Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Terça-feira, 3 de Julho de 2018
VEREADORES SOCIALISTAS TOMAM POSIÇÃO NA REUNIÃO DO EXECUTIVO MUNICIPAL

Posições Vereadores PS Reunião de Câmara 2 Julho 2018

ANTES DA ORDEM DO DIA

MONFORTINOS

Os vereadores do PS congratulam-se pelo facto de o executivo ter decidido voltar atrás no processo de cedência de prédios que envolvia o edifício dos Monfortinos. Embora considerando a mais valia e o trabalho de excelência que o Conservatório tem feito em Fátima, bem com a possibilidade desta instituição continuar ali a funcionar, aquele edifício é demasiado valioso e importante para ser cedido a uma entidade privada, a qual pode, inclusive, passar os direitos para outra qualquer outra entidade, local ou não.

Os vereadores do PS consideram que Fátima e os seus habitantes merecem ter na sua zona nobre, a Cova da Iria, um edifício digno, público, propriedade do Município que se torne ex libris cultural da cidade de Fátima. O edifício dos Monfortinos tem esse potencial e deve ser valorizado nesse sentido.

FEIROURÉM

Decorreu entre 15 e 20 de junho a Feirourém. Resgatada que foi a mostra de atividades artesanais e industriais do concelho, congratulamo-nos com a possibilidade que os oureenses tiveram de mostrar os seus produtos e serviços. Se este executivo municipal efetivamente tiver a intenção de promover a Feirourém e torná-la uma mostra industrial, comercial e de serviços, o Município não deve ficar restringido aquilo que (muito e bem) se faz no Município. Abrir as portas a empresas da região e do país, pode engradecer as Feira, torná-la uma mostra regional e nacional, promover contactos entre industriais e comerciantes e até, promover as zonas industriais existentes e planeadas. O enriquecimento de Ourém e da Feirourém não pode ficar circunscrito aquilo que é feito no concelho. Tal como existe um processo de internacionalização a nível turístico, deverá existir também um processo de aproximação deste evento a empresas de diversos setores a nível nacional de modo a contribuir para o enriquecimento das próprias empresas do concelho.

Por outro lado, as verbas gastas neste evento este ano pelo Município, justificam maior abertura ao exterior. Um evento com custos superiores a 100.000 euros não pode ficar restringido a uma população de cerca de 40.000 habitantes, sob pena de não se tornar um bom investimento. E é isso que os vereadores do PS consideram que aconteceu este ano: um investimento desproporcionado entre a parte lúdica e o retorno económico para o concelho.

ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

No passado sábado decorreu o XV aniversário dos Bombeiros de Fátima. Gostaríamos de deixar aqui expresso um voto de louvor à atual direção e à anterior pela aquisição de novos veículos para a corporação, bem como a todas as direções anteriores que realizaram o meritório trabalho de fazer daquela Associação Humanitária de Bombeiros aquilo que é hoje:  um conjunto de homens e mulheres, com uma multiplicidade de equipamentos diversos, que serve de forma exemplar a população residente, que trabalha e se desloca diariamente para Fátima e milhares de peregrinos  que, só em 2017, atingiram mais de 9 milhões.

Gostaríamos de aqui louvar também a colaboração financeira que o município tem dado, e aumentou este ano em cerca de 10%, para todas as corporações do concelho de Ourém. Todos sabemos como esta colaboração é fundamental para o sustento e manutenção das corporações.

No entanto, há um aspeto que nos levanta algumas dúvidas: o número de serviços prestado pelas diferentes corporações do concelho é diferente, nomeadamente no que se refere á prestação de auxilio a doentes em parceria com o SNS. Servir o número de habitantes de Fátima e aqueles que lá trabalham, só por si, representa um número de cerca de 40% da população de Ourém; por outro lado, a vinda e permanência de milhões de peregrinos, na sua maior parte de meia idade e idosos, aumenta em muito o numero de ocorrências e de pedido de auxilio. Sabemos também que sempre que as ambulâncias prestam socorro, mas não se deslocam aos hospitais, porque prestam os socorros necessários no local, não são pagos os gastos daí decorrentes. Ora estas deslocações, perfazem milhares de quilómetros ao longo do ano e despesas que vêm o orçamento da corporação de Fátima acrescido. Sendo assim, como se compreende que as verbas atribuídas sejam na mesma proporção??

Considerando que deve haver um tratamento igualitário para todas as corporações da parte do município, consideramos também que as diferenças entre elas devem ser levadas em conta para que haja justiça. Nesse sentido, consideramos oportuno que, no caso particular de Fátima, se estabeleça um protocolo entre o Município e a Associação dos Bombeiros Voluntários de Fátima que permita fazer face a este tipo de ocorrências e de despesas que decorrem da situação particular desta corporação face às restantes do concelho.

CASA DO POVO DE FÁTIMA

Decorreu no passado dia 30 o encerramento das atividades letivas da Casa do Povo de Fátima. O excelente espetáculo de encerramento contou com a participação de dezenas de alunos de variadas atividades que englobam todas as idades. E esta é exatamente a mais valia que torna única esta Associação:  embora a ideia de “atividades letivas” nos remeta para crianças e jovens, o serviço prestado à comunidade pela Casa do Povo de Fátima abrange todas as idades, tornando-se impar em Fátima. Independentemente da idade, dos recursos ou da formação, todos os fatimenses, já residentes ou recém-chegados podem dirigir-se a esta associação e integrarem uma das suas atividades. A oferta cultural desta associação é tão rica e diversificada que permite a todos os fatimenses integrarem algum tipo de atividade, participar, desenvolver e manter laços próprios de uma comunidade, com uma história que se fez e continua a fazer-se a cada dia que passa.

Os vereadores do PS gostariam, por isso, de endereçar à Direção da Casa do Povo de Fátima os nossos mais sinceros parabéns pelo contributo que dá para o bem-estar físico, psicológico e relacional das diversas populações, pelo sentido de pertença a uma comunidade sistematicamente sujeita a mudança, flutuação de pessoas, e que funciona como uma referência para todos os que chegam a Fátima e aqui querem residir.

Os vereadores do Partido Socialista

Cília Seixo

José Reis

Estela Ribeiro



publicado por Carlos Gomes às 20:55
link do post | favorito

PAN QUER MELHORAR CONDIÇÕES DE SAÚDE MENTAL DOS AGENTES DAS FORÇAS DE SEGURANÇA

PAN volta a propor plano de resiliência psicológica dos operacionais da PSP e GNR

  • Projeto do PAN da sessão legislativa anterior sobre esta matéria foi chumbado 
  • Novos dados reforçam que a taxa de suicídios destes profissionais é quase o dobro do que na população em geral
  • PAN volta a trazer ao debate a necessidade de melhoria das condições de saúde mental dos profissionais da PSP e GNR
  • Implementação de um programa de promoção da resiliência psicológica dos operacionais numa lógica preventiva
  • Dotar a priorios profissionais de ferramentas que lhes permitam aprender a lidar com situações de stress

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza, volta a trazer ao debate a necessidade de melhoria das condições de saúde mental dos profissionais da Polícia de Segurança Pública (PSP) e Guarda Nacional Republicana (GNR) criando um programa de promoção da resiliência psicológica dos operacionais.

Na sessão legislativa anterior o partido apresentou um projeto de resolução que recomendava ao Governo que promova a melhoria das condições de saúde mental, em ambiente laboral, nas Forças e Serviços de Segurança, criando um programa de promoção da resiliência psicológica dos operacionais, que foi chumbado. No seguimento dos dados e notícias mais recentes que indicam que a taxa de suicídios destes profissionais é quase o dobro do que na população em geral, o PAN volta a apresentar uma nova iniciativa legislativa que inclui as novas evidências sobre este assunto.

