Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Domingo, 18 de Maio de 2014
PORTUGUESES CELEBRAM PORTUGAL NA ALEMANHA

1607123_473949622737793_6600946647183067598_n



publicado por Carlos Gomes às 00:27
link do post | favorito

Quinta-feira, 3 de Abril de 2014
OUREENSE LUCIANO CRUZ VENCE AUDIÇÃO PARA A ORQUESTRA STAATSTHEATER

O oboísta Luciano Cruz ganhou o concurso para o lugar de Corne Inglês Solo na Orquestra Staatstheater Cottbus, na Alemanha, onde deve permanecer até Novembro deste ano.

Luciano Cruz estudou na Escola Superior de Música Felix Mendelssohn Bartholdy, em Leipzig (Alemanha).

Fonte: http://www.dacapo.pt/

1234745_10202016943003818_1417658379_n



publicado por Carlos Gomes às 23:37
link do post | favorito

Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014
PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL COMEÇOU HÁ CEM ANOS

MINHOTOS DA BRIGADA DO MINHO FORAM MÁRTIRES E HERÓIS NA FLANDRES

Comemora-se este ano o centenário da Primeira Guerra Mundial. Faz no próximo dia 28 de julho que as grandes potências europeias se envolveram num conflito que custou mais de 9 milhões de mortos em combate e 22 milhões de incapacitados e feridos graves, para além da fome, miséria e doença causada às populações civis de ambos os lados do conflito.

De um lado a Alemanha, o Império Austro-Húngaro e a Itália. Do outro, a França, o Reino Unido e o Império Russo. Em Portugal, após uma posição inicial de defesa dos territórios ultramarinos das intromissões alemãs, o governo da República viria em 1917 a decidir-se pelo envio de tropas portuguesas para o teatro de guerra europeu, tendo o Corpo Expedicionário Português (CEP) atingido perto de 200 mil mobilizados.

Com destino ao campo de batalha foi constituída a 4ª Brigada do Corpo Expedicionário Português, a célebre “Brigada do Minho” que, no dia 9 de abril de 1918, haveria de bater-se de forma heroica pela defesa das suas posições, acabando impiedosamente massacrada com um elevado número de mortos.

 CCF18052009_000004

IV Brigada, o Minho em nós confia

Seu nome honrado entrega em nossas mãos

E seu nome, que soou, de sempre, a valentia

Aos quatro batalhões, - unidos como irmãos

Tudo a mesma Família - há-de servir de guia

Canção da “Brigada do Minho”

França - Julho de 1917

 

“A 4ª Brigada de Infantaria que desde 7 de Fevereiro do corrente ano de 1918 guarnecia e tinha a seu cargo a responsabilidade do sector de “Fauquissart”, tendo a cooperar com ela tacticamente o 6º Grupo de Metralhadoras Pesadas e as 4ªs baterias de morteiros médios e morteiros pesados, tinha as suas forças distribuídas no referido sector no dia 8 de Abril da seguinte forma.

Batalhão Infantaria 20: com sede do comando em Temple-Bar, ocupava o S.S.1. (Fauquissart I) com 3 companhias na 1ª linha e uma em apoio.

Batalhão Infantaria 8: com a sede do comando em Hyde-Park, ocupava o S.S.2. (Fauquissart II) com 3 companhias em 1ª linha e uma em apoio.

Batalhão Infantaria 29: com sede do comando em Red-House, constituía o apoio dos batalhões em primeira linha, tendo as suas companhias distribuídas pelos postos de apoio da 2ª linha.

Batalhão Infantaria 3: com sede do comando em “Laventie” constituía a Reserva tendo todas as companhias acantonadas nesta posição.

Morteiros médios e pesados, 4ª B.M.L., grupo de metralhadoras pesadas, achavam-se distribuídos pelas respectivas dos dois sub-sectores.

A 4ª Brigada de Infantaria ligava-se no seu flanco direito com a 6ª Brigada de Infantaria e no flanco esquerdo com uma Brigada Escocesa (119ª Brigada da 40ª Divisão Britânica) que havia dias ocupava o sector de "Fleurbaix", vinda da ofensiva do "Somme" de 21 de Março.

O efectivo da brigada achava-se extremamente reduzido, pois em principio de Abril faltavam-lhe em pessoal e animal, para o seu completo, aproximadamente 51 oficiais, 1300 praças e 85 solípedes, o que era devido não só ás baixas que dia a dia a brigada vinha sofrendo nas operações com o inimigo nas ainda ao rigor do clima a que os Portugueses não estavam habituados e ao violentos e árduos trabalhos que sem descanso eram exigidos ás tropas da Brigada, desde que seguiu da zona da retaguarda para a frente em 21 de Julho de 1917, primeiro para instrução em 1ª linha por enquadramento sucessivo de companhias, e depois de batalhões sem e com responsabilidade, nos sectores ocupados por tropas inglesas desde "Fleurbaix" a "Armentiére" e em "Beuvry" depois nas reparações do sector "Neuv-Chapelle", ocupado pela 2ª Brigada, durante o período intensivo de instrução no mês de Agosto e parte de Setembro de 1917; mais tarde na ocupação do sector de “Ferme du Bois” desde o dia 23 de Setembro, emq eu se rendeu a primeira B.I. até 30 de Dezembro porque foi rendida pela 2ª B.I., vindo, então, constituir a reserva da 2ª Divisão, e, logo em seguida além da instrução, empregada para o enterramento do cabo, e execução de urgentes reparações dos postos da linha das aldeias, do corpo, e ocupação efectiva de alguns dos mesmos, que eram batidos com insistência pelo inimigo e finalmente na ocupação do sector de “Fauquissart”, desde 7 de Fevereiro, em que rendeu a 6ª B.I., até ao dia 9 de Abril em que se deu a ofensiva alemã contra a frente portuguesa.

Durante todo este período de tempo, em que decorreu de 21 de Julho de 1917 a 9 de Abril de 1918, comportaram-se as tropas da Brigada sempre de molde a merecer o elogio e louvor das instâncias superiores, quer Portuguesas quer Inglesas, repelindo com energia todos os "raids" e ataques inimigos e tendo evidenciado sempre uma alto espírito ofensivo, sempre que se encontrava em 1ª linha. É uma prova flagrante o enorme dispêndio de munições de metralhadoras, e de muitos morteiros especialmente em permanência no sector de “Ferme du Bois”, em que chegou a atingir o extraordinário consumo de 1352 projécteis de morteiros ligeiros no prazo de 24 horas, como deve constar dos mapas estatísticos existentes no C.E.P.

Não obstante a impecável disciplina e boa vontade sempre manifestada pelas tropas das unidades da Brigada no cumprimento dos seus deveres, era bem evidente o cansaço e a fadiga física das tropas, especialmente nos últimos tempos e, já, na ocupação do sector de “Fauquissart”, resultante do progressivo acréscimo de actividade de operações de bombardeamentos por parte do inimigo, especialmente de bombardeamentos a todo o momento, que demoliam quási por completo as trincheiras, impedindo a continuidade e regularidade das operações e aumentando o já de si duro, extremamente fatigante, trabalho das tropas da Brigada, sendo cada vez maiores as faltas no pessoal em virtude das baixas e dos doentes por fadiga, evacuados para os hospitais e, não sendo as mesmas preenchidas, resultava com o decréscimo dos efectivos num excessivo trabalho para os restantes, a acrescentar ao que já lhes competia”.

- Relatório da 4ª Brigada de Infantaria (do Minho). Corpo Expedicionário Português – 2ª Divisão.

Fonte: http://bloguedominho.blogs.sapo.pt/

img659



publicado por Carlos Gomes às 19:35
link do post | favorito

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012
INSIGNARE coordena projeto internacional de nove países europeus

Realizou-se de 16 a 21 de abril, em Bangor, País de Gales, a terceira reunião do projeto internacional INCLUSIVE – Involving New Communities of Learners Using Socially Inclusive Virtual Environments coordenado pela INSIGNARE. O projeto é apoiado pelo Programa Aprendizagem ao Longo da Vida, através da Agência Nacional PROALV. Dedicado à Educação de Adultos, conta com oito países (Alemanha, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, Portugal, Reino Unido e República Checa).

Os objetivos principais deste projeto são desenvolver as competências digitais dos formandos adultos e dos formadores; Transferir a parte lúdica da internet para a aprendizagem on-line; Encorajar a inclusão digital com ajuda passo a passo no processo de aprendizagem; Promover a aprendizagem colaborativa.

Em vários dias de intenso trabalho, sempre numa ótica de partilha de conhecimento, várias foram as atividades desenvolvidas onde se estruturaram diversos produtos educativos, a serem agora utilizados por cada parceiro, adaptando-os às suas realidades.

Este é um projeto onde a participação Portuguesa está a demonstrar ser inegavelmente benéfica, quer pelo intercâmbio de conhecimentos, quer pela projeção do que de bom é feito por cá, quer pela criação de novos documentos enquadradores da formação de adultos.

A participação portuguesa neste projeto tem servido também como projeção do que fazemos em Portugal. Em oito parceiros somos tidos como uma manifesta mais-valia pelos exemplos que levamos, pela proatividade das nossas comunicações. Tem sido percetível, mesmo e sobretudo nos participantes de países mais desenvolvidos que o nosso, a surpresa e mesmo admiração por algumas das soluções implementadas, quer na INSIGNARE, quer a nível nacional. Muitos problemas são comuns, não sendo apenas exclusivos de um país. Mais uma vez, a nossa imagem interna – o que se faz lá fora é que é bom! - não corresponde, de todo, à verdade.



publicado por Carlos Gomes às 12:44
link do post | favorito

Segunda-feira, 23 de Abril de 2012
OURÉM: VINHA DA MALHADA ROSÉ 2011 OBTÉM MEDALHA DE PRATA

O Vinho regional de Lisboa VINHA da MALHADA Rosé 2011, produzido pela Quinta do Montalto, de Ourém, viu a sua elevada qualidade premiada com uma Medalha de Prata no “Sommer Wein 2012” na Alemanha – um Concurso organizado pela revista alemã Selection, no qual foram testados vinhos indicados para consumo na época estival. O vinho VINHA da MALHADA Rosé 2011 apresenta um aroma intensamente frutado com um sabor seco, fino e equilibrado mostrando frutos vermelhos frescos. É ideal para acompanhar pratos leves, saladas, pastas ou massas.

Durante este Concurso, o produtor Quinta do Montalto viu outros dos seus vinhos também reconhecidos pela revista Selection, tendo-lhes sido atribuída a menção “Recomendado”.

Foram eles o Vinho Cepa Pura Reserva Tinto 2010, o Vinha da Malhada Reserva Tinto 2009 e o Vinha da Malhada Reserva Tinto 2007



publicado por Carlos Gomes às 10:44
link do post | favorito

Terça-feira, 27 de Março de 2012
OURÉM TEM O MELHOR VINHO BRANCO DA EUROPA

O guia de vinhos alemão “Berliner Weinführer 2012” acaba de classificar o vinho Cepa Pura Fernão Pires 2009, produzido na Quinta do Montalto, como o melhor vinho branco europeu.

- Ourém e a Quinta do Montalto estão de parabéns!



publicado por Carlos Gomes às 19:32
link do post | favorito

Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011
VINHOS DE OURÉM DISTINGUIDOS NA ALEMANHA

Os vinhos da Quinta do Montalto voltaram a receber importantes distinções. Os prémios alcançados, quatro medalhas de prata, desta vez foram ganhos na prova "Wine Tasting Competition European wine roads – Portugal 2011", organizada pela Revista alemã Selection.

Cepa Pura Trincadeira 2010

GP 205 bruto branco

espumante seco

vinha da malhada reserva 2009

capture1

capture2

capture3

capture4

capture5

capture6



publicado por Carlos Gomes às 19:12
link do post | favorito

Terça-feira, 27 de Setembro de 2011
Turismo religioso: Fátima integra candidatura europeia para promoção internacional

O concelho de Ourém está a preparar uma candidatura conjunta a fundos da União Europeia para garantir promoção internacional de uma rota de santuários marianos, disse à Lusa o presidente da autarquia, Paulo Fonseca.

O autarca revela que no sábado foi assinado um documento de compromisso em Lourdes com os responsáveis por municípios que possuem santuários marianos na Europa, casos de Ourém – que candidata Fátima-, Lourdes (França), Mariazell (Áustria), Czestochowa (Polónia) e Altotting (Alemanha).

No início de 2012, os representantes dos cinco municípios vão reunir-se em Fátima para ultimarem a candidatura “que pretende promover o turismo europeu fora da europa“, informou Paulo Fonseca, admitindo que a aposta pode mesmo passar pela promoção junto de países de minoria católica.

O autarca de Ourém, que é também presidente do Turismo Leiria-Fátima, admite que países como a Índia, a China e a Indonésia possuem pequenas percentagens da população que professam a religião católica - entre os dois e os dez por cento de crentes.

Contudo, Paulo Fonseca lembra a densidade populacional destes países: feitas as contas, estes mercados aparentemente marginais podem significar uma promoção que pode chegar a cerca de 300 milhões de pessoas.

“Conseguimos distinguir claramente um turismo indonésio de inspiração católica que vai até Espanha”, ilustra, defendendo ainda que Brasil, Estados Unidos e Rússia são dois dos países que vão estar na mira da promoção internacional “que tem de ser vista como um contributo e uma mais-valia económica no momento que a Europa e Portugal estão a viver”.

Por essa razão, uma iniciativa de âmbito municipal, salienta, vai já marcar presença na 39ª Feira das Américas que está agendada para o Rio de Janeiro, entre 19 e 21 de Outubro, para a qual se esperam 24 mil visitantes em busca de informações ou negócios, com 800 expositores de diferentes segmentos da indústria turística oriundos de 48 países.

O presidente do Turismo Leiria-Fátima explica “que os cinco milhões de pessoas que visitam Fátima todos os anos” também têm que ser olhados “como um produto turístico de grande importância para a Europa e para Portugal”.

Paulo Fonseca sublinha que a nível regional há que ter em conta o poder de atracção de Fátima: “quanto mais pessoas visitarem o santuário, mais probabilidades existem que vão à Batalha, por exemplo, e que desfrutem da diversidade turística que caracteriza a nossa região”.

Ourém, Batalha e Leiria, respectivamente, são os concelhos que contabilizam o maior número de pedidos de informação nos seus postos de turismo, sobretudo entre maio e Setembro.

Os números divulgados à Lusa pelo Turismo Leiria-Fátima confirmam a sazonalidade na região, cuja procura turística se concentra no segundo trimestre do ano.

A Entidade Regional de Turismo Leiria-Fátima abrange os concelhos de Marinha Grande, Leiria, Batalha, Porto de Mós, Ourém e Pombal.

Fonte: Agência Lusa/SAPO



publicado por Carlos Gomes às 16:52
link do post | favorito

Quarta-feira, 14 de Setembro de 2011
Quando irá Ourém acolher o Encontro Europeu de Jovens Lusodescendentes em Portugal?

affiche_eejl_web

Realizou-se no passado mês de Agosto em Alcobaça o Encontro Europeu de Jovens Lusodescendentes em Portugal que a Coordenação das Colectividades Portuguesas em França leva anualmente a efeito em parceria com a Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e o município que acolhe a iniciativa.

Neste Encontro estiveram presentes cerca de quatro dezenas de jovens em representação de associações portuguesas em França, Bélgica, Inglaterra, Alemanha, Luxemburgo, Suécia e Suiça.

Os Encontros Europeus de Jovens Lusodescendentes em Portugal têm como objectivo, reunir jovens de diferentes países europeus para que possam partilhar as realidades associativas nos diferentes países de origem.

Atendendo à representação que o Concelho de Ourém possui junto das comunidades portuguesas, principalmente em França, é de esperar que uma futura edição do referido se venha a realizar na cidade de Ourém. Assim o esperamos!



publicado por Carlos Gomes às 16:10
link do post | favorito

Quarta-feira, 31 de Agosto de 2011
SS.AA.RR. OS DUQUES DE BRAGANÇA E CONDES DE OURÉM NO CASAMENTO DO PRÍNCIPE DA PRÚSSIA

ssaarr casamento prussia

POTSDAM, ALEMANHA - 27 de Agosto: D. Duarte Pio, Duque de Bragança e esposa Duquesa Isabel de Bragança participam da cerimónia de casamento religioso, de Georg Friedrich Ferdinand Príncipe da Prússia com a princesa Sophie da Prússia na Friedenskirche Potsdam em 27 de Agosto de 2011, em Potsdam, Alemanha.

Via: Real Associação do Médio Tejo, em  http://nucleomonarquicoabrantes.blogspot.com/



publicado por Carlos Gomes às 01:20
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

PORTUGUESES CELEBRAM PORT...

OUREENSE LUCIANO CRUZ VEN...

PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL C...

INSIGNARE coordena projet...

OURÉM: VINHA DA MALHADA R...

OURÉM TEM O MELHOR VINHO ...

VINHOS DE OURÉM DISTINGUI...

Turismo religioso: Fátima...

Quando irá Ourém acolher ...

SS.AA.RR. OS DUQUES DE BR...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds