Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.
Domingo, 1 de Maio de 2011
OS MAIOS E AS MAIAS

maianet

Com a entrada do mês de Maio, enfeitam-se de giestas floridas as janelas das casas nas vilas e aldeias do Minho anunciando a chegada da Primavera em todo o seu esplendor e, com ela as flores que contribuem para alegrar a nossa existência, perfumar e dar colorido ao ambiente que nos rodeia. São as maias feitas de ramos de giestas com as suas flores amarelas as quais, por tradição, são colocadas nas portas e carros agrícolas, constituindo este costume uma forma de celebrar o renascimento da vida vegetal. No concelho de Caminha, em pleno Alto Minho, uma das localidades onde a festa é vivida com mais intensidade, as giestas floridas aparecem em todos os sítios, incluindo nos veículos que transitam na via pública.

Actualmente pouco divulgada, a festa das maias foi noutras épocas celebrada em todo o país, tendo caído em desuso devido a sucessivas proibições devidas a rixas originadas pelo despique entre localidades ou ainda por motivos religiosos, como sucedeu em 1402 por imposição régia a qual determinava "nõ cantassem mayas, ne Janeiras, e outras cousas q eram contra a ley de deus". A sua origem perde-se nos tempos e corresponde às Florálias celebradas entre os romanos e dedicadas a Flora, deusa das flores e da Primavera, a quem consagravam os jogos florais. Durante três dias consecutivos, as mulheres dançavam ao som de trombetas, sendo coroadas de flores as que logravam ganhar os jogos, adornando-se desse modo à semelhança da própria divindade a que prestavam culto. Aliás, é precisamente aos romanos que se atribui a implantação de tal costume na Península Ibérica, tendo a mesma alcançado especial aceitação na região do Algarve.

Também entre nós houve em tempos idos o costume de, por esta ocasião, coroar-se de flores uma jovem vestida de branco, prestes a entrar na primavera da vida, qual maia adornada de jóias, fitas e flores que nos traz à lembrança as fogaceiras de Santa Maria da Feira e as moças que levam à cabeça os característicos tabuleiros das festas de Tomar. E, tal como Flora entre os romanos, a jovem maia sentava-se num trono florido a cujos pés o povo dançava durante todo o dia, venerando desse modo a esbelta divindade pagã e celebrando os seus atributos que se permitiam o retorno dos vegetais. Conta ainda uma lenda antiga que em Lagos, no Algarve, tal costume incidia sobre um homem da terra que era adornado com as melhores jóias, o qual percorria as ruas da cidade montado num asno. Sucedeu que, em certa ocasião, terminada que foi a volta pela cidade, o maio dirigiu-se para os campo junto da cidade e desapareceu para nunca mais ser visto. Em virtude do ocorrido, o povo que ainda espera o seu regresso com as jóias que consigo levou passou a designar o Maio como "o mês que há-de vir"...

E, enquanto o Maio não chega para as gentes de Lagos, é altura de festejarmos as maias, alegrando as janelas com ramos de giestas floridas. Em breve virá a celebração do Corpus Christi e a Vaca das Cordas em Ponte de Lima, as festas do Espírito Santo e a Coca em Monção, a festa das fogaceiras em terras de Santa Maria da Feira e as fogueiras pelo S. João a evocar o solstício do Verão. A seu tempo chegarão as colheitas e as malhadas, as vindimas e as adiafas e, pelo S.Miguel as desfolhadas ou descamisadas. Para trás fica o entrudus e as festas equinociais e pascais, a Serração da Velha e a Qeuima do Judas.

Assegurámos através do rito a ininterrupção do ciclo da natureza, participando desse modo na acção criadora dos deuses. Pela tradição, preservamos usos e costumes que chegaram até aos nossos dias e fazem parte do nosso folclore. Festejemos, pois, as maias, fazendo-as ressurgir com o mesmo colorido, alegria e pujança como nos tempos antigos!

 

GOMES, Carlos. Folclore de Portugal - o Portal do Folclore Português, em http://www.folclore-online.com/index.html



publicado por Carlos Gomes às 00:34
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

SOCIALISTAS DE OURÉM ELEG...

"O ANJO DE PORTUGAL" DA E...

6 NOMES DE ALUNOS E EX-AL...

CHORUS AURIS COMEMORA 46º...

CIENTISTA ANTÓNIO GALOPIM...

INSIGNARE ASSINA PROTOCOL...

MANUEL CARGALEIRO EXPÕES ...

PAN QUER PORTUGUESES A PE...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

BANDA DE VILAR DE PRAZERE...

MUNICÍPIO DE OURÉM ESTÁ A...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

AGRICULTORES CONCENTRAM-S...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

MUNICÍPIO DE OURÉM CELEBR...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

COMUNIDADE SIKH DE PORTUG...

ALVAIÁZERE HOMENAGEIA COM...

"(RE)CONHECER OURÉM" ABRE...

CONSOLATA MUSEU EXPÕE "CA...

PAN NEGOCEIA ALTERAÇÕES A...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLH...

AGENDA CULTURAL DE NOVEMB...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE A...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE A...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE M...

ESPETÁCULOS DE CIRCO DEIX...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

A INSIGNARE VAI CRESCER E...

CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM...

LIGA DOS AMIGOS DOS BOMBE...

PAN QUER INTÉRPRETES DE L...

PAN QUER RECUPERAR EMBALA...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE E...

REFORMA DA FLORESTA VAI E...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

JOVENS FOLCLORISTAS REÚNE...

GUITARRISTA LEIRIENSE REP...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

INSIGNARE COLABORA NA ELA...

BANDAS FILARMÓNICAS REALI...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

BOMBEIROS DE OURÉM PROMOV...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA EDITA...

MANUEL CARGALEIRO EXPÕE E...

CEPAE DÁ FORMAÇÃO SOBRE C...

JOVENS FOLCLORISTAS REÚNE...

CÂMARA DE OURÉM APROVA VO...

PAN QUER IMPEDIR CONFINAM...

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds