Espaço de informação e divulgação da História, Arte, Cultura, Usos e Costumes das gentes de Ourém.

Quinta-feira, 13 de Setembro de 2018
ARQUITECTO JORGE MASCARENHAS APRESENTA LIVRO EM TOMAR

O arquitecto Jorge Mascarenhas vai apresentar em Tomar a obra intitulada: "Cidades e Territórios, Inteligentes, Sustentáveis e Inclusivos".

41748673_1762623100473317_6746615867863203840_n

A iniciativa conta com o apoio do Museu Municipal de Ourém - Casa do Administrador e vai ter lugar no próximo dia 29 do corrente pelas 15h30m na Sala do Moinho da Ordem em Tomar.

O livro será apresentado por David Justino, Professor Catedrático da Universidade Nova de Lisboa, assim como está prevista uma visita ao Moinho da Nabantina com o autor.

mapa

Cidades_convite_



publicado por Carlos Gomes às 16:27
link do post | favorito

Quarta-feira, 5 de Setembro de 2018
TOMAR PROMOVE EM LISBOA PRODUTOS DA SUA REGIÃO

40021559_1581260481977867_2500266180019748864_n



publicado por Carlos Gomes às 09:24
link do post | favorito

Segunda-feira, 3 de Setembro de 2018
TOMAR COMEMORA 900 ANOS DO NASCIMENTO DE GUALDIM PAIS, MESTRE DA ORDEM DOS TEMPLÁRIOS EM PORTUGAL

Apresentação em Barcelos do programa comemorativo do 9.º Centenário do Nascimento de Dom Gualdim Pais

O 9.º Centenário do Nascimento de Dom Gualdim Pais, Mestre da Ordem do Templo de Portugal, será assinalado com um vasto programa ao qual se associam cinco municípios.

gualdim-pais-statue-city-of-tomar

As Jornadas Gualdinianas realizar-se-ão em Barcelos (22 de setembro), Braga (29 de setembro), Coimbra (6 de outubro), Tomar (13 de outubro) e Vila Verde (20 de outubro).

A apresentação do programa decorrerá amanhã, 4 de setembro, na Sala de Reuniões da Câmara Municipal de Barcelos, às 11h00, com a presença de Armandina Saleiro, Vereadora da Cultura da Câmara de Barcelos, e de Lídia Dias, Vereadora da Cultura da Câmara de Braga.

Dom-Gualdim-Pais-1118---1195-Crusader-Templar--amp--Knight

QUEM FOI D. GUALDIM PAIS?

Gualdim Pais (1118-1195)

Gualdim Pais nasceu em Amares, região de Braga. Escudeiro de D. Afonso Henriques, combateu ao seu lado contra os mouros, vindo a ser ordenado cavaleiro pelo soberano no campo da batalha de Ourique, em 1139. Depois tornou-se cruzado e freire templário, partindo a seguir para a Palestina onde pelejou durante cinco anos. No seu regresso, em 1157, foi feito procurador do Templo em Portugal, sendo o seu 4.º Mestre desde que a Ordem se estabeleceu em Soure, em 1128.

Segundo uma lápide existente no Convento de Cristo, colocada junto à primitiva entrada na Rotunda Templária pelo Infante D. Henrique, Mestre Gualdim Pais além do castelo e vila de Tomar, fundou ainda, os castelos de Pombal, Zêzere (hoje desaparecido - no atual concelho de Vila Nova da Barquinha), Almourol, Idanha e Monsanto.

Deu foral à vila de Tomar, em 1162, que se tornou então a sede dos Templários no reino. Cercado este castelo em 1190, pelas forças Almóadas, sob o comando do califa Abu Yusuf Ya'qub al Mansur, os Templários conseguiram defendê-lo graças a uma estratégia eficaz, até que, ao fim de seis dias, o cerco foi levantado e os muçulmanos abandonaram a empresa.

Gualdim Pais faleceu em Tomar, no ano de 1195 e encontra-se sepultado na igreja de Santa Maria dos Olivais, que foi panteão dos mestres do Templo.

Fonte: http://www.conventocristo.gov.pt/

485.0.original



publicado por Carlos Gomes às 17:09
link do post | favorito

Terça-feira, 21 de Agosto de 2018
TOMAR REGRESSA À IDADE MÉDIA

39254938_2059984917650360_2492906057773350912_n



publicado por Carlos Gomes às 19:30
link do post | favorito

Domingo, 8 de Julho de 2018
TABULEIROS DE TOMAR DESFILARAM ONTEM EM LOURES NO ÂMBITO DO FOLKLOURES’18

Grupo Folclórico Verde Minho – entidade organizadora do FolkLoures – está de parabéns!

A cidade de Loures foi ontem palco de um grandioso Encontro de Culturas: o FolkLoures’18. A festa abriu ao som dos bombos e caixas dos Mareantes do Rio Douro, de Vila Nova de Gaia, que despertaram a localidade da sua habitual calmaria. Seguiu-se o Grupo Arrufarte que também rufou vigorosamente os seus bombos, conferindo à iniciativa o ambiente característico das romarias do Minho.

DSCF1149

A cerimónia de boas-vindas e entrega de lembranças teve este ano lugar em palco, tendo como pano de fundo a réplica da fachada da igreja de São Paulo, em Macau, um local que se afigurou mais apropriado para o efeito relativamente ao que era habitual em anos anteriores, nos Paços do Concelho, como forma de acolhimento por parte da autarquia local. Nesta cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal de Loures fez-se representar pelo Dr. Francisco Sousa e a Federação do Folclore Português pela engª Manuela Carriço. Também a Rádio do Folclore Português (RFP) fez-se representar através de Rafael Passos que é curiosamente o responsável do Grupo de Danças e Cantares do Alto do Moinho.

À hora marcada, após a refeição onde todos os grupos se juntaram e confraternizaram, todos os participantes reuniram-se junto ao Pavilhão Paz e Amizade e iniciaram o desfile rumo ao Parque da Cidade onde, teve lugar a sua actuação em palco.

DSCF1054

O grupo “Pensamento Oriental - Promoção da Cultura Chinesa” representou em palco a dança tibetana “Capriccio de Kumara”, actuação que prendeu a atenção do público que esgotou por completo a plateia, conservando um silêncio e uma atenção raramente observáveis em espectáculos populares ao ar livre.

Seguiu-se a magnífica representação da Festa dos Tabuleiros de Tomar anunciando já a sua edição no próximo ano naquela linda cidade das margens do rio Nabão. O Grupo anfitrião – Grupo Folclórico Verde Minho – abrilhantou o espectáculo com a alegria, colorido e vivacidade que caracteriza o folclore do Minho, região que também esteve magnificamente representada pelo Grupo de Sargaceiros da Casa do Povo da Apúlia, de Esposende.

No FolkLoures, o cante alentejano nunca é esquecido e, em representação deste género de manifestação cultural do nosso Alentejo, esteve o Grupo Coral e Etnográfico Amigos do Alentejo do Feijó – Almada, rigorosamente trajado e sempre muito apludido pelo público que manifestamente apreciou a sua actuação.

Em representação do Douro Litoral actuou o Grupo de Danças e Cantares Alto do Moinho, impecavelmente trajado e com rigorosa execução, grupo aliás reconhecido com um dos melhores sediados na região de Lisboa. E, como não podia deixar de ser – a organização do evento nunca esquece a identidade do concelho de Loures! – o folclore saloio esteve presente através do Rancho Folclórico de Lousa, concelho de Loures.

O FolkLoures’18 terminou com uma imponente sessão de fogo-de-artifício que a muitos fez lembrar as grandiosas romarias do Minho, com os foguetes a estalejar nos céus e a iluminar a cidade de Loures com a promessa de que, para o ano, o festival será ainda mais grandioso.

O BLOGUE DO MINHO tem conhecimento que a organização já está a encetar os contactos com diversas entidades com vista à organização do FolkLoures’19, iniciando os preparativos com vista à sua realização. E a próxima edição promete trazer a Loures grandes novidades!

DSCF1061

DSCF1118

DSCF1119

DSCF1144

DSCF1152

DSCF1243

DSCF1245

DSCF1248

DSCF1254

DSCF1250



publicado por Carlos Gomes às 11:02
link do post | favorito

Domingo, 1 de Julho de 2018
FESTA DOS TABULEIROS DE TOMAR DESFILA NO FOLKLOURES’18 – É JÁ NO PRÓXIMO DOMINGO, 7 DE JULHO, EM LOURES

A tradicional Festa dos Tabuleiros regressa a Tomar no início do mês de Julho do próximo ano, conforme é tradição de quatro em quatro anos. Nesse sentido, não podia a organização do FolkLoures’18 deixar de conferir o devido destaque a tão importante manifestação cultural do nosso povo.

CapturarTabuleirosTomar

O Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros vai representar o concelho de Tomar com um conjunto de 20 pessoas transportando 10 tabuleiros.

A Festa dos Tabuleiros é uma tradição multi-secular da cidade dos Templários que se tornou uma dos mais importantes cartazes turísticos de Portugal, constituindo a maior festividade nacional em Honra do Divino Espírito Santo.

Os tabuleiros sã constituídos por trinta pães enfiados em canas que partem de um cesto de vime ou verga, sendo encimados pela coroa do Espírito Santo e a respectiva pomba ou a cruz da Ordem de Cristo que teve Tomar como a sua sede e a quem devemos em grande medida a epopeia dos Descobrimentos Marítimos.

As moças que tamportam os tabuleiros são formosas e apresentam-se vestidas de branco, com fitas de cores vivas à cintura ou a tiracolo.

A Festa dos Tabuleiros propriamente dita é antecedida da saída das coroas e o cortejos dos rapazes, celebrações que atraem sempre à Princesa do Nabão milhares de visitantes.

A organização do FolkLoures’18 agradece a colaboração Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros e da Casa do Concelho de Tomar.

Capturarfolk



publicado por Carlos Gomes às 11:23
link do post | favorito

Quarta-feira, 23 de Maio de 2018
FESTA DOS TABULEIROS DE TOMAR DESFILA NO FOLKLOURES’18

A tradicional Festa dos Tabuleiros regressa a Tomar no início do mês de Julho do próximo ano, conforme é tradição de quatro em quatro anos. Nesse sentido, não podia a organização do FolkLoures’18 deixar de conferir o devido destaque a tão importante manifestação cultural do nosso povo.

CapturarTabuleirosTomar

O Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros vai representar o concelho de Tomar com um conjunto de 20 pessoas transportando 10 tabuleiros.

A Festa dos Tabuleiros é uma tradição multi-secular da cidade dos Templários que se tornou uma dos mais importantes cartazes turísticos de Portugal, constituindo a maior festividade nacional em Honra do Divino Espírito Santo.

Os tabuleiros sã constituídos por trinta pães enfiados em canas que partem de um cesto de vime ou verga, sendo encimados pela coroa do Espírito Santo e a respectiva pomba ou a cruz da Ordem de Cristo que teve Tomar como a sua sede e a quem devemos em grande medida a epopeia dos Descobrimentos Marítimos.

As moças que tamportam os tabuleiros são formosas e apresentam-se vestidas de branco, com fitas de cores vivas à cintura ou a tiracolo.

A Festa dos Tabuleiros propriamente dita é antecedida da saída das coroas e o cortejos dos rapazes, celebrações que atraem sempre à Princesa do Nabão milhares de visitantes.

A organização do FolkLoures’18 agradece a colaboração Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros e da Casa do Concelho de Tomar.

Capturarfolk



publicado por Carlos Gomes às 09:11
link do post | favorito

Terça-feira, 15 de Maio de 2018
TOMAR RECRIA ROMARIA TRADICIONAL DOS COMEÇOS DO SÉCULO PASSADO

32686205_1938858726147925_2745518244369530880_n



publicado por Carlos Gomes às 22:47
link do post | favorito

Sexta-feira, 4 de Maio de 2018
TOMAR LEVA FESTA DOS TABULEIROS A LOURES

A tradicional Festa dos Tabuleiros regressa a Tomar no início do mês de Julho do próximo ano, conforme é tradição de quatro em quatro anos. Nesse sentido, não podia a organização do FolkLoures’18 deixar de conferir o devido destaque a tão importante manifestação cultural do nosso povo.

CapturarTabuleirosTomar

O Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros vai representar o concelho de Tomar com um conjunto de 20 pessoas transportando 10 tabuleiros.

A Festa dos Tabuleiros é uma tradição multi-secular da cidade dos Templários que se tornou uma dos mais importantes cartazes turísticos de Portugal, constituindo a maior festividade nacional em Honra do Divino Espírito Santo.

Os tabuleiros sã constituídos por trinta pães enfiados em canas que partem de um cesto de vime ou verga, sendo encimados pela coroa do Espírito Santo e a respectiva pomba ou a cruz da Ordem de Cristo que teve Tomar como a sua sede e a quem devemos em grande medida a epopeia dos Descobrimentos Marítimos.

As moças que tamportam os tabuleiros são formosas e apresentam-se vestidas de branco, com fitas de cores vivas à cintura ou a tiracolo.

A Festa dos Tabuleiros propriamente dita é antecedida da saída das coroas e o cortejos dos rapazes, celebrações que atraem sempre à Princesa do Nabão milhares de visitantes.

A organização do FolkLoures’18 agradece a colaboração Grupo de Tabuleiros da Festa do Divino Espírio Santo da Freguesia de Carregueiros e da Casa do Concelho de Tomar.

Capturarfolk



publicado por Carlos Gomes às 21:49
link do post | favorito

Quinta-feira, 26 de Abril de 2018
TOMAR NÃO QUER DIVULGAR EM LOURES A FESTA DOS TABULEIROS

Respondento ao convite formulado pelos organizadores da edição deste ano do FolkLoures – iniciativa que conta com o apoio da Câmara Municipal de Loures – o Presidente da União das Freguesias de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais, sr. Augusto Barros acaba de transmitir que não é possível participar naquele Encontro de Culturas que anualmente reúne as mais diversas representações da cultura popular portuguesa e ainda das comunidades imigrantes. A justificação é a seguinte: “…considerando a logística necessária para a deslocação dos tabuleiros e a indisponibilidade dos pares, em virtude de ser uma altura de férias, não nos é possível participar.”

10896863_912532168827297_6183414193585854659_n

Algumas semanas antes e, segundo informação que obtivémos junto dos responsáveis da organização, estes falaram “com a Mordoma das festas dos tabuleiros a qual me indica para falar com a Junta de Freguesia urbana de tomar, ou com a junta de freguesia de Cargueiros, adianta que a festa dos tabuleiros é uma festa religiosa que a não vê através da comissão enquadrada num desfile etnográfico.”

Desconhecemos qual o entendimento que a pessoa em causa tem de etnografia uma vez que esta também estuda a religiosidade popular. Mas, recordamos que não seria a primeira vez que a Festa dos Tabuleiros” iria a Lisboa, uma vez em 1997 se exibiram no Parque Eduardo VII e no Parvilhão Carlos Lopes e, alguns anos mais tarde, na zona de Belém, numa iniciativa promovida pelo Museu de Arte Popular, então sob a orientação da Arquitecta Andreia Galvão, actual Directora do Convento de Cristo, em Tomar.

Qualquer que seja a justificação dada para não promoverem a Festa dos Tabuleiros num dos concelhos mais populosos da periferia de Lisboa, o que a decisão nos parece indicar é que os tomarenses que estão por detrás deste grandioso evento estão a fechar-se no casulo e a arranjar argumentos para não promoverem a festa de Tomar fora de portas quando tal oportunidade lhes é proporcionada. Fazemos votos que, apesar dessa decisão, a Festa dos Tabuleiros continue a ser uma iniciativa grandiosa na nossa região!

11008472_834136976666817_5758523973993616780_n



publicado por Carlos Gomes às 18:48
link do post | favorito

Sábado, 14 de Abril de 2018
TOMAR REALIZA MOSTRA INTERNACIONAL DE FOLCLORE

30698003_1878533368847028_3605044133485346816_n



publicado por Carlos Gomes às 17:06
link do post | favorito

Segunda-feira, 29 de Agosto de 2016
OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA, ARTESANATO E GASTRONOMIA AO CONVENTO DE CRISTO NO PRÓXIMO DIA 4 DE SETEMBRO

No próximo domingo, dia 04 de setembro, o Convento de Cristo de Tomar é dinamizado pelo Município de Ourém. O programa de animação inclui música e dança, artesanato, gastronomia tradicional local, a cargo de agentes culturais de Ourém.

Ourém no Convento de Cristo_2.jpg

A iniciativa decorre  do protocolo celebrado entre a Comunidade Intermunicipal Médio Tejo e a Direção Geral do Património Cultural - Convento de Cristo - para o desenvolvimento de ações de promoção turística e cultural da região do Médio Tejo neste Monumento Património Mundial.

Em destaque, estará a promoção do Festival de Setembro na Vila Medieval de Ourém, nos dias 10 e 11 de setembro sob o tema “diáspora e cultura judaica”.

Esta mostra cultural é um aliciante cartão-de-visita aos patrimónios do concelho de Ourém e um óptimo pretexto para as pessoas visitarem este imponente Monumento Mundial. A visita é gratuita.

Programa

10h00 - 17h00: Recitais de música no Convento; mostra e venda de gastronomia tradicional local, de gastronomia de inspiração judaica e de artesanato; promoção cultural e turística de Ourém

11h00: Oficina pedagógica "A Moura Oureana" pelo Museu Municipal de Ourém

15h00: Espectáculo dança pela Arabesque - Academia de Dança e Representação

16h00: Concerto pela  Sociedade Filarmónica Ouriense



publicado por Carlos Gomes às 15:22
link do post | favorito

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2015
A LENDA DE SANTA IRIA OU NÁBIA, A DEUSA PAGÃ DO RIO NABÃO

Conta a lenda que Iria – ou Irene – nascera em Nabância, uma villae romana próxima de Sellium, a atual cidade de Tomar. Oriunda de uma família abastada, Iria veio a receber educação esmerada num mosteiro de monjas beneditinas, o qual era governado pelo seu tio, o Abade Sélio.

Dotada de beleza e inteligência, a jovem Iria atraía as atenções sobretudo dos fidalgos que disputavam entre si as suas atenções. Contava-se entre eles o jovem Britaldo que por ela alimentou uma enorme paixão. Contudo, Iria entregava-se a Deus e recusava as suas investidas amorosas.

Roído de ciúmes pela paixão de Britaldo, o monge Remígio que era o diretor espiritual de Iria, deu a beber a Iria uma mistela que lhe provocou no corpo a aparência de gravidez, provocando desse modo a sua expulsão do convento, levando-a a procurar refúgio junto do rio Nabão. Britaldo, a que entretanto chegara os rumores do ocorrido, movido por despeito, ordenou a um servo o seu assassínio.

Atirado ao rio Nabão cujas águas correm para o rio Zêzere, o corpo da mártir Iria ficou depositado nas areias do rio Tejo, aí permanecendo incorruptível para a eternidade, tendo o seu culto sido muito popular sobretudo no período do domínio visigótico.

Do nome de Irene – Santa Iria – tomou a antiga Scallabis romana o nome passando a denominar-se de Sancta Irene, daí derivando a atual designação de Santarém. Da mesma maneira que, para além de assinalar um acidente orográfico, a designação toponímica Cova da Iria deverá ter a sua origem no referido culto a Santa Iria, porventura já sob o rito moçárabe ou seja, cristão sob o domínio muçulmano embora adotando aspetos da cultura árabe.

A lenda de Santa Iria e o relacionamento com o local onde nascera ou seja, a villaeromana de Nabância, remete-nos ainda para o culto de Nabia, a deusa dos rios e da água, uma das divindades mais veneradas na antiguidade na faixa ocidental da Península Ibérica ou seja, a área que atualmente corresponde a Portugal e à Galiza.

Com efeito, durante o período que antecedeu à ocupação romana, a deusa Nábia era celebrada pelos povos autóctones, tendo o seu nome sido atribuído a diversos rios como sucede com o Navia, na Galiza e o Neiva e o Nabão em Portugal. Inscrições epigráficas como as da Fonte do Ídolo, em Braga e a de Marecos, em Penafiel, atestam-nos a antiga devoção dos nossos ancestrais à deusa Nábia.

Quando ocuparam a Península Ibérica à qual deram o nome de Hispânia, os romanos que à época não se haviam convertido ainda ao Cristianismo, adotaram as divindades indígenas e ampliaram o seu panteão, apenas convertendo o nome de Nábia para Nabanus, tal como antes haviam feito com os deuses da antiga Grécia.

Qual reminiscência de antigas crenças, o culto pagão à deusa Nábia – ou Nabanus – veio a dar origem à famosa lenda de Santa Iria – ou Santa Irene – cuja festa Ourém prepara-se para celebrar nomeadamente através da realização da tradicional Feira de Santa Iria.



publicado por Carlos Gomes às 21:30
link do post | favorito

Quinta-feira, 8 de Outubro de 2015
ANA LAÍNS VAI ATUAR NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Ana Laíns em digressão pedagógica nos Estados Unidos

A cantora tomarense Ana Laíns prepara-se para rumar aos Estados Unidos da América, onde fará a sua primeira grande digressão. Entre 16 e 24 de Outubro, a cantora realizará uma série de concertos e workshops, a convite de várias Universidades Norte-Americanas, em parceria com a Portuguese/American Cultural Exchange, Inc.

Esta digressão é o culminar de um ano cheio de concertos para Ana Laíns, que recentemente encheu o CCB para o concerto de encerramento das Comemorações dos 8 Séculos de Língua Portuguesa, das quais foi embaixadora em 2015. Um ano que encerra da melhor maneira, em Dezembro, com uma digressão nos países nórdicos que passa pela Suécia, Dinamarca e Noruega.

Com a cantora viajarão também o guitarrista Sandro Costa, o viola António Neto e o fadista Pedro Galveias.

"Estou muito empenhada neste projecto. Não se trata de uma digressão com contornos comuns. Tem uma forte componente pedagógica, e é, por isso mesmo, um enorme desafio. Faremos concertos normais, e teremos dias dedicados, exclusivamente, a oficinas sobre o Fado e a Língua Portuguesa.

É um projecto que me honra, e me preenche profundamente, porque me faz todo o sentido e cabe perfeitamente no que considero ser o meu grande objetivo enquanto cantora: Sentir-me útil na divulgação e desenvolvimento da cultura do meu país".

untitled



publicado por Carlos Gomes às 12:47
link do post | favorito

Terça-feira, 18 de Agosto de 2015
MUNICÍPIO DE TOMAR DESPREZA O AGROAL

Contrastando com o investimento e requalificação do Agroal dentro dos limites do concelho de Ourém, a outra margem do rio Nabão apresenta um aspeto de deplorável abandono, reflexo do desprezo a que o local tem sido votado por parte do município de Tomar, apesar do elevado número de tomarenses que o frequentam.

O-Agroal-Fazarga 008

Bermas destruídas, muretes derrubados, árvores cortadas com ramagens deixadas no rio, pedregulhos a fazer de muretes de segurança, estacionamento em zonas inseguras e um comércio feito exclusivamente de roulottes e tendas em local assinalado como de risco de desprendimento e queda de pedras da falésia constituem um panorama para uma das mais conhecidas praias fluviais da região, situada precisamente no limite geográfico de ambos os concelhos.

O-Agroal-Fazarga 037

A avaliar pelo aviso exibido por um dos comerciantes, a intervenção dos serviços do município de Tomar restringe-se à emissão de licenças e respetiva cobrança, sem contudo proporcionar as mínimas condições de trabalho e segurança para quem exerce atividade naquele local.

O-Agroal-Fazarga 035

O-Agroal-Fazarga 009

O-Agroal-Fazarga 010

O-Agroal-Fazarga 011

O-Agroal-Fazarga 044

O-Agroal-Fazarga 043

O-Agroal-Fazarga 013

O-Agroal-Fazarga 025

O-Agroal-Fazarga 039

O-Agroal-Fazarga 030

O-Agroal-Fazarga 029



publicado por Carlos Gomes às 00:31
link do post | favorito

Segunda-feira, 15 de Junho de 2015
CONVENTO DE CRISTO EM TOMAR ORGANIZA WORKSHOP DE XADREZ PARA FAMÍLIAS



publicado por Carlos Gomes às 10:57
link do post | favorito

Sábado, 13 de Junho de 2015
UTENTES DA SAÚDE FAZEM VIGÍLIA EM TOMAR

COMUNICADO

A Comissão de Utentes de Serviços Públicos do concelho de Tomar, reunida em 11 de Junho de 2015, decidiu:

  1. Manifestar a sua preocupação face ao nível deprestação de cuidados hospitalares. A abertura de um novo serviço de apoio à atividade cirúrgica e um serviço pediátrico no hospital de dia de diabetes, não consegue de forma alguma fazer esquecer as insuficientes condições em que funcionam os serviços de urgência e a ausência de internamento de medicina interna. Assim, urge dotar a urgência de mais meios humanos, definir circuitos inter-hospitalares e abrir o serviço de internamento da medicina interna, reivindicado e subscritos por mais de 20 000 assinaturas em abaixo-assinados entregues no Ministério da Saúde.
  2. Acompanhar de forma interessada e participativa a representação dos utentes no futuro Conselho Consultivo do CHMT e os contatos com o Conselho de Administração do CHMT, como recentemente sucedeu, onde informámos da necessidade de melhorar os serviços hospitalares em Tomar, mesmo se para tal sejam necessárias medidas de exceção para recrutar recursos humanos, nomeadamente médicos.
  3. Organizar uma vigília, frente ao Hospital de Tomar, em data a definir, em defesa de melhores serviços de urgência, a abertura do internamento de medicina interna e a articulação com os centros de saúde.
  4. Reafirmar publicamente o interesse da Comissão em reunir com o vereador da Educação, no sentido de debater acarta educativa do concelho. Também, reafirmamos a necessidade de reunir com a Comissão de Saúde da Assembleia Municipal, para debater as questões relacionadas com o hospital de Tomar.
  5. Salientar a preocupação com aexistência e introdução de novas portagens na A13, o que é mais um obstáculo à mobilidade de um revês para a coesão territorial e  o desenvolvimento socioeconómico do concelho e da região.
  6. A Comissão de utentes marcou nova reunião para dia 16 de julho de 2015 (na junta de freguesia de Santa Maria dos Olivais a confirmar), na qual podem participar todos os interessados, ficando a coordenação responsável pelo acompanhamento da prestação de serviços públicos até à data da reunião.
  7. Saudar todos os participantes na festa dos tabuleiros, iniciativa que é um verdadeiro serviço público na afirmação e defesa das tradições culturais e populares.  

A Comissão de Utentes de Serviços Públicos de Tomar



publicado por Carlos Gomes às 14:58
link do post | favorito

Domingo, 7 de Junho de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR



publicado por Carlos Gomes às 00:12
link do post | favorito

Sábado, 6 de Junho de 2015
OUREENSES PESCAM NA BARRAGEM DO CARRIL



publicado por Carlos Gomes às 23:49
link do post | favorito

Sábado, 30 de Maio de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR



publicado por Carlos Gomes às 12:47
link do post | favorito

Segunda-feira, 25 de Maio de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR



publicado por Carlos Gomes às 21:08
link do post | favorito

Segunda-feira, 11 de Maio de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR



publicado por Carlos Gomes às 10:52
link do post | favorito

Sexta-feira, 8 de Maio de 2015
TOMAR REVIVE ROMARIA TRADICIONAL



publicado por Carlos Gomes às 19:50
link do post | favorito

Sábado, 28 de Março de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 09:27
link do post | favorito

Sexta-feira, 20 de Março de 2015
TABULEIROS DE TOMAR DESFILAM EM LISBOA



publicado por Carlos Gomes às 22:45
link do post | favorito

Sábado, 14 de Março de 2015
PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALVES QUE SE ENCONTRAM NO CONVENTO DE CRISTO SÃO CEDIDAS TEMPORARIAMENTE PARA SEREM EXPOSTAS EM LISBOA

Após a exposição, os quadros regressam ao Convento de Cristo, em Tomar

A Exposição “André Gonçalves e o Ciclo dos Santos Trinitários no Convento das Trinas do Mocambo” permitirá dar uma maior visibilidade aos quadros que compõem a “Galeria do Convento das Trinas” que se encontram no Convento de Cristo.

Trin1

As obras do Mestre André Gonçalves que se encontram no Convento de Cristo, em Tomar, são cedidas temporariamente ao Instituto Hidrográfico a fim de serem expostas no Convento das Trinas do Mocambo, em Lisboa. Depois de terminada a exposição, os quadros regressam ao Convento de Cristo, onde aliás se encontram os quadros referente ao Ciclo da Vida da Virgem, pertencentes ao mesmo pintor.

As obras são da autoria do pintor André Gonçalves e participavam na decoração da igreja de Nossa Senhora da Soledade do Convento das Trinas do Mocambo, tendo na década de trinta do século passado sido retiradas do seu local de origem e entregues ao Convento de Cristo, em Tomar. As pinturas foram encomendadas pela Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade do Resgate dos Cativos expressamente para o Convento das Trinas, apenas tendo sido retiradas do local por razões de salvaguarda patrimonial. Desde então, estas obras integram o espólio do Convento de Cristo e assim permanecerá, pelo que são infundados eventuais receios de que as mesmas deixem de permanecer em Tomar.

Inserido no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, o Instituto Hidrográfico realiza uma Exposição subordinada ao tema “André Gonçalves e o Ciclo dos Santos Trinitários no Convento das Trinas do Mocambo”, através da qual dá a conhecer um conjunto de treze importantes pinturas do barroco português, parte das quais exibindo as magníficas molduras em talha dourada.

Trata-se de um retorno temporário ao local de origem que é considerado um acontecimento cultural de elevado significado histórico porquanto a sua retirada para efeitos de salvaguarda ocorreu há cerca de oito décadas, conservando-se apenas com caráter permanente a pintura do teto do coro-baixo representando a coroação da Virgem.

À semelhança de anteriores iniciativas do género, a exposição deverá ser visitada por numerosas pessoas, nomeadamente as religiosas da Ordem das Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição que habitaram aquele espaço até à Implantação da República.

Ainda, no âmbito das referidas comemorações, o historiador Dr. João Miguel Simões profere uma palestra subordinada ao tema da exposição, a qual terá lugar no dia 7 de abril, pelas 11h00, no Auditório Duarte Pacheco Pereira, do Instituto Hidrográfico.

A exposição encontra-se aberta ao público, podendo ser visitada nos dias úteis, de 7 a 30 de abril, entre as 10h e as 12h30 e as 14h e 16 horas. Entre os dias 8 e 30 de abril, as visitas guiadas aos espaços conventuais realizar-se-ão diariamente, carecendo apenas de marcação prévia para rp@hidrografico.pt.

Aguarda-se também a visita de muitos tomarenses aos eventos que constam do programa, nomeadamente aqueles que vivem e trabalham na região de Lisboa.

Trin2



publicado por Carlos Gomes às 19:25
link do post | favorito

Quinta-feira, 12 de Março de 2015
PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALVES REGRESSAM AO CONVENTO DAS TRINAS DO MOCAMBO

As obras encontram-se atualmente no Convento de Cristo, em Tomar

Inserido no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, o Instituto Hidrográfico realiza uma Exposição subordinada ao tema “André Gonçalves e o Ciclo dos Santos Trinitários no Convento das Trinas do Mocambo”, através da qual dá a conhecer um conjunto de treze importantes pinturas do barroco português, parte das quais exibindo as magníficas molduras em talha dourada.

As obras são da autoria do pintor André Gonçalves e participavam na decoração da igreja de Nossa Senhora da Soledade do Convento das Trinas do Mocambo, tendo na década de trinta do século passado sido retiradas do seu local de origem e entregues ao Convento de Cristo, em Tomar.

O retorno temporário das referidas obras ao local de origem constitui um acontecimento cultural de elevado significado histórico porquanto a sua retirada para efeitos de salvaguarda ocorreu há cerca de oito décadas, conservando-se apenas com caráter permanente a pintura do teto do coro-baixo representando a coroação da Virgem.

Ainda, no âmbito das referidas comemorações, o historiador Dr. João Miguel Simões profere uma palestra subordinada ao tema da exposição, a qual terá lugar no dia 7 de abril, pelas 11h00, no Auditório Duarte Pacheco Pereira, do Instituto Hidrográfico.

A exposição encontra-se aberta ao público, podendo ser visitada nos dias úteis, de 8 a 30 de abril, entre as 10h e as 12h30 e as 14h e 16 horas.

Entre os dias 8 e 30 de abril, as visitas guiadas aos espaços conventuais realizar-se-ão diariamente, carecendo apenas de marcação prévia para rp@hidrografico.pt.



publicado por Carlos Gomes às 22:14
link do post | favorito

Quarta-feira, 4 de Março de 2015
PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALVES REGRESSAM AO CONVENTO DAS TRINAS DO MOCAMBO

As obras encontram-se atualmente no Convento de Cristo, em Tomar

Inserido no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, o Instituto Hidrográfico realiza uma Exposição subordinada ao tema “André Gonçalves e o Ciclo dos Santos Trinitários no Convento das Trinas do Mocambo”, através da qual dá a conhecer um conjunto de treze importantes pinturas do barroco português, parte das quais exibindo as magníficas molduras em talha dourada.

As obras são da autoria do pintor André Gonçalves e participavam na decoração da igreja de Nossa Senhora da Soledade do Convento das Trinas do Mocambo, tendo na década de trinta do século passado sido retiradas do seu local de origem e entregues ao Convento de Cristo, em Tomar.

O retorno temporário das referidas obras ao local de origem constitui um acontecimento cultural de elevado significado histórico porquanto a sua retirada para efeitos de salvaguarda ocorreu há cerca de oito décadas, conservando-se apenas com caráter permanente a pintura do teto do coro-baixo representando a coroação da Virgem.

Ainda, no âmbito das referidas comemorações, o historiador Dr. João Miguel Simões profere uma palestra subordinada ao tema da exposição, a qual terá lugar no dia 7 de abril, pelas 11h00, no Auditório Duarte Pacheco Pereira, do Instituto Hidrográfico.

A conferência e a exposição são abertas ao público, podendo esta ser visitada nos dias úteis, de 7 a 30 de abril, entre as 10 às 16 horas. Durante o mês de abril, todas as publicações sobre o Convento das Trinas à venda na Loja do Navegante do Instituto Hidrográfico beneficiam de um desconto de 50%.

Entre os dias 8 e 30 de abril, as visitas guiadas aos espaços conventuais realizar-se-ão diariamente, carecendo apenas de marcação prévia para rp@hidrografico.pt.

Situado na rua das Trinas, junto ao bairro típico da Madragoa, o Convento das Trinas do Mocambo teve a sua origem num aglomerado de casas que, em 1657, foi pelo casal flamengo Cornélio Wandali e Martha de Bóz legado por disposição testamentária à Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade do Resgate dos Cativos. A partir de 1878, passou a ser ocupado pelas religiosas da Ordem das Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, que aqui permaneceram até à implantação da República.

O Instituto Hidrográfico encontra-se instalado no edifício do antigo Convento das Trinas do Mocambo desde 1969, altura em que foi desalojado das suas antigas instalações na rua do Arsenal na sequência de um violento incêndio ocorrido naquele ano.

Para além da sua missão fundamental que consiste em assegurar atividades relacionadas com as ciências e técnicas do mar, tendo em vista a sua aplicação na área militar, e contribuir para o desenvolvimento do País nas áreas científica e de defesa do ambiente marinho, o Instituto Hidrográfico, órgão da Marinha Portuguesa, preserva e dá a conhecer o património que lhe está confiado, nomeadamente participando nas comemorações oficiais do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.



publicado por Carlos Gomes às 12:02
link do post | favorito

Sábado, 28 de Fevereiro de 2015
TEMPLÁRIOS CONQUISTAM FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO EM LISBOA

Tomar divulga Festa dos Tabuleiros

Os cavaleiros templários de Tomar desceram á capital para conquistar os milhares de visitantes que hoje acorreram à Feira Internacional de Turismo.

BTL-2015-2 111

Desde sempre, a História constitui uma das principais vertentes de divulgação das nossas potencialidades turísticas, devendo a indústria do sector grande parte do seu sucesso ao esforço de preservação do nosso património histórico, material e imaterial e à sua divulgação nomeadamente através de recriações que, para além da sua função pedagógica, atraem cada vez mais público.

BTL-2015-2 112

Tomar aproveitou ainda para promover mais uma edição da Festa dos Tabuleiros que este ano se realiza, recriando no local um pequeno desfile com a exibição e dois tabuleiros.

O stand da Entidade Regional de Turismo do centro de Portugal encontra-se estrategicamente situado á entrada principal do certame.

BTL-2015-2 114

Destinada a “Potenciar novos contactos e promover os melhores negócios”, a Feira Internacional de Turismo de Lisboa constitui um espaço privilegiado de “negocio e networking de todos os profissionais do Turismo e também um palco aberto ao debate e discussão do sector” e, simultaneamente, um local de “de animação e promoção turística para o público”.

BTL-2015-2 116

BTL-2015-2 132

BTL-2015-2 145



publicado por Carlos Gomes às 22:35
link do post | favorito

Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2015
TOMAR ANUNCIA FESTA DOS TABULEIROS



publicado por Carlos Gomes às 00:17
link do post | favorito

Sábado, 14 de Fevereiro de 2015
TOMAR ANUNCIA FESTA DOS TABULEIROS


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:17
link do post | favorito

Sábado, 7 de Fevereiro de 2015
TOMAR ANUNCIA FESTA DOS TABULEIROS



publicado por Carlos Gomes às 15:43
link do post | favorito

Sábado, 17 de Janeiro de 2015
SABIA QUE TOMAR JÁ TEVE UMA TORRE EIFFEL?

Torre Eiffel de Tomar (Tomar, 1914)

No ano de 1914, por altura da Festa dos Tabuleiros ou Festa do Divino Espírito Santo (que é uma das manifestações culturais e religiosas mais antigas de Portugal) em Tomar, foi construída uma réplica da famosa Torre Eiffel, de Paris.

Torre Eiffel erquida em Tomar. Ponte Velha. Festa

A autoria deste projecto foi do professor José Pereira, da Escola Industrial de Tomar, que também era escultor. Esta torre tinha iluminação nocturna, o que permitiria a visualização do seu contorno, na escuridão.

De muito menor dimensão que a sua «irmã mais velha» esta curiosa réplica possuía apenas 20 metros de altura e era construída em madeira. Foi assim erguida na entrada da Corredoura, junto à ponte velha.

Fonte: http://monumentosdesaparecidos.blogspot.pt/



publicado por Carlos Gomes às 21:02
link do post | favorito

TOMAR ANUNCIA FESTA DOS TABULEIROS



publicado por Carlos Gomes às 18:54
link do post | favorito

Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2015
TOMAR APRESENTA CARTAZ OFICIAL DA FESTA DOS TABULEIROS



publicado por Carlos Gomes às 09:24
link do post | favorito

Domingo, 11 de Janeiro de 2015
TOMAR JÁ ANUNCIA FESTA DOS TABULEIROS



publicado por Carlos Gomes às 09:55
link do post | favorito

Sábado, 3 de Janeiro de 2015
JOSÉ BORGA MORRE EM ACIDENTE DE AVIONETA

O piloto oureense José Borga acaba de falecer no Hospital de Abrantes em consequência dos graves ferimentos provocados pela queda da avioneta que tripulava. O acidente verificou-se junto à pista de Valdonas, em Tomar, causando duas vítimas.

428022_122243254569651_100003519324954_89566_12241

Nuno Castanheiro, o outro ocupante da aeronave, encontra-se livre de perigo.

José Borga era gerente da empresa Grupo Jofilserv e um amante da aeronáutica, tendo através da fotografia aérea contribuído de forma notável para divulgar as belezas do concelho de Ourém. A propósito, recordamos o artigo “José Borga mostra-nos Ourém vista dos céus” e as fotos que publicámos com a sua autorização em http://auren.blogs.sapo.pt/823629.html

O blogue AUREN apresenta aos seus familiares e amigos sentidas condolências.

10897054_817932508252691_3394550255966894661_n

Foto de Carlos Piedade Silva

10463959_827595283971823_6964470991174942512_n


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 21:58
link do post | favorito

Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2015
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA ESTE ANO A TOMAR



publicado por Carlos Gomes às 16:58
link do post | favorito

Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2014
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR EM 2015



publicado por Carlos Gomes às 17:12
link do post | favorito

Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2014
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR EM 2015


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 20:06
link do post | favorito

Domingo, 12 de Outubro de 2014
CASAS REGIONAIS JUNTAM-SE EM LISBOA

Cerca de dezena e meia de casas regionais assentaram ontem arraial na Praça da Figueira, em Lisboa. Trouxeram os produtos típicos das suas terras de origem, desde a doçaria aos enchidos, o artesanato e a divulgação turística.

ACRL 003

Pelo palco desfilaram diversos grupos musicais, incluindo ranchos folclóricos, constituídos no seio destas associações regionalistas ou propositadamente deslocadas das respetivas regiões em sua representação.

A Casa do Concelho de Tomar e a Casa de Ferreira do Zêzere foram duas das associações regionalistas que participaram neste evento organizado pela Associação das Casas Regionais de Lisboa.

ACRL 001

ACRL 022



publicado por Carlos Gomes às 12:44
link do post | favorito

Domingo, 21 de Setembro de 2014
SABACHEIRA REALIZA DIA DAS SOPAS



publicado por Carlos Gomes às 09:16
link do post | favorito

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014
VEREADORES DA COLIGAÇÃO OURÉM SEMPRE (PSD/CDS) APRESENTA DECLARAÇÃO DE VOTO NA REUNIÃO DO EXECUTIVO OUREENSE RELATIVA AO AGROAL

Os vereadores da coligação PPD/PSD-CDS/PP apresentaram na reunião da Câmara Municipal de Ourém uma “Declaração de voto” relativa ao protocolo estabelecido entre os municípios de Ourém e Tomar.

988297_722806031066063_13050937_n

DECLARAÇÃO DE VOTO

 Tendo-nos sido apresentado o protocolo entre os Municípios de Ourém e Tomar de gestão de resíduos e limpeza urbana da praia fluvial do Agroal, entendemos tecer os seguintes comentários:

1º O princípio do protocolo tem em consideração o elevado valor paisagístico e de diversidade biológica do Agroal, associado a uma abundância de água de nascente que permite o usufruto da chamada praia fluvial do Agroal que ainda recentemente foi alvo de obras de requalificação da margem esquerda (Ourém), nomeadamente em infra-estruturas e equipamentos.

2º O referido protocolo refere na cláusula quinta as diversas obrigações dos dois outorgantes, verificando-se que o Município de Ourém tem de assumir a limpeza urbana dos espaços nas duas margens, bem como realizar a recolha e transporte dos resíduos sólidos urbanos também em ambos os lados.

3º Parece-nos que deveria existir por parte do Município de Tomar a assumpção financeira da recolha e tratamento dos resíduos sólidos urbanos que o Município de Ourém recolhe na margem direita (Tomar).

Face ao acima exposto, entendemos que o presente protocolo, que tem a validade de um ano, deverá ser revisto de forma a melhor acautelar os interesses do Município de Ourém, de acordo com o mencionado no ponto terceiro da presente declaração.

Os Vereadores da Coligação Ourém Sempre, tendo em conta a importância da preservação de todo o Agroal, votam favoravelmente este protocolo, apesar da ressalva acima mencionada.

Ourém, 26 de Agosto de 2014

Os Vereadores da Coligação Ourém Sempre (PPD/PSD-CDS/PP)



publicado por Carlos Gomes às 17:06
link do post | favorito

Segunda-feira, 18 de Agosto de 2014
NO AGROAL, APESAR DA ADVERTÊNCIA EM CONTRÁRIO, AS PESSOAS CONTINUAM A SALTAR E MERGULHAR PARA A PISCINA

Na praia fluvial do Agroal existem avisos que advertem os banhistas para não saltarem nem mergulharem na piscina. Sucede que, alguns desses avisos não se encontram em locais suficientemente visíveis em virtude da existência de outra divulgação ali existente e, casos existem que até se encontram encobertos como a foto documenta.

Agroal (35)

Apesar da existência destes avisos e ainda da presença de bombeiros e nadadores-salvadores que dão assistência ao local, muitos jovens continuam a saltar do murete e até da ponte, arriscando acidentes graves que podem deixar marcas para toda a vida.

Refira-se que, tratando-se de uma praia fluvial assistida, existe responsabilidade pelos atos praticados e acidentes que li venham a ocorrer com os seus frequentadores, pelo que as autoridades devem tomar as devidas providências para acautelar eventuais acidentes pessoais ou outras ocorrências.



publicado por Carlos Gomes às 21:22
link do post | favorito

Domingo, 17 de Agosto de 2014
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR EM 2015



publicado por Carlos Gomes às 15:09
link do post | favorito

Sábado, 16 de Agosto de 2014
MUNICÍPIO DE TOMAR DESPREZA O AGROAL E AS PESSOAS QUE O FREQUENTAM

Bermas destruídas, muretes derrubados e falta de asseio num local onde os vendedores ambulantes comercializam bens alimentares são o retrato do Agroal no lado do concelho de Tomar

Contrastando com a margem do rio Nabão situada no concelho de Ourém onde se tem vindo a assistir à requalificação dos equipamentos da praia fluvial do Agroal, do lado do concelho de Tomar continua a registar-se o abandono e o desprezo do local e dos numerosos veraneantes que ali afluem principalmente durante os meses de Verão.

Agroal (30)

Sem qualquer aproveitamento turístico nem asseio público, o local apresenta o pavimento bastante degradado com bermas destruídas e muretes derrubados, colocando em sério risco a circulação de pessoas e o trânsito de viaturas. Os próprios vendedores ambulantes trabalham em condições deploráveis, comercializando bens alimentares num local sujeito a poeiras e sem as mínimas condições de higiene pública.

Apesar da praia fluvial do Agroal constituir um dos principais locais de atração turística da região, o concelho de Tomar continua a tratar com desprezo o local e as pessoas que o frequentam. Esperemos que a situação se inverta e o Agroal passe a merecer melhor atenção por parte dos autarcas tomarenses!

Agroal (34)

Agroal (25)

Agroal (24)

Agroal (28)

Agroal (26)

Agroal (18)

Agroal (27)

Agroal (15)

Agroal (19)

Agroal (17)

Agroal (11)

Agroal



publicado por Carlos Gomes às 14:53
link do post | favorito

Quarta-feira, 6 de Agosto de 2014
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR EM 2015


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 00:00
link do post | favorito

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014
FESTA DOS TABULEIROS REGRESSA A TOMAR NO PRÓXIMO ANO


tags: ,

publicado por Carlos Gomes às 09:26
link do post | favorito

Sexta-feira, 18 de Julho de 2014
UNESCO E ENTIDADES GESTORAS DO PATRIMÓNIO MUNDIAL EM PORTUGAL CRIAM REDE NACIONAL

Acordo foi assinado hoje em Coimbra

Parceria foi oficializada esta sexta-feira em Coimbra. Aproximação dos sítios Património Mundial e participação conjunta em projetos de valorização são alguns dos objetivos.

Rede_Patrimonio_Mundial_Portugal

A assinatura do acordo de cooperação, celebrado esta sexta-feira, 18 de julho, em Coimbra, entre cidades e sítios portugueses classificados pela UNESCO com o estatuto de Património Mundial, permitirá reforçar, entre outros objetivos, a promoção a nível internacional de centros históricos, monumentos e outros locais classificados como Património Mundial, como sucede com o Convento de Cristo em Toma, Mosteiro da Batalha e Mosteiro de Alcobaça.

Partilhar experiências e saberes adquiridos, desenvolvendo competências, informações e resultados ligados à gestão do Património Mundial, é um dos pressupostos que estão subjacentes à criação desta nova organização, promovida pelas entidades gestoras do Património Mundial em Portugal e pela Comissão Nacional da UNESCO.

O acordo de cooperação pretende facilitar a criação de condições para que, nas próximas décadas, as regiões onde se inserem os bens inscritos na lista do Património Mundial da UNESCO assegurem não só o seu estatuto de Património Mundial, mas também estimulem a economia e mobilizem as suas gentes, no sentido de gerar valor no âmbito desse reconhecimento internacional.

A Rede é constituída pelo Centro Histórico de Guimarães, o Alto Douro Vinhateiro, Centro Histórico de Angra do Heroísmo, Centro Histórico de Évora, Centro Histórico do Porto, Cidade-Quartel Fronteiriça de Elvas e suas Fortificações, Convento de Cristo em Tomar, Floresta Laurissilva da Madeira, Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro da Batalha, Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém, Paisagem Cultural de Sintra, Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico, Sítio de Arte Rupestre Pré-histórica do Vale do Coa e Universidade de Coimbra.



publicado por Carlos Gomes às 19:47
link do post | favorito

Quarta-feira, 9 de Julho de 2014
MUNICÍPIO DE OURÉM E TOMAR DEBATEM PROJETOS PARA O AGROAL

A Praia Fluvial do Agroal recebeu no dia 2 de julho uma reunião de trabalho que juntou vários representantes do Município de Ourém e do Município de Tomar, entre os quais o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca e a Presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas. A reunião teve como objetivo discutir os problemas do Agroal e definir soluções conjuntas que valorizem esta praia fluvial enquanto património natural e atração turística que anualmente recebe milhares de visitantes.

Imagem 018

Além dos presidentes das duas autarquias, a reunião de trabalho contou também com a presença do Presidente da União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais, Rui Vital, o Presidente da Junta de Freguesia de Sabacheira, António Graça, técnicos das duas autarquias e o proprietário do estabelecimento comercial aí existente. Paulo Fonseca e Anabela Freitas assumiram de imediato o propósito de “definir ações concertadas entre os dois municípios que solucionem os problemas existentes e criem condições para tornar o Agroal atrativo durante todo o ano e não apenas na época balnear”.

Após auscultação de vários contributos e ideias por parte do proprietário do estabelecimento comercial a funcionar no Agroal e dos técnicos com responsabilidades na gestão do espaço, ficaram definidas as intervenções prioritárias: criação de mecanismos que permitam limpar a piscina do Agroal fora da época balnear assegurando a limpeza das águas durante todo o ano, instalação de mais mobiliário urbano e reforço das equipas de limpeza fora da época balnear. Discutiu-se ainda a necessidade de construir um parque de estacionamento, um plano de socorro e emergência em articulação com a Proteção Civil, resolver a inexistência de comunicações móveis no Agroal e a possibilidade de desenvolver obras de beneficiação das margens do rio e de contenção de ravinas.

As ideias e projetos discutidos serão agora alvo de análise pelas autarquias para definição de estratégias de coordenação conjuntas que permitam desenvolver e melhorar as condições existentes na Praia Fluvial do Agroal.

Imagem 045

Imagem 104

Imagem 151



publicado por Carlos Gomes às 22:36
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

16
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

ARQUITECTO JORGE MASCAREN...

TOMAR PROMOVE EM LISBOA P...

TOMAR COMEMORA 900 ANOS D...

TOMAR REGRESSA À IDADE MÉ...

TABULEIROS DE TOMAR DESFI...

FESTA DOS TABULEIROS DE T...

FESTA DOS TABULEIROS DE T...

TOMAR RECRIA ROMARIA TRAD...

TOMAR LEVA FESTA DOS TABU...

TOMAR NÃO QUER DIVULGAR E...

TOMAR REALIZA MOSTRA INTE...

OURÉM LEVA MÚSICA, DANÇA,...

A LENDA DE SANTA IRIA OU ...

ANA LAÍNS VAI ATUAR NOS E...

MUNICÍPIO DE TOMAR DESPRE...

CONVENTO DE CRISTO EM TOM...

UTENTES DA SAÚDE FAZEM VI...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

OUREENSES PESCAM NA BARRA...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

TOMAR REVIVE ROMARIA TRAD...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

TABULEIROS DE TOMAR DESFI...

PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALV...

PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALV...

PINTURAS DE ANDRÉ GONÇALV...

TEMPLÁRIOS CONQUISTAM FEI...

TOMAR ANUNCIA FESTA DOS T...

TOMAR ANUNCIA FESTA DOS T...

TOMAR ANUNCIA FESTA DOS T...

SABIA QUE TOMAR JÁ TEVE U...

TOMAR ANUNCIA FESTA DOS T...

TOMAR APRESENTA CARTAZ OF...

TOMAR JÁ ANUNCIA FESTA DO...

JOSÉ BORGA MORRE EM ACIDE...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

CASAS REGIONAIS JUNTAM-SE...

SABACHEIRA REALIZA DIA DA...

VEREADORES DA COLIGAÇÃO O...

NO AGROAL, APESAR DA ADVE...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

MUNICÍPIO DE TOMAR DESPRE...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

FESTA DOS TABULEIROS REGR...

UNESCO E ENTIDADES GESTOR...

MUNICÍPIO DE OURÉM E TOMA...

arquivos

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

tags

todas as tags

links
Twitter
blogs SAPO
subscrever feeds