Considerando os números apresentados no livro "Os polícias não choram", de Miguel Rodrigues e referidos pelo Diário de Notícias, 137 agentes acabaram com a sua própria vida entre 2000 e 2017, o que resulta numa média de 16,9 casos por 100 mil habitantes. Sendo que, entre 2000 e 2016, a taxa de suicídios foi de 9,7 por 100 mil habitantes na população em geral.

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia afirma que estes números, não são novidade e que constam de documentos públicos. O presidente desta associação, Paulo Rodrigues, afirmou inclusive para os meios de comunicação social que a “PSP é uma instituição fria, onde os recursos humanos tratam os polícias como números e raras vezes há a sensibilidade para olhar para a situação de cada um”.

O PAN entende que o aumento da prevalência das perturbações mentais e das perturbações psicológicas, bem como os custos a elas associados, reforçam a necessidade de intervenção psicológica.  O partido defende que o acompanhamento não deve passar apenas pelo acesso a consultas de psicologia e psiquiatria, que deverá estar acessível aos profissionais das forças de segurança, mas também por uma política preventiva, que passa pela implementação de um programa de promoção da resiliência psicológica dos operacionais das forças e serviços de segurança para diminuir os riscos psicossociais e consequências ao nível da saúde ocupacional, como as baixas por doença profissional, absentismo e suicídio, o que aumentaria simultaneamente a produtividade no cumprimento das missões.

Tão importante como recorrer à intervenção psicológica no tratamento de perturbações, é dotar a priori os profissionais de ferramentas que lhes permitam aprender a lidar com situações de stress, o que os ajudará no exercício das suas funções e evitará o surgimento de situações de ansiedade ou até depressão.

Para além da promoção da resiliência psicológica em profissionais no ativo, o PAN defende a importância deste acompanhamento logo na fase de formação inicial de elementos das forças e serviços de segurança, devendo ser de imediato definidas estratégias de treino para dotar os profissionais de técnicas para gerirem no seu dia-a-dia a desmotivação, o stress e a ansiedade.



publicado por Carlos Gomes às 14:35
link do post | favorito

D ANTÓNIO DE OLIVEIRA AZEVEDO, BISPO AUXILIAR DO PORTO, PRESIDE À P

Peregrinação Internacional Aniversária de julho de 2018 será presidida pelo Bispo Auxiliar do Porto. D. António Augusto de Oliveira Azevedo foi nomeado Bispo em 2016 pelo Papa Francisco

O Santuário de Fátima acolhe nos próximos dias 12 e 13 de julho a terceira Peregrinação Internacional Aniversária do Ano Pastoral que está a ser vivido em Fátima sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, sublinhando a consciência do dom recebido, iniciativa gratuita e amorosa de Deus.

unnamed

Um ano depois do Centenário das Aparições, cuja celebração teve como apogeu a peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, em maio com a canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima prepara-se para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de sete anos e que culminou em 2017, com a celebração do Ano Jubilar.

Esta peregrinação de julho será presidida por D. António Augusto de Oliveira Azevedo, Bispo Auxiliar do Porto.

unnamed (1)

António Augusto de Oliveira Azevedo nasceu a 14 de junho de 1962 em Avioso, Maia. A ordenação presbiteral aconteceu na Sé Catedral do Porto a 13 de julho de 1986.

Nos dois primeiros anos de sacerdócio foi Vigário Paroquial de Santo Tirso (1986-1988), e assumiu a função de Capelão Militar na Força Aérea em 1988. Foi Conselheiro Espiritual das Equipas de Nossa Senhora em 1989, missão que ainda hoje exerce.

De 1990 a 2000 ocupou as funções de Pároco de Vilar do Paraíso, Vila Nova de Gaia, acumulando este múnus com a Assistência da Pastoral Operária do Porto (LOC e JOC), de 1998 a 2000.

É Docente na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa desde de 2003, tornando-se em simultâneo Prefeito e Professor no Seminário Maior do Porto.

Exerce ainda o cargo Juiz do Tribunal Eclesiástico do Porto desde 2004, ano em que assume a Capelania do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa (2004-2012). Desde 2005 é o Assistente Diocesano do Centro de Preparação para o Matrimónio (CPM).

Foi nomeado Reitor do Seminário Maior do Porto em 2012 e responsável pelo acompanhamento dos Padres Novos em 2015.

A nomeação episcopal aconteceu a 9 de janeiro de 2016, pelo Papa Francisco. D. António Augusto de Oliveira Azevedo foi ordenado bispo no dia 13 de março do mesmo ano.

A 24 de setembro de 2017, o Bispo Auxiliar do Porto presidiu à Eucaristia dominical no Recinto de oração no âmbito da Peregrinação Nacional do Rosário.

Na homilia, o prelado deixou dois desafios aos peregrinos presentes na Cova da Iria: o primeiro “que brilhem na vida da Igreja e de cada um de nós os traços de um rosto mais mariano” e o segundo revalorizar a oração do terço do Rosário.

“Nestes tempos de incertezas e de preocupações é necessária a perseverança da nossa consagração ao Imaculado Coração de Maria, diariamente vivida na oração do terço, porque a oração nunca é inútil, mais cedo ou mais tarde frutificará”, sublinhou. 

António Azevedo referiu-se à mensagem de Fátima como uma mensagem de “denúncia do mal” e uma mensagem de esperança.

“A Mensagem que aqui ecoa há cem anos é de denúncia do mal, da injustiça e da guerra mas é sobretudo o anúncio da esperança num Deus, Pai Providente, Pai paciente, que não se ausentou da história, abandonando o Homem à sua sorte”, referiu.

"A oração do Rosário é um belo exercício espiritual que favorece a conversão de forma continua", disse o bispo D. António Augusto Azevedo.

“Contemplando os mistérios do Terço, por onde perpassa a vida de Jesus, o crente vai purificando o olhar e abrindo o coração ao verdadeiro rosto de Deus que se revela na vida do Filho”, afirmou.

A 12 e 13 de julho, D. António Augusto de Oliveira Azevedo será o presidente das principais celebrações da Peregrinação Internacional Aniversária de Julho.

De entre as celebrações de dia 12, destaque para a abertura na Capelinha das Aparições, às 18h30; Rosário às 21h30, seguido da Procissão das Velas e Missa da Vigília, no Recinto.

No dia 13 de junho, o Rosário será às 9h00, seguido da Missa Internacional no Recinto, às 10h00 bênção dos doentes e Procissão do Adeus.

Nos serviços do Santuário, fizeram-se anunciar 41 grupos oriundos da Argentina, Bélgica, Brasil, Alemanha, Espanha, França, Gabão, Reino Unido, Hungria, Israel, Itália, E.U.A., Malta, Filipinas, Polónia e Eslováquia.



publicado por Carlos Gomes às 14:22
link do post | favorito

INSIGNARE LÍDER DE CONSÓRCIO EUROPEU PARA A CRIAÇÃO DE CURSO PROFISSIONAL DE TURISMO DIGITAL

A INSIGNARE viu aprovada uma candidatura europeia que lhe irá permitir desenvolver a componente tecnológica e de formação em contexto de trabalho, do Curso Profissional de Turismo Digital, seguindo assim a tradição de ser pioneira na proposta de novos cursos ao Catálogo Nacional de Qualificações.

unnamed

A candidatura, no valor de 316.380€, será aplicada ao longo de 24 meses, de acordo com o planeamento aprovado, sendo um trabalho conjunto com mais 7 parceiros, (de Portugal, Espanha, Holanda, Bélgica, Itália), tendo sido apoiada em constituição inicial pela ANQEP - Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional e pela DGESTE - Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, bem como organismos similares noutros países.

Esta é uma área de futuro em que a INSIGNARE pretende apostar, sentindo a lacuna de não haver especialização concreta do Digital nas áreas de Turismo ao nível da formação profissional. Atentos à especialização que o Curso de Turismo já tem, e sabendo das capacidades da organização para o desenvolvimento de projectos desta natureza, a INSIGNARE dá assim mais um passo rumo à Inovação com que pretende marcar o próximo ciclo de formação, juntando assim num mesmo projecto as vertentes do marketing digital, promoção, animação turística, CRM, circuitos….

A grande novidade torna-se também o facto, do desenvolvimento deste projecto ser de carácter europeu, dando assim longo alcance às áreas a desenvolver e permitindo uniformizar o curso nas componentes tecnológicas nos países parceiros, bem como aqueles que de seguida se lhes queiram juntar.

A EFVET - Associação Europeia de Escolas Profissionais, da qual a INSIGNARE é associada, é a parceira europeia que terá como responsabilidade divulgar e promover este projecto e os seus resultados.

O Turismo tem sido um grande motor da Economia Nacional, trazendo cada vez mais jovens à profissionalização neste sector, sendo estratégico dotar a formação de competências na área do digital, sendo de destacar o papel português de evolução (e records) neste sector nos últimos anos.

Esta candidatura tem ainda como parceiro local a ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 01:48
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
14

15
16
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

FOI A ATITUDE DO CÔNSUL A...

INSIGNARE PARTICIPA NAS J...

FREIXIANDA REALIZA FESTA ...

PAULO FERRAZ CUMPRE OBJEC...

FREIXIANDA ANGARIA FUNDOS...

PROFESSORES DA EPO E EHF ...

ESPOSENDE ORGANIZA FESTA ...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

SOFIA, MEU AMOR! APRESENT...

TABULEIROS DE TOMAR DESFI...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA RECEB...

PAN APRESENTA PROPOSTAS D...

VAI HOJE A VOTAÇÃO NA ASS...

BANDEIRA AZUL ESTÁ DE VOL...

JOVENS VOLUNTÁRIOS VÃO AC...

VEREADORES SOCIALISTAS TO...

PAN QUER MELHORAR CONDIÇÕ...

D ANTÓNIO DE OLIVEIRA AZE...

INSIGNARE LÍDER DE CONSÓR...

ALVAIÁZERE INCENTIVA EMPR...

FESTA DOS TABULEIROS DE T...

FILME "A TEIA" VAI SER RO...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

PAN QUER FATURAS DA ÁGUA ...

QUEM É O PROF. DOUTOR DAN...

PAN QUESTIONA GOVERNO SOB...

DIRETORA DO SECRETARIADO ...

BISPO D. ANTÓNIO MARTO VA...

CANIS MUNICIPAIS VÃO DEIX...

ANIMAIS PODEM ENTRAR EM E...

CAXARIAS ESTÁ EM FESTA

MUNICÍPIO DE OURÉM LANÇA ...

A QUEM PERTENCE O BRASÃO ...

FREIXIANDA ESTÁ EM FESTA!

FÁTIMA TEM NOVO RITMO

AMO.UMA ASSEMBLEIA INOVAD...

FOLCLORE DE PORTUGAL – O ...

ANDRÉ SILVA, DEPUTADO DO ...

PORQUE NÃO EXISTE APENAS ...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

VOTOS DE RECONHECIMENTO E...

PAN QUER REFEIÇÕES ESCOLA...

ALVAIÁZERE INCENTIVA FINA...

ALVAIÁZERE INCUBA NOVOS N...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA DINAM...

ALVAIÁZERE TEM INCUBADORA...

ALVAIÁZERE COMEMORA DIA D...

D. MANUEL PELINO, BISPO E...

PATAV CONVOCA DESFILE EM ...

arquivos

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds