Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
CHORUS AURIS COMEMORA 46º ANIVERSÁRIO

Coral 18



publicado por Carlos Gomes às 20:05
link do post | favorito

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2018
FILARMÓNICA DE OLIVENÇA DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO 1º DE DEZEMBRO, DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios.

É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro, e com a colaboração da CMP – Confederação Musical Portuguesa. Agradecemos também o apoio facultado pelo "Recheio" e pelo "Amanhecer", assim como a cobertura e transmissão pela RTP.

Entre os participantes, destaca-se este ano a Filarmónica de Olivenza, em representação daquele território português sob administração de Espanha.

 

13886481_1107835025958511_557363345744018004_n

Fundada eml 28 de marzo de 1851 pelo ilustre filántropo oliventino José María Marzal, é a decana das bandas de Extremadura espanhola e uma de las mais antigas de Espanha. Ostenta o privilégio de usar uniforme militar com espachim, concedido nos finais do Século XIX.

Ao longo da sua existência tem obtido importantes prémios e distinções:

– 1er Premio Certamen de Bandas Civiles (Badajoz 1929).

– Diploma de Honor Certamen de Bandas (Cazalla de la Sierra – Sevilla 1929).

– 2º Premio Certamen de Bandas Semana de las Fuerzas Armadas (Badajoz – 1987).

– 1er Premio Certamen de Bandas “Ciudad de la Música” (Villafranca de los Barros – Badajoz 2000).

– 1er Premio Certamen de Bandas “Ciudad de la Música” (Villafranca de los Barros – Badajoz 2001).

– Medalla de Extremadura 2001 por sus más de 150 años ininterrumpidos dedicados a la enseñanza y fomento de la cultura musical. Decreto 119/2001 de 25 de julio JUNTA DE EXTREMADURA.

– 2º Premio Concurso de Bandas Taurinas Féria del Toro (Santarem – Portugal 2003).

– Título de Comendadora de la Orden de “El Miájón de los Castúos” otorgado por el Centro de Iniciativas Turísticas de Almendralejo (2006).

Participou em muitos actos institucionais como a entrega de Medalhas de Extremadura en Mérida (dirigida por Miguel del Barco, autor do hino de Extremadura), na recepção aos Reis de Espanha en Zafra e Badajoz en 1992 o no bicentenário da fundação do Regimento de Castilla 16. Actuou no Teatro López de Ayala de Badajoz como no Gran Teatro de Cáceres. Esteve presente, en 1994 no Festival de Teatro Clásico de Alcántara.

Em 1995 gravou o seu primeiro CD con obras própias dol repertório para bandas e em 1998 o hino para o C.F. Exotremadura conjuntamente com o Coral de Almendralejo. Em 2008 editou o seu segundo CD denominado TOROS EN OLIVENZA, o qual recolhe alguns dos mais belos pasodobles toreiros que se escreveram, incluindo a primera gravação de ANTOÑITO FERRERA, escrito por Antonio Cotolí Ortiz e dedicado ao popular diestro extremenho.

En 2011, actuou como banda convidada na Asamblea Nacional de la Confederación Española de Sociedades Musicales celebrada en Llerena, oferecendo um concerto. A sua presença é frequente em numerosas localidades extremenhas e portuguesas (Alcácer do Sal, Silves, Tomar, Arrentela). Também tem realizado actuações en Barberá del Vallés (Barcelona), EXPO´92 y Realtem es Alcázares (Sevilla), Aracena y Trigueros (Huelva), Algimia de Alfara (Valencia), Cámara de Lobos (Isla de Madeira- Portugal) y Saturnia y Montemerano (Grosetto- Italia).

Desde a sua primeira aparição, é a banda responsável por animar os festejos taurinos na Feria Ibérica del Toro de Olivenza e participa em numerosas ediciones da Feria de San Juan de Badajoz. A Semana Santa oliventina não seria a mesma sem o acompanhamento musical da Filarmónica de Olivença, tendo estado também presente nas de Badajoz, Llerena, Jeréz de los Caballeros y Plasencia.

Pertenece à Federación Extremeña de Bandas de Música, comprotida de forma directa com o desenvolvimento musical da região. Actualmente é dirigida por Salvador Rojo Gamón.

 

45596868_1963312017109243_6967114987714117632_n



publicado por Carlos Gomes às 23:53
link do post | favorito

BANDA DE VILAR DE PRAZERES DESFILA EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA NACIONAL

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios.

18057853_1672576243038546_5423670472369155480_n

É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro, e com a colaboração da CMP – Confederação Musical Portuguesa. Agradecemos também o apoio facultado pelo "Recheio" e pelo "Amanhecer", assim como a cobertura e transmissão pela RTP.

O Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas "1º de Dezembro" foi um êxito em 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017. Será êxito maior em 2018.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)

15h00 - Início do Desfile

16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.900 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 7ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:

  • Tocándar (Marinha Grande)
  • Grupo de Bombos de Atei (Mondim de Basto)

BANDA NACIONAL:

  • Banda de Música da Força Aérea

BANDAS FILARMÓNICAS:

  • La Filarmónica de Olivenza (Olivença)
  • Banda Velha União Sanjoanense (Albergaria-a-Velha - São João de Loure)
  • Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense "Os Amarelos" (Moura)
  • Associação Filarmónica Vilarinhense de Vilarinho de Castanheira (Carrazeda de Ansiães)
  • Banda Filarmónica de Felgar (Torre de Moncorvo)
  • Associação Filarmónica Retaxense (Castelo Branco)
  • Sociedade Filarmónica de Tinalhas (Castelo Branco)
  • Sociedade Filarmónica Oleirense (Oleiros)
  • Banda Filarmónica da União de Aldeia de João Pires (Sociedade Recreativa e Musical) - com o Grupo de Cantares de Pedrógão de São Pedro (Adufes) (Penamacor)
  • Associação Filarmónica Progresso Pátria Nova de Coja (Arganil - Coja)
  • Associação Filarmónica de Arganil (Arganil)
  • Banda de Ançã | Phylarmónica Ançanense (Cantanhede)
  • Associação Filarmónica Liberalitas Julia (Évora)
  • Banda da Sociedade Filarmónica Corvalense (Reguengos de Monsaraz)
  • Sociedade Filarmónica Artistas de Minerva (Loulé)
  • Sociedade Filarmónica Bendadense (Sabugal - Bendada)
  • Banda Academia de Santa Cecília (de São Romão) (Seia)
  • Sociedade Filarmónica Turquelense (Alcobaça)
  • Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília (Alavaiázere)
  • Centro Cultural Azambujense (Azambuja)
  • Banda 14 de Janeiro de Elvas (Elvas)
  • Associação Musical da Várzea (Amarante - Várzea)
  • Sociedade Musical 1.º de Agosto - Banda de Música de Coimbrões (Gaia - Coimbrões)
  • Sociedade Filarmónica de Crestuma (Gaia - Crestuma)
  • Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres (Ourém - Fátima)
  • Sociedade Velha Filarmónica Riachense (Torres Novas - Riachos)
  • Sociedade Filarmónica Progresso Matos Galamba (Alcácer do Sal)
  • Banda Musical do Concelho de Sabrosa (Sabrosa)
  • Sociedade Musical 2 de Fevereiro - Banda de Santar (Nelas - Santar)
  • Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias (Santa Comba Dão)
  • Filarmónica Recreio de Santa Bárbara (Terceira - Angra do Heroísmo)
  • SFUCO – Sociedade Filarmónica União e Capricho Olivalense (Lisboa)

Será um total de 35 entidades, integrando 2 grupos de percussão, 1 banda nacional militar e 32 bandas filarmónicas civis.

Cerca de 1900 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país, irão descer a Avenida da Liberdade para celebrar Portugal, a Independência nacional e a Restauração, através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores, para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes, sob a direcção do Maestro Capitão António Rosado, da Banda de Música da Força Aérea.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas.

A apoteose final, com os músicos de todas as bandas formados em parada junto ao Monumento aos Restauradores, consiste na interpretação sequencial, como se de uma só orquestra se tratasse, dos Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.

45596868_1963312017109243_6967114987714117632_n



publicado por Carlos Gomes às 23:07
link do post | favorito

BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EM 1640

45596868_1963312017109243_6967114987714117632_n

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios. É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC.

A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro, e com a colaboração da CMP – Confederação Musical Portuguesa. Agradecemos também o apoio facultado pelo "Recheio" e pelo "Amanhecer", assim como a cobertura e transmissão pela RTP.



publicado por Carlos Gomes às 09:17
link do post | favorito

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2018
GUITARRISTA LEIRIENSE REPRESENTA PORTUGAL EM FINAL NA ALEMANHA

O guitarrista leiriense Hugo Ferreira é o único português presente na final do concurso dedicado ao compositor mexicano Manuel Ponce que decorre, a 10 de novembro, durante o Festival Internacional de Guitarra Tübingen 2018, em Tübingen, na Alemanha.

HUGO FERREIRA GUITARRISTA

Na final da “Ponce Guitar Competition” participam guitarristas da Coreia do Sul, Reino Unido, Israel, Tailândia, Alemanha, China, Sérvia e Portugal, selecionados através de submissão de um vídeo em que tocaram a obra do compositor intitulada “Seis Prelúdios Cortos”.

Os finalistas têm de tocar música de Manuel Ponce, já que a iniciativa, integrada no “Internationales Gitarrenfestival Tübingen 2018”, se enquadra nas comemorações do 70º aniversário da morte do compositor mexicano.

O guitarrista Hugo Ferreira venceu os primeiros prémios do II Concurso Internacional de Guitarra “Cidade de Guimarães”, VI Concurso Nacional de Leiria e do Concurso Jovens Talentos do Orfeão de Leiria (este com louvor).

O jovem natural de Leiria (Regueira de Pontes), de 24 anos, iniciou os estudos de guitarra no Orfeão de Leiria, em 2009, sob a orientação da professora Sónia Leitão, e terminou o 8º grau em 2013 com a classificação máxima. Prosseguiu os estudos superiores em Vigo, Espanha, sob a tutela da reconhecida guitarrista Margarita Escarpa.

Atualmente, termina o mestrado em música na Hochschule für Musik Franz Liszt, em Weimar, na Alemanha.

HUGO FERREIRA GUITARRISTA1



publicado por Carlos Gomes às 23:53
link do post | favorito

BANDAS FILARMÓNICAS REALIZAM CONCERTO EM OURÉM

A Fundação INATEL, em colaboração com a Câmara Municipal de Ourém,  realiza pelas 21h30 do próximo dia 3 de novembro, no Cine-Teatro de Ourém, a iniciativa “Compasso – Bandas em Concerto”.

Este concerto conta com as apresentações da Orquestra de Sopros da Academia de Música Banda de Ourém e da Sociedade Filarmónica velha Riachense.

Mais informações: INATEL Santarém | T. 243 309 017

image004



publicado por Carlos Gomes às 20:40
link do post | favorito

Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
SANTUÁRIO DE FÁTIMA EDITA "ECOS DE FÁTIMA"

Santuário de Fátima promove segunda edição dos "Ecos de Fátima"

O Santuário de Fátima, através do seu Serviço de Música Sacra, apresenta no próximo domingo, 28 de outubro, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, a segunda edição dos “Ecos de Fátima”, desta vez com o concerto “Rosarium Fatimae”: um itinerário musical inspirado no Rosário, interpretado pelo Coro do Santuário de Fátima, a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e os músicos do Serviço de Música Sacra.

unnamed

O guião do concerto está organizado com base na estrutura do Rosário, em momentos que serão intercalados pela declamação de um poema em cinco partes, que alude a cada um dos mistérios.

O concerto iniciará com uma parte introdutória, em jeito de invitatório, à qual se segue, sob um fundo musical, a leitura declamada de uma meditação sobre os diferentes mistérios da vida de Cristo e a apresentação dos temas musicais, explica o maestro Rui Paulo Teixeira, responsável pelo Serviço de Música Sacra do Santuário de Fátima.

A interpretação estará a cargo do Coro do Santuário de Fátima, da Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e dos três organistas e três solistas do Serviço de Música Sacra, numa apresentação dinâmica que recolocará os intérpretes em vários espaços da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

O itinerário percorrerá o repertório do património musical do Santuário de Fátima, com momentos de improviso no órgão, e algumas peças “de uma natureza mais contemporânea”, nas quais se inclui a estreia de um “Ave Maria”, da autoria de Rui Paulo Teixeira.

O concerto termina com o Ave de Fátima “num formato em que todos os elementos do coro começam a caminhar em direção às laterais da assembleia, envolvendo-a num canto em uníssono, para que também se juntem a cantar”, antecipa o coordenador do Serviço de Música Sacra.

primeira edição do concerto “Ecos de Fátima” realizou-se no final do ano passado, no âmbito da celebração do Centenário das Aparições, e juntou as vozes de três coros distintos: o Coro do Carmo de Beja, o Coro da Catedral de Lisboa e o Coro do Santuário de Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 09:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 28 de Setembro de 2018
OURÉM VOLTA A RECEBER OS “CAMINHOS DA PEDRA”

O Município de Ourém vai receber o projeto cultural “CAMINHOS DA PEDRA” entre 18 e 21 de outubro, ciclo artístico que vai proporcionar aos munícipes e visitantes um conjunto de espetáculos na área da música, do teatro, da dança e outras artes performativas. Em Ourém destaque para o concerto da fadista CRISTINA BRANCO (21 de outubro no Cineteatro Municipal de Ourém), além dos espetáculos “SAVAR A.M.” em Caxarias, a 19 de outubro, o projeto comunitário “MARCHA DAS ALMAS” que será apresentado em Fátima a 20 de outubro e o percurso artístico “DE MAPA NA MÃO…”.

SAVARAM

O ciclo “CAMINHOS DA PEDRA” pretende envolver toda a comunidade, contribuir para a valorização do património cultural e natural e para o aumento do turismo na região do Médio Tejo. Neste contexto, os espetáculos serão descentralizados, de entrada livre e contarão com a participação de grupos e coletividades locais, abrangendo todas as faixas etárias.

PERCURSO ARTISTICO “DE MAPA NA MÃO…”

18 a 21 de outubro

Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

SINOPSE: Nas semanas anteriores ao percurso, o coletivo BURILAR percorre a cidade de Ourém em busca da inspiração. Fazem uma residência, pesquisando, observando, conversando e trabalhando com a comunidade. E nessa pesquisa constroem uma visão muito própria de cada lugar, desenvolvendo um percurso pelo município que a pretende desvendar, numa caminhada de partilha com todos os participantes.

Entrada gratuita e limitada a 25 pessoas. A participação está sujeita a reserva obrigatória com inscrição através do Museu Municipal de Ourém: Tel: 249 540 900 (6831) | Tlm: 919 585 003 | Email: museu@mail.cm-ourem.pt

“SAVAR A.M.” PELA COMPANHIA DE TEATRO ERVA DANINHA
19 de outubro, 21.30h
Junta de Freguesia de Caxarias (antigo edifício do Mercado)

SINOPSE - Na origem a fragilidade, o subtil do nascimento e da ordem estabelecida que se materializa num sistema, num esquema de forças, resistências e tendências. Por fim apenas alicerces que se erguem como linhas verticais equidistantes, criam o padrão de existência, luz, som e vida. O que quebra este sistema, como se perde a ordem, que forças são necessárias, qual o som do colapso, que sombra resta?

No sistema global em que vivemos atualmente, encontram-se facilmente pontos de rutura e fragilidade, um deles o acontecimento que origina este projeto, no dia 24 de abril de 2013 em Savar no Bangladesh, um prédio desabou, matando cerca de 1127 pessoas na maioria trabalhadores de empresas da indústria do vestuário de variadas marcas ocidentais. O prédio ruiu às 08:45 a.m. deixando apenas intacto o piso do rés-do-chão.

Uma reflexão ampla sobre a possibilidade de colapso, a fragilidade dos sistemas, a exploração e o sistema industrial. Encontrar o pós-colapso, o renascimento, a recuperação, a reconstrução depois da destruição.

Através da dança, acrobacia, manipulação de objetos, instalação plástica e sonora procura-se estabelecer um circo documental. Este espetáculo leva-nos numa viagem por espaços alternativos ao palco num percurso industrial, multidisciplinar e de reflexão.

Entrada gratuita mas sujeita à limitação do espaço.

“MARCHA DAS ALMAS”

20 de outubro, 18.00h

Praça Luís Kondor – Fátima

SINOPSE: projeto com o intuito de explorar a voz enquanto som, palavra, canto, o corpo enquanto movimento e espaço.

Acesso gratuito

CRISTINA BRANCO

21 de outubro, 21.30h

Cineteatro Municipal de Ourém

SINOPSE - Correu a Europa com o “fado-jazz” caloroso e melódico de “Menina”, disco que lhe deu alguns prémios e distinções e que já não a deixa passar em “Branco”. É esse, de resto, o nome do novo álbum de Cristina Branco, metade fadista, metade outra coisa qualquer que ainda está por definir. E ainda bem. Algumas canções são só suas, outras emprestadas de grandes vultos da música ou da poesia portuguesas, há sempre palavras que a beijam. Cristina Branco volta a reunir à sua volta músicos exímios e tinge, em 2018, toda a Europa de “Branco”. Este novo disco é, mais que o apelido da artista, a junção de todas as cores do espetro, o disco em que promete livrar-se de todo e qualquer preconceito e deixar tudo mais claro.

Entrada gratuita, sujeita a reserva obrigatória através do Cineteatro Municipal de Ourém - Tel: 249 543 666 | Tlm: 916 591 231 | Email: cineteatro@mail.cm-ourem.pt

O projeto cultural CAMINHOS – Programação Cultural em Rede, é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), sendo o Município de Ourém entidade co – beneficiária.

CAMINHOSDAPEDRA

CRISTINABRANCO

DEMAPANAMAO

MARCHADASALMAS



publicado por Carlos Gomes às 21:41
link do post | favorito

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018
DIA NACIONAL DAS BANDAS FILARMÓNICAS VAI SER COMEMORADO EM LISBOA

site_big2_1



publicado por Carlos Gomes às 13:37
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Agosto de 2018
MUNICÍPIO DE OURÉM PROMOVE “MÚSICAS NA PRAÇA”

O Município de Ourém volta a dinamizar a iniciativa “Músicas na Praça” durante o mês de agosto com o objetivo de animar as ruas da Cidade de Ourém e proporcionar oferta cultural diversificada e de qualidade a todos os munícipes. A Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida vai receber diferentes sonoridades nas sextas-feiras de agosto, animando as noites de verão e todos os oureenses.

musicas

Nas próximas sextas-feiras o público terá acesso a concertos de rock, fado e música popular, numa iniciativa que pretende dinamizar as Praças de Ourém e tudo isto com artistas concelhios. O primeiro espetáculo será dedicado à música popular e está agendado para o próximo dia 10 de agosto com a atuação da “Banda NS”. A 17 de agosto será dado destaque ao rock com a atuação dos oureenses “100 Saída”. Na sexta-feira seguinte, dia 24 de agosto, o palco da Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida torna-se uma casa de fados com a voz de Delfina Henriques.

A finalizar a programação irá decorrer na noite de 31 de agosto o concurso “Ourém Tem Talento”. A Câmara Municipal de Ourém pretende com esta iniciativa inédita fomentar a prática da atividade musical, incentivar a sua divulgação junto do público e afirmar novos valores do concelho de Ourém. Para consultar as normas de participação no concurso “Ourém Tem Talento” pode consultar o link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfv3cN3B6sEo2Y79eM139rNsRx8QkzTzsZiCjBr3XVwrJrwHQ/viewform?c=0&w=1 e para esclarecimento de dúvidas deverá usar o contacto eventos@cm.ourem.pt. As inscrições para o concurso decorrem até 24 de agosto e todos os espetáculos terão início às 22h00, com entrada livre.



publicado por Carlos Gomes às 15:26
link do post | favorito

Sexta-feira, 1 de Junho de 2018
OURÉM DIVULGA FEIROURÉM

Capturarou



publicado por Carlos Gomes às 14:29
link do post | favorito

Segunda-feira, 28 de Maio de 2018
XIV FESTAMBO EM OURÉM SOMA E SEGUE!

No âmbito do XIV FESTAMBO, estão previstos os seguintes eventos para a semana em curso.

Deste modo, no dia 31 de maio, pelas 18 horas, no auditório da Ourearte, em Ourém, haverá um recital que visa reconhecer e divulgar, um dos grandes mestre da música portuguesa, Vianna da Motta (compositor, pianista e musicólogo), no ano em que se comemoram os 150 anos do seu nascimento. Teremos a interpretar obras do referido compositor, a pianista Filipa Cardoso e a soprano Carla Pais.

No dia 2 de junho, haverão dois eventos. Primeiro, pelas 10h30, na Praça Mouzinho Albuquerque, em Ourém, um momento musical designado de dia da criança OUREARTE/AMBO em que participarão diversas turmas de AEC's da Ourearte e a Banda Juvenil da Academia de Música Banda de Ourém. Neste mesmo dia, pelas 21h30, no cineteatro municipal de Ourém, haverá um espetáculo de dança designado de "A crescer para ser pequenino", com a participação da Escola de Dança da AMBO.



publicado por Carlos Gomes às 23:59
link do post | favorito

Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
FÁTIMA REALIZA FESTIVAL DA PAZ

33092238_1351199488313673_1874712658737889280_n



publicado por Carlos Gomes às 09:29
link do post | favorito

XIV FESTAMBO: CAXARIAS RECEBE ENCONTRO DE COROS

Homem culto é aquele que, de tudo o que assiste aumenta, não os seus conhecimentos, mas o seu estado de alma” Fernando Pessoa

No próximo fim de semana, terá continuidade o XIV FESTAMBO.

No dia 26 de maio (sábado) será um Encontro de Coros em Caxarias, pelas 21h30 na Igreja Matriz, num evento em que participarão o Chorus Auris da Academia de Música Banda de Ourém, o Grupo Coral da Sociedade Perpétua Azeitonense (Azeitão) e o Coro Alma Nova (Óbidos).

No dia 27 de maio (domingo), Música Tradicional, pelas 17h, em Seiça, na sede do Grupo Desportivo e Cultural de Seiça, com a participação dos Romeiros da Academia de Música Banda de Ourém, o Grupo de Cante "Os Lagóias" de Portalegre e o Grupo de Cavaquinhos do Orfeão de Almeirim.

Com os melhores cumprimentos,

Fernando Luís Marques

(Presidente da Academia de Música Banda de Ourém)

Cartaz Festambo_Final



publicado por Carlos Gomes às 07:39
link do post | favorito

Segunda-feira, 14 de Maio de 2018
OURÉM REALIZA FESTIVAL DE MÚSICA E DANÇA

Cartaz Festambo_Final



publicado por Carlos Gomes às 21:34
link do post | favorito

Quarta-feira, 2 de Maio de 2018
ANDREA BOCELLI EM FÁTIMA PARA RECITAL DE AÇÃO DE GRAÇAS PELO CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES

“A essência deste concerto será fundamentalmente uma oração para a qual convido todos os que puderem estar presentes”, diz Andrea Bocelli

Tenor italiano interpreta Recital de Ação de Graças pelo Centenário na Basílica da Santíssima Trindade, no próximo dia 13 de maio

O tenor italiano Andrea Bocelli afirma que o Recital de Ação de Graças pelo Centenário das Aparições, que vai ter lugar no próximo dia 13 de maio, pelas 16h00, na Basílica da Santíssima Trindade, em Fátima, vai ser um momento “muito especial” e desafia os peregrinos a rezarem com ele neste momento de “oração”.

642269179CL00025_Bocelli_An

“Fátima é um dos lugares do mundo mais marcantes e sugestivos. Quando era criança tive a sorte de poder ir com a minha mãe a Lourdes, mas, infelizmente não tive a mesma oportunidade de ir a Fátima” afirma o cantor italiano num pequeno vídeo enviado à Sala de Imprensa do Santuário.

“Conheço este lugar desde os tempos de criança, na escola primária,  porque tive uma professora que era muito religiosa e que contava muitas histórias sobre as Aparições, a vida dos três Pastorinhos , e a história do Segredo de Fátima” sublinha Andrea Bocelli lembrando as “coisas que transformam este lugar num espaço cheio de espiritualidade”.

Por este motivo, “será um recital muito especial para mim e vou procurar vivencia-lo da melhor forma possível, mas a essência deste concerto será fundamentalmente uma oração para a qual convido todos os que puderem estar presentes”.

Um ano depois de Fátima se ter despedido do Papa Francisco, após a canonização dos Santos Francisco e Jacinta Marto, momento que emocionou Portugal e o mundo cristão, e selou as celebrações do Centenário das Aparições, o tenor italiano, um dos artistas mais apreciados em todo o mundo, visitará Fátima brindando os peregrinos com a sua música.

O artista far-se-á acompanhar pela pianista francesa Elisabeth Sombart e pela violinista ucraniana Anastasyia Petryshak, sob a já habitual direção musical de Carlo Bernini.

Entre o repertório, composto por 11 temas, está o Ave de Fátima, que será interpretado por uma convidada de Andrea Bocelli, Ana Moura, naquele que será um dos momentos mais altos deste recital, especialmente voltado para a interpretação de música sacra.

Andrea Bocelli interpretará Pietà, de Stradella; Sancta Maria, de Mascagni; Panis Angelicus, de Frank, Mission de Morricone; Ave Maria de Schubert, Agnus Dei, de Bizet e outras canções.

O recital, produzido pela empresa brasileira Dançar Marketing, é uma oferta ao Santuário de Fátima e consequentemente aos peregrinos de Fátima, proporcionando um momento de ação de graças pelo Centenário das Aparições, através da música, que é uma das mais sublimes formas de oração.

A entrada no Recital na Basílica da Santíssima Trindade, cuja lotação se encontra esgotada desde o primeiro dia em que o espetáculo foi anunciado, é gratuita.

Os ingressos reservados pelos peregrinos podem ser levantados, no Centro Pastoral de Paulo VI, de 10 a 12 de maio, entre as 9h30 e as 19h00 e no dia 13 de maio entre as 7h00 e as 14h00, mediante a apresentação do documento de identificação cujo número foi indicado aquando da reserva on-line ou telefonicamente.

A entrada para a Basílica da Santíssima Trindade é feita pelas portas laterais, entre as 14h00 e as 15h00. Após a hora mencionada, o acesso ao local ficará impedido, por motivos conexos com o bom desenvolvimento deste concerto.

O acesso à Basílica da Santíssima Trindade só é possível mediante apresentação do ingresso. A ocupação de lugares é feita de acordo com a ordem de entrada e a cor do ingresso. Não é permitido aceder ao espaço transportando qualquer tipo de bagagem, nem existirá bengaleiro para guardar objetos pessoais.



publicado por Carlos Gomes às 10:33
link do post | favorito

Sexta-feira, 27 de Abril de 2018
FESTAMBO ANIMA OURÉM

A Academia de Música Banda de Ourém irá promover nos próximos meses de maio e junho, o XIV FESTAMBO, sendo este um festival de música e dança já manifestamente enraizado na cultura ouriense e da região.

CartazAbertura

No decurso de 11 eventos programados, irão participar cerca de 300 músicos e bailarinos desta instituição, aos quais se juntam mais de 450 participantes convidados.

Este festival envolverá diversos géneros e estilos artísticos e será promovido em diferentes espaços e locais do concelho (Ourém, Caxarias, Seiça e Fátima), na certeza de que não deixará ninguém indiferente.

O fim de semana de abertura será nos dias 5 e 6 de maio, conforme cartaz que se remete em anexo, salientando que muito gostaríamos de contar com a vossa presença, particularmente no evento de apresentação pública, a realizar na sede da AMBO, pelas 21h30 (5 de maio), e que terá a participação da fadista Delfina Henriques.

Considerando a limitação da lotação inerente ao espaço em que decorrerá a sessão de abertura, agradecíamos confirmação de presença até ao próximo dia 3 de maio.

Em breve disponibilizaremos o cartaz com a programação integral.

Com os melhores cumprimentos,

Fernando Luís Marques

(Presidente da Academia de Música Banda de Ourém)

Homem culto é aquele que, de tudo o que assiste aumenta, não os seus conhecimentos, mas o seu estado de alma” Fernando Pessoa



publicado por Carlos Gomes às 19:55
link do post | favorito

Quarta-feira, 18 de Abril de 2018
ALVAIÁZERE EXPÕE MÚSICAS DO 25 DE ABRIL

Exposição temporária: “Entre Abril e Maio, palavras, músicas e canções”

Na comemoração dos 44 anos da revolução que pôs fim à ditadura em Portugal, o Museu Municipal de Alvaiázere e o coleccionador Élio Marques juntaram-se para apresentar esta exposição : “Entre Abril e Maio, palavras, músicas e canções” que conta com cerca de 300 discos de vinil de 33 e 45 rotações editados no período pré e pós 25 de Abril de 1974.

cartaz exposição

São discos que contam a história das lutas travadas pela liberdade no tempo do Estado Novo, muitos deles proibidos pela Censura, e a história da conquista das liberdades com a revolução do 25 de Abril de 1974.

Esta exposição abarca várias áreas temáticas desde, discursos políticos, música de intervenção, hinos políticos, hinos sindicais, teatro, fado, folclore, poesia, tendo como fio condutor a Revolução dos Cravos.

Muitos nomes consagrados da música portuguesa, os chamados cantautores, contribuíram com as suas canções para que acontecesse uma Revolução em Portugal. Entre tantos outros nomes, destacamos: Sérgio Godinho, José Afonso, Fausto, Manuel Freire, José Mário Branco, Padre Fanhais, Luís Cília, Pedro Barroso, Adriano Correia de Oliveira, José Barata Moura, Fernando Tordo, Carlos Mendes, José Jorge Letria, Paulo de Carvalho…

Depois do 25 de Abril, além dos cantautores referenciados, muitos outros nomes e grupos músicas surgiram para cantar a revolução, entre eles, Conjuntos GAC - Vozes na Luta, Equipa, Movimento, Intróito e Outubro, Ermelinda Duarte, Luísa Basto, Marina Mota, Quim Barreiros, Samuel, Corina, Tonicha, Nara Leão e Chico Buarque (Brasil) e George Moustaki (França)… Também a grande Amália Rodrigues se associou, cantando a “Grândola Vila Morena” de José Afonso e “O Meu Amor É Marinheiros do poeta Manuel Alegre”.

Além dos discos expostos marcarem uma época da música de intervenção, congratulam a liberdade, finalmente conseguida. Por outro lado, muitas das capas estão intimamente ligadas ao período da revolução do 25 de Abril de 1974, ilustrando os acontecimentos da época com diferentes qualidades gráficas ao nível do design e da impressão.



publicado por Carlos Gomes às 17:04
link do post | favorito

Segunda-feira, 16 de Abril de 2018
MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE PROMOVE ESPETÁCULO DE MÚSICA TRADICIONAL

O Município de Alvaiázere e a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria vão promover o espetáculo “Encontro de Cantatas e Tocatas de Ranchos Folclóricos”, integrado na iniciativa “Região de Leiria – Rede de Programação Cultural”, operação financiada pelo Programa Operacional do Centro.

22abril

O evento vai realizar-se no dia 22 de abril, pelas 15 horas, em Maçãs de Dona Maria, e contará com a atuação das tocatas e cantatas do grupo Rancho Folclórico Etnográfico da Casa do Povo de Maçãs de Dona Maria e do Rancho Folclórico de Mira D’Aire, bem como dos Amigos da Gaita.

Este espetáculo que procura valorizar a identidade cultural da região integra uma programação mais alargada, da responsabilidade do grupo folclórico local e da Junta de Freguesia de Maçãs de Dona Maria, que tem início no sábado, e que prevê jogos tradicionais, tasquinhas, baile e muita animação.



publicado por Carlos Gomes às 22:08
link do post | favorito

Quinta-feira, 5 de Abril de 2018
ANDREA BOCELLI EM FÁTIMA PARA RECITAL DE AÇÃO DE GRAÇAS PELO CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES

Recital realiza-se na Basílica da Santíssima Trindade com entrada gratuita e terá como convidada especial Ana Moura

No próximo dia 13 de maio, pelas 16h00, a Basílica da Santíssima Trindade, acolherá um recital de Andrea Bocelli, em ação de graças pelo Centenário de Fátima.

30221806_1873045419381703_8311103497515689890_n

Um ano depois de Fátima se ter despedido do Papa Francisco, após a canonização de Francisco e Jacinta Marto, momento que emocionou Portugal e o mundo cristão e selou as celebrações do Centenário das Aparições, o tenor italiano, um dos artistas mais apreciados em todo o mundo, visitará Fátima brindando os peregrinos com a sua música.

O artista far-se-á acompanhar pela pianista francesa Elisabeth Sombart e pela violinista ucraniana Anastasyia Petryshak, sob a já habitual direção musical de Carlo Bernini.

Entre o repertório, composto por 11 temas, está o Ave de Fátima, interpretado por uma convidada de Andrea Bocelli, Ana Moura, naquele que será um dos momentos mais altos deste recital, especialmente voltado para a interpretação de música sacra.

Andrea Bocelli, que conseguiu fazer do bel canto um dos géneros mais ouvidos em todo o mundo, com êxitos tão importantes como Con te Partirò, interpretará Pietà, de Stradella; Sancta Maria, de Mascagni; Panis Angelicus, de Frank, Mission de Morricone; Ave Maria de Schubert, Agnus Dei, de Bizet e outras canções.

Com uma das melhores vozes de todos os tempos, Andrea Bocelli assumiu-se como um prodígio nos anos 90, com mais de 90 milhões de discos vendidos em todo o mundo.

Ao aliar a gloriosa tradição do bel canto à sensibilidade e à estética da música moderna, Bocelli conquista o coração e a alma do público, sem nunca sacrificar a integridade da sua arte.

Com dez óperas gravadas – que vão de Werther a Carmen passando por Romeu e Julieta e La Tosca – e vários álbuns de música popular, já venceu cinco BRIT Awards e três Grammy Awards, para além de ter realizado vários concertos em espaços icónicos como o Santuário da Aparecida, no Brasil, ou a Praça de São Pedro, onde cantou para o Papa Francisco, em 2015,Amazing Grace, durante o encontro que celebrou os 50 anos de ecumenismo na Igreja Católica.

O recital, patrocinado pela empresa brasileira Dançar Marketing e pelo Colégio Vértice, é uma oferta ao Santuário de Fátima e consequentemente aos seus peregrinos, proporcionando um momento de ação de graças pelo Centenário das Aparições, através da música, que é uma das mais sublimes formas de oração.

Há 35 anos que a empresa reúne milhões de espetadores nos seus incontáveis espetáculos, projetos sociais, reunindo no seu portfólio a produção de grandes tournées internacionais de artistas emblemáticos como Sarah Brightman, George Benson, Diana Krall, Chris Cornell, Jeff Beck, Richie Sambora, entre outros.

A entrada no recital é gratuita, mas sujeita à reserva de um ingresso, através do site bocelli.fatima.pt.



publicado por Carlos Gomes às 16:39
link do post | favorito

Quinta-feira, 15 de Março de 2018
IN POP ROCK FEST 2018 COM ATUAÇÃO DOS THE PEORTH

O IN POP ROCK FEST 2018 terá lugar na sexta-feira, dia 23 de março, a partir das 22H00, no Bar o Palheiro, Alqueidão - Ourém, e contará com as atuações dos THE PEORTH, IN THE CISOS e SIGMA. Este evento é organizado pela INSIGNARE – Associação de Ensino e Formação, entidade proprietária da Escola Profissional de Ourém e Escola de Hotelaria de Fátima.

unnamed

O valor da entrada (2,50€) reverterá a favor da APDAF - Associação para a Promoção e Dinamização do Apoio à Família. Durante o evento será sorteado um Tesla Drive a todos os participantes que se inscreverem à entrada. A não perder!!!

O IN POP ROCK FEST 2018 é uma das atividades que vão acontecer no âmbito do DIA ABERTO INSIGNARE, que acontece nos próximos dias 22, 23 e 24 de março, na Escola Profissional de Ourém e na Escola de Hotelaria de Fátima, e que têm por objetivo dar a conhecer às comunidades onde se integram as Escolas e, muito especialmente, aos jovens que atualmente frequentam o 9º ano de escolaridade, as especificidades do ensino profissional dual e a dinâmica de ambas as escolas. Para além da mostra de cursos disponíveis, na Escola de Hotelaria de Fátima os visitantes poderão assistir ainda ao “Live Cooking & Beverage Service” dos alunos finalistas dos cursos de Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar e na Escola Profissional de Ourém realiza-se uma Lan Party e Concurso de Robótica



publicado por Carlos Gomes às 22:17
link do post | favorito

Terça-feira, 13 de Março de 2018
FESTIVAL DA CANÇÃO TRADICIONAL REALIZA-SE NA BATALHA

29133565_1705032002891229_5374295373508509696_n



publicado por Carlos Gomes às 11:31
link do post | favorito

Segunda-feira, 5 de Setembro de 2016
“UM LOUVOR A MARIA” LEVA CÂNTICOS MARIANOS À BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA

Concerto inserido no programa oficial do Centenário das Aparições, integra o Ciclo Ouvir Fátima.

O Grupo Vocal Ançãble, dirigido por Pedro Miranda, vai apresentar o concerto “Um Louvor a Maria”, no dia  9 de setembro pelas 21h00, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, em Fátima. 

santfa (1).jpg

Este evento, que  integra o Ciclo Ouvir Fátima promovido no âmbito do programa celebrativo do Centenário das Aparições, apresentará várias expressões musicais com as quais os crentes têm expressado o seu louvor à Virgem Maria.

O programa proposto tem como ideia central percorrer as antífonas marianas, presentes na Liturgia das Horas para a hora de Completas.

Ocorrendo este ano o centenário da Aparição do Anjo, vão ser apresentadas, também,  duas obras dedicadas ao Anjo Custódio de Portugal, uma do séc. XVIII e outra do séc. XX.

Este espetáculo musical, pelo seu simbolismo e pela intima relação com uma dimensão mariana, é uma das propostas para um dos serões do Congresso Mariológico-Mariano Internacional, promovido pela Pontifícia Academia Mariana Internacional, com o apoio do Santuário de Fátima, que decorre na Cova da Iria de 6 a 11 setembro.

«A dimensão cultural é própria dos santuários cristãos, os quais têm sido e continuam a ser “centros de cultura” de inegável importância. Esta dimensão cultural configura-se como dimensão complementar àquela que é a identidade primordial de qualquer santuário como lugar de culto. Culto e cultura não são concorrentes e menos ainda se excluem mutuamente; e o Santuário de Fátima tem, ao longo dos anos, procurado conjugar ambos os aspetos, nunca perdendo de vista a sua missão eminentemente cultual e de evangelização», afirma o Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima.

O Pe. Vítor Coutinho, coordenador da Comissão Organizadora do Centenário das Aparições de Fátima, considera por seu lado que «As iniciativas culturais que aqui se apresentam são parte de um programa mais vasto que poderá ir ao encontro dos interesses de muitos homens e mulheres de boa vontade, proporcionando momentos de contemplação e de fruição estética contribuindo para uma reflexão fecunda e renovada”, promovendo uma aproximação a Deus.

O Grupo Vocal Ançãble, constituído por uma família de Ançã, dedicado sobretudo à Música Sacra Portuguesa, tem-se apresentado em público com uma frequência regular em Portugal, registando também intervenções em Itália, Espanha e Brasil.

O seu regente- Pedro Carlos Lopes de Miranda- é presbítero da diocese de Coimbra. Licenciado em História da Arte pela Universidade de Coimbra, completou o curso de flauta transversal no Conservatório de Música de Coimbra com o professor Bernard Ravel-Chapuis, em 1987. Atualmente é professor de Iniciação à Harmonia e Direção Coral na Escola Diocesana de Música Sacra. Dirige desde 1989 o Grupo Vocal Ançãble, com o qual se dedica especialmente à recuperação e promoção do património histórico e contemporâneo da música sacra portuguesa. Tem feito estrear diversos compositores em audição moderna ou absoluta.

A sua atividade de compositor foi publicamente reconhecida pelo segundo prémio no 1.º Concurso Nacional de Composição Coral, organizado pelo Coro Misto da Universidade de Coimbra, em 1987, e pela publicação de obras suas na revista da Academia Martiniana e ultimamente na Revista Libellus Usualis.



publicado por Carlos Gomes às 10:30
link do post | favorito

Domingo, 4 de Setembro de 2016
TOCADORES DE CONCERTINA RUMAM A PORTO DE MÓS

14045642_1107925055960885_6125870327084735008_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 13:09
link do post | favorito

Segunda-feira, 29 de Agosto de 2016
OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA, ARTESANATO E GASTRONOMIA AO CONVENTO DE CRISTO NO PRÓXIMO DIA 4 DE SETEMBRO

No próximo domingo, dia 04 de setembro, o Convento de Cristo de Tomar é dinamizado pelo Município de Ourém. O programa de animação inclui música e dança, artesanato, gastronomia tradicional local, a cargo de agentes culturais de Ourém.

Ourém no Convento de Cristo_2.jpg

A iniciativa decorre  do protocolo celebrado entre a Comunidade Intermunicipal Médio Tejo e a Direção Geral do Património Cultural - Convento de Cristo - para o desenvolvimento de ações de promoção turística e cultural da região do Médio Tejo neste Monumento Património Mundial.

Em destaque, estará a promoção do Festival de Setembro na Vila Medieval de Ourém, nos dias 10 e 11 de setembro sob o tema “diáspora e cultura judaica”.

Esta mostra cultural é um aliciante cartão-de-visita aos patrimónios do concelho de Ourém e um óptimo pretexto para as pessoas visitarem este imponente Monumento Mundial. A visita é gratuita.

Programa

10h00 - 17h00: Recitais de música no Convento; mostra e venda de gastronomia tradicional local, de gastronomia de inspiração judaica e de artesanato; promoção cultural e turística de Ourém

11h00: Oficina pedagógica "A Moura Oureana" pelo Museu Municipal de Ourém

15h00: Espectáculo dança pela Arabesque - Academia de Dança e Representação

16h00: Concerto pela  Sociedade Filarmónica Ouriense



publicado por Carlos Gomes às 15:22
link do post | favorito

Sábado, 27 de Agosto de 2016
TOCADORES DE CONCERTINA RUMAM A PORTO DE MÓS

14045642_1107925055960885_6125870327084735008_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:58
link do post | favorito

Domingo, 21 de Agosto de 2016
DJUMBAI DJAZZ REALIZA CONCERTO EM OURÉM

Concerto com Djumbai Djazz

Dia 27 de agosto às 21h30

No Castelo de Ourém - Vila Mdieval de Ourém

Maio Coopé fundou o seu Djumbai Djazz corria o ano de 1999, em Lisboa, como um projecto de pesquisa intencionado a revisitar os ritmos sonâmbulizados na sua história pessoal com a sua Guiné-Bissau natal.

Ingresso: 5€ (Gratuito a crianças até 12 anos)

Bilhetes limitados à lotação do espaço

Reserva de bilhetes no Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

Horário de funcionamento: terça-feira a domingo – das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contactos: tel.: 249540900 (6831) | tlm: 919585003 | 910502917 | museu@mail.cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt

Concerto Djumbai Djazz agosto 2016.jpg



publicado por Carlos Gomes às 21:11
link do post | favorito

Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016
CORO DE BORDÉUS ATUA NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

Coro de Bordéus anima tarde do dia 21 de agosto na Basílica de Nossa Senhora Rosário de Fátima. Iniciativa insere-se no âmbito de um intercâmbio com o coro infanto juvenil do Santuário de Fátima

No âmbito do projeto de intercâmbio com a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima, o Santuário de Fátima apresenta no dia 21 de agosto, pelas 15h30 um concerto com o Choeur des Filles de la Maitrise de Bordeaux na Basílica de Nossa Senhora do Rosário. Sob direção de Alexis Duffaure, este coro feminino infanto-juvenil vai apresentar obras de J.S Bach, M.A. Charpentier, G.F. Telemann, Purcell, B.Britten e J. Rutter.

O coro feminino infanto-juvenil Choeur des Filles de la Maitrise de Bordeaux, criado em 2004 por Alexis Duffaure, é composto por 70 raparigas, com idades entre 8 a 20 anos. O coro conta com participantes oriundas de diferentes escolas de Bordéus.

Em 2014, o coral participou no Congresso Internacional dos Pueri Cantores em Paris, com mais de 5.000 jovens cantores de todo o mundo.

O seu repertório é focado principalmente na música sacra, e também dá espaço para obras seculares ou tradicionais de diferentes países do mundo.

Já a  Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima, criada em 2001, é um projeto sob a coordenação do maestro e professor Paulo Lameiro, e conta com cerca de 40 crianças.
Com provas dadas nos muitos espetáculos e animações litúrgicas já realizados, os pequenos grandes artistas que tiveram como um dos momentos altos do seu currículo a saudação de acolhimento ao Papa Bento XVI, em 2010. 



publicado por Carlos Gomes às 08:10
link do post | favorito

Segunda-feira, 15 de Agosto de 2016
VILA MEDIEVAL DE OURÉM RECEBE CONCERTO DE DJUMBAI DJAZZ

13939420_831661180267938_2482162044586027355_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:51
link do post | favorito

Terça-feira, 9 de Agosto de 2016
RODRIGO LEÃO ATUA NA VILA MEDIEVAL DE OURÉM EM SETEMBRO

Diáspora e cultura judaica é o tema que inspira a próxima edição do Festival de Setembro de 2016,” que decorre nos dias 10 e 11 de setembro no Centro Histórico de Ourém. Durante dois dias, a Vila Medieval vai ter uma cenografia que transporta os públicos para a herança histórica e as marcas culturais deixadas pelos judeus em Ourém. Este projeto cultural parte da forte base identitária de Ourém, valorizando o património e a história da Vila Medieval, e cruza-se com outras culturas e trajetórias identitárias, no país e no mundo, através da diáspora e do transnacionalismo.

Cartaz Festival Setembro 2016.jpg

Rodrigo Leão, referência incontornável no panorama musical português, Melech Mechaya e Pás de Problème, são as bandas nacionais de uma vasta programação que inclui concertos, dança, cinema, literatura, conferências, gastronomia, caça ao tesouro para os mais novos e visitas guiadas pelos patrimónios da Vila Medieval.

Destacam-se as conferências sobre a herança judaica, por Saul António Gomes, Carlos Veloso e Gabriel Steinhardt (presidente da direção da Comunidade Israelita de Lisboa); o lançamento do livro “A Inquisição em Ourém”, de Jorge Martins; a mostra de cinema e cultura "Judaica”, com a presença da sua diretora, Elena Piatok; e o espetáculo de dança contemporânea “diáspora e cultura judaica” pela Arabesque.

A dinamização nas ruas é contínua! À música antiga sefardita trazida pelas Louçanas, juntam-se os “dramaticamente rejubilantes” Drama e Beiço, e sucessivos concertos, em vários locais do burgo, que incluem participações das três bandas filarmónicas de Ourém, da AMBO e da Ourearte. Os restaurantes, as praças e o castelo vão ter gastronomia de inspiração judaica servida por restaurantes e coletividades.

A organização é do Município de Ourém. Associam-se várias parcerias, como as da OurémViva, Fundação da Casa de Bragança, Turismo do Centro, Instituto Politécnico de Tomar, Juntas de Freguesia de Nossa Senhora das Misericórdias e Piedade, Restaurantes da Vila Medieval e coletividades participantes no evento.

Trânsito condicionado na Vila Medieval

O Festival irá obrigar a medidas restritivas durante esse fim-de-semana, designadamente o corte de trânsito e restrições de estacionamento (salvaguardando emergências e situações fundamentadas). Os moradores/proprietários de estabelecimentos poderão levantar livros de trânsito na Galeria da Vila Medieval – Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Misericórdias entre os dias 1 e 8 de setembro. Poderão utilizar estritamente o estacionamento municipal situado na encosta poente do castelo, excepto para cargas e descargas até 15 minutos para abastecimentos necessários no âmbito do evento. 

Pedimos antecipadamente compreensão pelos constrangimentos que estas medidas possam causar, assim como solicitamos o melhor envolvimento nesta iniciativa que se propõe dinamizar a Vila Medieval potenciando as suas melhores qualidades patrimoniais e históricas e valorizando a comunidade de Ourém.

Neste contexto, o Município de Ourém disponibilizará transporte gratuito de passageiros nos dias 10 e 11 de setembro, a partir do Centro de Negócios de Ourém até à Vila Medieval.

Ourém – Vila Medieval em Setembro

Património - História do Lugar – Multiculturalismo

Tema 2016: Diáspora e cultura judaica

10 e 11 de setembro na Vila Medieval de Ourém

Nos dias 10 e 11 de setembro, a Vila Medieval de Ourém vai ter uma cenografia que nos transporta para a herança histórica e cultural judaica em Ourém. Este projeto cultural parte da forte base identitária de Ourém, valorizando o património e a história da Vila Medieval, e cruza-se com outras culturas e trajetórias identitárias, no país e no mundo, através da diáspora e do transnacionalismo.

Rodrigo Leão é referência de uma vasta programação que inclui concertos, dança, cinema, literatura, conferências, gastronomia, caça ao tesouro para os mais novos e visitas guiadas pelos patrimónios da Vila Medieval. Nas ruas, à sefardita juntam-se danças e concertos. Nos restaurantes, nas praças e no castelo há sabores de inspiração judaica prontos a servir!

Dia 10 - Sábado

11h00 - Visita encenada à cripta do Conde de Ourém

             Local: Largo da Colegiada

15h00 - Abertura oficial 

               Sabores de inspiração judaica

               Música - Drama e Beiço

               Local: Largo da Colegiada

15h30 - Conferências sobre a herança judaica

             Saul António Gomes: “A presença judaica em Terras de Ourém”

             Carlos Veloso (Instituto Politécnico de Tomar): “Imagem do Judeu na Cultura Portuguesa”

             Gabriela J. Benner: "A imagem do judeu na arte medieval na Península Ibérica"             

             Local: Galeria da Vila Medieval

16h30 - Música - Drama e Beiço

               Local: Castelo

17h15 - Música - Associação Filarmónica 1.º de Dezembro     

              Local: Largo do Pelourinho

17h30 -  Judaica, Mostra de Cinema e Cultura

            Direção de Elena Piatok

            Documentário: A Escandalosa Sophie Tucker

            Realizador: William Gazecki

            EUA I 2015 I 96’

            Inglês; leg. português

           Local: Galeria da Vila Medieval

18h00 - Música - Drama e Beiço

               Local: Largo da Colegiada

18h30 - Danças tradicionais da Europa

              Local: Largo da Colegiada

20h00 - Música - Sociedade Filarmónica Ouriense

               Local: Largo da Colegiada

21h00 Música - Drama e Beiço

              Local: Largo do Pelourinho

 

22h00 - Concerto Mellech Mechaya

23h30 - Concerto Pás de Problème

               Local: Castelo

Dia 11 - domingo

9h30 - Curto-circuito “As vinhas do Vale das Silveiras”

             Local: Largo do Pelourinho

10h00 - Caça ao tesouro “Houve sinagoga em Ourém!”

               Local: Largo da Colegiada

12h00 - Sabores de inspiração judaica (início)

14h00 - Música sefardita - As Louçanas

               Local: Largo da Colegiada

15h00 - Espetáculo de dança contemporânea Diáspora e cultura judaica - Arabesque

               Local: Castelo

15h45 - Música de inspiração judaica - AMBO

               Local: Largo D. João Manso

16h00 - Lançamento do livro A Inquisição em Ourém, de Jorge Martins

               Intervenção do Presidente da direção da Comunidade Israelita de Lisboa, Gabriel Steinhardt

               Local: Pousada Conde de Ourém

17h00- Música sefardita - As Louçanas

              Local: Castelo

17h30 - Música Ourearte

               Local: Largo do Pelourinho

18h00 - Judaica, Mostra de Cinema e Cultura  

              Direção de Elena Piatok

              Documentário: Faça Hummus, Não Guerra

              Realizador: Trevor Graham

              Austrália | 2012  |77'

              Inglês, árabe e hebraico; leg. português

18h30 - Danças tradicionais da Europa

               Local: Largo da Colegiada

 19h30 - Música sefardita - As Louçanas

               Local: Largo da Colegiada

21h30 - Concerto Rodrigo Leão (Castelo)

Concertos, dança, cinema, literatura, conferências, gastronomia e visitas guiadas

Transfer entre o Centro de Negócios (cidade) e o Largo da Colegiada (Vila Medieval) durante o horário do festival.

Organização: Município de Ourém

Parceiros:

- OurémViva

- Fundação da Casa de Bragança

- Turismo do Centro

- Rede Portuguesa de Judiarias

- Instituto Politécnico de Tomar

- JUDAICA

- Junta de Freguesia de Nossa Senhora das Misericórdias

- Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Piedade

- Pousada Conde de Ourém

- Restaurantes da Vila Medieval e coletividades participantes

Agradecimentos: Menemsha Fils; Yarra Bank Films



publicado por Carlos Gomes às 14:32
link do post | favorito

Segunda-feira, 8 de Agosto de 2016
ORGANISTA GIAMPAOLO DI ROSA REALIZA CONCERTO NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA

100 anos de Melodias Marianas no 5º concerto do Ciclo de Órgão na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Concerto de Giampaolo Di Rosa realiza-se no dia 14 de agosto, pelas 15h30

O quinto concerto do Ciclo do Órgão, promovido pelo Santuário de Fátima no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, será realizado por Giampaolo Di Rosa, este domingo, dia 14 de agosto, pelas 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

concerpaolo.jpg

Giampaolo Di Rosa é o organista titular da Igreja de Santo António dos Portugueses, em Roma e da Catedral de Vila Real. O programa vai ser composto, na sua totalidade, por improvisações sobre hinos e melodias relacionados com Fátima, compostos e cantados ao longo destes 100 anos de história.

Giampaolo Di Rosa é doutorado em análise musical, completou na Europa os estudos de piano, órgão, cravo, música de câmara, interpretação historicamente informada, composição, teoria e análise.

Com um repertório que abrange todas as épocas históricas, para além da improvisação das próprias obras e transcrições para órgão, o músico interpreta ciclos integrais de alguns compositores, entre os quais Johann Sebastian Bach, desenvolve atividade de concertista no mundo inteiro e dedica-se, também, ao ensino, investigação e assessoria para diferentes instituições, como a Santa Casa da Misericórdia de Guimarães e a Catedral de León em Espanha. Assumiu, desde 2008, a direção artística para a atividade musical do Instituto Português de Santo António, em Roma. O Presidente da República conferiu-lhe, em 2010, o grau de Oficial do Infante D. Henrique

Giampaolo Di Rosa é um dos seis organistas convidados pelo Santuário de Fátima para o Ciclo do órgão, composto por seis concertos e que integra o vasto programa musical oferecido pelo Santuário da Cova da Iria no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, propondo um repertório criado em diversas épocas e geografias, com estilos variados.

Os peregrinos de Fátima podem escutar obras que representam períodos de 100 anos de música alemã, francesa, música sacra, música contemporânea e, ainda, hinos marianos.

Estes concertos, que permitirão a fruição das capacidades expressivas do órgão de tubos da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, re-estruturado, prolongam-se até outubro.

No próximo, a 9 de outubro, o organista titular do Santuário de Fátima, João Santos, interpretará 100 Anos de Música Francesa, encerrando este Ciclo.



publicado por Carlos Gomes às 14:12
link do post | favorito

Sábado, 6 de Agosto de 2016
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM DÁ MÚSICA ÀS QUINTAS-FEIRAS

Quintas com música agosto 16.jpg



publicado por Carlos Gomes às 12:30
link do post | favorito

Quinta-feira, 21 de Julho de 2016
AMANHÃ HÁ JAZZ NA PRAÇA EM OURÉM

JazznaPraca (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 00:02
link do post | favorito

Quarta-feira, 20 de Julho de 2016
TÓ TRIPS E JOÃO DOCE ATUAM NA VILA MEDIEVAL DE OURÉM

Tó Trips, fundador de vários projetos musicais de sucesso e considerado um dos músicos portugueses mais respeitados da atualidade, está de volta à Vila Medieval de Ourém. No próximo dia 23 de julho, pelas 21h30, o Castelo Medieval vai receber o fundador dos Dead Combo, desta vez acompanhado pelo percussionista angolano João Doce.

Cartaz_Tó_Trips_e_João_Doce (2).jpeg

João Doce conheceu Tó Trips em 2004, na tour dos Wraygunn e aí nasceu uma forte amizade. “Sumba” nasce da necessidade criativa de dois músicos talentosos que, acima de tudo, são amigos. É um exercício livre, espontâneo, experimental e tribalista. Tal como a Ilha de Sumba na Indonésia, também estes 5 temas primam pela biodiversidade.

Os bilhetes que dão acesso ao concerto têm o custo de 5€ e são limitados à lotação do espaço. Pode garantir o seu presencialmente, no Museu Municipal de Ourém - Casa do Administrador, ou através dos contactos telefónicos 249 540 900 (ext. 6831) e 910 502 917, ou ainda, se preferir, realizar a reserva através do e-mail museu@mail.cm-ourem.pt.

Mais informações sobre a temporada de concertos na Vila Medieval de Ourém aqui: http://www.ourem.pt/attachments/article/2382/Flyer%20Concertos%20Vila%20Medieval%20Verso%202016%20copiar.pdf

 



publicado por Carlos Gomes às 14:29
link do post | favorito

Terça-feira, 19 de Julho de 2016
OURÉM TEM “MÚSICAS NA PRAÇA” DURANTE TODO O VERÃO

O Município de Ourém vai proporcionar aos ourienses concertos com diferentes sonoridades que vão animar as noites de verão, na Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida. Nas próximas sextas-feiras de julho e agosto (excluindo o dia 5 de agosto em que se celebra a Festa das Comunidades Portuguesas), os ourienses terão a oportunidade de usufruir de concertos de jazz, fado, música popular portuguesa e música pop/alternativa, numa iniciativa que pretende dinamizar as Praças da Cidade.

JazznaPraca.jpg

O primeiro espetáculo está agendado para o próximo dia 22 de julho com a atuação da banda de jazz “Lady Sunday”, a partir das 22h30. A fechar o mês de julho, segue-se no dia 29 a banda de covers “Zukutru”. A 12 de agosto será dado destaque à música popular portuguesa, com a atuação dos ourienses “Romeiros”. Na sexta-feira, dia 19 de agosto, o palco da Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida será a casa de uma noite de fados, e a finalizar a programação a banda “Sigma” de covers alternativos atuará a 26 de agosto.

A programação da iniciativa “Músicas na Praça” tem por objetivo animar as ruas da Cidade de Ourém e proporcionar oferta cultural diversificada e de qualidade durante todo o verão, a todos os munícipes. A entrada nos espetáculos é livre.



publicado por Carlos Gomes às 21:21
link do post | favorito

Segunda-feira, 18 de Julho de 2016
SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA OFICINAS MUSICAIS CRIATIVAS

Segunda edição das Oficinas Musicais Criativas 2016 terminou este domingo

Atividade inserida nas comemorações do Centenário das Aparições contou com oito crianças dos 7 aos 10 anos

ofimusicriat.jpg

A segunda edição das Oficinas Musicais Criativas(OMC) de 2016 terminou este domingo com um espetáculo de música e teatro de sombras apresentado às famílias, no Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima, onde decorreu a iniciativa nos últimos quatro dias.

Inseridas na celebração do Centenário das Aparições, as OMC que se realizam pelo quarto ano consecutivo, repartidas este ano em três edições, permitiram, uma vez mais, desenvolver diferentes actividades, todas elas procurando aliar à componente musical a leitura e o  teatro, a dança e a pintura, ajudando as crianças a contactar de modo informal e de forma lúdica com os conteúdos da Mensagem de Fátima, num contexto de grande espiritualidade.

“Este ano apostámos particularmente na expressão dramática porque sentimos que as crianças estavam mais confortáveis” disse à Sala de Imprensa Helena Brites.

“Cada grupo é muito específico e temos de nos ajustar a ele. Este em particular não tinha grande experiência dos instrumentos musicais e por isso optámos por outras manifestações, mas estamos muito satisfeitas porque o objetivo foi plenamente alcançado”, disse ainda a monitora que juntamente com Tania Lhera orienta estas oficinas, contando com a colaboração das irmãs da Aliança de Santa Maria.

Privilegiando as atividades ao ar livre, os vários ateliês decorreram por todo o santuário mariano, desde o recinto aos Valinhos, Casa Museu, Casa das Candeias, exposições, Capelinha, Basílica de Nossa Senhora do Rosário e Basílica da Trindade, tornando as crianças verdadeiras protagonistas de aventuras, proporcionando-lhes diversão num contexto cristão e espiritualmente enriquecedor.

A sessão de encerramento da 2ª edição das OMC 2016, já com a presença dos pais, começou com a interpretação do Avé de Fátima, seguiu-se uma dança de grupo, e prosseguiu com um teatro de sombras, durante o qual foi narrada a história das aparições de Nossa Senhora. Terminou com um momento musical improvisado com declamação de algumas poesias feitas e ditas pelas próprias crianças.

Estas Oficinas realizam-se pelo quarto ano consecutivo, este ano com a particularidade de terem sido alargadas a bébés e crianças com menos de oito anos.

A experiência com os mais pequenos decorreu em abril e circunscreveu-se a 45 minutos por sessão com crianças entre os 4 meses e os sete anos de idade.

A terceira edição deste ano tem o inicio agendado para a próxima quinta feira, dia 21 de julho, prolongando-se até domingo e já conta com 17 jovens inscritos, com idades compreendidas entre os 11 e os 14 anos.



publicado por Carlos Gomes às 22:46
link do post | favorito

OURÉM REALIZA FESTA DAS COMUNIDADES PORTUGUESAS

Ourém promove Festa das Comunidades Portuguesas com Roberto Leal e Clemente

É já no próximo dia 5 de agosto que Ourém vai receber os artistas Roberto Leal e Clemente, dois nomes consagrados do panorama musical português que vão animar a Festa das Comunidades Portuguesas. Com este evento, o Município de Ourém pretende homenagear as comunidades portuguesas espalhadas pelo Mundo e, em particular, as comunidades ourienses que nesta altura do ano vêm até à sua terra natal.

FestaComunidadesPortuguesasagosto2016 (1).jpg

Ourém quer receber os seus conterrâneos de braços abertos com um grande programa festivo que contemplará a celebração do 45º aniversário de carreira dos artistas Roberto Leal e Clemente, e ainda as atuações do Grupo de Cantares Populares de Fontainhas de Seiça – ASCF e do Grupo de Cavaquinhos da Associação, Cultural, Recreativa e Desportiva de Moita Redonda.

A Festa das Comunidades Portuguesas decorrerá no Parque da Cidade António Teixeira com serviço de bar e restauração no recinto do espetáculo. Esta iniciativa de entrada livre é uma organização do Município de Ourém, em parceria com a empresa municipal OurémViva e a Fundação Histórico - Cultural Oureana.



publicado por Carlos Gomes às 22:35
link do post | favorito

Sábado, 16 de Julho de 2016
TÓ TRIPS E JOÃO DOCE REALIZAM CONCERTO NO CASTELO DE OURÉM

Concerto To Trips abril 2016.jpg



publicado por Carlos Gomes às 13:45
link do post | favorito

Quarta-feira, 13 de Julho de 2016
TÓ TRIPS E JOÃO DOCE ATUAM NA VILA MEDIEVAL DE OURÉM

Tó Trips, fundador de vários projetos musicais de sucesso e considerado um dos músicos portugueses mais respeitados da atualidade, está de volta à Vila Medieval de Ourém. No próximo dia 23 de julho, pelas 21h30, o Castelo Medieval vai receber o fundador dos Dead Combo, desta vez acompanhado pelo percussionista angolano João Doce.

Cartaz_Tó_Trips_e_João_Doce (1).jpeg

João Doce conheceu Tó Trips em 2004, na tour dos Wraygunn e aí nasceu uma forte amizade. “Sumba” nasce da necessidade criativa de dois músicos talentosos que, acima de tudo, são amigos. É um exercício livre, espontâneo, experimental e tribalista. Tal como a Ilha de Sumba na Indonésia, também estes 5 temas primam pela biodiversidade.

Os bilhetes que dão acesso ao concerto têm o custo de 5€ e são limitados à lotação do espaço. Pode garantir o seu presencialmente, no Museu Municipal de Ourém - Casa do Administrador, ou através dos contactos telefónicos 249 540 900 (ext. 6831) e 910 502 917, ou ainda, se preferir, realizar a reserva através do e-mail museu@mail.cm-ourem.pt.

Mais informações sobre a temporada de concertos na Vila Medieval de Ourém aqui: http://www.ourem.pt/attachments/article/2382/Flyer%20Concertos%20Vila%20Medieval%20Verso%202016%20copiar.pdf



publicado por Carlos Gomes às 14:03
link do post | favorito

Terça-feira, 12 de Julho de 2016
SANTUÁRIO DE FÁTIMA ORGANIZA OFICINAS MUSICAIS

Santuário de Fátima promove Oficinas Musicais Criativas para crianças dos 8 aos 10 anos

Iniciativa realiza-se pelo quarto ano consecutivo e insere-se nas celebrações do Centenário das Aparições

sant2fat.jpg

O Santuário de Fátima realiza entre 14 e 17 de julho a quarta edição das Oficinas Musicais Criativas, destinadas a crianças entre os 8 e os 10 anos de idade.

O acolhimento das crianças decorrerá no dia 14 de julho a partir das 17h00, no Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima, onde decorrerá esta oficina, a segunda a ter lugar este ano.

Durante estes três dias, os jovens são convidados a partir à descoberta da mensagem e do fenómeno de Fátima através das artes performativas- teatro, dança e música- acompanhados de forma permanente pelas monitoras Helena Brites e Tânia Lhera e pelas religiosas da Aliança de Santa Maria.

Privilegiando as atividades ao ar livre, os vários ateliês decorrem por todo o santuário mariano, desde o Recinto aos Valinhos, Casa Museu, Casa das Candeias, Exposições, Capelinha, Basílica de Nossa Senhora do Rosário e Basílica da Trindade, para que os participantes se sintam verdadeiros protagonistas de aventuras e se possam divertir num contexto cristão e espiritualmente enriquecedor.

De 21 a 24 de julho realiza-se uma nova Oficina com crianças entre os 11 e os 14 anos de idade. Recorde-se que em abril o Santuário promoveu, pela primeira vez, uma oficina para bébés e crianças, entre os 4 meses e os sete anos, com uma duração mais reduzida.

Esta iniciativa insere-se no programa comemorativo do Centenário das Aparições, utilizando as artes como mediadores ilustrativos da vivência da mensagem de Fátima.

Para mais informações contactar comunicacaosocial@fatima.pt

 



publicado por Carlos Gomes às 16:40
link do post | favorito

Sábado, 2 de Julho de 2016
TÓ TRIPS E JOÃO DOCE REALIZAM CONCERTO NO CASTELO DE OURÉM

Concerto com Tó Trips e João Doce

Castelo de Ourém – Vila Medieval de Ourém

23 de julho - 21h30

Ingresso: 5€ (crianças até 12 anos gratuito)

Bilhetes limitados à lotação do espaço

Inscrições: Museu Municipal de Ourém, de terça a domingo das 9h às 13h e das 14h às 18h.

Tel: 249 540 900 (ext. 6831) ׀ tlm: 919 585 003 ׀ e-mail: museu@mail.cm-ourem.pt | www.museu.cm-ourem.pt

Co‐fundador de marcos da recente música nacional,como é o caso dos Dead Combo. Tó Trips lançou em 2009 o seu primeiro álbum a solo, ‘Guitarra66’. Regressou em 2015 com o novo disco “Guitarra Makaka Danças a um Deus Desconhecido”. Ao vivo, na senda de levar 3o “Guitarra Makaka” pelo país fora, Tó convidou e construiu um espectáculo cúmplice e entusiasmante com o percussionista João Doce, reputado músico angolano residente em Esmoriz, Aveiro, sobejamente (re)conhecido como membro dos Wray Gunn e colaborador de The Legendary Tigerman.

Concerto To Trips abril 2016.jpg

 



publicado por Carlos Gomes às 18:53
link do post | favorito

Quinta-feira, 30 de Junho de 2016
SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALIZA CICLO DE ÓRGÃO NA BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA

100 anos de Música Sacra no 4º concerto do Ciclo de Órgão na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Concerto de Filipe Veríssimo realiza-se no dia 10 de julho, pelas 15h30

O quarto concerto do Ciclo do Órgão, promovido pelo Santuário de Fátima no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, será realizado por Filipe Veríssimo, no próximo dia 10 de julho pelas 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

fatima100.jpg

 

Para além de duas obras referenciando temas marianos – A Tocata, Fuga e Hino sobre o Ave maris stella (1931) de Flor Peeters e Salve Regina (1877) de Franz Liszt - o organista titular da Igreja de Nossa Senhora da Lapa, no Porto, interpretará ainda a monumental Sinfonia da Paixão de Marcel Dupré, obra emblemática do início do séc. XX.

Filipe Veríssimo nasceu no Porto, em 1975. É licenciado em Música Sacra pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, onde estudou Órgão (literatura e improvisação), Direção de Coro e Direção de Orquestra. Posteriormente aperfeiçoou os estudos de órgão em Paris com Olivier Latry e Eric Lebrun.

Em 2002 foi nomeado Mestre de Capela e Organista Titular da Igreja de Nossa Senhora da Lapa, no Porto. Desde então tem uma intensa atividade como organista e diretor de coro e de orquestra, promovendo e desenvolvendo a música para órgão e a música coral sacra e litúrgica em Portugal.

Realizou concertos nos principais festivais de música portugueses e europeus. Integrou uma equipa internacional de organistas que apresentou em diversos locais da Europa a obra La Revolte des Orgues para grande órgão, oito órgãos positivos e percussão do célebre organista e compositor Jean Guillou. Neste contexto destacam-se os concertos realizados na Catedral de Bordéus (2009), na Philharmonie em Gasteig de Munique (2010), na Philharmonie de Colónia (2010) e na Philharmonie de Gdansk (2011).

Enquanto Mestre de Capela, desenvolve um intenso trabalho que visa dotar a Igreja de Nossa Senhora da Lapa de uma estrutura musical ao nível das maiores Basílicas e Catedrais europeias, interpretando grandes temas da música internacional. Tem-se dedicado, ainda, à estreia de várias obras do Cónego Ferreira dos Santos e foi o organista da eucaristia presidida pelo Papa Bento XVI na Avenida dos Aliados, no Porto em 2010.

Em 2003, fundou o Porto Galante Ensemble, conjunto vocal e instrumental que se dedica à prática musical historicamente informada. Tem dirigido com regularidade a orquestra Concilium Musicum de Viena e a Orquestra Clássica da Madeira.

Filipe Veríssimo é um dos seis organistas convidados pelo Santuário de Fátima para o Ciclo do órgão, composto por seis concertos e que integra o vasto programa musical oferecido pelo Santuário da Cova da Iria no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, propondo um repertório criado em diversas épocas e geografias, com estilos variados.

Os peregrinos de Fátima podem escutar obras que representam períodos de 100 anos de música alemã, francesa, música sacra, música contemporânea e, ainda, hinos marianos.

Estes concertos, que permitirão a fruição das capacidades expressivas do órgão de tubos da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, re-estruturado, prolongam-se até outubro.

No próximo, a 14 de agosto, Giampaolo Di Rosa percorre 100 Anos de Melodias Marianas, com recurso a improvisações, e a 9 de outubro, o organista titular do Santuário de Fátima, João Santos, interpretará 100 Anos de Música Francesa, encerrando este Ciclo.

Os concertos são abertos ao público em geral.



publicado por Carlos Gomes às 20:48
link do post | favorito

Quarta-feira, 8 de Junho de 2016
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM DÁ MÚSICA ÀS QUINTAS-FEIRAS

Quintas com Música no Museu

23 de JUNHO às 19h00

No Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador

No próximo dia 23 de junho o Museu Municipal de Ourém levará a cabo mais uma edição da rubrica “Quintas com música no Museu”, com atuação da Associação Filarmónica 1º de Dezembro, numa iniciativa gratuita.

ENTRADA LIVRE

Horário de funcionamento: terça-feira a domingo – das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Contactos: tel.: 249540900 (6831) | tlm: 919585003 | 910502917 | museu@mail.cm-ourem.pt |www.museu.cm-ourem.pt

13346422_797044403729616_3571493179091555095_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:17
link do post | favorito

Terça-feira, 7 de Junho de 2016
ALBURITEL REALIZA FESTIVAL SONS DA SERRA

13014898_10209786502643168_729028882_n (1).png

 

 



publicado por Carlos Gomes às 23:58
link do post | favorito

Domingo, 5 de Junho de 2016
ALBURITEL RECEBE FESTIVAL SONS DA SERRA



publicado por Carlos Gomes às 10:56
link do post | favorito

RANCHO FOLCLÓRICO “MOLEIROS” DA RIBEIRA, DO OLIVAL E “ROMEIROS” DE OURÉM PARTICIPAM NA FEIRA INTERNACIONAL DE ARTESANATO EM LISBOA

À semelhança de anos anteriores, os “Artesãos Oureenses” vão levar à Feira Internacional de Artesanato os tecidos e os bordados típicos da nossa região, marcando desse modo presença e dando a conhecer os talentos artísticos da nossa região naquele que é considerado um dos maiores certames da especialidade. Pena é que não se verifique uma presença mais evidente de outros artesãos do concelho de Ourém e também na semana de gastronomia tradicional que decorre paralelamente a este evento, dando a conhecer as especialidades da nossa terra. A animar, vão estar presentes o Rancho Folclórico “Moleiros” da Ribeira, do Olival, e o Romeiros – Grupo de Música Tradicional de Ourém.

FIArtesanato 037

A Feira Internacional do Artesanato conta na sua 29ª edição com Alto Patrocínio do Presidente da República

De 25 de Junho a 3 de Julho a FIL, Fundação AIP, organiza a Feira Internacional de Artesanato e, pelo primeiro ano, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República. A maior festa intercultural na Península Ibérica e a segunda maior da Europa, organizada pela Fundação AIP com o apoio do IEFP, e que durante a sua história tem promovido todas as regiões e suas culturas, mobilizando as especificidades locais em prol do desenvolvimento nacional e crescimento económico, congratula-se com este acto de relevante simbolismo que, mais do que incentivar, responsabiliza a organização da FIA na continuação de um trabalho em que as tradições e o futuro crescem lado a lado.

Trechos Ourem2014 001

A 29ª edição da FIA Lisboa 2016 terá, como é habitual, um vasto programa em que constam exposições temáticas, prémios e concursos, ateliers, workshops, actuações musicais, jogos tradicionais e conferências. A FIA Lisboa 2016 assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais por via do artesanato, da gastronomia, das actividades culturais e turísticas, do património e recursos naturais e fontes de sustentabilidade da economia local, tendo aperfeiçoado, ao longo dos seus 28 anos de história, a simbiose entre economia e cultura, tradição e inovação.

A FIA traz à capital, durante 9 dias, profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, agentes da área da gastronomia tradicional, bem como interessados no artesanato enquanto manifestação cultural. Como tal, a FIA Lisboa 2016 regressa à FIL com novidades. Em destaque estarão novas áreas de exposição como o Espaço Design Nacional by LxD – Lisboa Design Show, que irá promover peças de joalharia, vestuário, calçado, mobiliário, entre outros, de origem nacional e também terá o Espaço Mixmarket, dirigido ao sector multiproduto e de origem não étnica.

Por mais um ano consecutivo FIA Lisboa 2016 conta com a Semana da Gastronomia Tradicional, que salienta o atractivo turístico-cultural da gastronomia e vinhos de Portugal e que integra o 3º Festival de Carnes Portuguesas Certificadas (DOP) e a 2ªedição do Mercado da Cerveja Artesanal.



publicado por Carlos Gomes às 00:32
link do post | favorito

Quinta-feira, 26 de Maio de 2016
OURÉM REALIZA ENCONTRO DE MÚSICA TRADICIONAL

13244636_506783116192274_1047001755225810820_n



publicado por Carlos Gomes às 11:07
link do post | favorito

Quarta-feira, 25 de Maio de 2016
BASÍLICA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA REALIZA CONCERTO DE MÚSICA CONTEMPORÂNEA

100 anos de Música Contemporânea preenchem 3º concerto do Ciclo de Órgão na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Concerto de António Mota realiza-se no dia 5 de junho

O terceiro concerto do Ciclo do Órgão, promovido pelo Santuário de Fátima no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, será realizado por António Mota, no próximo dia 5 de junho pelas 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

unnamed

O organista, que é também docente de Órgão na Universidade de Aveiro, mantém uma intensa atividade académica materializada em diversos artigos e estudos relacionados com o órgão. O repertório abordará 100 anos de música contemporânea, incluindo no programa a significativa Suite Mariale de Maleingreau.

O Ciclo do Órgão, composto por seis concertos, integra o vasto programa musical oferecido pelo Santuário de Fátima no âmbito do Centenário das Aparições de Fátima e propõe um repertório criado em diversas épocas e geografias, com estilos variados.

Assim, todos os peregrinos de Fátima podem escutar obras que representam períodos de 100 anos de música alemã, francesa, música sacra, música contemporânea e, ainda, hinos marianos.

Estes concertos, que permitirão uma fruição das capacidades expressivas do órgão de tubos da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, re-estruturado, prolongam-se até outubro. O próximo - 100 Anos de Música Sacra - será empreendido pelo organista Filipe Veríssimo a 10 de julho; a 14 de agosto Giampaolo Di Rosa percorre 100 Anos de Melodias Marianas, com recurso a improvisações, e a 9 de outubro, o organista titular do Santuário de Fátima, João Santos, interpretará 100 Anos de Música Francesa, encerrando este Ciclo. Recorde-se que foi inaugurado por Olivier Latry, organista titular da Catedral de Notre-Dame de Paris, com a estreia mundial da obra encomendada pelo Santuário de Fátima para a inauguração do Órgão de tubos da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Hû yeshûphekâ rô´sh, do compositor João Pedro Oliveira, baseada na primeira profecia sobre Maria, no Livro do Génesis.



publicado por Carlos Gomes às 10:02
link do post | favorito

Domingo, 22 de Maio de 2016
ALBURITEL REALIZA FESTIVAL SONS DA TERRA



publicado por Carlos Gomes às 16:32
link do post | favorito

Sábado, 14 de Maio de 2016
ALBURITEL REALIZA FESTIVAL SONS DA TERRA



publicado por Carlos Gomes às 21:49
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

CHORUS AURIS COMEMORA 46º...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

BANDA DE VILAR DE PRAZERE...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

GUITARRISTA LEIRIENSE REP...

BANDAS FILARMÓNICAS REALI...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA EDITA...

OURÉM VOLTA A RECEBER OS ...

DIA NACIONAL DAS BANDAS F...

MUNICÍPIO DE OURÉM PROMOV...

OURÉM DIVULGA FEIROURÉM

XIV FESTAMBO EM OURÉM SOM...

FÁTIMA REALIZA FESTIVAL D...

XIV FESTAMBO: CAXARIAS RE...

OURÉM REALIZA FESTIVAL DE...

ANDREA BOCELLI EM FÁTIMA ...

FESTAMBO ANIMA OURÉM

ALVAIÁZERE EXPÕE MÚSICAS ...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE P...

ANDREA BOCELLI EM FÁTIMA ...

IN POP ROCK FEST 2018 COM...

FESTIVAL DA CANÇÃO TRADIC...

“UM LOUVOR A MARIA” LEVA ...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

TOCADORES DE CONCERTINA R...

DJUMBAI DJAZZ REALIZA CON...

CORO DE BORDÉUS ATUA NO S...

VILA MEDIEVAL DE OURÉM RE...

RODRIGO LEÃO ATUA NA VILA...

ORGANISTA GIAMPAOLO DI RO...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

AMANHÃ HÁ JAZZ NA PRAÇA E...

TÓ TRIPS E JOÃO DOCE ATUA...

OURÉM TEM “MÚSICAS NA PRA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALI...

OURÉM REALIZA FESTA DAS C...

TÓ TRIPS E JOÃO DOCE REAL...

TÓ TRIPS E JOÃO DOCE ATUA...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA ORGAN...

TÓ TRIPS E JOÃO DOCE REAL...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA REALI...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

ALBURITEL REALIZA FESTIVA...

ALBURITEL RECEBE FESTIVAL...

RANCHO FOLCLÓRICO “MOLEIR...

OURÉM REALIZA ENCONTRO DE...

BASÍLICA DE NOSSA SENHORA...

ALBURITEL REALIZA FESTIVA...

ALBURITEL REALIZA FESTIVA...

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds