Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2019
MANUEL JOÃO BARBOSA: A SUA DEDICAÇÃO À CAUSA DO FOLCLORE É MERECEDORA DA NOSSA MAIS SINCERA HOMENAGEM!

A notícia é do Diário de Notícias e data de 5 de Setembro de 2009. Mas, apesar do tempo decorrido, não podiamos ficar indiferentes. Já na década de 70 do século passado, Manuel João Barbosa deu ao folclore a revista “Folclore” pelo que é mais do que justa esta singela homenagem que deveria servir de mote para o seu reconhecimento por parte de todo o movimento folclórico nacional.

22539957_1589082811135382_7378975878210874112_n

O caso raro de um jornal que defende o folclore

'Jornal do Folclore' sobrevive  há 13 anos com mais de duas mil assinaturas e o suor e as  palavras de um só homem.

Manuel João Barbosa é uma figura incontornável do folclore, em Portugal. Porque é proprietário, director, repórter, secretário, o faz-tudo do Jornal do Folclore, a única publicação portuguesa especializada. No país? "Não há no País, e creio que em todo o mundo, outra publicação que trate o tema folclore", conta ao DN, a partir de Santarém e entre escalas, como sempre - preparava-se para ir cobrir o Festival Internacional dos Açores.

"Em contacto com responsáveis de muitas formações estrangeiras, a informação que temos é que nenhum país tem qualquer publicação que trate a cultura popular", complementa. O primeiro número do jornal de Manuel João "saiu a 1 de Março de 1996" e, daí para cá, foram mais de "treze anos de publicação regular e ininterrupta".

E por força desta "carolice", como admite, Manuel João é um papa-léguas com "dezenas de milhares de quilómetros por ano". Multiplique-se por 13, então.

Com a ajuda pontual de duas ou três pessoas, Manuel João dirige, faz existir, no fundo, uma publicação com pretensões de, "não só informar", "mas também de formar, procurando oferecer aos grupos de folclore indicações úteis para o desenvolvimento de um trabalho de orientação acertada de representação etnográfica e folclórica".

Um tema difícil num país em que pintar uns trajes e subir o volume dos sistemas de som, normalmente, chega para o objectivo-mor: o aplauso.

Arriscando que o Jornal do Folclore "é um projecto arredado de interesses comerciais", é preciso pagar gráfica, viagens, internet, luz... Como? "[Com] uma considerável rede de assinantes", que ultrapassa as duas mil - o jornal custa 1,50€ por edição (mensal).

51062819_2158538231130373_3968301807272198144_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:15
link do post | favorito

ALMOÇO DE CHÍCHAROS JUNTA OUREENSES EM ALQUEIDÃO

51822177_286582592034689_6761465309267230720_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:17
link do post | favorito

FREIXIANDA... CHAMA O ANTÓNIO!

51630182_395365404341234_2589618207199330304_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:15
link do post | favorito

FREIXIANDA ACELERA EM TODO-O-TERRENO

51344452_306665700042764_654637957478612992_n (2).jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 19:14
link do post | favorito

ORÉM RECEBE RALLY NA VILA MEDIEVAL

51054771_226877254885240_5946144374613082112_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:13
link do post | favorito

PORTA COM PORTA | ESPECTÁCULO DE TEATRO EM OURÉM

O Cineteatro Municipal de Ourém vai receber, sábado 16 de março, o espetáculo de teatro “PORTA COM PORTA”.

Esta comédia romântica protagonizada por Sofia Alves e João de Carvalho sob a direção de Celso Cleto aborda a história de Rute (Sofia Alves), uma mulher independente com cerca de 40 anos que resolve comprar um apartamento novo num edifício de prestígio. Mas, na euforia de conseguir mais um passo na sua independência acontece, algo que não estava planeado e que ela não vai conseguir controlar. Tony (João de Carvalho) é o proprietário que vai ocupar o apartamento do lado, Porta com Porta. De facto, Tony com cerca de 55 anos está muito longe de ser o vizinho ideal para Rute e os problemas acontecem logo no primeiro encontro."

Reservas através de  cineteatro@cm-ourem.pt  | tlm 916 591 231

Público-alvo: M/16 anos

Custos: 10,00€

16 de março – 21.30H

Cineteatro Municipal de Ourém


tags:

publicado por Carlos Gomes às 18:48
link do post | favorito

OURÉM INAUGURA EXPOSIÇÃO DE ESCULTURA DE CARLOS SOUSA

Ourém inaugura a exposição de escultura "Engenho da alma", de Carlos Sousa, no dia 15 de fevereiro, pelas 18h00, no Auditório Cultural dos Paços do Concelho de Ourém

51556320_2566429830097534_6438716839303315456_n.jpg

Carlos Manuel Antunes de Sousa, nasceu em Ourém em 1968 e prematuramente surgiu a necessidade de descobrir, alicerçada a uma curiosidade em saber onde é que as coisas encaixam.

Quando se tenta definir, mantém-se no silêncio numa tentativa de comparar às suas obras, saltitando entre uma provocação ferrugenta e uma simplicidade pormenorizada.

“Eu gosto do ferro com ferrugem. Eu quero o ferro com ferrugem!”

O material de eleição é a sucata porque o ferro amadurece com o tempo, numa curva existencial que começa nas mãos do escultor mas finaliza-se na rua através das pessoas.

O processo criativo de um novo projecto pode nascer de duas formas, a partir de um pensamento estruturado de uma projeção antecipada da obra ou de uma improvisação livre, sem rigidez e que descobre no acaso o caminho e a identidade.

A oficina transborda de ferro trabalhado, de ferro evoluído, que espera, que tem coisas para dizer, algo a acrescentar à vida, talvez uma provocação da consciência.

Esta exposição estará patente até ao dia 31 de março, no seguinte horário: de segunda-feira a sexta-feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.



publicado por Carlos Gomes às 18:31
link do post | favorito

PAN PROPÕE ALTERAÇÕES À REGULAÇÃO DA AUTORIDADE PARENTAL EM CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

PAN considera urgente debater alterações à regulação das responsabilidades parentais em situações de violência doméstica

  • Regime jurídico da regulação das responsabilidades parentais em situações de violência doméstica não é eficaz a assegurar o superior interesse das crianças
  • Agressores socorrem-se da regulação das responsabilidades parentais para manter o contacto com a vítima e com os filhos
  • Continua a verificar-se falta de comunicação entre o Tribunal Judicial e o Tribunal de Família e Menores
  • Tragédia que envolveu os homicídios no Seixal coloca novamente a descoberto a desprotecção das vítimas

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza apresenta um projeto de lei sobre a regulação das responsabilidades parentais em situações de violência doméstica.

Caso no Seixal deixa a descoberto protecção das vítimas de violência doméstica. Apesar da PSP ter classificado este caso como "de risco elevado", o Ministério Público (MP), acabou por dar origem a um inquérito apenas por crime de coação e ameaça com a vítima a desistir da queixa passado um tempo, apesar de ter continuado a lutar contra o ex-marido em tribunal. Ao contrário de uma acusação por violência doméstica, que é considerado crime público, uma acusação por coação e ameaça depende de queixa. Sabe-se ainda que o casal em questão estava em processo de discussão pela regulação parental e não tinha ainda chegado a um consenso sobre o tempo que a criança devia passar com cada um dos pais.

Porque, infelizmente, todos estes motivos são elucidativos de várias ineficácias, o PAN defende que é fundamental que o regime jurídico da regulação das responsabilidades parentais assegure o superior interesse das crianças. Dificilmente uma criança terá benefícios em que os pais tenham o exercício partilhado das responsabilidades parentais quando se verifique um contexto de violência doméstica, para além de ser uma tortura para o progenitor ofendido. O agressor frequentemente se socorre do regime da regulação das responsabilidades parentais para manter o contacto com a vítima e com os filhos (também eles vítimas), mantendo naqueles um sentimento de insegurança que os impede de viver uma vida livre e sem receios, inclusivamente impedindo ou retardando a sua recuperação.

Os principais problemas da regulação das responsabilidades parentais em situações de violência doméstica resultam em grande parte da falta de comunicação entre o Tribunal Judicial (onde o processo relativo ao crime de violência domestica é julgado) e o Tribunal de Família e Menores (onde o processo de regulação das responsabilidades parentais corre termos) não permitindo uma abordagem integrada, global e eficaz das dinâmicas familiares e o seu reflexo na parentalidade.

O PAN propõe a inclusão de uma série de medidas que impliquem essa comunicação entre os tribunais, com vista à proteção de todas as vítimas. Em primeiro lugar, sempre que haja despacho de acusação pelo crime de violência doméstica, o Tribunal de Família e Menores deve ser imediatamente informado, pois a probabilidade das crianças e jovens serem também elas vítimas é muito grande. Atualmente a lei prevê que isto aconteça só nos casos em que seja aplicada medida de coação ou sanção acessória de impedimento de contactar com o outro progenitor.

Deve também ser avaliada a possibilidade de, nos casos de haver sentença de condenação por homicídio em contexto conjugal, esta levar à inibição das responsabilidades parentais por parte do agressor, tal como dispõe o n.º 2 do artigo 45.º da Convenção de Istambul. Devendo sempre, antes da aplicação da referida medida acessória ser verificado in casu, tendo em conta parâmetros como a idade da criança, se a mesma vivia ou não com os progenitores, se há ou não familiares capacitados para se encarregarem da sua educação e desenvolvimento, se existem ou não condições para que o agressor mantenha o exercício das responsabilidades parentais.

Por fim, em complemento à isenção de pagamento de taxas moderadoras para a vítima e para as crianças em geral, deve ser possibilitada a prestação de consultas de psicologia gratuitas para a vítima e para os filhos, sejam eles menores ou não, desde que tenham presenciado de alguma forma a prática do crime.



publicado por Carlos Gomes às 11:24
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
17
19

21
26
27

28
29
30


posts recentes

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

25 DE ABRIL NÃO FOI SÓ CR...

INTERVENÇÃO DO DEPUTADO A...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

VOLANTE DESENVOLVIDO NA U...

ALVAIÁZERE PROMOVE ENCONT...

FREIXIANDA COMEMORA 24 AN...

PAN DEFENDE PRESCRIÇÃO DE...

FREIXIANDA RECEBE TORNEIO...

OURÉM RECEBE TOCADORES DE...

ALVAIÁZERE PROMOVE PRODUT...

EUROPEIAS 2019: PAN LANÇA...

ASSEMBLEIA JOVEM DE OURÉM...

EXECUTIVO MUNICIPAL FEZ L...

ALVAIÁZERE PROMOVEU CAMPO...

ALVAIÁZERE PROMOVE FÉRIAS...

MUNICÍPIO DE OURÉM ASSOCI...

45 ANOS DE 25 DE ABRIL EM...

ALVAIÁZERE APRESENTA PROD...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE D...

“FÁTIMA HOJE: QUE CAMINH...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNI...

FÁTIMA REALIZA "DANÇAS SO...

ALVAIÁZERE INCENTIVA JOGO...

ESCOLAS DA INSIGNARE ASSO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA RECEB...

ATAQUE DE CORAÇÃO: RECUPE...

PAN QUER QUE TODOS OS AGR...

BATALHA ASSINALA DIA INTE...

FREIXIANDA RECEBE CHARANG...

DEFENSORES DOS ANIMAIS RE...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

MÚSICA E TEATRO PREENCHEM...

PAN ENTREGA LISTA DE CAND...

ALVAIÁZERE ASSINALA SEMAN...

OURÉM CELEBRA 20º ANIVERS...

ALVAIAZERENSES DESPERTAM ...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

ALVAIÁZERE REALIZA SEMANA...

ESAD NO CLAUSTRO MONFORTI...

ESCOLA PROFISSIONAL DE OU...

MUSEU DE ARTE SACRA E ETN...

FÁTIMA TOMA CHÁ COM ARTE

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

FÁTIMA APRESENTA DANÇAS D...

ALVAIÁZERE REALIZA SEMANA...

PAN ELEGE NOVA COMISSÃO P...

BASÍLICA DE NOSSA SENHORA...

EM TEMPO DE QUARESMA AS J...

arquivos

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds