Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
FÁTIMA: LEVA-ME AO MUSEU!

FÁTIMA - "Leva-me ao Museu! Workshop brincar com a Arte"

No âmbito da exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte" patente em Fátima, no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, a Liga de Amigos do Museu irá promover a iniciativa "Leva-me ao Museu! Workshop brincar com a Arte".

image009consolatafati.jpg

Destinada a crianças e suas famílias, a atividade pretende valorizar a criatividade e o imaginário infantil, incentivando o desenvolvimento de competências e prática da expressão artística. Após a visita interativa à exposição através de vários recursos, procurar-se-á que estas exprimam  as suas vivências e conhecimentos adquiridos sobre o tema, através da sua expressão artística.

O workshop tem data marcada para o dia 26 de janeiro, sábado, às 15h30 e as inscrições deverão ser efetuadas até ao dia 25 de janeiro através do telefone 249 539 470.

A exposição está patente neste espaço dos Missionários da Consolata desde novembro de 2018, acolhendo pela primeira vez em Fátima trinta e dois trabalhos, entre serigrafias e litografias de vários períodos do mestre Cargaleiro. Encerrará ao público no domingo, dia 27 de janeiro.



publicado por Carlos Gomes às 22:07
link do post | favorito

Terça-feira, 8 de Janeiro de 2019
VIGÍLIA FOTOGRÁFICA – DIÓNIS 2017, NO RESTAURANTE CLAUSTRO MONFORTINO DA EHF

A “Vigília Fotográfica” da Diónis, está patente no restaurante Claustro Monfortino, que  voltou à actividade no início deste período letivo, no âmbito da rubrica Arte no Claustro, que pretende juntar o prazer pela gastronomia com o gosto pela arte, trazendo, todos os meses, um artista ao espaço do Restaurante de Aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima.

3381925949_1.JPG

A DIÓNIS, TEATRO DE GRUPO, CRL, com sede no Centro Comercial Fatimae, em Fátima, é desde 21 de março de 2015 uma cooperativa do ramo cultural, sem fins lucrativos, que tem como objeto social a produção e promoção de teatro, dança, música, artes performativas, produção audiovisual, bem como a formação … e a realização de atividades culturais e outras conexas que contribuam para a preservação das tradições culturais da região.

3394532679_3.JPG

DIÓNIS, deriva do nome Dionísio, deus do teatro, do vinho e da alegria, na mitologia grega, a quem de diversas formas se pretende prestar tributo.

Não obstante outras iniciativas culturais, o projeto do grupo assenta em três pilares fundamentais:

1-Produção, encenação e apresentação de espetáculos de teatro infantojuvenil, direcionados aos alunos das pré-primárias e ensino básico.

2-Promoção/oferta de uma agenda cultural diversificada para Fátima.

3-Criação de novos públicos, com incidência na população mais jovem da região de Fátima.

3671330614_6 (1).JPG

A “Vigília Fotográfica – DIÓNIS 2017” agora em exposição no “Claustro Monfortino”, foi um concurso de fotografia realizado nos dias 12 e 13 de maio de 2017, em Fátima, por ocasião da vinda do Papa Francisco, no âmbito das comemorações do Centenário das Aparições.

Os objetivos do concurso foram o de contemplar Fátima como local de busca de alimento espiritual necessário à descoberta de razões para viver. Fátima de ação e de petição de graças.

Observar, registar e compreender momentos de fé que levam à superação do ser humano, peregrino, perante o sofrimento e a adversidade.

Promover e partilhar diferentes formas de sentir e diferentes olhares sobre o fenómeno Fátima e sobre a sua mensagem.

Houve 2 Temas a concurso: “Rosto de Fátima” e “Tema Livre”,  tendo sido atribuídos três prémios por tema a concurso, além de uma Menção Honrosa.

Foram apresentadas mais 100 fotografias a concurso, de ambos os temas, e os os trabalhos estiveram expostos nos antigos Paços do Concelho de Ourém.

A INSIGNARE mantém em constante actualização as colecções expostas nesta pequena “galeria” artística, procurando trazer a Arte dentro de portas para os seus alunos e público em geral, potenciando e divulgando sobretudo referências culturais da cidade e da região.

137822064_4.JPG

1892924826_7.JPG

2185537506_2.JPG

2548887937_5.JPG



publicado por Carlos Gomes às 13:28
link do post | favorito

Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMOVE "ENCONTROS NA BASÍLICA"

Encontros na Basílica vão refletir Fátima como experiência de Igreja e meta de peregrinação

Cinco palestras com recital de música são proposta do Santuário para aprofundar o tema deste ano pastoral: “Dar graças por peregrinar em Igreja”
A primeira sessão dos Encontros na Basílica de 2019 realiza-se já no próximo dia 13 de janeiro, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, e vai refletir sobre o tema: “A comunidade cristã, Povo de Deus em caminho”. Esta primeira palestra estará a cargo do vigário geral da diocese de Leiria-Fátima, padre Jorge Guarda e contará com um recital pelo Coro de Câmara de São João da Madeira, com a direção de Joana Castro.

Para o presente ano pastoral, estão previstas mais quatro palestras. A 10 de março, o vice-reitor do Santuário de Fátima, padre Vítor Coutinho, vai abordar o tema “O acolhimento: carisma e tarefa da Igreja”; a 2 de junho, o tema “O Santuário como lugar de celebração e vivência da fé” será abordado pelo reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas; “Francisco Marto, peregrinação interior” será a reflexão trazida pelo teólogo Pedro Valinho Gomes, a 8 de setembro; e, na última palestra, a 10 de novembro, o padre José Nuno Silva, responsável pela pastoral da mensagem de Fátima, vai apresentar o tema “Fátima lugar da fragilidade - doença e pecado”.

unnamed

Os Encontros na Basílica são uma proposta de reflexão sobre Fátima, em formato de palestra com um recital de música, que o Santuário dinamiza durante o triénio 2017-2020, que tem como tema genérico “Tempo de graça e misericórdia”.

O ano pastoral de 2018/2019, que iniciou no passado dia 2 de dezembro sob o tema: “Tempo de graça e misericórdia: dar graças por peregrinar em Igreja”, pretende salientar Fátima como experiência de eclesialidade e como meta de peregrinação: objetivos pastorais que os Encontros na Basílica assumem na sua reflexão para este ciclo.

Na sessão do próximo dia 13 de janeiro, o vigário geral da diocese de Leiria-Fátima vai apresentar a Igreja a partir de quatro imagens: Maria, casa, comunidade e povo peregrino, para evidenciar que “não se é cristão sozinho” e para salientar os santuários como espaços de experiência da Igreja.

O padre Jorge Manuel Faria Guarda, vigário Geral da diocese de Leiria-Fátima há 20 anos, nasceu em 1958 (Santa Eufémia, Leiria) e foi ordenado padre em 1983. Estudou teologia em Coimbra e em Roma (universidades Lateranense e Gregoriana). Foi pároco, formador, professor e diretor espiritual no Seminário de Leiria. Trabalhou na pastoral das vocações, tendo sido secretário da Comissão Episcopal do Clero, Seminários e Vocações. Orientou retiros a sacerdotes, a religiosos, a religiosas e a leigos. Tem lecionado teologia, história das religiões e espiritualidade e feito conferências em vários lugares. Publicou “O Carisma dos Pastorinhos de Fátima” e “No Silêncio do Santuário. Orações a partir dos Salmos”.

O momento musical que se segue à palestra será interpretado pelo Coro de Câmara de São João da Madeira, com a direção de Joana Castro. Formado em 1992, este grupo de câmara de 15 vozes atuou no país e no estrangeiro (República. Checa, Espanha e Brasil), e já gravou dois CD’s: em 2001 e 2008.

Todas as sessões dos Encontros na Basílica acontecem ao domingo, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e são de entrada livre.



publicado por Carlos Gomes às 13:42
link do post | favorito

Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2018
FINAL DO CONCURSO NACIONAL JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA NA EHF FOI UM SUCESSO

A Escola de Hotelaria de Fátima recebeu, nos dias 4 e 5 de dezembro, a final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia 2018. E se receber este concurso em si já acarreta uma organização com um sem número de tarefas e logística, foram ainda realizadas diversas atividades que engrandeceram mais estes dois dias.

unnamed

Organizou-se o “Jantar à Luz das Estrelas”, apoiou-se a organização no Fórum: “Que Futuro para a Gastronomia de Portugal” e ainda nos orgulhamos do lançamento do prémio Francisco Vieira, em honra do eterno líder da INSIGNARE, de um Homem único, um visionário, um empreendedor, com um prestígio único no sector e que merece ser perpetuado.

Durante estes dois dias a Escola de Hotelaria de Fátima recebeu profissionais de renome nacionais e internacionais que, com a sua presença, tornaram o vento ainda mais interessante. A sua colaboração com júris, bem como a sua simpatia e partilha com os nossos alunos marcaram este certame com um elevado grau de qualidade.

- Final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia 2018

Esta foi a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que teve a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927.

Ao fim de 2 dias de competições, foram revelados os grandes vencedores das 8 categorias. Entre eles, estão 3 nomes com o cunho da Escola de Hotelaria de Fátima:

- COZINHA MAKRO

Ricardo Ruivo | Restaurante Feitoria – Ex-aluno da Escola de Hotelaria de Fátima

Reinterpretação da Caldeirada de Dourada e Carapau Enjoado

- COZINHA COM POLVO NACIONAL BRASMAR

Tiago Correia | EFTA / Quorum

O Polvo, a Cebola e os Tubérculos

- PASTELARIA ESPIGA

Andreia Carreira | Restaurante Bon Bon – Ex-aluna da Escola de Hotelaria de Fátima

Pêra Rocha, Noz, Queijo de Cabra e Moscatel

- COZINHA COM LEGUMES BONDUELLE

Gonçalo Carvalho | Taberna Ó Balcão

A Fataça dos Tempos Modernos

- COZINHA COM ARROZ BOM SUCESSO

Filipa Santos | Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa – Ex-aluna da Escola de Hotelaria de Fátima

Gelado de Arroz Doce, Crumble, Gelatina de Limão e Creme de Canela

- PETISCOS COM SUPER BOCK SELECÇÃO 1927

Josué Marques | Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre

O Frango Foi com as Urtigas

- BARMAN INTER MAGAZINE

João Costa | Bovino Steakhouse

Cocktail 1 – Margarida | Cocktail 2 – Easy Going

- ARTES DA MESA

Hugo Antunes | Escola Tecnológica e Profissional de Sicó

- Jantar à Luz das Estrelas

Na noite de 4 de dezembro, a Escola de Hotelaria de Fátima esteve de portas abertas para receber as 120 pessoas participantes no “Jantar à Luz das Estrelas” que foi confecionado e servido pelos alunos, sob a supervisão dos 5 chefes de cozinha e sala. O acolhimento e receção durante todo o jantar esteve a cargo dos alunos do curso de Turismo.

A Escola Profissional de Ourém também esteve associada ao evento, com o funcionamento de um mecanismo num apontamento de Natal e com a filmagem do evento através de um drone manobrado por um aluno.

Num ambiente intimista a Diretora da INSIGNARE, Carina João Oliveira, deu as boas-vindas e enquadrou a realização do jantar, bem como foram proferidas umas palavras pelo Presidente do Município do Ourém, Luís Albuquerque, que destacou o papel da INSIGNARE no concelho de Ourém.

A refeição decorreu de forma sequencial, promovendo aos participantes a degustação gastronómica de uma Ceia de Outono, confecionada pelos alunos de Cozinha/Pastelaria e Pastelaria/Padaria e servida pelos alunos de Restaurante/Bar.

No primeiro prato constava o tártaro de vieira em guacamole exótico, tempura de polvo sobre escabeche cremoso e o crocante de camarão em manta de alheira. Seguiu-se o supremo de bacalhau com creme de ervilhas, crocante de chouriço, ovo a baixa temperatura e a sua espuma. O prato principal foi denominado “Lombinho em paladares de Inverno” e os comensais puderam deliciar-se com um lombinho de porco envolto em bacon, sobre massa folhada, puré de batata-doce e legumes - cogumelos, espargos verdes e beterraba. Para fechar nada melhor que uma sobremesa que recordava os “Sabores de Infância”, com uma base de bolacha speculoos com chocolate branco e óleo de avelã, natas com nuttela, speculoos e gelatina e glaçage de chocolate. Na mesa constavam ainda os coloridos pão de espinafres e sementes de papoila, pão de alfarroba e pão de beterraba e sementes de sésamo.

O jantar foi finalizado com um agradecimento geral a todos os alunos e chefes envolvidos, que foram convidados a vir à sala, num aplauso coletivo de todos os presentes.

- Prémio "Francisco Vieira" apresentado no Fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal”

O Fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal” decorreu no Hotel Domus Pacis, na tarde do dia 5 de dezembro, e contou com a presença de jovens estudantes provenientes de várias escolas de hotelaria e turismo do país.
No âmbito do Fórum foi lançado o prémio Francisco Vieira, que pretende galardoar o pensamento criativo, a melhor ideia que apresente uma solução para um problema no sector da hotelaria e restauração, envolvendo gastronomia. Poderão concorrer a este prémio os jovens estudantes das escolas onde se ensinam os temas da gastronomia, relacionada com a hotelaria e o turismo em Portugal. Os alunos poderão concorrer individualmente ou em grupo, bem como jovens profissionais em exercício da sua atividade, desde que residentes em Portugal, e que tenham até 30 anos de idade.

O Fórum contou com momentos de debate entre profissionais das várias artes a concurso no JTG, e também demonstrações gastronómicas (cozinha, pastelaria) por reputados cozinheiros nacionais, e ainda com a entrega dos prémios a todos os vencedores.

O auditório estava cheio, cerca de 250 pessoas tiveram presença na última tarde do concurso nacional JTG.



publicado por Carlos Gomes às 21:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2018
3 EX-ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA, VENCEM JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA 2018

3 dos 6 ex-alunos finalistas da 7ª edição do Concurso Nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018, venceram hoje nas suas categorias. São eles:

- Andreia Carreira - Pastelaria Espiga

- Filipa dos Santos - Cozinha com Arroz Bom Sucesso

- Ricardo Ruivo - Cozinha Makro

unnamed (1)

Esta foi a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que teve a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927. Podem concorrer todos os estudantes de hotelaria e restauração a frequentar as escolas em Portugal, ou jovens empregados que tenham terminado os estudos no ano letivo anterior ao ano corrente, e que tenham idade igual ou inferior a 25 anos.

De referir que a Final Nacional do JTG, deste ano aconteceu ontem e hoje, na Escola de Hotelaria de Fátima, contando também com o apoio do Município de Ourém. Durante a tarde de hoje teve lugar o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estiveram reunidos os profissionais do presente e futuro.

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 19:53
link do post | favorito

Terça-feira, 4 de Dezembro de 2018
ELABORAÇÃO DO PLANO DE URBANIZAÇÃO DE OURÉM E REVISÃO DO PLANO DE URBANIZAÇÃO DE FÁTIMA

Foi aprovado na reunião de câmara do dia 3 de dezembro o procedimento que permitirá a elaboração e aprovação do Plano de Urbanização de Ourém (PUO). Este procedimento que agora se inicia permite definir a estrutura da cidade a uma escala de maior pormenor, que não é concretizada no Plano Diretor Municipal, único instrumento que engloba a totalidade da área de intervenção do PUO.

Os termos de referência para a proposta do PUO passam por afirmar a cidade no sistema urbano municipal enquanto sede administrativa, pela necessidade de a ordenar tendo em conta a articulação com o edificado existente, assim como a identificação dos valores culturais e naturais a proteger, criando condições para a promoção e utilização turísticas. Foram ainda tidos em conta termos como a reorganização da circulação, estacionamento e acessibilidades dentro da cidade bem como a necessidade de fomentar a localização das atividades comerciais e de apoio à população e empresas.

Foram ainda aprovados na mesma reunião de câmara os termos de referência para o procedimento de elaboração da revisão do Plano de Urbanização de Fátima (PUF), cumprindo com o disposto no artigo 76.º do RJIGT. Esta revisão visa criar um território mais competitivo e contribuir, de igual modo, para uma melhoria da dinâmica urbanística e do crescimento económico e social, preservando ao mesmo tempo os valores ambientais e paisagísticos, numa ótica de sustentabilidade. O novo PUF define, igualmente, regras claras de atuação sobre o espaço através da organização e consolidação da malha existente com a redefinição de critérios e orientações de edificabilidade reforçando uma imagem de qualidade. A revisão agora em curso visa ainda melhorar a circulação viária e pedonal, estacionamento, bem como a criação de espaços públicos que contribuam para a satisfação da população. Foi ainda fundamento para esta revisão, a necessidade de redefinir uma rede de equipamentos de utilização coletiva que sustente e dignifique o desenvolvimento objetivado, bem com a dinamização do turismo, traduzindo-se na oferta de emprego.

A Câmara Municipal aprovou ainda estabelecer um prazo, não inferior a 15 dias, para a formulação de sugestões e para a apresentação de informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no âmbito dos respetivos procedimentos de elaboração e revisão dos planos, respeitando o n.º 2 do artigo 88.º do RJIGT.



publicado por Carlos Gomes às 19:05
link do post | favorito

OURÉM RECEBE EMBAIXADA DA COREIA DO SUL

Embaixada da República da Coreia - Jantar tradicional Sul Coreano em Ourém

Do decurso de contactos já estabelecidos entre a Embaixada da República da Coreia e o Município de Ourém, a referida Embaixada manifestou e concretizou a intenção de realizar um jantar de gastronomia Sul Coreana no Concelho de Ourém.

O jantar decorreu na passada sexta-feira, dia 30 de novembro, na Escola de Hotelaria de Fátima, e beneficiou da confeção dirigida por quatro Chef’s de Universidade Coreana, contando também com o apoio da INSIGNARE EHF - Escola Profissional de Hotelaria de Fátimana preparação do processo de acolhimento.

A cerimónia teve como propósitos dar a conhecer tradições culturaisSul Coreanas na área da gastronomia a Portugal, especificamente, ao concelho de Ourém enquanto Município que acolhe o Santuário de Fátima, e fomentar oportunidades para a afirmação de relações comerciais, designadamente através do investimento económico na área da restauração no Município anfitrião. Esta manifestação está contextualizada na forte afluência turística do mercado asiático, expresso nomeadamente na Coreia do Sul, que representa cerca de 60 000 dormidas anuais na cidade de Fátima, que se traduz num importante potencial turístico para a região.

O Executivo Municipal regozija-se com a iniciativa da Embaixada da República da Coreia, pela escolha do Concelho de Ourém para este evento de degustação, e agradece a colaboração da INSIGNARE EHF e demais entidades parceiras que contribuíram para o sucesso do evento.



publicado por Carlos Gomes às 10:40
link do post | favorito

MUNICÍPIO DE OURÉM REFORÇA LAÇOS COM COREIA DO SUL

O Executivo Municipal recebeu, na noite de 30 de novembro, o embaixador da Coreia do Sul Chul Min Park, num jantar que decorreu na Escola de Hotelaria de Fátima.

8

O embaixador fez-se acompanhar por uma comitiva de cozinheiros liderada pelo reputado chef Gweon Oh-cheon, apoiado por dois cozinheiros sul-coreanos, auxiliados por três chefs de cozinha da Escola de Hotelaria de Fátima e uma brigada de alunos, que tiveram a oportunidade de experimentar as diversas técnicas e produtos da gastronomia sul-coreana.

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, acompanhado pelos Vereadores Isabel Costa e Rui Vital, proferiu palavras de agradecimento ao embaixador sul-coreano e restante equipa de chefs, pela mostra gastronómica que prepararam. Luís Miguel Albuquerque salientou também a importância que os turistas da Coreia do Sul representam para o turismo em Portugal, mais concretamente para a cidade de Fátima, sendo que estas parcerias estratégicas são fundamentais para ambas as partes, abrindo assim novos horizontes para o turismo religioso, com origem naquele país asiático.

O jantar contou também com a presença do Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, João Moura, e dos Vereadores Cília Seixo, José Reis e Estela Ribeiro. O Presidente da Junta de Freguesia de Fátima, Humberto Silva, marcou presença de igual forma, assim como o Presidente da ACISO, Domingos Neves e a Diretora Executiva da Insignare, Carina Oliveira.

1

5

7

10

11



publicado por Carlos Gomes às 09:51
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2018
FINAL NACIONAL DO JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA COMEÇA AMANHÃ

A Escola de Hotelaria de Fátima recebe, amanhã e quarta-feira, dias 4 e 5 de dezembro, a Final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia.

unnamed

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que tem a EHF como um dos patrocinadores institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional, que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso.

Dia 4 de dezembro decorre o “Jantar à Luz das Estrelas”, a partir das 19H30, preparado pelos chefes da Escola, José Abelho, Lisa Silva e Yannick Génard, de cozinha, e José do Vale e Marco Graça, que asseguram o serviço de restaurante. O serviço será ainda apoiado por brigadas de alunos dos cursos de Turismo, Restaurante/Bar, Cozinha/Pastelaria e Pastelaria/Padaria.

No dia 5, a partir das 13H45, no Domus Pacis Fátima Hotel, decorre também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.

Fátima acolhe assim todas as outras escolas de hotelaria do país, seus representantes e grandes figuras nacionais nas áreas da gastronomia e restauração, e valoriza também os seus quadros na organização deste evento nacional, que distingue as áreas de Cozinha, Pastelaria, Artes da Mesa e Bar.

Foi decisivo o apoio da Câmara Municipal de Ourém para esta realização, que para além da valorização da INSIGNARE, promove ainda a cidade e o concelho aos olhos de jovens e profissionais de todo o país.



publicado por Carlos Gomes às 19:34
link do post | favorito

Sábado, 1 de Dezembro de 2018
AS APARIÇÕES DE FÁTIMA “SÃO CONSOLO QUE DEUS OFERECE AOS MEMBROS DA SUA IGREJA PEREGRINA”

- Afirmou o Padre Carlos Cabecinhas

O Santuário de Fátima inicia este domingo, 2 de dezembro, o novo Ano Pastoral durante o qual convida os peregrinos a “Dar Graças por Peregrinar em Igreja”, uma dimensão de eclesialidade sublinhada pela Mensagem de Fátima, disse esta tarde o Reitor do Santuário na jornada de apresentação do tema do ano.

unnamed (1)

“A mensagem de Fátima põe em destaque esta dimensão eclesial – a consciência de sermos povo de Deus –, que exprimimos com o tema `Dar graças por peregrinar em Igreja´. Esta dimensão eclesial da mensagem faz-se patente, de forma muito explícita, no chamado `Segredo´, na referência ao `Bispo vestido de branco´ e à Igreja peregrina e mártir” disse o Pe. Carlos Cabecinhas na sua alocução.

O responsável pelo Santuário, que foi o primeiro a usar da palavra na sessão de apresentação do tema do Ano Pastoral, presidida pelo Cardeal D. António Marto, sublinhou que esta consciência de ser Igreja experimenta-se, em Fátima, de “muitos modos”, desde a participação nas celebrações sacramentais; nas assembleias crentes que aqui se reúnem para a expressão comum da fé, para adorar a Deus, dar-Lhe graças e louvá-l’O; na união e comunhão com o Papa e na oração por ele, tão característica de Fátima.

Mas o tema do ano pretende sublinhar, por outro lado, que esta experiência de ser Igreja é dinâmica: “é uma peregrinação”, acrescentou o Reitor do Santuário.

“Neste caminho da Igreja, as Aparições de Fátima são consolo que Deus oferece aos membros da sua Igreja peregrina; são auxílio para o caminho. No longo peregrinar dos seus filhos, Maria apresenta o seu Coração Imaculado como refúgio e caminho”, afirmou.

“Este ano pastoral permitir-nos-á refletir sobre o sentido da peregrinação e sobre os traços mais característicos da peregrinação a Fátima. Permitir-nos-á refletir sobre o Santuário como meta de peregrinação e lugar de forte experiência de Igreja, porque lugar de forte experiência do Deus que congrega a Igreja e reúne o seu povo” esclareceu o Pe. Carlos Cabecinhas.

Por isso, conclui “o presente Ano Pastoral, que agora se inicia, convida-nos a encarar a mensagem de Fátima como meio para conseguir uma maior consciência eclesial e caminho eficaz para fortalecer o sentido de pertença eclesial, nomeadamente através da experiência comunitária da peregrinação.”

O novo Ano Pastoral será o segundo de um triénio, que inicia o segundo século de Fátima e que está a ser vivido como um “Tempo de Graça e de Misericórdia”.

Em 2019, o Santuário viverá dois centenários especialmente relevantes: o centenário da construção da Capelinha das Aparições e o centenário da morte de S. Francisco Marto. De resto, os cem anos da construção da Capelinha é o acontecimento inspirador do tema deste ano, lembrou o sacerdote, fazendo memória do relato da Aparição de 13 de outubro, na qual Nossa Senhora disse aos videntes: “Quero que façam aqui uma capela”. Essa capela foi o início do Santuário e constitui, ainda hoje, o seu “coração”.

“Em contexto cristão, o edifício da igreja – neste caso, a “capela” – é sempre símbolo da Igreja de pedras vivas que aí se reúne para celebrar a presença de Jesus Cristo. S. Pedro, na sua primeira epístola, exorta-nos a tomarmos consciência da nossa condição de “pedras vivas” que entram na construção de um edifício espiritual, a Igreja, e conclui: “Sois agora o povo de Deus” (1 Ped 2, 10). É esta consciência de sermos povo de Deus que desejamos aprofundar”, justificou.

O Reitor do Santuário destacou, também, a atenção especial que o Santuário destinará aos jovens, sobretudo a esse grande evento que será a Jornada Mundial da Juventude no Panamá, em janeiro de 2019, para onde se deslocará, a título excecional, a Imagem Nº 1 da Virgem Peregrina de Fátima, atendendo à importância do evento mas também ao itinerário mariano proposto pelo Papa Francisco que escolheu Maria como tema central da caminhada de preparação para a Jornada Mundial da Juventude de 2019.

Para a vivência deste novo ciclo pastoral de três anos, e deste ano pastoral em concreto, o Santuário volta a apostar no cartaz mensal que recordará, ao longo do ano, o tema que guia a vida do Santuário; uma catequese alusiva a São Francisco Marto nas alamedas do recinto de Oração e a oferta de um itinerário orante como proposta a todos os peregrinos.

Por outro lado, ao nível da formação e da reflexão, a Escola do Santuário proporá várias iniciativas todos os meses, desde Itinerários de Espiritualidade a Oficinas Pastorais, uma novidade que começa em fevereiro e dirigida a um público especifico. Ao nível da formação e da reflexão mantêm-se, ainda, o Simpósio Teológico-Pastoral anual e os Encontros na Basílica.

A nível cultural, além de um programa musical diversificado salienta-se a exposição temporária “Capela Múndi”, visitável diariamente até 15 de outubro do próximo ano, no Convivium de Santo Agostinho.

O Reitor do Santuário aproveitou ainda a sessão de abertura para fazer um balanço do ano que agora terminou e que “permitiu consolidar algumas práticas” iniciadas durante o centenário, mas agora aos “ritmos diários e habituais da vida do Santuário”.

“O caminho feito a nível celebrativo, com o cuidado das celebrações”; a oferta de “propostas de reflexão e aprofundamento da mensagem de Fátima” e a oferta cultural, “com a suas linguagens próprias para falar de Fátima” foram alguns dos exemplos apontados pelo Pe. Carlos Cabecinhas para evidenciar a dinâmica de vida do Santuário de Fátima neste segundo século.

Por outro lado, “a afluência de peregrinos, embora não atingindo os números excecionais de 2017, manteve-se muito elevada, com crescimento significativo de grupos de proveniências até há pouco tempo incomuns” referiu.

A jornada de apresentação do tema do novo Ano Pastoral, prosseguiu com uma conferência do diácono Rui Ruivo, seguida de um breve recital com o Coro do Santuário e a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima. A sessão terminou com uma intervenção do cardeal D. António Marto, bispo da diocese de Leiria Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 22:37
link do post | favorito

SANTUÁRIO DE FÁTIMA A ABERTURA DO NOVO ANO PASTORAL

Jornada de abertura do novo ano pastoral de Fátima

Decorreu, esta tarde, a jornada de abertura do novo ano pastoral de Fátima, que tem por tema “Dar Graças por Peregrinar em Igreja”.

unnamed

A jornada iniciou com a inauguração da exposição “Capela Múndi”: exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições, com visita guiada pelo comissário da exposição, Marco Daniel Duarte, diretor do Museu do Santuário de Fátima.

Na sessão de abertura do novo ano pastoral, o Cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, afirmou que a Igreja deve prosseguir a sua peregrinação no Mundo e na História apesar das “poeiras que caem sobre ela”.

O reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, fez um balanço sobre o ano que agora terminou, deu a conhecer as propostas para o novo ano pastoral, e apresentou as Aparições de Fátima como “consolo que Deus oferece aos membros da sua Igreja peregrina”.

A apresentar o tema do ano esteve o diácono Rui Ruivo, da diocese de Leiria-Fátima, que destacou a importância de Fátima como lugar da peregrinação em Igreja.



publicado por Carlos Gomes às 22:33
link do post | favorito

Sexta-feira, 30 de Novembro de 2018
ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA RECEBE REPUTADO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO DA COZINHA SUL COREANA

A Escola de Hotelaria de Fátima recebeu hoje o Professor Gweon Oh-cheon, Chairman da University of Gyeongnam Namhae, da Coreia do Sul, no âmbito do jantar organizado pelo Município de Ourém e a Embaixada da República da Coreia em Portugal.

unnamed

De referir que o professor chefiou uma equipa de 2 cozinheiros Sul-coreanos, que o acompanharam, apoiados pelos 3 chefes de cozinha da EHF e uma brigada de alunos, que tiveram a oportunidade de experimentar as diversas técnicas e produtos da gastronomia Sul Coreana através destes reputados chefes.

Do seu vasto currículo destacamos:

- Membro do Comité Executivo dos Serviços de Alimentação dos Jogos Olímpicos de Seul;

- Membro do Comité Nacional de Qualificações Técnicas e Apoio às políticas;

- Comenda do Secretário de Estado da Educação Sul Coreano;

- Comenda do Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.

Esta iniciativa insere-se numa programação que a Escola de Hotelaria tem vindo a desenvolver, numa altura em que o país e nomeadamente Fátima e o Concelho de Ourém recebem milhares de turistas Sul Coreanos, apoiando a formação dos profissionais para este segmento turístico.



publicado por Carlos Gomes às 21:12
link do post | favorito

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018
OUREENSES BEBEM CHÁ COM ARTE

No próximo dia 8 de dezembro, sábado, pelas 16h00, irá decorrer no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, a 11.ª edição da “Tarde de Poesia Natalícia”, inserida na atividade mensal “Chá com Arte”.

Após a degustação dos biscoitos da Doce Oureana e do Chá de Aromas de Oureana, num ambiente intimista, crianças do 1.º ciclo de Fátima declamarão poemas de sua autoria, inspirados nas coleções de presépios e Meninos Jesus que este museu conserva.

Esta atividade pretende, através das crianças, chamar a atenção do verdadeiro significado do Natal.

Intercalando os vários momentos de poesia, existirão momentos musicais da responsabilidade dos alunos da Escola de Música e Artes de Ourém – OUREARTE.

A entrada é livre.

image002



publicado por Carlos Gomes às 09:45
link do post | favorito

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA INICIA NOVO ANO PASTORAL

Santuário convida peregrinos a “Dar graças por peregrinar em Igreja”. Novo ano pastoral inicia-se a 2 de dezembro

A temática do novo Ano Pastoral de Fátima “Dar Graças por peregrinar em Igreja” será apresentada no próximo sábado, dia 1 de dezembro, pelas 15h30, no salão do Bom Pastor, no Centro Pastoral de Paulo VI.

unnamed

A Jornada de Abertura do Ano Pastoral, que será presidida pelo cardeal D. António Marto, bispo da diocese de Leiria-Fátima, começa com a inauguração da Exposição “Capela Múndi”: exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições, no Convivium de Santo Agostinho, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, às 14h30.

Segue-se a sessão propriamente dita cuja abertura será feita pelo Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, seguindo-se a conferência de apresentação do Tema do Ano pelo diácono Rui Ruivo.

Às 16h30 haverá um momento musical com o Coro do Santuário de Fátima e a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e meia hora mais tarde, às 17h00, o bispo diocesano encerrará a sessão.

A Jornada de Abertura do Ano Pastoral pode ser seguida em direto, através da página online do Santuário em www.fatima.pt.

O ano pastoral de 2018/2019 é o segundo de um ciclo de três anos, intitulado genericamente como “Tempo de Graça e misericórdia”, e evocará a dimensão eclesial deste dom que Fátima é para a Igreja e para a humanidade.

Ao triénio associam-se  também determinados acontecimentos que, mesmo se assinalados nas datas próprias, oferecem o contexto transversal aos três anos pastorais. Este ano de 2019 assinalaremos o centenário da morte de Francisco Marto, em 4 de abril de 1919 e  a edificação da Capelinha das Aparições, nos meses primaveris de 1919.



publicado por Carlos Gomes às 11:01
link do post | favorito

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018
ESCOLA DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROPÕE APROFUNDAMENTO DO ROSÁRIO

Já decorrem inscrições para esta proposta que vai aprofundar o Rosário como itinerário evangélico de vida teologal, sintonizando os diferentes mistérios com a espiritualidade do Advento, tempo comum, Quaresma e Páscoa

A Escola do Santuário propõe, para este ano pastoral, um percurso de experiência, formação e reflexão sobre o Rosário, com o objetivo de recuperar a consciência do seu significado, da sua profundidade e da sua atualidade. “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal” é o tema da proposta formativa que se irá desenvolver ao longo do ano, em quatro sessões. A primeira decorre a 15 e 16 de dezembro próximo e será sobre os Mistérios gozosos.

unnamed

A proposta de aprofundamento do Rosário parte do pedido insistente que Nossa Senhora deixou na Cova da Iria aos Pastorinhos para a oração diária do Terço. Ao assumir-se como “escola do Rosário”, o Santuário oferece agora a possibilidade de uma redescoberta desta forma de oração, recuperando a consciência do seu significado, da sua profundidade e atualidade.

O aprofundamento desta prática orante irá concretizar-se em quatro encontros, com início na manhã de sábado e final ao meio da tarde de domingo, ao longo do ano litúrgico, sintonizando os diferentes mistérios com a espiritualidade de cada tempo. O arranque está agendado para o período do Advento, a 15 e 16 de dezembro, em dois dias que se irão centrar nos Mistérios gozosos.

Neste primeiro fim de semana serão abordados os seguintes temas: “História do Rosário”; “Os Mistérios da Alegria: perspetiva bíblica e espiritual”; “A alegria de crer, esperar e amar”; “A incarnação”; “Aprofundamento teologal” e “Partilhar a alegria”.

Os seguintes fins de semana decorrem já em 2019, com o segundo a realizar-se a 19 e 20 de janeiro, durante o tempo comum, com o foco nos mistérios luminosos; o terceiro a 16 e 17 de março, em plena Quaresma, sobre os mistérios dolorosos; e o quarto a 18 e 19 de maio, no tempo da Páscoa, com a abordagem aos mistérios gloriosos.

A participação no itinerário, que tem inscrição gratuita, mas obrigatória, destina-se a todos os interessados, tendo particular interesse para todos os agentes pastorais. Tendo em conta que o itinerário constitui uma unidade, serão privilegiadas as inscrições feitas para a totalidade do percurso.

Está prevista ainda a proposta do itinerário na sua globalidade, entre 27 de maio e 2 de junho, para a qual serão comunicadas informações específicas em abril, altura em que abrirão também as inscrições.

Através desta proposta formativa, que apresenta o Rosário como itinerário evangélico de vida teologal, o Santuário de Fátima pretende aprofundar esta prática de oração mariana, destacando: a sua evolução na história da espiritualidade cristã; o seu sentido cristocêntrico; a sua importância na Mensagem de Fátima; a compreensão do seu papel mistagógico na vida cristã experimentada como existência teologal e o reconhecimento do seu valor evangélico na vida espiritual dos crentes.

Esta é uma proposta da Escola do Santuário que, através de itinerários de aprofundamento da espiritualidade da Mensagem de Fátima, tem assumido, desde o início de 2018, a missão de aprofundar e descobrir a espiritualidade da Mensagem de Fátima, através da sua leitura em relação com experiências significativas da contemporaneidade, e do reconhecimento da sua eclesialidade e relevância pastoral.

Durante o ano que agora termina, nos diversos itinerários que dinamizou, a Escola do Santuário recebeu cerca de três centenas de participantes. 

Para o ano pastoral de 2018-2019, a Escola dispõe de três propostas formativas, com modelos e formatos diferentes: os Itinerários de Espiritualidade, um Curso sobre a Mensagem de Fátima e as Oficinas Pastorais.



publicado por Carlos Gomes às 14:16
link do post | favorito

Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
MUNICÍPIO DE OURÉM APOIA CONSTRUÇÃO DE QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou um protocolo de colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima para a aquisição de terrenos onde será edificado o novo quartel da corporação. O documento foi aprovado na reunião de Câmara de 19 de novembro e prevê a atribuição de um apoio financeiro até 500 mil euros, alémda doação de um terreno camarário avaliado em 126 mil euros que será a comparticipação do Município na construção do futuro quartel da associação.

O Município de Ourém reconhece a necessidade de dotar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima com melhores recursos, nomeadamente a construção de um novo quartel que responda às necessidades da instituição e permita uma resposta mais eficaz no desempenho das suas funções em matéria de prevenção e socorro de pessoas e bens. Para a concretização desta ambição antiga da instituição, será necessário adquirir os terrenos definidos para a edificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima e o Município de Ourém disponibilizará um apoio financeiro até 500 mil euros que incidirá nos anos económicos de 2018, 2019 e 2020.



publicado por Carlos Gomes às 11:36
link do post | favorito

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
BOMBEIROS DE CAXARIAS E FÁTIMA VÃO TER EQUIPAS DE INTERVENÇÃO PERMANENTE

A Câmara Municipal de Ourém aprovou, na reunião de 19 de novembro, as propostas de protocolo a celebrar com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima para a constituição de duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP). Estes protocolos significam um investimento da autarquia no valor de 30.500 euros por entidade, ou seja, 61 mil euros anuais durante a vigência dos acordos.

A constituição de Equipas de Intervenção Permanente, à semelhança do que já acontece na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém, tem como objetivo garantir prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações e na defesa dos seus bens. Estas equipas permitem melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das associações e corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro.

As Equipas de Intervenção Permanente são compostas por cinco bombeiros em regime de permanência e têm a exclusiva missão de assegurar serviços de socorro às populações, de acordo com o plano de trabalho elaborado pelo Presidente da Direção da associação, sob proposta do Comandante do corpo de bombeiros. A Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Câmara Municipal de Ourém comparticipam em partes iguais os custos decorrentes da remuneração dos elementos da EIP, bem como encargos relativos ao regime de Segurança Social e seguros de acidentes de trabalho.

Os protocolos para constituição de Equipas de Intervenção Permanente nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima são válidos por um período de três anos e renováveis automática e sucessivamente por igual período, caso não sejam resolvidos por qualquer das partes.



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito

MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃO DE QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou um protocolo de colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima para a aquisição de terrenos onde será edificado o novo quartel da corporação. O documento foi aprovado na reunião de Câmara de 19 de novembro e prevê a atribuição de um apoio financeiro até 500 mil euros e a doação de um terreno camarário avaliado em 126 mil euros.

O Município de Ourém reconhece a necessidade de dotar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima com melhores recursos, nomeadamente a construção de um novo quartel que responda às necessidades da instituição e permita uma resposta mais eficaz no desempenho das suas funções em matéria de prevenção e socorro de pessoas e bens. Para a concretização desta ambição antiga da instituição, será necessário adquirir os terrenos definidos para a edificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima, terrenos que estão em conformidade com a construção pretendida, em observância aos instrumentos territoriais vigentes. Neste contexto, o Município de Ourém disponibilizará um apoio financeiro até 500 mil euros que incidirá nos anos económicos de 2018, 2019 e 2020, além da doação do terreno avaliado em 126 mil euros.



publicado por Carlos Gomes às 14:47
link do post | favorito

“JANTAR À LUZ DAS ESTRELAS” NA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA

Não perca a oportunidade de “Jantar à luz das Estrelas”, na Escola de Hotelaria de Fátima, no próximo dia 4 de dezembro, no âmbito do concurso nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018, que decorre na Escola de Hotelaria de Fátima, nos dias 4 e 5 de dezembro. Serão assim disponibilizados lugares para o público (limitado às primeiras 50 inscrições), pelo valor simbólico de 15€/pessoa. Mais informações e inscrições: ehf@insignare.pt | 249 545 721, até dia 25 de novembro de 2018. Não perca esta ocasião única de participar num jantar confecionado pelas futuras estrelas da cozinha.

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que tem a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional, que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso, e este ano acontece nos dias 4 e 5 de Dezembro, na Escola de Hotelaria de Fátima, contando também com o apoio do Município de Ourém. No dia 5, decorre também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 14:23
link do post | favorito

Terça-feira, 13 de Novembro de 2018
"O ANJO DE PORTUGAL" DA ESCULTORA CARVALHEIRA DA SILVA REGRESSA A VILA NOVA DE CERVEIRA

‘O Anjo de Portugal’ enriquece exposição de homenagem a Carvalheira da Silva

Depois de ter integrado as comemorações do Centenário das Aparições de Fátima, o molde da obra ‘O Anjo de Portugal’ de Carvalheira da Silva, regressou a ‘casa’ e encontra-se exposto, a partir de hoje, no Arquivo Municipal de Vila Nova de Cerveira. Peça emblemática acrescenta valor à exposição de homenagem que a Câmara Municipal inaugurou a 1 de outubro, intitulada ‘Contemplação de Arte Sacra’ - Vida e Obra de Carvalheira da Silva, e que pode ser visitada até março de 2019.

IMG_8322

Maria Amélia Carvalheira da Silva é considerada um dos expoentes máximos da arte sacra portuguesa, com raízes na freguesia de Gondarém. Vila Nova de Cerveira faz parte da sua história, pessoal e profissional, integrando o roteiro de obras espalhadas em locais tão icónicos como o Santuário de Fátima e o Vaticano, pelo que a Câmara Municipal concretizou uma vontade antiga de lhe dedicar uma exposição.

“Além de honrar a sua memória, a vida e obra da escultora cerveirense Carvalheira da Silva é demasiado valiosa para cair no esquecimento. Não podemos nem devemos privar os nossos filhos e netos de conhecer a pessoa e de contactar com o seu percurso artístico de sucesso”, realçou o autarca cerveirense Fernando Nogueira, no ato inaugural da exposição, no Dia do Município.

Patente no Arquivo Municipal até março de 2019, a mostra ‘Contemplação de Arte Sacra’ - Vida e Obra de Carvalheira da Silva - apresenta ao público cerca de 20 peças da escultora, um vasto registo informativo e fotográfico da sua carreira, bem como a condecoração "Pro Eclesia et Pontífice" atribuída pela Santa Sé e o Grau de Comendadora da Ordem de Mérito pelo então Presidente da República, Dr. Mário Soares.

Escultora de arte sacra, é em Fátima que tem a parte mais significativa da sua obra, nomeadamente ‘O Anjo de Portugal’, a escultura de Nossa Senhora e todas as Estações da Via-Sacra existentes nos Valinhos, assim como demais esculturas de cariz religioso espalhadas de Norte a Sul de Portugal, bem como em vários países.

Pelas raízes pessoais e profissionais a Vila Nova de Cerveira, Carvalheira da Silva doou à Câmara Municipal o molde da obra em gesso modelado e madeira, ‘O Anjo de Portugal’, cujo original se encontra no monumento construído em 1958, na Loca do Cabeço, a dar a comunhão aos três Pastorinhos de joelhos.

jardim-amc3a9lia-carvalheira-cara

Quem foi Carvalheira da Silva?

Maria Amélia Carvalheira da Silva nasceu em Gondarém, Vila Nova de Cerveira, 4 de Setembro de 1904, e faleceu em Lisboa a 31 de Dezembro de 1998. Foi uma escultora portuguesa.

Foi discípula de Salvador Barata Feyo. Em 1949, venceu o Prémio de Artes Plásticas Mestre Manuel Pereira, com a obra S. João de Deus, em barro policromado, que está exposta na capela do Palácio da Cruz Vermelha. Marcou presença em várias exposições, a título individual, em Portugal e no estrangeiro.[1]

É autora da escultura O Anjo de Portugal, e ainda da escultura de Nossa Senhora e de todas as Estações da Via-Sacra existentes nos Valinhos, em Fátima, assim como demais esculturas de cariz religioso espalhadas de Norte a Sul de Portugal.

Em 1992, recebeu, das mãos do então Cardeal Patriarca de Lisboa, D. António Ribeiro, a condecoração da Santa Sé Pro Eclesia et Pontificia. Em 28 de maio de 1992, foi feita Comendadora da Ordem do Mérito pelo Presidente Mário Soares.

A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu o seu nome a um jardim na freguesia das Avenidas Novas.

Fonte: Wikipédia

800px-AnjodePortugal

Fonte: https://bloguedominho.blogs.sapo.pt/



publicado por Carlos Gomes às 16:32
link do post | favorito

6 NOMES DE ALUNOS E EX-ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA NA ETAPA FINAL DO JTG 2018

A Escola de Hotelaria de Fátima está uma vez mais representada na 7ª edição do Concurso Nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018.

unnamed

Entre alunos e ex-alunos, a EHF contou com 10 representantes nas 3 Etapas Regionais, que decorreram de Norte a Sul do país, dos quais 6 foram apurados para a fase final após as provas regionais:

- Andreia Carreira - Pastelaria Espiga

- Filipa dos Santos - Cozinha com Arroz Bom Sucesso

- Guilherme Gaspar - Cozinha Makro

- Ricardo Ruivo - Cozinha Makro

- Samuel Santos - Pastelaria Espiga

- Sónia Rodrigues - Pastelaria Espiga (1.ª Suplente) - atual aluna do Curso de Pastelaria/Padaria

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que tem a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927. Podem concorrer todos os estudantes de hotelaria e restauração a frequentar as escolas em Portugal, ou jovens empregados que tenham terminado os estudos no ano letivo anterior ao ano corrente, e que tenham idade igual ou inferior a 25 anos.

De referir que a Final Nacional do JTG, deste ano acontece nos dias 4 e 5 de Dezembro, na Escola de Hotelaria de Fátima, contando também com o apoio do Município de Ourém. No dia 5, acontece também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.

Foto de Edições do Gosto - Jovem Talento da Gastronomia.



publicado por Carlos Gomes às 16:21
link do post | favorito

Sexta-feira, 9 de Novembro de 2018
MANUEL CARGALEIRO EXPÕES EM FÁTIMA

Amanhã, dia 10 de novembro, pelas 12h00, irá inaugurar oficialmente a exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte", no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima.

A inauguração  contará com a presença de Manuel Cargaleiro, seguindo-se pelas 13h00 um Almoço - Conferência no Consolata Hotel.

Organizada pela Liga de Amigos do Museu, esta magnífica exposição acolhe pela primeira vez em Fátima trinta e dois trabalhos, entre serigrafias e litografias de vários períodos do mestre Cargaleiro.

A exposição poderá ser visitada até 27 de janeiro de 2019, de terça a domingo, no seguinte horário: 10h00-13h00 | 14h00-17h00.

Manuel Cargaleiro atualmente divide o seu tempo de trabalho criativo por Lisboa, Paris e Vietri-Sul-Mare (Itália), percurso que define um artista aberto à circulação internacional das artes.

Nasceu a 16 de Março de 1927, em Vila Velha de Ródão, passando a viver, desde criança, na margem sul do estuário do Tejo, defronte de Lisboa, nos concelhos de Almada e do Seixal.

Em 1949, participou no primeiro salão de cerâmica organizado por António Ferro, no SNI, em Lisboa e, em 1952, realizou a 1.ª exposição individual de cerâmicas no SNI, em Lisboa. A partir desta data nunca mais parou com a realização de exposições em Portugal e no estrangeiro (França, Suíça, Itália,  Bélgica,        Alemanha, Espanha, Brasil, Japão, Venezuela, Arábia Saudita…). Foi professor de cerâmica na Escola de Artes Decorativas, António Arroio, em Lisboa. Ceramista que põe as mãos no barro; não apenas faz só cartões (projetos).

Em 1955, dirige os trabalhos de passagem para cerâmica, das estações de Via Sacra do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, a partir dos cartões da autoria de Lino António.

A obra de arte de Manuel Cargaleiro tem ritmo, alegria, musicalidade… Transmite bem-estar e enche facilmente um espaço, quer seja público ou privado. O papel didático da sua obra plástica leva-nos a descobrir o valor intrínseco e real das cores, as suas múltiplas combinações e o seu poder comunicativo e, ao mesmo tempo, a olhar de maneira diferente para os objetos que nos envolvem no dia - a - dia, “hic et nunc”, e a descobrir a harmonia cromática da natureza.

(António Maia Nabais)

image002



publicado por Carlos Gomes às 09:50
link do post | favorito

Sábado, 3 de Novembro de 2018
CONSOLATA MUSEU EXPÕE "CARGALEIRO, POETA DA ARTE"

O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia inaugura no próximo dia 10 de novembro, em Fátima, a exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte", com o seguinte programa:

Programa:

12h00 – Inauguração da Exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte" com a presença de Manuel Cargaleiro

13h00 – Almoço - Conferência | Consolata Hotel | Preço por pessoa: €15.00*Reserva obrigatória (Tel. 249 539 470 | e. mail: museuartesacra@consolata.pt

Organizada pela Liga de Amigos do Museu, esta magnífica exposição acolhe pela primeira vez em Fátima trinta e dois trabalhos, entreserigrafias e litografias de vários períodos do mestre Cargaleiro.

A exposição poderá ser visitada até 27 de janeiro de 2019, de terça a domingo, no seguinte horário: 10h00-13h00 | 14h00-17h00.

Manuel Cargaleiro atualmente divide o seu tempo de trabalho criativo por Lisboa, Paris e Vietri-Sul-Mare (Itália), percurso que define um artista aberto à circulação internacional das artes.

Nasceu a 16 de Março de 1927, em Vila Velha de Ródão, passando a viver, desde criança, na margem sul do estuário do Tejo, defronte de Lisboa, nos concelhos de Almada e do Seixal.

Em 1949, participou no primeiro salão de cerâmica organizado por António Ferro, no SNI, em Lisboa e, em 1952, realizou a 1.ª exposição individual de cerâmicas no SNI, em Lisboa. A partir desta data nunca mais parou com a realização de exposições em Portugal e no estrangeiro (França, Suíça, Itália,  Bélgica, Alemanha, Espanha, Brasil, Japão, Venezuela, Arábia Saudita…). Foi professor de cerâmica na Escola de Artes Decorativas, António Arroio, em Lisboa. Ceramista que põe as mãos no barro; não apenas faz só cartões (projetos).

Em 1955, dirige os trabalhos de passagem para cerâmica, das estações de Via Sacra do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, a partir dos cartões da autoria de Lino António.

A obra de arte de Manuel Cargaleiro tem ritmo, alegria, musicalidade… Transmite bem-estar e enche facilmente um espaço, quer seja público ou privado. O papel didático da sua obra plástica leva-nos a descobrir o valor intrínseco e real das cores, as suas múltiplas combinações e o seu poder comunicativo, e, ao mesmo tempo, a olhar de maneira diferente para os objetos que nos envolvem no dia - a - dia, “hic et nunc”, e a descobrir a harmonia cromática da natureza.

(António Maia Nabais)

image002



publicado por Carlos Gomes às 18:44
link do post | favorito

Sexta-feira, 2 de Novembro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLHE ENCONTROS NA BASÍLICA

Basílica de Nossa Senhora do Rosário vai acolher o V e último Encontros na Basílica. Iniciativa está agendada para dia 11 de novembro pelas 15h30

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário vai acolher no próximo dia 11 de novembro pelas 15h30, o último de cinco “Encontros na Basílica”, agendados apara este ano pastoral.

unnamed

Inserido no programa do primeiro ano do triénio 2017-2020, com o tema “Tempo de Graça e misericórdia”, esta quarta palestra terá como tema “A imagem peregrina da Virgem de Fátima e o seu papel no anúncio da mensagem da Cova da Iria” por Marco Daniel Duarte.

Marco Daniel Duarte é diretor do Museu do Santuário de Fátima, desde 2008, e, desde 2013, diretor do Departamento de Estudos da mesma Instituição religiosa.

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima o conferencista explica que “os peregrinos poderão ter perceção de que o dia 13 de maio de 1947 ficará na história de Fátima como o início da grande epopeia que poderia legendar-se a partir do seguinte mote: a Imagem da Virgem de Fátima faz-se peregrina dos seus peregrinos”.

Segundo Marco Daniel Duarte, a Virgem Peregrina tem um papel importante, que “avaliado à distância que se exige ao historiador, a passagem da escultura branca pelos diferentes pontos do globo — em menos de uma década já tinha estado em todos os continentes — mostra-se como fortíssima estratégia pastoral para a difusão da Mensagem da Cova da Iria, a partir da qual se pode percecionar a receção e a inculturação do culto mariano e, nalguns casos, do próprio catolicismo contemporâneo a uma escala global”.

No próximo mês de janeiro, a Imagem Nº1 estará no Panamá para integrar o programa das Jornadas Mundiais da Juventude e “levará certamente, essa eterna novidade que é o Evangelho, a partir da força que tem a mensagem de Fátima, sobretudo quando acentua que é possível alcançar a paz para o mundo. Pendo que este desejo estará inscrito no coração de cada jovem que, com o papa Francisco, estará na JMJ no Panamá”.

Marco Daniel Duarte dirige também o Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima.

Doutorado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, tem desenvolvido a sua investigação no âmbito dos estudos da Iconografia e da Iconologia, e, bem assim, no âmbito de diferentes temáticas relacionadas com o pensamento humano no contexto da História de Fátima.

Pertence a várias academias e é autor de estudos publicados em revistas científicas e editados em livro, alguns deles premiados. Comissariou diversas exposições científicas subordinadas às temáticas da sua especialidade, destacando-se as que tiveram lugar no Santuário de Fátima e a que esteve patente ao público, no Palácio Nacional da Ajuda, sobre as catedrais portuguesas.

Esta tarde formativa termina com um recital do Coro Polifónico Eborae Mvsica com direção de Eduardo Martins.

O Coro Polifónico Eborae Mvsica apresentou-se pela primeira vez em 1987. Tem realizado diversas atuações ao longo da sua existência, interpretando não só a polifonia da Escola de Música da Sé de Évora (séculos XVI e XVII) – seu objetivo primordial –, como também outras obras de diferentes épocas, destacando-se a oratória Jephte de Carissimi, o Gloria de Vivaldi, a Missa da Coroação e a Missa em Dó Maior de Mozart, e a 9.ª Sinfonia de Beethoven, esta com a Orquestra Metropolitana de Lisboa nos Concertos de Natal de 1999 e 2000, gravados e divulgados pela RTP. Entre outras, interpretou a ópera O que diz sim de Bertold Brecht e Kurt Weill, a Missa em Sol Maior de Carlos Seixas, em conjunto com a Orquestra de Cordas do Conservatório Regional de Évora – Eborae Mvsica, a Missa em Ré Maior de Dvorák, uma das récitas acompanhado pela Sinfonieta de Lisboa, e a ópera Orfeu e Euridice de Gluck. Gravou CD em 1996 e 2005; gravou para a Antena 2 em 2007 e 2008 e também o CD “Solitânia” com a Ronda dos Quatro Caminhos. Foi dirigido desde o seu início até 1991 por Adelino Santos; de 1991 até 1997 pelo maestro Francisco d’Orey; de 1997 até 2013 pelo Maestro Pedro Teixeira; é dirigido desde 2013 pelo maestro Eduardo Martins.

Eduardo Martins, natural do distrito de Aveiro, completou o curso de piano no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro. Mestre em Direção Coral, vertente Ensino da Música, pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), trabalhou com os professores Paulo Lourenço, Vasco Azevedo e Alberto Roque. Dirigiu vários coros, entre os quais o Coral de Letras da Universidade de Coimbra, o Grupo Coral Laudamus (Ovar), o Coro Sacro e o Coro de Câmara da ESML.

Atualmente dirige o Coro Polifónico Eborae Mvsica (Évora), o Grupo Coral ViVaVoz (Oeiras), o Coro da Universidade de Lisboa e, pontualmente, o Coro Tejo (Lisboa). Participa regularmente como cantor ou pianista em vários projetos musicais, entre os quais o Officium Ensemble (dedicado à interpretação de polifonia renascentista) e o mpmp (movimento patrimonial pela música portuguesa). Leciona as disciplinas de Formação Musical e Coro no ensino especializado da Música, no Conservatório Regional Silva Marques em Vila Franca de Xira.



publicado por Carlos Gomes às 13:47
link do post | favorito

Terça-feira, 30 de Outubro de 2018
A INSIGNARE VAI CRESCER E CRIAR UM PÓLO DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA

A Direção da INSIGNARE – Associação de Ensino e Formação, pretende arrendar as instalações do Colégio de São Mamede, de forma a alargar a sua área de atuação, para aí instalar um novo pólo da Escola Profissional de Hotelaria de Fátima (EHF).

unnamed

O impacto regional da Escola de Hotelaria de Fátima é enorme. Tem sido assim ao longo dos anos e tem vindo a reforçar a sua marca do ponto de vista regional, muito fruto também da captação de alunos de vários concelhos limítrofes, pela qualidade dos cursos que ministra.

As instalações que de momento a EHF ocupa, enquanto não garante financiamento para a construção do projecto que tem (com terreno adquirido), estão no limite dos alunos que consegue receber, tornando-se a sua gestão diária quase impraticável ao nível das áreas técnicas e de especialidade (como sejam as cozinhas, o laboratório de pastelaria, bar, etc..)

Surgiu assim, no contexto regional, a oportunidade de instalar um novo pólo da Escola de Hotelaria de Fátima, dando pleno corpo e materialização a estes considerandos, arrendando provisoriamente o Colégio de São Mamede, na totalidade das suas instalações, que pelas determinações relativas aos contratos de associação ficará sem operação no próximo ano letivo.

Importa salientar que Escola e Colégio distam entre si, cerca de 4,9 km´s, sendo determinante também a larga proveniência de alunos da região de Batalha, Porto de Mós, Leiria, Alcobaça.

Foi neste pressuposto, e também no superior interesse de racionalidade financeira da instituição, que se afigurou a opção de investimento agora em curso.

A INSIGNARE vai crescer a partir de Fátima. Não vai sair do Edifício dos Monfortinos, vai crescer a partir daí.

A Direção estudou vários cenários, vários edifícios e várias possibilidades: esta foi a que conjugou melhor os critérios: investimento, adaptações e alterações de edifício e proximidade.

Os recursos têm que ser pensados de forma criteriosa e não podemos hipotecar o futuro financeiro da Instituição, esta opção é a que melhor responde temporariamente às necessidades, sobretudo quando teremos em “carteira” a construção num próximo quadro comunitário 20-30.

Com esta opção, cria-se ainda a possibilidade futura de novas áreas de expansão do Ensino Profissional no distrito de Leiria, ficando assim consolidada a posição da INSIGNARE também do ponto de vista regional (no distrito de Santarém e Leiria).



publicado por Carlos Gomes às 18:43
link do post | favorito

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018
INSIGNARE COLABORA NA ELABORAÇÃO DE CADERNO DESAFIOS, DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

A INSIGNARE, entidade proprietária da Escola Profissional de Ourém e da Escola de Hotelaria de Fátima, no âmbito da sua visão estratégica, proporcionou ao seus professores uma Oficina de Formação, promovida pelo Serviço de Apoio à Melhoria da Educação - SAME da Faculdade de Educação e Psicologia, da Universidade Católica Portuguesa (Porto), com o tema “(Re)Aprender a Ensinar e Avaliar no Ensino Profissional: o saber em ação”.

unnamed

Foram ao todo 50 horas de formação, 25 presenciais e 25 de trabalho autónomo, cujo final aconteceu no passado dia 11 de julho de 2018, com um seminário de divulgação do trabalho desenvolvido.

Com base nessa oficina de formação e em especial pela inovação com Projectos Integradores, foi solicitado à INSIGNARE a elaboração de um “Caderno Desafios”, uma publicação da SAME sobre partilhas de conhecimentos ao serviço da educação.

É assim, com agrado, que apresentamos o resultado que divulgamos ao público: Cadernos Desafios



publicado por Carlos Gomes às 22:08
link do post | favorito

Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA EDITA "ECOS DE FÁTIMA"

Santuário de Fátima promove segunda edição dos "Ecos de Fátima"

O Santuário de Fátima, através do seu Serviço de Música Sacra, apresenta no próximo domingo, 28 de outubro, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a segunda edição dos “Ecos de Fátima”, desta vez com o concerto “Rosarium Fatimae”: um itinerário musical inspirado no Rosário, interpretado pelo Coro do Santuário de Fátima, a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e os músicos do Serviço de Música Sacra.

unnamed

O guião do concerto está organizado com base na estrutura do Rosário, em momentos que serão intercalados pela declamação de um poema em cinco partes, que alude a cada um dos mistérios.

O concerto iniciará com uma parte introdutória, em jeito de invitatório, à qual se segue, sob um fundo musical, a leitura declamada de uma meditação sobre os diferentes mistérios da vida de Cristo e a apresentação dos temas musicais, explica o maestro Rui Paulo Teixeira, responsável pelo Serviço de Música Sacra do Santuário de Fátima.

A interpretação estará a cargo do Coro do Santuário de Fátima, da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e dos três organistas e três solistas do Serviço de Música Sacra, numa apresentação dinâmica que recolocará os intérpretes em vários espaços da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

O itinerário percorrerá o repertório do património musical do Santuário de Fátima, com momentos de improviso no órgão, e algumas peças “de uma natureza mais contemporânea”, nas quais se inclui a estreia de um “Ave Maria”, da autoria de Rui Paulo Teixeira.

O concerto termina com o Ave de Fátima “num formato em que todos os elementos do coro começam a caminhar em direção às laterais da assembleia, envolvendo-a num canto em uníssono, para que também se juntem a cantar”, antecipa o coordenador do Serviço de Música Sacra.

primeira edição do concerto “Ecos de Fátima” realizou-se no final do ano passado, no âmbito da celebração do Centenário das Aparições, e juntou as vozes de três coros distintos: o Coro do Carmo de Beja, o Coro da Catedral de Lisboa e o Coro do Santuário de Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 09:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
MANUEL CARGALEIRO EXPÕE EM FÁTIMA

Encontra-se patente em Fátima, no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, a exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte".

image007

 

Organizada pela Liga de Amigos do Museu, esta magnífica exposição acolhe pela primeira vez em Fátima trinta e dois trabalhos, entreserigrafias e litografias de vários períodos do mestre Cargaleiro. A inauguração oficial com a presença do artista decorrerá durante o mês de novembro em dia e programa a anunciar brevemente.

A exposição poderá ser visitada até 27 de janeiro de 2019, de terça a domingo, no seguinte horário: 10h00-13h00 | 14h00-17h00.

Manuel Cargaleiro atualmente divide o seu tempo de trabalho criativo por Lisboa, Paris e Vietri-Sul-Mare (Itália), percurso que define um artista aberto à circulação internacional das artes.

Nasceu a 16 de Março de 1927, em Vila Velha de Ródão, passando a viver, desde criança, na margem sul do estuário do Tejo, defronte de Lisboa, nos concelhos de Almada e do Seixal.

Em 1949, participou no primeiro salão de cerâmica organizado por António Ferro, no SNI, em Lisboa e, em 1952, realizou a 1.ª exposição individual de cerâmicas no SNI, em Lisboa. A partir desta data nunca mais parou com a realização de exposições em Portugal e no estrangeiro (França, Suíça, Itália,  Bélgica,       Alemanha, Espanha, Brasil, Japão, Venezuela, Arábia Saudita…). Foi professor de cerâmica na Escola de Artes Decorativas, António Arroio, em Lisboa. Ceramista que põe as mãos no barro; não apenas faz só cartões (projetos).

Em 1955, dirige os trabalhos de passagem para cerâmica, das estações de Via Sacra do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, a partir dos cartões da autoria de Lino António.

A obra de arte de Manuel Cargaleiro tem ritmo, alegria, musicalidade… Transmite bem-estar e enche facilmente um espaço, quer seja público ou privado. O papel didático da sua obra plástica leva-nos a descobrir o valor intrínseco e real das cores, as suas múltiplas combinações e o seu poder comunicativo, e, ao mesmo tempo, a olhar de maneira diferente para os objetos que nos envolvem no dia - a - dia, “hic et nunc”, e a descobrir a harmonia cromática da natureza.

(António Maia Nabais)



publicado por Carlos Gomes às 23:16
link do post | favorito

Terça-feira, 9 de Outubro de 2018
ARTE NO CLAUSTRO REGRESSA ÀS PAREDES DO RESTAURANTE DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA

Carlos André, reabre a atividade Arte no Claustro, com uma exposição de fotografia denominada “Deambulações pela China”.

A atividade Arte no Claustro pretende juntar o prazer pela gastronomia com o gosto pela arte, trazendo, todos os meses, um artista ao espaço do Restaurante de Aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima, Claustro Monfortino.

Durante os meses de outubro e novembro, estará patente ao público a exposição “Deambulações pela China” do professor, ensaísta, tradutor e poeta, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde se doutorou em 1990, e dirigiu, até há poucos dias, o Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa, do Instituto Politécnico de Macau, onde foi, durante quase seis anos, Professor Convidado; nessas funções, percorreu grande parte do território da China. Dessas deambulações surgiu a exposição que temos patente no Claustro Monfortino.

Carlos André foi Diretor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de 2006 a 2013, e Governador Civil do Distrito de Leiria, de 1996 a 2002. É membro da Academia das Ciências de Lisboa e da Academia Brasileira de Filologia e Professor Coordenador Honorário do Instituto Politécnico de Macau.

Já publicou 23 livros e mais de duas centenas de artigos ou partes de livros, em revistas académicas de circulação internacional e publicações em actas de colóquios ou congressos. Entre as suas obras contam-se os livros de poemas: “Teias” (2001), “O Prisma de Newton” (2016) e, agora, “...o sol, logo em nascendo, vê primeiro” (2017), este de poesia e fotografia.

Em 2006, recebeu o Prémio Jacinto Prado Coelho com a obra Caminhos do amor em Roma.

Nasceu em Monte Real – Leiria e possui residência em Ourém, que adoptou como sua terra. A Câmara Municipal de Ourém concedeu-lhe, em 1994, a medalha de ouro do município.

A exposição poderá ser visitada até ao final de novembro, de segunda a sexta-feira, quer durante o período do almoço (altura em que o restaurante Claustro Monfortino se encontra aberto ao público) ao mesmo tempo em que é possível saborear um menu servido e confecionado pelos alunos da Escola, ou no horário compreendido entre as 09H00 e as 18H00, horário de funcionamento da Escola de Hotelaria de Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 16:36
link do post | favorito

RESTAURANTE DE APLICAÇÃO CLAUSTRO MONFORTINO REABRE AO PÚBLICO, COM EXPOSIÇÃO DE CARLOS ANDRÉ

Reabriu na passada semana ao público, o Restaurante de Aplicação da Escola de Hotelaria de Fátima, CLAUSTRO MONFORTINO, com dois almoços de disseminação, confecionados e servidos utilizando conhecimentos e técnicas aprendidas pelos alunos de 2º e 3º anos da EHF, que realizaram os seus estágios de dois meses em Bilbao e San Sebastian (Espanha), Bordéus (França) e Foligno (Itália), apoiados pelo Erasmus+.

unnamed

A funcionar apenas no período do almoço, de segunda a sexta-feira, são os alunos da Escola que asseguram o funcionamento do restaurante. Os alunos do curso de Restaurante-Bar executam o serviço de mesa sob a orientação de um chefe de sala e os alunos do curso de Cozinha-Pastelaria confecionam as iguarias servidas, também sob o olhar atento de um chefe de cozinha.

Este é já um local de referência e muito procurado por pessoas aqui da região que elogiam a qualidade e sofisticação dos pratos servidos e o ambiente calmo proporcionado durante a refeição. Com uma sala com capacidade para 22 pessoas (e a funcionar apenas em tempo letivo), no ano de 2017 serviu 2650 refeições. De registar que os alunos são os maiores privilegiados desta grande procura do restaurante, uma vez que lhes permite praticar em contexto real de trabalho, as competências aprendidas em sala de aula, com todos os benefícios que daí advêm, na sua preparação para o mercado de trabalho.
Fique a par das ementas diárias em www.ehf.pt ou registe-se para as receber semanalmente na sua caixa de e-mail!



publicado por Carlos Gomes às 16:31
link do post | favorito

Terça-feira, 2 de Outubro de 2018
BISPO DE HIROSHIMA PRESIDE À PEREGRINAÇÃO DE 12 E 13 DE OUTUBRO

A Peregrinação Internacional Aniversária dos próximos dias 12 e 13 de outubro, que evoca a última Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos na Cova da Iria, em 1917, vai ser presidida pelo bispo de Hiroshima, D. Alexis Mitsuru Shirahama.

Visita do Papa Francisco ao Santuário de Fátima

A presença do bispo de Hiroshima na Cova da Iria materializa a atenção que o Santuário de Fátima tem prestado ao continente asiático, proveniência de onde se tem registado um aumento anual de peregrinos, e vai ao encontro do “eixo para onde o mundo cristão caminha”, conforme salientou, no início do ano, o cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima.

O primeiro momento público do bispo de Hiroshima no Santuário acontecerá na conferência de imprensa, agendada para as 16h00 do dia 12 de outubro, na Sala de Imprensa (Colunata Sul da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima), ocasião na qual o bispo de Leiria-Fátima fará um balanço do ano pastoral de 2017-2018.

Do programa da peregrinação para o dia 12 de outubro constam: a saudação inicial, às 18h30, na Capelinha das Aparições, e a recitação do Rosário, às 21h30, seguida da Procissão das Velas e Missa da Vigília. No dia 13, destaque para a recitação do Rosário, às 9h00, seguida da Missa Internacional, às 10h00, no Recinto de Oração, que terminará com a procissão do adeus.

As principais celebrações da Peregrinação Internacional Aniversária terão interpretação em língua gestual portuguesa, através dos ecrãs disponibilizados no Recinto de Oração e na transmissão em direto na página do Santuário.

A vinda do bispo nipónico à Peregrinação Internacional Aniversária de outubro foi anunciada oficialmente pelo bispo de Leiria-Fátima em fevereiro deste ano, por ocasião do 40º Encontro de Hoteleiros, que se realizou no Santuário de Fátima. Na altura, D. António Marto revelou que o convite para que D. Alexis Shirahama presidisse à peregrinação surgiu após um primeiro contacto entre ambos, no âmbito de pedido de relíquias de S. Francisco e S. Jacinta Marto.

  1. Alexis Shirahama, bispo de Hiroshima desde junho de 2016, nasceu a 20 de maio de 1962 na ilha japonesa de Nakadori, e foi ordenado sacerdote em março de 1990. Estudou até 1995 no Canadá e em França, tendo, no regresso ao país natal, assumido o cargo de reitor do Seminário Católico do Japão, em abril de 2012, lê-se na página da Conferência Episcopal japonesa. O prelado tem como lema para o ministério episcopal “Omnia propter Evangelium” - Tudo pelo Evangelho (tradução livre).

Atento aos conflitos mundiais, D. Alexis Shirahama deixou publicamente, no passado mês de agosto, por ocasião da evocação do bombardeamento atómico de Hiroshima e Nagazaki, em 1945, um apelo a um esforço global pela desnuclearização – com uma referência particular ao entendimento entre as duas Coreias –, na espectativa de uma rápida resolução do tratado sobre a proibição das armas nucleares estabelecido pelas Nações Unidas, no ano passado.

A Peregrinação Internacional Aniversária de outubro evoca a última Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, a 13 de outubro de 1917, na Cova da Iria, na qual a Virgem pediu que ali se fizesse uma capela em Sua honra, e que se continuasse a “rezar o Terço todos os dias”, relata a vidente Lúcia de Jesus, nas suas memórias.

Esta é a sexta Peregrinação Internacional Aniversária deste ano pastoral que, sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, tem sublinhado a consciência do dom recebido, como iniciativa gratuita e amorosa de Deus. O ano pastoral que se aproxima do fim está inserido no ciclo pós-centenário que propõe itinerário de três anos e que pretende prolongar, aprofundar e consolidar os dinamismos criados no período do Centenário das Aparições.



publicado por Carlos Gomes às 11:41
link do post | favorito

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
FÁTIMA PROPÕE OFICINAS PASTORAIS SOBRE A “INFÂNCIA MISSIONÁRIA” EM OUTUBRO

Atividades da Escola do Santuário, durante o próximo ano pastoral, serão centradas na vida dos santos Francisco e Jacinta Marto

unnamed

A Escola do Santuário de Fátima, desenvolvida pelo Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima, recém criado, vai realizar no terceiro fim de semana de outubro- a 20 e 21- a primeira Oficina Pastoral sobre a `Infância Missionária´.

Esta primeira experiência de oficina será centrada nos santos Francisco e Jacinta Marto, como padroeiros da infância missionária, e destina-se a agentes que trabalham esta temática, particularmente religiosos e missionários, que podem fazer a sua inscrição no link

“O que se vai propor é um itinerário, ao longo do fim de semana- manhã e tarde de sábado e manhã de domingo- promovendo uma abordagem progressiva em torno da vida dos pastorinhos, procurando perceber como é que eles viveram  esta dimensão missionária da Igreja”, afirma o Pe. José Nuno Silva, diretor do Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima.

De acordo com o programa, em cada um dos períodos desta oficina haverá uma proposta de leitura da vida de Francisco e Jacinta e do modelo de santidade que constituem. Depois desta leitura, proposta pela equipa da Escola do Santuário de Fátima, haverá trabalhos de grupo onde se pretende aprofundar esta dimensão missionária da vida dos Pastorinhos. No final, o trabalho dos grupos irá ser apresentado em plenário de maneira a que cada um dos grupos aprenda com o outro, cada uma das pessoas aprofunde o conhecimento e, no final da oficina, se consiga ter quatro propostas pastorais para a animação da `Infância Missionária´, sustentadas na vida dos Santos Pastorinhos e no modelo de santidade em que as suas vidas se transformaram, fazendo deles patronos da `Infância Missionária´.

“Em Portugal já o são e sei que há o desejo, e até algumas diligências, no sentido de poderem  vir a ser declarados patronos da `Infância Missionária´ para a Igreja Universal” afirma ainda o responsável pelo Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima.

Por isso, “aqueles que convidamos a participar são pessoas empenhadas nas congregações, nas obras pontifícias missionárias, isto é, nos diversos âmbitos em que esta dimensão missionária da Igreja é cultivada”.

Até ao final do próximo ano pastoral serão desenvolvidas além desta outras oficinas: em fevereiro  serão desenvolvidas as `Oficinas Pastorais´ com catequistas , também centradas em Francisco e Jacinta e, consequentemente, dirigidas à catequese da infância, e em julho, haverá uma Oficina Pastoral sobre a Peregrinação, que será um momento formativo destinado a operadores e dinamizadores de peregrinações.

Como participar

As `Oficinas Pastorais´ têm um carácter mais operativo e, por isso, pretendem reunir  agentes pastorais das diversas áreas para com eles trabalhar alguns aspectos da Mensagem de Fátima que importa propor às comunidades, fora do Santuário.

Através do seu contributo irão ser elaborados subsídios que esses agentes, depois de devidamente formados e tendo eles próprios feito a experiência da Mensagem, “poderão levar para fora de Fátima, para as suas comunidades, utilizando esses subsídios como propostas válidas para trabalhar a Mensagem de Fátima num contexto de Igreja em geral”.

A participação nestas oficinas, embora gratuita, é sujeita a inscrição prévia.

O modelo da `Oficina Pastoral´ é uma das três propostas formativas da Escola do Santuário, que desenvolverá, por outro lado, um conjunto de acções que “têm por objetivo divulgar os conteúdos da Mensagem em relação com as grandes questões contemporâneas” e o formato dessa formação  será o curso sobre a Mensagem de Fátima. Depois, haverá ainda um terceiro tipo de formação que são as experiências de espiritualidade com retiros, designados de `Itinerários de Espiritualidade´ que visam proporcionar às pessoas oportunidades de viver dimensões da Mensagem de Fátima que possam constituir um contributo significativo para a sua vivência pessoal, familiar e social de cristãos.

“Quer sejam oficinas pastorais quer sejam cursos  a dimensão da vivência espiritual destas atividades é uma grande preocupação. Em todas elas a vivência espiritual será forte: haverá momentos de oração e de celebração marcantes em todas, numa perspetiva mistagógica”, acrescenta ainda o responsável pelo Departamento de Pastoral da Mensagem de Fátima.

O curso e os itinerários são abertos ao público em geral;  já as oficinas são destinadas a agentes específicos de pastoral.

O modelo de santidade dos Pastorinhos e o desejo de Céu

“Este ano as nossas propostas da Escola do Santuário estarão muito centradas nos Pastorinhos. Todos os terceiros fins de semana de cada mês, excepto agosto, haverá iniciativas. Destas propostas uma é um curso, no próximo mês de novembro (17 e 18) sobre a visão da eternidade na mensagem de Fátima intitulado: «E eu vou para o céu?» A visão da eternidade na Mensagem de Fátima”, sublinha ainda o Pe. José Nuno Silva que explicita a associação que vulgarmente se faz de Fátima à visão do Inferno.

“A mensagem de Fátima está muito associada à visão do inferno, que acontece na aparição de julho, e há todo um imaginário sobre Fátima à volta desta questão. Mas mais profundo na Mensagem é a vivência dos Pastorinhos”, esclarece.

“Se é certo que eles ficam muito marcados por esta  visão do inferno, que suscita neles um grande amor e grande preocupação pela oferta de si  mesmos para que ninguém vá para o inferno, a verdade é que o que estava  aqui patente era um grande desejo de Céu”, adianta ainda o sacerdote.

“Nós queremos aprofundar este desejo de Céu, que nos parece um tema que importa aos homens, nossos contemporâneos: o desejo de céu, a consciência de que somos destinatários de um convite e de um chamamento à eternidade. Importa descerrar o horizonte da vida do homem e pensar o além morte, abrindo  a consciência à ideia de salvação e de que estamos salvos”, frisa o Pe. José Nuno Silva.

Os Itinerários de Espiritualidade

A Escola do Santuário promoverá ainda os `Itinerários Espirituais´  a começar por quatro sobre o Rosário,  que ocuparão 4 fins de semana: “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal: mistérios gozosos”, “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal: mistérios luminosos”, “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal: mistérios dolorosos” e “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal: mistérios gloriosos”, em dezembro(15 e 16), em janeiro (19 e 20), em março (16 e 17) e maio (18 e 19), respetivamente. Haverá ainda uma semana, entre 27 de maio e 2 de junho, em que os quatro itinerários serão abordados.

A Escola do Santuário proporcionará ainda os `Itinerários de Espiritualidade´ específicos, centrados numa determinada temática, a saber: “Fátima na luz da Páscoa” (de 18 a 21 de abril); “Encontro de espiritualidade para aposentados: aqui está o meu caminho” (8 a 10 de maio e 9 a 11 de outubro) e um itinerário destinado a pais que perderam filhos crianças: «Não se aflija, minha mãe, eu vou para o céu». Perder um filho criança (15 a 16 de junho).

No terceiro fim de semana do mês de setembro a Escola do Santuário dinamizará um retiro, nos dias 21 e 22 de setembro de 2019, centrado na devoção de Lúcia de Jesus ao Imaculado Coração de Maria e designado “Lúcia de Jesus, o coração como missão”.



publicado por Carlos Gomes às 11:54
link do post | favorito

Sexta-feira, 14 de Setembro de 2018
ÍNDIOS DO ALTO RIO GUAMÁ DANÇAM NA RECEPÇÃO DA VIRGEM DE FÁTIMA QUE OURÉM ENVIOU AO POVO IRMÃO DO BRASIL

Os Índios Tembé Tenetehar, habitantes das barrancas do Alto Rio Guamá desde a fundação de Ourém, também vieram recepcionar a virgem Fátima-Portugal, e permitiram a entrada em sua dança dos não índios, levando para a roda os portugueses que lá estavam, inclusive o Consul de Portugal, Doutor Francisco Brandão e turismólogo Hosé dos Santos.

Arlindo Matos

41442488_10204802163570339_4458570679138123776_n



publicado por Carlos Gomes às 21:14
link do post | favorito

Quarta-feira, 12 de Setembro de 2018
ESPOSENDE LEVA 2 MIL IDOSOS A FÁTIMA

O evento tem-se traduzido, nos últimos anos, na realização de um passeio-convívio ao Santuário de Fátima. À semelhança das anteriores edições, o programa integra a Eucaristia, na Basílica da Santíssima Trindade, pelas 12h15, seguida do piquenique nos parques do Santuário, estando o regresso a casa previsto para as 18h30.

.

A Festa do Idoso integra o Programa Ativo Mais, desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende, e é dirigida aos idosos residentes no concelho, com idade igual ou superior a 65 anos, pessoas portadoras de deficiência com autonomia, com idade superior a 35 anos, e pessoas que frequentam as Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência para a terceira idade.

O Programa Ativo Mais proporciona à comunidade sénior do concelho, ao longo de todo o ano e de forma gratuita, um conjunto muito diversificado de atividades de vária índole, contribuindo, de forma efetiva, para a sua qualidade de vida. Além de promover o bem-estar, a inclusão social e o reconhecimento dos idosos na comunidade, este programa permite também fortalecer as parcerias locais, permitindo concertar esforços, otimizar recursos, integrar contributos e complementar a intervenção com vista à promoção de um envelhecimento ativo.

.

 



publicado por Carlos Gomes às 17:39
link do post | favorito

Terça-feira, 11 de Setembro de 2018
SENHORA DE FÁTIMA DÁ O NOME A LOCALIDADE DE OURÉM DO PARÁ

41442488_10204802163570339_4458570679138123776_n

Fátima chegará de sua longa jornada a comunidade do Furo Novo, Ourém, Pará, Amazônia, Brasil, doando seu nome para essa simpática comunidade, que a partir de quinta feira(13/09/2018), com a presença do Cônsul de Portugal, em ato de homologação na Câmara Municipal de Ourém, na mesma data, se tornará Vila de Fátima...

Tudo começou há cerca de 70 anos atrás quando lideranças locais, destacando nomes como seu Rodrigo, seu Dedezinho(ambos já falecidos), Tio Mena e outros das famílias tradicionais Rocha, Lopes e Xavier e é claro, as esposas e demais senhoras de então do lugar, trouxeram uma imagem da Santa dos três pastorinhos de 1 metro, feita em gesso, para ser adotada como padroeira...

Os desígnios celestes não explicam se os pioneiros sabiam das coincindências com o local das aparições em Portugal, e seus nomes, mas o local dista apenas 6 Km da sede do Município, exatamente como Fátima está de Ourém de Portugal...

Por sinal os três pastorinhos nasceram em Ourém de Portugal e que pra nós chamaríamos de "ouremenses", lá oureenses...

A verdade é que hoje sabemos que os pioneiros do Furo Novo, abriram caminho para que a réplica vinda da homônima Fátima de Ourém-Portugal, chegasse num dia 13, como a Virgem de Branco gosta de aparecer, para o seio de sua gente, abençoada, certificada e amada por todo povo católico deste continente...

Que Fátima receba as flores do nosso povo, Amém!...

Arlindo Matos (Ourém – Pará – Brasil)



publicado por Carlos Gomes às 06:53
link do post | favorito

Quarta-feira, 5 de Setembro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLHE PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL

Santuário de Fátima vai acolher Peregrinação Internacional Aniversária de setembro. O arcebispo emérito de Évora, D. José Alves, será o presidente das celebrações

A Peregrinação Internacional Aniversária de setembro, a quinta do Ano Pastoral que está a ser vivido em Fátima sob o tema “Tempo de graça e misericórdia: dar graças pelo dom de Fátima”, sublinhando a consciência do dom recebido, iniciativa gratuita e amorosa de Deus, será presidida pelo arcebispo emérito de Évora, D. José Alves.

unnamed

José Francisco Sanches Alves estudou nos seminários de Guarda e Évora, vindo a ser ordenado sacerdote desta última arquidiocese a 3 de Julho de 1966. Partiu depois para Roma, onde estudou Ciências da Educação e se doutorou em Psicologia na Pontifícia Universidade Salesiana. Foi sucessivamente pároco de Santiago do Escoural, cónego da Catedral, reitor do Seminário e vigário-geral da Arquidiocese de Évora.

Em 7 de Março de 1998 foi nomeado pelo Papa João Paulo II para bispo auxiliar do Patriarcado de Lisboa. No Patriarcado de Lisboa foi, entre outros cargos, vigário-geral e moderador da Cúria Patriarcal.

Em 22 de Abril de 2004 o Papa João Paulo II nomeou-o bispo de Portalegre-Castelo Branco, diocese onde entrou solenemente a 30 de Maio seguinte.

A 8 de Janeiro de 2008 o Papa Bento XVI nomeou-o arcebispo de Évora, tendo entrado solenemente na arquidiocese no dia 17 de Fevereiro seguinte.

Em junho deste ano o Papa Francisco aceitou a renúncia de D. José Alves, com 77 anos, após este ter atingido a idade determinada pelo Direito Canónico para a resignação.

Numa nota, o responsável refere que conclui esta missão com “um forte sentimento de gratidão para com Deus”.

O Papa escolheu como novo arcebispo de Évora D. Francisco Senra Coelho, que tomou posse no passado domingo, dia 2 de setembro.

Terminado o ministério como arcebispo titular, D. José Alves afirma não ter projeto definido, apesar de continuar a residir na arquidiocese.

Um ano depois do Centenário das Aparições, cuja celebração teve como apogeu a peregrinação do Papa Francisco à Cova da Iria, em maio com a canonização dos santos Francisco e Jacinta Marto, o Santuário de Fátima prepara-se para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de sete anos e que culminou em 2017, com a celebração do Ano Jubilar.

De entre as celebrações desta peregrinação de setembro destaque para a abertura na Capelinha das Aparições, às 18h30; Rosário às 21h30, seguido da Procissão das Velas e Missa da Vigília, no Recinto. No dia 13, o Rosário será às 9h00, seguido da Missa Internacional no Recinto, às 10h00 e Procissão do Adeus. Todas estas celebrações terão transmissão em direto, on-line, em www.fatima.pt.



publicado por Carlos Gomes às 15:18
link do post | favorito

Terça-feira, 4 de Setembro de 2018
MUSEU DE ARTE SACRA E ETNOLOGIA DE FÁTIMA PROLONGA EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA "O MEU ANJINHO DA GUARDA"

A exposição temporária “O MEU ANJINHO DA GUARDA” patente em Fátima, no Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia, desde o passado mês de junho, vai continuar a estar patente até ao dia 30 de setembro.

image001

A iniciativa partiu da Liga de Amigos do Museu, desafiando os alunos do 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico de Fátima a enviarem um desenho criativo e original da figura do Anjo da Guarda, procurando, entre outros objetivos, valorizar a criatividade e o imaginário infantil, promover o sentido e os valores da vida cristã nas crianças e estimulá-las a expressar as suas vivências e conhecimentos adquiridos sobre o tema, através da elaboração de desenho.

image005

Quarenta trabalhos de  mais de uma centena de crianças que responderem ao desafio, encontram-se expostos, estando as molduras e legendas colocadas ao nível da altura das crianças.

Durante as férias foram muitas as crianças a participar nas oficinas de pintura, onde após a visita à exposição também quiseram pintar o "seu anjinho da guarda".

Período das visitas: De terça a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

image004



publicado por Carlos Gomes às 10:22
link do post | favorito

FÁTIMA REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

40683821_1482871058479848_9154783938873393152_n



publicado por Carlos Gomes às 09:52
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2018
QUANDO VAI OURÉM RECUPERAR O MOINHO DA FAZARGA?

A anterior vereação celebrou protocolo com uma empresa privada mas a recuperação não foi feita!...

O protocolo que a anterior vereação do Município de Ourém e a Junta de Freguesia de Fátima celebraram com a empresa Coelho & Sá Lda. com vista à recuperação do Moinho da Fazarga não foi cumprido.

Fazarga 011

Desprovido de capelo, em breve será impossível recuperar o moinho propriamente dito ou seja, o engenho de moagem e toda a sua estrutura em madeira.

Este moinho é propriedade do Município de Ourém e integra o conjunto de moinhos de vento do cabeço da Fazarga, situado na freguesia de Fátima, constando da lista de valores patrimoniais em PDM, bem como da lista do processo em curso da revisão do PDM. Vale a pena ler o preâmbulo do referido protocolo…

O Protocolo estabelecia o prazo de dezoito meses para a recuperação e reativação do moinho a contar de agosto de 2013.

Entre outros aspetos, o “Protocolo entra a Câmara Municipal de Ourém, a Empresa Coelho e Sá, Ldª e Junta de Freguesia de Fátima, na cláusula IV respeitante aos “Direitos e Deveres do Segundo Outorgante”, estabelece que “o processo de recuperação e reativação do moinho deverá decorrer no prazo de dezoito meses a contar a partir da entrada em vigor do presente protocolo”.

A empresa não cumpriu aquilo a que se comprometeu e as autarquias locais – Município de Ourém e Junta de Freguesia de Fátima – não tomaram qualquer iniciativa com vista à resolução do problema, e o moinho no seu estado de progressiva degradação e abandono.

Fazemos votos para que a actual vereação consiga recuperar o património do concelho de Ourém – aquilo que a anterior demonstrou não ser capaz!

Fazarga 019

PROTOCOLO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE OURÉM, A EMPRESA COELHO E SÁ, LDA E JUNTA DE FREGUESIA DE FÁTIMA

PREÂMBULO

O Moinho da Fazarga, propriedade do Município de Ourém, integra o conjunto de moinhos de vento do cabeço da Fazarga, situado na freguesia de Fátima, que consta da lista de valores patrimoniais em PDM, bem como a lista do processo em curso da revisão do PDM.

Este conjunto molinológico é um dos mais qualificados no quadro dos patrimónios industriais no concelho, de acordo com os critérios de apreciação patrimonial nos termos da Lei n.º 107/2001, de 8 de setembro. Em harmonia com o disposto no artigo 17.º da Lei em apreço, apresenta um conjunto de caraterísticas que valorizam o Município, nomeadamente nas perspetivas Patrimonial, Educativa e Turística. São exemplos:

  1. a) A componente geográfica pela localização na freguesia de Fátima, nas proximidades da Cova de Iria, beneficiando das potencialidades turísticas do Santuário de Fátima;
  2. b) A componente paisagística, pela implantação no plano alto, com excelente visibilidade para as áreas que se estendem pelo Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, funcionando dessa forma como um leitor de paisagem;
  3. c) O valor técnico e material intrínseco. Do ponto de vista técnico representa um modelo caraterístico. É erguido com materiais locais, com métodos artesanais de construção; adota um sistema de moagem de cereal tradicional que tem o vento como força motriz. O moinho, propriedade do Município, apresenta planta circular, de volume único simples. A estrutura assenta em materiais e técnicas de construção artesanais e locais (cantaria de pedra calcária e argamassa com cal);
  4. d) A conceção arquitetónica representativa dos modelos tipológicos adotados para estas unidades molinológicas de vento;
  5. e) A extensão do bem e o que nela se reflete, do ponto de vista da memória coletiva, de grande importância, pelo percurso geracional destas unidades na relação com os moleiros que o dinamizaram. Saliente-se as histórias de vida dos antigos moleiros Adriano e Adelina, cujas narrativas foram registadas durante as suas vidas, o que confere a este equipamento um potencial cultural e educativo especial. Mas também é importante na relação com a comunidade de fregueses e, nos últimos anos já num plano turístico e de conhecimento, com os visitantes de outras proveniências, com relevo para o público escolar;
  6. d) Ou finalmente, os riscos de perda material irremediável do bem.

 Estas caraterísticas justificam a sua intervenção numa óptica de consolidação da estrutura de reabilitação ou reposição de algum do equipamento interveniente na ação moageira e preferencialmente, na sua refuncionalização.

Na impossibilidade de intervenção imediata no imóvel perante estabelecido na Lei 8/2012, com propósitos de salvaguarda e de reativação, o Município de Ourém recebe proposta apresentada por Arnaldo Coelho Heleno, gerente da empresa Coelho & Sá, Lda, que manifestou interesse em proceder à reabilitação e reativação do imóvel, assumindo os encargos inerentes.

Analisada a proposta, constata-se que o proponente tem um saber adquirido sobre o processo de funcionamento deste tipo de unidades de moagem, o que atualmente rareia no Concelho. Assumiu ainda a gestão do equipamento entre 1989 e 1994, mediante protocolo celebrado com a Região de Turismo de Leiria, Rota do Sol, então legítima proprietária do imóvel, o que lhe confere um conhecimento especialmente profundo da história do mesmo.

Fazarga 013



publicado por Carlos Gomes às 18:05
link do post | favorito

Terça-feira, 28 de Agosto de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA RECEBE "ENCONTROS NA BASÍLICA"

Basílica de Nossa Senhora do Rosário vai acolher o IV Encontro na Basílica. Iniciativa está agendada para dia 9 de setembro pelas 15h30

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário vai acolher no próximo dia 9 de setembro pelas 15h30, o quarto de cinco “Encontros na Basílica”, agendados até novembro de 2018.

unnamed

Inserido no programa do primeiro ano do triénio 2017-2020, com o tema “Tempo de Graça e misericórdia”, esta quarta palestra terá como tema “A mensagem dos Papas em Fátima” e como orador o padre Eduardo Caseiro.

Eduardo Domingues Caseiro é sacerdote da Diocese de Leiria-Fátima, ordenado no passado mês de abril. Frequentou o ano propedêutico no Seminário de Leiria e fez o restante percurso de formação nos seminários do Patriarcado de Lisboa, tendo simultaneamente frequentado e concluído o Mestrado Integrado em Teologia na Universidade Católica de Lisboa. Atualmente é coordenador do Serviço de Pastoral do Ensino Superior da Diocese de Leiria-Fátima e foi nomeado Vigário Paroquial das Paróquias de Azoia e Barosa.

Esta tarde formativa termina com um recital de João Santos.

João Santos é licenciado em Música Sacra pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa - Porto, onde estudou com Luca Antoniotti (Órgão), Eugénio Amorim (Composição e Direção de Coros), Cesário Costa (Direção de Orquestra), Anselm Hartmann (Piano), entre outros.

Tem-se destacado nas áreas de Órgão e Composição, tanto a nível nacional, com o 2º prémio no Concurso Nacional de Órgão do Instituto Gregoriano de Lisboa, em 2007, como internacionalmente, contactando com célebres organistas como T. Jellema, W. Zerer, M. Bouvard, J. Janssen, F. Espinasse, O. Latry, D. Roth, L. Scandali, entre outros.

De 2010 a 2018, João Santos foi organista titular do Santuário de Fátima. É organista titular da Catedral de Leiria desde 2007. 

O I Encontro na Basílica, a 14 de janeiro, teve como tema “Memória e Gratidão: atitudes crentes” e como orador o padre Joaquim Ganhão.

O II Encontro na Basílica, realizou-se a 11 de março, com a palestra “O reconhecimento eclesial das aparições de Fátima”, pelo padre João Paulo Quelhas.

O III Encontro na Basílica aconteceu a 3 de junho, sobre o tema “Graça e Misericórdia: as aparições de Pontevedra e Tuy”, por André Pereira.

O V Encontro na Basílica decorrerá a 11 de novembro e será subordinado ao tema “A imagem peregrina e o seu papel no anúncio da mensagem”, por Marco Daniel Duarte. O momento musical será com o Coro Polifónico Eborae Musica, sob a direção de Eduardo Martins.



publicado por Carlos Gomes às 17:40
link do post | favorito

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018
FÁTIMA VAI TER NOVA ESTAÇÃO ELEVATÓRIA E REDE DE ESGOTOS PARA SERVIR CASAL FARTO E MAXIEIRA

A Câmara Municipal de Ourém celebrou um protocolo com a Águas do Centro Litoral e com a empresa Filstone que vai permitir a construção de uma rede de esgotos na povoação de Casal Farto e uma estação elevatória para receber as águas residuais produzidas pela população de Casal Farto e, futuramente, por parte da população de Maxieira. Este protocolo pretende a desafetação do emissário E3 de Fátima que atravessa e entra em conflito com a atividade desenvolvida pela pedreira “Casal Farto nº3”. O protocolo foi assinado na reunião de Câmara de 20 de agosto e com a construção da nova estação elevatória o emissário E3 de Fátima será desativado.

IMG_0615

Os custos com a execução da estação elevatória e da rede de esgotos perfazem cerca de 250 mil euros, a suportar integralmente pela empresa Filstone. A operação, manutenção e respetivos custos de exploração são da responsabilidade do Município de Ourém que fica com a propriedade das infraestruturas (estação elevatória e rede de esgotos). Após a colocação em serviço da nova infraestrutura, a Filstone procederá à desativação e enterramento do emissário E3 e suportará os custos daí decorrentes.

A assinatura do presente protocolo possibilita que a curto prazo a povoação de Casal Farto fique servida com o sistema público de drenagem de águas residuais, o que será uma mais-valia em termos ambientais para a população local e para todo o concelho.



publicado por Carlos Gomes às 11:30
link do post | favorito

FÁTIMA REALIZA FESTIVAL DE FOLCLORE

39880710_725814521091995_4570999990800875520_n



publicado por Carlos Gomes às 11:17
link do post | favorito

Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018
A PEREGRINAÇÃO DO MIGRANTE E DO REFUGIADO EM FÁTIMA

Daniel Bastos

  • Crónica de Daniel Bastos

Nos passados dias 12 e 13 de agosto realizou-se, mais uma vez, a tradicional Peregrinação do Migrante e do Refugiado em Fátima, um dos mais importantes santuários marianos do mundo, e um dos mais emblemáticos locais de peregrinação cristã e devoção católica em todo o mundo.

A jornada de fé e devoção, que assinala a quarta Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, marcou o arranque da Semana Nacional das Migrações, congregando na Cova da Iria, migrantes de várias partes do mundo.

Este ano, o tema da 46.ª Semana Nacional das Migrações promovida pela Obra Católica Portuguesa das Migrações, da Conferência Episcopal Portuguesa, centrou-se na frase basilar “Cada forasteiro é ocasião de encontro – Migrantes e refugiados no caminho para Cristo”. Na esteira da mensagem e da ação que o Papa Francisco tem dedicado aos migrantes e refugiados, e no reiterado pedido do chefe da Igreja Católica à comunidade internacional e aos fiéis para não abandonarem os migrantes e refugiados.

A opção por esta temática atual e premente, que a comunidade internacional parece incapaz de resolver, foi modelarmente elucidada por D. António Vitalino, vogal da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana: “Perante o drama dos refugiados, que fogem à guerra, à fome, à seca e à pobreza, muitos morrendo pelos caminhos perigosos, vítimas de máfias sem escrúpulos, como cristãos e seres humanos não podemos ficar insensíveis a tudo isto”.

Ainda na conferência de imprensa que antecedeu as cerimónias, o Cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, vincou o “drama humanitário da transmigração epocal de povos que se dirigem à Europa, vindos do Médio-Oriente e de África”. Caraterizando as vagas crescentes destes refugiados e migrantes que todos os dias tentam entrar no Velho Continente, como “um exército de pobres que aqui chega, após dois anos de viagem pelo norte de África. Não estão em causa os números, mas pessoas concretas, com uma história, uma cultura, uma família, sentimentos, dramas e aspirações”.

Neste sentido, é de enaltecer a defesa reiterada do respeito e dignidade dos migrantes e refugiados que a Igreja Católica tem sustentado no mundo atual, assim como o seu papel de coesão e identidade que ao longo dos anos tem desempenhado no seio das comunidades portuguesas.



publicado por Carlos Gomes às 17:33
link do post | favorito

Quarta-feira, 8 de Agosto de 2018
10 NOMES DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA NAS ETAPAS REGIONAIS DO JTG 2018

A Escola de Hotelaria de Fátima está uma vez mais representada na 7ª edição do Concurso Nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018.

unnamed

Entre alunos e ex-alunos, a EHF conta com 10 representantes nas 3 Etapas Regionais, que decorrerão de Norte a Sul do país, e que foram apurados com base nas receitas inscritas.

- Sónia Rodrigues - Pastelaria Espiga

- Ricardo Ruivo - Cozinha Makro

- Diogo Franco - Cozinha com Legumes Bonduelle

- Afonso Rodrigues - Petiscos com Super Bock Selecção 1927

- Andreia Carreira - Pastelaria Espiga

- Diogo Nunes - Pastelaria Espiga

- Filipa dos Santos - Cozinha com Arroz Bom Sucesso

- Samuel Santos - Pastelaria Espiga

- Guilherme Gaspar - Cozinha Makro

- Alexandre Oliveira - Cozinha Makro

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927. Podem concorrer todos os estudantes de hotelaria e restauração a frequentar as escolas em Portugal, ou jovens empregados que tenham terminado os estudos no ano letivo anterior ao ano corrente, e que tenham idade igual ou inferior a 25 anos.

De referir que a Final Nacional do JTG deste ano acontece nos dias 4 e 5 de Dezembro, na Escola de Hotelaria de Fátima. No dia 5, acontece também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.



publicado por Carlos Gomes às 08:39
link do post | favorito

DECLARAÇÃO – LISTA DEFINITIVA DE TURMAS NOS COLÉGIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém deliberou, na reunião de Câmara de 6 de agosto, aprovar uma declaração sobre a lista definitiva de turmas atribuídas aos colégios de Fátima, para o ano letivo 2018/2019.

A declaração manifesta preocupação com o efetivo corte de turmas apresentado, situação “que coloca em causa a igualdade de oportunidades no acesso ao ensino a que todos os alunos têm direito”.

DECLARAÇÃO

Na primeira reunião de câmara do presente mês de julho este executivo apresentou uma declaração política, na qual demonstrou a sua preocupação com a possibilidade de nova redução de turmas nos Colégios de Fátima, obrigando crianças e jovens naturais de Fátima a procurar vagas a vários km’s de distância.

Posteriormente em conjunto com o Presidente da Assembleia Municipal João Moura e o deputado António Gameiro, reuni com a Sra. Secretária de Estado Adjunta e da Educação Dra. Alexandra Leitão, onde apresentámos todos os dados disponibilizados pelos Colégios que davam conta de cerca de uma centena de alunos naturais e residentes em Fátima sem vaga em qualquer um dos três Colégios existentes.

A Sra. Secretária de Estado compreendeu a situação e garantiu que iria analisar os dados que tinha em sua posse e solicitou-nos que lhe fossem enviados os novos dados após o fecho das matrículas para assim ponderar a possibilidade ou não de atribuir mais turmas aos Colégios de Fátima. Tudo lhe foi enviado atempadamente.

Tomámos conhecimento no passado dia 24/07, da lista definitiva do Regime de Acesso ao Apoio Financeiro a conceder no âmbito do Contrato de Associação 2018, e com surpresa verificámos que nada alterou e que o corte de turmas é afinal definitivo. É incompreensível que após os dados fidedignos que apresentámos e os alertas que fizemos para a injustiça que seria cerca de uma centena de alunos ter que sair da sua terra natal para procurar vagas noutras escolas a km’s de distância. Esta é uma situação incompreensível e que coloca em causa a igualdade de oportunidades no acesso ao ensino a que todos os alunos têm direito.

Nada temos contra os critérios criados pelo Estado no novo despacho de matrículas aplicável a todas as escolas da rede pública incluindo escolas com contrato associação, estamos sim contra as vagas disponíveis para Fátima que colocam em causa o cumprimento do próprio despacho que garante que área de influência das escolas contempla todos os alunos cujos encarregados de Educação residam ou trabalhem neste caso na Freguesia de Fátima, situação que comprovadamente não está a acontecer.

Se inicialmente foi dado ao Estado o benefício da dúvida por um eventual erro no cálculo dos alunos por parte da Secretaria de Estado, hoje só podemos concluir que estamos perante um preconceito ideológico que não compreende as dificuldades, as injustiças que esta medida está a criar para com a população de Fátima. São dezenas de famílias naturais de Fátima e que sempre viveram e investiram na sua terra, ajudando a criar riqueza e emprego e que hoje são obrigadas a procurar noutras freguesias, ou noutros concelhos o futuro de seus filhos.

Este executivo não pode aceitar de braços cruzados, medidas como esta que coloquem em causa o bem-estar da nossa população assim como o nosso próprio desenvolvimento territorial, pois lembramos que esta medida não afeta apenas os alunos referidos, mas coloca em causa inúmeros empregos diretos e indiretos.

Esta é uma medida que coloca em causa a própria identidade de Fátima, pois Fátima cresceu, aprendeu e sempre viveu com os valores e desígnios aprendidos nestes três colégios. A história do crescimento de Fátima não pode nunca ser contada sem referir o Colégio São Miguel, o Centro de Estudos de Fátima e o Sagrado Colégio Coração de Maria.

Os filhos de Fátima têm também direito ao acesso à educação, seja ele através da escola pública ou escola com contrato de associação.

Após aprovada esta declaração, iremos dar conhecimento da mesma às seguintes entidades:

Presidente da República

Presidente da Assembleia da República

Primeiro Ministro

Ministro da Educação

Secretária de Estado Adjunta e da Educação

Assembleia Municipal de Ourém

Junta de Freguesia de Fátima

Assembleia de Freguesia de Fátima

Grupos parlamentares

Centro de Estudos de Fátima

Colégio de São Miguel

Sagrado Colégio Coração de Maria

DGEstE – Direção Geral Estabelecimentos Escolares



publicado por Carlos Gomes às 08:36
link do post | favorito

Sábado, 4 de Agosto de 2018
BISPO DE SANTIAGO, CABO VERDE, PRESIDE À PEREGRINAÇÃO ANIVERSÁRIA DE 12 E 13 DE AGOSTO

Cardeal D. Arlindo Gomes Furtado é o presidente da Peregrinação que assinala a quarta Aparição da Virgem aos Pastorinhos

A Peregrinação Internacional Aniversária de 12 e 13 de agosto vai ser presidida pelo cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, bispo de Santiago de Cabo Verde. Insere-se nesta peregrinação, que assinala a quarta Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, a Peregrinação do Migrante e do Refugiado, que marca o arranque da Semana Nacional das Migrações, e que congrega, na Cova da Iria, migrantes de várias partes do mundo.

unnamed

A saudação a Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições, às 18h30 do dia 12 de agosto, marcará o início da Peregrinação. Às 21h30, no mesmo espaço, haverá a recitação do Rosário, seguida da procissão das velas, às 22h15. Segue-se a Missa da Vigília, às 22h30, no Recinto de Oração.

O dia 13 começa com a recitação do Rosário, na Capelinha das Aparições, às 9h00. Às 10h00, realiza-se a Missa da Peregrinação Internacional Aniversária, que terá transmissão televisiva, em direto, na RTP1.

A Missa da Peregrinação Internacional Aniversária terá a tradicional oferta do trigo, pelos peregrinos, no momento da apresentação dos dons. Este gesto característico realiza-se desde 13 de agosto de 1940, quando um grupo de jovens da Juventude Agrária Católica, de 17 paróquias da diocese de Leiria, ofereceu 30 alqueires de trigo, destinados ao fabrico de hóstias para consumo no Santuário de Fátima. Desde então, os peregrinos, já não só de Leiria mas também de outras dioceses do país, e até do estrangeiro, têm vindo a dar continuidade, ano após ano, a este ofertório, que se realizará pela 78.ª vez.

Inscritos nos serviços do Santuário de Fátima estão, até ao momento, cerca de 1.200 peregrinos, organizados em 16 grupos, provenientes de Portugal, Espanha, Itália, França, Polónia, Alemanha, Irlanda, Bélgica, Áustria, Iraque e Guiné-Conacri.

Na antecipação da Peregrinação, está agendada para as 16h00 do dia 12 de agosto, domingo, a habitual conferência de imprensa com o presidente da peregrinação, cardeal D. Arlindo Gomes Furtado; o Bispo de Leiria-Fátima, cardeal D. António Marto e o reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas. Também marcarão presença no encontro com os meios de comunicação social D. António Vitalino Dantas, membro da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana, e a diretora do Secretariado Nacional da Mobilidade Humana e da Obra Católica Portuguesa das Migrações, Eugénia Quaresma.

A quarta Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, assinalada nesta Peregrinação, ocorreu a 19 de Agosto de 1917, no sítio dos Valinhos, a cerca de 500 de Aljustrel, porque, no dia no dia 13 os Videntes tinham sido levados, pelo administrador do concelho, para Vila Nova de Ourém, onde foram submetidos, sob ameaça, a múltiplos interrogatórios. Nossa Senhora haveria de aparecer-lhes seis dias depois, nos Valinhos, pedindo-lhes que continuassem a ir à Cova da Iria no dia 13 e que rezassem o Terço todos os dias. 

O presidente da Peregrinação, cardeal Arlindo Gomes Furtado, bispo da diocese de Santiago desde 2009, nasceu a 4 de Outubro de 1949, em Figueira das Naus, na ilha do Santiago, em Cabo Verde. Veio para Portugal, em 1971, para completar os estudos no Seminário Maior de Coimbra e o curso de Teologia, no Instituto Superior de Estudos Teológicos, período após o qual regressou ao país natal, tendo sido ordenado sacerdote em 1976, e bispo em 2004.

Depois de exercer funções como reitor do Seminário Menor de São José, em Santiago, Cabo Verde, entre 1978 a 1986 retomou os estudos nesse mesmo ano, em Roma, licenciando-se em Ciências Bíblicas pelo Instituto Bíblico de Roma. Em 2015 recebeu as insígnias cardinalícias do Papa Francisco, tornando-se no primeiro cardeal de Cabo Verde.

A 46.ª Semana de Migrações tem como tema: “Cada forasteiro é ocasião de encontro, Migrantes e Refugiados no caminho para Cristo” e decorre entre 12 e 19 de agosto.



publicado por Carlos Gomes às 19:21
link do post | favorito

Segunda-feira, 23 de Julho de 2018
INSIGNARE APOSTA NO DISTRITO PARA PASSEIO-CONVÍVIO DE COLABORADORES

No passado dia 20 de Julho, os colaboradores da INSIGNARE viveram um dia diferente do habitual, que assinala o final do ano letivo 2017/2018, como tem sido tradição. O destino deste ano foi o distrito de Santarém, mais concretamente a aldeia avieira do Escaroupim e Santo Estêvão.

unnamed

Iniciámos o dia com embarcando no "Rio-a-Dentro", no Cais do Escaroupim, e fomos ao sabor das águas e da corrente, silenciosamente por entre as margens verdejantes de salgueiros e freixos, ziguezagueando por entre ilhas, bancos de areia e canais secundários a visitar lugares que parecem o paraíso vendo cavalos a pastar livremente nas ilhas, centenas de aves de diferentes espécies e peixes a saltar no rio.

Rumamos depois para Clube House de Santo Estêvão Golfe, onde depois de um almoço saboroso e cheio de boa-disposição, os colaboradores da INSIGNARE fizeram o seu batismo de golfe. Foi um momento bastante animado entre bolas e terra a voar, que permitiu a todos os participantes descontraírem da rotina do dia-a-dia, e assim, depois de muitas tacadas, deu-se por encerrado este dia de convívio que reúne anualmente os colaboradores INSIGNARE.

São momentos importantes para o espírito da equipa e valorização dos recursos humanos, e desta feita aqui bem perto, na apreciação e valorização do nosso património natural.



publicado por Carlos Gomes às 19:40
link do post | favorito

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
INSIGNARE PARTICIPA NAS JORNADAS PEDAGÓGICAS DA ANESPO 2018

No âmbito da participação da INSIGNARE nas Jornadas Pedagógicas da ANESPO -  Associação Nacional de Escolas Profissionais, que decorreu ontem, na Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal, em Pedrogão Grande, sob o tema: “Apostar na qualidade e nas Práticas Disruptivas”, os Supervisores Técnicos da Escola de Hotelaria de Fátima e da Escola Profissional de Ourém, Elisabete Marques e António Évora respetivamente, efetuaram uma intervenção no Painel 5 sobre a temática: “A Qualidade no Ensino Profissional: Transferência de Práticas e Experiências”.

unnamed

Na sua apresentação partilharam a experiência das escolas INSIGNARE no planeamento, implementação, avaliação e revisão do seu processo EQAVET, enquanto sistema de garantia de qualidade da formação ministrada nas duas escolas.

De destacar nestas Jornadas, a conferência inaugural com a intervenção do Dr. Xavier Aragay Y Tussel, Director de Reimagine Education Lab, sob o tema: “(Re)imaginar a educação: 21 chaves para transformar a escola”, que iniciou a sua apresentação com uma questão que, todos os professores e formadores de uma escola do século XXI se devem interrogar: “Estamos a formar para um posto de trabalho ou para a vida?” A partir desta questão levou os participantes a refletir sobre a sua forma de olhar para o ensino/formação como um processo que necessita de mudanças e de se adaptar aos novos tempos, às novas tecnologias e à inteligência artificial.



publicado por Carlos Gomes às 21:11
link do post | favorito

Sexta-feira, 13 de Julho de 2018
PROFESSORES DA EPO E EHF APROFUNDAM NOVAS METODOLOGIAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

No passado dia 11 de julho de 2018, realizou-se na Escola de Hotelaria de Fátima, o Seminário de Avaliação Final da Oficina de Formação “(Re)Aprender a Ensinar e Avaliar no Ensino Profissional: O Saber em Ação”, no âmbito do SAME - Serviço de Apoio à Melhoria da Educação, do Eixo Valorização do Ensino Profissional, da Universidade Católica Portuguesa do Porto.

unnamed

Este Seminário foi o culminar de 1 ano de Formação, que envolveu 20 colaboradores (professores, formadores e diretores pedagógicos) da Escola de Hotelaria de Fátima (EHF) e da Escola Profissional de Ourém (EPO), que se constituíram como uma comunidade de aprendizagem e de investigação.

O objetivo desta formação, e a grande missão destas novas metodologias, foi aprender a ensinar os alunos do século XXI, tornando-o como o centro de todo o processo de ensino/aprendizagem e preparando-os para o mundo actual.

Esta formação teve também por desafio, projetar o Ensino Profissional para o século XXI, construindo soluções à medida daquilo que são as reais necessidades do mercado de trabalho, mas nunca esquecendo a formação integral dos alunos enquanto cidadãos do mundo.

Ao todo foram 50 horas certificadas de trabalhos, que incluiu trabalho individual mas também colaborativo, durante as quais os seus intervenientes puderam repensar métodos de ensino, novas metodologias pedagógicas, assim como a ação das duas escolas em torno dos desafios que a educação, nos dias de hoje enfrenta. A modernidade das Escolas passa sobretudo pela modernidade das suas formas de ensino.

Para além disso, foram desenvolvidos projetos integradores interdisciplinares que mobilizaram professores, formadores e alunos em prol dos mesmos, tendo sido despendidas muitas horas para que o seu sucesso pudesse ter sido alcançado.

Para a formadora Luísa Orvalho, consultora da Universidade Católica Portuguesa do Porto, esta “ação concretizou-se através de uma assessoria de proximidade, de acompanhamento sistemático, de apoio, de incentivo e de fazer acreditar que é possível construir uma outra Escola, em que todos os alunos aprendam até ao máximo do seu potencial".



publicado por Carlos Gomes às 17:39
link do post | favorito

ESPOSENDE ORGANIZA FESTA DO IDOSO EM FÁTIMA

Inscrições já estão abertas

O Município de Esposende vai promover, no próximo dia 14 de setembro, mais uma edição da Festa do Idoso, com o tradicional passeio-convívio ao Santuário de Fátima. As inscrições decorrem até ao dia 16 de agosto, nas sedes de Junta de Freguesia do concelho.

festa_idoso18

Podem inscrever-se idosos residentes no concelho, com idade igual ou superior a 65 anos, pessoas portadoras de deficiência com autonomia, com idade superior a 35 anos, e pessoas que frequentam as Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência para a terceira idade.

À semelhança das anteriores edições, o programa integra a Eucaristia, na Basílica da Santíssima Trindade, pelas 12h15, e, posteriormente, o piquenique nos parques do Santuário, estando o regresso a casa previsto para as 18h30.

Esta iniciativa, que vai já na 23.ª edição, integra o Programa Ativo Mais, que é desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende, o qual tem contribuído, de forma efetiva, para a qualidade de vida dos idosos, promovendo o seu bem-estar, a inclusão social e o seu reconhecimento na comunidade. Efetivamente, a comunidade sénior concelhia tem a oportunidade de participar, ao longo de todo o ano e de forma gratuita, num conjunto muito diversificado de atividades de vária índole, nomeadamente de caráter lúdico, recreativo, musical, cultural e desportivo.

O Programa Ativo Mais permite, por outro lado, fortalecer as parcerias locais, permitindo concertar esforços, otimizar recursos, integrar contributos e complementar a intervenção tendo em vista a promoção de um envelhecimento ativo.



publicado por Carlos Gomes às 16:19
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

FÁTIMA: LEVA-ME AO MUSEU!

VIGÍLIA FOTOGRÁFICA – DIÓ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMO...

FINAL DO CONCURSO NACIONA...

3 EX-ALUNOS DA ESCOLA DE ...

ELABORAÇÃO DO PLANO DE UR...

OURÉM RECEBE EMBAIXADA DA...

MUNICÍPIO DE OURÉM REFORÇ...

FINAL NACIONAL DO JOVEM T...

AS APARIÇÕES DE FÁTIMA “S...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA A ABE...

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁ...

OUREENSES BEBEM CHÁ COM A...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA INICI...

ESCOLA DO SANTUÁRIO DE FÁ...

MUNICÍPIO DE OURÉM APOIA ...

BOMBEIROS DE CAXARIAS E F...

MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃ...

“JANTAR À LUZ DAS ESTRELA...

"O ANJO DE PORTUGAL" DA E...

6 NOMES DE ALUNOS E EX-AL...

MANUEL CARGALEIRO EXPÕES ...

CONSOLATA MUSEU EXPÕE "CA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLH...

A INSIGNARE VAI CRESCER E...

INSIGNARE COLABORA NA ELA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA EDITA...

MANUEL CARGALEIRO EXPÕE E...

ARTE NO CLAUSTRO REGRESSA...

RESTAURANTE DE APLICAÇÃO ...

BISPO DE HIROSHIMA PRESID...

FÁTIMA PROPÕE OFICINAS PA...

ÍNDIOS DO ALTO RIO GUAMÁ ...

ESPOSENDE LEVA 2 MIL IDOS...

SENHORA DE FÁTIMA DÁ O NO...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ACOLH...

MUSEU DE ARTE SACRA E ETN...

FÁTIMA REALIZA FESTIVAL D...

QUANDO VAI OURÉM RECUPERA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA RECEB...

FÁTIMA VAI TER NOVA ESTAÇ...

FÁTIMA REALIZA FESTIVAL D...

A PEREGRINAÇÃO DO MIGRANT...

10 NOMES DA ESCOLA DE HOT...

DECLARAÇÃO – LISTA DEFINI...

BISPO DE SANTIAGO, CABO V...

INSIGNARE APOSTA NO DISTR...

INSIGNARE PARTICIPA NAS J...

PROFESSORES DA EPO E EHF ...

ESPOSENDE ORGANIZA FESTA ...

arquivos

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds