Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2018
FINAL DO CONCURSO NACIONAL JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA NA EHF FOI UM SUCESSO

A Escola de Hotelaria de Fátima recebeu, nos dias 4 e 5 de dezembro, a final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia 2018. E se receber este concurso em si já acarreta uma organização com um sem número de tarefas e logística, foram ainda realizadas diversas atividades que engrandeceram mais estes dois dias.

unnamed

Organizou-se o “Jantar à Luz das Estrelas”, apoiou-se a organização no Fórum: “Que Futuro para a Gastronomia de Portugal” e ainda nos orgulhamos do lançamento do prémio Francisco Vieira, em honra do eterno líder da INSIGNARE, de um Homem único, um visionário, um empreendedor, com um prestígio único no sector e que merece ser perpetuado.

Durante estes dois dias a Escola de Hotelaria de Fátima recebeu profissionais de renome nacionais e internacionais que, com a sua presença, tornaram o vento ainda mais interessante. A sua colaboração com júris, bem como a sua simpatia e partilha com os nossos alunos marcaram este certame com um elevado grau de qualidade.

- Final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia 2018

Esta foi a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que teve a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927.

Ao fim de 2 dias de competições, foram revelados os grandes vencedores das 8 categorias. Entre eles, estão 3 nomes com o cunho da Escola de Hotelaria de Fátima:

- COZINHA MAKRO

Ricardo Ruivo | Restaurante Feitoria – Ex-aluno da Escola de Hotelaria de Fátima

Reinterpretação da Caldeirada de Dourada e Carapau Enjoado

- COZINHA COM POLVO NACIONAL BRASMAR

Tiago Correia | EFTA / Quorum

O Polvo, a Cebola e os Tubérculos

- PASTELARIA ESPIGA

Andreia Carreira | Restaurante Bon Bon – Ex-aluna da Escola de Hotelaria de Fátima

Pêra Rocha, Noz, Queijo de Cabra e Moscatel

- COZINHA COM LEGUMES BONDUELLE

Gonçalo Carvalho | Taberna Ó Balcão

A Fataça dos Tempos Modernos

- COZINHA COM ARROZ BOM SUCESSO

Filipa Santos | Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa – Ex-aluna da Escola de Hotelaria de Fátima

Gelado de Arroz Doce, Crumble, Gelatina de Limão e Creme de Canela

- PETISCOS COM SUPER BOCK SELECÇÃO 1927

Josué Marques | Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre

O Frango Foi com as Urtigas

- BARMAN INTER MAGAZINE

João Costa | Bovino Steakhouse

Cocktail 1 – Margarida | Cocktail 2 – Easy Going

- ARTES DA MESA

Hugo Antunes | Escola Tecnológica e Profissional de Sicó

- Jantar à Luz das Estrelas

Na noite de 4 de dezembro, a Escola de Hotelaria de Fátima esteve de portas abertas para receber as 120 pessoas participantes no “Jantar à Luz das Estrelas” que foi confecionado e servido pelos alunos, sob a supervisão dos 5 chefes de cozinha e sala. O acolhimento e receção durante todo o jantar esteve a cargo dos alunos do curso de Turismo.

A Escola Profissional de Ourém também esteve associada ao evento, com o funcionamento de um mecanismo num apontamento de Natal e com a filmagem do evento através de um drone manobrado por um aluno.

Num ambiente intimista a Diretora da INSIGNARE, Carina João Oliveira, deu as boas-vindas e enquadrou a realização do jantar, bem como foram proferidas umas palavras pelo Presidente do Município do Ourém, Luís Albuquerque, que destacou o papel da INSIGNARE no concelho de Ourém.

A refeição decorreu de forma sequencial, promovendo aos participantes a degustação gastronómica de uma Ceia de Outono, confecionada pelos alunos de Cozinha/Pastelaria e Pastelaria/Padaria e servida pelos alunos de Restaurante/Bar.

No primeiro prato constava o tártaro de vieira em guacamole exótico, tempura de polvo sobre escabeche cremoso e o crocante de camarão em manta de alheira. Seguiu-se o supremo de bacalhau com creme de ervilhas, crocante de chouriço, ovo a baixa temperatura e a sua espuma. O prato principal foi denominado “Lombinho em paladares de Inverno” e os comensais puderam deliciar-se com um lombinho de porco envolto em bacon, sobre massa folhada, puré de batata-doce e legumes - cogumelos, espargos verdes e beterraba. Para fechar nada melhor que uma sobremesa que recordava os “Sabores de Infância”, com uma base de bolacha speculoos com chocolate branco e óleo de avelã, natas com nuttela, speculoos e gelatina e glaçage de chocolate. Na mesa constavam ainda os coloridos pão de espinafres e sementes de papoila, pão de alfarroba e pão de beterraba e sementes de sésamo.

O jantar foi finalizado com um agradecimento geral a todos os alunos e chefes envolvidos, que foram convidados a vir à sala, num aplauso coletivo de todos os presentes.

- Prémio "Francisco Vieira" apresentado no Fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal”

O Fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal” decorreu no Hotel Domus Pacis, na tarde do dia 5 de dezembro, e contou com a presença de jovens estudantes provenientes de várias escolas de hotelaria e turismo do país.
No âmbito do Fórum foi lançado o prémio Francisco Vieira, que pretende galardoar o pensamento criativo, a melhor ideia que apresente uma solução para um problema no sector da hotelaria e restauração, envolvendo gastronomia. Poderão concorrer a este prémio os jovens estudantes das escolas onde se ensinam os temas da gastronomia, relacionada com a hotelaria e o turismo em Portugal. Os alunos poderão concorrer individualmente ou em grupo, bem como jovens profissionais em exercício da sua atividade, desde que residentes em Portugal, e que tenham até 30 anos de idade.

O Fórum contou com momentos de debate entre profissionais das várias artes a concurso no JTG, e também demonstrações gastronómicas (cozinha, pastelaria) por reputados cozinheiros nacionais, e ainda com a entrega dos prémios a todos os vencedores.

O auditório estava cheio, cerca de 250 pessoas tiveram presença na última tarde do concurso nacional JTG.



publicado por Carlos Gomes às 21:11
link do post | favorito

Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2018
3 EX-ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA, VENCEM JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA 2018

3 dos 6 ex-alunos finalistas da 7ª edição do Concurso Nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018, venceram hoje nas suas categorias. São eles:

- Andreia Carreira - Pastelaria Espiga

- Filipa dos Santos - Cozinha com Arroz Bom Sucesso

- Ricardo Ruivo - Cozinha Makro

unnamed (1)

Esta foi a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que teve a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso. Trata-se de um concurso composto por 8 provas distintas: Artes da Mesa; Barman Inter Magazine; Cozinha Makro; Cozinha com Polvo Nacional Brasmar; Cozinha com Legumes Bonduelle; Tradição com Arroz Bom Sucesso; Pastelaria Espiga e Petiscos com Super Bock Selecção 1927. Podem concorrer todos os estudantes de hotelaria e restauração a frequentar as escolas em Portugal, ou jovens empregados que tenham terminado os estudos no ano letivo anterior ao ano corrente, e que tenham idade igual ou inferior a 25 anos.

De referir que a Final Nacional do JTG, deste ano aconteceu ontem e hoje, na Escola de Hotelaria de Fátima, contando também com o apoio do Município de Ourém. Durante a tarde de hoje teve lugar o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estiveram reunidos os profissionais do presente e futuro.

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 19:53
link do post | favorito

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUNICIPAL

Capturar1

Capturar2


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:38
link do post | favorito

NATAL EM OURÉM TEM DESCONTOS DO MENINO JESUS

Digitais


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 15:45
link do post | favorito

Terça-feira, 4 de Dezembro de 2018
CÂMARA APROVA APOIO À RECONSTRUÇÃO DO MERCADO DO PEIXE EM FREIXIANDA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou por maioria, com as abstenções dos vereadores da oposição, a atribuição de um apoio financeiro para a Reconstrução do Mercado do Peixe, em Freixianda, sob a forma de um protocolo de colaboração entre o Município de Ourém e a União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais.

O projeto de Reconstrução do Mercado do Peixe em Freixianda foi objeto de candidatura, por iniciativa da União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais junto do Turismo de Portugal, I.P, tendo merecido a concessão de um financiamento não reembolsável de 300 mil euros. O protocolo agora aprovado prevê um apoio financeiro do Município num montante de 70.396,42 € que corresponde a 70% da componente própria prevista suportar pela União de Freguesias, no âmbito do investimento a realizar. O projeto em causa pretende reconstruir o edifício centenário onde decorre semanalmente o mercado do peixe da Freixianda e dotá-lo de uma valência cultural, com estruturas de apoio que permitam desenvolver atividades de carater lúdico e cultural, para usufruto da população do norte do concelho.



publicado por Carlos Gomes às 19:09
link do post | favorito

CÂMARA APROVA PROJETO DE EXECUÇÃO PARA REABILITAÇÃO DA VILA MEDIEVAL DE OURÉM

Foi aprovado em Reunião de Câmara pública de 3 de dezembro, o projeto de execução da intervenção de reabilitação de vários espaços públicos da Vila Medieval de Ourém, na envolvente da antiga Sé Colegiada, numa área de aproximadamente 4300 m2.

O processo em causa, que integra as especialidades de Arquitetura paisagista, estruturas, águas e esgotos e infraestruturas elétricas, pretende promover a melhoria da qualidade de vida da população e promover a revitalização do centro histórico da Vila Medieval de Ourém, com um investimento estimado em 413 mil € + IVA.

Esta intervenção visa complementar a empreitada de requalificação do Castelo e Paço do Conde, que se encontra a aguardar o visto do Tribunal de Contas.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:08
link do post | favorito

ABERTURA PROCEDIMENTO DE REVISÃO DO REGULAMENTO DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

Foi submetido e aprovado em Reunião de Câmara do dia 3 de dezembro o procedimento de alteração e revisão do atual Regulamento de apoio ao Associativismo Cultural e Desportivo do Município de Ourém atualmente em vigor. Este foi assim o primeiro passo de um processo que culminará com a aprovação de um novo documento orientador de distribuição de verbas para a atividade associativa no concelho.



publicado por Carlos Gomes às 19:06
link do post | favorito

ELABORAÇÃO DO PLANO DE URBANIZAÇÃO DE OURÉM E REVISÃO DO PLANO DE URBANIZAÇÃO DE FÁTIMA

Foi aprovado na reunião de câmara do dia 3 de dezembro o procedimento que permitirá a elaboração e aprovação do Plano de Urbanização de Ourém (PUO). Este procedimento que agora se inicia permite definir a estrutura da cidade a uma escala de maior pormenor, que não é concretizada no Plano Diretor Municipal, único instrumento que engloba a totalidade da área de intervenção do PUO.

Os termos de referência para a proposta do PUO passam por afirmar a cidade no sistema urbano municipal enquanto sede administrativa, pela necessidade de a ordenar tendo em conta a articulação com o edificado existente, assim como a identificação dos valores culturais e naturais a proteger, criando condições para a promoção e utilização turísticas. Foram ainda tidos em conta termos como a reorganização da circulação, estacionamento e acessibilidades dentro da cidade bem como a necessidade de fomentar a localização das atividades comerciais e de apoio à população e empresas.

Foram ainda aprovados na mesma reunião de câmara os termos de referência para o procedimento de elaboração da revisão do Plano de Urbanização de Fátima (PUF), cumprindo com o disposto no artigo 76.º do RJIGT. Esta revisão visa criar um território mais competitivo e contribuir, de igual modo, para uma melhoria da dinâmica urbanística e do crescimento económico e social, preservando ao mesmo tempo os valores ambientais e paisagísticos, numa ótica de sustentabilidade. O novo PUF define, igualmente, regras claras de atuação sobre o espaço através da organização e consolidação da malha existente com a redefinição de critérios e orientações de edificabilidade reforçando uma imagem de qualidade. A revisão agora em curso visa ainda melhorar a circulação viária e pedonal, estacionamento, bem como a criação de espaços públicos que contribuam para a satisfação da população. Foi ainda fundamento para esta revisão, a necessidade de redefinir uma rede de equipamentos de utilização coletiva que sustente e dignifique o desenvolvimento objetivado, bem com a dinamização do turismo, traduzindo-se na oferta de emprego.

A Câmara Municipal aprovou ainda estabelecer um prazo, não inferior a 15 dias, para a formulação de sugestões e para a apresentação de informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no âmbito dos respetivos procedimentos de elaboração e revisão dos planos, respeitando o n.º 2 do artigo 88.º do RJIGT.



publicado por Carlos Gomes às 19:05
link do post | favorito

REVISÃO DO PLANO MUNICIPAL DE EMERGÊNCIA DE PROTEÇÃO CIVIL DE OURÉM

O Município de Ourém, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, elaborou uma proposta de revisão do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil (PMEPC) de Ourém, plano que estava em vigor desde 1999 e que, desde então, não tinha sofrido qualquer atualização/revisão.

O Município entendeu que, face às evoluções territoriais e socioeconómicas entretanto verificadas, o atual plano encontrava-se desadequado face à legislação e, como tal, fazia sentido proceder à sua revisão.

O processo de aprovação do novo plano foi submetido e aprovado em reunião de câmara realizada no dia 3 de dezembro, sendo de seguida remetido para a Comissão Municipal de Proteção Civil a fim de seguir os trâmites legais para a sua aprovação.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 19:04
link do post | favorito

BLOGUE AUREN DESEJA BOAS FESTAS!

CapturarAU


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 10:58
link do post | favorito

OURÉM RECEBE EMBAIXADA DA COREIA DO SUL

Embaixada da República da Coreia - Jantar tradicional Sul Coreano em Ourém

Do decurso de contactos já estabelecidos entre a Embaixada da República da Coreia e o Município de Ourém, a referida Embaixada manifestou e concretizou a intenção de realizar um jantar de gastronomia Sul Coreana no Concelho de Ourém.

O jantar decorreu na passada sexta-feira, dia 30 de novembro, na Escola de Hotelaria de Fátima, e beneficiou da confeção dirigida por quatro Chef’s de Universidade Coreana, contando também com o apoio da INSIGNARE EHF - Escola Profissional de Hotelaria de Fátimana preparação do processo de acolhimento.

A cerimónia teve como propósitos dar a conhecer tradições culturaisSul Coreanas na área da gastronomia a Portugal, especificamente, ao concelho de Ourém enquanto Município que acolhe o Santuário de Fátima, e fomentar oportunidades para a afirmação de relações comerciais, designadamente através do investimento económico na área da restauração no Município anfitrião. Esta manifestação está contextualizada na forte afluência turística do mercado asiático, expresso nomeadamente na Coreia do Sul, que representa cerca de 60 000 dormidas anuais na cidade de Fátima, que se traduz num importante potencial turístico para a região.

O Executivo Municipal regozija-se com a iniciativa da Embaixada da República da Coreia, pela escolha do Concelho de Ourém para este evento de degustação, e agradece a colaboração da INSIGNARE EHF e demais entidades parceiras que contribuíram para o sucesso do evento.



publicado por Carlos Gomes às 10:40
link do post | favorito

OURÉM É "MUNICÍPIO AMIGO DO DESPORTO"

O Município de Ourém foi recentemente reconhecido pela APOGESD (Associação Portuguesa de Gestão do Desporto) e pela Cidade Social como “Município Amigo do Desporto”. A adesão de Ourém ao programa concretizou-se no passado dia 29 de novembro com a assinatura do protocolo de colaboração pelo Sr. Presidente da Câmara.

O programa “Município Amigo do Desporto” constitui um grupo de boas práticas e de formação ao modelo de intervenção dos municípios no desenvolvimento desportivo, nomeadamente na organização, planeamento de instalações e eventos desportivos que promovam a atividade física, para a melhoria da qualidade de vida da população.

 A integração do Município de Ourém neste programa irá permitir que, em colaboração com o a APOGESD, a plataforma Cidade Social e com o apoio do Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, se passe a monitorizar, reconhecer e divulgar as boas práticas de intervenção, no âmbito municipal.

Neste momento, no distrito de Santarém, das 21 câmaras existentes, apenas 7 integram este programa, sendo Ourém uma delas.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 10:38
link do post | favorito

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO DE OURÉM FELICITA INSTITUIÇÕES OUREENSES QUE PARTICIPARAM NAS COMEMORAÇÕES DO DIA INTERNACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Agradecimento

No âmbito das Comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, realizou-se o espetáculo intitulado “Tarde da Diferença”, no dia 02 de dezembro de 2018, no Cineteatro de Ourém, pelas 15h.

A atividade foi dinamizada pelo Grupo da Diferença do qual fazem parte as instituições do Concelho que intervêm na área da Deficiência: Centro de Reabilitação e Integração de Ourém (CRIO), Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), Escola de Educação Especial “Os Moinhos” (E.E.E. “Os Moinhos”), Centro João Paulo II (CJPII) e Casa do Bom Samaritano, em colaboração com a Câmara Municipal de Ourém.

O evento teve como objetivos: sensibilizar a comunidade para a problemática da deficiência, promovendo a mudança de atitude, nomeadamente a compreensão e aceitação pela diferença; promover o convívio entre as pessoas, facilitando a interação com a comunidade; promover as capacidades, potencialidades das pessoas com deficiência, contribuindo para o seu crescimento e valorização pessoal e a sua integração social.

O Programa contou, na primeira parte, com as atuações das diversas instituições pertencentes ao Grupo da Diferença, em áreas tão diversas como a música, dança, o teatro entre outras. Na segunda parte contou com a participação do artista David Antunes que apadrinhou o evento.

Enquanto Presidente da Câmara, manifesto o meu apreço, estima e agradecimento para com estas instituições e todos os seus funcionários e corpos dirigentes, que prestam um serviço de excelência e que são um exemplo para todos nós.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 10:36
link do post | favorito

MUNICÍPIO DE OURÉM REFORÇA LAÇOS COM COREIA DO SUL

O Executivo Municipal recebeu, na noite de 30 de novembro, o embaixador da Coreia do Sul Chul Min Park, num jantar que decorreu na Escola de Hotelaria de Fátima.

8

O embaixador fez-se acompanhar por uma comitiva de cozinheiros liderada pelo reputado chef Gweon Oh-cheon, apoiado por dois cozinheiros sul-coreanos, auxiliados por três chefs de cozinha da Escola de Hotelaria de Fátima e uma brigada de alunos, que tiveram a oportunidade de experimentar as diversas técnicas e produtos da gastronomia sul-coreana.

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, acompanhado pelos Vereadores Isabel Costa e Rui Vital, proferiu palavras de agradecimento ao embaixador sul-coreano e restante equipa de chefs, pela mostra gastronómica que prepararam. Luís Miguel Albuquerque salientou também a importância que os turistas da Coreia do Sul representam para o turismo em Portugal, mais concretamente para a cidade de Fátima, sendo que estas parcerias estratégicas são fundamentais para ambas as partes, abrindo assim novos horizontes para o turismo religioso, com origem naquele país asiático.

O jantar contou também com a presença do Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, João Moura, e dos Vereadores Cília Seixo, José Reis e Estela Ribeiro. O Presidente da Junta de Freguesia de Fátima, Humberto Silva, marcou presença de igual forma, assim como o Presidente da ACISO, Domingos Neves e a Diretora Executiva da Insignare, Carina Oliveira.

1

5

7

10

11



publicado por Carlos Gomes às 09:51
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2018
FINAL NACIONAL DO JOVEM TALENTO DA GASTRONOMIA COMEÇA AMANHÃ

A Escola de Hotelaria de Fátima recebe, amanhã e quarta-feira, dias 4 e 5 de dezembro, a Final Nacional do Concurso Jovem Talento da Gastronomia.

unnamed

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que tem a EHF como um dos patrocinadores institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional, que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso.

Dia 4 de dezembro decorre o “Jantar à Luz das Estrelas”, a partir das 19H30, preparado pelos chefes da Escola, José Abelho, Lisa Silva e Yannick Génard, de cozinha, e José do Vale e Marco Graça, que asseguram o serviço de restaurante. O serviço será ainda apoiado por brigadas de alunos dos cursos de Turismo, Restaurante/Bar, Cozinha/Pastelaria e Pastelaria/Padaria.

No dia 5, a partir das 13H45, no Domus Pacis Fátima Hotel, decorre também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.

Fátima acolhe assim todas as outras escolas de hotelaria do país, seus representantes e grandes figuras nacionais nas áreas da gastronomia e restauração, e valoriza também os seus quadros na organização deste evento nacional, que distingue as áreas de Cozinha, Pastelaria, Artes da Mesa e Bar.

Foi decisivo o apoio da Câmara Municipal de Ourém para esta realização, que para além da valorização da INSIGNARE, promove ainda a cidade e o concelho aos olhos de jovens e profissionais de todo o país.



publicado por Carlos Gomes às 19:34
link do post | favorito

Sábado, 1 de Dezembro de 2018
AS APARIÇÕES DE FÁTIMA “SÃO CONSOLO QUE DEUS OFERECE AOS MEMBROS DA SUA IGREJA PEREGRINA”

- Afirmou o Padre Carlos Cabecinhas

O Santuário de Fátima inicia este domingo, 2 de dezembro, o novo Ano Pastoral durante o qual convida os peregrinos a “Dar Graças por Peregrinar em Igreja”, uma dimensão de eclesialidade sublinhada pela Mensagem de Fátima, disse esta tarde o Reitor do Santuário na jornada de apresentação do tema do ano.

unnamed (1)

“A mensagem de Fátima põe em destaque esta dimensão eclesial – a consciência de sermos povo de Deus –, que exprimimos com o tema `Dar graças por peregrinar em Igreja´. Esta dimensão eclesial da mensagem faz-se patente, de forma muito explícita, no chamado `Segredo´, na referência ao `Bispo vestido de branco´ e à Igreja peregrina e mártir” disse o Pe. Carlos Cabecinhas na sua alocução.

O responsável pelo Santuário, que foi o primeiro a usar da palavra na sessão de apresentação do tema do Ano Pastoral, presidida pelo Cardeal D. António Marto, sublinhou que esta consciência de ser Igreja experimenta-se, em Fátima, de “muitos modos”, desde a participação nas celebrações sacramentais; nas assembleias crentes que aqui se reúnem para a expressão comum da fé, para adorar a Deus, dar-Lhe graças e louvá-l’O; na união e comunhão com o Papa e na oração por ele, tão característica de Fátima.

Mas o tema do ano pretende sublinhar, por outro lado, que esta experiência de ser Igreja é dinâmica: “é uma peregrinação”, acrescentou o Reitor do Santuário.

“Neste caminho da Igreja, as Aparições de Fátima são consolo que Deus oferece aos membros da sua Igreja peregrina; são auxílio para o caminho. No longo peregrinar dos seus filhos, Maria apresenta o seu Coração Imaculado como refúgio e caminho”, afirmou.

“Este ano pastoral permitir-nos-á refletir sobre o sentido da peregrinação e sobre os traços mais característicos da peregrinação a Fátima. Permitir-nos-á refletir sobre o Santuário como meta de peregrinação e lugar de forte experiência de Igreja, porque lugar de forte experiência do Deus que congrega a Igreja e reúne o seu povo” esclareceu o Pe. Carlos Cabecinhas.

Por isso, conclui “o presente Ano Pastoral, que agora se inicia, convida-nos a encarar a mensagem de Fátima como meio para conseguir uma maior consciência eclesial e caminho eficaz para fortalecer o sentido de pertença eclesial, nomeadamente através da experiência comunitária da peregrinação.”

O novo Ano Pastoral será o segundo de um triénio, que inicia o segundo século de Fátima e que está a ser vivido como um “Tempo de Graça e de Misericórdia”.

Em 2019, o Santuário viverá dois centenários especialmente relevantes: o centenário da construção da Capelinha das Aparições e o centenário da morte de S. Francisco Marto. De resto, os cem anos da construção da Capelinha é o acontecimento inspirador do tema deste ano, lembrou o sacerdote, fazendo memória do relato da Aparição de 13 de outubro, na qual Nossa Senhora disse aos videntes: “Quero que façam aqui uma capela”. Essa capela foi o início do Santuário e constitui, ainda hoje, o seu “coração”.

“Em contexto cristão, o edifício da igreja – neste caso, a “capela” – é sempre símbolo da Igreja de pedras vivas que aí se reúne para celebrar a presença de Jesus Cristo. S. Pedro, na sua primeira epístola, exorta-nos a tomarmos consciência da nossa condição de “pedras vivas” que entram na construção de um edifício espiritual, a Igreja, e conclui: “Sois agora o povo de Deus” (1 Ped 2, 10). É esta consciência de sermos povo de Deus que desejamos aprofundar”, justificou.

O Reitor do Santuário destacou, também, a atenção especial que o Santuário destinará aos jovens, sobretudo a esse grande evento que será a Jornada Mundial da Juventude no Panamá, em janeiro de 2019, para onde se deslocará, a título excecional, a Imagem Nº 1 da Virgem Peregrina de Fátima, atendendo à importância do evento mas também ao itinerário mariano proposto pelo Papa Francisco que escolheu Maria como tema central da caminhada de preparação para a Jornada Mundial da Juventude de 2019.

Para a vivência deste novo ciclo pastoral de três anos, e deste ano pastoral em concreto, o Santuário volta a apostar no cartaz mensal que recordará, ao longo do ano, o tema que guia a vida do Santuário; uma catequese alusiva a São Francisco Marto nas alamedas do recinto de Oração e a oferta de um itinerário orante como proposta a todos os peregrinos.

Por outro lado, ao nível da formação e da reflexão, a Escola do Santuário proporá várias iniciativas todos os meses, desde Itinerários de Espiritualidade a Oficinas Pastorais, uma novidade que começa em fevereiro e dirigida a um público especifico. Ao nível da formação e da reflexão mantêm-se, ainda, o Simpósio Teológico-Pastoral anual e os Encontros na Basílica.

A nível cultural, além de um programa musical diversificado salienta-se a exposição temporária “Capela Múndi”, visitável diariamente até 15 de outubro do próximo ano, no Convivium de Santo Agostinho.

O Reitor do Santuário aproveitou ainda a sessão de abertura para fazer um balanço do ano que agora terminou e que “permitiu consolidar algumas práticas” iniciadas durante o centenário, mas agora aos “ritmos diários e habituais da vida do Santuário”.

“O caminho feito a nível celebrativo, com o cuidado das celebrações”; a oferta de “propostas de reflexão e aprofundamento da mensagem de Fátima” e a oferta cultural, “com a suas linguagens próprias para falar de Fátima” foram alguns dos exemplos apontados pelo Pe. Carlos Cabecinhas para evidenciar a dinâmica de vida do Santuário de Fátima neste segundo século.

Por outro lado, “a afluência de peregrinos, embora não atingindo os números excecionais de 2017, manteve-se muito elevada, com crescimento significativo de grupos de proveniências até há pouco tempo incomuns” referiu.

A jornada de apresentação do tema do novo Ano Pastoral, prosseguiu com uma conferência do diácono Rui Ruivo, seguida de um breve recital com o Coro do Santuário e a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima. A sessão terminou com uma intervenção do cardeal D. António Marto, bispo da diocese de Leiria Fátima.



publicado por Carlos Gomes às 22:37
link do post | favorito

SANTUÁRIO DE FÁTIMA A ABERTURA DO NOVO ANO PASTORAL

Jornada de abertura do novo ano pastoral de Fátima

Decorreu, esta tarde, a jornada de abertura do novo ano pastoral de Fátima, que tem por tema “Dar Graças por Peregrinar em Igreja”.

unnamed

A jornada iniciou com a inauguração da exposição “Capela Múndi”: exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições, com visita guiada pelo comissário da exposição, Marco Daniel Duarte, diretor do Museu do Santuário de Fátima.

Na sessão de abertura do novo ano pastoral, o Cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, afirmou que a Igreja deve prosseguir a sua peregrinação no Mundo e na História apesar das “poeiras que caem sobre ela”.

O reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, fez um balanço sobre o ano que agora terminou, deu a conhecer as propostas para o novo ano pastoral, e apresentou as Aparições de Fátima como “consolo que Deus oferece aos membros da sua Igreja peregrina”.

A apresentar o tema do ano esteve o diácono Rui Ruivo, da diocese de Leiria-Fátima, que destacou a importância de Fátima como lugar da peregrinação em Igreja.



publicado por Carlos Gomes às 22:33
link do post | favorito

FILARMÓNICA DE VILAR DOS PRAZERES REPRESENTA OURÉM E O DISTRITO DE SANTARÉM NAS COMEMORAÇÕES EM LISBOA DO DIA DA RESTAURAÇÃO

A Associação Filarmónica 1º Dezembro Cultural e Artística Vilarense Reis Prazeres - (Ourém - Fátima) desfilou hoje em Lisboa nas comemorações do dia 1 de Dezembro de 1640 – Dia Reautauração da Independência Nacional face ao jugo espanhol.

DSCF3342 (2)

A iniciativa coube uma vez mais ao Movimento 1º de Dezembro que lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios.

Foram 35 bandas filarmónicas, dois grupos de bombos e um grupo etnográfico que marcaram presença neste desfile e que teve transmissão directa através da RTP e cobertura noticiosa de outros órgãos de comunicação social.

DSCF3357 (2)

DSCF3345

DSCF3348

DSCF3349

DSCF3252

DSCF3253

DSCF3254

DSCF3255

DSCF3256



publicado por Carlos Gomes às 20:57
link do post | favorito

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA DESFILA NA CAPITAL SOB MARÉ DE APLAUSOS

Foi sob uma maré de aplausos do público que se perfilava ao longo da avenida da Liberdade que a Filarmónica de Olivença desfilou hoje rumo à Praça dos Restauradores, em Lisboa.

DSCF3239

A sua participação nas comemorações do dia 1 de Dezembro de 1640 – Dia da Restauração da Independência Nacional face ao jugo espanhol – encheu de entusiasmo e orgulho patriótico os portugueses que tiveram a oportunidade de ver desfilar a Filarmónica de Olivença, com os seus estandartes num dos quais, a heráldica acompanha a divisa “Muy nobre, notável e sempre leal Vila de Olivença”, atribuída por D. João II e D. Manuel I nos séculos XV e XVI.

Na realidade, sempre que Olivença nos é trazida à memória, aquele pedaço da nossa Pátria faz estremecer o coração dos portugueses, mesmo daqueles nos quais a esperança mais se desvanece!

DSCF3192 (2)

Fundada em 28 de marzo de 1851 pelo ilustre filántropo oliventino José María Marzal, é a decana das bandas de Extremadura espanhola e uma de las mais antigas de Espanha. Ostenta o privilégio de usar uniforme militar com espachim, concedido nos finais do Século XIX.

Ao longo da sua existência tem obtido importantes prémios e distinções:

– 1er Premio Certamen de Bandas Civiles (Badajoz 1929).

– Diploma de Honor Certamen de Bandas (Cazalla de la Sierra – Sevilla 1929).

– 2º Premio Certamen de Bandas Semana de las Fuerzas Armadas (Badajoz – 1987).

– 1er Premio Certamen de Bandas “Ciudad de la Música” (Villafranca de los Barros – Badajoz 2000).

– 1er Premio Certamen de Bandas “Ciudad de la Música” (Villafranca de los Barros – Badajoz 2001).

– Medalla de Extremadura 2001 por sus más de 150 años ininterrumpidos dedicados a la enseñanza y fomento de la cultura musical. Decreto 119/2001 de 25 de julio JUNTA DE EXTREMADURA.

– 2º Premio Concurso de Bandas Taurinas Féria del Toro (Santarem – Portugal 2003).

– Título de Comendadora de la Orden de “El Miájón de los Castúos” otorgado por el Centro de Iniciativas Turísticas de Almendralejo (2006).

Participou em muitos actos institucionais como a entrega de Medalhas de Extremadura en Mérida (dirigida por Miguel del Barco, autor do hino de Extremadura), na recepção aos Reis de Espanha en Zafra e Badajoz en 1992 o no bicentenário da fundação do Regimento de Castilla 16. Actuou no Teatro López de Ayala de Badajoz como no Gran Teatro de Cáceres. Esteve presente, en 1994 no Festival de Teatro Clásico de Alcántara.

Em 1995 gravou o seu primeiro CD con obras própias dol repertório para bandas e em 1998 o hino para o C.F. Exotremadura conjuntamente com o Coral de Almendralejo. Em 2008 editou o seu segundo CD denominado TOROS EN OLIVENZA, o qual recolhe alguns dos mais belos pasodobles toreiros que se escreveram, incluindo a primera gravação de ANTOÑITO FERRERA, escrito por Antonio Cotolí Ortiz e dedicado ao popular diestro extremenho.

En 2011, actuou como banda convidada na Asamblea Nacional de la Confederación Española de Sociedades Musicales celebrada en Llerena, oferecendo um concerto. A sua presença é frequente em numerosas localidades extremenhas e portuguesas (Alcácer do Sal, Silves, Tomar, Arrentela). Também tem realizado actuações en Barberá del Vallés (Barcelona), EXPO´92 y Realtem es Alcázares (Sevilla), Aracena y Trigueros (Huelva), Algimia de Alfara (Valencia), Cámara de Lobos (Isla de Madeira- Portugal) y Saturnia y Montemerano (Grosetto- Italia).

Desde a sua primeira aparição, é a banda responsável por animar os festejos taurinos na Feria Ibérica del Toro de Olivenza e participa em numerosas ediciones da Feria de San Juan de Badajoz. A Semana Santa oliventina não seria a mesma sem o acompanhamento musical da Filarmónica de Olivença, tendo estado também presente nas de Badajoz, Llerena, Jeréz de los Caballeros y Plasencia.

Pertenece à Federación Extremeña de Bandas de Música, comprotida de forma directa com o desenvolvimento musical da região. Actualmente é dirigida por Salvador Rojo Gamón.

DSCF3234

DSCF3238

DSCF3245

DSCF3250

DSCF3247



publicado por Carlos Gomes às 20:30
link do post | favorito

Sexta-feira, 30 de Novembro de 2018
ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA RECEBE REPUTADO PROFESSOR UNIVERSITÁRIO DA COZINHA SUL COREANA

A Escola de Hotelaria de Fátima recebeu hoje o Professor Gweon Oh-cheon, Chairman da University of Gyeongnam Namhae, da Coreia do Sul, no âmbito do jantar organizado pelo Município de Ourém e a Embaixada da República da Coreia em Portugal.

unnamed

De referir que o professor chefiou uma equipa de 2 cozinheiros Sul-coreanos, que o acompanharam, apoiados pelos 3 chefes de cozinha da EHF e uma brigada de alunos, que tiveram a oportunidade de experimentar as diversas técnicas e produtos da gastronomia Sul Coreana através destes reputados chefes.

Do seu vasto currículo destacamos:

- Membro do Comité Executivo dos Serviços de Alimentação dos Jogos Olímpicos de Seul;

- Membro do Comité Nacional de Qualificações Técnicas e Apoio às políticas;

- Comenda do Secretário de Estado da Educação Sul Coreano;

- Comenda do Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.

Esta iniciativa insere-se numa programação que a Escola de Hotelaria tem vindo a desenvolver, numa altura em que o país e nomeadamente Fátima e o Concelho de Ourém recebem milhares de turistas Sul Coreanos, apoiando a formação dos profissionais para este segmento turístico.



publicado por Carlos Gomes às 21:12
link do post | favorito

FREIXIANDA RECEBE ENCONTRO RENAULT EXPRESS

47135005_590571298028116_6886132692153270272_n



publicado por Carlos Gomes às 09:37
link do post | favorito

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018
ALVAIÁZERE REALIZA FESTIVAL DA SOPA

2º Festival da Sopa

A Associação da Casa do Povo de Alvaiázere vai realizar o 2º Festival da Sopa, no próximo dia 9 de dezembro, na Associação de São Pedro (Rua da Igreja – São Pedro, Rego da Murta).

A abertura está programada para as 12h00, sendo o encerramento por volta das 17h00. No que diz respeito ao preçário, este terá o valor de seis euros, que inclui tigela, sopas, pão e uma bebida.

A realização deste evento é apoiada pela Câmara Municipal de Alvaiázere e pela Associação de Apoio Social, Cultural, Desportiva e Recreativa de São Pedro, contando com a colaboração das Associações e Restaurantes do Concelho.

Capturaralv



publicado por Carlos Gomes às 17:45
link do post | favorito

ALVAIÁZERE VAI REQUALIFICAR CENTRO HISTÓRICO

Requalificação do centro da vila de Alvaiázere – Sessão de Esclarecimento

A Câmara Municipal vai promover uma sessão de esclarecimento relativa ao projecto de requalificação do centro da vila de Alvaiázere, nomeadamente, da requalificação e redefinição da Rua Santa Maria Madalena, Rua Juiz Conselheiro Furtado dos Santos e Praça do Município.

PARUFinal

Esta iniciativa, que se vai realizar mo próximo dia 5 de dezembro, pelas 19:30, no Salão Nobre do edifício da Câmara Municipal, pretende apresentar à população do concelho e em particular aos residentes da vila de Alvaiázere o estudo prévio já elaborado e recolher destes sugestões para alteração e melhoria.

O estudo a apresentar no dia 5, quarta-feira, será depois disponibilizado para consulta de eventuais interessados, no serviço de atendimento da Câmara Municipal, devendo as sugestões ser dirigidas por escrito, através de requerimento dirigido à Presidente do órgão executivo.

A requalificação do centro da vila de Alvaiázere e, em particular, das ruas a requalificar nesta primeira fase da intervenção, constitui um compromisso sufragado nas últimas eleições autárquicas, prevendo-se que o concurso público para a empreitada seja lançado no primeiro trimestre do próximo ano.



publicado por Carlos Gomes às 11:34
link do post | favorito

OE 2019: PAN ASSEGURA A CRIAÇÃO DE PROGRAMA DE APOIO E ACOMPANHAMENTO AO ESTUDANTE COM NECESSIDADES ESPECIAIS
  • Educação Inclusiva deve ser uma realidade ao longo de todo o sistema educativo
  • Rede de apoio inclusiva no ensino superior para estudantes com necessidades educativas especiais
  • É imperativo que as pessoas com deficiência tenham a oportunidade de demonstrar o seu mérito
  • Rejeitadas duas outras propostas do PAN neste âmbito que indicam a necessidade de compromissos mais robustos

Foi aprovada, com os votos a favor do PS, PCP e BE, e abstenção do PSD e CDS, a proposta do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, para o Orçamento do Estado de 2019 que prevê a criação de Programa de Apoio e Acompanhamento ao Estudante com Necessidades Especiais.

Em 2019, o Governo dinamiza, no âmbito da Direção-Geral do Ensino Superior e em articulação com as Instituições de Ensino Superior, uma rede de apoio inclusiva no ensino superior para estudantes com necessidades educativas especiais, incluindo um programa de monitorização, apoio e acompanhamento da integração destes estudantes no Ensino Superior.

Infelizmente a aprovação desta medida é ainda um passo tímido no caminho que é preciso fazer, sendo que não foi assumido neste Orçamento um compromisso mais robusto neste âmbito. Foram rejeitadas outras duas medidas do PAN que previam a promoção da acessibilidade nas Instituições de Ensino Superior e residências universitárias medida rejeitada no parlamento com os com votos a favor do BE, votos contra do PS e PCP e abstenção do CDS e PSD e a criação de um gabinete de apoio e acompanhamento ao estudante com necessidades educativas especiais, medida rejeitada com os votos contra do PS, PCP e BE e a abstenção do PSD e CDS.

Para concretizar a premissa da Constituição da República Portuguesa de que “todos têm direito ao ensino com garantia do direito à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar”, o PAN propôs a criação, em todas as instituições de ensino superior, de gabinetes de apoio e acompanhamento ao estudante com necessidades educativas especiais, garantindo a existência de estruturas apropriadas de apoio, alterando para o efeito a Lei que estabelece o regime jurídico das instituições de ensino superior.

A Educação Inclusiva deve ser uma realidade ao longo de todo o sistema educativo: educação de infância, pré-escolar, ensino básico, secundário e superior. Uma vez que os desígnios de igualdade de oportunidades e educação equitativa estão extensamente contemplados em Declarações e Convenções subscritas por Portugal, bem como na legislação nacional, é necessário identificar as principais necessidades e afetar os recursos para a sua implementação. Sendo a educação um Direito Humano, universal por definição, e devendo o acesso aos estudos pós-secundários estar aberto a todos em condições de igualdade, é imperativo que as pessoas com deficiência tenham a oportunidade de demonstrar o seu mérito, sem exclusões a priori, ditadas por preconceitos, barreiras e/ou atitudes discriminatórias, quer por parte do legislador, quer por parte de quaisquer Instituições de Ensino Superior (IES) e/ou outras entidades formativas.



publicado por Carlos Gomes às 09:57
link do post | favorito

OUREENSES BEBEM CHÁ COM ARTE

No próximo dia 8 de dezembro, sábado, pelas 16h00, irá decorrer no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, a 11.ª edição da “Tarde de Poesia Natalícia”, inserida na atividade mensal “Chá com Arte”.

Após a degustação dos biscoitos da Doce Oureana e do Chá de Aromas de Oureana, num ambiente intimista, crianças do 1.º ciclo de Fátima declamarão poemas de sua autoria, inspirados nas coleções de presépios e Meninos Jesus que este museu conserva.

Esta atividade pretende, através das crianças, chamar a atenção do verdadeiro significado do Natal.

Intercalando os vários momentos de poesia, existirão momentos musicais da responsabilidade dos alunos da Escola de Música e Artes de Ourém – OUREARTE.

A entrada é livre.

image002



publicado por Carlos Gomes às 09:45
link do post | favorito

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2018
BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EM 1640

45596868_1963312017109243_6967114987714117632_n



publicado por Carlos Gomes às 21:53
link do post | favorito

IVA DA TOURADA REDUZ PARA 6% - TOUREIROS ISENTOS DE IVA

Toureiros continuam isentos de IVA com a proteção de PCP, PSD e CDS

  • Estes partidos rejeitaram a medida do PAN para que os artistas tauromáquicos deixem de estar isentos do pagamento do IVA
  • Validação de uma forte injustiça fiscal uma vez que os bens de consumo essenciais pagam IVA

Foi hoje rejeitada, com os votos contra do PCP, PSD e CDS e votos a favor dos restantes, a medida que o PAN, Pessoas-Animais-Natureza, tinha conseguido, junto do governo, integrar na Proposta de Lei do OE para 2019 e que previa que os artistas tauromáquicos deixem de estar isentos do pagamento da taxa de IVA na prestação dos seus serviços.

O PAN entende, ao contrário dos partidos que rejeitaram esta medida, que não é eticamente aceitável que estes "artistas" sejam, por exemplo, equiparados a médicos e a enfermeiros, profissões fundamentais da nossa sociedade. A justiça em Portugal paga uma taxa de IVA de 23%. É quanto os portugueses pagam a um advogado para poder assegurar a concretização dos seus direitos. Este é um fator que, pelos custos que implica, inibe ou limita os cidadãos de recorrerem à justiça, um dos princípios basilares de um estado de direito. Não é compreensível que o acesso dos Portugueses à justiça seja tributado de IVA e os toureiros estejam isentos.

Esta é uma injustiça fiscal que se verifica também nos bens de consumo essenciais - nomeadamente o pão, os vegetais e a fruta – que também são tributados de IVA.

“Esta isenção de impostos à indústria tauromáquica, que tem por objetivo único o massacre de animais para entretenimento, constitui uma forma encapotada de financiar este sector, cria uma grosseira distorção ética e promove uma enorme injustiça tributária que continua a ser lamentavelmente apoiada no parlamento por forças políticas que validam publicamente esta realidade”, afirma André Silva, Deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 13:56
link do post | favorito

PARLAMENTO VOLTA A REJEITAR PROPOSTA DO PAN PARA REDUZIR O IVA DAS RAÇÕES PARA ANIMAIS DE COMPANHIA
  • PAN quer redução do imposto para a taxa intermédia (13%)
  • Medida teria forte impacto social junto de associações zoófilas e de muitos agregados familiares com especial vulnerabilidade económica
  • Espanha tem uma taxa de 10%

Voltou ontem a ser rejeitada, com os votos contra de PS, PSD, PCP, BE e abstenção do CDS, a proposta que o PAN, Pessoas-Animais-Natureza, tem trazido desde o início da legislatura e que prevê a redução do IVA da alimentação de animais de companhia.

Atualmente a taxa de IVA aplicável aos produtos alimentares destinados a animais de companhia, como rações, é de 23%, sendo, por exemplo, em Espanha de apenas 10%. Esta situação tem elevado impacto na economia portuguesa, afetando a competitividade das empresas nacionais, pois quem vive nas regiões junto à fronteira opta por os adquirir em Espanha, tendo ainda consequências ao nível da perda de receita fiscal pela não cobrança pelo Estado do IVA, que será cobrado pelo Estado Espanhol, com a venda daqueles produtos. Este desvio acontece também porque muitos cidadãos e famílias optam por comprar rações via online, em sites Espanhóis específicos, onde para além dos produtos serem taxados a 10% são também oferecidos, em alguns casos, os portes de envio o que torna ainda mais atrativa e económica a compra online mas no mercado Espanhol.

A situação prejudica também muitas associações zoófilas, grupos informais de defesa dos animais e muitos agregados familiares que se debatem para poderem alimentar os animais de companhia que têm a seu cargo, pelo que a redução da taxa de IVA contribuiria para uma poupança mensal significativa.

O PAN continuará empenhado na defesa das inegáveis vantagens económicas, fiscais e sociais que decorrem da redução da taxa de IVA na alimentação dos animais de companhia para a taxa intermédia, representando também o trilhar de um caminho em que a alimentação, seja de pessoas ou de animais, deve ser considerada como base de sobrevivência não fazendo sentido, em matéria tão essencial, determinar uma discriminação baseada na tributação fiscal.



publicado por Carlos Gomes às 10:26
link do post | favorito

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS REÚNE CONSELHEIROS TÉCNICOS

A Federação do Folclore Português irá reunir em Santarém, durante o próximo fim-de-semana, os Conselheiros Técnicos da instituição.

Esta reunião, que se tem realizado duas vezes por ano, tem permitido ao Conselho Técnico Nacional conhecer mais de perto aquilo que têm sido as dificuldades do trabalho no terreno, o que, permite uma resposta mais rápida e eficaz às questões colocadas.

Web

Este Encontro reveste-se de especial relevo, pelo facto de coincidir com o final da 2ª fase do processo avaliativo traçado no início deste mandato, sendo que, ao momento, a esmagadora maioria do país tem as grelhas de avaliação já preenchidas, o que, permitirá observar a evolução da qualidade dos Grupos Etnográficos e as ações que poderão ser necessárias tomar para corrigir eventuais desvios àquilo que seria expectável.

De igual forma, será também analisado o resultado do inquérito de satisfação que a direção teve a decorrer durante o mês de novembro, para que aqueles que estão de forma constante no terreno possam colaborar num processo de melhoria que se quer contínuo.

Espera-se, como sempre, que seja um momento de partilha e reflexão para tornar o movimento mais coeso, coerente e com uma imagem mais sóbria.

Capturar



publicado por Carlos Gomes às 10:02
link do post | favorito

PARLAMENTO REJEITA PROPOSTA DO PAN QUE PENALIZA EXCESSO DE AÇÚCAR NOS LEIRES ACHOCOLATADOS E AROMATIZADOS

 

·         Leites achocolatados e aromatizados possuem elevados níveis de açúcar

·         São consumidos essencialmente pelas crianças, que registam em Portugal, níveis preocupantes de excesso de peso

·         A tributação especial do consumo às bebidas açucaradas deve incluir estes produtos para desincentivar o seu consumo

·         A rejeição da proposta revela incoerência legislativa nas políticas de prevenção de saúde pública

O parlamento rejeitou hoje por unanimidade uma proposta que o PAN, Pessoas-Animais-Natureza, tem trazido recorrentemente durante a legislatura e que que prevê um imposto especial de consumo para os leites achocolatados e aromatizados.

Os leites achocolatados e aromatizados possuem elevados níveis de açúcar, contendo em média entre 90 e 134 gramas de açúcar por litro, estando estudados e sendo conhecidos os malefícios do açúcar para a saúde, os quais, consumidos em excesso, provocam, nomeadamente, diabetes e obesidade.

Reconhecendo este problema, o Governo, por via do Orçamento do Estado para 2017,

aprovado pela Lei n.º 42/2016, criou uma tributação especial do consumo às bebidas açucaradas (incluindo as bebidas com outros edulcorantes), seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde, que sustenta a eficácia da medida na redução do consumo de açúcar, especialmente nas crianças, e a poupança de custos para os sistemas de saúde. Os leites achocolatados e aromatizados são consumidos essencialmente pelas crianças, as quais registam, em Portugal, níveis preocupantes de excesso de peso. Segundo o estudo 2013-2014 da APCOI que contou com 18.374 crianças (uma das maiores amostras neste tipo de investigação): 33,3% das crianças entre os 2 e os 12 anos têm excesso de peso, i.e., uma em cada três crianças, das quais 16,8% são obesas.

Ao tributar à taxa mínima de IVA os leites achocolatados e aromatizados, passamos a imagem de que se tratam de alimentos saudáveis e essenciais, incentivando o seu consumo. Pelo que o imposto especial de consumo que foi aplicado sobre bebidas adicionadas de açúcar ou outros edulcorantes deverá também ser aplicado, exatamente da mesma forma, aos leites achocolatados e aromatizados.

“A rejeição desta medida revela uma evidente incoerência legislativa que pode ser perigosa no que respeita às políticas de prevenção de saúde pública. Continuam a prevalecer as influências dos lóbis desta indústria associados a fortes preconceitos e ao desconhecimento ou desinteresse sobre o impacto positivo real que a sua aprovação poderia ter na sociedade portuguesa.” reforça André Silva, Deputado do PAN.



publicado por Carlos Gomes às 03:13
link do post | favorito

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2018
BANDAS FILARMÓNICAS DESFILAM EM LISBOA NAS COMEMORAÇÕES DO DIA DA RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA EM 1640

45596868_1963312017109243_6967114987714117632_n



publicado por Carlos Gomes às 23:02
link do post | favorito

OURÉM CELEBRA O NATAL

O Ourém Natal 2018 contará com uma oferta cultural variada entre 7 de dezembro e 6 de janeiro e que contempla, entre outras atrações, uma Pista de Gelo, o espetáculo “As aulas da Sónia”, o Natal no Mercado de Fátima, um desfile aquando da chegada do Pai Natal, entre muitas outras atividades.

Print

Em 2018 as animações e decoração serão divididas entre as cidades de Ourém e Fátima e envolverão vários setores da sociedade civil, entre os quais a comunidade educativa, associativa e cultural e têm, entre outros objetivos, o de ajudar a dinamizar o comércio local das duas cidades do concelho de Ourém.

Para além da pista de gelo na Praça da República haverá também uma tenda por onde passarão inúmeras atividades e espetáculos, para todas as idades, bem como carrosséis e insufláveis para os mais novos.

A abertura oficial das festividades será no dia 7 de dezembro, às 20.00H na Praça D. Maria II com a inauguração da iluminação de Natal e diversos espetáculos musicais.

No dia 9, decorrerá um desfile na Avenida D. Nuno Álvares Pereira, em Ourém, aquando da chegada do Pai Natal que contará com a participação da comunidade associativa local. A programação do Natal conta ainda com vários concertos promovidos por instituições do concelho, em diferentes locais e com diferentes sonoridades.

Um dos pontos altos da programação será o espetáculo de Sónia Araújo intitulado “As aulas da Sónia” reunindo uma série de canções e vídeos repletos de animação, mas também muito didáticos, como é o caso de temas como “A Passadeira”, “A Nossa Escola”, “O Intervalo” ou “Avós e Netos”.

O Natal em Ourém 2018 terá também uma vertente solidária com várias iniciativas nesse âmbito nomeadamente a Campanha de recolha solidária “Ourém Natal” e o Mercadinho “Sabores Solidários”.

Programa Geral

Datas:  07 dezembro a 06 de janeiro

Locais: Praça D. Maria II

Praça da República – Pista de Gelo

Praça Mouzinho de Albuquerque “Tenda Espetáculo”

Mercado de Fátima

Horários:

Segunda a sexta das 10 horas às 21horas

Sábados e domingos 10 horas às 23 horas

Espaço diversões

Pista de Gelo

Carrocéis, mercadinho social

Local: Praça da República

Espaço Animação

Tenda Natal

Atelier e insufláveis

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Casa do Pai Natal:

Local: Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida

Horários: Segunda a Sexta: 10 horas às 13 horas e das 14 horas às 19 horas

Fim de semana: 14 horas às 20 horas

Campanha de recolha solidária “Ourém Natal”

Livros, jogos, brinquedos, peluches, etc.

(Os objetos recolhidos serão entregues a IPSS do concelho de Ourém)

Organização: Município de Ourém

Apoio: Junta de Freguesia e Casa do Povo de Fátima

Pontos de recolha:

Ourém: 6 a 31 de dezembro

Local: Pista de Gelo (Praça da República)

Casa do Pai Natal (Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida)

Fátima: 6 a 31 dezembro

Local: Casa do Povo de Fátima

22 e 23 dezembro

Local: Mercado de Fátima

Mercadinho “sabores solidários”

Dia 9 a 16 de dezembro

Local: Praça da República (junto à Pista de Gelo)

Programa detalhado

Dia 07 dezembro

“Mini-Concerto de Natal” pelo Jardim Infantil de Ourém

Local: Praça D. Maria II

Horário: 19:30 horas

“Cerimónia oficial da abertura”

Ligação das iluminações natalícias

Intervenção do Senhor Presidente

Local: Praça D. Maria II

Horário: 20 horas

Colaboração: Jardim Infantil de Ourem

Espetáculo musical “Cantos Natalícios e ao Menino”

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 21:30 horas

Colaboração: Olival Encanto /Rancho Folclórico do Olival

Dia 08 de dezembro

Espetáculo de teatro

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 11 horas

Colaboração: Jardim Infantil de Ourém

Concerto de Natal

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 16 horas

Colaboração: Sociedade Filarmónica Oureense

De 09 de dezembro a 06 de janeiro

Aldeia de Natal – Jardim Infantil de Ourém

Abertura dia 9 às 10 horas

Local:  Praceta Eng. Adelino Amaro da Costa

Organização: Jardim Infantil de Ourém

Dia 09 de dezembro

Desfile “A chegada do Pai Natal”

Local: Av. D. Nuno Alvares Pereira, até à casa do Pai Natal (Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida)

Horário: 15 horas

Na chegada do Pai Natal decorrerá um momento de dança pela Arabesque com cerca de 160 alunos e ainda com a participação do rancho infantil “Rosas de Portugal” - “Tenda Espetáculo”

De 10 a 13 de dezembro

Semana para as Escolas para os alunos do pré-escolar e 1º ciclo do ensino publico e privado

            Espetáculo com artes circenses, visita à “Casa do Pai Natal”

Horários dos espetáculos: 10:45 horas | 14:15 horas

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Dia 12 de dezembro

Espetáculo “A Magia do Natal”

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 10:00

Colaboração: Centro Escolar Santa Teresa

Dia 12 de dezembro

Apresentação da peça de Teatro “Natal + “

Local: Cineteatro Municipal

Horário: 21 horas

Colaboração: Agrupamento de Escolas de Ourém

Dia 14 de dezembro

Espetáculo “Músicas de Natal”

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 9:30 horas às 12 horas

Colaboração: Centro Escolar Ourém Nascente

Dia 15 de dezembro

Mimos de Natal do Centro Comunitário

Local: Centro Comunitário de Ourém          

Dia 15 de dezembro

Concerto de Natal – Estreia da obra inédita do compositor Sérgio Azevedo

Coro e orquestra

Local: Igreja da Sé Colegiada – Vila Medieval de Ourem

Horário: 15:30 horas

Organização: Conservatório de Música e Artes do Centro

Conservatório de Música Ourem-Fátima

Dia 16 de dezembro

Espetáculo musical “As aulas da Sónia”, Sónia Araújo

Local: “Tenda Espetáculo” - Praça Mouzinho de Albuquerque

Horário: 15 horas

De 17 de dezembro a 6 de janeiro de 2019

Exposição “Anjos de Natal “

Local: Auditório Cultural dos Paços do Concelho

Horário: segunda a sexta feiras das 10 h às 13h e 14 h às 17h

Colaboração: Centro Escolar Santa Teresa

De 18 a 20 de dezembro

Atelier de Natal

Local: Museu Municipal de Ourem - Casa do Administrador

Horário: sessões às 10 horas e às 14 horas

Público alvo: crianças dos 06 aos 10 anos

Max: 15 crianças p/sessão

Inscrições obrigatórias junto dos serviços do MMO

Dia 19 de dezembro

Concerto de Natal Infantil

Local: Auditório do Monfortinos - Fátima

Horário: 19:30 horas

Colaboração: Conservatório de Música e Artes do Centro

Conservatório de Música Ourem-Fátima

Concerto de Natal

Local: Igreja Matriz da Nª Srª da Piedade - Ourém

Horário: 21.00 horas

Colaboração: Ourearte - Escola de Música e Artes de Ourém

De 26 a 28 de dezembro

Hora do Conto 'Eu sei tudo sobre o Pai Natal' de Nathalie Delebarre e Aurélie Blanz

Horários: 10 horas

Local: Biblioteca Municipal de Ourém

Público alvo: crianças dos 03 aos 06 anos

Max: 25 crianças p/sessão

Inscrições obrigatórias junto dos serviços da BMO Hora do Conto de Natal

Dia 22 de dezembro – “Natal no Mercado de Fátima”

Abertura do Mercadinho de Natal

Local: Mercado de Fátima

Horário: 19 horas

Espetáculo Infantil de Natal “A fábrica dos brinquedos”

Local: Mercado de Fátima

Horário: 21 horas

Organização: Junta de Freguesia de Fátima

Dia 23 de dezembro – “Natal no Mercado de Fátima”

Abertura do Mercadinho de Natal  

Horário: 10 horas

Conto teatralizado “Viagem ao Polo Norte”

Horário: 11 horas

Chegada do Pai Natal”

Horário: 15 horas

Circo de Natal, por Aquarela 

Horário: 17:30 horas

Local: Mercado de Fátima

Organização: Junta de Freguesia de Fátima

Dia 29 de dezembro

Espetáculo musical – Orquestra de Sopros da AMBO

Local: Cineteatro

Horário: 21:30 Horas

Colaboração: Academia de Música Banda de Ourém (AMBO)

Dia 30 de dezembro

Espetáculo musical – Chorus Auris

Local: Igreja Matriz da Nª Srª da Piedade - Ourém

Horário: 17 horas

Colaboração: Academia Música Banda de Ourém (AMBO)

Dia 06 de Janeiro 2019

Entrega dos Brinquedos da Campanha de Recolha Solidária “Ourém Natal”

Horário: 16 Horas

Encerramento da Quadra Natalícia com presépio ao vivo e “Cantares ao Menino” e “Cantar os Reis”

Horário: 17 horas

Local: Sede da Casa do Povo de Fátima

Organização: Casa do Povo de Fátima/Município de Ourém

Print


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 22:14
link do post | favorito

PAN CONSEGUE CONTRATAÇÃO DE INTÉRPRETES DE LÍNGUA GESTUAL PORTUGUESA PARA O SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE
  • Contratação de 25 intérpretes de Língua Gestual Portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde
  • Priorização da resposta a episódios de urgência no contexto dos Serviços de Urgência Médico-Cirúrgica
  • Um primeiro passo fundamental no acesso à saúde pelas pessoas surdas

Foi hoje aprovada, com os votos a favor do PS,  BE e PCP e a abstenção do PSD e CDS, a proposta do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, para o Orçamento do Estado de 2019 que prevê a contratação de intérpretes de Língua Gestual Portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde.

Apesar das propostas do Governo e dos avanços que têm sido feitos nesta matéria em várias instituições públicas, as pessoas surdas continuam a enfrentar sérias dificuldades de comunicação. A situação ganha especial relevância nos serviços de saúde. Os centros de saúde e hospitais não dispõem de intérpretes nem são legalmente obrigados a isso.

As barreiras não são só arquitetónicas, são também sociais, culturais e políticas. Todos devem ter acesso às diferentes oportunidades existentes – seja à cultura, aos espaços públicos, aos edifícios, às comunicações, aos serviços, à economia, à participação política – em condições de igualdade e, enquanto isso não acontecer, não podemos dizer que vivemos numa sociedade igual e justa para todos os cidadãos. O acesso à saúde trata-se de um direito fundamental de todos os cidadãos.

Posto isto, o Governo acolheu a proposta do PAN e durante o ano de 2019, procede à contratação de 25 intérpretes de Língua Gestual Portuguesa para o Serviço Nacional de Saúde, priorizando a resposta a episódios de urgência no contexto dos Serviços de Urgência Médico-Cirúrgica.



publicado por Carlos Gomes às 22:01
link do post | favorito

PAN CONQUISTA DOIS MILHÕES DE EUROS PARA CANIS E ESTERILIZAÇÕESS
  • 1,5 M € para dar continuidade à promoção e criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais
  • Apoio às autarquias na implementação da lei que proíbe os abates nos canis
  • 500 mil € para apoiar os centros de recolha oficial de animais nos processos de esterilização de animais
  • Apoio às famílias carenciadas que querem esterilizar os animais para que o possam fazer recorrendo aos serviços municipais

Foram aprovadas, com votos a favor do PCP, PS, CDS e BE e a abstenção do PSD, as propostas do PAN, Pessoas-Animais-Natureza, para o Orçamento do Estado de 2019 que preveem um apoio de 1,5 M € para dar continuidade à promoção e criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais e a disponibilização de 500 mil € para apoiar os centros de recolha oficial de animais nos processos de esterilização de animais.

A Lei n.º 27/2016 aprova medidas para a criação de uma rede de centros de recolha oficial de animais e estabelece a proibição do abate de animais errantes como forma de controlo da população. O artigo 1.º da referida lei dispõe que é um dever do Estado, mais especificamente do Governo em colaboração com as autarquias locais, promover a criação dessa rede de CROAs.

Desta forma e no seguimento do compromisso assumido pelo Governo no ano de 2017, o objetivo do PAN é assegurar a continuidade do trabalho que está já a ser desenvolvido, prosseguindo com o investimento nesta área, com a transferência para a administração local de 1,5 M € sendo os incentivos definidos nos termos de despacho conjunto dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças, das autarquias locais e da agricultura, florestas e desenvolvimento rural.

Por outro lado, são fundamentais medidas de sensibilização e divulgação da importância da esterilização e do controlo da reprodução dos animais. No entanto, as famílias mais carenciadas, mesmo que queiram têm muita dificuldade em conseguir esterilizar os animais que detêm. Assim, o PAN considera que deve haver um apoio a estas famílias que tendo vontade de esterilizar os animais, mas não tendo possibilidades económicas que o possam fazer recorrendo aos serviços municipais que, com o apoio da Ordem dos Médicos Veterinários e com uma verba determinada em sede de Orçamento de Estado, permitem a realização da referida cirurgia.

Além do fundamento ético em que assenta a imperatividade da defesa do fim do abate de animais nos canis, a presente conjuntura tem demonstrado a tremenda ineficácia desta prática no controlo da sobrepopulação, revelando-se desmesuradamente dispendiosa, ineficiente e alvo de total repúdio por parte da sociedade portuguesa.

Para que existam condições sustentáveis de manutenção e funcionamento dos centros de recolha é urgente a necessidade de uma aposta generalizada na esterilização, a qual deve ser implementada no menor curto prazo possível, para que esta tenha tempo de atuar por forma a reduzir a entrada de animais nos canis. A medida do PAN prevê a disponibilização de uma verba de 500 mil € para apoiar os centros de recolha oficial de animais nos processos de esterilização de animais.



publicado por Carlos Gomes às 21:46
link do post | favorito

Sábado, 24 de Novembro de 2018
FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS AVALIA DESEMPENHO DOS GRUPOS FOLCLÓRICOS

Capturar



publicado por Carlos Gomes às 09:02
link do post | favorito

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2018
ANAFRE QUER VALORIZAÇÃO DO PINHAL INTERIOR

Capturar



publicado por Carlos Gomes às 20:14
link do post | favorito

ALVAIÁZERE REALIZA FEIRA DO LIVRO E FEIRA DOS PRODUTOS DA TERRA

Município junta Livros aos Produtos da Terra

O Município de Alvaiázere vai promover a XII Feira do Livro, que decorre de 13 a 16 de Dezembro, a que se juntará, neste último dia, domingo, mais uma edição da Feira de Produtos da Terra e que se realizarão no Parque Multiusos de Alvaiázere.

Capturar

A Feira do Livro, com uma área de 500 m2, vai funcionar das 9h00 às 18h00, estando aberta à população em geral, mas incluindo na sua programação actividades e iniciativas para públicos específicos, como a comunidade escolar do concelho e os utentes das IPSS’s, incluindo-se, no dia 15, o reinício de actividade da “Bebetéca” com o espectáculo de teatro e música “Comboio dos ventos” da companhia Catrapum Catrapeia, dirigido a bebés dos 9 meses aos 3 anos de idade. Na Feira do Livro poderá encontrar referências com descontos que vão dos 15% aos 4% e, inclusivamente, um grande sortido de brinquedos científicos.

O Município vai ainda oferecer um cheque-oferta a cada Biblioteca Escolar, de forma a que estas possam reforçar a sua oferta de livros à população escolar.

No dia 16, para além da Feira do Livro, vai ter lugar a Feira de Produtos da Terra, que vai juntar alguns dos melhores produtos e iguarias que o território tem para oferecer. Desde enchidos, mel, vinho, azeite, licores, chícharo, frescos diversos, confeitaria, queijos entre muitos outros produtos de grande qualidade, na sua maioria vendidos directamente pelo produtor.

Portanto, em época de Natal, fica o convite do Município de Alvaiázere para visitar a Feira do Livro e a Feira de Produtos da Terra.



publicado por Carlos Gomes às 19:35
link do post | favorito

SANTUÁRIO DE FÁTIMA INICIA NOVO ANO PASTORAL

Santuário convida peregrinos a “Dar graças por peregrinar em Igreja”. Novo ano pastoral inicia-se a 2 de dezembro

A temática do novo Ano Pastoral de Fátima “Dar Graças por peregrinar em Igreja” será apresentada no próximo sábado, dia 1 de dezembro, pelas 15h30, no salão do Bom Pastor, no Centro Pastoral de Paulo VI.

unnamed

A Jornada de Abertura do Ano Pastoral, que será presidida pelo cardeal D. António Marto, bispo da diocese de Leiria-Fátima, começa com a inauguração da Exposição “Capela Múndi”: exposição temporária comemorativa do centenário da construção da Capelinha das Aparições, no Convivium de Santo Agostinho, no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, às 14h30.

Segue-se a sessão propriamente dita cuja abertura será feita pelo Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, seguindo-se a conferência de apresentação do Tema do Ano pelo diácono Rui Ruivo.

Às 16h30 haverá um momento musical com o Coro do Santuário de Fátima e a Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima e meia hora mais tarde, às 17h00, o bispo diocesano encerrará a sessão.

A Jornada de Abertura do Ano Pastoral pode ser seguida em direto, através da página online do Santuário em www.fatima.pt.

O ano pastoral de 2018/2019 é o segundo de um ciclo de três anos, intitulado genericamente como “Tempo de Graça e misericórdia”, e evocará a dimensão eclesial deste dom que Fátima é para a Igreja e para a humanidade.

Ao triénio associam-se  também determinados acontecimentos que, mesmo se assinalados nas datas próprias, oferecem o contexto transversal aos três anos pastorais. Este ano de 2019 assinalaremos o centenário da morte de Francisco Marto, em 4 de abril de 1919 e  a edificação da Capelinha das Aparições, nos meses primaveris de 1919.



publicado por Carlos Gomes às 11:01
link do post | favorito

FALTA DE MEMÓRIA EM ESPANHA?

Agora, é oficial: A Espanha, através do seu Primeiro-Ministro Pedro Sánchez, ameaça não subscrever o acordo do Brexit por causa da Questão de Gibraltar. Sempre constante neste propósito, Madrid.

Olivença (34)

Era de esperar. Um dia antes, o Governo espanhol, através de Josep Borrell, veio uma vez mais colocar na mesa a Questão de Gibraltar. No fundo, tudo isto reflete uma posição de há alguns dias, do antigo ministro JOSÉ MANUEL GARCÍA-MARGALLO (El País, 15 .novembro-2018). Convém debruçarmo-nos um pouco sobre essa posição, em si mesmo paradigmática. As considerações sobre as razões, e as críticas, abrangerão toda esta questão.

A Espanha reivindica Gibraltar. Desde a sua cedência à Inglaterra, em 1704 (conquista) e 1713/14 (Tratado de Utreque), Pode-se dizer que a Espanha, naturalmente, nunca se conformou com a presença britânica naquela território, tentando recuperá-lo várias vezes desde sempre, mesmo através de alianças militares contra-natura. O que não é de espantar, dada a humilhação sofrida, e a presença, contrária a qualquer lógica geográfica, dum enclave na sua costa.

Todavia, os acordos de cedência foram legalmente assinados. E nada mudou em 300 anos. E, no século XX, a saga continuou. Desde a criação das Nações Unidas, e, logo depois, do conceito de descolonização, e da necessidade de pôr fim a situação herdadas dum passado imperialista em todo o mundo, a tónica da política externa espanhola passou a ser a de considerar que, sendo Gibraltar uma colónia, havia que acabar com a sua existência, com o seu regresso à mãe-pátria. Isto enquanto a Grã-Bretanha dava autonomia legislativa ao território, deixando de ser propriamente uma colónia, e procedia a referendos, sempre com resultados esmagadores a favor de Londres.

A União Europeia facilitou um tanto o diálogo hispano-britânico, mas a saída da Grã-Bretanha da União ( o "Brexit") fez voltar o assunto à baila. E eis que, a 15 de novembro de 2018, o antigo ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros ("Relaciones Exteriores"), do tempo de José Maria Aznar , José Manuel García-Margallo, escreveu uma extensa crónica no El País, muito difundida de imediato, onde abordou, de novo, o problema dos direitos espanhóis a Gibraltar. Os argumentos baseiam-se num anticolonialismo apoiado nas regras da O.N.U., que é citada até à saciedade ("La situación colonial de Gibraltar quebranta la integridad territorial de España y es incompatible con la Resolución 1514 (XV) sobre descolonización."), e na recusa do direito dos gibraltenhos decidirem o seu futuro ("Sólo Naciones Unidas puede decidir cuándo ha concluido el proceso de descolonización de Gibraltar.")

Há uma crítica ao atula governo de Madrid, acusado de não estar a aproveitar bem a situação causada pelo "Brexit". García-Margallo defende algum tipo de soberania partilhada para Gibraltar ( "la única solución es la soberanía compartida del Reino Unido y de España. (...)Pondría fin a una controversia de 300 años entre dos países que son amigos y aliados.").

Diga-se que não faz apelos propriamente a conflitos com o Reino Unido (justiça lhe seja feita!), país que considera "amigo e aliado". Todavia, faz um apelo a uma mobilização contra o imobilismo do Governo de Madrid ("Ante esta insensibilidad ¿qué podemos hacer cada uno de nosotros? Pues podemos hacer una cosa: pedir la palabra y ponernos a gritar para exigir que los actuales gobernantes se vean obligados a poner los intereses permanentes de España por encima de sus intereses particulares. A decir la verdad en la hora de la verdad.").

O que continua a ser estranho, principalmente para os portugueses, é o seu (aparente?) desconhecimento da situação irregular, em termos internacionais, que se vive em Olivença, como aliás jornais franceses, britânicos e outros referem ( o que nunca é referido pela Imprensa espanhola ). Trata-se também duma posição oficial do Estado Português, que muitas vezes a Imprensa Portuguesa finge ignorar.

Vejamos: Olivença e o seu termo foram ocupados em 1801. Em 1814, em Paris, concluiu-se pela nulidade do Tratado de Badajoz (de ocupação) de 1801, e aceitou-se que esta nulidade tivesse a ver com a violação de tratados em 1793, violação consusbtanciada em tratados franco-espanhóis de 1795 e 1796. Em Viena de Áustria, em 1815, porque se falava de devolução de Olivença a Portugal, a Espanha negou-se a assinar os Tratados, fazendo-o , porém, em 1817. Depois, Madrid tentou jogar com ilegalidades na situação do moderno Uruguay, que acabou por não reocupar, não por culpa de Portugal, mas em virtude de acontecimentos internos espanhóis, o que significa que se mantêm válidos os acordos de 1815/17.

Durante duzentos anos, a Espanha tem mantido uma administração ilegal, à luz do Direito Internacional, em Olivença. Uma contínua descaracterização do território, com recurso a falsificações históricas constantes e perfeitamente intoleráveis, uma repressão notória (especialmente dura na época franquista, mas sempre presente, a vários níveis, desde 1805), uma política de ocultação da situação na própria Espanha, tentativas sucessivas de, por vias burocráticas, levar Portugal a aceitar a posse espanhola do território , a que Lisboa se tem firmemente oposto, tudo isto foi feito e, de certa maneira, se mantém.

Nada tenho contra que a Espanha lute pelo que considera justo, e que, neste caso, é a situação de humilhação causada por um enclave estrangeiro no seu território. Compreendo. Mas era bom que Madrid não deixasse para trás "telhados de vidro", e não tentasse, de certa forma, fazer figura de ingénua e tentar fazer passar terceiros por incompetentes ou distraídos. Por aqui me fico, antes que me venham à memória Ceuta e Melilla, e um país chamado Marrocos...

Estremoz, 21 de novembro de 2018

Carlos Eduardo da Cruz Luna

Olivença (48)



publicado por Carlos Gomes às 07:26
link do post | favorito

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018
ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE EDUCAÇÃO DE ADULTOS QUESTIONA FORMAÇÃO NESTA ÁREA

Capturar1

Capturar2


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:02
link do post | favorito

ESCOLA DO SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROPÕE APROFUNDAMENTO DO ROSÁRIO

Já decorrem inscrições para esta proposta que vai aprofundar o Rosário como itinerário evangélico de vida teologal, sintonizando os diferentes mistérios com a espiritualidade do Advento, tempo comum, Quaresma e Páscoa

A Escola do Santuário propõe, para este ano pastoral, um percurso de experiência, formação e reflexão sobre o Rosário, com o objetivo de recuperar a consciência do seu significado, da sua profundidade e da sua atualidade. “O Rosário, itinerário evangélico de vida teologal” é o tema da proposta formativa que se irá desenvolver ao longo do ano, em quatro sessões. A primeira decorre a 15 e 16 de dezembro próximo e será sobre os Mistérios gozosos.

unnamed

A proposta de aprofundamento do Rosário parte do pedido insistente que Nossa Senhora deixou na Cova da Iria aos Pastorinhos para a oração diária do Terço. Ao assumir-se como “escola do Rosário”, o Santuário oferece agora a possibilidade de uma redescoberta desta forma de oração, recuperando a consciência do seu significado, da sua profundidade e atualidade.

O aprofundamento desta prática orante irá concretizar-se em quatro encontros, com início na manhã de sábado e final ao meio da tarde de domingo, ao longo do ano litúrgico, sintonizando os diferentes mistérios com a espiritualidade de cada tempo. O arranque está agendado para o período do Advento, a 15 e 16 de dezembro, em dois dias que se irão centrar nos Mistérios gozosos.

Neste primeiro fim de semana serão abordados os seguintes temas: “História do Rosário”; “Os Mistérios da Alegria: perspetiva bíblica e espiritual”; “A alegria de crer, esperar e amar”; “A incarnação”; “Aprofundamento teologal” e “Partilhar a alegria”.

Os seguintes fins de semana decorrem já em 2019, com o segundo a realizar-se a 19 e 20 de janeiro, durante o tempo comum, com o foco nos mistérios luminosos; o terceiro a 16 e 17 de março, em plena Quaresma, sobre os mistérios dolorosos; e o quarto a 18 e 19 de maio, no tempo da Páscoa, com a abordagem aos mistérios gloriosos.

A participação no itinerário, que tem inscrição gratuita, mas obrigatória, destina-se a todos os interessados, tendo particular interesse para todos os agentes pastorais. Tendo em conta que o itinerário constitui uma unidade, serão privilegiadas as inscrições feitas para a totalidade do percurso.

Está prevista ainda a proposta do itinerário na sua globalidade, entre 27 de maio e 2 de junho, para a qual serão comunicadas informações específicas em abril, altura em que abrirão também as inscrições.

Através desta proposta formativa, que apresenta o Rosário como itinerário evangélico de vida teologal, o Santuário de Fátima pretende aprofundar esta prática de oração mariana, destacando: a sua evolução na história da espiritualidade cristã; o seu sentido cristocêntrico; a sua importância na Mensagem de Fátima; a compreensão do seu papel mistagógico na vida cristã experimentada como existência teologal e o reconhecimento do seu valor evangélico na vida espiritual dos crentes.

Esta é uma proposta da Escola do Santuário que, através de itinerários de aprofundamento da espiritualidade da Mensagem de Fátima, tem assumido, desde o início de 2018, a missão de aprofundar e descobrir a espiritualidade da Mensagem de Fátima, através da sua leitura em relação com experiências significativas da contemporaneidade, e do reconhecimento da sua eclesialidade e relevância pastoral.

Durante o ano que agora termina, nos diversos itinerários que dinamizou, a Escola do Santuário recebeu cerca de três centenas de participantes. 

Para o ano pastoral de 2018-2019, a Escola dispõe de três propostas formativas, com modelos e formatos diferentes: os Itinerários de Espiritualidade, um Curso sobre a Mensagem de Fátima e as Oficinas Pastorais.



publicado por Carlos Gomes às 14:16
link do post | favorito

ALVAIÁZERE ASSINALA DIA DO EMPRESÁRIO

No próximo dia 24 de novembro, pelas 15 horas, na Incubadora de Negócios Alvaiázere+, vai assinalar-se o Dia do Empresário, numa organização do Município de Alvaiázere e da ADECA – Associação de Desenvolvimento Integrado de Concelho de Alvaiázere.

Cartaz_Finalemp

A iniciativa vai ter início com uma sessão de esclarecimento sobre empreendedorismo social e de seguida vão ser distinguidas as empresas de Alvaiázere que foram galardoadas em 2017 e 2018 como PME Líder e PME Excelência.

Com esta iniciativa pretende-se potenciar o investimento do território e simultaneamente reconhecer o mérito das empresas sedeadas no concelho, fundamentais para o desenvolvimento local e para a dinamização do território.



publicado por Carlos Gomes às 10:43
link do post | favorito

Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
CASA DO CONCELHO DE TOMAR EM LISBOA ORGANIZA JANTAR DE NATAL

46508778_1931485953607989_2345066312713109504_n



publicado por Carlos Gomes às 13:07
link do post | favorito

MUNICÍPIO DE OURÉM APOIA CONSTRUÇÃO DE QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou um protocolo de colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima para a aquisição de terrenos onde será edificado o novo quartel da corporação. O documento foi aprovado na reunião de Câmara de 19 de novembro e prevê a atribuição de um apoio financeiro até 500 mil euros, alémda doação de um terreno camarário avaliado em 126 mil euros que será a comparticipação do Município na construção do futuro quartel da associação.

O Município de Ourém reconhece a necessidade de dotar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima com melhores recursos, nomeadamente a construção de um novo quartel que responda às necessidades da instituição e permita uma resposta mais eficaz no desempenho das suas funções em matéria de prevenção e socorro de pessoas e bens. Para a concretização desta ambição antiga da instituição, será necessário adquirir os terrenos definidos para a edificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima e o Município de Ourém disponibilizará um apoio financeiro até 500 mil euros que incidirá nos anos económicos de 2018, 2019 e 2020.



publicado por Carlos Gomes às 11:36
link do post | favorito

FREIXIANDA PREPARA FESTAS DA VILA

46485108_352090782221430_525914862744764416_n



publicado por Carlos Gomes às 09:56
link do post | favorito

Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
BOMBEIROS DE CAXARIAS E FÁTIMA VÃO TER EQUIPAS DE INTERVENÇÃO PERMANENTE

A Câmara Municipal de Ourém aprovou, na reunião de 19 de novembro, as propostas de protocolo a celebrar com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima para a constituição de duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP). Estes protocolos significam um investimento da autarquia no valor de 30.500 euros por entidade, ou seja, 61 mil euros anuais durante a vigência dos acordos.

A constituição de Equipas de Intervenção Permanente, à semelhança do que já acontece na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém, tem como objetivo garantir prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações e na defesa dos seus bens. Estas equipas permitem melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das associações e corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro.

As Equipas de Intervenção Permanente são compostas por cinco bombeiros em regime de permanência e têm a exclusiva missão de assegurar serviços de socorro às populações, de acordo com o plano de trabalho elaborado pelo Presidente da Direção da associação, sob proposta do Comandante do corpo de bombeiros. A Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Câmara Municipal de Ourém comparticipam em partes iguais os custos decorrentes da remuneração dos elementos da EIP, bem como encargos relativos ao regime de Segurança Social e seguros de acidentes de trabalho.

Os protocolos para constituição de Equipas de Intervenção Permanente nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima são válidos por um período de três anos e renováveis automática e sucessivamente por igual período, caso não sejam resolvidos por qualquer das partes.



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito

MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃO DE QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou um protocolo de colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima para a aquisição de terrenos onde será edificado o novo quartel da corporação. O documento foi aprovado na reunião de Câmara de 19 de novembro e prevê a atribuição de um apoio financeiro até 500 mil euros e a doação de um terreno camarário avaliado em 126 mil euros.

O Município de Ourém reconhece a necessidade de dotar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima com melhores recursos, nomeadamente a construção de um novo quartel que responda às necessidades da instituição e permita uma resposta mais eficaz no desempenho das suas funções em matéria de prevenção e socorro de pessoas e bens. Para a concretização desta ambição antiga da instituição, será necessário adquirir os terrenos definidos para a edificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima, terrenos que estão em conformidade com a construção pretendida, em observância aos instrumentos territoriais vigentes. Neste contexto, o Município de Ourém disponibilizará um apoio financeiro até 500 mil euros que incidirá nos anos económicos de 2018, 2019 e 2020, além da doação do terreno avaliado em 126 mil euros.



publicado por Carlos Gomes às 14:47
link do post | favorito

MOBILIDADE ELÉTRICA: UM ORÇAMENTO DE ESTADO ALINHADO COM A MOBILIDADE LIMPA

A Mobilidade Elétrica deixou de ser um projeto futurista para ser uma realidade em expansão e Portugal não é exceção. A aposta forte do investimento público e privado nas energias renováveis deverá ter como objetivo último que a energia utilizada em Portugal provenha na totalidade de fontes não-poluentes. Sendo a mobilidade elétrica, conforme tem sido reconhecido pelos agentes do setor e outros especialistas, uma área de mercado muito rentável e verdadeiramente ecológica.

FranciscoGuerreiro_ComissaoPoliticaNacional_PAN5

Desde o início da legislatura que o PAN tem esta área como prioritária sendo que para o Orçamento do Estado (OE) para 2019 foi proposta e, está ainda a ser negociada com o Governo no âmbito da discussão na especialidade do OE, a criação de um programa de apoio de 5 milhões de euros para introdução de veículos pesados de passageiros, no sentido da renovação da frota de transportes públicos. O veículo elétrico constitui uma crescente e viável opção de mobilidade que responde a questões importantíssimas que dominam a atualidade, designadamente, o aquecimento global, a diminuição da qualidade do ar e a excessiva dependência energética dos combustíveis fósseis. Para além disso, em Portugal existe uma indústria em ascensão de produção de veículos de transporte de pesados coletivos elétricos, sendo importante a aposta nesta vertente da mobilidade elétrica.

Pretendemos ainda estender às bicicletas eléctricas o incentivo que já existe para a compra de veículos de baixas emissões. Um incentivo correspondente a 20% do valor da bicicleta e até um valor máximo de 200 euros. A utilização da bicicleta como modo de deslocação, isoladamente ou em combinação com os transportes públicos, traz diversos benefícios ambientais, sociais, económicos e de saúde pública e as políticas de incentivo à mobilidade eléctrica devem incluir e considerar todos os tipos de transporte.

De acordo com a Associação de Utilizadores de Veículos Eléctricos (UVE) os desafios que se colocam ao país para melhor aproveitar a mobilidade eléctrica passam pela simplificação de burocracias relacionadas com esta forma específica de mobilidade; generalizar os postos de carregamento nas cidades e nas auto-estradas; manter os incentivos e adoptar uma discriminação positiva na aquisição de veículos elétricos ou aumentar a produção de electricidade através das energias renováveis, o PAN pretende manter um contributo ativo nesta área, acompanhando não só, as mais recentes inovações tecnológicas para produção de energia limpa como reivindicando mais medidas que incentivem a expansão desta área.

Colaboração de Francisco Guerreiro, membro da Comissão Política Nacional do PAN – Pessoas – Animais - Natureza



publicado por Carlos Gomes às 14:32
link do post | favorito

“JANTAR À LUZ DAS ESTRELAS” NA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA

Não perca a oportunidade de “Jantar à luz das Estrelas”, na Escola de Hotelaria de Fátima, no próximo dia 4 de dezembro, no âmbito do concurso nacional Jovem Talento da Gastronomia 2018, que decorre na Escola de Hotelaria de Fátima, nos dias 4 e 5 de dezembro. Serão assim disponibilizados lugares para o público (limitado às primeiras 50 inscrições), pelo valor simbólico de 15€/pessoa. Mais informações e inscrições: ehf@insignare.pt | 249 545 721, até dia 25 de novembro de 2018. Não perca esta ocasião única de participar num jantar confecionado pelas futuras estrelas da cozinha.

Esta é a 7ª edição do concurso Jovem Talento da Gastronomia que percorre o país à procura do futuro de Portugal, a competição mais importante para os jovens nas áreas de Cozinha/Pastelaria, Restaurante/Bar e Pastelaria/Padaria! Esta iniciativa da Inter-Magazine - Edições do Gosto, que tem a EHF como um dos patrocinares institucionais, é composta por 3 etapas regionais e culmina na final nacional, que reúne os concorrentes com melhores pontuações e onde o talento é revelado em cada uma das áreas a concurso, e este ano acontece nos dias 4 e 5 de Dezembro, na Escola de Hotelaria de Fátima, contando também com o apoio do Município de Ourém. No dia 5, decorre também o Fórum: Que Futuro para a Gastronomia de Portugal, onde estarão reunidos os profissionais do presente e futuro.

unnamed



publicado por Carlos Gomes às 14:23
link do post | favorito

Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018
PAN APRESENTA PROPOSTAS DE ALTERAÇÃO AO ORÇAMENTO DE ESTADO

OE2019 | PAN apresentou 119 propostas de alteração

  • Reforço das Equipas Comunitárias de Suporte em Cuidados Paliativos
  • Aumento do teto máximo de isenção de IVA de 10 mil para 15 mil euros
  • Fim da CESE para centros eletroprodutores que utilizam fontes de energia renováveis
  • Integração de intérpretes de Língua Gestual Portuguesa no SNS

No último dia para a entrega de propostas de alteração ao Orçamento do Estado (OE) para 2019, cuja discussão na especialidade tem estado a decorrer, o PAN – Pessoas-Animais-Natureza – contabiliza um total de 119 propostas de alteração, mais 59 do que no ano passado, nas áreas da saúde e alimentação, agricultura e florestas, justiça social e fiscal, proteção ambiental e animal.

Destas, o partido destaca:

Reforço das Equipas Comunitárias de Suporte em Cuidados Paliativos

As Equipas Comunitárias de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP) prestam cuidados a doentes, que deles necessitam, na sua casa, apoiando os seus familiares e cuidadores dos doentes. Disponibilizam também aconselhamento a clínicos gerais, médicos de família e enfermeiros que prestam cuidados ao domicílio. De acordo com os dados disponíveis, existem 21 equipas Comunitárias e Domiciliárias de Suporte em Cuidados Paliativos.  No entendimento da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos, sendo estas equipas a pedra basilar de uma adequada rede de cuidados, estima-se que é necessária 1 equipa por 100 mil habitantes, que permita acessibilidade 24h por dia. Neste sentido, por considerar que a cobertura é ainda incipiente para as necessidades em alguns municípios, o PAN propõe o reforço das ECSCP no nosso país.

Aumento do teto máximo de isenção de IVA

Nos termos do artigo 53.º do Código do IVA, atualmente, estão isentos do pagamento de IVA os trabalhadores sem contabilidade organizada para efeitos do IRS (recibos verdes) ou IRC (empresas em nome individual) e que não pratiquem operações de importação, exportação ou atividades conexas até um volume de negócios anual de 10 mil euros. Atendendo a que o limite de isenção de IVA permanece inalterado há bastantes anos, o mesmo encontra-se desatualizado, o que significa que a inflação, que também se reflete no valor das prestações de serviços dos trabalhadores independentes, faz com que sejam cada vez menos os profissionais abrangidos por esta importante isenção. Neste sentido, por considerar que o limite de isenção de IVA é excessivamente baixo, o partido propõe que esta isenção passe dos atuais 10 mil euros para 15 mil euros.

Fim da CESE para centros eletroprodutores que utilizam fontes de energia renováveis

A Proposta de Lei do OE 2019, no seu artigo 255.º, procede, entre outros, à alteração do artigo 4.º do regime da Contribuição Extraordinária sobre o Setor Energético (CESE). Com esta alteração, a produção de eletricidade, por intermédio de centros electroprodutores que utilizam fontes de energia renováveis, que se encontre abrangida por regime de remuneração garantida, passou a estar sujeita ao pagamento da CESE. O PAN propõe que o pagamento da CESE seja imposto apenas aos centros electroprodutores com remuneração garantida de fonte de energia não renovável, privilegiando este tipo de produção em detrimento do uso de energias fósseis e não renováveis.

Integração de intérpretes de Língua Gestual Portuguesa nas urgências do Serviço Nacional de Saúde (SNS)

Apesar das propostas do Governo e dos avanços que têm sido feitos nesta matéria em várias instituições públicas, as pessoas surdas continuam a enfrentar sérias dificuldades de comunicação. A situação ganha especial relevância nos serviços de saúde. Os centros de saúde e hospitais não dispõem de intérpretes nem são legalmente obrigados a isso e o PAN pretende reverter esta situação. As barreiras não são só arquitetónicas, são também sociais, culturais e políticas. Todos devem ter acesso às diferentes oportunidades existentes – seja à cultura, aos espaços públicos, aos edifícios, às comunicações, aos serviços, à economia, à participação política – em condições de igualdade e, enquanto isso não acontecer, não podemos dizer que vivemos numa sociedade igual e justa para todos os cidadãos. O acesso à saúde trata-se de um direito fundamental de todos os cidadãos.



publicado por Carlos Gomes às 19:18
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

FINAL DO CONCURSO NACIONA...

3 EX-ALUNOS DA ESCOLA DE ...

OURÉM REÚNE EXECUTIVO MUN...

NATAL EM OURÉM TEM DESCON...

CÂMARA APROVA APOIO À REC...

CÂMARA APROVA PROJETO DE ...

ABERTURA PROCEDIMENTO DE ...

ELABORAÇÃO DO PLANO DE UR...

REVISÃO DO PLANO MUNICIPA...

BLOGUE AUREN DESEJA BOAS ...

OURÉM RECEBE EMBAIXADA DA...

OURÉM É "MUNICÍPIO AMIGO ...

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO D...

MUNICÍPIO DE OURÉM REFORÇ...

FINAL NACIONAL DO JOVEM T...

AS APARIÇÕES DE FÁTIMA “S...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA A ABE...

FILARMÓNICA DE VILAR DOS ...

FILARMÓNICA DE OLIVENÇA D...

ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁ...

FREIXIANDA RECEBE ENCONTR...

ALVAIÁZERE REALIZA FESTIV...

ALVAIÁZERE VAI REQUALIFIC...

OE 2019: PAN ASSEGURA A C...

OUREENSES BEBEM CHÁ COM A...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

IVA DA TOURADA REDUZ PARA...

PARLAMENTO VOLTA A REJEIT...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

PARLAMENTO REJEITA PROPOS...

BANDAS FILARMÓNICAS DESFI...

OURÉM CELEBRA O NATAL

PAN CONSEGUE CONTRATAÇÃO ...

PAN CONQUISTA DOIS MILHÕE...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

ANAFRE QUER VALORIZAÇÃO D...

ALVAIÁZERE REALIZA FEIRA ...

SANTUÁRIO DE FÁTIMA INICI...

FALTA DE MEMÓRIA EM ESPAN...

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ...

ESCOLA DO SANTUÁRIO DE FÁ...

ALVAIÁZERE ASSINALA DIA D...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

MUNICÍPIO DE OURÉM APOIA ...

FREIXIANDA PREPARA FESTAS...

BOMBEIROS DE CAXARIAS E F...

MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃ...

MOBILIDADE ELÉTRICA: UM O...

“JANTAR À LUZ DAS ESTRELA...

PAN APRESENTA PROPOSTAS D...

arquivos

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds