Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
OURÉM RECEBE "PETIT" - UM ESPETÁCULO DOS FRUTILLAS CON CREMA

Petit é um espetáculo dos Frutillas Con Crema que nos diz que é tempo de sermos crianças outra vez e que é tempo de brincar!

Em Petit não se usam palavras, apenas a linguagem universal dos gestos, recordando-nos como é importante a simplicidade. Um abraço, um sonho, uma gargalhada, não podem ser traduzidos ou substituídos por palavras, mas são universalmente entendidos.

Petit (Frutillas con Crema) | Caminhos da Pedra
Este espetáculo passa por três locais do Município de Ourém, em três dias, sempre às 15h.

Caminhos Médio Tejo, um projeto da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo

71971777_2936161163078332_3853079658765484032_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:47
link do post | favorito

Terça-feira, 8 de Outubro de 2019
BOMBEIROS DA FREIXIANDA ANGARIAM FUNDOS PARA REQUALIFICAR O QUARTEL

71547079_2468604810039874_1702520449109327872_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 17:23
link do post | favorito

Sexta-feira, 4 de Outubro de 2019
JOSÉ CID CANTA NA FEIRA NOVA DE SANTA IRIA 2019

O artista José Cid vai ser a grande atração da edição de 2019 da Feira Nova de Santa Iria, evento centenário organizado pelo Município de Ourém que entre 24 e 31 de outubro vai levar muita animação até ao Parque da Cidade António Teixeira e Centro Municipal de Exposições.

Feira Nova de Santa Iria 2019.jpg

José Cid, artista com mais de 50 anos de carreira e recentemente distinguido com um Grammy Latino de Excelência Musical, vai atuar em Ourém no dia 26 de outubro, pelas 21h30, e será o ponto alto da programação da Feira Nova de Santa Iria 2019, além dos habituais carrosséis, carrinhos de choque e do tradicional mercado de domingo (27 de outubro), no Mercado Manuel Prazeres Durão.

A Feira Nova de Santa Iria garante, ano após ano, divertimentos para todos os visitantes e entre 25 e 27 de outubro o Centro Municipal de Exposições acolhe o certame onde será possível encontrar os mais variados produtos e serviços, espaços de restauração dinamizados por associações locais, animação musical e muitas surpresas. A exposição de atividades económicas e artesanato será alargada e a animação está assegurada com divertimentos para todas as idades e apelativos para o grande público.

Grandes espetáculos, diversões, tasquinhas e muitos expositores estão já confirmados na Feira Nova de Santa Iria 2019, iniciativa com entrada gratuita e promovida pelo Município de Ourém.



publicado por Carlos Gomes às 18:45
link do post | favorito

Quinta-feira, 3 de Outubro de 2019
O QUE DISSE ANDRÉ SILVA, DEPUTADO DO PAN, NO JANTAR DE CAMPANHA DESTA NOITE?

15781499_1800791300158807_6541270297211427159_n.jpg

Amanhã encerra-se um ciclo político que para o PAN foi o da afirmação. No domingo iniciaremos o período da consolidação.

Não querendo trazer para o PAN maiores virtudes do que aquelas que podemos efetivamente reclamar, posso hoje afirmar de consciência tranquila que cumprimos e superámos aquilo a que nos comprometemos com os portugueses e as portuguesas há 4 anos: dar voz aos que nunca eram ouvidos, trazer visibilidade a preocupações sociais que eram menosprezadas ou ridicularizadas, expor os interesses de algumas indústrias fortemente apoiadas pelos partidos incumbentes, colocar o ambiente no centro do debate político e social.

Mas acima de tudo a difícil entrada do PAN no parlamento veio confirmar que todos podemos fazer a diferença! Seja qual for a nossa condição à nascença, nacionalidade, religião, género, orientação sexual, condição económica ou orientação ideológica, todos podemos contribuir para a concretização de sonhos que nos dizem ser impossíveis!

Para o PAN não há aspirações impossíveis, estamos no sistema político-partidário para procurar soluções para os velhos problemas e para os desafios do século XXI. Não temos as respostas todas e ainda temos muito por onde crescer e evoluir, mas catapultámos para o centro do debate social, político e económico, o potencial de concretizarmos, enquanto sociedade, uma transição para um futuro sustentável e justo.

Com apenas um deputado e um minuto para falar, tivemos, nos últimos quatro anos, a nossa acção política profundamente limitada. Mas tal não nos impediu, muito pelo contrário, de honrar o compromisso que assumimos com as pessoas: o de trabalhar todos os dias com rigor e sempre na procura de consensos que se traduzissem em melhorias para o país. Foi, de resto, essa postura construtiva que permitiu colocar intérpretes de LGP nas urgências dos hospitais, regular a publicidade de alimentos para crianças, contratar mais nutricionistas e psicólogos para o SNS, a distribuição de fruta no pré-escolar público, o fim do uso de louça descartável de plástico, a implementação da tara recuperável para garrafas de plástico, a interdição do abate de animais de companhia como meio de controlo populacional ou o fim da utilização de animais selvagens nos circos.

Mas está quase tudo por fazer. Fizemos o que nos deixaram. Fizemos o que pudemos com a força que tínhamos.

O programa que apresentamos a estas eleições legislativas reflete, justamente, a magnitude do desafio que temos pela frente mas também a confiança necessária para o encarar. Mas, mais importante, aponta um caminho que, podendo não ser o mais popular nem o mais desejado, é o necessário.

É um documento que tem em vista o ano de 2030, data apontada pelos cientistas climáticos como o ponto de não retorno.

Um programa que não se esgota na emergência climática e que prioriza a dignidade do ser humano e as respostas que se exigem à sua realização e autodeterminação; um programa que faz uma aposta firme no empoderamento das pessoas através da Educação e da Cultura enquanto ferramentas centrais na construção de uma sociedade mais empática e consciente; que dignifica e protege todos, do indivíduo aos ecossistemas, com políticas responsáveis para a sustentabilidade, a acessibilidade e de justiça intergeracional em áreas tão importantes como a Saúde, a Habitação, o Emprego ou a Justiça.

Este é um programa realista, que rasga a indiferença e não cede ao imediatismo.

Os partidos incumbentes não têm sido capazes de ler o momento em que vivemos e mostram-se incapazes para oferecer as respostas aos desafios do nosso tempo.

O problema não se resume, como todos nos querem fazer acreditar, em ser-se de esquerda ou de direita, o problema é não ter soluções e respostas eficientes para os reais problemas da sociedade do século XXI.

Vejamos como a ideologia se traduz em políticas insuficientes, e castra a evolução por não permitir alcançar as melhores respostas para um determinado problema num dado momento. Aquilo que ontem se afigurava como uma solução, hoje pode deixar de sê-lo, porque a sociedade está em constante mutação e o grande desafio da política é acompanhar o seu ritmo. A ideologia desilude por não acompanhar uma sociedade em permanente movimento.

Portugal poderia estar mais à frente não fosse a força do travão do conservadorismo ideológico de PSD, CDS e PCP.

[CDS] Imagine-se, o CDS, um partido presidido por uma mulher que defende a condenação das mulheres que decidem interromper a gravidez por entenderem não ter condições de a suportar, no âmbito do direito que têm sobre o seu corpo e a direcção da sua vida. O CDS é um partido que assim ataca e humilha as mulheres do nosso país.

É o mesmo partido que nega ver reconhecidos direitos humanos fundamentais a pessoas com identidade de género ou orientação sexual que não encaixam nos seus critérios marialvas. Para quem tanto enfatiza a família, querem proibi-la, negando e violando direitos elementares. Isto sim, é um insidioso ataque às pessoas e aos valores de uma sociedade do século XXI. O CDS é um dos partidos mais perigosos e extremistas, ao representar a homofobia, a transfobia e o incitamento ao ódio, através de uma linguagem carregada de intolerância.

O CDS parou no tempo, naquele tempo em que infligir sofrimento era um exercício de afirmação e uma demostração de virilidade. Aliás, a líder do CDS compara a tourada a um bailado. A nossa sorte é o CDS não ter parado no tempo em que os homens eram atirados aos leões.

A violência das políticas do CDS entrou inclusivamente dentro da casa das pessoas. A lei das rendas, em bom rigor a liberalização dos despejos, ainda hoje continua a afectar muitas pessoas em especial as mais idosas e as menos favorecidas. A Drª Assunção Cristas diz que põe as pessoas no centro das preocupações, mas acaba por metê-las no meio da rua. E é o PAN que não defende as pessoas…

[PSD] Lei das rendas que, recorde-se, foi aprovada num governo do PSD.

Um partido conhecido por ter no seu hino a palavra liberdade é o mesmo partido que hoje em dia quer criminalizar os jornalistas por exercerem a sua profissão.

O PAN, aquele partido que é frequentemente acusado de não saber do que fala, ao ver Rui Rio a querer matar o mensageiro, dá por si a pensar: será que vão dizer de Rui Rio o que dizem do PAN?

Isto é: ou não sabe do que fala ou não sabe o que é a democracia. É que não há democracia sem jornalismo. E o que defende Rui Rio é um feroz ataque a um dos pilares essenciais do jornalismo que é o direito a preservar o anonimato da fonte. Rui Rio prefere assim atirar no mensageiro em vez de resolver o problema que a mensagem traz: a corrupção sistémica.

Mas se a visão de liberdade do PSD é questionável, o seu conceito de seriedade é verdadeiramente fantasmagórico. E neste campeonato até consegue fazer a dobradinha: todos se lembram ainda das presenças fantasma atingindo inclusive o secretário geral do PSD, mais conhecido entre nós, ambientalistas, pelo vendedor do Tua, e agora, em plena campanha eleitoral, o país é contemplado com um caso que fere profundamente a credibilidade da casa da democracia, a Assembleia da República, o episódio da falsificação das assinaturas, conhecido por assinaturas fantasma.

Assistimos a mais um pontapé na democracia e é com este tipo de comportamentos que os cidadãos se afastam dos partidos e da política.

Se houvessem sondagens sobre a intenção dos partidos em enganar os portugueses, certamente que o PSD estaria numa melhor posição do que aquela em que se encontra. Vejamos mais um exemplo: um partido que apregoa frescura e juventude na política, tanto que, ineditamente, o seu candidato a primeiro ministro nem é cabeça de lista para priorizar um jovem, depois mostra pelo seu programa que não tem respostas para as principais preocupações dos mais jovens.

Basta constatar a total falta de visão do PSD em matéria de combate às alterações climáticas: um deserto. Alguém que diga ao Dr. Rui Rio que o principal desafio das nossas vidas não se resolve a mudar a caldeira.

[PCP] Mas se Rui Rio ainda muda caldeira, o PCP não muda nada. Em matéria ambiental é uma verdadeira desilusão. O PCP, tal como Trump, não reconhece valor ao Acordo de Paris.

Mas reconhece valor ao regime chinês, essa democracia de partido único, onde não existe liberdade de imprensa ou religiosa, que viola diariamente os direitos humanos fundamentais, sobejamente conhecido por caçar opositores políticos.

Felizmente o PCP não caça opositores políticos, mas apoia o baronato da caça, matilheiros, monteiros, criadeiros e demais agressores da vida animal.

E dou por mim a pensar que o PCP parece o irmão gémeo do CDS de quem foi separado à nascença…e o PAN é que tem problemas com a ideologia.

[BE] E por falar em ideologia, há quem diga, como Catarina Martins, que não se ser de esquerda nem de direita, isso não existe. E o PAN olha para o Bloco e conclui que o que existe é acumular ser-se de esquerda e de direita, não tivesse o Bloco suportado a política económica de Mário Centeno, o governante mais popular no eleitorado da direita e que até Rui Rio gostaria de ter como ministro. 

Assim, imagino que será fácil para o partido socialista levar o Bloco de Esquerda para o governo, um partido tão ideologicamente marcado à esquerda mas com ginástica suficiente para correr na pista da direita.

[PS] Já o PAN não precisa de se auto catalogar à esquerda ou à direita para saber o que quer e o que não quer. O nosso caminho é firme na rejeição das desigualdades e injustiças sociais, do esgotamento dos ecossistemas, e do utilitarismo das outras formas de vida.

O PAN nunca aceitará viabilizar um governo do partido socialista que quer explorar petróleo no nosso país, um governo que assine contratos para a construção de aeroportos antes de fazer avaliações de impacto ambiental; um governo que não compense aqueles que trabalham à noite ou por turnos; que continue a não apresentar medidas sérias de combate à corrupção; um partido que tem vergonha da agricultura biológica e que em matéria de Saúde continua a não ter políticas de prevenção da doença em detrimento das indústrias da saúde.

[Fecho. Agradecimentos]

Companheiras e companheiros, resta-nos pouco mais de 24 horas de uma campanha que se revelou intensa e desafiante mas também recompensadora. Uma campanha que quisemos fazer diferente, sem alimentar casos, pessoais ou judiciais, dando visibilidade a problemas ou a projectos que merecem ser divulgados.

É o culminar de uma legislatura e de meses de imenso trabalho que, à parte de nos convidar a melhorar no futuro, só nos pode orgulhar no presente. Mesmo sem os meios técnicos e humanos dos outros partidos, não deixámos de percorrer o país e o que vimos e sentimos foi de tal modo impactante que só podemos estar optimistas para o futuro.

Quero, a este tempo, manifestar o meu enorme agradecimento a todos os que se envolveram nesta campanha e que têm dedicado, quantas vezes com sacrifício pessoal, o seu tempo ao nosso movimento.

Muito, muito obrigado! E quero também agradecer aos nossos filiados e simpatizantes, cuja participação é cada vez mais reveladora da vitalidade do nosso partido. Todos e cada um de vocês, aqui e em todo o país, foram determinantes para que chegássemos aqui hoje com reais possibilidades de ver a nossa posição reforçada no sistema democrático português.

Quero, pois, apelar, para que não permitam, nem por uma vez, nem mesmo por um segundo, que as críticas que nos fazem vos façam desacreditar das vossas motivações e da nobreza da nossa luta.

Não contamos com a simpatia de tantos sectores influentes da sociedade, fomos o partido que mais sofreu campanhas de bullying e desinformação mediática sobre as nossas propostas, mas no domingo vamos mostrar que contamos com aquilo que realmente importa em política: a confiança das eleitoras e dos eleitores. Quando todos, da esquerda à direita, batem no PAN, é bom sinal, é sinal que estamos a fazer algo de positivo.

E no domingo queremos uma vez mais ser a surpresa das eleições e fazer história em Portugal, a história da transição e da mudança de paradigma na forma como nos relacionamos com os outros e com o planeta.

 “Ainda vamos a tempo!”. VIVA O PAN!



publicado por Carlos Gomes às 21:40
link do post | favorito

Quarta-feira, 2 de Outubro de 2019
OURÉM ABRE CONCURSO PARA EXPLORAÇÃO DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL

Concurso para atribuição do direito de exploração do Café afeto ao CEO – Centro de Empresas de Ourém

Encontra-se aberto, até às 17.00 do próximo dia 17 de outubro, o Concurso para atribuição da concessão da exploração do Estabelecimento de Bebidas localizado no Centro de Empresas de Ourém, na Loja identificada com o n.º 39 do Piso 0 (zero) do Edifício do Mercado Municipal de Ourém, sito na Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, em Ourém.

CEO111 (1).jpg

As condições da concessão e obrigações específicas constam do respetivo Caderno de Encargos, que pode ser obtido na sede da ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima (travessa 10 de Junho, 11, 2490-567 Ourém), no Site da ACISO em www.aciso.pt ou através do e-mail info@aciso.pt.

Mais informações e/ou esclarecimentos poderão ser obtidos, via telefone (249 540 220) via email (info@aciso.pt) ou pessoalmente junto dos Serviços de Receção da ACISO. 

CEO111.jpg



publicado por Carlos Gomes às 19:45
link do post | favorito

Terça-feira, 1 de Outubro de 2019
JOVENS DE OURÉM PREOCUPADOS COM POLUIÇÃO NA RIBEIRA DE SEIÇA

Tal como tinha prometido aos 60 alunos da Escola Básica e Secundária de Ourém, que na passada sexta-feira vieram à Assembleia Municipal de Ourém apresentar as suas propostas para a despoluição da Ribeira de Seiça, o presidente da AMO, João Moura, deu conhecimento aos deputados municipais sobre a reivindicação destes jovens na sessão ordinária de ontem, dia 30 de setembro.

amouremm (1).jpg

No dia em que Portugal se mobilizou pelo clima, a 27 de setembro, 60 alunos da Escola Básica e Secundária de Ourém vieram à AMO apresentar as suas ideias para melhorar o ambiente no concelho, mais concretamente na Ribeira de Seiça, na zona junto ao Parque da Cidade António Teixeira.

Foi com grande entusiasmo que João Moura, presidente da AMO assistiu às apresentações das turmas do 9º D e 9ºE, no âmbito do projeto de autonomia e flexibilidade curricular.

Além de relatarem o ponto de situação sobre os níveis de poluição na Ribeira de Seiça, o trabalho destes alunos contemplou várias ações, tais como inquéritos às pessoas que vendem ou frequentam o Mercado Municipal Manuel Prazeres Durão; limpeza da Ribeira, recolha de amostras de resíduos e posterior análise laboratorial dos mesmos.

Uma das conclusões retiradas do trabalho elaborado por estes jovens foi que a Ribeira de Seiça, na zona junto ao Mercado, se encontra “extremamente poluída”, e que “contém elevadas quantidades de microplásticos”.

Os resultados apresentados surpreenderam o presidente da AMO que, além de agradecer o “extraordinário trabalho realizado pelos alunos”, João Moura referiu que este é um tema que lhe é muito próximo, uma vez que foi vereador do pelouro do ambiente na Câmara Municipal de Ourém, reconhecendo “muitos dos problemas aqui denunciados”.

Estes jovens apresentaram algumas soluções para diminuir os níveis de poluição nesta zona:

- impedir o uso de sacos de plástico no Mercado e substituí-los por outros materiais;

- desenvolver ações de sensibilização ambiental;

- compensar monetariamente as pessoas que mantêm o seu espaço limpo e reciclam o seu lixo;

- colocar ecopontos em vários locais do mercado;

- aumentar a fiscalização da limpeza após o mercado.

amouremm (2).jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:42
link do post | favorito

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM EXIBE FILME DOCUMENTAL DE PEDRO LINO

ACONTECE NO MUSEU… “LUPO” – FILME DOCUMENTAL DE PEDRO LINO vai ser exibido no dia 11 de outubro de 2019 às 21h no Museu Municipal – Casa do Administrador.

20191011_LUPO (1).jpg

Sete países, três pseudónimos, duas famílias e, filme após filme, Rino Lupo foi alguém que fez o oposto do que a sociedade esperava. Um contador de histórias com uma veia rebelde, um realizador irrequieto com um sentido de aventura, um sonhador ambicioso. Mas quem foi afinal Rino Lupo? E como é que um personagem tão extraordinário caiu em tamanho esquecimento? Artista único e invulgar, a sua obra acompanhou a história do nascimento do Cinema de perto. Realizou alguns dos melhores filmes mudos em Portugal, desaparecendo misteriosamente no início dos anos 30. Através desta vida fora do comum, resgatam-se as memórias esquecidas das primeiras décadas da Sétima Arte. E a vida de alguém que nunca desistiu dos seus sonhos.

Duração: 72'

LUPO é realizado pelo jovem cineasta Pedro Lino e produzido pela Ukbar Filmes e foi considerado um dos melhores filmes da edição de 2018 do IndieLisboa, recebeu um prémio do jornal Público e uma menção honrosa no Fest Espinho. É apoiado pelo ICA e pela Cinemateca Portuguesa e foi amplamente aplaudido pela crítica, pelo que esta será uma oportunidade única de visualizar o documentário e estar à conversa com o realizador.

Acesso gratuito

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

 



publicado por Carlos Gomes às 16:31
link do post | favorito

FÁTIMA EXPÕE SOBRE A AMAZÓNIA

No próximo dia 9 de outubro, quarta-feira, pelas 17h00, irá inaugurar em Fátima, no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, a exposição temporária «AMAZÓNIA | Yanomami, os guardiões da “Casa Comum”».

Neste «Mês Missionário Extraordinário» declarado pelo Papa Francisco para assinalar o centenário da Carta Apostólica Maximum Illud do Papa Bento XV e no âmbito do Sínodo ‘Amazónia: Novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral’ a decorrer em Roma, de 6 a 27 de outubro,  não podia este espaço museológico deixar de assinalar, através desta exposição temporária, a dimensão missionária na Amazónia, junto de um povo muito caro aos Missionários da Consolata, os índios Yanomami.  Sublinhe-se que o Sínodo da Amazónia irá contar com a presença de três bispos missionários da Consolata, dois da Colômbia e um do Brasil, além de um padre e uma irmã, também da Consolata, que estão em missão no Catrimani, na Amazónia brasileira.

image001fatamaz.jpg

http://www.consolata.pt/not…/consolata_sinodo_amazonia_2019/)

Através da objetiva do jornalista Francisco Pedro, um grande interessado pela cultura indígena, somos transportados até ao ano 1999, convidando-nos a entrar num cenário cujo “tempo cheira a quente e sabe a pó”, segundo as suas palavras, onde nos espera o afável povo Yanomami.

Em perfeita simbiose com as fotografias de Francisco Pedro, encontram-se expostos alguns objetos do acervo do museu, habitualmente em reserva, dando testemunho de atividades relacionadas com a caça, pesca, alimentação adornos, entre outras.

Os Yanomami vivem em casas comunitárias, as malocas, construídas com madeiras, cipós, esteios, folhas e barros amassados. A maloca tem normalmente uma só porta, servindo para todas as pessoas da comunidade, composta por vários grupos, onde habitam em comum entre dez a quarenta famílias.

Citando o missionário da Consolata Jaime Patias, «A Amazónia recorda-nos que tudo está interligado nesta “Casa Comum”, onde toda a humanidade é uma família. Portanto, cuidar da Amazónia é cuidar de todos».

No momento da inauguração irá decorrer um" Chá com Arte" especial, onde após a habitual desgustação da infusão dos "Aromas de Oureana" e de biscoitos, estaremos à conversa com o jornalista Francisco Pedro e com o Padre André Ribeiro, missionário da Consolata, recém chegado da Missão Catrimani da Amazónia brasileira, para partilhar experiências, e abordar os problemas ecológicos e de direitos humanos, sentidos neste momento no Brasil.

Francisco Pedro

Natural de Leiria, 54 anos, jornalista. O interesse pela cultura indígena levou-o a contatar com várias comunidades Yanomami, na amazónia brasileira; com o povo Nasa, na Cordilheira Central Andina, na Colômbia; e o povo Warao, no Delta Amacuro, na Venezuela. Destas viagens publicou reportagens nas revistas Grande Reportagem, Única (Expresso) e Domingo Magazine (CM) e no jornal O Independente.

Publicou o livro “Filhos da Amazónia, diário de um jornalista na terra dos índios” (2008, Ed. Imagens e Letras).

Participou em várias exposições coletivas e individuais de fotografia, das quais se destaca : “Yanomami – Povo da floresta”, patente em Portugal, Espanha e Alemanha; “Tinto ou Branco – Tabernas de Portugal”; “Filhos de Gea” (com fotos impressas em folhas de plantas naturais) e “Mães coragem … e o vazio das crianças que não puderam ser felizes”, que associou a uma angariação de fundos para apoio às crianças abandonadas pelos pais na Guiné Bissau.

Frequentou os cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa, e foi co-fundador do Circularte – Círculo de Animação e Intervenção Cultural, em Leiria. Foi distinguido com o “Prémio Revelação”, na primeira edição do Prémio Nacional de Artes Plásticas Mateus Fernandes. Em 2002, foi um dos selecionados para o Concurso Ambientar-te, em Leiria, com a escultura “Sofá Urbano”.

Participou em exposições individuais e coletivas de pintura e integrou o Grupo de Intervenção e Manifestação Artística Espontânea (GIMAE), com produção de escultura ao vivo, em três edições do festival “A Porta”, em Leiria.

Está representado em várias coleções particulares, no Consolata Museu, Museu do Vinho da Bairrada e Mimo – Museu de Imagem em Movimento, Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP) e no banco de imagens da Survival Internacional.

Passou pelas redações do Diário de Leiria, Jornal de Leiria e Correio da Manhã (delegação centro). Atualmente exerce as funções de diretor executivo na revista Fátima Missionária e colabora com o Jornal de Notícias.



publicado por Carlos Gomes às 15:51
link do post | favorito

ALVAIÁZERE É A CAPITAL DO CHÍCHARO

39.ª FAFIPA e 17.º Festival Gastronómico

O certame “Alvaiázere Capital do Chícharo”, que congrega a Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e de Artesanato (FAFIPA) e o Festival Gastronómico do Chícharo, arranca no dia 11 de outubro, sexta-feira, e termina no domingo, dia 13.

Programaalvaichich.jpg

O cartaz musical é de grande qualidade, procurando abranger um conjunto variado de públicos. No dia 11 irá atuar “Surma” e “ProfJam”; a 12 de outubro, dia em que será transmitida, a partir da Capital do Chícharo, o programa da TVI “Juntos em Festa”, subirá a palco os “Birds are Indie” e o “Pedro Abrunhosa & Comité Caviar” e no dia 13, a tarde acolherá as atuações da Orquestra Ligeira da Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília, e os concertos dos grupos “Cavaquinhos da Pedreira” e “Adufe e Alguidar”. A encerrar o certame, à noite, o Festival Internacional de Acordeão e a atuação de Emanuel.

Do ponto de vista cultural, são de facto muitos os atrativos em programa: visitas ao património, exposições várias, muita animação, quer de rua, quer noturna, facto que é também uma inovação nesta edição do “Alvaiázere Capital do Chícharo”, com os “P*ta da Loucura” no dia 11 e com os “The Fucking Bastards”, no sábado, dia 12.

Mantém-se em agenda a realização do emblemático passeio de tratores, do passeio de motas e do passeio de bicicletas antigas, no domingo, dia 13.

O desporto também integra o Alvaiázere Capital do Chícharo, estando prevista a realização da segunda edição do torneio de futebol de formação “Al-Bayazira Youth Cup”.

Naturalmente que a componente gastronómica vai continuar a ser uma das marcas deste evento, estando a oferta a cargo, fundamentalmente, das tasquinhas presentes no recinto, pela rede de restaurantes aderentes e pelos produtores de produtos regionais, que darão a provar a quem nos visita, o melhor que Alvaiázere e a região têm para oferecer.

O programa desenhado demonstra que o Município de Alvaiázere está empenhado em promover um evento que pretende ser muito mais do que uma atividade de entretenimento, mas antes um meio de promoção do território e dos seus recursos endógenos, potenciando, desta forma, o surgimento de mais oportunidades de negócio, o crescimento da economia local e o reforço da notoriedade do concelho.



publicado por Carlos Gomes às 15:47
link do post | favorito

ALUNOS DA ESCOLA DE HOTELARIA DE FÁTIMA PARTICIPARAM NA 15º EDIÇÃO DO CONGRESSO DOS COZINHEIROS

Decorreu nos dias 29 e 30 de Setembro em Lisboa, a 15º edição do Congresso dos Cozinheiros, organizado pelas Edições do Gosto.

unnamedhotefat.jpg

A iniciativa contou este ano pela primeira vez com uma participação da Escola de Hotelaria de Fátima, que incluiu a presença de uma turma de alunos em momentos gastronómicos relevantes, nas áreas de Pastelaria e Restaurante/Bar, acompanhados pelos respetivos coordenadores de curso.

O evento teve palco no Pavilhão L/XL do Lx Factory, em Lisboa, onde decorreram apresentações de cozinha, conceitos, produtos e onde decorreram também debates com convidados nacionais e internacionais.

O Congresso consolidou a sua posição como o evento de referência dos profissionais de cozinha e caminha ao encontro da distinção da gastronomia portuguesa e da sua elevação no seio dos profissionais do sector.

É um evento onde sai reconhecida e valorizada a gastronomia portuguesa, a riqueza dos produtos da nossa terra, dos nossos artesãos e o trabalho dos nossos profissionais de cozinha, em Portugal e além fronteiras.

A Escola de Hotelaria de Fátima congratula-se com esta parceria, possibilitando aos nossos alunos e professores o contacto com um leque experiente de grandes profissionais e com uma oportunidade única de aprendizagem em contexto de alto nível.



publicado por Carlos Gomes às 09:54
link do post | favorito

Segunda-feira, 30 de Setembro de 2019
PARTIDO SOCIALISTA TOMA POSIÇÃO ACERCA DAS CONTAS DO MUNICÍPIO DE OURÉM

Auditoria ao Município – Contas 1º Semestre 2019

Tivemos oportunidade de analisar o relatório do auditor externo sobre as contas do Município relativas ao 1º Semestre de 2019.

Antes de mais não podemos deixar de dar novamente os parabéns à equipa da DGF pelo rigor das contas, cujos auditores detetaram apenas algumas pequenas correções nos registos contabilísticos.

Indo à análise:

Esta análise é, antes de mais, um exercício difícil de fazer numa perspetiva da análise comparativa com o 1º semestre de 2018, dado que o 1º semestre de 2019 já incorpora toda a atividade desenvolvida pela OurémViva. Isto explica, em grande parte, as fortes variações registadas nalgumas rubricas, como sendo o aumento dos custos com pessoal e a diminuição dos FSE e as Transferências concedidas.

As contas do Município gozam hoje de duas “dadivas” que, do nosso ponto de vista, explicam a sua boa saúde económico-financeira e que pouco ou nada têm a ver com a boa ou má gestão da atual governação PSD/CDS.

Por um lado, este Executivo herdou do anterior contas municipais equilibradas e livres de quaisquer pressões financeiras ou de tesouraria e teve o Fortúnio da própria pujança económica da República (que não se pode negar); o crescimento continuo verificado há já vários anos, ajuda à consolidação financeira e orçamental, traduzindo-se no aumento das receitas para o Município, quer em Impostos recolhidos, quer na diminuição de subsídios, quer ainda pelo aumento dos fundos do Estado para os Municípios como sendo o FEF.

Olhando para o Balanço a 30-06, verificamos que o município continua com as suas contas equilibradas e que continua na sua senda de diminuição do passivo, com este a,baixar cerca de 911 m€ nos empréstimos à Banca e 755 m€ nos fornecedores. Por outro lado, verifica-se um aumento substancial das disponibilidades financeiras, com os depósitos bancários a crescerem cerca de 1.000.000 euros.

À primeira vista estas contas dão nos uma sensação de que o executivo PSD/CDS está a fazer uma gestão financeira caraterizada pelo rigor e que a diminuição continua do passivo/divida é o caminho certo.

Contudo, certo, na nossa ótica, é o equilíbrio entre a boa prestação da governação de uma Câmara e a “boa” divida.

Todavia, parece-nos que isso não está a acontecer em Ourém. As contas refletem um arrecadar de receitas corrente e, como não possuem uma carteira de investimentos estratégicos onde “empregar” estas receitas, não resta alternativa ao Executivo do que ir amortizando divida. De resto já tínhamos chegado a esta conclusão aquando da análise às contas de 2018.

Estas nossas conclusões são materializadas quando analisamos a execução orçamental e sobretudo a evolução das GOP´s.

Execução orçamental e GOP´s:

- Analisando a taxa de execução da despesa comprometida podemos ser induzidos nalgum erro de perceção, pois a taxa situa-se nos 76% (!!!). Mas, logo ficamos irrequietos quando se verifica uma taxa de execução de despesa paga de 34% e, pior ficamos, quando a despesa de capital paga desce para os 23,8%.

Se, por um lado, é um exercício relativamente fácil prever os gastos e despesas correntes (quanto a isto, a gestão deste executivo não falha), já, por outro lado, falha sim na abordagem à gestão estratégica pois, pura e simplesmente os investimentos estão a demorar a serem executados, pelo que nas componentes das despesas de Capital no orçamento, surgem sempre as execuções sofríveis.

Se, por via da análise orçamental a questão da execução de investimentos é mais difícil de dissecar, já no que respeita às análises das GOP´s, tal já não é possível esconder e aqui verifica-se uma pobre execução de 30%.

Porque razão é que desde que o executivo entrou em funções não consegue obter execuções dos seus planos, repetimos, dos seus planos, em linha com o traçado? Falta de projetos? De acordo com esta maioria PSD/CDS, sim! Mas, na verdade, a parte substancial das execuções dos investimentos já vem de trás (como sendo a Av D Nuno Alvares Pereira ou obras de saneamento, como da freguesia de Fátima, Espite, Matas e Cercal – apontamos estes investimentos pelo peso financeiro que representam, mas podíamos apresentar vários).

Até parece que estamos num período conturbado… as contas municipais estão fragilizadas ou estamos em vigilância ao abrigo de alguma lei dos compromissos ou de pagamentos em atraso??? Bem, sabemos que não… 

Este Executivo não tem ideias para o Município? Pelos vistos, não… 

Julgamos ser tempo de agir, pois os Cidadãos deste Município querem o progresso da sua Terra e não querem ter que esperar pelas inaugurações de 2021.

Os Vereadores do PS

Cília Seixo

José Reis

João Heitor



publicado por Carlos Gomes às 22:14
link do post | favorito

Sexta-feira, 27 de Setembro de 2019
FREIXIANDA RECEBE TEATRO GESTUAL E CIRCO

Freixianda recebe espetáculo PETIT - TEATRO GESTUAL E CIRCO no âmbito da programação Caminhos da Pedra 2019

O Caminhos é um programa cultural em rede que se ramifica em três ciclos anuais, promovendo uma encruzilhada de encontros, nos 13 municípios do Médio Tejo.

No Caminhos todos os espetáculos são gratuitos e as coordenadas são simples de seguir: em abril percorreram-se os Caminhos do Ferro; em julho mergulhou-se nos Caminhos da Água; e em outubro esculpem-se os Caminhos da Pedra.

Os próximos Caminhos são os da Pedra recebendo o Concelho de Ourém 3 espetaculos e Outubro a 18 ( Freixianda ), 19 (Fátima ) e 20 ( Olival).

Música, teatro de rua, circo contemporâneo e masterclass de fotografia são as ofertas para todas as idades.

Fique atento para não perder o passo ao Caminhos.

Siga-nos no instagram e no Facebook.

Dia 18 de Outubro - 15h - Mercado do Peixe - Largo Juvêncio Figueiredo

PETI - TEATRO GESTUAL E CIRCO

(Duração 00:45 min)

Iniciativa da CIMT - Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e do Município de Ourem em parceria com a União de Freguesias de Freixianda , Ribeira do Fárrio e Formigais.

20191018 19 20_Petit.jpg

FB_PETIT.jpg

FB_ProgramaGeral.jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:07
link do post | favorito

Terça-feira, 24 de Setembro de 2019
OURÉM APRESENTA "A MINHA VOLTA AO MUNDO"

Ourém apresenta “A Minha volta ao Mundo”, com Bruno Gaspar a ter lugar no dia 27 de setembro de 2019 às 21h no Museu Municipal – Casa do Administrador e convidá-lo a estar presente à conversa com Bruno Gaspar e a sua volta ao mundo em imagens, histórias, desenhos e relatos na primeira pessoa, os seus projetos e os seus contactos enquanto artista e não só.

No fim da sessão, será realizada uma pequena mostra gastronómica dos lugares visitados pelo artista

Acesso gratuito

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

20190927_A Minha volta ao Mundo1.jpg



publicado por Carlos Gomes às 18:57
link do post | favorito

OURÉM REÚNE ASSEMBLEIA MUNICIPAL

SESSÃO ORDINÁRIA DA AMO DIA 30 DE SETEMBRO

sessão AMO.jpg

A AMO – Assembleia Municipal de Ourém reúne-se, em sessão ordinária, na próxima segunda-feira, dia 30 de setembro, pelas 17h30.

Da ordem de trabalhos fazem parte os seguintes assuntos:

01.01 – Apreciação e votação da ata nº 04/2019 referente à sessão ordinária de 2019.06.24

01.02 – Leitura resumida do expediente

01.03 – Atividade municipal – apreciação de uma informação do senhor Presidente da Câmara Municipal, nos termos da alínea c) do n. º2 do art.º 25º da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro

01.04 – Intervenções de interesse local ou declarações políticas gerais

 01.05 – Período de intervenção aberto ao público

02 - ORDEM DO DIA

02.01 – Informação Semestral do Auditor Externo – 1.º semestre de 2018.

02.02 – Apreciação das geminações do Município com outros municípios ou entidades equiparadas de outros países.

02.03 – Apreciação e votação da proposta camarária – pedido de cedência do “Estádio Papa Francisco” - Fátima.

02.04 – Apreciação e votação da proposta camarária – despejo de fossa “Parque do Rato”.

02.05 – Apreciação e votação da proposta camarária – programa de caminhadas “Caminhos d’Ourém” – atribuição de apoio financeiro – Freguesia de Espite.

02.06 – Apreciação e votação da proposta camarária – programa de caminhadas “Caminhos d’Ourém” – atribuição de apoio financeiro – Freguesia de Nossa Senhora da Piedade.

02.07 – Apreciação e votação da proposta camarária – programa de caminhadas “Caminhos d’Ourém” – atribuição de apoio financeiro – Freguesia de Atouguia.

02.08 – Apreciação e votação da proposta camarária – programa de caminhadas “Caminhos d’Ourém” – atribuição de apoio financeiro – Freguesia de Urqueira.

02.09 – Apreciação e votação da proposta camarária – revisão do Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes Universitários.

02.10 – Apreciação e votação da proposta camarária – descentralização administrativa.

02.11 – Apreciação e votação da proposta camarária – Regime Extraordinário de Regularização das Atividades Económicas (RERAE) – alteração do Plano de Urbanização de Fátima.

02.12 – Apreciação e votação da proposta camarária – suspensão parcial do Plano de Urbanização de Fátima e estabelecimento de medidas preventivas

02.13 – Apreciação e votação da proposta camarária – Unidades Orgânicas Flexíveis e estatuto remuneratório.

02.14 – Apreciação e votação da proposta camarária – aquisição de placas toponímicas – proposta de protocolo – Freguesia de Fátima.

02.15 – Apreciação e votação da proposta camarária – III Festival Literário de Fátima-Tábula Rasa – proposta de protocolo.

02.16 – Apreciação e votação da proposta camarária – pedido de declaração de reconhecimento de interesse público municipal – ROVIGASPARES – Extração e Transformação de Mármores e Rochas e Afins, Limitada.

02.17 – Apreciação e votação da proposta camarária – pedido de declaração de reconhecimento de interesse público municipal – FILSTONE – Comércio de Rochas, S.A.

02.18 – Eleição de um presidente de Junta de Freguesia e respetivo substituto legal -XXIV Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

02.19 – Período de intervenção aberto ao público.


tags:

publicado por Carlos Gomes às 16:21
link do post | favorito

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
CÂMARA MUNICIPAL APOIA REQUALIFICAÇÃO DO CAMPO DO CLUBE DESPORTIVO VILARENSE

O Campo do Operário, casa do Clube Desportivo Vilarense, está a ser alvo de obras de requalificação na sequência do contrato-programa celebrado com o Município de Ourém que contempla um apoio financeiro até 350 mil euros para o efeito.

DJI_0097.png

Os trabalhos de requalificação e conservação do recinto de jogos e campo de futebol da associação já tiveram início e após o seu término os cerca de 200 atletas da coletividade terão condições apropriadas para a prática desportiva, nomeadamente na área do futebol de formação a nível distrital e nacional.

O contrato-programa prevê a atribuição de um apoio financeiro correspondente a 85% do investimento a realizar pelo clube e, neste contexto, o Município de Ourém dá um passo decisivo para responder às carências detetadas nas instalações desportivas do C. D. Vilarense e contribuir para o desenvolvimento de uma rede concelhia de instalações que proporcionem à população melhores condições para a prática desportiva.



publicado por Carlos Gomes às 18:55
link do post | favorito

ROTA CARMELITA - FÁTIMA

A Escola de Hotelaria de Fátima comprometeu-se a estudar durante este ano lectivo 2019/2020, a Rota Carmelita, potenciando assim o turismo do concelho de Ourém.

Aquando do seu lançamento, entendemos que seria interessante poder fazer trabalhos sobre a Rota, mas ao aprofundar percebemos que teríamos muito por onde trabalhar e decidimos dedicar um ano da Escola para o enriquecimento dos conteúdos turísticos no concelho de Ourém, no troço da Rota entre Freixianda e Fátima.

Será um ano intenso de dedicação de várias disciplinas e vários cursos da Escola (do Turismo à Pastelaria e Cozinha), que trarão muito conhecimento a esta Rota, ficando no final toda a informação também acessível e disponibilizada de forma digital.

Decidimos comemorar assim o dia Mundial do Turismo, próximo dia 27 de Setembro, com uma pequena e curta cerimónia simbólica deste dia, fazendo nota pública do lançamento deste projecto anual de importância para a Escola.

É neste sentido que lhe endereçamos o Convite em anexo, solicitando confirmação de presença caso lhe seja possível comparecer.

Carina João Oliveira



publicado por Carlos Gomes às 17:52
link do post | favorito

Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
TOMARENSES EM LISBOA CONFRATERNIZAM AO RITMO DO FLAMENCO

70437287_426849034856542_1307848375202217984_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 13:21
link do post | favorito

Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019
GRUPOS FOLCLÓRICOS DESFILARAM O TRAJE TRADICIONAL EM VILA NOVA DE GAIA NUMA INICIATIVA DA FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS

XXIV Desfile Nacional do Traje Popular Português

Vila Nova de Gaia assistiu a uma grandiosa manifestação da etnografia popular portuguesa.

7E0A8852 (1).jpeg

No passado dia 14 de setembro, o Cais de Gaia serviu de cenário natural a um magnifico desfile que, ultrapassando os 1400 participantes, representou os mais variados temas do trajar português.

De norte a sul do país, todas as regiões etnográficas, com exceção dos Açores, se fizeram representar resultando numa mostra de cores e expressões da mais profunda forma de ser português. 

Das comunidades portuguesas da diáspora, estiveram presentes algumas representações, destacando a Casa de Portugal em Andorra e o Rancho Folclórico e Etnográfico Alma Lusa, vindo do Brasil.

Valorizar o nosso trabalho é, também, valorizar os grupos de folclore e todo o seu esforço abnegado em torno da salvaguarda das nossas matrizes identitárias e da nossa memória coletiva.   

Esta edição contou com o alto patrocínio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e da Fundação Inatel e, pela primeira vez, com a presença de uma delegação do gabinete da Sra. Ministra da Cultura.

A direção da Federação do Folclore Português agradece o empenho e dedicação de todos os intervenientes.

7E0A8815 (1).jpg

7E0A8817 (1).jpeg

7E0A8884 (1).jpg

7E0A8902 (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:16
link do post | favorito

ALVAIÁZERE ARRENDA PARQUE DE CAMPISMO

Município arrenda Parque de Campismo para potenciar o seu funcionamento

O Município de Alvaiázere procedeu ao arrendamento do parque de campismo de Alvaiázere.

IMG_1808 (1).jpg

Esta opção tomada pelo executivo municipal pretende qualificar, potenciar e intensificar a utilização e o funcionamento regular deste equipamento, atraindo, desta forma, mais visitantes ao concelho de Alvaiázere.

Neste sentido, no passado dia 12 de setembro, foi assinado o contrato com António Castelão, empresário do concelho de Alvaiázere com atividade na promoção e organização de atividades outdoor, que garantiu o arrendamento do equipamento, aquando da hasta pública realizada no dia 8 de agosto.

O processo de arrendamento vem na sequência de investimentos já efetuados no parque de campismo, que ascenderam a 155 558,46 €, (e que serão complementados por outros que serão efetivados após aprovação em candidaturas a fundos comunitários), e que permitem dotá-lo de mais valências e de lhe conferir um novo conceito. Pretende-se que esta infraestrutura turística se assuma como o centro de acolhimento de todos aqueles que queiram usufruir de atividades outdoor no concelho de Alvaiázere, seja pedestrianismo, trail ou BTT.

Assim, entre outros trabalhos de requalificação que permitem que o parque de campismo obtenha a classificação de três estrelas, aumentou-se a lotação para um total de 44 tendas e dotou-se este equipamento com um parque de caravanismo (devidamente infraestruturado e com capacidade para dez caravanas), parque infantil e com os equipamentos necessários para que venha a ser homologado como centro BTT.



publicado por Carlos Gomes às 17:46
link do post | favorito

MUSEU MUNICIPAL DE ALVAIÁZERE RECEBE CONGRESSO REGIONAL

Congresso de História e Património da Alta Estremadura e Terras de Sicó | Programa

Alvaiázere, 21 e 22 de Setembro

Museu Municipal de Alvaiázere

Sábado, 21 - Manhã

08:30 Recepção aos Congressistas

09:00 Abertura protocolar

09:15 Apresentação do Coordenador Científico: A História Local em Tempos de História Global

SAUL ANTÓNIO GOMES

09:45 1.ª Comunicação A Mineração romana: O caso da Gruta do Bacelinho (Alvaiázere). Documentário produzido por LABACPS-IPT e CAAPortugal

ANA RAQUEL SALGADO, ALEXANDRA FIGUEIREDO

10:10 2.ª Comunicação A cavidade do Algar da Água: Resultados de três anos de investigações

ALEXANDRA FIGUEIREDO, CLÁUDIO MONTEIRO, ANDERSON TOGNOLI, FERNANDO COIMBRA, SÓNIA SIMÕES, ALEXANDRE PEIXE, DAIVISSON SANTOS, CARLOS ESQUETIM, RICARDO LOPES

10:35 3.ª Comunicação A Carta Arqueológica das Caldas da Rainha: Resultados Preliminares de um projeto em curso

ALEXANDRA FIGUEIREDO, RICARDO LOPES, CLÁUDIO MONTEIRO, ADOLFO SILVEIRA

10:50 Questões

10:55 Intervalo

11:20 4.ª Comunicação A importância da educação patrimonial para a salvaguarda e reconhecimento do património local

RICARDO LOPES, CLÁUDIO MONTEIRO, ALEXANDRA FIGUEIREDO

11:45 5.ª Comunicação O raiar do I milénio a.C. na Alta Estremadura e Terras de Sicó: uma abordagem através da metalurgia

RAQUEL VILAÇA, XOSE-LOIS ARMADA E CARLO BOTTAINI

12:15 6.ª Comunicação Os arrendamentos das rendas de Penela, Ansião e Casal de Abiul e da Terça de Alvaiázere e Rego da Murta [1714-1748]

MIGUEL PORTELA

12:45 7.ª Comunicação O chão como princípio do céu: metamorfoses em torno do Mosteiro da Batalha

BRUNO SAMPAIO LOBO

13:10 Questões

13:15 Encerramento

Sábado, 21 - Tarde

14:30 8.ª Comunicação Breves minutos sobre Património

RUI RASQUILHO

14:55 9.ª Comunicação Catalogo das minas de ferro do concelho de Alvaiázere – situação até 1945

RICARDO CHARTERS D’AZEVEDO

15:20 10.ª Comunicação De Figueiró dos Vinhos para Alpiarça: A produção artística do pintor José Malhoa para a família Relvas

NUNO OLIVEIRA PRATES

15:55 11.ª Comunicação Iluminismo e arquitetura hospitalar. O hospital da Misericórdia de Leiria

VERA MAGALHÃES

16:20 Questões

16:25 Intervalo

16:40 12.ª Comunicação Ligações, presença e património do mosteiro de São Jorge de Coimbra em terras de Penela nos séculos finais da Idade Média

AIRES GOMES FERNANDES

17:05 13.ª Comunicação O primitivo relógio medieval do Mosteiro de Santa Maria da Vitória da Batalha

HERMÍNIO DE FREITAS NUNES

17:30 14.ª Comunicação O Culto Mariano no Concelho de Ansião - a história de dois locais de peregrinações

MANUEL AUGUSTO DIAS

17:55 15.ª Comunicação Arquiteturas do calcário na Alta Estremadura

ANA SARAIVA

18:20 Questões

18:25 Encerramento da Sessão

Domingo, 22 - Manhã

09:00 Reabertura

09:05 16.ª Comunicação Património Escondido à Vista de Todos no Concelho de Ansião

MARIA CLÁUDIA FURTADO SANTOS

9:30 17.ª Comunicação Figueiró dos Vinhos na Idade Média: a repartição de Figueiró, Almofala, Aguda e Arega (sécs. XII-XV) a partir de algumas ligações familiares

ISAURA SANTOS

9:55 18.ª Comunicação Os cruzeiros da Via Sacra do Reguengo do Fètal a Fátima: duas séries por caminhos diferentes

CARLOS FERNANDES

10:20 19.ª Comunicação Anselmo Castelo Branco, o alquimista de Soure

JOSÉ VIEIRA LEITÃO

10:45 Questões

10:50 Intervalo

11:05 20.ª Comunicação A alquimia do espaço e a exercitação das identidades AMILCAR COELHO

11:30 21.ª Comunicação A gestão da formação de professores/as na perspetiva da Autonomia e Flexibilidade Curricular – A Região como espaço educativo de Educação para a Inclusão

LICÍNIA GOMES DA SILVA

11:55 22.ª Comunicação Os fornos de cal de Pataias – Uma luta pelo património Local

TIAGO FILIPE DUARTE INÁCIO

12:20 23.ª Comunicação A simbologia nos sinos das torres sineiras do concelho de Alvaiázere

MARIA ADELAIDE FURTADO

12:45 Questões

12:50 Encerramento do Congresso

13:00 FIM

70250392_456607931613909_8175076678607831040_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 17:08
link do post | favorito

CASA DO CONCELHO DE TOMAR ORGANIZA PASSEIO TURÍSTICO TODO-O-TERRENO

70344694_2131163566987553_2833316103273316352_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 08:28
link do post | favorito

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
SOCIALISTAS DE OURÉM CONTESTAM OBRAS EM FÁTIMA

OBRAS PARTICULARES DE PERFURAÇÃO / ESCAVAÇÃO NA AV. BEATO NUNO

Há mais de três meses que na av. Beato Nuno, em frente ao antigo seminário dos Claretianos, se processam escavações para a edificação de uma obra particular. Estas escavações, interrompidas durante o mês de agosto, voltaram a realizar-se em setembro e neste momento há uma enorme cratera junto à Av. Beato Nuno, que não é visível pelos automobilistas, mas que se encontra a escassos metros da sua passagem.

Os vereadores do PS, que já tinham anteriormente levantado o problema pelo incómodo (trabalhos que se prolongavam por 9 horas diárias, ruído e pó) que isso estava a gerar no direito ao sossego nos habitantes dos prédios vizinhos, questionam-se agora acerca do seguinte:

Dado que as escavações são para uma obra particular, como se justifica que ao fim de três meses não tenham já terminado?...em três meses há escavações e prédios de vários andares completamente levantados e em fase de acabamentos!

 Por outro lado, qual a profundidade dessa cratera e que impacto é que isso pode ter nas habitações vizinhas e no próprio tráfego da av. Beato Nuno?

É verdade que esta obra, que implica escavações numa plataforma rochosa há mais de três meses, com danos para a população vizinha, está ainda em fase de apreciação, não licenciada?

Quem se responsabiliza pelos danos morais e materiais que estão a ocorrer numa área de centena de metros?

O executivo tem a obrigação de zelar pelo cumprimento de normas relativas ao desenvolvimento do município, e pelo bem-estar de todos os munícipes. Ter-se-á esquecido disso no que respeita a esta obra particular??

ORDEM DO DIA

GRUPO DE AMIGOS DE SÃO JOSÉMARIA ESCRIVÁ — PEDIDO DE COLOCAÇÃO DE ESTÁTUA

Josémaria Escrivá e a sua Obra, a Opus Dei, representam uma das maiores controvérsias dentro da Igreja Católica. Se é verdade que Balaguer foi canonizado logo a pós a sua morte, de forma apressada, ao contrário daquilo que é (bom) uso dentro da Igreja Católica, também é verdade que todo este processo e a sua imposição na Curia Romana implicou incongruência, mal-estar, repúdio pela imposição do processo e até medo. O conservadorismo e fundamentalismo de que muitos, dentro da própria Igreja, acusam esta Prelatura, é incompatível com os valores da Tolerância próprios de uma Igreja Universal e de Fátima enquanto santuário mundialmente reconhecido pela mensagem de Amor e de Paz.

Por outro lado, num mundo cada vez mais dominado por ideologias extremistas, não concebemos nem aceitaremos que Fátima, que graças aos seus cerca de 7 milhões de visitantes anuais, é cobiçada para divulgar a mensagem de Escrivá e da Opus Dei, seja instrumentalizada para esse fim.

Por outro lado, e de acordo com a perspetiva da Junta de Freguesia, não reconhecemos qualquer ligação de Escrivá à mensagem de Fátima ou à sua história; há, com certeza, muitos outras figuras dentro da Igreja Católica, que, sem controvérsia e respeitando o processo a que todos estiveram sujeitos, foram canonizados, são Santos e têm uma ligação à essência de Fátima peregrina, como é o caso de Santiago (padroeiro dos viandantes) ou de S. Cristóvão (dos viajantes).

Finalmente, Fátima pela importância que tem não pode ficar à mercê dos interesses ou da instrumentalização que um mau exercício de poder pode conter. O Município, e o Executivo em particular, seja ele de que índole partidária for, tem o DEVER MORAL de salvaguardar a identidade de Fátima não permitindo que interesses de qualquer tipo possam controlar ou manipular essa identidade.

Por todos os motivos apresentados, os vereadores do PS rejeitam a proposta apresentada, independentemente do lugar proposto para a estátua.

E porque achamos que este tipo de decisões é demasiado sério para o futuro da cidade de Fátima, propomos que o Executivo e a Junta de Freguesia de Fátima elaborem uma Comissão de Ética Permanente, composta por entidades diversas ligadas à História de Fátima, à Arte, à Religião, ao Pensamento, à Ética, e à Sociologia entre outras, para poder avaliar da justeza deste tipo de iniciativas. Fátima, a cidade da Paz, o Altar do Mundo, tem que manter a sua identidade: um lugar de oração, de espiritualidade onde TODOS se sintam recebidos e acolhidos! É nossa responsabilidade e nosso dever, enquanto políticos eleitos, pugnar para que isso aconteça.

AQUISIÇÃO DE PLACAS TOPONÍMICAS NO LIMITE URBANO DA CIDADE DE FÁTIMA — PROPOSTA DE PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO, A CELEBRAR COM A FREGUESIA DE FÁTIMA

A propósito de placas, sinalização, indicação e informação / divulgação publicidade e marketing, os vereadores do PS gostariam de questionar o executivo acerca da “floresta” de placards e outdoors que se encontram à saída da autoestrada em direção à rotunda norte e que já quase não permitem ver a rotunda e os símbolos que contêm. Deste modo, temos uma poluição visual que em nada dignifica as entradas da cidade de Fátima.

Sabemos que o lugar de passagem de milhares de pessoas é apetecível para as empresas de publicidade e para a afixação de placards; no entanto, gostaríamos de conhecer o critério (de afixação, nrº de placards, processo de atribuição de espaço, etc.) usado pelo município para este fim.



publicado por Carlos Gomes às 19:00
link do post | favorito

ALVAIÁZERE ABRE INSCRIÇÕES PARA O TRAIL DO CHÍCHARO

Abertas as inscrições para o Trail do Chícharo

69440835_2847344435294258_9127039485228351488_n.jpg

No próximo dia 5 de outubro vai realizar-se mais uma edição do Trail do Chícharo, que este ano integra quatro opções para participação.

Assim, decorrerão três provas cronometradas:

  • O “TrailKids” destinado a crianças com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos;
  • O Trail Curto, com uma extensão de 12 Km; e
  • O Trail Longo, que totalizará 21 Km.

Para além destas, haverá uma caminhada de 12 Km, aberta à participação de maiores de 12 anos (desde que acompanhados e devidamente autorizados pelos respetivos representantes legais).

Os preços para a participação são de €6,00 para o TrailKids e caminhada, e de 10€ para o Trail Curto e Trail Longo, sendo que as inscrições são efetuadas no site do parceiro do evento, em http://www.prozis.com/trailchicharo19.

A participação, que inclui seguro de acidentes pessoais e de responsabilidade civil, dá ainda direito a reforços alimentares durante a prova, almoço volante constituído por sopa e bifana, e brindes vários, como t-shirt e prémio finisher, entre outros.

O levantamento de dorsais é feito no dia anterior à prova, entre as 17 e as 22 horas, e no próprio dia, a partir das 07:00, junto do secretariado localizado no Estádio Municipal, local de onde se iniciará a prova.

O Município de Alvaiázere convida a participar nesta prova, que pretende, acima de tudo, possibilitar o convívio entre todos os participantes, promover hábitos de vida saudáveis e dar a conhecer a beleza e singularidade do património natural e paisagístico do concelho de Alvaiázere.



publicado por Carlos Gomes às 11:02
link do post | favorito

FREIXIANDA INAUGURA FEIRA DAS VELHARIAS

70282371_10215195559706984_8281526897578344448_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:04
link do post | favorito

Quinta-feira, 12 de Setembro de 2019
MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE GARANTE OCUPAÇÃO A CRIANÇAS E JOVENS EM PERÍODO DE FÉRIAS

O Município de Alvaiázere assegurou, pela primeira vez, Atividades de Animação e Apoio à Família no mês de setembro, concretizando, assim, o compromisso do executivo municipal em apoiar os agregados familiares do concelho, promovendo uma maior compatibilização entre a atividade profissional dos pais e encarregados de educação e a ocupação das crianças em período de férias letivas.

Foto 2avaizz.jpg

No que respeita às crianças que frequentaram o ensino pré-escolar no ano letivotransato, foram rececionadas 29 inscrições. Estes alunos desenvolvem atividades nos espaços desportivos e na Biblioteca Municipal de Alvaiázere no período da manhã, devidamente acompanhados por colaboradoras do Município, como forma de diversificar a sua ocupação e para promover hábitos de vida saudáveis. Este serviço inclui ainda serviço de fornecimento de refeições e de transporte, para aqueles que o requereram.

Para os alunos que frequentaram o primeiro, segundo e terceiro ciclo do ensino básico, a autarquia ofereceu, também, um conjunto de atividades lúdicas e pedagógicas, integradas na iniciativa “Alvaiázere Camps”. Nas duas primeiras semanas de setembro, participaram 22 crianças e jovens, mas no cômputo da interrupção letiva de verão, participaram 70 alunos do concelho neste programa ocupacional.



publicado por Carlos Gomes às 15:42
link do post | favorito

Terça-feira, 10 de Setembro de 2019
SOLIDARIEDADE COM OS BOMBEIROS JUNTA JOVENS SEM FRONTEIRAS EM RIO DE COUROS

70239935_2484836901572962_7345950662502383616_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 22:37
link do post | favorito

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE PORTUGUÊS REALIZA DESFILE NACIONAL DO TRAJE EM VILA NOVA DE GAIA

A Federação do Folclore Português fará acontecer mais uma edição do Desfile Nacional do Traje Popular Português, no Cais de Gaia - Vila Nova de Gaia, no dia 14 de setembro de 2019.

70752504_1308015236046141_8769069246895357952_n.jpg

O Cais de Gaia servirá para um grandioso desfile a decorrer numa passerele com 30 metros, dando relevo e destaque a um dos elementos portugueses com maior significado.

Edição após edição, o número de participantes tem vindo a aumentar e este ano contamos com mais de 1400 folcloristas a desfilar, sendo que, serão incluindo novos quadros e algumas surpresas que até ao dia do Desfile irão sendo reveladas.

Estarão presentes todas as regiões etnográficas, com exceção dos Açores.

Das Comunidades Portuguesas da diáspora, estarão também presentes algumas representações, destacando a Casa de Portugal em Andorra e o Grupo Folclórico Alma Lusa, vindo do Brasil.

Esta edição conta com o alto patrocínio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e da Fundação Inatel e contará com a presença de uma delegação do gabinete da Sra. Ministra da Cultura.



publicado por Carlos Gomes às 16:41
link do post | favorito

Sexta-feira, 6 de Setembro de 2019
OURÉM EVOCA AGOSTINHO ALBANO DE ALMEIDA

O Município de Ourém promove a conferência “Agostinho Albano de Almeida e a sua paixão pelos livros” por Carlos Ascenso André a ter lugar no dia 25 de setembro às 21h00, no Auditório Cultural dos Paços do Concelho.

conviteourembiblio (1).png

A conferência incidirá sobre a importância do espólio bibliográfico que o médico e bibliófilo colecionou ao longo da vida, reunindo cerca de 1500 exemplares de livros que vão do século XVI ao século XX. Carlos Ascenso André é professor universitário na Universidade de Coimbra e no Instituto Politécnico de Macau. É ainda tradutor, ensaísta e poeta e nos últimos anos percorreu a China ao serviço da Língua Portuguesa.

Iniciativa integrada no programa comemorativo do Bicentenário do nascimento do Dr. Agostinho Albano de Almeida



publicado por Carlos Gomes às 15:00
link do post | favorito

Quinta-feira, 5 de Setembro de 2019
MARIA BEATITUDE EXPÕE PINTURA NA GALERIA DA VILA MEDIEVAL DE OURÉM

O Museu Municipal de Ourém procede à inauguração da exposição de Pintura “Mergulha”, de Maria Beatitude, a ter lugar no dia 13 de setembro, pelas 16h00, na Galeria da Vila Medieval de Ourém.

Convitemmour.jpg

“ A série “Mergulha” é um meio artístico que provoca interpretações por comparação com situações explícitas como é o caso da pesca.

 Elemento ancestral de subsistências de várias culturas, a pesca é aqui usada como metáfora.

Em analogia à pesca, nada se alcança sem se “mergulhar” profundamente nas questões que se nos colocam quotidianamente. 

Trata-se de submergir num tema que se pretende profundo e que é adensado por jogos de claro/escuro criando ambientes dramáticos onde apenas a figura, elemento central da composição, se destaca da penumbra.”

A exposição estará patente até ao dia 10 de novembro, o acesso é gratuito e pode ser visitada de terça-feira a domingo das 10h00/13h00 e das 14h00/18h00 até ao final de setembro e das 9h00/13h00 e das 14h00/17h00 nos meses de outubro e novembro.



publicado por Carlos Gomes às 18:58
link do post | favorito

Terça-feira, 3 de Setembro de 2019
ACISO É CONTRA A TAXA MUNICIPAL DE OCUPAÇÃO TURÍSTICA

Aciso mantém posição contra a implementação da Taxa Turística no concelho de Ourém. As alterações na redação da proposta de Regulamento da Taxa Municipal de Ocupação Turística apresentado pelo Município não alteram posição anteriormente assumida pelos Associados, tendo os mesmos votado, de forma unânime, contra a aplicação desta taxa.

A ACISO, imediatamente após o primeiro momento em que tomou conhecimento da intenção do Município em implementar a Taxa Turística no concelho de Ourém (setembro de 2018), efetuou um comunicado onde manifestou as preocupações desta associação. Em período de consulta pública, formalizou a posição dos seus associados relativamente a esta matéria. A anterior proposta de Regulamento da Taxa Municipal de Ocupação Turística foi reformulada no seu conteúdo pela Câmara Municipal de Ourém, motivo pelo qual foi solicitado à ACISO um novo parecer sobre esta matéria. Entendeu a direção da ACISO submeter o documento novamente à apreciação dos seus associados em reunião convocada expressamente para o efeito, na qual os associados mantiveram a posição anteriormente assumida, tendo votado de forma unânime contra a aplicação deste regulamento.

A ACISO manifestou a sua disponibilidade para, na qualidade de representante e em defesa dos interesses dos seus associados, participar ativamente na elaboração de uma estratégia num horizonte temporal alargado, que crie compromissos públicos e privados de desenvolvimento sustentado, de forma a se poder perspetivar que investimentos se vão realizar, quando se realização e de onde virão os recursos financeiros necessários.

A ACISO

A ACISO - Associação Empresarial de Ourém - Fátima tem como missão promover, apoiar e defender os empresários associados. Trabalho desenvolvido pela ACISO visa, assim, a cooperação para o progresso técnico, económico e social do concelho de Ourém e região envolvente.



publicado por Carlos Gomes às 17:13
link do post | favorito

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM APRESENTA "MEMÓRIAS DAS GENTES DA NOSSA TERRA"

20190920_memórias das gentes da nossa terra.jpg



publicado por Carlos Gomes às 16:23
link do post | favorito

CENTRO NACIONAL DE CULTURA APRESENTA ROTEIROS DE FÁTIMA

Centro Nacional de Cultura apresenta no Santuário Roteiros dos Caminhos de Fátima

Iniciativa concretiza em livro a marcação dos três caminhos mais frequentados pelos peregrinos, até ao Santuário de Fátima, com indicações sobre o património cultural e religioso.

geralcnc (1).png

O Santuário de Fátima acolhe na Sala de Imprensa, no próximo dia 12 de setembro, pelas 15h00, a sessão pública de apresentação dos Roteiros dos Caminhos de Fátima, uma iniciativa do Centro Nacional de Cultura desenvolvida no contexto do Programa Valorizar (Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior), apoiado pelo Turismo de Portugal.

Os Roteiros com os três Caminhos de Fátima- Caminho do Tejo (entre Lisboa e o Santuário), Caminho da Nazaré (entre Nazaré e o Santuário) e Caminho do Norte (entre Valença e o Santuário) - têm por finalidade disponibilizar, de forma sistemática, ampla e gratuita, informação completa sobre estes percursos, com destaque para a paisagem, o património, a cultura e as ambiências locais.

Os Roteiros dos Caminhos de Fátima estão impressos em três línguas - Português, Inglês e Espanhol - e apresentam a cartografia associada a cada um dos caminhos bem como conteúdos descritivos sobre cada um dos itinerários.

No final de cada Roteiro há um conjunto de informações sobre o Santuário de Fátima, a que o Centro Nacional de Cultura está intimamente ligado desde a sua criação, que é apresentado como “um lugar emblemático onde a religião e a arte se entrelaçam”. Cada Roteiro apresenta ainda uma descrição dos lugares mais emblemáticos do Santuário, desde as Basílicas à Capelinha, sem ignorar a simbologia de cada um destes espaços.

Os Caminhos de Fátima são uma rede de itinerários religiosos e culturais que partem de diferentes locais e terminam no Santuário de Fátima. Proporcionam a quem os percorre uma verdadeira “espiritualidade”, em ligação com a natureza e as vivências religiosas e culturais.

Têm por finalidade criar condições seguras e aprazíveis para peregrinos e caminhantes que se dirigem ao Santuário de Fátima, evitando as estradas com grande circulação automóvel em favor de caminhos de terra e de pequenas estradas rurais com pouca circulação. Percorrem territórios variados, com grande interesse cultural e paisagístico, e articulam-se com outros itinerários de âmbito nacional e internacional.

Desenvolvidos pelo Centro Nacional de Cultura (entidade titular do projeto e proprietária da respetiva marca), estes Caminhos são implementados em parceria com múltiplas instituições (autarquias, Turismo de Portugal, associações, organismos públicos e entidades civis e religiosas) e em articulação com o Santuário de Fátima, estando disponíveis no site www.caminhosdefatima.org .

Configuram-se como uma rede de itinerários religiosos e culturais no território, podendo articular-se com outros itinerários de âmbito nacional e internacional, como os Caminhos de Santiago ou as Rotas Marianas.

Atualmente, os Caminhos existentes são já utilizados por muitos peregrinos, maioritariamente nacionais, mas também estrangeiros. A dimensão espiritual e religiosa é predominante, mas também têm outras valências. São também utilizados por diversos públicos, com interesses e destinos específicos, sobretudo em troços que revestem de grande interesse cultural e paisagístico para caminhadas locais.

Evento: Apresentação dos Roteiros dos Caminhos de Fátima

Dia: 12 de setembro

Hora: 15h00

Local: Sala de Imprensa do santuário de Fátima



publicado por Carlos Gomes às 15:29
link do post | favorito

Sexta-feira, 30 de Agosto de 2019
FREIXIANDA REALIZA FEIRA DAS VELHARIAS

69163662_676403616104238_4279781167814672384_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 14:43
link do post | favorito

PAN APRESENTA PROGRAMA ELEITORAL PARA LEGISLATIVAS 2019
  • Mais de mil propostas sob o mote “Da Indiferença à Emergência - Ainda Vamos a Tempo”
  • Documento tem em vista o ano de 2030, apontado pelos cientistas climáticos como o ponto de não retorno
  • Prioriza a dignidade da pessoa humana e as respostas que se exigem à sua realização e autodeterminação
  • Aposta firme na Educação e na Cultura enquanto ferramentas centrais na construção de uma sociedade mais empática e consciente
  • Sustentabilidade, acessibilidade e justiça intergeracional em áreas como a Saúde, a Habitação, o Emprego ou a Justiça
  • Campanha de baixo carbono

O PAN – Pessoas-Animais-Natureza apresentou hoje o seu Programa Eleitoral às Eleições Legislativas de 2019. O documento está organizado em treze  capítulos: 1) Crise Climática, Justiça Ecológica, Transição Económica; 2) Educação, Ensino Superior e Investigação; 3) Cultura, Artes e Património; 4) Igualdade, Inclusão, Respostas Sociais; 5) Proteção, Saúde e Bem-Estar Animal; 6) Preparar o futuro das novas gerações; 7) Prevenção da Doença e Promoção da Saúde; 8) Habitação Digna e Acessível; 9) Direitos Laborais e Mais Tempo para Viver; 10) Justiça, Transparência e Combate à Corrupção; 11) Democracia, Cidadania e Organização do Estado; 12) Direitos Digitais; 13) Portugal e o Mundo.

O programa apresentado reflete a magnitude do desafio que a humanidade tem pela frente, mas também a confiança necessária para o encarar. Mas, mais importante, aponta um caminho que, podendo não ser o mais popular, é o necessário. É um documento que tem em vista o ano de 2030, data apontada pelos cientistas climáticos como o ponto de não retorno. Um programa que não se esgota na emergência climática e que prioriza a dignidade da pessoa humana e as respostas que se exigem à sua realização e autodeterminação; que faz uma aposta firme no empoderamento das pessoas através da Educação e da Cultura enquanto ferramentas centrais na construção de uma sociedade mais empática e consciente; que dignifica e protege todos, do indivíduo aos ecossistemas, com políticas responsáveis para a sustentabilidade, a acessibilidade e de justiça intergeracional em áreas tão importantes como a Saúde, a Habitação, o Emprego ou a Justiça.

Do documento que pode ser consultado AQUI o PAN destaca as seguintes medidas:

 Crise Climática, Justiça Ecológica, Transição Económica

  • Aprovar a Lei do Clima
  • Dignificar a relevância do Ministro do Ambiente na hierarquia do Estado (atualmente antepenúltimo na Lei Orgânica do Governo)
  • Pugnar pela introdução do crime de Ecocídio no elenco dos crimes para os quais o Tribunal Penal Internacional tem competência de intervenção
  • Excluir considerações de cariz económico das Avaliações de Impacto Ambiental
  • Não autorizar a exploração de petróleo e encerrar as centrais de carvão até 2023
  • Democratizar a energia, descentralizando a sua produção, baseada no autoconsumo partilhado
  • Criar o Plano Ferroviário 2035 que ligue todas as capitais de distrito
  • Suspender a construção do aeroporto do Montijo até que seja assegurada a elaboração da Avaliação Ambiental Estratégica
  • Criar polo para as tecnologias de hidrogénio
  • Aumentar as Taxas de Gestão de Resíduos encaminhados para aterro ou incineração
  • Apostar no ecodesigndas embalagens
  • Benefícios fiscais para empresas que previnam o desperdício alimentar
  • Incentivos financeiros, fiscais e sociais a quem pretenda instalar-se como agricultor biológico
  • Deduções em sede de IRS para quem compra biológico
  • Estender a Taxa de Carbono à produção de carne
  • “Deseucaliptar” Portugal

Educação, Ensino Superior e Investigação

  • Apoiar a inovação educacional: filosofia para crianças, educação emocional, mindfulness e aprendizagem a partir da natureza
  • Criar equipa multidisciplinar para a revisão dos programas escolares com vista à redução de conteúdos
  • Acesso ao ensino superior não ser apenas aferido pelos exames nacionais
  • Reconhecer o estatuto de profissão de desgaste rápido para os docentes

Cultura, Artes e Património

  • Reforço do orçamento da Cultura em 235M€ através do adicional da receita proveniente da alteração do IVA aplicável ao setor hoteleiro (6% para 13%)
  • Devolver património cultural das ex-colónias existente em Portugal, após levantamento por uma comissão técnica, assegurando-se assim a reposição de justiça histórica e que está já a ser levada a cabo em alguns países europeus, onde estão a ser restituídas algumas peças do património cultural das ex-colónias que integravam as coleções públicas desses países

Igualdade, Inclusão, Respostas Sociais

  • Criar a Secretaria de Estado para a Terceira Idade
  • Lei-quadro para a Inclusão (combate ao conjunto das discriminações)
  • Estatuto de vítima para crianças que testemunhem situações de violência doméstica
  • Licença de 10 dias pagos para vítimas de violência doméstica ou abuso sexual para procura de soluções de alojamento seguro ou desenvolver estratégias para lidar com o sucedido
  • Criar a Carreira de Mediador Comunitário e Intercultural
  • Assegurar que os noticiários dos canais generalistas são acessíveis a surdos com intérprete LGP
  • Alojamento de emergência para pessoas em situação de sem-abrigo em todos os distritos
  • Combate ao Tráfico de Seres Humanos através do reforço do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)

Proteção, Saúde e Bem-Estar Animal

  • Rede médico-veterinária de apoio às famílias carenciadas e às associações que tenham a seu cargo animais acolhidos
  • IVA reduzido na alimentação dos animais de companhia
  • Criar a Secretaria de Estado para a Proteção e Bem-Estar Animal
  • Equipas de resgate animal na Proteção Civil
  • Abolição da tauromaquia

Preparar o futuro das novas gerações - Justiça Intergeracional

  • Rever as regras de atualização das pensões em pagamento através da criação de um novo escalão (entre 2 e 3 IAS) onde seja garantida a não diminuição do valor real da pensão em conjunturas de menor crescimento económico protegendo assim as pensões mais baixas de um escalão mais baixo
  • Atrair migrantes qualificados e qualificar migrantes
  • Reforçar os benefícios fiscais em sede de IRS a pequenos aforradores

Prevenção da Doença e Promoção da Saúde

  • Regime de exclusividade dos médicos no SNS
  • Atribuir nutricionistas no SNS a crianças com excesso de peso
  • Apoio psicológico para os profissionais das forças de segurança
  • Possibilidade de licença para as mulheres grávidas a partir da 32.ª semana (para preparar o parto e as novas dinâmicas familiares)
  • Interditar os açucares adicionados em todos os alimentos para bebés
  • Incentivos fiscais à indústria alimentar para estimular o desenvolvimento de alternativas proteicas de base vegetal
  • Despenalização da Morte Medicamente Assistida

Habitação

  • Reforçar o investimento na construção de habitação pública para arrendamento acessível
  • Aumentar a verba do OE para arrendamento jovem

Direitos Laborais e Mais Tempo para Viver

  • Uniformizar 35 horas semanais e 25 de férias para os trabalhadores da administração pública e do setor privado
  • Reforçar os direitos de quem trabalha por turnos e desenvolve trabalho noturno (mais tempo de descanso e maior compensação salarial)
  • Campanhas de prevenção do burnout
  • Igualar a licença parental para ambos os progenitores

Justiça, Transparência e Combate à Corrupção

  • Implementar um modelo progressivo para as taxas de Justiça
  • Rever todas as cláusulas potencialmente abusivas das atuais parcerias público-privadas (PPP)
  • Tribunais especializados em crimes de corrupção e de violência doméstica

Democracia, Cidadania e Organização do Estado

  • Regime de exclusividade para os deputados
  • Direito de voto aos 16 anos
  • Nomeação do Procurador-Geral da República por proposta da AR (em vez do Governo)
  • Reduzir o número mínimo de subscritores das Iniciativas Legislativas de Cidadãos
  • Reforçar a independência da CReSAP

Direitos Digitais

  • Criar um portal que permita a consulta de dados pessoais recolhidos a fim de garantir maior proteção
  • Promover a neutralidade da internet proibindo as ofertas de zero-rating

Portugal e o Mundo

  • Defender a saída da Guiné Equatorial da CPLP caso não seja efetivado o fim da pena de morte naquele país
  • Garantir que a Presidência Portuguesa do Conselho priorize, através do seu programa provisório, a transição ecológica na Europa
  •     Garantir um papel preponderante de Portugal no Conselho Europeu e reforçar a influência da União Europeia na concretização de metas comuns mais ambiciosas para uma transição social e económica que priorize o combate às alterações climáticas, a preservação da biodiversidade, a defesa do Estado de Direito e dos Direitos Humanos.

Na rua, o PAN fará uma Campanha Eleitoral de Baixo Carbono elegendo como primeiro recurso de mobilidade das equipas os transportes públicos, nomeadamente a ferrovia, ou os transportes de emissões reduzidas, sempre que não for possível a primeira opção. Uma campanha que se pretende sóbria, sem excessos e com reduzida pegada carbónica, o partido não distribuirá quaisquer brindes, os folhetos serão impressos em papel reciclado com recurso a tintas ecológicas e as refeições serão isentas de produtos de origem animal.  Serão realizadas ações de limpeza e de compensação da pegada ecológica durante a campanha.

O PAN aposta numa campanha eleitoral construtiva, informativa e de muita proximidade, com forte empenho no esclarecimento dos eleitores, através do digital e com espaços de Perguntas e Respostas protagonizadas por André Silva em todos os distritos.



publicado por Carlos Gomes às 13:24
link do post | favorito

Quinta-feira, 29 de Agosto de 2019
FREIXIANDA PROMOVE FEIRA DAS VELHARIAS

Por forma a promover o convívio, dar a conhecer o passado e dinamizar o centro da Vila da Freixianda e espaço envolvente ao novo Mercado do Peixe , a União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais decidiu organizar esta Feira de Velharias ,Antiguidades , Artesanato e Coleccionismo. A sua primeira edição será no dia 22 de Setembro no Largo Juvêncio Figueiredo entre as 9h00 e as 18h00 e será para ter uma periodicidade até 4 vezes por ano.

VELHARIAS-FREIXI (4).jpg

Nestes certames as pessoas podem ter contato com alguns produtos utilizados no passado  e que as novas gerações nem sempre conhecem, comprar ou vende-los. Artigos raros , coleccionismo e artesanato.

Os interessados em participar devem consultar o regulamento e enviar a ficha de inscrição até ao dia 16 de setembro para os seguintes contatos:

Junta de Freguesia de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Rua Padre Feliciano Oliveira, 15 - 2435-284 Freixianda

ou uf.freixianda.farrio.formigais@gmail.com

Para mais informações os interessados poderão contatar a Junta de Freguesia através dos contatos: 249 550 222 * 913133281 * 914659102.

VELHARIAS-FREIXI (7).jpg

Feira de Velharias

Freixianda

Normas de participação

Por forma a promover o convivio, dar a conhecer o passado e dinamizar o centro da Vila da Freixianda, a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais decidiu organizar esta Feira de Velharias.

Aqui as pessoas podem ter contato com alguns produtos utilizados no passado  e que as novas gerações nem sempre conhecem, comprar ou vende-los.

Organização

Junta de Freguesia de União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Localização

Largo Juvêncio Figueiredo – Freixianda.

Data e horário de funcionamento

Dia 22 de setembro de 2019 das 9h00 às 19h00. A montagem dos expositores é permitida a partir das 7h00, do próprio dia.

Artigos a expor

Todo o tipo de antiguidades (velharias, colecionismo, numismática, livros e discos usados, louças, mobiliários, ferramentas)

É expressamente proibida  a exposição de vestuário, calçado ou produtos  alimentares.

Lugares de exposição

No dia da feira é atribuido um lugar a cada expositor, por ordem de chegada, a partir das 7h00.

Caso o expositor ocupe o mesmo lugar durante três feiras seguidas, fica com direito a ele, desde que o ocupe até às 9h00. Caso falte 3 vezes seguidas, sem justificação, perde automaticamenteo direito ao lugar fixo.

Deveres dos participantes

Os expositores têm que, obrigatóriamente:

  • Fornecer os dados necessários para identificação dos espaços (modo de exposição e respetivas medidas)
  • Acatar as instruções da organização.
  • Devem trazer mesa ou modo de exposição.
  • É proibido aos expositores ocupar uma área superior à concedida, utilizar aparelhagens sonoras e causar ou permitir danos no pavimento.
  • No final da feira o lugar deve ficar limpo, livre de qualquer objeto; Caso se verifique lixo no chão (jornais, beatas, cacos de loiça, vidros) o expositor será advertido na próxima feira. Se se voltar a repetir o expositor será proibidio de participar em feiras futuras.

Entrada de Viaturas

Só é permitida a entrada de viaturas para carga e descarga.

Direito de participação

Não será permitida a participação a expositores que se tenha conhecimento de provocar problemas de vária ordem noutras feiras.

Gratuitidade

A participação na feira é gratuita, salvo se houver despesas significativas da organização, e, neste caso, será cobrado um valor simbólico à segunda participação para obviar as respetivas custas.

Inscrições

Os interessados em participar devem enviar a ficha de inscrição até ao dia 16 de setembro para os seguintes contatos:

Junta de Freguesia de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Rua Padre Feliciano Oliveira, 15 - 2435-284 Freixianda

Ou uf.freixianda.farrio.formigais@gmail.com

Para mais informações os interessados poderão contatar a Junta de Freguesia através dos contatos: 249 550 222 * 913133281 * 914659102

Duvidas ou casos omissos

As dúvidas ou casos omissos suscitadas pela aplicação destas normas serão resolvidos caso a caso pela organização.

Freixianda, 27 de Agosto de 2019

A Junta de Freguesia

Feira de Velharias - Freixianda

FICHA DE INSCRIÇÃO

Identificação:

Nome:_________________________________________________________________

NIF:___________________________________________________________________

Morada:________________________________________________________________

Data de nascimento:______________________________________________________

Contato:_______________________________________________________________

E-mail:_________________________________________________________________

Identificação do expositor e material:

Tipo de expositor: _______________________________________________________

Dimensões:_____________________________________________________________

Artigos a expor:__________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

Declara que:

  • Se compromete a explorar o espaço que lhe seja atribuido na Feira de Velharias, na Freixianda, com respeito por todas as regras e normas de participação;
  • Que todos os dados referidos na ficha de inscrição estão corretos.

____________, _____, de ____________ de 2019

Assinatura

_________________________________

VELHARIAS-FREIXI (6).jpg

VELHARIAS-FREIXI (5).jpg

VELHARIAS-FREIXI (3).jpg

VELHARIAS-FREIXI (2).jpg

VELHARIAS-FREIXI (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 20:52
link do post | favorito

FREIXIANDA PROMOVE FEIRA DAS VELHARIAS

Por forma a promover o convívio, dar a conhecer o passado e dinamizar o centro da Vila da Freixianda e espaço envolvente ao novo Mercado do Peixe , a União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais decidiu organizar esta Feira de Velharias ,Antiguidades , Artesanato e Coleccionismo. A sua primeira edição será no dia 22 de Setembro no Largo Juvêncio Figueiredo entre as 9h00 e as 18h00 e será para ter uma periodicidade até 4 vezes por ano.

VELHARIAS-FREIXI (4).jpg

Nestes certames as pessoas podem ter contato com alguns produtos utilizados no passado  e que as novas gerações nem sempre conhecem, comprar ou vende-los. Artigos raros , coleccionismo e artesanato.

Os interessados em participar devem consultar o regulamento e enviar a ficha de inscrição até ao dia 16 de setembro para os seguintes contatos:

Junta de Freguesia de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Rua Padre Feliciano Oliveira, 15 - 2435-284 Freixianda

ou uf.freixianda.farrio.formigais@gmail.com

Para mais informações os interessados poderão contatar a Junta de Freguesia através dos contatos: 249 550 222 * 913133281 * 914659102.

VELHARIAS-FREIXI (7).jpg

Feira de Velharias

Freixianda

Normas de participação

Por forma a promover o convivio, dar a conhecer o passado e dinamizar o centro da Vila da Freixianda, a Junta de Freguesia da União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais decidiu organizar esta Feira de Velharias.

Aqui as pessoas podem ter contato com alguns produtos utilizados no passado  e que as novas gerações nem sempre conhecem, comprar ou vende-los.

Organização

Junta de Freguesia de União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Localização

Largo Juvêncio Figueiredo – Freixianda.

Data e horário de funcionamento

Dia 22 de setembro de 2019 das 9h00 às 19h00. A montagem dos expositores é permitida a partir das 7h00, do próprio dia.

Artigos a expor

Todo o tipo de antiguidades (velharias, colecionismo, numismática, livros e discos usados, louças, mobiliários, ferramentas)

É expressamente proibida  a exposição de vestuário, calçado ou produtos  alimentares.

Lugares de exposição

No dia da feira é atribuido um lugar a cada expositor, por ordem de chegada, a partir das 7h00.

Caso o expositor ocupe o mesmo lugar durante três feiras seguidas, fica com direito a ele, desde que o ocupe até às 9h00. Caso falte 3 vezes seguidas, sem justificação, perde automaticamenteo direito ao lugar fixo.

Deveres dos participantes

Os expositores têm que, obrigatóriamente:

  • Fornecer os dados necessários para identificação dos espaços (modo de exposição e respetivas medidas)
  • Acatar as instruções da organização.
  • Devem trazer mesa ou modo de exposição.
  • É proibido aos expositores ocupar uma área superior à concedida, utilizar aparelhagens sonoras e causar ou permitir danos no pavimento.
  • No final da feira o lugar deve ficar limpo, livre de qualquer objeto; Caso se verifique lixo no chão (jornais, beatas, cacos de loiça, vidros) o expositor será advertido na próxima feira. Se se voltar a repetir o expositor será proibidio de participar em feiras futuras.

Entrada de Viaturas

Só é permitida a entrada de viaturas para carga e descarga.

Direito de participação

Não será permitida a participação a expositores que se tenha conhecimento de provocar problemas de vária ordem noutras feiras.

Gratuitidade

A participação na feira é gratuita, salvo se houver despesas significativas da organização, e, neste caso, será cobrado um valor simbólico à segunda participação para obviar as respetivas custas.

Inscrições

Os interessados em participar devem enviar a ficha de inscrição até ao dia 16 de setembro para os seguintes contatos:

Junta de Freguesia de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais

Rua Padre Feliciano Oliveira, 15 - 2435-284 Freixianda

Ou uf.freixianda.farrio.formigais@gmail.com

Para mais informações os interessados poderão contatar a Junta de Freguesia através dos contatos: 249 550 222 * 913133281 * 914659102

Duvidas ou casos omissos

As dúvidas ou casos omissos suscitadas pela aplicação destas normas serão resolvidos caso a caso pela organização.

Freixianda, 27 de Agosto de 2019

A Junta de Freguesia

Feira de Velharias - Freixianda

FICHA DE INSCRIÇÃO

Identificação:

Nome:_________________________________________________________________

NIF:___________________________________________________________________

Morada:________________________________________________________________

Data de nascimento:______________________________________________________

Contato:_______________________________________________________________

E-mail:_________________________________________________________________

Identificação do expositor e material:

Tipo de expositor: _______________________________________________________

Dimensões:_____________________________________________________________

Artigos a expor:__________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

Declara que:

  • Se compromete a explorar o espaço que lhe seja atribuido na Feira de Velharias, na Freixianda, com respeito por todas as regras e normas de participação;
  • Que todos os dados referidos na ficha de inscrição estão corretos.

____________, _____, de ____________ de 2019

Assinatura

_________________________________

VELHARIAS-FREIXI (6).jpg

VELHARIAS-FREIXI (5).jpg

VELHARIAS-FREIXI (3).jpg

VELHARIAS-FREIXI (2).jpg

VELHARIAS-FREIXI (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 20:42
link do post | favorito

Quarta-feira, 28 de Agosto de 2019
OUREENSES APRENDEM A JOGAR XADREZ

69528648_463380384244119_3977855554000257024_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:42
link do post | favorito

Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019
FREIXIANDA REALIZA FEIRA DE VELHARIAS

69537015_433947930797888_5664475252495745024_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:52
link do post | favorito

BOMBEIROS DA FREIXIANDA ANGARIAM FUNDOS PARA REQUALIFICAR O QUARTEL

67895031_2291437901108426_8153284113332174848_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 11:50
link do post | favorito

Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
PAN INSTA GOVERNO A INTERVIR NA CALAMIDADE QUE AFECTA A AMAZÓNIA

Carta aberta do PAN insta Marcelo e Costa a intervir na calamidade que afeta a Amazónia

Garantir a rápida e urgente elaboração de um roteiro internacional para a regeneração da floresta Amazónica

Garantir que na próxima reunião do Conselho Europeu, se inclua na ordem de trabalhos o congelamento da implementação do Acordo Transnacional da União Europeia com o Mercosul

Apresentar uma queixa no Tribunal Internacional de Justiça caso não se verifique nenhum compromisso tangível por parte do Brasil, do Paraguai e da Bolívia

Embaixadores do Brasil, do Paraguai e da Bolívia em Portugal devem ser convocados com carácter de urgência

Destruição da Amazónia, perseguição de ativistas e desrespeito pelos povos indígenas devem ser temas prioritários na agenda da visita oficial de Jair Bolsonaro a Portugal, agendada para o início de 2020

O PAN, Pessoas – Animais – Natureza, enviou hoje duas cartas abertas, uma ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa e outra ao Primeiro-Ministro António Costa, que defendem a intervenção e posicionamento inequívocos de Portugal na calamidade que afeta a floresta Amazónica e as comunidades indígenas, comprometendo as metas climáticas do acordo de Paris.

“Como cidadãos e como nação, não podemos ficar indiferentes à destruição acelerada da floresta Amazónica, à perseguição das comunidades indígenas, à usurpação de terras ancestrais e à morte de milhares de espécies vegetais e animais nesta região equatorial, pelo que o Governo português deve utilizar todas as ferramentas e mecanismos disponíveis a nível diplomático, económico, financeiro e mesmo legais para travar as causas da expansão de buracos no ozono e intervir na proteção e regeneração da floresta Amazónica”, pode ler-se nos documentos assinados pelo Eurodeputado do PAN, Francisco Guerreiro.

https://pan.com.pt/carta-aberta-ao-presidente-da-republica-solicitando-a-intervencao-de-portugal-na-defesa-da-floresta-amazonia/

https://pan.com.pt/carta-aberta-ao-primeiro-ministro-solicitando-a-intervencao-de-portugal-na-defesa-da-floresta-amazonia/

Os documentos instam por um lado o Presidente da República a:

a) Esclarecer, junto dos representantes diplomáticos, qual a posição oficial da República Federal Brasileira relativamente ao cumprimento do Acordo de Paris e ao princípio do desmatamento zero;

b) Garantir que na próxima visita oficial do Presidente Brasileiro Jair Bolsonaro a Portugal, agendada para o início de 2020, os tópicos do desmatamento, da destruição da biodiversidade e da selva amazónica, da perseguição a ativistas ambientais, tal como a tentativa de usurpação de terras demarcadas indígenas, sejam prioritários na agenda bilateral;

c) Solicitar junto do Secretário-Geral da ONU, António Guterres, os meios científicos, diplomáticos e financeiros que garantam a rápida e urgente elaboração de um roteiro internacional para a regeneração da floresta Amazónica e que proactivamente incluam o Brasil, o Peru, a Colômbia, a Venezuela, o Equador, a Bolívia, a Guiana, o Suriname e a Guiana Francesa no centro deste roteiro;

d) Garantir junto das instituições Europeias e dos países da CPLP o apoio a este roteiro internacional.

E, por outro lado, o Primeiro-Ministro a:

a) Convocar, com carácter de urgência, os embaixadores do Brasil, do Paraguai e da Bolívia em Portugal para tomar conhecimento e discutir as ações que estão a ser tomadas pelos seus governos em relação aos atuais incêndios, ao desmatamento decorrente e à destruição generalizada da floresta Amazónica;

b) Garantir que na próxima reunião do Conselho Europeu, a 10 e 11 de Outubro, se inclua na ordem de trabalhos o congelamento, por tempo indeterminado, da implementação do Acordo Transnacional da União Europeia com o Mercosul;

c) Reforçar os esforços diplomáticos bilaterais entre o Brasil, o Peru, a Colômbia, a Venezuela, o Equador, a Bolívia, a Guiana, o Suriname e a Guiana Francesa para garantir os compromissos climáticos vinculados pelo Acordo de Paris e o princípio do desmatamento zero na Amazónia;

d) Propor a possibilidade de alargar a intervenção do Fundo Mundial do Ambiente (Global Environment Facility) à proteção de áreas de especial interesse ambiental, como a floresta Amazónia, como meio de compensação dos países pela sua não desmatação;

e) Apresentar uma queixa no Tribunal Internacional de Justiça caso não se verifique nenhum compromisso tangível e substancial pela República Federal do Brasil, pela República do Paraguai e pelo Estado Plurinacional da Bolívia para travar o desmatamento na floresta Amazónica, para combater os incêndios florestais e para assegurar a demarcação de terras indígenas;

f) Priorizar a proteção, conservação e regeneração da floresta Amazónica nas próximas reuniões da CPLP.

“Temos de agir como nação para proteger um dos pulmões mais importantes do planeta. A nossa própria sobrevivência está em jogo. Haja coragem e ação política e ainda vamos a tempo de regenerar a floresta da Amazónia”, reforça o Eurodeputado, Francisco Guerreiro.  



publicado por Carlos Gomes às 14:42
link do post | favorito

Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM REALIZA WORKSHOP DE DANÇA

O Museu Municipal de Ourém leva a efeito o Workshop de Dança - do tradicional ao contemporâneo a ter lugar no dia 07 de setembro de 2019 às 15.00h no Museu Municipal – Casa do Administrador.

20190907_Workshop de Dança1.jpg

Nesta oficina, propõe-se viajar através de um bosque encantado, onde a magia das danças tradicionais se encontra com a beleza dos movimentos da dança contemporânea. Aqui existe espaço e tempo para tudo: para brincar, saltitar, explorar, observar, e aprender a escutar o bater do nosso coração dançante, e o dos outros corações. Aqui, a harmonia do movimento e das emoções esta sempre presente, e a consciência de tudo o que se passa dentro de nós e à nossa volta.

Formadoras: Dulce Maurício e Mariana Reis

Participantes: crianças a partir dos 3 e familias | mín. 5 / máx. 15

Custo: 6,00€ p/ pessoa | inscrição prévia e obrigatória

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt



publicado por Carlos Gomes às 18:43
link do post | favorito

PISCINAS MUNICIPAIS DE ALVAIÁZERE ENCERRAM PARA INICIAR OBRAS

As Piscinas municipais descobertas de Alvaiázere vão encerrar ao público a partir do próximo dia 2 de setembro, de forma a dar-se início às obras de requalificação e modernização dos respetivos tanques e demais espaços exteriores deste equipamento municipal, inaugurado no início dos anos 90, e que se assume como uma das infraestruturas com maior taxa de utilização do concelho, usufruída por milhares de pessoas durante a época balnear.

piscinas municipais.jpg

A empreitada vai assim permitir fazer face a um conjunto de deficiências diagnosticadas há vários anos, anualmente minimizadas, mas que agora, com esta intervenção de carácter estrutural, poderão ser definitivamente resolvidas. As obras incidirão fundamentalmente sobre a renovação de canalizações e equipamentos relacionados com a circulação e tratamento das águas, incluindo a reformulação das características dos tanques e das zonas de estadia.

A intervenção, que terá uma duração previsível de quatro meses, está orçada em €331.584,39, sendo que o Município de Alvaiázere conseguiu que o projeto fosse financiado a fundo perdido num montante que ascende a €179.129,90, no âmbito do denominado Programa BEM.

De forma a dar cumprimento às obrigações do respetivo contrato de financiamento, que estipula que as obras tenham que estar concluídas até ao final do corrente ano de 2019, a autarquia teve que mover esforços junto da tutela para viabilizar a abertura das piscinas municipais durante o período de maior afluência, ou seja, nos meses de julho e de agosto, acautelando, desta forma, um prolongamento eventual da empreitada, pelo facto de ir decorrer em meses de maior probabilidade de chuva.

Numa segunda fase, o Município de Alvaiázere pretende requalificar os edifícios das Piscinas Municipais, estando neste momento a decorrer o procedimento de contratação de projetista para este efeito.



publicado por Carlos Gomes às 18:36
link do post | favorito

Domingo, 18 de Agosto de 2019
MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ORGANIZA OFICINA DE DANÇA DO TRADICIONAL AO CONTEMPORÂNEO

A atividade Workshop de Dança - do tradicional ao contemporâneo vai ter lugar no dia 07 de setembro às 15h00 no Museu Municipal – Casa do Administrador e convidá-lo a participar nesta oficina, onde vamos viajar através de um bosque encantado, onde a magia das danças tradicionais se encontra com a beleza dos movimentos da dança contemporânea. Aqui existe espaço e tempo para tudo: para brincar, saltitar, explorar, observar, e aprender a escutar o bater do nosso coração dançante, e o dos outros corações. Aqui, a harmonia do movimento e das emoções esta sempre presente, e a consciência de tudo o que se passa dentro de nós e à nossa volta.

Formadoras: Dulce Maurício e Mariana Reis

Participantes: crianças a partir dos 3 e familias | mín. 5

Custo: 6,00€ p/ pessoa | inscrição prévia e obrigatória

Inf. Museu Municipal de Ourém | 919 585 003 | 249 540 900 (ext. 6831) | museu@cm.ourem.pt

69334854_1987491574684887_8016371061425700864_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 17:32
link do post | favorito

Quinta-feira, 8 de Agosto de 2019
TOY ACTUA HOJE NA FREIXIANDA

66422787_1310409269114307_8925802267202813952_n (1).jpg



publicado por Carlos Gomes às 08:08
link do post | favorito

Segunda-feira, 5 de Agosto de 2019
CENTRO DE SAÚDE DA FREIXIANDA... FOI DE FÉRIAS!

67724619_10214893562557244_9186111249941790720_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 23:35
link do post | favorito

Quinta-feira, 25 de Julho de 2019
INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO E DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO CONTRARIA TESTES DE PRECISÃO DA TEORIA DE EINSTEIN

A recente imagem de um buraco negro confirma, com precisão, a teoria de Einstein? Estudo diz que não

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) e do Instituto Superior Técnico diz que a primeira imagem de um buraco negro, contrariamente ao que foi publicitado, não é suficiente para confirmar, com precisão, a teoria da relatividade de Einstein.

Os autores do estudo Eugen Radu, Pedro Cunha e Carlos Herdeiro (2).jpg

Em abril de 2019 foi anunciada a primeira imagem de um buraco negro. A sua fronteira virtual, chamada horizonte de eventos, não se vê, pois aprisiona a luz. Pode apenas visualizar-se a silhueta da zona de atracão fatal para a luz, chamada de "sombra" do buraco negro.

A equipa internacional que obteve este resultado, chamada Event Horizon Telescope (EHT), anunciou-o como confirmando a teoria da relatividade geral de Einstein. Esta teoria prevê a existência de buracos negros e, de acordo com o EHT, a sombra do buraco negro observado na longínqua galáxia M87 está de acordo com o previsto pela teoria de Einstein, dentro do erro observacional.

O recente trabalho dos investigadores Pedro Cunha e Eugen Radu, do Centro de Investigação e Desenvolvimento em Matemática e Aplicações (CIDMA) e do Departamento de Física da UA, e Carlos Herdeiro do Centro Multidisciplinar de Astrofísica (CENTRA) e Departamento de Física do Instituto Superior Técnico, publicado este mês de julho na prestigiada Physical Review Letters e com honras de aparecer na capa, mostra, no entanto, que a interpretação do EHT tem de ser feita com cuidado.

Ao estudar buracos negros diferentes daqueles que surgem na teoria de Einstein, os investigadores mostraram que a sombra destes é muito sensível à maneira como o buraco negro roda.

Se o buraco negro rodar lentamente, a sombra poderá ser muito diferente. Mas se o buraco negro rodar rapidamente será praticamente idêntica ao que acontece na teoria de Einstein. Neste caso, as observações do EHT não conseguem eliminar o modelo alternativo.

Este resultado mostra como a primeira imagem de um buraco negro, apesar de ser um fantástico sucesso científico, ainda está longe de poder ser usada para testes de precisão da teoria de Einstein.

buracos negros (2).jpg



publicado por Carlos Gomes às 15:33
link do post | favorito

Quarta-feira, 24 de Julho de 2019
PAN ANUNCIA CABEÇAS DE LISTA PARA AS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS

O PAN, Pessoas – Animais – Natureza, anunciou hoje em conferência de imprensa os seus cabeças de lista para as Eleições Legislativas do próximo dia 6 de outubro. O principal objetivo eleitoral passa por garantir a eleição de um grupo parlamentar para reforçar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido na defesa das causas que o partido defende.

As listas do PAN são constituídas por 129 homens e 164 mulheres, entre os 20 e os 67 anos, integrando profissionais das mais diversas áreas, nomeadamente justiça, ambiente, ensino, economia e gestão, saúde ou proteção animal.

André Silva, atual deputado do PAN, será o cabeça de lista por Lisboa, seguido de Inês de Sousa Real, jurista, com 38 anos, e Nelson Silva, programador informático, com 34 anos, eleitos municipais em Lisboa e Odivelas respetivamente. Fecham a lista de Lisboa os seguintes candidatos: Sandra Cóias, atriz, João Paulo Oliveira e Costa, Professor Catedrático e Diretor do Centro de História d'Aquém e d'Além-Mar (CHAM) e Manuela Gonzaga, escritora. Bebiana Cunha, psicóloga, com 33 anos, eleita municipal no concelho do Porto é cabeça de lista pelo distrito, seguida de Jorge Ribeiro, Engenheiro Eletrotécnico, com 39 anos e de Anabela Castro, psicóloga, com 49 anos. Cristina Rodrigues, advogada, com 33 anos, será cabeça de lista por Setúbal seguida de Artur Alfama, consultor financeiro com 42 anos e de Suzel Costa, especialista superior de Medicina Legal, com 52 anos.

Os perfis biográficos de todos os cabeças de lista, de todos os distritos, e respetivas fotos podem ser consultados aqui:

 https://app.box.com/s/9dd4hg9qpafbglqsfjn3i82vtng89z7k

O programa eleitoral, o calendário e ações de campanha serão divulgados no final do mês de agosto. Depois de ter estado aberto à participação pública o programa focará áreas determinantes no contexto político e social nacional, como serão as áreas do combate à corrupção, ambiente, agricultura, saúde ou proteção animal. A título de exemplo:

- O PAN propõe, no quadro de uma proposta de revisão constitucional, a criação de um tribunal com competência exclusiva para o julgamento de crimes de corrupção, a par do significativo reforço dos meios técnicos e humanos na área da justiça;

- A área ambiental será uma das prioridades do PAN pretendendo-se a concretização de uma efetiva justiça ambiental, com a aplicação de várias medidas como a criação de secções especializadas em matéria ambiental nos DIAP (Divisões de Investigação e Ação Penal) e a introdução dos crimes contra a natureza no elenco do DCIAP (Departamento Central de Investigação e Ação Penal). O PAN pretende ainda criar um Seguro Público afeto a um superfundo ambiental para efeitos de remediação dos danos ambientais e proteção social dos trabalhadores (em caso de necessidade de suspensão de atividade de uma empresa reiteradamente poluidora, assegurar a proteção dos direitos destes trabalhadores);

- O modo atual de produção de alimentos é insustentável, para além de introduzir agrotóxicos na cadeira alimentar. A Agricultura Biológica tem um papel fundamental no abastecimento alimentar seguro e sustentável, inclusivamente como mitigadora das alterações climáticas, promovendo a biodiversidade, utilizando de forma mais responsável recursos escassos como o solo, água ou energia, pelo que o programa do PAN apostará em corrigir as distorções de mercado que se verificam, nomeadamente o preço final ao consumidor, através de políticas fiscais que beneficiem modos de produção de alimentos mais sustentáveis e saudáveis como é o caso da Agricultura Biológica;

- O envelhecimento da população e o aumento das doenças crónicas  não transmissíveis estão a exercer uma forte pressão sobre o SNS com enormes dificuldades de resposta pela escassez de recursos. O PAN acredita que a sustentabilidade do SNS passa, também e obrigatoriamente, pela implementação de políticas de prevenção da doença e de promoção da saúde e vida saudável. Estas têm assumido um caráter preocupantemente secundário, consequência da concentração quase exclusiva de todos os meios e recursos no tratamento da doença. A prevenção representa apenas 1% do Orçamento para a Saúde, o que é manifestamente insuficiente. O PAN quer ainda reconhecer e regulamentar as carreiras de nutricionista e de psicólogo e garantir a presença destes profissionais nas escolas, hospitais e centros de saúde;

- Implementação de um sistema público médico-veterinário de apoio às famílias carenciadas e aos movimentos associativos que tenham a seu cargo animais errantes ou abandonados. Este sistema vai concretizar-se através da criação de hospitais públicos nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto e nas comunidades intermunicipais, depois de ser feito o levantamento das necessidades em cada área, para adaptar as infraestruturas em função da densidade populacional e das necessidades reais da população.



publicado por Carlos Gomes às 13:56
link do post | favorito

"REVOLTA DO BACALHAU" PERCORRE A "ROTA DOS RESTAURANTES" EM TODO O PAÍS

A partir de hoje, dia 24 de julho, serão visitados 11 restaurantes para descobrir quem é melhor a preparar Bacalhau da Noruega! As visitas decorrem nos distritos de Santarém, Coimbra, Castelo Branco, Aveiro, Viseu, Vila Real, Viana do Castelo, Braga e Porto. Esta é a 2ª semana de “Rota dos Restaurantes”, liderada por um júri que integra chefs bem conhecidos dos portugueses como Hélio Loureiro, Hélder Diogo e Vítor Esteves.

A “Rota dos Restaurantes” pretende apurar o melhor prato de bacalhau concorrente e integra-se na “Revolta do Bacalhau”, o concurso que está já na 15ª edição e que quer promover a criatividade e as técnicas para cozinhar Bacalhau da Noruega. O desafio é anual e dirige-se aos melhores chefs, restaurantes nacionais e novos talentos da gastronomia portuguesa.

A Revolta do Bacalhau é um concurso de receitas nacional, criado em 2005 e desenvolvido pelo RECHEIO Cash&Carry e NSC – Conselho Norueguês dos Produtos do Mar. Através de modelos tradicionais ou contemporâneos, apresentam-se anualmente a concurso novas propostas de receitas de Bacalhau Salgado Seco da Noruega, a matéria-prima principal dos pratos apresentados.

O regulamento e mais detalhes acerca do concurso podem ser consultados em:

www.revoltadobacalhau.com e https://pt-pt.facebook.com/RevoltaDoBacalhau

Os restaurantes que serão visitados nesta 2ª semana são os seguintes: Casa Chef Victor Felisberto, Buke – Villa Pampilhosa Hotel, Alkimya, Mesa Real – Bussaco Palace Hotel, Bacalhau & Afins, Val Moreira – Vila Galé Douro, Quinta do Príncipe, Fonte D’Ouro, Ferrugem, Barão de Fladgate e Palatium – Palácio do Freixo.

Para mais informações, por favor contacte:

Sofia Fernandes – sofia.fernandes@omnicomprgroup.com – 213136112

Sara Malato- sara.malato@omnicomprgroup.com- 21 313 61 00

Sobre o NSC - Conselho Norueguês dos Produtos do Mar: Organização representante dos exportadores de peixe da Noruega e que tem por principal objetivo promover o consumo dos melhores produtos do Mar da Noruega. A combinação de inovações técnicas e da tradição pesqueira norueguesa, que pretende manter uma pesca sustentável, permite preservar as características únicas de espécies como o Bacalhau e Salmão, muito apreciadas em Portugal. O NSC colabora com as autoridades norueguesas no sentido de proteger as espécies marinhas da zona ártica, a origem do peixe que alimenta a Europa.

Sobre o Recheio Cash&Carry - O Recheio conta já com mais de quatro décadas de actividade e é líder de mercado no segmento Cash & Carry, em Portugal. Tem um parque composto por 40 lojas (incluindo uma na Madeira e outra nos Açores) e 3 plataformas de FoodService.

Os factores de diferenciação do Recheio são a relação de verdadeira parceria que estabelece com os profissionais do canal HoReCa e do Retalho Tradicional e a sua elevada expertise na área alimentar. Os frescos e os produtos de marca própria de grande qualidade – Amanhecer, Masterchef e Gourmês - a preços muito competitivos, aliados a um serviço de excelência prestado por uma equipa profissional e muito experiente, fazem com que o Recheio mantenha a preferência dos seus mais de 100 000 clientes.



publicado por Carlos Gomes às 10:33
link do post | favorito

CANTOR TOY ANIMA FESTAS DA FREIXIANDA

66422787_1310409269114307_8925802267202813952_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 10:22
link do post | favorito

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE OURÉM TÊM PROGRAMA DE DESFIBRILHAÇÃO INEM

FORMAÇÕES - Associação Humanitária de B.V. Ourém

Se procura implementar um DAE na sua empresa, ou se necessita de formação, nós temos a solução.

Os Bombeiros Voluntários de Ourém, como entidade acreditada pelo INEM, na formação em Suporte Básico de Vida Adulto e Pediátrico, Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa, efetuaram uma parceria com a multinacional Almas Industries, para a implementação de DAE. Se procura implementar um DAE na sua empresa, ou se necessita de formação, nós temos a solução.

67356133_2359003464166228_1572519008899432448_n.jpg



publicado por Carlos Gomes às 09:48
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

OURÉM RECEBE "PETIT" - UM...

BOMBEIROS DA FREIXIANDA A...

JOSÉ CID CANTA NA FEIRA N...

O QUE DISSE ANDRÉ SILVA, ...

OURÉM ABRE CONCURSO PARA ...

JOVENS DE OURÉM PREOCUPAD...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

FÁTIMA EXPÕE SOBRE A AMAZ...

ALVAIÁZERE É A CAPITAL DO...

ALUNOS DA ESCOLA DE HOTEL...

PARTIDO SOCIALISTA TOMA P...

FREIXIANDA RECEBE TEATRO ...

OURÉM APRESENTA "A MINHA ...

OURÉM REÚNE ASSEMBLEIA MU...

CÂMARA MUNICIPAL APOIA RE...

ROTA CARMELITA - FÁTIMA

TOMARENSES EM LISBOA CONF...

GRUPOS FOLCLÓRICOS DESFIL...

ALVAIÁZERE ARRENDA PARQUE...

MUSEU MUNICIPAL DE ALVAIÁ...

CASA DO CONCELHO DE TOMAR...

SOCIALISTAS DE OURÉM CONT...

ALVAIÁZERE ABRE INSCRIÇÕE...

FREIXIANDA INAUGURA FEIRA...

MUNICÍPIO DE ALVAIÁZERE G...

SOLIDARIEDADE COM OS BOMB...

FEDERAÇÃO DO FOLCLORE POR...

OURÉM EVOCA AGOSTINHO ALB...

MARIA BEATITUDE EXPÕE PIN...

ACISO É CONTRA A TAXA MUN...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

CENTRO NACIONAL DE CULTUR...

FREIXIANDA REALIZA FEIRA ...

PAN APRESENTA PROGRAMA EL...

FREIXIANDA PROMOVE FEIRA ...

FREIXIANDA PROMOVE FEIRA ...

OUREENSES APRENDEM A JOGA...

FREIXIANDA REALIZA FEIRA ...

BOMBEIROS DA FREIXIANDA A...

PAN INSTA GOVERNO A INTER...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

PISCINAS MUNICIPAIS DE AL...

MUSEU MUNICIPAL DE OURÉM ...

TOY ACTUA HOJE NA FREIXIA...

CENTRO DE SAÚDE DA FREIXI...

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSID...

PAN ANUNCIA CABEÇAS DE LI...

"REVOLTA DO BACALHAU" PER...

CANTOR TOY ANIMA FESTAS D...

BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE ...

arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds