Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Sábado, 29 de Junho de 2019
ARTESÃOS DE OURÉM LEVAM AS SUAS CRIAÇÕES À FEIRA INTERNACIONAL DO ARTESANATO

A Associação de Artistas e Artesãos de Ourém representou hoje a nossa região na Feira Internacional do Artesanato (FIA), levando ao público as suas criações e, em particular os seus bordados tradiconais.

DSCF4801 (2).JPG

Ourém é terra de grandes tradições na área do artesanato, nomeadamente na latoaria e na cestaria. Não é admissível que não possua uma representação mais digna no mais certame do género em toda a Península Ibérica.

Ainda no que ao artesanato diz respeito, convém lembrar os famosos terços de pinhões, a queijaria tradicional e de uma maneira geral a gastronomia da região.

DSCF4799 (1).JPG

DSCF4800.JPG



publicado por Carlos Gomes às 21:24
link do post | favorito

FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO ABRE HOJE AS PORTAS

A maior feira de artesanato da Península Ibérica promove o artesanato nacional e de várias partes do Mundo

Inicia-se este sábado, dia 29, e prolonga-se até dia 7 de Julho, a 32ª edição da FIA – Feira Internacional do Artesanato, a maior feira de artesanato da Península Ibérica e a segunda maior da Europa, na FIL. Durante nove dias, a feira abre portas às 15h00 e encerra às 24h00, com três pavilhões ocupados e mais de 600 expositores.

59777647_2487428084603717_8944555666375180288_n (8).jpg

O convidado especial desta edição é o Município de Caldas da Rainha, cidade com história e famosa pelo seu artesanato único no país, que foi uma escolha óbvia da organização da FIA: “enquanto centro de produção artesanal, o Concelho das Caldas da Rainha apresenta o melhor do artesanato popular, possuindo no seu património diferentes tipos de peças que são reconhecidamente do agrado dos portugueses, seja pela sua conotação humorística ou pela simbologia de reacção ao sistema”.

Caldas da Rainha estará assim destacada no pavilhão do artesanato português, que reúne 235 entidades, empresas e artesãos a título individual, com o objectivo de promover e divulgar o que de melhor se faz no artesanato português e servindo de montra para os artesãos portugueses mostrarem o seu trabalho. As entidades regionais do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve estarão igualmente representadas, assim como a Região Autónoma da Madeira e dos Açores.

A FIA, enquanto feira promotora do encontro entre culturas, apresenta também artesanato de todo o Mundo. No pavilhão internacional estão reunidos cerca de 40 países da América do Sul, África, Ásia e Europa, num total de mais de 300 expositores.

Promover o artesanato é também possibilitar ao visitante a hipótese de comprar peças únicas a preços exclusivos, sejam echarpes, biquínis, tapeçaria, tecidos, bijuteria, marroquinaria, peças de vestuário e de artesanato, entre outras. O factor distinto e personalizado destaca-se, uma vez que na FIA é possível adquirir peças feitas ao gosto pessoal do visitante.

Complementariamente à oferta de artesanato, a FIA é também gastronomia. No terceiro pavilhão da FIL encontra toda uma variedade de produtos gastronómicos das diferentes regiões do país e os visitantes podem ainda almoçar e jantar em restaurantes regionais dentro da feira! Ao todo, são mais de 40 expositores que se dedicam às delícias gastronómicas, desde as alheiras de Mirandela, às cerejas do Fundão, ao presunto e queijo da Serra, aos ovos moles de Aveiro passando pelo pão de Mafra, os enchidos do Alentejo e terminando com alguma doçaria algarvia, entre outros.

A grande novidade é a introdução de uma área intitulada “Peixe na FIA”, que segue a linha de promoção, não só do Património Artesanal, mas também do Gastronómico Regional, cada vez mais um importante atractivo turístico-cultural e um factor impulsionador do desenvolvimento e da riqueza local e nacional.

Pavilhão da Gastronomia com entrada livre entre as 12h30 e as 14h30

A FIA está aberta todos os dias e 29 de Junho a 7 de Julho das 15h00 às 24h00 – o pavilhão 3, da gastronomia, está aberto a partir das 12h30, com entrada livre entre essa hora e as 14h30.

Os bilhetes podem ser adquiridos online, a 7€, com desconto em relação aos bilhetes adquiridos nas bilheteiras da FIL. Existe também desconto para jovens e seniores (apenas se comprados nas bilheteiras físicas, por ser necessário comprovativo de condição) e packs familiares de 3 e 4 pessoas (se comprados online).



publicado por Carlos Gomes às 00:15
link do post | favorito

Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ASSINALA 10º ANIVERSÁRIO

20190704 MercadoLargoLoica.jpg

O 10.º Aniversário do Museu Municipal de Ourém vai ter lugar no dia 4 de julho de 2019, com o seguinte programa:

10:00h e 15:00h

Visitas guiadas à Casa do Administrador

máx. 15 participantes

Acesso gratuito | inscrições prévias e obrigatórias

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

18:00h

“O Largo da Loiça no séc. XIX” – Figuração histórica e mercado de época

Casa do Administrador - Largo Dr. Vitorino de Carvalho

Acesso gratuito

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

21:30h

Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida

Concerto “REMEXIDO”

João Lima (voz, guitarra portuguesa), João Dacosta (piano, voz), Carlos Ribeiro (bateria, voz)

Convidada especial: Carmen Simões

Som: Jorge Lopes Fernandes

REMEXIDO é tango mediterrânico que veste fado com tiques de rock, numa embarcação vadia que teima em não ancorar no mesmo porto mais do que uma canção. Tem nostalgia, sedução e dança no corpo. A guitarra portuguesa sai fora de pé, o piano faz sapateado, o ritmo ferve e as vozes convidam.

O trio apresenta o seu álbum de estreia pela primeira vez em Ourém.

Acesso gratuito

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

20190704 REMEXIDO.jpg



publicado por Carlos Gomes às 15:54
link do post | favorito

PAN QUER QUE GOVERNO APROVE CARREIRA DE NUTRICIONISTA E PSICÓLOGO CLÍNICO ATÉ AO FINAL DA LEGISLATURA
  • Em 2015, o Governo assumiu o compromisso de criar as carreiras de psicólogo e nutricionista, não o tendo feito até à data
  • A criação das carreiras é essencial para garantir a autonomia técnica dos profissionais e a proteção dos doentes no acesso à saúde
  • Atualmente, os nutricionistas estão dispersos em carreiras diferenciadas, o que provoca uma disparidade profissional injustificada
  • Na grande maioria dos países europeus, a intervenção dos psicólogos clínicos está perfeitamente definida e enquadrada numa carreira autónoma

O PAN – Pessoas – Animais – Natureza, avançou hoje com duas iniciativas legislativas que visam acriação da carreira de psicólogo e de nutricionista.

Desde 2012 que se tem assistido ao desenvolvimento do processo de revisão e reestruturação das carreiras do Serviço Nacional de Saúde, designadamente a carreira de Técnico Superior de Saúde e a consequente criação de três carreiras especiais, respetivamente a dos farmacêuticos, dos psicólogos e dos nutricionistas, conforme compromisso do Ministério da Saúde. Com efeito, em 2015, foram inclusivamente publicadas pelo Governo no Boletim do Trabalho e Emprego, para consulta pública, as propostas dos diplomas legais para a criação destas carreiras, o que atesta a sua necessidade e devida fundamentação.

No entanto, este processo revelou-se infrutífero e já em 2016 o Ministério da Saúde e as Ordens Profissionais da Saúde realizaram reuniões bilaterais para a produção do documento “Compromisso para o Desenvolvimento e Sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde”. No que concerne ao eixo estratégico relativo ao aperfeiçoamento da gestão dos recursos humanos e da motivação dos profissionais de Saúde, foi proposta, em articulação com o Ministério das Finanças, a implementação simultânea das carreiras de farmacêutico, nutricionista e psicólogo. Acontece que, em 2017, apenas foi criada a carreira especial de farmacêutico, mantendo-se, por criar, as carreiras especiais de nutricionista e de psicólogo.

O PAN entende que no contexto atual em que sistematicamente se questiona a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde a atividade do psicólogo clínico e do nutricionista, enceta uma elevada complexidade técnica cujos reflexos, não se cingindo apenas ao bem-estar e saúde dos utentes, repercutem-se também em questões muito mais transversais. Para além disso, associada à garantia de qualidade das prestações de saúde encontra-se a sua natureza cada vez mais complexa e tecnicamente diferenciada, o que tem gerado um grau de especialização cada vez mais elevado dos profissionais de saúde.

No caso da criação da carreira especial de psicólogo clínico na grande maioria dos países europeus, a intervenção destes profissionais está perfeitamente definida e enquadrada numa carreira autónoma ou em conjunto com profissionais considerados do mesmo nível de qualificações, competências e funções e em linha com as normas de Direito Comunitário.

Com a criação da carreira especial de nutricionista, será possível a regularização da situação atual, com a dispersão do nutricionista por três carreiras diferentes. Por outro lado, atendendo ao processo de convergência da profissão de dietista para a profissão de nutricionista – contemplado na Lei n.º 126/2015, de 3 de setembro, pelo qual foi reconhecida a semelhança de competências académicas e profissionais – acresce a necessidade de definir igualmente o processo de transição destes profissionais. Em consequência, deve ser formalizada a reunião destes profissionais na mesma carreira, dando cumprimento ao disposto no n.º 1 do artigo 59.º da Constituição da República Portuguesa, garantindo-se que todos têm direito “à retribuição do trabalho, segundo a quantidade, natureza, e qualidade, observando-se o princípio de que para trabalho igual salário igual, de forma a garantir uma existência condigna”.



publicado por Carlos Gomes às 11:22
link do post | favorito

Terça-feira, 25 de Junho de 2019
OURÉM LEVA À FIA O SEU ARTESANATO

65005309_2337768232983573_3816406303119507456_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 23:49
link do post | favorito

OURÉM LEVA À FIA O SEU ARTESANATO

65005309_2337768232983573_3816406303119507456_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 23:49
link do post | favorito

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE OURÉM ATRIBUI VOTO DE LOUVOR À FANFARRA DOS BOMBEIROS

A Assembleia Municipal de Ourém aprovou, na sessão do dia 24 de junho, um voto de louvor à Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém.

IMG_9457.JPG

A proposta foi apresentada pela Mesa da AMO, tendo sido acolhida por toda a Assembleia.

"A Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém assinala este ano quatro décadas da sua reativação. Em 1979, depois de alguns anos de paragem este grupo instrumental constituído apenas por homens, vocacionado para uma apresentação em marcha, decidiu continuar aquela que era a sua missão: dignificar o papel dos Bombeiros Voluntários de Ourém.

Este ano, e como forma de assinalar esta data, a Fanfarra decidiu agradecer o apoio prestado à corporação pela comunidade portuguesa e lusodescendente instalada na região de Newark, Nova Jérsia, e Yonkers, Nova Iorque, que engloba um núcleo de emigrantes proveniente de Ourém, levando aos EUA uma comitiva de perto de meia centena de homens para participar nas celebrações lusas do dia de Camões e das comunidades portuguesas. Foi a primeira vez que uma Fanfarra atuou na grande parada do Dia de Portugal em Newark, um dos momentos altos do programa.

Pela forma como dignificaram o nome de Ourém, pela mensagem que agradecimento e de amizade que conseguiram transmitir e por terem elevado o nome dos Bombeiros de Ourém a um patamar de excelência, proponho a esta Assembleia a atribuição de um Voto de Louvor à Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém".



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito

EPO PARTICIPA NA 8ª EDIÇÃO DA RAMPA DE PORTO DE MÓS

Foi uma etapa gratificante aquela que a EPO-Team viveu na rampa de Porto de Mós, no dia 23 de junho! A equipa da EPO ficou em 26º lugar da geral, num total de 75 participantes, tendo sido uma prova esforçada para todos os elementos, piloto, navegador e equipa técnica de mecânica.

unnamedportmos.jpg

A prova foi já a 8ª edição organizada pelo Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria, e contou com um percurso realizado na N243 (Rua do Rio Alcaide) com início um pouco depois do 'MiniPreço' e terminando perto da 'Tia Maria dos Queijos' em Porto de Mós. A Escola Profissional de Ourém tem participado nos rallys da região com o seu carro Peugeot 205, afinado pelos alunos e professores e permitindo aulas como oficinas práticas de conhecimento, uma vez que a tradição da Escola no sector automóvel e de metalomecânica é uma referência regional.

As aprendizagens tornam-se vivas e dinâmicas em contextos muito reais, sendo necessário muita precisão e sincronia de funções naquele ambiente de pressão e, sendo etapas também verificadas do ponto de vista pedagógico. Estes momentos permitem o convívio entre alunos com empresários do sector automóvel, tornando-se também pontos de contacto importantes com o mercado profissional.



publicado por Carlos Gomes às 18:18
link do post | favorito

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA É FINALISTA NOS EDUCATION HOSPITALITY AWARDS

A Escola de Hotelaria de Fátima encontra-se entre os finalistas nomeados para a categoria Inovação e Desenvolvimento, dos prémios Education Hospitality Awards, promovidos pelo Fórum Turismo com o projecto Gastronomia Hospitalar, desenvolvido em parceria com a Trivalor e o Hospital de Cascais.

unnamedEHFTIMA.jpg

O júri reuniu membros do Fórum Turismo, Turismo de Portugal, ANESPO, RIPTUR, IEFP e OMT- Organização Mundial do Turismo.

“Dentro das candidaturas recebidas, a maior representatividade foi para as categorias de projeto e para os stakeholders, que se fizeram ouvir com 48 e 21 candidaturas recebidas respetivamente. Os projetos recebidos, variaram desde projetos gatronómicos, a projetos de aplicação no interior do país, e projetos na área da sustentabilidade”.

A Escola de Hotelaria está entre os nomeados com o projecto Gastronomia Hospitalar, um novo conceito aliado à chamada “comida de hospital”, conhecida pelo uso mínimo de temperos e pouco embelezada do ponto de vista do empratamento, onde é possível fazer mais e melhor, sobretudo numa altura que o nosso país tem sido solicitado de forma crescente por este tipo de turismo de saúde.

É sabido que a alimentação hospitalar é alvo de críticas e rejeição por parte dos pacientes e da população em geral mas as refeições podem ter o toque de um Chefe de Cozinha contribuindo, desta forma, para uma maior satisfação do cliente. Este conceito trabalha o valor de uma alimentação adequada, do ponto de vista nutricional, ao mesmo tempo que se constitui como instrumento fundamental no processo terapêutico, potenciando assim a evolução daquilo que geralmente se encontra num tabuleiro de hospital.

Nas palavras da Directora Executiva da Insignare: “No final de um processo como este, temos a esperança que um dia, num qualquer hospital, os doentes possam olhar para um tabuleiro de refeição e ter o agradável prazer de uma refeição de alta gastronomia, ficando conhecidos e procurados por esse bem receber. Todos nós nos revemos nessa imagem e é também essa a finalidade de uma Escola para o futuro.



publicado por Carlos Gomes às 18:15
link do post | favorito

FREIXIANDA... CHAMA O ANTÓNIO!

51630182_395365404341234_2589618207199330304_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 01:11
link do post | favorito

Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
REVISÃO DO PDM DE OURÉM EM DISCUSSÃO PÚBLICA

A proposta de Revisão do Plano Diretor Municipal de Ourém estará em discussão pública entre 2 de julho e 12 de agosto, após publicação do respetivo Aviso em Diário da República no dia 24 de junho de 2019. A proposta está disponível para consulta na página web do Município de Ourém e os interessados poderão apresentar os seus contributos através da plataforma online desenvolvida para o efeito em www.ourem.pt, por correio (Praça D. Maria II, Nº. 1, 2490-499 Ourém) ou para o endereço de email revisaopdm@mail.cm-ourem.pt. Poderá também deslocar-se à sua Junta de Freguesia para qualquer esclarecimento de dúvidas ou para apoio na submissão de observações e/ou sugestões.

Sendo o Plano Diretor Municipal um instrumento fundamental na gestão territorial de natureza regulamentar, o seu conceito estabelece o regime de uso do solo, através da sua classificação e qualificação, define a política municipal de solos de ordenamento do território e do urbanismo, a gestão de equipamentos de utilização coletiva, a relação de interdependência com os municípios vizinhos e rege a integração de orientações estabelecidas pelos programas de âmbito nacional, regional e intermunicipal.

A Câmara Municipal de Ourém, após aprovação para efeitos de discussão pública da proposta na reunião de Câmara de 6 de maio, promoveu uma conferência de imprensa sobre o Plano Estratégico e Prioridades de Investimento para 2020-2030, no âmbito da revisão do Plano Diretor Municipal. Aqui foram apresentados os vetores estratégicos que suportam o modelo de desenvolvimento territorial e entre as várias orientações programáticas foram apresentadas algumas prioridades de investimento, com destaque para o Pavilhão Desportivo de Ourém, a ampliação do Centro Escolar da Carvoeira, o Centro Escolar Fátima Sul, Parque de Negócios de Fátima, Parque de Negócios de Ourém e Parque de Negócios de Freixianda. O programa de investimentos definido para o horizonte temporal 2020-2030 contempla investimentos na ordem dos 116 milhões de euros, dos quais a Câmara Municipal de Ourém assumirá um total aproximado de 38 milhões de euros.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 23:48
link do post | favorito

OURÉM: AFIRMAR O PODER LOCAL NA VIDA DEMOCRÁTICA

A AMO (Assembleia Municipal de Ourém) vai levar a cabo no dia 28 de junho, pelas 17h30, no auditório cultural dos Paços do Concelho, uma conferência subordinada ao tema “2021- Um Novo Paradigma para o Poder Local”.

Capturarrelvour.PNG

São convidados para esta sessão, Miguel Relvas, ex-ministro adjunto e dos assuntos parlamentares, que liderou dossiers como a reforma autárquica do país, os órgãos de comunicação social públicos e a dinamização do emprego jovem; António Cândido de Oliveira, professor catedrático jubilado da Escola de Direito da Universidade do Minho e Presidente da Direção da ADREL (Associação de Estudos em Direito Regional e Local) e Albino de Almeida, Presidente da ANAM (Associação Nacional das Assembleias Municipais).

Para João Moura, presidente da AMO e moderador da conferência, esta sessão surge no âmbito da política de proximidade que esta Assembleia tem vindo a implementar junto dos cidadãos e tem como objetivo principal “afirmar o poder local na vida democrática e  refletir sobre o novo paradigma que se anuncia para o poder local”, com a efetivação da transferência de competências, que até agora algumas câmaras têm rejeitado, mas que serão efetivas para todas em 2021. “Para o efeito iremos contar com um excelente painel, constituído por pessoas com grande experiência nestas matérias. Esperamos contar com uma grande participação dos autarcas da região, para que possam enriquecer os seus conhecimentos”.

A participação na conferência é gratuita. Inscrições para o email amo@am.ourem.pt ou pelo telefone 249 540 900 (ext. 6172).



publicado por Carlos Gomes às 23:43
link do post | favorito

FESTAS DA VILA DA FREIXIANDA FORAM AS MELHORES DE SEMPRE E DERAM MOSTRA DE VITALIDADE NO NORTE DO CONCELHO

Música, animação, marchas populares, tasquinhas ,jogos tradicionais , jogos escutistas , passeios de bicicleta , de motorizadas e pedestres , folclore , mostra de artesanato , exposição auto e exposição agrícola ,foram apenas alguns dos muitos ingredientes que compuseram as festas da vila da Freixianda e que, durante 3 dias, encheram de cor e som esta localidade do norte do concelho de Ourém.

64900888_2893144010759446_7099405108621869056_o.jpg

De 21 a 23 de Junho, os tradicionais festejos de elevação a Vila, trouxeram à Freixianda artistas como Pedro Cachadinha, Foka Energie, PA3, Só Ritmo e o incontornável Quim Barreiros, no dia 22.

No domingo, dia 23, o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, juntamente com o Vereador Rui Vital e o Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, João Moura, fizeram questão de se associar às festividades, assistindo ao desfile da Charanga a Cavalo da Guarda Nacional Republicana e testemunhando o programa que, para além dos artistas musicais, incluiu ainda, entre outras atrações, várias tasquinhas, uma sardinhada popular, marchas e muito folclore.

64885267_2220676698030068_1322864306718507008_n.jpg

Foram oito as associações da freguesia que estiveram representadas com as suas tasquinhas ao longo dos 3 dias de festejos que tiveram o seu ponto alto na noite de sábado com cerca de 5000 pessoas a assistir ao concerto de Quim Barreiros e enchendo por completo a vila de viaturas , algo nunca antes visto.

Outra das agradáveis surpresas foi a de Pedro Cachadinha que trouxe os seus amigos Deolinda Passos e Peixoto de Braga para uma noite de desgarradas e cantares ao desafio que foi do agrado de todos. De registar o aparecimento de exímios cantadores ao desafio entre os oureenses, uma forma de expressão artística que tem as suas origens remotas nas cantigas de escárnio e mal-dizer da Idade Média, no âmbito do cancioneiro galaico-minhoto mas que está a adquirir muitas popularidade em todo o país.

A cereja no topo do Bolo estava guardada para a tarde de domingo e sendo uma novidade por estas bandas era muita a expectativa. Não fosse uma chuva muidinha persistente e tudo teria sido perfeito. Apesar do pequeno atraso devido ás condições atmosféricas a Charanga a Cavalo da GNR trouxe ainda assim largas centenas pessoas ás ruas da Freixianda para apreciar um espetáculo único no mundo. Não houve galope devido ás condições e humidade do piso mas a exibição foi uma agradável surpresa.

Balanço positivo nestas comemorações do dia da Freguesia da Freixianda e do 24º aniversário da elevação a Vila que prometem não baixar a fasquia continuando a crescer de ano para ano.

Até 2020!

64905866_2217530118344726_3265193739403919360_n (1).jpg

64969473_2220677331363338_9045071112420982784_n.jpg

65042031_2219323444832060_1163436653994311680_n (1).jpg

65054154_2893144064092774_2004538713958252544_o.jpg

65078045_2893144174092763_6714211331752329216_o.jpg

65123413_2893143974092783_8751350307776102400_o.jpg

65234462_2217529141678157_5574864204428476416_n.jpg

65367205_10211684258262451_1182314010217807872_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 17:44
link do post | favorito

OUREENSES MARCAM ENCONTRO COM O ESCRITOR RICHARD ZIMLER

26 de junho de 2019 | 21h00. Auditório Cultural dos Paços do Concelho

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou onze romances, uma coletânea de contos e cinco livros para crianças.

Richard-Zimler.png

A sua obra encontra-se traduzida para 23 línguas.

No próximo dia 26 de junho, às 21h00, virá a Ourém apresentar o seu mais recente livro “Os dez espelhos de Benjamin Zarco”.

Benjamin Zarco e o seu primo Shelly foram os únicos membros da família a escapar ao Holocausto. Cada um à sua maneira, ambos carregam o fardo de ter sobrevivido a todos os outros. Benjamin recusa-se a falar do passado, procurando as respostas na cabala, que estuda com avidez, em busca daquilo a que chama os fios invisíveis que tudo ligam. E Shelly refugia-se numa hipersexualidade, seu único subterfúgio para calar os fantasmas que o atormentam.

Construído como um mosaico e dividido em seis peças, “Os dez espelhos de Benjamin Zarco” entretecem-se entre 1944, com a história de Ewa Armbruster, professora de piano cristã que arrisca a vida para esconder Benni em sua casa, e 2018, com o testemunho do filho de Benjamin acerca do manuscrito de Berequias Zarco, herança do pai, talvez a chave para compreender a razão por que Benjamin e Shelly se salvaram e o vínculo único que os une.

Um romance profundamente comovente e redentor, com personagens inesquecíveis. Uma ode à solidariedade, ao heroísmo e ao tipo de amor capaz de ultrapassar todas as barreiras, temporais e geográficas.

Apresentacao Livro Richard 2019_Poster.jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:53
link do post | favorito

FESTAS DA VILA DA FREIXIANDA FORAM AS MAIORES DE SEMPRE

As festas da vila da Freixianda que terminaram ontem foram as maiores de sempre. Com um programa diversificado e muita animação para todos os gostos, os vários eventos contaram com a participação de numeroso público, para além das associações e instituições locais.

65374425_2893143970759450_8100181979498020864_n.jpg

Os momentos altos da festa centraram-se na actuação de Quim Barreiros, de Pedro Cachadinha e da Charanga a cavalo da Guarda Nacional Republicana. De registar o aparecimento de exímios cantadores ao desafio entre os oureenses, uma forma de expressão artística que tem as suas origens remotas nas cantigas de escárnio e mal-dizer da Idade Média, no âmbito do cancioneiro galaico-minhoto mas que está a adquirir muitas popularidade em todo o país.

A organização está de parabéns!

64829147_2893144007426113_1146969848165695488_n.jpg

64835287_10214577217128806_4763574792366325760_n.jpg

64905866_2217530118344726_3265193739403919360_n.jpg

64995129_2893144060759441_8000498657596014592_n.jpg

65019429_10214577686660544_2005609406355472384_n.jpg

65022069_2893144437426070_1246755222785622016_n.jpg

65028316_10211684261782539_6485268027024605184_n.jpg

65042031_2219323444832060_1163436653994311680_n.jpg

65043534_2220676748030063_8528120610927149056_n.jpg

65078384_2893144494092731_1311581479171522560_n.jpg

65199648_10214571986558045_6030296068275568640_n.jpg

65271631_10214571975877778_1947895169135149056_n.jpg

65367205_10211684258262451_1182314010217807872_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:17
link do post | favorito

Sábado, 22 de Junho de 2019
TOMARENSES FESTEJAM EM LISBOA OS SANTOS POPULARES

64905537_1051708361702987_709039718351765504_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:29
link do post | favorito

Quinta-feira, 20 de Junho de 2019
OURÉM LEVA À FIA O SEU ARTESANATO

65005309_2337768232983573_3816406303119507456_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:32
link do post | favorito

Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
MATA MUNICIPAL DE OURÉM COM PROJETO DE ARQUITETURA APROVADO

Consciente da necessidade de reabilitar a Mata Municipal de Ourém, atendendo ao elevado potencial em termos de promoção da biodiversidade e do lazer para a população e escolas do concelho, a Câmara Municipal aprovou, por unanimidade, um projeto de requalificação ecológica e paisagística para este espaço verde da cidade de Ourém. O projeto foi pensado para possibilitar o usufruto por parte da população de forma lúdica ou pedagógica, além do uso pelas escolas como sala de aula ao ar livre, num investimento na ordem dos 200 mil euros.

20190618_143657.jpg

A Mata Municipal de Ourém há muito que justifica uma intervenção que promova e sensibilize para a biodiversidade, enquanto museu vivo ao dispor da população que aumente a sua qualidade de vida e manifeste ainda uma preocupação emergente com o bem-estar animal. Neste contexto, o projeto de arquitetura pretende preservar, desenvolver e proteger a flora e fauna locais e criar uma zona de lazer e aprendizagem em plena natureza. O projeto contempla uma zona de piqueniques com equipamento infantil, um lago com margens relvadas, percursos pedestres com vários pontos de interesse (torre de birdwatching, casa do carvalho gigante, zona de aromáticas e chás, viveiro para propagação de sementes autóctones e ginásio ao ar livre) e um parque canino para que os utilizadores possam passear os cães em parque próprio, com bebedouro apropriado.

A Mata Municipal de Ourém enquanto museu vivo exige o cumprimento de alguns objetivos, tais como: a limpeza fitossanitária do espaço através da remoção de espécies infestantes e a remoção de todos os exemplares arbóreos ou arbustivos mortos ou em mau estado; a demolição ou desmontagem de todas as estruturas e equipamentos existentes que não estejam enquadrados no projeto; a construção do lago que servirá também de bebedouro para aves e pequenos mamíferos; a construção de pequenos muretes, caminhos de betão poroso e passadiços em deck de madeira para atravessamento de leitos de drenagem; a reabilitação de caminhos em terra batida; a construção de uma rede de rega, grelhadores e um bebedouro em pedra; a implantação de construções de madeira; a colocação de mobiliário exterior e outros equipamentos (mesas com bancos, papeleiras, placas de sinalética e aparelhos de ginástica ao ar livre); a implantação de um parque canino; a colocação de luminárias e a plantação de árvores e arbustos.

O projeto de arquitetura paisagista da Mata Municipal de Ourém tem um cariz ambiental muito forte e, além de promover a biodiversidade local, está apto para responder aos desafios urgentes no âmbito das alterações climáticas. Possibilita também uma melhoria da qualidade de vida da população local e ainda uma solução para os canídeos da cidade, disponibilizando um espaço vedado onde estes podem correr livremente e, possivelmente, reduzir os dejetos caninos que são frequentemente encontrados em passeios e espaços verdes.



publicado por Carlos Gomes às 19:07
link do post | favorito

OURÉM LEVA OS SEUS BORDADOS TRADICIONAIS À FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO

Desde o Minho aos confins da Ásia, África e América do Sul, a Feira Internacional de Artesanato reúne uma vez mais centenas de artesãos de todo o mundo que vêm a Lisboa promover o seu artesanato. Não faltam neste certame as mais variadas peças artísticas de criação popular: a cerâmica e a tapeçaria, a talha e a latoaria, a tecelagem e a doçaria e um infindável rol de utensílios que trazem consigo a sensibilidade dos diferentes povos, desde a rusticidade da escultura africana à fina delicadeza doa rtesanato oriental.

FIArtesanato 037

À semelhança de anos anteriores, o blogue AUREN é parceiro da Feira Internacional de Artesanato que se realiza na FIL, em Lisboa, entre os dias 29 de Julho e 7 de Julho.

Tal como é apresentado no seu site oficial, “A FIA Lisboa é a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica e a segunda na Europa.

Uma plataforma de excelência para a promoção da Identidade e Desenvolvimento dos Territórios Nacionais e Estrangeiros designadamente ao nível Económico, Cultural e Turístico.

Apoia o Desenvolvimento Regional e as culturas locais, através de várias vertentes do Património Cultural Material e Imaterial – artesanato, gastronomia, recursos naturais, atividades culturais e turísticas, entre outras, procurando evidenciar Micro, Pequenas e Médias Empresas Nacionais, Entidades e Organismos Oficiais ligados a projectos que visam a promoção e divulgação dos Territórios, bem como a venda dos Produtos Regionais.”

Como não podia deixar de ser, o Minho é uma das regiões mais bem representadas no certame, levando a Lisboa o seu diversificado artesanato produzido nas mais diversas localidades.

59777647_2487428084603717_8944555666375180288_n (3).jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:48
link do post | favorito

Terça-feira, 18 de Junho de 2019
FESTA DOS TABULEIROS EM TOMAR É UMA DAS GRANDES FESTIVIDADES PORTUGUESAS

60506121_2086460014810394_2822715260698361856_n (3).jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:11
link do post | favorito

CÂMARA DE OURÉM CEDE SALAS DA ANTIGA E.B.1 DE ATOUGUIA À VITIOURÉM E À FREGUESIA DE ATOUGUIA

A devoluta Escola Básica Nº. 1 de Atouguia vai passar a albergar a sede da Vitiourém – Associação de Promoção da Vitivinicultura de Ourém e também iniciativas promovidas pela Junta de Freguesia de Atouguia, procurando tirar o maior proveito do espaço em função da população da freguesia e dos fins que representa. Esta realidade resulta da proposta de protocolo aprovada na reunião da Câmara Municipal de 17 de junho que será agora submetida a deliberação da Assembleia Municipal de Ourém.

DSC05542.JPG

O acordo prevê a cedência gratuita do edifício municipal composto por rés do chão e 1º andar com quatro salas de aulas, sendo duas salas afetas à Vitiourém e as outras duas à Junta de Freguesia de Atouguia. A Vitiourém passará a usufruir do espaço enquanto sede da associação, ou seja, local de apoio aos agricultores, produtores pecuários, florestais, vitivinicultores e viticultores, além da instalação da Confraria e da Câmara dos Provadores com a realização de concursos de provas e ações de formação. A Junta de Freguesia de Atouguia pretende promover, em parceria com a Câmara Municipal, a iniciativa “Viver + Saudável” e as salas em causa serão usadas para o efeito, entre outras iniciativas. Deste modo, pretende-se que a antiga E.B.1 de Atouguia constitua um polo agregador de sinergias em várias áreas que poderão trazer contributos positivos para o desenvolvimento social, cultural, desportivo e recreativo da freguesia.

Os protocolos aprovados têm o período de vigência de um ano, sendo renovados automaticamente por igual período de tempo e os usufrutuários serão responsáveis pela manutenção do Edifício Municipal e das respetivas infraestruturas.



publicado por Carlos Gomes às 20:08
link do post | favorito

Segunda-feira, 17 de Junho de 2019
QUIM BARREIROS E PEDRO CACHADINHA ANIMAM FESTAS EM FREIXIANDA, NO CONCELHO DE OURÉM

Em junho a Freixianda assinala dia da freguesia e 24º Aniversário de elevação a vila

De 21 a 23 de junho decorrem em Freixianda, no norte do concelho de Ourém, as suas tradicionais celebrações de evocação de elevação a vila. No programa há animação musical, tasquinhas, folclore, desfile da Charanga da GNR, exposições de artesanato e ainda uma exposição de maquinaria agrícola e automóvel.

19157_Cartaz (1).jpg

Participam nas tasquinhas oito coletividades da freguesia com pratos que vão desde a “Chanfana à moda da Ribeira” à “Perna de Porco no espeto com migas”. No que toca à animação está prevista uma sardinhada popular, jogos escutistas, marchas populares, Festival de Ranchos, e um Passeio Pedestre.

O programa musical é encabeçado por Quim Barreiros, dia 22, sábado, pelas 23h00.Foka Energie sobe a palco pelas 22h00 de dia 21, sexta-feira; “Só Ritmo”” atua antes e depois de Quim Barreiros dia 22 , sábado dia 23; o Grupo PA 3 encerra as festas dia 23, domingo, a partir das 22h00. Destaque também para a presença dia 21 de Pedro Cachadinha e seus amigos na sexta feira ás 20h00. No Sábado dia 22 ás 21h00 atuará a Marcha da Pelmá. No Domingo dia 23 haverá um desfile pelas ruas pela Charanga a Cavalo da GNR que depois atuará no Largo do Mercado. Também no domingo ás 18h30 haverá uma tarde de folclore.

Programa

Sexta feira dia 21 (dia da Freguesia)

19h30 – Sardinhada Popular

20h00 – Atuação de Pedro Cachadinha e seus amigos

22h00 – Atuação de Foka Energie

Sábado dia 22

21h00 – Atuação da Marcha da Pelmá

22h00 – Atuação do Grupo “ Só Ritmo”

23h00 – Atuação de Quim Barreiros e sua Banda

00h30 – Continuação da atuação do Grupo “ Só Ritmo”

Domingo dia 23

09h00 – Passeio Pedestre

17h00 – Desfile da Charanga a cavalo da GNR pelas ruas da vila

17h30 – Atuação da Charanga a cavalo da GNR no Largo Juvêncio Figueiredo

18h30 – Tarde de Folclore

22h00 – Atuação do Grupo PA3

61084421_679026352534339_9105613568425852928_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:56
link do post | favorito

CHARANGA DA GNR ATUA NA FREIXIANDA

60705012_10214339188018227_6812289117569679360_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:54
link do post | favorito

OUREENSES PASSEIAM DE BICICLETA - A PEDALAR PELAS FESTAS DA FREIXIANDA!

62575878_2206171466147258_6812098683014742016_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:30
link do post | favorito

FREIXIANDENSES PERCORREM CAMINHOS DE OURÉM

62371747_2458616424374089_4051372891457978368_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:28
link do post | favorito

UNIVERSIDADE DE AVEIRO ASSINALA 20 ANOS DA DECLARAÇÃO DE BOLONHA

Universidade de Aveiro recebe conferência nacional sobre os 20 anos do Processo de Bolonha no dia 19 de junho, entre as 10h00 e as 18h00, na Reitoria

Duas décadas depois da assinatura da Declaração de Bolonha, a Universidade de Aveiro (UA) recebe uma conferência nacional de reflexão e debate sobre a implementação e o futuro do processo que transformou o ensino superior europeu. Com a presença de Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o encontro “Bolonha – 20 anos depois” decorre a 19 de junho, entre as 10h00 e as 18h00, no Auditório da Reitoria da UA.

Apoiado pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e pelo Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), na conferência estão igualmente confirmadas as presenças de Eduardo Marçal Grilo, signatário da Declaração de Bolonha enquanto Ministro da Educação, Pedro Lourtie, o diretor-geral do Ensino Superior que acompanhou as negociações da declaração, Stephane Lauwick, presidente da European Association of Institutions in Higher Education (EURASHE), João Picoito, antigo vice-Presidente da Nokia, Robert Napier, presidente da European Students Union (ESU) e João Pinto, presidente do International Board da Erasmus Student Network (ESN).

Na perspetiva de Jorge Adelino Costa, Vice-reitor da UA para o Ensino e Formação, “estas datas simbólicas são sempre excelentes pretextos para promovermos a reflexão sobre o passado e a discussão sobre os desafios que o futuro nos impõe”.

Tendo em conta a importância do Processo de Bolonha na transformação do ensino superior europeu, explica Jorge Adelino da Costa, “tomámos a iniciativa de promover este evento e de criar mais uma oportunidade para que o tema seja debatido”.

O responsável recorda que “o facto do professor Eduardo Marçal Grilo, enquanto Ministro da Educação, ter sido o signatário da Declaração por Portugal, foi um argumento adicional para realizarmos este evento, tendo em conta o cargo de Presidente do Conselho Geral que hoje exerce na UA”.

Todas as informações sobre a Conferência em http://www.ua.pt/bolonha20anos



publicado por Carlos Gomes às 11:51
link do post | favorito

Domingo, 16 de Junho de 2019
ALVAIÁZERE PREPARA CELEBRAÇÃO DO DIA DO CONCELHO

Município promove celebração do Concelho de Alvaiázere

Tal como no ano passado, a FAFIPA – Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e de Artesanato, vai realizar-se em Outubro, em simultâneo com o Festival do Chícharo, com data agendada para os dias 11, 12 e 13 de outubro.

Festival Música Polifónica.jpg

O Município de Alvaiázere está a promover a celebração do Dia do Concelho, oferecendo uma programação ecléctica e diversificada, que assenta num conjunto de atividades culturais mobilizadoras de toda a comunidade Alvaiazerense.

A programação iniciou-se no passado domingo, dia 9 de junho, com a realização do XVII Festival de Música Polifónica de Alvaiázere, que contou com a participação do Coro Carlota Taylor (Espinhal, Penela), com os coros locais Coro Infantil de Alvaiázere e Coral Alva Canto e com o Coral Calçada Romana (Alqueidão da Serra, Porto de Mós), tendo o evento recebido muita adesão, enchendo o auditório da Casa da Cultura.

O dia 12 será marcado pela tradicional Noite de Santo António, com o desfile das marchas de cada uma das cinco freguesias do concelho e com o arraial popular.

O dia 13 acolherá a Sessão Comemorativa do Dia do Concelho, em que será homenageado um Alvaiazerense Ilustre. Este ano, a escolha do executivo recaiu sob a figura de José Eduardo Simões Baião, a quem será atribuído, a título póstumo a Medalha Municipal de Mérito. Ainda nesse dia, e na presença do Presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro, será inaugurada a nova exposição permanente do Museu Municipal, focada no património arqueológico local, constituindo-se mais um ponto de interesse turístico no concelho.

Mas este ano, entre outras actividades, a programação está fortemente marcada pelas iniciativas no âmbito do Festival Literário Internacional do Interior “Palavras de Fogo”, que inclui dramatizações, leituras encenadas, ateliers e painéis literários com autores nacionais, como Mário Zambujal, e estrangeiros, como a escritora sul coreana Eun Heekyung, entre muitos outros.



publicado por Carlos Gomes às 17:32
link do post | favorito

Sábado, 15 de Junho de 2019
RTP2 VAI A ALVAIÁZERE

Programa “Literatura Aqui” da RTP2 marca presença em Alvaiázere
No âmbito do programa do Festival Literário Internacional do Interior, no próximo domingo, dia 16 de junho de 2019, pelas 9h00, terá lugar o passeio pedestre “Palavras e Passos”.

Cartazalva.jpg

Este passeio conta com momentos de leitura por parte de vários autores do concelho e por parte de uma escritora brasileira, Andréa Del Fuego. Será registado por um fotógrafo, também brasileiro, André Toledo Sader.

O programa “Literatura Aqui”, dinamizado por Paulo Lamares, apresentará determinados momentos deste percurso, dando enfoque à literatura e à sua ligação ao meio ambiente e exterior.



publicado por Carlos Gomes às 15:14
link do post | favorito

OURÉM ENSINA A DANÇAR

Ourém leva a efeito a atividade WORKSHOP DE DANÇA "Do tradicional ao Contemporâneo".

29 junho às 16.00h no Museu Municipal de Ourém - Casa do Administrador

Por Dulce Maurício e Mariana Reis

Workshop Danca junho 2019_Poster.jpg

Nesta oficina vamos viajar através de um bosque encantado, onde a magia das danças tradicionais se encontra com a beleza dos movimentos da dança contemporânea. Aqui existe espaço e tempo para tudo: para brincar, saltitar, explorar, observar, e aprender a escutar o bater do nosso coração dançante, e o dos outros corações. Aqui, a harmonia do movimento e das emoções esta sempre presente, e a consciência de tudo o que se passa dentro de nós e à nossa volta. Aqui somos todos crianças, e fluímos juntos na magia da dança, do som, da poesia do corpo. Porque dançar é isso mesmo - criar poesia com o corpo.

É expressar o que temos cá dentro através do movimento. Toda a dança começa cá dentro. Neste espaço onde tudo é possível, vamos aprender a ter consciência do nosso corpo, e do corpo do outro. Vamos sentir as emoções do outro, o seu toque, e a forma como se movimenta no espaço. vamos começar a perceber que esta linguagem do movimento é uma linguagem universal, que não utiliza palavras. A dança liga-nos uns aos outros de uma forma profunda e delicada. Cada olhar e cada toque é um convite a mergulhar no mundo do outro, com muito respeito por tudo aquilo que lá vamos encontrar.

Para crianças a partir dos 3 anos e famílias - min. 5 / máx. 15

Inscrições prévias, 6,00€ p/pessoa

Inf. Museu Municipal de Ourém | tlm 919 585 003 | telf. 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm-ourem.pt


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:02
link do post | favorito

Terça-feira, 11 de Junho de 2019
SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA FORMAÇÃO ACERCA DE FRANCSICO MARTO

Cursos de Verão vão aprofundar a biografia e contexto histórico de Francisco Marto. 4.ª edição desta proposta formativa do Santuário decorre entre 10 e 12 de julho, em Fátima

No ano em que se assinala o centenário de morte de São Francisco Marto”, o Santuário vai centrar a 4ª edição dos Cursos de Verão no santo vidente de Fátima. O encontro acontece a 10, 11 e 12 de julho, no Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima, e vai aprofundar a biografia e o contexto histórico deste importante protagonista de Fátima.

unnamedfracisjacintmart.jpg

Esta oferta formativa, que se destina a investigadores, estudantes, professores, formadores, catequistas e outros agentes pastorais que pretendam estudar o fenómeno de Fátima, propõe-se, durante três dias em que decorre, a: conhecer o contexto histórico-social em que viveu Francisco Marto; compreender o seu percurso biográfico e religioso; interpretar a figura do vidente nas fontes de Fátima; conhecer as leituras históricas, religiosas e espirituais do santo Pastorinho; identificar e analisar as representações artísticas consigo relacionadas e analisar em abordagens multidisciplinares aspetos específicos do fenómeno de Fátima.

programa do encontro arranca com a apresentação do contexto histórico entre o ano do nascimento e o ano da morte de Francisco Marto, a cargo de Fernando Rosas, do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa. Na tarde do primeiro dia, o lugar da criança na sociedade portuguesa na transição entre o Antigo Regime e o mundo contemporâneo vai ser o tema analisado por António Gomes Ferreira, da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, após o qual se segue uma visita à Casa das Candeias - Núcleo Museológico da Fundação  Francisco e Jacinta Marto.

O bispo de Aveiro, D. António Moiteiro Ramos, inaugura o segundo dia de formação, com a apresentação do tema “A educação religiosa da criança nos inícios do século XX”. Segue-se José Manuel Sobral, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, que falará sobre “A Gripe Pneumónica em Portugal”. Depois do almoço, é oferecido um retrato de Francisco Marto nas fontes de Fátima, primeiro, nas Memórias de Lúcia de Jesus, a cargo de Agripina Vieira, do Centro de Tecnologia Restauro e Valorização das Artes do Instituto Politécnico de Tomar, e, de seguida, na documentação histórica e na cronística de Fátima, por André Melícias, do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima (DE). O segundo dia termina com uma visita à casa de São Francisco e de Santa Jacinta Marto, em Aljustrel.

No último dia do encontro, “Os retratos espirituais de São Francisco Marto” serão trazidos por Pedro Valinho Gomes, do Centro de Investigação em Teologia e Estudos  de Religião, da Universidade Católica Portuguesa, seguindo-se uma abordagem aos retratos de Francisco Marto nas representações artísticas, trazida pelo diretor do DE, Marco Daniel Duarte. Durante a tarde, Sónia Vazão, responsável pelo Serviço de Investigação do Departamento de Estudos do Santuário de Fátima irá falar sobre “O processo de canonização de São Francisco Marto”, apresentação à qual se segue novamente o diretor do DE, que concluirá o curso com uma biografia de Francisco Marto.

A frequência nesta proposta é gratuita e a inscrição obrigatória, através de formulário disponível na internet ou através de congressos@fatima.pt.

O Departamento de Estudos do Santuário de Fátima promove, desde 2016, os Cursos de Verão, que, na edição do ano passado apresentou uma síntese das leituras do acontecimento centenário de Fátima. Na primeira edição, foram abordadas questões transversais e introdutórias a Fátima. Em 2017, cumpriu-se uma abordagem monográfica, a partir do qual se puderam aprofundar temáticas específicas como a relação entre os papas e Fátima e as biografias dos protagonistas do acontecimento centenário.



publicado por Carlos Gomes às 17:59
link do post | favorito

MUNICÍPIO DE OURÉM DISTINGUE OUREENSES NO ÂMBITO DAS COMEMORAÇÕES DO DIA DO MUNICÍPIO

Medalha de Ouro de Mérito Municipal:

António Francisco dos Reis Gonçalves

António Carvalho Tomaz (a título póstumo)

Engº António Catarino Pereira

Jaime Vaz Nunes

Joaquim Alberto Pereira

Maria Teresa França de Oliveira

Luz House

Móveis Sazes

Vipremi

Medalha de Ouro do Município:

Agostinho Albano de Almeida (a título póstumo)

Chave da Cidade:

Povo de Ourém

Medalha de Bons Serviços:

João dos Reis Conde

José Manuel Rodrigues de Sousa

Licínia dos Santos Major Marques

Luís dos Santos Vieira


tags:

publicado por Carlos Gomes às 17:54
link do post | favorito

Quinta-feira, 6 de Junho de 2019
ALVAIÁZERE RECEBE VOLTA A PORTUGAL EM BICICLETA

81.ª Volta a Portugal em Bicicleta vai passar em Alvaiázere

A primeira etapa da 81.ª edição da Volta a Portugal em Bicicleta vai passar no concelho de Alvaiázere.

imagemvoltaalv.jpeg

No dia 1 de agosto, no percurso que liga Miranda do Corvo a Leiria, os corredores entrarão no território Alvaiazerense na zona de Alqueidão, vindos de Arega, dirigindo-se para a sede de Concelho. Subirão ao lugar de Porta e enfrentarão a espetacular descida da Serra de Alvaiázere em direcção a Ansião, passando junto a Almoster.

Célia Marques, Presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere e Agostinho Gomes, Vice-presidente com o pelouro do desporto, estiveram hoje presentes na cerimónia de apresentação e lançamento da Volta a Portugal, prova rainha do calendário velocipédico Português, que contará, também, com uma meta volante em Alvaiázere.



publicado por Carlos Gomes às 18:44
link do post | favorito

BEBETECA EM ALVAIÁZERE ENCERRA ANO LECTIVO

Bebeteca encerra ano letivo em festa

Foi desta forma, em festa, que terminou o ano de actividades da Bebeteca, que funciona na Biblioteca Municipal.

imagemalllvai.jpg

Assim, no passado sábado, de 1 de junho, pelas 10h00, os bebes tiveram oportunidade de participar num atelier musical onde foram explorados diferentes instrumentos e registos musicais, sob orientação do professor Amândio Santos.

A Bebeteca contou com 18 bebés inscritos e voltará com novo programa no mês de novembro, mantendo o mesmo calendário (ao primeiro sábado de cada mês das 10h00 às 11h00).

As inscrições decorrerão no próximo mês de setembro, após o período de férias letivas e voltará a ter um programa diversificado e multidisciplinar dirigido aos bebés dos 9 aos 36 meses.



publicado por Carlos Gomes às 14:37
link do post | favorito

ALVAIÁZERE HOMENAGEIA BEBÉS

Homenagem aos bebés nascidos em 2017

O Município de Alvaiázere voltou a simbolicamente homenagear os bebés nascidos no concelho, desta feita no ano de 2017.

IMG_20190601_152828.jpg

A iniciativa decorreu por ocasião da comemoração do Dia Mundial da Criança, no passado dia 1 de junho, pela 14:30, na Casa Municipal da Cultura.

No ano em causa nasceram 31 bebes no concelho de Alvaiázere, de acordo com os dados facultados pelo Centro de Saúde, repartidos da seguinte forma por cada uma das freguesias: 1 bebe em Almoster, 13 em Alvaiázere, 6 em Maçãs de Dona Maria, 1 bebe em Pelmá e 10 em Pussos São Pedro.

Na cerimónia compareceram 17 bebés, acompanhados pelas respetivas famílias, a quem foi entregue um certificado e um presente, composto por um livro e jogo pedagógico.

Do programa constou ainda um teatro sensorial para bebés, pela companhia Lanterna Mágica, que pretendeu surpreender, provocar e comover a plateia mostrando a maturidade alcançada pela arte voltada para a primeira infância.



publicado por Carlos Gomes às 14:34
link do post | favorito

UMA EUROPA SEM DINHEIRO DENTRO DE 10 ANOS?

Transações eletrónicas substituem a utilização de moedas e notas físicas

De acordo com o novo EPR – European Payment Report de 2019, os dias com notas e moedas estão contados, consideram muitas empresas em toda a Europa.

Metade das empresas europeias acredita que o seu país deixará de ter dinheiro em dez anos adotando dinheiro virtual. O Relatório da Intrum, principal empresa de serviços de gestão de créditos da Europa, mostra que 25% de todas as empresas inquiridas acredita que o seu país abandonará o dinheiro físico dentro de cinco anos, enquanto outros 25% acreditam que isso acontecerá no prazo dez anos.

Das 11.856 empresas inquiridas, 48% diz que seu país ficará sem dinheiro em dez anos. Enquanto 52%, diz que vai acontecer mais tarde ou nunca.

Questionadas sobre as consequências de uma economia sem dinheiro, mais de metade das empresas temem uma maior exposição a ataques cibernáuticos, enquanto um terço pensa que tornaria as rotinas de pagamento e a contabilidade mais eficientes.

País por país, a Grécia é o local onde a maioria das empresas (66%) acredita que uma sociedade sem dinheiro vai acontecer dentro de dez anos. Na Irlanda, Roménia, Suécia e Bélgica, seis em cada dez empresas acredita que isso acontecerá em breve. Na República Checa, Eslováquia, Hungria, Polónia, Estónia e Lituânia, duas em cada três empresas dizem que isso acontecerá mais tarde ou nunca. A Sérvia é o país com menos crentes, onde apenas 18% considera que o seu país vai ficar sem dinheiro em dez anos.

Em Portugal, quando inquiridos sobre a possibilidade de uma sociedade sem dinheiro físico nos próximos dois anos, os gestores portugueses estão muito alinhados com os seus homólogos europeus. Apenas 6% afirma que nos próximos dois anos o dinheiro físico vai deixar de ser utilizado, enquanto a média europeia sobe para 7%. Quando esta reflexão tem uma perspetiva temporal mais alargada (5 anos), Portugal e a Europa divergem substancialmente, ficando Portugal nos 10% e a Europa nos 17%.

Para Luís Salvaterra, Diretor-Geral da Intrum Portugal, “Uma sociedade sem dinheiro implica que todas as transações são digitais, com novas possibilidades de comprar a crédito como uma consequência provável. Numa economia em que o crédito está a tornar-se cada vez mais essencial, será necessário que as empresas façam uma avaliação mais criteriosa na concessão de crédito a fim de evitar a perda de receitas.

Sobre a Intrum

A Intrum é a empresa líder na indústria de Serviços de Gestão de Crédito, com presença em 25 mercados na Europa. A Intrum oferece um vasto leque de serviços, incluindo a compra de créditos, tendo como missão melhorar o cash-flow e a rentabilidade a longo prazo dos clientes e garantir que pessoas e empresas recebem o apoio que necessitam para não terem dívidas. A Intrum tem mais de 8.000 profissionais experientes que atendem cerca de 80.000 empresas em toda a Europa. Em 2018, a empresa gerou receitas estimadas no valor de 1.258 milhões de euros. A Intrum tem a sua sede em Estocolmo, Suécia, e está cotada na bolsa Nasdaq de Estocolmo. Em Portugal desde 1997, a Intrum tem mais de 245 colaboradores.

Para mais informações, por favor visite www.intrum.com

Sobre o EPR 2019

O European Payment Report 2019 é baseado numa pesquisa realizada simultaneamente em 29 países europeus entre 31 de janeiro e 5 de abril de 2019. Neste relatório, a Intrum reúne dados de um total de 11.856 empresas na Europa, incluindo 418 em Portugal, para obter conhecer e compreender o comportamento de pagamento e a saúde financeira das empresas europeias. A pesquisa foi realizada entre pessoas que têm funções de CFO, Diretor Financeiro, supervisor de crédito, ou similar.



publicado por Carlos Gomes às 12:05
link do post | favorito

SANTA JACINTA E SÃO FRANCISCO OFERECIDOS PELA AMO A COMUNIDADE DE OURÉM DO BRASIL

O presidente da Assembleia Municipal de Ourém e o 2º secretário da Mesa participaram recentemente nas cerimónias de aniversário da cidade de Ourém, no Estado do Pará (Brasil). Esta foi uma visita institucional que contou com diversos momentos protocolares, de onde se destacam a receção pelo perfeito de Ourém, Valdemiro Júnior, a quem foi entregue a medalha de ouro da AMO e a visita a uma igreja católica cuja padroeira é Nossa Senhora de Fátima.

visita Ourém brasil.jpg

Nesta igreja a comitiva da AMO ofereceu as imagens dos Santos Francisco e Jacinta Marto, canonizados em 2017 pelo Papa Francisco. “A entrega dos Santos de Fátima foi um momento de grande emoção. Esta comunidade é muito devota de Nossa Senhora de Fátima e a nossa oferta teve um significado muito especial para eles”, relatou João Moura, presidente da AMO.

Estas imagens irão agora juntar-se à de Nossa Senhora, que foi produzida no nosso concelho. O impacto da imagem trazida de Portugal foi de tal ordem que a comunidade desta localidade acabou por decidir alterar o seu nome, tendo sido rebatizada como Vila de Fátima.

Além da componente religiosa, a viagem contou com a visita a diversos organismos públicos, tais como escolas, centro de saúde e a prefeitura. Para o presidente da AMO esta foi uma “experiência enriquecedora para duas cidades irmãs em continentes diferentes que querem criar uma história em comum”.

AMO - visita Ourém Brasil.jpg

AMO - visita Ourém Brasil1.jpg


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 01:30
link do post | favorito

Quarta-feira, 5 de Junho de 2019
ALVAIÁZERE REALIZOU SEMANA DA IDADE MAIOR 2019

No âmbito do Plano de Atividades para o ano de 2019, o Município de Alvaiázere promoveu entre os dias 26 e 30 de maio, mais uma edição da Semana da Idade Maior.

Imagemalvvv.jpeg

A actividade de teatro de rua “Habitatteatral – Património Natural de Alvaiázere”, que envolveu a participação das IPSS’s do conccelho, da Filarmónica, dos Ranchos Folclóricos, do Clube de Teatro do Agrupamento de Escolas e do Grupo de Teatro de Maçãs de D. Maria, que teve lugar no dia 26 de maio, em Maçãs de D. Maria, deu o mote, para uma semana em que se promoveram muitas actividades lúdico-culturais que tiveram como denominador comum o envolvimento da população sénior de Alvaiázere.

Com uma plateia bem composta, apesar do calor e sol tórrido que se faziam sentir no Auditório da Praça D. Maria Paes Ribeiro, atuaram os atores, apresentando textos em que as palavras que os compunham levaram a recordar tempos passados mas muito próximos das nossas populações: a apanha da azeitona, as guerrilhas com as heranças e partilhas das terras, o “rei” chícharo e a vivência do Dia da Espiga com as tropelias que lhe estavam inerentes. O Grupo de Teatro Leirena, organizou esta apresentação promovendo os ensaios necessários e ainda a respetiva apresentação.

Após um dia de intenso trabalho, especialmente para os idosos institucionalizados, na segunda-feira, dia 27, foi proporcionado um dia mais calmo, tendo sido visionado na Casa Municipal da Cultura o filme “O pátio das cantigas” na versão de 2015 do cineasta Leonel Vieira, com bons momentos de divertimento.

O dia 28, terça-feira, iniciou da melhor forma. A comunidade sénior participou na Eucaristia presidida pelo Sr. Padre José Luís Borga e concelebrada pelos Padres das Paróquias do concelho, Padre André Sequeira, Padre Celestino Brás e Padre Jacinto Gonçalves. O Sr. Padre Borga, durante toda a Eucaristia, proferiu palavras de aconchego e que muito tocaram aos participantes.

Seguiu-se um dia de agradável convívio, com um bom e aconchegante almoço. O espetáculo com o Sr. Padre Borga, que se seguiu, animou os presentes que aderiram com bastante entusiasmo ao pedido de participação que lhes foi dirigido, cantando, brincando com gestos e até rezando, algo que proporcionou momentos de interligação nos presentes. Depois, como não poderia deixar de ser, dançou-se ao som do “Duo Musical Nova Onda”.

A manhã do dia 29 de maio, quarta-feira, foi dedicada à saúde. Com a colaboração da Unidade de Cuidados à Comunidade Albaiaz, procedeu-se à avaliação de risco de fratura por osteoporose e da avaliação por risco de queda, sensibilizando-se os presentes para a prevenção. O osteopata Ulrich Cassiano conduziu a palestra “Métodos terapêuticos naturais”. Tratou-se de uma atividade de enorme interessante, de que beneficiaram várias dezenas de munícipes, os quais evidenciaram preocupação com a adoção de hábitos de vida saudável.

O período da tarde foi dedicado à cultura através da realização de um concurso de talentos em que participaram seis instituições ligadas à Idade Maior do concelho. Esta iniciativa, realizada na Casa da Cultura e aberta à comunidade alvaiazerense, visa potenciar a criatividade da população sénior e a descoberta dos muitos talentos que a população sénior encerra e que devem ser valorizados e potenciados. Os participantes foram avaliados por um Júri constituído para o efeito, que avaliou e classificou as várias apresentações que os seniores das várias instituições prepararam, elegendo os três melhores classificados.

O clima foi de partilha, animação e festa, saindo verdadeiramente vencedores todos os que tiveram a oportunidade de usufruir daquela tarde, que registou um auditório repleto de público.

No final do dia a Casa Municipal da Cultura foi o espaço escolhido para a realização de um seminário dedicado a todos aqueles que lidam com a população sénior, sobretudo dirigentes e colaboradores das instituições, mas também a comunidade em geral.

O tema “Humanização dos cuidados – Metodologia de Cuidado Humanitude”, com a presença dos oradores Dr. Afonso Pimentel e Enf.ª Liliana Henriques. Com a plateia prsticamente completa, tratou-se de uma noite de aprendizagem, partilha e reflexão que, crê-se, auxiliará todos os presentes a lidar com o ser humano.

Na quinta-feira, dia 30, o Município voltou a promover a atividade que visa a comemoração do dia da espiga, desta vez integrada também no cartaz da Idade Maior.

Para o efeito, a população sénior foi convidada a participar numa tarde desportiva na Mata do Carrascal. Neste espaço extraordinário dinamizaram-se vários jogos tradicionais e jogos de tabuleiro. Os presentes foram ainda convidados a proceder à tradicional apanha da espiga no decorrer de um pequeno passeio pedestre.

A tarde culminou com a já tradicional sardinhada e com o bailarico, a traduzir muita animação, muitos risos e gargalhadas, e a promover-se o salutar convívio intergeracional.

Mais uma vez cumpriu-se a tradição e contribuiu-se para a plena integração social da população sénior, institucionalizada e não institucionalizada, para o combate ao isolamento a que algumas franjas desta população está dotada, e para a coesão social da comunidade Alvaiazerense.



publicado por Carlos Gomes às 22:21
link do post | favorito

ENSINO SUPERIOR PROMOVE IGUALDADE DE GÉNERO

"Reforço de carreiras até 2022 é oportunidade para implementar as medidas para a Igualdade de Género no Ensino Superior em Portugal”.

Plano para a Igualdade do ISCTE-IUL e Carta de Princípios para a Igualdade no Ensino Superior, elaborados no âmbito do projeto SAGE, foram apresentados esta segunda-feira na presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade.

primage_37918 (2).png

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior afirmou, esta segunda-feira, que os próximos anos nas universidades e nos politécnicos vão ser de “reforço de carreiras”“As instituições de Ensino Superior têm até 2022 para garantir 50% do corpo docente de carreira, nomeadamente professores catedráticos e associados, nas universidades, e professores coordenadores, nos politécnicos”,confirmou Manuel Heitor perante um auditório maioritariamente feminino, sublinhando tratar-se do momentoideal para implementar as medidas de igualdade de género no recrutamento das instituições.

“Vamos ter de cumprir esta meta nos próximos quatro anos. É particularmente oportuno que a questão da igualdade de género seja reforçada numa altura em que, para além da questão financeira, é mesmo uma questão de estrutura das instituições e dos processos de recrutamento e progressão”, destacou o ministro.

Manuel Heitor, que esteve no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa no âmbito da apresentação do Plano para a Igualdade do ISCTE-IUL e da Carta de Princípios para a Igualdade no Ensino Superior, sublinhou que apartir de 2021 o processo de avaliação e acreditação começa a ter em conta a estrutura do corpo docente, resultado da recente alteração do regime jurídico de graus e diplomas.

Também a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade acredita estarmos num momento diferente, tendo em conta um Horizonte 2020 com objectivos como a igualdade de género nas carreiras científicas, o equilíbrio de género na tomada de decisão, na investigação e na inovação.

“Quisemos trazer para a própria estratégia nacional um eixo estratégico específico dedicado à promoção da igualdade entre mulheres e homens nas instituições de ensino Superior e na produção de ciência” partilhou Rosa Monteiro destacando o impacto da lei da representação equilibrada de mulheres e homens nos cargos de decisão, que abrange empresas do sector local e do Estado, função pública e também as instituições de ensino superior.

“Nas empresas do sector local, aumentámos já a presença e participação de mulheres em cargos de decisãoem 15%, desde janeiro de 2018. E, portanto, espero que nas universidades isto também aconteça”

Rosa Monteiro não esquece a importância de critérios de avaliação na matéria de Igualdade de Género. “Não interessa apenas a representação descritiva de mais mulheres em lugares de decisão nas universidades, mas também uma representação substantiva. Que as organizações mudem e se transformem, que promovem mais a conciliação, reconhecendo aquilo que são as especificidades e as dificuldades de vida resultantes das sobrecargas que persistem nas vidas das mulheres e dos homens”, rematou Rosa Monteiro.

Presente também neste “Dia do SAGE”, evento dedicado à igualdade de género, organizado pelas sete universidades que integram este projeto internacional financiado pela Comissão Europeia e que tem como objetivo implementar Planos para a Igualdade de Género nas instituições de ensino superior, esteve a presidente do Concelho Diretivo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Helena Pereira acredita que a representação de mulheres na investigação, nos doutoramentos e até em áreas como a engenharia é “relativamente boa”. “Na investigação até é dominante.

O problema é a progressão nas carreiras. Está a mudar? Sim, mas demasiado lento. Penso que são precisas ações orientadas e concretas pois este desequilíbrio de género não é bom”, destacou a dirigente aplaudindo a “Carta de Princípios” como uma chamada de atenção para questões de base que devem ser atendidas. “Mas não chega. É preciso que depois se efectivem medidas concretas para a implementar no terreno.”

Medidas estas que, na ótica do coordenador dos Politécnicos e presidente do Politécnico de Setúbal, passam por um regime de quotas. “Entre os politécnicos, apenas um tem um corpo diretivo exclusivamente masculino, mas defendo que é preciso promover a igualdade e considerar para discussão medidas como quotas, até porque a desigualdade tem reflexos nas carreiras e nos salários”, afiançou Pedro Dominguinhos.

Para a responsável da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, o Ensino Superior é terreno fértil para a execução das políticas nesta área. “É onde o conhecimento se produz e simultaneamente é no Ensino Superior que temos um conhecimento do modo como funcionam determinados sistemas. Se eu quero intervir num sistema, seja ele da saúde, economia ou outro, tenho que trabalhar com quem o estuda, o conhece, além de ser especialista na área dos estudos sobre as mulheres e de género”, concluiu Teresa Alvarez.

No final dos trabalhos, a coordenadora do projeto SAGE pelo ISCTE-IUL, Lígia Amâncio, sublinhou o momento como fundamental para divulgação dos vários projetos europeus que, em diversas universidades portuguesas, trabalham com semelhante interesse e empenho para tomar medidas que combatam os desequilíbrios de género e promovam o conhecimento sobre género no ensino superior.

Recorde-se que a Carta de Princípios elaborada e adotada pelo SAGE foi publicamente apresentada no X Congresso Europeu para a Igualdade de Género no Ensino Superior, realizado em Dublin, República da Irlanda, em agosto de 2018.

O consórcio do projeto SAGE, composto por sete universidades europeias é coordenado pelo Trinity College Dublin - Trinity Center for Gender Equality and Leadership,

sendo ainda integrado, além do ISCTE-IUL, pela Queen´s University Belfast, International University of Sarajevo, Kadir Has University (Istambul), Science Po Bordeaux e University of Brescia.


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:33
link do post | favorito

DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL SOBRE A MENÇÃO HONROSA ATRIBUÍDA AO MUNICÍPIO DE OURÉM PELA LIGA DOS BOMBEIROS

O Presidente Luís Miguel Albuquerque, apresentou, na Reunião da Câmara de 3 de junho, uma Declaração a propósito da Menção Honrosa atribuída pela Liga dos Bombeiros Portugueses ao Município de Ourém, no âmbito do Dia do Bombeiro Português.

IMG_9885.JPG

“Menção Honrosa pela Liga dos Bombeiros Portugueses

No passado dia 26 de maio, em Leiria, decorreu a cerimónia anual comemorativa do Dia do Bombeiro Português. Por esta ocasião são atribuídos prémios a entidades, designadamente, câmaras municipais, empresas e/ou cidadãos, que se tenham distinguido por ações relevantes no apoio aos corpos de bombeiros. Sob proposta da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Caxarias e fortalecida com a presença e apoio das Associações Humanitárias dos Bombeiros de Ourém e Fátima, nas cerimónias, o que muito nos honra e prestigia, a Câmara Municipal de Ourém foi reconhecida com a Menção Honrosa “Câmara Municipal” no âmbito do Prémio Bombeiro de Mérito, pela Liga dos Bombeiros Portugueses – Confederação das Associações e Corpos de Bombeiros.

Este momento carrega e desperta um fortíssimo simbolismo enquanto Presidente do executivo que lidero.

Em primeiro lugar porque é um reconhecimento proveniente diretamente das nossas corporações, dos homens e das mulheres que reconhecem o nosso papel enquanto parceiros.

Em segundo lugar, pelo testemunho público do investimento que temos feito em diversos equipamentos e apoios, que são um esforço significativo, mas que sabemos tem vindo a melhorar as condições das nossas associações.

Por último e não menos importante, o conforto que este gesto transmite: desde a campanha eleitoral até este momento definimos como prioritária a valorização do trabalho desenvolvido por estas associações.

De entre os diversos apoios já concedidos e para os mais distintos fins, recordo a título de exemplo a mais recente, com a concretização do cartão social do voluntário, como forma de discriminação positiva pelo papel desempenhado pelos nossos homens da paz.

Este prémio vem fortalecer o nosso empenho e confirmar a certeza do caminho que temos percorrido com estas associações, mesmo quando os apoios e o seu reforço não tiveram o apoio de alguns deputados municipais que votaram contra a proposta de protocolo financeiro proposto pelo executivo para o quadriénio, na reunião de setembro de 2018 da assembleia municipal.”



publicado por Carlos Gomes às 07:18
link do post | favorito

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM ABORDA ADJUDICAÇÃO DAS EMPREITADAS DOS CENTROS DE SAÚDE DE ALBURITEL, OLIVAL E SOBRAL

As empreitadas necessárias para a requalificação dos edifícios que vão servir os centros de saúde de Alburitel, Olival e Sobral foram adjudicadas por deliberação do Executivo Municipal na Reunião da Câmara de 3 de junho.

IMG_9896.JPG

Trata-se, em todos os casos, da transformação de estabelecimentos escolares em extensões do Centro de Saúde de Ourém, as denominadas Unidades de Cuidados de Saúde (UCS).

Deste modo, a UCS Alburitel vai nascer no antigo Jardim de Infância desta freguesia; a UCS Olival funcionará na antiga EB1 desta vila; a UCS Sobral beneficiará das instalações do antigo Jardim de Infância desta aldeia da freguesia de Nossa Senhora das Misericórdias.

O valor total destas empreitadas ultrapassa os 700 mil euros, verba a cargo do Município de Ourém, cujo Presidente manifestou satisfação por constatar que as empresas vencedoras do concurso são ambas originárias do concelho de Ourém.

“O Centro de Saúde do Sobral foi adjudicado à Socrinel, de Urqueira, enquanto os centros de saúde de Alburitel e Olival foram entregues à Arlindo Lopes Dias, do Olival.

Foram as duas empresas que apresentaram melhores preços no concurso público, e ficamos muito satisfeitos por constatar que se tratam de empresas do nosso concelho”, sublinhou Luís Miguel Albuquerque.

As obras de requalificação dos espaços em questão têm arranque previsto para o próximo mês de julho e prazo de execução fixado em seis meses a partir do seu início.

“Pode ser que tenhamos uma boa prenda de Natal para estas freguesias”, vaticinou o Presidente da Câmara Municipal de Ourém.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 07:12
link do post | favorito

Terça-feira, 4 de Junho de 2019
OURÉM PROMOVE EXPOSIÇÃO DE ARTISTAS MOÇAMBICANOS

20190614_Aquem Alem Mar.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:30
link do post | favorito

UNIVERSIDADE DE AVEIRO APOIA INTEGRAÇÃO DE MIGRANTES

Universidade de Aveiro é a primeira a receber Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes. Inauguração a 7 de junho, às 12h00, no Espaço UA_Intercultural 

O centésimo Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) do país vai ser inaugurado a 7 de junho, às 12h00, na Universidade de Aveiro (UA) com a presença de Mariana Vieira da Silva, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, e de Pedro Calado, Alto-Comissário para as Migrações. Com o objetivo de apoiar a respetiva comunidade internacional, a UA é a primeira universidade portuguesa a receber um CLAIM.

A cerimónia de inauguração decorre no Espaço UA_Intercultural (situado junto à Livraria da UA), onde ficará instalado o Centro, e contará também com a presença de Paulo Jorge Ferreira, Reitor da Academia de Aveiro.

“O projeto de instalação na UA de um CLAIM é uma aposta no reforço do apoio institucional que se pretende colocar à disposição da comunidade académica internacional que, entre estudantes, pessoal técnico, administrativo e de gestão, investigadores e docentes, conta com cerca de duas mil e quinhentas pessoas”, aponta a Reitoria da Academia de Aveiro.

Promover o acolhimento e a integração da comunidade internacional da Academia, criando as condições necessárias para uma experiência positiva para todos os que estudam ou trabalham na UA, minimizando eventuais constrangimentos relacionados com os processos de regularização no país e de acesso aos diversos serviços públicos disponíveis, é um dos grandes objetivos do CLAIM da UA.

Assim, aponta a Reitoria da UA, o novo CLAIM terá por função “prestar informação geral e apoio especializado em áreas diversas tais como a regularização da situação em Portugal, a atribuição da nacionalidade, o alojamento, o reagrupamento familiar, as matérias de índole profissional, o acesso aos serviços de saúde, ao ensino e à formação, ao empreendedorismo, entre outros assuntos”. O atendimento é personalizado e conta com a colaboração de técnicos habilitados para o efeito.

O CLAIM da UA integra a rede CLAIM nacional, da qual fazem parte os restantes 99 centros locais e nacionais que desenvolvem trabalho na área das migrações, “considerando-se esse trabalho de parceria uma mais-valia para o desempenho que se quer eficaz e eficiente”.

“Este será um exercício exigente, assente numa relação de proximidade e num forte compromisso entre a UA e o Alto Comissariado para as Migrações, e deverá criar uma resposta pioneira a nível nacional, direcionada a um público muito particular e desafiante como é o do Ensino Superior”, sublinha a Reitoria da UA.



publicado por Carlos Gomes às 15:38
link do post | favorito

PAN ASSINALA DIA MUNDIAL DO AMBIENTE COM PROPOSTAS LEGISLATIVAS DE PRESERVAÇÃO DA NATUREZA E TRANSIÇÃO ENERGÉTICA
  • Criação de quadro legislativo com vista à produção descentralizada de energia que permita projetos de autoconsumidores que agem em conjunto, elemento chave na transição para um sistema energético mais limpo e de baixo carbono
  • Medidas para controlar o impacto da poluição luminosa no meio ambiente
  • Proteção das espécies de aves migratórias e invernantes pela interdição da colheita mecanizada de azeitonas em período noturno
  • Interdição do fabrico, posse, utilização e venda de artefactos que sirvam unicamente para a captura de aves silvestres

No âmbito da celebração do Dia Mundial do Ambiente, a 5 de junho, o PAN avança com medidas legislativas no âmbito da preservação da natureza e das espécies em risco, apanha noturna de azeitona, combate ao impacto da poluição luminosa no meio ambiente e promoção da auto-produção de energia renovável.

  1. O PAN avança com uma medida que pretende a adoção de um quadro legislativo para o Autoconsumo Coletivo e para as Comunidades de Energias Renováveis.Pretende-se definir um regime jurídico para as “comunidades de energias renováveis” e autoconsumo coletivo em linha com a definição legal europeia, com os objetivos de descentralizar a produção de energia, contribuindo para as metas de descarbonização da economia, promovendo a produção de energia renovável e reduzindo a fatura energética dos consumidores. A produção descentralizada concede um papel de destaque aos cidadãos, como consumidores activos (condomínios por exemplo).

A revisão da Diretiva para as Energias Renováveis (RED II) reforça a política europeia para a produção e promoção de energia proveniente de fontes renováveis, sendo que no artigo 21º, os “auto-consumidores” de renováveis devem ter a possibilidade de consumir a energia que produzem e de vender o excesso de produção (não consumido localmente), sem ser sujeitos a taxas ou procedimentos desproporcionais face aos seus custos de produção. O nº 15 do artigo 2.º e o nº 4 do artigo 21º da mesma Diretiva, os “auto-consumidores de renováveis que agem em conjunto”, devem habitar no mesmo condomínio e poder partilhar a energia de fontes renováveis que é produzida nesse local.

2.O PAN pretende também a regulação e adoção de medidas para combater o impacto da poluição luminosa no meio ambiente. Os impactos da poluição luminosa estão associados a disrupções no sono e ritmo circadiano, assim como a alterações no comportamento de várias espécies de animais (mamíferos, insetos, morcegos, avifauna e répteis). Em Portugal não existe uma correta avaliação do impacto da poluição luminosa nem regulamentação, pelo que se pretende a criação de uma comissão interdisciplinar para a avaliação e apresentação de propostas para a mitigação da poluição luminosa e controlo da luz artificial à noite assim como a criação de legislação nacional para mitigar os impactos da poluição luminosa.

  1. proteção das espécies de aves migratórias e invernantes através da interdição da colheita mecanizada de azeitonas em período noturnoé outras das medidas apresentada pelo partido.  O método utilizado para a apanha de azeitona no período noturno tem revelado impactos muito negativos na população de aves migratórias e invernantes, uma vez que estas espécies escolhem os olivais como local de refúgio, não conseguindo reagir e fugir quando as máquinas procedem à colheita.  Segundo a Diretiva Europeia Aves, “as espécies migratórias não poderão sofrer distúrbios no período de repouso e que devem ser sujeitas a medidas de conservação indispensáveis à sua preservação”. É de referir que no presente ano, através de ações de ações de fiscalização do ICNF no Alentejo, verificou-se, em média, a morte de 6,4 aves/ha, o que pode representar a morte de 96 mil aves por ano apenas devido à apanha nocturna de azeitona.
  2. Já o Projeto Lei que visa a interdição do fabrico, posse, utilização e venda de artefactos que sirvam unicamente para a captura de aves silvestres pretende a interdição do fabrico, posse, utilização e venda de artefactos que sirvam unicamente para a captura de aves silvestres não sujeitas a exploração cinegética, exceto quando devidamente autorizadas para fins científicos ou académicos. Atualmente, é ilegal a captura e posse de aves silvestres, contudo não é ilegal a posse, utilização e venda de artefactos que sirvam unicamente para a captura de aves silvestres não sujeitas a exploração cinegética. Segundo a SPEA cerca de 40 000 aves são mortas para serem utilizadas na gastronomia e que 10 000 são capturadas para cativeiro. A captura ilegal destas aves compromete a biodiversidade, uma vez que para além de afetar a população destas aves, afeta também as espécies que delas dependem (por exemplo: aves de rapina).

“Em Portugal, é possível a produção de eletricidade a partir de recursos renováveis destinada ao autoconsumo e a venda à rede eléctrica de serviço público, por intermédio de Unidades de Pequena Produção. No entanto, não existe ainda um quadro legislativo assim como uma definição legal, para o autoconsumo coletivo, que permita projetos de auto-consumidores de renováveis que agem em conjunto como por exemplo um condomínio, aldeia ou bairro. A produção descentralizada e a crescente digitalização dos sistemas de gestão de energia são elementos chave na transição para um sistema energético mais limpo e de baixo carbono.” defende André Silva, Deputado do PAN, acrescentando que “o desenvolvimento do país não pode continuar a fazer-se a qualquer custo, nomeadamente o sector agrícola que tem de repensar várias práticas altamente lesivas para o ambiente e para a biodiversidade, como é a apanha nocturna de azeitona que provoca elevada mortandade de avifauna que tem que ser protegida. A impunidade com que diversas indústrias operam deve acabar, é tempo de sermos mais exigentes e de cuidarmos do nosso bem mais precioso, o ambiente.”



publicado por Carlos Gomes às 15:11
link do post | favorito

BLOGUE “AUREN” FAZ PARCERIA COM A FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO (FIA) QUE SE REALIZA EM LISBOA

À semelhança de anos anteriores, o blogue AUREN é parceiro da Feira Internacional de Artesanato que se realiza na FIL, em Lisboa, entre os dias 29 de Julho e 7 de Julho.

59777647_2487428084603717_8944555666375180288_n (4).jpg

Tal como é apresentado no seu site oficial, “A FIA Lisboa é a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica e a segunda na Europa.

Uma plataforma de excelência para a promoção da Identidade e Desenvolvimento dos Territórios Nacionais e Estrangeiros designadamente ao nível Económico, Cultural e Turístico.

Apoia o Desenvolvimento Regional e as culturas locais, através de várias vertentes do Património Cultural Material e Imaterial – artesanato, gastronomia, recursos naturais, atividades culturais e turísticas, entre outras, procurando evidenciar Micro, Pequenas e Médias Empresas Nacionais, Entidades e Organismos Oficiais ligados a projectos que visam a promoção e divulgação dos Territórios, bem como a venda dos Produtos Regionais.”

Como não podia deixar de ser, Ourém leva ao certame o seu artesanato com especial realce para os seus bordados e rendilheiras.



publicado por Carlos Gomes às 07:23
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Junho de 2019
PORTUGAL NECESSITA DE UMA REFORMA ADMINISTRATIVA TERRITORIAL INTEGRADA

Passam mais de três décadas desde que foi aprovada a actual Constituição da República Portuguesa, a qual consagra desde a sua origem o estabelecimento das chamadas regiões administrativas, uma espécie de autarquias supramunicipais, com órgãos próprios eleitos directamente pelos cidadãos. Não obstante o aparente consenso existente entre os partidos políticos a respeito da criação das regiões administrativas uma vez que aprovaram a dita Constituição, eles jamais se entenderam quanto à sua instituição na prática, limitando-se a utilizá-la como bandeira política em tempo de eleições.

ManifestaçãoFreguesias 162

Entretanto, apesar do condicionalismo imposto pela própria Constituição, o anterior governo decidiu não nomear os governadores civis, extinguindo na prática os distritos, com várias consequências nomeadamente a nível de protecção civil. Apenas se mantêm para efeitos eleitorais, o que dá muito jeito à formação artificial de maiorias tirando partido do método de Hondt.

Também as freguesias foram sujeitas a uma chamada “reforma administrativa territorial autárquica” que, na ânsia de reduzir o número de autarquias a pretexto de diminuir os gastos, apenas contribuiu para o afastamento das populações em relação aos seus eleitos locais e o aumento do número de autarcas remunerados sem qualquer demonstração de que a reestruturação empreendida produziu os resultados desejados. E, apesar das promessas, a correcção da dita reforma não foi feita nem se espera que venha um dia a sê-lo!

De fora ficaram os municípios, alguns dos quais em território continental apenas com uma única freguesia, sem um estudo que pudesse compreender a possível fusão de alguns ou, em alternativa, a constituição de novos municípios, contando nesse critério razões históricas e não apenas económicas ou de aritmética eleitoral.

Com o aproximar das eleições legislativas, já se ouvem de novo vozes a reclamar a instauração de regiões administraticas, a chamada Regionalização. Mas, o que o país precisa, a sério, é de uma reforma administrativa integrada e que não se fique apenas pela delimitação territorial mas também pela definição clara de competências, com ou sem regiões administrativas.

ManifestaçãoFreguesias 226



publicado por Carlos Gomes às 06:32
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
15
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

PAN CONSEGUE MAIS DIREITO...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

PAN ACUSA PSD, CDS E PCP ...

PAN CONSEGUE QUE OS ESTUD...

ACABOU O PRAZO INTERNUPCI...

UMA PEÇA, TANTAS HISTÓRIA...

AGROAL CONVIDA A FÉRIAS

PAN GARANTE 1ª VICE-PRESI...

EMIGRANTES NA FREIXIANDA ...

FREIXIANDA EM FESTA CHAMA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA RECEB...

PAN QUESTIONA COBRANÇA DE...

TOMAR ESTÁ EM FESTA!

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

MUNICÍPIO DE OURÉM DISTIN...

PARLAMENTO EUROPEU: PAN E...

ARTESÃOS DE OURÉM LEVAM A...

FEIRA INTERNACIONAL DE AR...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

PAN QUER QUE GOVERNO APRO...

OURÉM LEVA À FIA O SEU AR...

OURÉM LEVA À FIA O SEU AR...

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE O...

EPO PARTICIPA NA 8ª EDIÇÃ...

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁ...

FREIXIANDA... CHAMA O ANT...

REVISÃO DO PDM DE OURÉM E...

OURÉM: AFIRMAR O PODER LO...

FESTAS DA VILA DA FREIXIA...

OUREENSES MARCAM ENCONTRO...

FESTAS DA VILA DA FREIXIA...

TOMARENSES FESTEJAM EM LI...

OURÉM LEVA À FIA O SEU AR...

MATA MUNICIPAL DE OURÉM C...

OURÉM LEVA OS SEUS BORDAD...

FESTA DOS TABULEIROS EM T...

CÂMARA DE OURÉM CEDE SALA...

QUIM BARREIROS E PEDRO CA...

CHARANGA DA GNR ATUA NA F...

OUREENSES PASSEIAM DE BIC...

FREIXIANDENSES PERCORREM ...

UNIVERSIDADE DE AVEIRO AS...

ALVAIÁZERE PREPARA CELEBR...

RTP2 VAI A ALVAIÁZERE

OURÉM ENSINA A DANÇAR

SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALI...

MUNICÍPIO DE OURÉM DISTIN...

ALVAIÁZERE RECEBE VOLTA A...

BEBETECA EM ALVAIÁZERE EN...

ALVAIÁZERE HOMENAGEIA BEB...

arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds