórum: “Que Futuro para a Gastronomia de Portugal”, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro e onde será revelado também um novo prémio a concurso para 2019.

Fátima acolhe assim todas as outras escolas de hotelaria do país, seus representantes e grandes figuras nacionais nas áreas da gastronomia e restauração, e valoriza também os seus quadros na organização deste evento nacional, que distingue as áreas de Cozinha, Pastelaria, Artes da Mesa e Bar.

Foi decisivo o apoio da Câmara Municipal de Ourém para esta realização, que para além da valorização da Insignare, promove ainda a cidade e o concelho aos olhos de jovens e profissionais de todo o país.

A apresentação deste Concurso decorreu no Peixe, em Lisboa, sendo reveladas as áreas em competição: Artes da Mesa, Barman Inter Magazine, Cozinha Makro, Cozinha com Polvo Nacional Brasmar, Cozinha com Legumes Bonduelle, Tradição com Arroz Bom Sucesso, Pastelaria Espiga, Petiscos com Super Bock Selecção 1927.

A competição é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional, onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso, e à qual acedem os 4 concorrentes com a pontuação mais elevada, obtida no conjunto das classificações das Etapas Regionais, em cada uma das áreas.

De referir que as inscrições estão abertas, em http://jovemtalentodagastronomia.etaste.pt, até ao dia 20 de Junho e as Etapas Regionais estão já marcadas:

  • Etapa Sul e Ilhas | Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre – 27 e 28 de Setembro
  • Etapa Norte | Externato Senhora do Carmo, Lousada – 17 e 18 de Outubro
  • Etapa Centro | Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, Caldas da Rainha – 7 e 8 de Novembro


publicado por Carlos Gomes às 20:20
link do post | favorito

“OURÉM MAIS LIMPO” RECOLHEU CERCA DE 500 TONELADAS DE RESÍDUOS

A Câmara Municipal de Ourém deu início no passado dia 2 de junho ao projeto “Ourém Mais Limpo”, iniciativa que permitiu recolher cerca de 500 toneladas de resíduos espalhados por todo o concelho. Este projeto de natureza ambiental e responsabilidade social reuniu cerca de 5 centenas de voluntários que contribuíram para a promoção de atitudes de sustentabilidade ambiental e para práticas de proteção do território que nos rodeia.

IMG_7034

O projeto “Ourém Mais Limpo” foi dinamizado pelos serviços municipais em articulação com as juntas de freguesia, o que permitiu realizar ações coordenadas de recolha de lixo provenientes de lixeiras e focos de lixo previamente identificados. O balanço da iniciativa “é muito positivo, uma vez que, com a interajuda de todos foi possível deixar o concelho Mais Limpo, a um custo zero para o Município de Ourém, onde todos ficam ambientalmente mais ricos e com uma melhor qualidade de vida”. Neste contexto, o objetivo passa por manter o projeto “Ourém Mais Limpo” ao longo de 2018 e nos anos vindouros com a realização de várias iniciativas que mantenham Ourém um concelho mais limpo para todos.

A próxima iniciativa tem início hoje, dia 5 de junho e Dia Mundial do Ambiente, com a disponibilização de um novo Serviço Gratuito de Recolha de Monos que pretende ir ao encontro das necessidades dos cidadãos, com um atendimento moderno e dinâmico capaz de encontrar as melhores soluções para cada caso. Vão também ser colocadas placas de aviso de proibição de colocação de lixo, com os contactos necessários para a resolução dos diferentes problemas.

Na reunião de Câmara de 4 de junho, o Vice-presidente da Câmara Municipal de Ourém, Natálio Reis, apresentou uma declaração com o balanço do projeto “Ourém Mais Limpo” que aqui disponibilizamos na íntegra.

Monos

Ourém Mais Limpo 2018

“No dia 2 de junho, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Ambiente que se celebra a 5 de junho, a Câmara Municipal promoveu o projeto "Ourém Mais Limpo - 2018". Para além da natureza ambiental, o projeto teve um cariz de responsabilidade social, com objetivos de promoção da sustentabilidade ambiental e de dinamização do espírito social de ajuda e do saber cuidar do nosso território.

Este projeto foi dinamizado pelos serviços municipais em articulação com as juntas de freguesia e teve como objetivo principal a remoção de todos os resíduos (lixo) existentes na área do Município de Ourém por freguesia, tendo sido identificadas várias lixeiras e focos de lixo. Para isso convidaram-se todos os voluntários e associações que pudessem disponibilizar parte do seu tempo neste projeto, bem como empresas que tivessem meios ou bens para que se pudesse alcançar uma taxa de sucesso elevada.

Ao todo participaram cerca de 500 voluntários, desde associações de diversos tipos, escolas, escuteiros, clubes desportivos, bombeiros, clubes de caçadores, filarmónicas, casas do povo e ranchos, tendo aparecido mais voluntários no próprio dia do que aqueles estavam inscritos até sexta-feira à tarde. Participaram também empresas parceiras com maquinaria pesada e empresas que patrocinaram o projeto com diversos tipos de bens.

De modo a evitar problemas de contaminação para os voluntários, o amianto disperso por diversos focos na área do Município foi recolhido no dia anterior, com destino ao aterro sanitário da Resilei em Leiria.

As atividades de remoção de resíduos decorreram principalmente de manhã, entre as 8:30 horas e as 13:00 horas, existindo algumas freguesias em que o trabalho se desenvolveu também durante a tarde até às 17 horas. Antes do inicio dos trabalhos a Câmara Municipal de Ourém entregou camisolas com o emblema do projeto, um par de luvas e um kit com uma água, uma sandes e uma maçã, tendo sido dadas as instruções necessárias.

Atendendo à diversidade do território, o projeto foi dinamizado de formas diferentes em cada freguesia. Em algumas freguesias mais limpas, quase sem lixeiras, os voluntários foram direcionados para a recolha de resíduos nas bermas das estradas e na Zona Industrial de Ourém, tendo-se verificado uma elevada quantidade de plástico e papel que provavelmente foi lançado fora por viaturas em andamento. Também foram feitas recolhas porta-a-porta de monos.

Nas lixeiras, os voluntários retiraram numa primeira fase os monos que eram resíduos mais volumosos e depois o lixo mais pequeno que foi ensacado, tendo sido colocado em carrinhas/camiões ou em benes com destino ao Ecocentro de Gondemaria num total de 52 ton ou ao Aterro Sanitário de Leiria num total de cerca de 35 toneladas. Os pneus foram conduzidos para o operador licenciado na região, a empresa Ecomais. Foram também entregues em operador licenciado, na ValorFito, os resíduos de embalagens de produtos fitofarmacêuticos.

Por todo o concelho verificou-se uma elevada quantidade de resíduos de construção e demolição, cerca de 210 toneladas, principalmente inertes em lixeiras e em bermas que foram removidos recorrendo a maquinaria pesada e a camiões. Estes resíduos tiveram três destinos: operador licenciado Desarfate; operador licenciado Terrarito; britadeira da CMR localizada em Vale de Cavalos para a britagem de inertes e reaproveitamento em obras públicas.

A Ribeira de Seiça também foi alvo de limpeza que consistiu na remoção de resíduos de plástico que estavam nas margens, tendo sido realizados trabalhos preparatórios que consistiram na criação de um canal para a passagem junto à ribeira, entre a Ponte dos Namorados e a Ponte da Olaia, para que os voluntários pudessem circular livremente, desfrutando da inquestionável beleza deste ecossistema ribeirinho. Para potenciar o mais importante que é a vida junto à ribeira, os voluntários também colocaram ninhos em locais estratégicos, que todos agora podem admirar, pois o circuito está feito e é para ser vivido!

O balanço final do projeto é muito positivo, uma vez que, com a interajuda de todos foi possível deixar o concelho Mais Limpo, a um custo zero para o Município de Ourém, onde todos ficam ambientalmente mais ricos e com uma melhor qualidade de vida. Contudo existem preocupações com o dia de amanhã, vindas também de voluntários que não gostam que sujem a sua terra. Por conseguinte, a Câmara Municipal de Ourém irá dinamizar várias iniciativas de modo a manter Ourém, um Concelho Mais Limpo em 2018, e nos anos vindouros.

A próxima campanha será divulgada no dia 5 de junho, Dia do Ambiente, que consiste no Serviço de Recolha de Monos. Este serviço já era prestado anteriormente, porém pretende-se dar um novo dinamismo, indo ao encontro das necessidades das pessoas, com um atendimento moderno que procure encontrar as melhores soluções para cada caso em apreço.  Também irão ser colocadas placas de aviso de proibição de colocação de lixo, com os contactos necessários para a resolução de cada problema.

Um agradecimento enorme a todos os voluntários e empresas que tornaram este projeto possível, em especial aos senhores presidentes de juntas de freguesia como aos seus membros e aos funcionários da Divisão de Ambiente e Sustentabilidade que abraçaram este projeto com muito entusiasmo.”



publicado por Carlos Gomes às 19:57
link do post | favorito

OLIVENÇA (TAMBÉM) COMEMORA O DIA DE PORTUGAL

SIGNIFICADO DE COMEMORAR O 10 DE JUNHO EM OLIVENÇA

“Na questão de Olivença a Espanha não tem defesa”

Federico Trillo y Figueroa, Ministro dos Assuntos Exteriores de Espanha (Convento de Santa Maria de Aguiar – Castelo Rodrigo, 12/9/1997).

À semelhança dos dois últimos anos a Associação Além – Guadiana (AAG) (nascida por iniciativa de um grupo de pessoas nadas e criadas em Olivença, em 2008) – terra portuguesa sob administração espanhola (se assim se pode dizer), desde 1801, após o Tratado de Badajoz que culminou a breve “Guerra das Laranjas”, ocorrida naquele ano – vai levar a cabo uma cerimónia comemorativa do “Dia de Portugal” no próximo dia 10 de Junho (1).

A esta organização tem-se associado um grupo de personalidades portuguesas “capitaneadas” pelo antigo Deputado Ribeiro e Castro, o qual se interessou pela causa Oliventina depois de ter recebido em audiência por diversas vezes, membros da direcção da patriótica agremiação dos “Amigos de Olivença”, quando fazia parte da Comissão dos Negócios Estrangeiros, da Assembleia da República (2).

Entre muitas e louváveis iniciativas de âmbito cultural e social que a AAG tem levado a cabo nos últimos anos, destaca-se a possibilidade de cidadãos oliventinos poderem obter a nacionalidade portuguesa, contando-se já em mais de cinco centenas os que a solicitaram e obtiveram.

Nesta senda, a nacionalidade portuguesa de Olivença – que data do Tratado de Alcanizes, de 1297 – vai ser comemorada em comunhão com as festividades que decorrem em todo o território nacional português e nas comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.

Tal facto é de muito louvar pois permite manter vivas as raízes da nacionalidade e a evocação da História de antanho numa área cujos traços de portugalidade são visíveis e indesmentíveis.

Deste modo os “Amigos de Olivença” também se associam às festividades enviando um amplexo de lusitanidade a todos os oliventinos que se sentem portugueses e que têm sobrevivido a 200 anos de espanholização forçada, do seu território, e organiza uma excursão para quem se quiser associar a este evento (3).

O 10 de Junho comemora-se onde haja portugueses.

E por maioria de razão em todo o território nacional, onde se inclui, a mui nobre vila de Olivença e seu termo, que tantos e ilustres homens e mulheres deu à sua Pátria.

Viva Portugal!

João José Brandão Ferreira

Amigo de Olivença

34160258_1846720345385559_4368934522692042752_n



publicado por Carlos Gomes às 10:27
link do post | favorito

Segunda-feira, 4 de Junho de 2018
LEI QUE REGULA VENDA DE ANIMAIS ENTRA AMANHÃ EM VIGOR
  • Terminou hoje o prazo para registo dos detentores de animais de companhia que exercem a atividade de criação ou venda de animais;
  • Findo o prazo definido na portaria que regulamenta a lei, estão reunidas as condições para iniciar ações de fiscalização caso sejam solidadas;
  • A lei partiu de uma iniciativa do PAN e engloba animais de companhia e animais selvagens.

Amanhã, dia 5 de junho, entra plenamente em vigor a lei que regula a compra e venda de animais de companhia em estabelecimentos comerciais e através da Internet e que proíbe a venda de animais selvagens online. O diploma partiu de uma iniciativa do PAN na Assembleia da República e, segundo a portaria que definiu a sua regulamentação, terminou hoje o prazo para registo dos criadores.

A lei em questão, n.º 95/17 de 23 de agosto, estabelece a obrigatoriedade de registo dos detentores de animais de companhia que exercem a atividade de criação ou venda de animais, pelo que os criadores que já exerciam esta atividade deveriam ter comunicado até à data de hoje a sua atividade à Direcção-Geral de Veterinária (DGAV) que, por sua vez, deverá ter gerado um número de identificação e disponibilizado no seu site os nomes, número de identificação dos criadores e respetivo município de atividade.

Findo o prazo de 90 dias para este registo, estabelecidas pela Portaria nº 67/2018 publicada 7 de março, estarão a partir de amanhã reunidas as condições para que a lei seja implementada na sua plenitude. Caso sejam verificadas desconformidades, poderão ser solicitadas ações de fiscalização. As contraordenações puníveis pelo Diretor-Geral de Alimentação e Veterinária, que antes eram de 25 euros, passam a agora a ser de um montante mínimo é de 200 euros e máximo de 3740 euros.

Para além deste registo, a lei limita e regula os anúncios de venda, estabelecendo regras mais claras na transmissão de propriedade de animal de companhia, impedindo ainda que os animais selvagens possam ser vendidos vendidos através da Internet. A compra e venda destes animais apenas pode ser realizada junto dos criadores ou em estabelecimentos comerciais devidamente licenciados para o efeito, não podendo estes, em qualquer caso, ser expostos em montras ou vitrinas que confrontem com espaços exteriores à loja, permitindo que sejam visíveis fora desta.

A legislação muda também no que respeita ao local de venda. Os animais de companhia podem ser publicitados na internet mas a compra e venda dos mesmos apenas é admitida no local de criação ou em estabelecimentos devidamente licenciados para o efeito, sendo expressamente proibida a venda de animais por entidades transportadoras, a menos que exista uma transmissão onerosa ou gratuita, que só pode ser realizada estas entidades desde que esta se faça acompanhar dos documentos.



publicado por Carlos Gomes às 18:41
link do post | favorito

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLHE PEREGRINAÇÃO DAS CRIANÇAS

«Temos Mãe! Obrigado Jesus» é o tema da Peregrinação das Crianças 2018. D. Nuno Almeida, bispo auxiliar de Braga, será o presidente das celebrações

Empenhado em despertar as crianças para a mensagem de Fátima e dar-lhes a conhecer a vida e a espiritualidade dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima organiza anualmente a Peregrinação das Crianças, nos dias 9 e 10 de junho. D. Nuno Almeida, bispo auxiliar de Braga será o presidente das celebrações deste ano que contarão com milhares de crianças que frequentam a catequese nas várias dioceses do país.

unnamed

Considerando as palavras do Papa Francisco, em Fátima, no dia 13 de Maio do ano passado, no Centenário das Aparições, e os objetivos do plano pastoral do Santuário para este ano de 2018, foi escolhido para a Peregrinação das Crianças, o lema: “Temos Mãe! Obrigado, Jesus.”

Este tema tem como principal objetivo ajudar as crianças a descobrir em Nossa Senhora do Rosário de Fátima a mãe carinhosa que vem cobrir os seus filhos com o seu manto de luz, a fim de a todos conduzir a Deus, e despertar nelas o sentido de gratidão pelo dom da Mãe que, por Jesus, Deus entregou a toda a humanidade.

programa da peregrinação começa na noite de 9 de junho, com um momento celebrativo pelas 21h30 com a entrega de flores a Nossa Senhora e a recitação do terço. Em seguida as crianças poderão ver um filme sobre o Papa Francisco que será projetado no Recinto de Oração.

No dia 10, às 9h30 com repetição às 15h00, é feita uma encenação referente ao tema da peregrinação pelos alunos do Colégio de S.Miguel, na Basílica da Santíssima Trindade.

Encenação “Temos Mãe”, na BSST

A história começa com uma jovem a procurar um postal para oferecer à sua mãe no dia da mãe, uma proposta lançada aos alunos pela professora de Educação Visual e Tecnológica.

Ao comprar uma coleção de postais, a aluna apercebe-se de que a coleção contém tanto frases relativas às mães terrenas, como representações de Nossa Senhora e fica, por isso, baralhada porque, não percebendo o que teria uma coisa a ver com a outra, acha que na livraria se enganaram.

No decorrer da encenação, pretende-se desenvolver a noção da realidade histórica de Maria, a noção de que existiu mesmo, que foi a Mãe de Jesus e que é também nossa Mãe.

Durante a representação serão, ainda, focados alguns acontecimentos do Novo Testamento como, por exemplo, a Anunciação e a Crucifixão, na qual Jesus nos entrega a Sua Mãe como nossa Mãe.

Maria será também revisitada na Mensagem de Fátima, nomeadamente a partir da ideia do Papa Francisco “Temos Mãe!”.

Rosário e Missa, no Recinto de Oração

O rosário, às 10h00, na Capelinha das Aparições, e a Eucaristia, às 11h00, no Recinto de Oração, completam o programa oficial da Peregrinação das Crianças.

No final, como já é costume, serão distribuídas 35 mil surpresas a todas as crianças.

A Peregrinação das Crianças foi precedida por uma campanha, lançada no mês passado. Nessa altura, o Santuário fez chegar subsídios às paróquias que manifestaram interesse – desdobrável com o programa da peregrinação, cartaz, folheto relativo à campanha do mês de maio e o hino da peregrinação –, de modo a que, durante o mês de maio, o dia da peregrinação possa ser adequadamente preparado.

Este ano a campanha consistiu na elaboração de um postal original, por cada criança participante, para oferecer a Nossa Senhora. No início de cada semana foi recomendada a leitura de uma passagem do Evangelho para descobrir as qualidades de Nossa Senhora enquanto mãe. Depois, os mais pequenos foram incentivados a observar como Nossa Senhora continua a acompanhar cada pessoa ao longo da história e através disso meditar num episódio da Mensagem de Fátima. Por fim, foi pedido que pensassem na importância que Nossa Senhora tem na vida de cada um, respondessem às questões de um desafio e, nas páginas em branco fizessem um pequeno desenho que deveria conter uma pequena legenda.

Aspetos logísticos

No dia da peregrinação, o secretariado da Peregrinação das Crianças encontra-se no Posto de Acolhimento e Informações 2, situado junto às escadas da entrada norte do Recinto.

A entrada das crianças far-se-á pelos corredores laterais.

As crianças que se perdem são habitualmente acolhidas no Posto de Acolhimento e Informações, junto à Capelinha das Aparições. Todas as crianças deverão trazer a sua identificação e o contacto do responsável.

A assistência médica será proporcionada no Posto de Socorros do Santuário, atrás da Azinheira Grande.

No âmbito desta peregrinação, informa-se ainda que as celebrações das 9h00 e 12h30 na Basílica da Santíssima Trindade passam para a Capela da Morte de Jesus. A missa das 15h00, com a participação dos intérpretes de Língua Gestual Portuguesa, passa para a Capelinha das Aparições, onde se mantém a celebração das 16h30.



publicado por Carlos Gomes às 16:46
link do post | favorito

PAN ASSINALA DIA MUNDIAL DO AMBIENTE COM CONJUNTO DE INICIATIVAS LEGISLATIVAS
  • Introdução dos crimes ambientais nas competências do DIAP e criação de secções especializadas;
  • Criação da carreira especial de Vigilante da Natureza;
  • Estabelecimento de zonas de refúgio de presas silvestres nas áreas povoadas pelo lobo ibérico.

Assinalando o Dia Mundial do Ambiente que se celebra amanhã, o PAN – Pessoas-Animais-Natureza – dará entrada de um pacote de quatro iniciativas legislativas que visam reforçar a investigação de crimes ambientais, regular e criar a carreira especial dos Vigilantes da Natureza e proteger o lobo-ibérico, garantindo-lhe alimento.

As duas primeiras medidas apresentadas pelo PAN têm como objetivo a criação de secções de Ambiente no Departamento de Investigação e Ação Penal(DIAP) e a introdução dos crimes ambientais no seu elenco de competências, nomeadamente os crimes de incêndio florestal, danos contra a natureza e poluição.

Nos últimos meses Portugal foi assolado por incêndios florestais calamitosos, com mais de uma centena de pessoas que perderam a vida, milhares animais mortos, substanciais prejuízos financeiros e danos incalculáveis nos ecossistemas, bem como pela contaminação dos recursos hídricos espalhados pelo nosso país, com especial destruição na bacia hidrográfica do Tejo, provocada pela utilização de fertilizantes e pesticidas na agricultura convencional e pelas pecuárias intensivas – nomeadamente suiniculturas –, as celuloses, as águas residuais urbanas e outras descargas de efluentes não tratados.

“Esta destruição e criminalidade passam-se num quadro de desrespeito e incumprimento da lei, no qual se continua a contaminar e destruir o ambiente impunemente”, explica André Silva, Deputado do PAN na Assembleia da República.

Pretende-se que os crimes de dano contra a natureza pela sua complexidade e relevância, passem a ser investigados junto do DIAP, o qual deverá constituir uma secção especializada nesta matéria e determiná-la como uma das temáticas prioritárias da sua área de atuação, só assim sendo possível alterar esta realidade de impunidade.

Ainda com vista à proteção da natureza, a terceira iniciativa do PAN visa a criação de uma carreira especial dos Vigilantes da Natureza. A insuficiência destes vigilantes e o desinvestimento nesta profissão têm também contribuído para este clima de impunidade e consequente destruição da fauna e flora nacionais.

Estes profissionais têm funções de vigilância, fiscalização e monitorização do ambiente e recursos naturais, cabendo-lhes zelar pelo cumprimento da lei, desenvolvendo patrulhamentos terrestres e aquáticos contínuos em estreita colaboração com as comunidades locais. Face à inegável importância do trabalho que desenvolvem e à urgência de valorizar esta profissão, o PAN pretende a criação da carreira especial dos Vigilantes da Natureza, com a atualização do seu conteúdo funcional, o descongelamento de vagas e a abertura de concursos para promoção da carreira de Vigilante da Natureza, a definição de horários específicos, a revisão do regulamento de uniformes, assim como o reforço de meios operacionais e de formação.

Ainda, e pela importância do lobo-ibérico em Portugal como espécie com estatuto de ameaça “Em Perigo” e a única com legislação nacional especifica de proteção, que também é protegida a nível europeu, o PAN quer que nas áreas povoadas pelo lobo ibérico existam obrigatoriamente zonas de refúgio de presas silvestres.

A expansão das alcateias é determinada, para além de outros fatores ecológicos, pela disponibilidade de presas, preferencialmente espécies silvestres. No entanto, quando estas não estão disponíveis os lobos acabam por procurar alimento nas espécies domésticas mais vulneráveis, com prejuízos para quem as detém, verificando-se que a principal causa de morte dos lobos-ibéricos está maioritariamente relacionada com a sua perseguição ilegal.

Com esta medida, pretende-se fomentar a diversidade e abundância das populações de presas silvestres, aumentando a capacidade do ecossistema em suprir as necessidades tróficas do lobo-ibérico, eliminando assim a necessidade de caçar espécies domésticas.

“A nossa visão sempre foi a de pensar e apresentar medidas integradas. É impossível descolar a proteção dos recursos naturais nacionais da melhoria dos quadros legais, da investigação criminal e da proteção das espécies que habitam o nosso território. Estas propostas apresentadas no âmbito do Dia Mundial do Ambiente vêm precisamente reforçar o trabalho que temos vindo a desenvolver nesse sentido”, conclui André Silva.



publicado por Carlos Gomes às 16:41
link do post | favorito

FREIXIANDA ESTÁ EM FESTA!

33245628_10211961504337621_8190256183953588224_n



publicado por Carlos Gomes às 16:31
link do post | favorito

OUREENSES CAMINHAM PELOS TRILHOS DA FREIXIANDA

34411596_10212032167384153_2977644652439535616_n



publicado por Carlos Gomes às 16:30
link do post | favorito

Sexta-feira, 1 de Junho de 2018
FREIXIANDA É VILA HÁ 23 ANOS - E A FESTA É DE ARROMBA!

Festas da Vila da Freixianda 2018

A Vila da Freixianda prepara-se para  as comemorações do seu 23º Aniversário de elevação a vila. Um programa vasto que se inicia a 21 de Junho e termina a 24 do mesmo mês.

33322442_1637596683004742_3236149044539555840_o

Alem da animação musical e tasquinhas há também folclore , desfile de fanfarra e  este ano  também exposições de artesanato divulgando o trabalho de artesãos locais , uma mostra fotográfica  e ainda exposição de maquinaria agrícola e automóvel.

Participam nas tasquinhas 8 colectividades da freguesia com pratos que vão desde a "Chanfana á moda da Ribeira " á Perna de Porco no espeto com migas" .

Em termos de animação , desporto e actividades existe uma variadade para todos os gostos que vão desde um Passeio de Motorizadas ,Sardinhada Popular , Concertinas , Jogos Escutistas , Marchas Populares , Festival de Ranchos, Quermesse até um  Desfile de Fanfarras.

Em termos de programa o grande cabeça de cartaz para a edição deste ano é David Antunes & The Midnight Band que se espera traga uma grande enchente ao recinto das festas.

Programa:

Quinta Feira dia 21

18h - Sardinhada Popular

Animação com a Banda reduzida de Klino & Amigos 

Sexta Feira dia 22

19h00 - Abertura das Tasquinhas 

22h00 - Animação com o Grupo " Só Ritmo"

Sábado dia 23

15h00 - Abertura das Tasquinhas, Jogos Escutistas e Quermesse 

15h30 - Jogo de Futsal Solteiros X Casados

21h00 - Actuação da Marcha da Pelmá

22h00 - Animação Trio D'Arromba e David Antunes & The Midnight Band

Domingo dia 24

8h30 - Encontro e Passeio de Motorizadas 

9h00 - Abertura dos Jogos Escutistas e Quermesse 

12h00 - Abertura das Tasquinhas

15h00 - Desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere pelas ruas da Vila

16h00 - Festival de Folclore

22h00 - Atuação do Grupo Manuel Braz

Associações participantes:

- Agrupamento de Escuteiros 1263 da Ribeira do Fárrio

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Peso / Rancho Rosas de Portugal

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Nabão / Rancho Lirios do Nabão 

- Associação Desportiva de Formigais

- GRUDER

- Rancho Folclórico  " Os Camponeses" da Ribeira do Fárrio

- Trilhos dos Cavaleiros Clube Motorizado

- Liga dos Amigos da Secção de Bombeiros da Freixianda 

Organização : União de Freguesias de Freixianda , Ribeira do Fárrio e Formigais

Apoio : Município de Ourém  e Bombeiros Voluntários de Ourém



publicado por Carlos Gomes às 19:09
link do post | favorito

FOLCLORE NO OLIVAL É UM FESTIVAL

32185631_1677208395731918_7193412236105220096_n



publicado por Carlos Gomes às 15:25
link do post | favorito

FÁTIMA EXPÕE "O MEU ANJINHO DA GUARDA"

No próximo dia 2 de junho, pelas 16h00, abrirá ao público oficialmente, a exposição temporária “O MEU ANJINHO DA GUARDA”.

image001

A iniciativa partiu da Liga de Amigos do Museu, desafiando os alunos do 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico de Fátima a enviarem um desenho criativo e original da figura do Anjo da Guarda, procurando, entre outros objetivos, valorizar a criatividade e o imaginário infantil, promover o sentido e os valores da vida cristã nas crianças e estimulá-las a expressar as suas vivências e conhecimentos adquiridos sobre o tema, através da elaboração de desenho.

Maria Alisha, de 10 anos, foi selecionada para a curadoria, colaborando na disposição dos trabalhos expostos. É fundamentalmente uma exposição de crianças para crianças, estando as molduras, trabalhos e legendas colocadas ao nível da sua altura.

Para a inauguração, haverá um Chá com Arte, onde a curadora da exposição estará à conversa com os participantes e será servido a habitual infusão dos Aromas de Oureana e dos biscoitos da Doce Oureana.

A exposição estará patente até ao dia a 26 de agosto, de terça a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.



publicado por Carlos Gomes às 15:12
link do post | favorito

OURÉM DIVULGA FEIROURÉM

Capturarou



publicado por Carlos Gomes às 14:29
link do post | favorito

OLIVENÇA COMEMORA DIA DE PORTUGAL

34049695_2093564227323609_4267739234862891008_n



publicado por Carlos Gomes às 00:31
link do post | favorito

Quarta-feira, 30 de Maio de 2018
FALTA DE DEBATE PÚBLICO COMPROMETE NOVAS REGRAS PARA O CONTROLO DA PESCA NA UE

A Comissão Europeia propôs hoje novas regras de monitorização e controlo das pescas para garantir que estas atividades na União Europeia cumprem práticas sustentáveis, tal como delineado na Política Comum das Pescas. Lamentavelmente, a proposta de hoje é o resultado de um processo deficiente, iniciado no último trimestre de 2017, em que a consulta pública padrão de 12 semanas foi substituída por uma reunião de um dia com partes interessadas selecionadas.

North Sea

Este processo acelerado e não inclusivo resultou numa falta considerável de provas para apoiar as medidas legislativas descritas na proposta, bem como na incapacidade de criar consenso entre os intervenientes relevantes. No futuro, a proposta será objeto de revisão e debate no Conselho e no Parlamento Europeu, onde esta falta de provas compromete gravemente a robustez do pacote legislativo final, a fim de manter as atividades de pesca da UE dentro de parâmetros sustentáveis ​​e garantir que o pescado possa ser totalmente rastreável.

Os principais elementos positivos da proposta que estão em risco de serem degradados ou excluídos do pacote legislativo final incluem:

● aumentar o controlo de atividades de embarcações de pequena pesca (menos de 12 metros de comprimento), uma medida necessária, uma vez que os navios de menores dimensões também contribuem significativamente para a (sobre) exploração das populações marinhas;

● a obrigação dos pescadores recreativos obterem uma licença e comunicarem as suas capturas, uma medida essencial para obter dados sobre a quantidade de pescado capturado pelo sector;

● promover a instalação de câmaras em embarcações de alto risco para controlar a prática de desperdício de rejeições de espécies marinhas no mar.Ângela Morgado, Diretora Executiva da ANP|WWF, reforçou que “Devido ao apressar deste processo, os aspetos-chave do sistema de controlo, como a rastreabilidade de produtos importados de pescado, não foram completamente pensados.

Atualmente, a proposta da Comissão Europeia não garante que todas as informações necessárias para provar a origem legal das pescarias importadas estejam disponíveis para as autoridades de importação da UE. A União Europeia e os seus Estados-Membros detêm o maior e mais rentável mercado de pescado a nível mundial e têm a responsabilidade perante os cidadãos europeus de impedir a venda de pescado ilegal neste mercado.”A ANP|WWF apela ao Parlamento Europeu e ao Conselho Europeu para que levem o tempo necessário na deliberação sobre a proposta de hoje, garantindo que a revisão do sistema de controlo da UE aplica efetivamente a governação sustentável das pescas e o consumo de pescado na União Europeia.

A WWF é uma das maiores e mais respeitadas organizações independentes de conservação do mundo, com mais de 5 milhões de apoiantes e uma rede global ativa em mais de 100 países. A missão da WWF é travar a degradação da natureza e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, através conservação da diversidade biológica do mundo, garantindo que a utilização dos recursos naturais renováveis seja sustentável, e promovendo a redução da poluição e do desperdício.



publicado por Carlos Gomes às 22:17
link do post | favorito

ROADSHOW TECNOLÓGICO DA ALTRAN VAI PERCORRER O PAÍS

Em colaboração com a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Altran lança o roadshow “Dream I.T.” para sensibilizar jovens a apostarem nas áreas de Engenharia e Tecnologia

A Altran Portugal, líder mundial em serviços de engenharia e R&D, com o apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e em parceria com a Universidade da Beira Interior (UBI), acaba de lançar o roadshow tecnológico “Dream I.T.”, de Norte a Sul do país, por universidades, institutos politécnicos e escolas secundárias. O objetivo é sensibilizar e incentivar os alunos portugueses a apostarem numa carreira profissional na área das Tecnologias de Informação.

Dream I.T.

A primeira sessão decorre já hoje no Instituto Politécnico da Guarda, junto de alunos que frequentam os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP) de Cibersegurança e Desenvolvimento de Aplicações. Para além do workshop de programação robótica, os alunos terão a oportunidade de ficar a conhecer alguns dos projetos mais inovadores desenvolvidos pela equipa de R&D da Altran Portugal.

Os setores da Inovação e Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) têm apresentado, nos últimos anos, um crescimento acentuado e, nestas áreas, há já um défice entre a procura e a oferta. A União Europeia prevê 15 mil vagas por preencher no setor das TIC em Portugal, até 2020, e 900 mil na Europa. O abandono escolar, no entanto, tem vindo a aumentar, com cerca de 14% dos jovens a deixaram, prematuramente, de estudar.

Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, refere: “Nos últimos anos temos assistido a um aumento do abandono escolar e a uma diminuição no ingresso dos jovens ao ensino superior, com dois terços dos estudantes a não proesseguirem os estudos além do 12º ano. A partir deste cenário, torna-se essencial motivarmos os jovens a prosseguirem com a educação e posterior qualificação profissional. Por outro lado, todos os dias aumentam o número de vagas nas áreas das tecnologias e empresas como a Altran procuram, cada vez mais, profissionais com competências digitais. Este tipo de campanhas são fundamentais para capacitar os jovens, nas várias faixas etárias, a ampliar a literacia nesta área.”

Para Célia Reis, CEO da Altran Portugal, “O roadshow «Dream I.T.» da Altran Portugal, com o apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e em parceria com a UBI pretende motivar os estudantes portugueses a não desistirem dos estudos e a desenvolverem competências no setor das TIC, sobretudo em programação e robótica, áreas com forte procura no mercado. Por isso, queremos destacar a mais valia das instituições de ensino superior e politécnico nacionais, e o esforço conjunto no sentido de aproximar os programas formativos da realidade da vida profissional e das necessidades do mercado de trabalho nas várias regiões do país. Esperamos ainda, contribuir para acelerar a produção de competências digitais, em linha com o potencial crescente do nosso país neste sector. Por fim queremos reforçar que a Altran, apoia a reconversão de jovens que pretendem investir nestas áreas através de programas específicos de formação, permitindo a sua integração rápida em contexto de projeto.”

Até ao final do ano, o roadshow “Dream I.T.” irá organizar diversas atividades e sessões de workshops pelas escolas de Norte a Sul do país.

Sobre a Altran

Com a aquisição da Aricent, a Altran posiciona-se como líder global em consultoria de engenharia e R&D (ER&D) e uma empresa inovadora no desenvolvimento de produtos e serviços à medida das necessidades dos clientes. Neste sentido, a Altran acompanha os clientes em cada etapa do projeto, desde o planeamento estratégico à fase de produção. Há mais de 30 anos no mercado global, a Altran capitaliza a experiência e know-how em setores chave, como Aerospace, Automotive, Defence, Energy, Finance, Life Sciences, Railway e Telecom. A aquisição da Aricent alarga essa liderança para semiconductors, digital experience e design innovation. 

Com mais de 45 mil colaboradores e presente em mais de 30 países, o grupo Altran e Aricent geraram, em 2017, receitas de 2,9 mil milhões de euros. No mercado português desde 1998, a Altran Portugal conta mais de 1.800 colaboradores e com três escritórios, no Porto, Lisboa e Fundão.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 10:49
link do post | favorito

Terça-feira, 29 de Maio de 2018
OURÉM REALIZA NO OLIVAL FESTIVAL DE FOLCLORE

32185631_1677208395731918_7193412236105220096_n



publicado por Carlos Gomes às 21:28
link do post | favorito

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

CapturarO1

CapturarO2

CapturarO3

CapturarO4


tags:

publicado por Carlos Gomes às 20:02
link do post | favorito

PAN DEFENDE DIREITO À "MORTE MEDICAMENTE ASSISTIDA"

Intervenção - André Silva – 29.05.2018

Projecto de Lei n.º 418/XIII/2ª

Regula o acesso à morte medicamente assistida

A sessão plenária de hoje é o culminar de um debate que demorou mais de dois anos, que foi intenso e muito participado por todos os sectores políticos, científicos e profissionais do nosso país. Uma ampla discussão que foi lançada pelo Movimento Cívico Direito a Morrer, a quem antes de mais congratulamos, pela mobilização da sociedade portuguesa para consagrar na lei a despenalização da morte assistida. Mas acima de tudo, a palavra de reconhecimento ao Movimento que mais queremos enfatizar deve-se à qualidade, seriedade e elevação da discussão feita.

Agora é o tempo dos deputados assumirem as suas responsabilidades. Quem hoje defende que a discussão continua por fazer apenas está a esconder o seu verdadeiro objectivo: o de impedir que deixe de ser punível com pena de prisão o acto de ajudar a morrer um doente terminal envolvido no maior sofrimento.

Impedir a antecipação voluntária da morte a pedido em contextos muito especiais é impedir um acto de altruísmo. Ser-se contra a despenalização da eutanásia é continuar a defender que um acto de bondade seja considerado criminoso e punível com pena de prisão.

Se encaramos como normal e natural o prolongamento das nossas vidas porque a ciência assim o permite, porque é que não encaramos como igualmente normal e natural que nos perguntemos em que condições aceitamos prolongar ou não as nossas vidas? O debate sobre a morte assistida é uma discussão sobre os direitos humanos de quem está no fim da linha. É um debate sobre o processo da última etapa da nossa vida, sobre a qual temos o direito a decidir: se com sofrimento agónico, atroz e intolerável ou, se pelo contrário, de forma digna, respeitosa e livre.

Definir sofrimento intolerável não é difícil, e não é verdade que todo o sofrimento seja tratável, como insistem aqueles que defendem que os cuidados paliativos são a única solução e a resposta para todos os casos. O sofrimento é uma experiência pessoal e intransmissível. Muito mais do que uma dor ou outro sintoma físico ou psicológico, o sofrimento indizível é uma dependência, uma indignidade, uma ausência de ser, uma falta de sentido. E é agoniante: sofrer porque se sofre; sofrer porque se é obrigado a sofrer; sofrer por se saber que depois do sofrimento só há sofrer.

O sofrimento é multifactorial, com componentes físicas, mentais e emocionais que, quando associado a doença ou lesão fatal ou definitiva e incurável, é reconhecível pelos profissionais de saúde e familiares. A legalização e o pedido de morte assistida em contexto de doença prevêm assim um conjunto de rigorosos critérios clínicos indissociáveis a respeitar.

Porque vivemos numa sociedade democrática e num Estado de Direito, o pedido de ajuda que o doente faz tem de ser razoável e aceitável para quem o realizará. O doente não pode querer que o seu pedido seja aceite sem critério e a sociedade aceitar sem reservas todos os pedidos. O pedido de morte assistida só pode ser feito por um adulto informado e esclarecido sobre a sua situação, livre de quaisquer coações, e capaz de perceber que outras alternativas existem, ou não, para debelar a sua doença ou lesão, assim como as respostas disponíveis para minimizar esse sofrimento.

A decisão da insuportabilidade do sofrimento será sempre da própria pessoa se a esta decisão corresponder, evidentemente, uma verdadeira vontade livre, consciente, informada e reiterada perante uma situação clinicamente reconhecida como irreversível e cujo avançado estado de desenvolvimento preveja a morte como um desfecho próximo no tempo.

Num Estado de Direito, deve ser permitido a cada um de nós, tanto nos aspectos mais banais, como nas áreas mais íntimas da existência humana, o poder de conformar a nossa vida de acordo com as nossas próprias convicções. Uma vida que se vive por inteiro, inclui por inteiro o seu fim. Impedir ter uma palavra sobre como não se quer que a vida termine é uma restrição do direito pleno à vida. Actualmente é exactamente isto que acontece: os doentes vêem-se impedidos de decidir, vêem a sua autonomia condicionada pela existência de restrições legais.

O Estado impõe a todos nós uma mundivisão única, paternalista e autoritária de alguns. Uma sociedade plural e evoluída respeita o primado da liberdade, da autonomia e da autodeterminação durante toda a vida, até ao último momento. Especialmente no último momento, quando, de acordo com a grelha de valores e convicções de cada um, essa vida seja vazia de qualquer sentido, seja considerada uma indignidade.

Falhar-nos a autonomia no momento do fim da vida é trair-nos a vida inteira.

E esta autodeterminação em nada se incompatibiliza com a Constituição. A nossa Constituição determina que a vida humana é inviolável, mas também, ao mesmo tempo, inscreve no elenco dos direitos fundamentais o direito ao livre desenvolvimento da personalidade enquanto direito a fazer-se o plano de vida que se deseja, bem como as liberdades de consciência e de pensamento e da dignidade da pessoa humana.

Sabemos que a decisão sobre a morte assistida é uma decisão definitiva, com efeitos irreversíveis e fatais. Sim, sabemos que comporta riscos e pode promover abusos. E por isso as propostas em debate estão fundadas no maior rigor e garantem a formalidade e a segurança dos processos, através de um enorme escrutínio e regulamentação. Mas a complexidade de uma matéria não pode inibir os deputados da sua responsabilidade em decidir e legislar. O medo, a chantagem e o catastrofismo populista não podem impedir-nos de avançar no domínio da consagração de direitos, de alargar liberdades e de salvaguardar os mais vulneráveis.

É desumano não despenalizar a morte assistida. É mesmo continuar a atirar para situações de clandestinidade doentes em grande sofrimento com resultados incertos que garantidamente não servem os seus interesses nem os dos seus familiares. Não despenalizar a eutanásia é aceitar dogmaticamente que nos digam como devemos viver e morrer, é obedecer cegamente a quem decide por nós e é validarmos uma sociedade sedada e em coma, maquilhada de moral e de bons costumes.

Defendemos uma sociedade plural, aberta e evoluída, onde todos possamos exercer os nossos direitos e viver de acordo com as nossas convicções e mundivisões, autodeterminados e livres.

Despenalizar a morte medicamente assistida é defender um direito humano fundamental que está por cumprir, é reconhecer a última liberdade individual e poder ser ajudado no momento mais difícil da sua vida.

O que aqui hoje iremos votar é a despenalização da liberdade.

E repito: o que ao final da tarde iremos decidir é se queremos que um acto de pura bondade continue, ou não, a ser um crime punível com pena de prisão.



publicado por Carlos Gomes às 16:57
link do post | favorito

ALVAIÁZERE + REALIZA 1º BOOTCAMP PARA ACELARAÇÃO DE NEGÓCIOS

Realizou-se, nos dias 26 e 27 de maio, o 1º bootcamp do Programa de Aceleração da incubadora de negócios do Município de Alvaiázere.

IMG_70461

O Programa de Aceleração da incubadora Alvaiázere+ iniciou-se com a sessão de abertura, presidida pela Presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Célia Marques, e pelo Vice-Presidente da ADECA - Associação de Desenvolvimento Integrado do Concelho de Alvaiázere, Rui Grácio.

Estão a ser apoiados através de uma ampla rede de parceiros, mentores, especialistas e sessões de formação intensivas, 12 projetos empreendedores, nomeadamente, Workifyme, Coolab - Collaboration between grown and growing companies, Smheart Life, VB Aromáticas, Coletivo defeito de fabrico, Bricoalva, QuintaDela, Kitconcept, Studiopro, Quinta das Maçãs, Loja do André e Sicóbom, sendo estes de diversas áreas, incluindo agroalimentar, novas tecnologias, saúde, turismo e design.

Esteve ainda presente nesta iniciativa, para dinamizar uma Inspirational Talk, o presidente da direção da Associação de Comércio, Indústria e Serviços da Região de Leiria, Lino Ferreira.

Nos dias 12 e 13 de junho, os empreendedores que estão neste período a receber apoio no desenvolvimento dos seus negócios, irão rumar novamente à incubadora da capital do chícharo, de forma a participarem no 2º bootcamp do programa, que será novamente repleto de atividades, mentoria e sessões de formação.

O percurso irá culminar numa apresentação pública dos projetos, no dia 13 de junho, onde estará presente um reconhecido painel de júris.



publicado por Carlos Gomes às 16:08
link do post | favorito

OURÉM REALIZA NO OLIVAL FESTIVAL DE FOLCLORE

32185631_1677208395731918_7193412236105220096_n



publicado por Carlos Gomes às 09:33
link do post | favorito

Segunda-feira, 28 de Maio de 2018
XIV FESTAMBO EM OURÉM SOMA E SEGUE!

No âmbito do XIV FESTAMBO, estão previstos os seguintes eventos para a semana em curso.

Deste modo, no dia 31 de maio, pelas 18 horas, no auditório da Ourearte, em Ourém, haverá um recital que visa reconhecer e divulgar, um dos grandes mestre da música portuguesa, Vianna da Motta (compositor, pianista e musicólogo), no ano em que se comemoram os 150 anos do seu nascimento. Teremos a interpretar obras do referido compositor, a pianista Filipa Cardoso e a soprano Carla Pais.

No dia 2 de junho, haverão dois eventos. Primeiro, pelas 10h30, na Praça Mouzinho Albuquerque, em Ourém, um momento musical designado de dia da criança OUREARTE/AMBO em que participarão diversas turmas de AEC's da Ourearte e a Banda Juvenil da Academia de Música Banda de Ourém. Neste mesmo dia, pelas 21h30, no cineteatro municipal de Ourém, haverá um espetáculo de dança designado de "A crescer para ser pequenino", com a participação da Escola de Dança da AMBO.



publicado por Carlos Gomes às 23:59
link do post | favorito

ESCOLAS INSIGNARE COLOCAM 508 ALUNOS EM ESTÁGIO

- DESTES, 46 VÃO PARA 8 DESTINOS EUROPEUS

No início do próximo mês, 317 alunos dos 2º e 3º anos das Escolas INSIGNARE, Escola Profissional de Ourém (EPO) e Escola de Hotelaria de Fátima (EHF), encontrar-se-ão a frequentar os seus estágios. Destes, 46 irão para 8 destinos Europeus: Reino Unido (Belfast, Glasgow), Espanha (Barcelona, Bilbao, San Sebastian), Itália (Foligno, Forli) e França (Bordéus) e os restantes em diversas empresas de Norte a Sul do País. No mês de julho iniciam-se os estágios dos alunos de 1º ano, iniciando o seu primeiro contacto com o mercado de trabalho 191 alunos de ambas as Escolas.

unnamed (1)

Assim, este ano letivo, a EPO terá colocado em Estágio, 239 alunos nas áreas de Metalomecânica, Mecatrónica Automóvel, Informática, Gestão, Frio e Climatização, Design e Eletrónica Automação e Comando e colaborado com cerca de 210 entidades, e a EHF terá colocado em Estágio 269 alunos nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar, Pastelaria/Padaria e Turismo e colaborado com cerca de 200 entidades nas áreas da Hotelaria e Restauração.

Dando continuidade a uma tradição de há vários anos consecutivos, a EPO e a EHF vão ter várias dezenas dos seus alunos de 2º e 3º ano a realizarem os seus estágios curriculares em várias cidades europeias, apoiados pelo programa Erasmus +. Os alunos, para além das competências técnicas que irão aplicar e aprender, desenvolverão a autonomia pessoal, gestão do tempo, trabalho em equipa, gestão do orçamento individual. Receberão uma bolsa, proporcionada pelo programa Erasmus +, que financia este projeto, que lhes garante o alojamento, alimentação, transportes, e outras despesas inerentes à sua estadia no estrangeiro.

A Formação em Contexto de Trabalho (FCT), denominada habitualmente por estágio, configura-se como uma importante componente do processo de formação académica e profissional, no qual o aluno se prepara para a sua futura inserção no mercado de trabalho, através da participação em situações reais de trabalho potenciando ainda a aproximação inicial à profissão e às funções que lhe estão inerentes.



publicado por Carlos Gomes às 15:13
link do post | favorito

LEIRIA VAI EXPOR ROSAS DE OURO OFERECIDAS PELOS PAPAS AO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Rosas de Ouro oferecidas pelos Papas ao Santuário vão estar expostas no Museu de Leiria

Exposição temporária “As Rosas de Pedro e as Rosas de Maria” estará patente entre 15 e 17 de junho, inserida na Festa da Fé, que comemora o centenário da restauração da diocese de Leiria-Fátima.

unnamed

As três rosas de ouro oferecidas pelos Papas ao Santuário de Fátima vão estar expostas no Museu de Leiria, no âmbito da Festa da Fé, que comemora o centenário da restauração da diocese de Leiria-Fátima. “As Rosas de Pedro e as Rosas de Maria” é o título desta exposição temporária, que pode ser visitada de 15 a 17 de junho.

Na mostra estarão as três Rosas de Ouro oferecidas ao Santuário de Fátima pelos Papas Paulo VI, em 1965, Bento XVI, em 2005, e Francisco, em 2017.

“A Rosa de Ouro é um símbolo, enviado pelos Papas a soberanos, príncipes, rainhas e outras eminentes personagens, como sinal de particular benevolência ou em reconhecimento de assinalados serviços prestados à Igreja ou a bem da sociedade; também a santuários insignes, igrejas e mesmo cidades que desejam distinguir. É sinal, pois, de fidelidade à Igreja de Cristo e ao Seu Vigário”, pode ler-se na Enciclopédia de Fátima.

O Papa Paulo VI, primeiro pontífice a visitar Fátima, foi também o primeiro a oferecer uma Rosa de Ouro ao Santuário de Fátima. A oferta aconteceu a 13 de maio de 1965, dois anos antes da sua visita à Cova da Iria, pelas mãos do Cardeal legado Fernando Cento, “como expressão de particular reconhecimento por serviços prestados à Igreja”. A distinção havia sido anunciada pelo Sumo Pontífice na sessão de 21 de novembro de 1964 do Concílio Vaticano II. Na bênção da Rosa de Ouro, a 28 de março de 1965, Paulo VI referiu-se a ela como “testemunho do paternal afeto pela nobre nação portuguesa” e “penhor da devoção (da Igreja) ao insigne Santuário, onde foi levantado à Mãe de Deus um Seu altar”.

A Cátedra de Pedro viria a distinguir o Santuário com nova oferta em 2005, pelas mãos do Papa Bento XVI, que ofereceu um ramo de rosas entrelaçado por um rosário de ouro e pérolas, que envolve, ao centro, um coração de prata, à frente do qual se encontra uma haste de espinhos. Ao depositá-lo aos pés da Imagem de Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições, o agora Papa emérito referia-se à sua oferta “como homenagem de gratidão do Papa pelas maravilhas que o Omnipotente tem realizado por Vós no coração de tantos que peregrinam a esta vossa casa maternal”.

A terceira e última Rosa de Ouro também foi entregue pelo sucessor de Pedro aos pés da Virgem. Desta vez, foi o Papa Francisco, por ocasião da sua presença no Santuário de Fátima para celebrar o Centenário das Aparições e canonizar os beatos Francisco e Jacinta Marto. A entrega foi feita no início da sua peregrinação à Cova da Iria, momentos antes de uma oração que fez congregar, em silêncio, a multidão presente no Recinto. Foi como símbolo da “união na oração com todos os peregrinos” que o Santo Padre se referiu a esta distinção, um dia antes da sua chegada.

“Preciso de vos ter comigo. Preciso da vossa união - física ou espiritual, importante é que seja do coração -, para o meu bouquet de flores, a minha Rosa de Ouro, formando um só coração e uma só alma. Entregar-vos-ei todos a Nossa Senhora, pedindo-lhe para segredar a cada um: O Meu Imaculado Coração será o teu refúgio, o caminho que te conduzirá até Deus", disse o Papa Francisco, num vídeo onde antecipava a visita ao Santuário de Fátima.

A tradição desta distinção está documentada desde o pontificado de Leão IX (1049-1054) mas acredita-se remontar aos finais do século VI ou princípios do século VII. A bênção das Rosas de Ouro decorre, habitualmente, no Domingo da Alegria, no final da Quaresma.



publicado por Carlos Gomes às 14:54
link do post | favorito

Domingo, 27 de Maio de 2018
COMEMORA-SE HOJE O DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS

32349142_1631008203615463_650514191873998848_n



publicado por Carlos Gomes às 04:59
link do post | favorito

Sábado, 26 de Maio de 2018
AMANHÃ COMEMORA-SE O DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS

32349142_1631008203615463_650514191873998848_n



publicado por Carlos Gomes às 00:16
link do post | favorito

Sexta-feira, 25 de Maio de 2018
PORQUE É O PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS CONTRA A DESPENALIZAÇÃO DA EUTANÁSIA

Posição Política do PCP sobre a provocação da morte antecipada

pcp

DECLARAÇÃO DE JOÃO OLIVEIRA

PCP afirma a sua oposição à legislação que institucionalize a provocação da morte antecipada

24 Maio 2018

  1. O debate sobre a introdução legal da possibilidade da provocação da morte antecipada não corresponde à discussão sobre hipotéticas opções ou considerações individuais de cada um perante as circunstâncias da sua própria morte. É, sim, uma discussão de opções políticas de reforçada complexidade e com profundas implicações sociais, comportamentais e éticas.

A legalização da eutanásia não pode ser apresentada como matéria de opção ou reserva individual. Inscrever na Lei o direito a matar ou a matar-se não é um sinal de progresso mas um passo no sentido do retrocesso civilizacional, com profundas implicações sociais, comportamentais e éticas que questionam elementos centrais de uma sociedade que se guie por valores humanistas e solidários.

A ideia de que a dignidade da vida se assegura com a consagração legal do direito à morte antecipada, merece rejeição da parte do PCP.

A oposição do PCP à eutanásia tem o seu alicerce na preservação da vida, na convocação dos avanços técnicos e científicos (incluindo na medicina) para assegurar o aumento da esperança de vida e não para a encurtar, na dignificação da vida em vida. É esta consideração do valor intrínseco da vida que deve prevalecer e não a da valoração da vida humana em função da sua utilidade, de interesses económicos ou de discutíveis padrões de dignidade social.

  1. A invocação de casos extremos, para justificar a inscrição na Lei do direito à morte antecipada apresentando-o como um acto de dignidade, não é forma adequada para a reflexão que se impõe. Pode expressar em alguns casos juízos motivados por vivência própria, concepções individuais que se devem respeitar mas é também, para uma parte dos seus promotores, uma inscrição do tema em busca de protagonismos e de agendas políticas promocionais.

A ciência já hoje dispõe de recursos que, se utilizados e acessíveis, permitem diminuir ou eliminar o sofrimento físico e psicológico. Em matérias que têm a ver com o destino da sua vida, cada cidadão dispõe já hoje de instrumentos jurídicos (de que o “testamento vital” é exemplo, sem prejuízo dos seus limites) e de soberania na sua decisão individual quanto à abstinência médica (ninguém pode ser forçado a submeter-se a determinados tratamentos contra a sua vontade). A prática médica garante o não prolongamento artificial da vida, respeitando a morte como processo natural recusando o seu protelamento através da obstinação terapêutica. Há uma diferença substancial entre manter artificialmente a vida ou antecipar deliberadamente a morte, entre diminuir ou eliminar o sofrimento na doença ou precipitar o fim da vida.

  1. Num quadro em que o valor da vida humana surge relativizado com frequência em função de critérios de utilidade social, de interesses económicos, de responsabilidades e encargos familiares ou de gastos públicos, a legalização da provocação da morte antecipada acrescentaria uma nova dimensão de problemas.

Desde logo, contribuiria para a consolidação das opções políticas e sociais que conduzem a essa desvalorização da vida humana e introduziria um relevante problema social resultante da pressão do encaminhamento para a morte antecipada de todos aqueles a quem a sociedade recusa a resposta e o apoio à sua situação de especial fragilidade ou necessidade. Além disso a legalização dessa possibilidade limitaria ainda mais as condições para o Estado promover, no domínio da saúde mental, a luta contra o suicídio.

  1. O princípio da igualdade implica que a todos seja reconhecida a mesma dignidade social, não sendo legítima a interpretação de que uma pessoa “com lesão definitiva ou doença incurável” ou “em sofrimento extremo” seja afectada por tal circunstância na dignidade da sua vida. E ainda mais que ela seja invocada para consagrar em Lei o direito à morte, executada com base numa Lei da República.

A vida não é digna apenas quando (e enquanto) pode ser vivida no uso pleno das capacidades e faculdades físicas e mentais e a sociedade deve assegurar condições para uma vida digna em todas as fases do percurso humano, desde as menos autónomas (seja a infância ou a velhice) às de maior autonomia; na presença de condições saudáveis ou de doença; no quadro da integridade plena de faculdades físicas, motoras ou intelectuais ou da deficiência mais ou menos profunda, congénita ou sobreveniente.

O que se impõe é que o avanço e progresso civilizacionais e o aumento da esperança de vida decorrente da evolução científica sejam convocados para garantir uma vida com condições materiais dignas em todas as suas fases.

  1. O PCP afirma a sua oposição a legislação que institucionalize a provocação da morte antecipada seja qual a forma que assuma – a pedido sob a forma de suicídio assistido ou de eutanásia –, bem como a eventuais propostas de referendo sobre a matéria.

O PCP continuará a lutar para a concretização, no plano político e legislativo, de medidas que respondam às necessidades plenas dos utentes do Serviço Nacional de Saúde, nomeadamente no reforço de investimento sério nos cuidados paliativos, incluindo domiciliários; na garantia do direito de cada um à recusa de submeter-se a determinados tratamentos; na garantia de a prática médica não prolongar artificialmente a vida; no desenvolvimento, aperfeiçoamento e direito de acesso de todos à utilização dos recursos que a ciência pode disponibilizar, de forma a garantir a cada um, até ao limite da vida, a dignidade devida a cada ser humano.

  1. É esta a concepção de vida profundamente humanista que o PCP defende e o seu projecto político de progresso social corporiza. Uma concepção que não desiste da vida, que luta por condições de vida dignas para todos e exige políticas que as assegurem desde logo pelas condições materiais necessárias na vida, no trabalho e na sociedade.

Perante os problemas do sofrimento humano, da doença, da deficiência ou da incapacidade, a solução não é a de desresponsabilizar a sociedade promovendo a morte antecipada das pessoas nessas circunstâncias, mas sim a do progresso social no sentido de assegurar condições para uma vida digna, mobilizando todos os meios e capacidades sociais, a ciência e a tecnologia para debelar o sofrimento e a doença e assegurar a inclusão social e o apoio familiar.

A preservação da vida humana, e não a desistência da vida é património que integra o humanismo real – e não proclamatório – que o PCP assume nos princípios e na luta.



publicado por Carlos Gomes às 21:38
link do post | favorito

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA RECEBE MINISTRA DO TURISMO E DAS ANTIGUIDADES DA JORDÂNIA

A Ministra do Turismo da Jordânia, Lina Annab, esteve de visita ao concelho de Ourém e almoçou, hoje, na Escola de Hotelaria de Fátima.

unnamed

A visita para além do contacto com as potencialidades gastronómicas dos nossos alunos visou também a possibilidade de futuros intercâmbios entre os nossos alunos e formadores dos dois países. As áreas em debate, para além dos cursos na área da Hotelaria, foram também as do Turismo e da Animação Turística, fundamentais para a estruturação regional da oferta turística, áreas em que a especialização e competências da Escola muito agradaram à Governante.

Para além dos representantes do Município de Ourém e da ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, esteve presente o Presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, parceiro institucional fundamental para a divulgação e promoção do Turismo Religioso e com o qual a Escola de Hotelaria de Fátima tem contado, nos últimos anos, honrando-nos com a sua presença em diversas atividades.



publicado por Carlos Gomes às 19:07
link do post | favorito

Quinta-feira, 24 de Maio de 2018
FREIXIANDA PREPARA-SE PARA A FESTA!

A Vila da Freixianda prepara-se para  as comemorações do seu 23º Aniversário de elevação a vila.

Um programa vasto que se inicia a 21 de Junho e termina a 24 do mesmo mês. Alem da animação musical e tasquinhas há também folclore , desfile de fanfarra e  este ano  também exposições de artesanato divulgando o trabalho de artesãos locais , uma mostra fotográfica  e ainda exposição de maquinaria agrícola e automóvel.

33322442_1637596683004742_3236149044539555840_o

Participam nas tasquinhas 8 colectividades da freguesia com pratos que vão desde a "Chanfana á moda da Ribeira " á Perna de Porco no espeto com migas" .

Em termos de animação , desporto e actividades existe uma variadade para todos os gostos que vão desde um Passeio de Motorizadas ,Sardinhada Popular , Concertinas , Jogos Escutistas , Marchas Populares , Festival de Ranchos, Quermesse até um  Desfile de Fanfarras.

Em termos de programa o grande cabeça de cartaz para a edição deste ano é David Antunes & The Midnight Band que se espera traga uma grande enchente ao recinto das festas.

Programa:

Quinta Feira dia 21

18h - Sardinhada Popular

Animação com Grupo de Concerinas

Sexta Feira dia 22

19h00 - Abertura das Tasquinhas 

22h00 - Animação com o Grupo " Só Ritmo"

Sábado dia 23

15h00 - Abertura das Tasquinhas, Jogos Escutistas e Quermesse 

15h30 - Jogo de Futsal Solteiros X Casados

21h00 - Actuação da Marcha da Pelmá

22h00 - Animação Trio D'Arromba e David Antunes & The Midnight Band

Domingo dia 24

8h30 - Encontro e Passeio de Motorizadas 

9h00 - Abertura dos Jogos Escutistas e Quermesse 

12h00 - Abertura das Tasquinhas

15h00 - Desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere pelas ruas da Vila

16h00 - Festival de Folclore

22h00 - Atuação do Grupo Manuel Braz

Associações participantes:

- Agrupamento de Escuteiros 1263 da Ribeira do Fárrio

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Peso / Rancho Rosas de Portugal

- Associação Cultural e Recreativa Vale do Nabão / Rancho Lirios do Nabão 

- Associação Desportiva de Formigais

- GRUDER

- Rancho Folclórico  " Os Camponeses" da Ribeira do Fárrio

- Trilhos dos Cavaleiros Clube Motorizado

- Liga dos Amigos da Secção de Bombeiros da Freixianda 

Organização : União de Freguesias de Freixianda , Ribeira do Fárrio e Formigais

Apoio : Município de Ourém  e Bombeiros Voluntários de Ourém



publicado por Carlos Gomes às 14:29
link do post | favorito

Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
MUNICÍPIO DE OURÉM ADQUIRIU IMÓVEIS PARA REQUALIFICAÇÃO DA RUA GREGÓRIO CORREIA

A Câmara Municipal de Ourém está a desenvolver esforços para requalificar várias zonas identificadas no concelho de Ourém, nomeadamente a Rua Gregório Correia, na Freguesia de Nª. Srª. da Piedade.

IMG_3541

Neste contexto, foi aprovada em reunião de Câmara a aquisição de dois imóveis e três prédios urbanos que permitirão a abertura do arruamento de ligação da Rua de Castela com a Rua Dr. Armando Henrique Reis Vieira. Este investimento de cerca de 200 mil euros permitirá realizar uma intervenção há muito desejada e que dignificará a histórica Rua de Castela, bem como a Rua Gregório Correia e a Rua Dr. Armando Henrique Reis Vieira. Esta requalificação permite ainda criar condições para um melhor escoamento do trânsito proveniente da Praça D. Maria II.

IMG_3551


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:06
link do post | favorito

MUNICÍPIO DE OURÉM EXIGE AVALIAÇÃO DE IMPACTE AMBIENTAL PARA EXTRAÇÃO DE GÁS DE XISTO

O Município de Ourém aprovou, na última reunião de Câmara, o envio de uma comunicação ao Ministério do Ambiente e Agência Portuguesa do Ambiente com o parecer elaborado pelos serviços municipais que defende a obrigatoriedade da avaliação de impacte ambiental no que ao projeto “Sondagem de prospeção e pesquisa de hidrocarbonetos por métodos convencionais na área da concessão da Batalha” diz respeito.

Os projetos de extração subterrânea que compreendam sondagens de prospeção e pesquisa de hidrocarbonetos por métodos convencionais, exigem uma análise caso a caso para determinar se o projeto deve ser sujeito a uma avaliação de impacte ambiental. A tecnologia adotada (método convencional) na área de concessão da Batalha, mais concretamente em Aljubarrota, foi escolhida para minimizar ao máximo os possíveis impactos ambientais, ao invés do processo por fratura hidráulica. No entanto, existe preocupação relacionada com a possível danificação de aquíferos e com a contaminação através de agentes poluentes resultantes do processo.

Segundo os serviços municipais, o estudo disponível sobre a “Sondagem de prospeção e pesquisa de hidrocarbonetos por métodos convencionais na área da concessão da Batalha” é muito simples e não esclarece várias dúvidas. Neste sentido, o Município de Ourém subordinado ao princípio da prevenção e da precaução que rege a atuação pública em matéria de ambiente, defende a necessidade de proceder a um estudo de avaliação de impacte ambiental, que obrigue a análises mais aprofundadas e relatórios mais completos sobre o assunto.



publicado por Carlos Gomes às 18:58
link do post | favorito

A FEIROURÉM ESTÁ DE REGRESSO!

Entre 15 e 20 de junho, o Município de Ourém vai proporcionar aos oureenses um vasto conjunto de iniciativas e espetáculos com o regresso da FEIROURÉM, evento emblemático que pretende recuperar usos, costumes e as tradições do concelho. Xutos & Pontapés, Carolina Deslandes e Fernando Daniel são alguns dos artistas musicais que vão animar a FEIROURÉM 2018, além de uma programação diversificada que contempla exposições de atividades económicas e artesanato, mostras da gastronomia local e muita animação.

Feirourem2018

No dia 15 de junho os Xutos & Pontapés vão animar o Parque da Cidade António Teixeira, antecedidos pela atuação dos The Peorth e com a noite a finalizar ao som do Dj Ziko Lobo Mau Records. No dia seguinte, Carolina Deslandes será a grande artista da noite, com os Sigma a abrirem as hostilidades e o Dj Cazé a encerrar o dia com sonoridades dos anos 80. Já no domingo, dia 17 de junho, Fernando Daniel será a grande atração da noite com os In The Cisos a iniciarem a programação musical do dia. Domi será o artista responsável por animar a noite de 18 de junho e no dia 19 a APDAF irá apresentar as suas Marchas Populares seguidas da atuação do Grupo Musical Função Públika. No dia 20 de junho, Dia da Cidade de Ourém, os oureenses poderão reviver a tradicional sardinhada popular da FEIROURÈM que contará com a animação musical do Grupo Musical Manuel Braz. 

A FEIROURÉM 2018 estará instalada no Parque da Cidade António Teixeira e Centro de Negócios de Ourém, espaços onde será promovido o artesanato enquanto valor cultural e fator de dinamização da atividade económica, a gastronomia apresentada pelas associações do concelho, bem como os agentes económicos de âmbito agrícola, comercial e industrial instalados no concelho ou na região.

O regresso da FEIROURÉM é uma iniciativa do Município de Ourém que pretende preservar, valorizar e difundir a cultura dos oureenses na região e por todo o País.

FEIROURÉM 2018

15 A 20 DE JUNHO

15 JUNHO – SEXTA

17h00 - Abertura oficial da FEIROURÉM 2018

19h00 - Transmissão do jogo Portugal VS Espanha (écran gigante no recinto de festas)

22h00 - THE PEORTH

24h00 - XUTOS & PONTAPÉS

01h30 - DJ ZIKO LOBO MAU RECORDS

16 JUNHO - SÁBADO

11h00 - Abertura da FEIROURÉM 2018

11h30 – Workshop promovido pelo espaço Om Shanti

Tarde com animação diversa no interior do Centro de Negócios de Ourém

15h00 -Torneio de Veteranos Vilarense

Local: Campo do Operário, Vilar dos Prazeres

15h00 - Concerto final do intercâmbio entre Orquestra da Ourearte e Orquestra Molto Vivace do Conservatório Jaime Chavinha

Local: Pavilhão Multiusos da Escola Secundária de Ourém

16h00 - Inauguração de Exposição de Fotografia e apresentação do livro “… O sol, logo em nascendo vê primeiro” - Poemas e fotografias da autoria de Carlos André

Local: Galeria da Vila Medieval de Ourém

16h00 – Workshop “Sabemos o que que comemos? – Aprenda a interpretar “rotulagem alimentar” promovido pelo ginásio Vilafit

22h00 - SIGMA

23h30 - CAROLINA DESLANDES

01h30 - DJ CAZÉ ANOS 80

17 JUNHO - DOMINGO

09h00 - BTT APDAF

11h00 - Abertura da FEIROURÉM 2018

11h30 – Reflexologia podal promovida pelo espaço Om Shanti

11h30 - Música para Bebés

Local: Auditório da Ourearte - Praça Mouzinho de Albuquerque

Tarde com animação diversa no Centro de Negócios de Ourém

15h00 - Festival de Ranchos Folclóricos

17h30 - Demonstração de Paraquedismo

22h00 - IN THE CISOS

23h30 - FERNANDO DANIEL

18 JUNHO - SEGUNDA FEIRA

17h00- Abertura da FEIROURÉM 2018

18h00 – Aula de Yoga promovida pelo espaço Om Shanti

19h00 – Transmissão do jogo Inglaterra VS Tunísia (écran gigante no recinto de festas)

22h30 - DOMI

19 JUNHO - TERÇA FEIRA

14h30 - 5º Aniversário do Centro Comunitário de Voluntariado de Ourém

17h00 - Abertura da FEIROURÉM 2018

19h30 - MARCHAS POPULARES APDAF

23h00 - GRUPO MUSICAL FUNÇÃO PÚBLIKA

20 JUNHO – DIA DA CIDADE

09h30 - Cerimónias Oficiais

11h00 - Abertura da FEIROURÉM 2018

15h00 - Bênção de Viatura dos Bombeiros Voluntários de Ourém

15h30 - Batismo de Karting (Gratuito) - FUNPARK

 Local: Parque da Cidade António Teixeira

17h00 - Apresentação da APP Participa e do site do Município de Ourém

Local: Auditório do Centro de Negócios de Ourém

19h00 - SARDINHADA POPULAR

21h00 - GRUPO MUSICAL MANUEL BRAZ

ENTRADA LIVRE


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 16:36
link do post | favorito

LEIRIA FAZ RECRIAÇÃO HISTÓRICA

33320381_550001602052965_5987012869630197760_n



publicado por Carlos Gomes às 10:10
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

17
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

FOLCLORE DE PORTUGAL – O ...

ANDRÉ SILVA, DEPUTADO DO ...

PORQUE NÃO EXISTE APENAS ...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

VOTOS DE RECONHECIMENTO E...

PAN QUER REFEIÇÕES ESCOLA...

ALVAIÁZERE INCENTIVA FINA...

ALVAIÁZERE INCUBA NOVOS N...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA DINAM...

ALVAIÁZERE TEM INCUBADORA...

ALVAIÁZERE COMEMORA DIA D...

D. MANUEL PELINO, BISPO E...

PATAV CONVOCA DESFILE EM ...

FREIXIANDA PREPARA-SE PAR...

FREIXIANDA CAMINHA PASSO ...

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁ...

OUREENSES DEBATEM SAÚDE M...

FINAL NACIONAL DO CONCURS...

“OURÉM MAIS LIMPO” RECOLH...

OLIVENÇA (TAMBÉM) COMEMOR...

LEI QUE REGULA VENDA DE A...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLH...

PAN ASSINALA DIA MUNDIAL ...

FREIXIANDA ESTÁ EM FESTA!

OUREENSES CAMINHAM PELOS ...

FREIXIANDA É VILA HÁ 23 A...

FOLCLORE NO OLIVAL É UM F...

FÁTIMA EXPÕE "O MEU ANJIN...

OURÉM DIVULGA FEIROURÉM

OLIVENÇA COMEMORA DIA DE ...

FALTA DE DEBATE PÚBLICO C...

ROADSHOW TECNOLÓGICO DA A...

OURÉM REALIZA NO OLIVAL F...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

PAN DEFENDE DIREITO À "MO...

ALVAIÁZERE + REALIZA 1º B...

OURÉM REALIZA NO OLIVAL F...

XIV FESTAMBO EM OURÉM SOM...

ESCOLAS INSIGNARE COLOCAM...

LEIRIA VAI EXPOR ROSAS DE...

COMEMORA-SE HOJE O DIA NA...

AMANHÃ COMEMORA-SE O DIA ...

PORQUE É O PARTIDO COMUNI...

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁ...

FREIXIANDA PREPARA-SE PAR...

MUNICÍPIO DE OURÉM ADQUIR...

MUNICÍPIO DE OURÉM EXIGE ...

A FEIROURÉM ESTÁ DE REGRE...

LEIRIA FAZ RECRIAÇÃO HIST...

arquivos

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds